Base de dados : LILACS
Pesquisa : C11.250 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 120 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 12 ir para página                         

  1 / 120 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1291193
Autor: Tonolli, Daniela Mello; Póvoa, Fernando Focaccia; da Silva, André de Queiroz Pereira; Duarte, Márcio Luís; Duarte, Claudia Cristina; Sussumu Egawa, Rubens.
Título: Persistência da vasculatura fetal diagnosticada pela ultrassonografia ­ Relato de caso / Vasculature persistence fetal diagnosed by ultrasound ­ case report
Fonte: Diagn. tratamento;26(3):97-100, jul-set. 2021. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Contexto: A persistência da vasculatura fetal é uma malformação ocular rara em adultos, habitualmente unilateral, sendo uma condição não hereditária, com poucas manifestações sistêmicas e neurológicas. Descrição do caso: Homem de 45 anos queixando-se de dor no olho esquerdo, com pressão intraocular de 56 mmHg. A ultrassonografia do olho esquerdo demonstra aumento da ecogenicidade do cristalino inferindo catarata e redução da amplitude da câmara anterior, membrana posterior hiperecogênica no interior da câmara vítrea com intensa vascularização com fluxo arterial ao estudo com Doppler, caracterizando a persistência da vasculatura fetal. O paciente recebeu tratamento por três dias. Com a redução da pressão intraocular após esse período, realizou a cirurgia combinada de facoemulsificação com implante de lio e implante de tubo de Ahmed. Após o procedimento cirúrgico, o paciente não voltou a apresentar a sintomatologia. Discussão: Clinicamente, há duas condições de doença, dependendo da porção atingida do vítreo primário ­ as formas anterior e posterior. A persistência da vasculatura fetal não tratada frequentemente progride para phthisis bulbi ou enucleação devido a uma hemorragia intraocular recorrente e secundária ao glaucoma. Os esforços cirúrgicos têm o intuito de preservar a visão. Conclusão: Relatamos um caso de persistência da vasculatura fetal diagnosticado pela ultrassonografia e tratado cirurgicamente com sucesso devido ao alívio dos sintomas em olho esquerdo sem percepção luminosa.
Descritores: Corpo Vítreo
Anormalidades do Olho
Ultrassonografia
Olho
Vítreo Primário Hiperplásico Persistente
Limites: Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  2 / 120 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1131607
Autor: Hokazono, Kenzo; Okuyama, Vinícius Tadashi; Cunha, Leonardo Provetti; Monteiro, Mário Luiz Ribeiro.
Título: Morning glory disc anomaly associated with large facial infantile hemangioma as the presenting signs of PHACE syndrome / Anomalia de Morning Glory associada à extenso hemangioma infantil como apresentação da Síndrome PHACE
Fonte: Arq. bras. oftalmol;83(4):338-341, July-Aug. 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Infantile hemangioma, the most common benign tumor in infancy, is usually an isolated condition occurring in many different locations in the body. However, large infantile hemangioma may be associated with other systemic malformations, including central nervous system, cerebrovascular, cardiac, and ophthalmology abnormalities, a condition termed PHACE syndrome. In this paper, we describe a case of PHACE syndrome that was presented with the unique association of a large facial infantile hemangioma and morning glory anomaly.

RESUMO O hemangioma infantil é a causa mais comum de tumor benigno na infância e usualmente é uma condição isolada podendo ocorrer em diferentes regiões do corpo. No entanto, hemangiomas infantil extensos podem ser associados com outras malformações sistêmicas incluindo anomalias no sistema nervoso central, cerebrovasculares, cardíacas e oftalmológicas, uma condição denominada síndrome PHACE. Neste trabalho, descrevemos o caso de um paciente com síndrome PHACE que se apresentou com um extenso hemangioma facial e anomalia de "morning glory".
Descritores: Coartação Aórtica/complicações
Anormalidades Múltiplas
Anormalidades do Olho/complicações
Síndromes Neurocutâneas/complicações
Neoplasias Oculares/complicações
Hemangioma
-Anormalidades Múltiplas/diagnóstico
Anormalidades do Olho/diagnóstico
Neoplasias Oculares/diagnóstico
Hemangioma/complicações
Hemangioma/diagnóstico
Limites: Humanos
Lactente
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 120 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1153086
Autor: Izquierdo-Serra, Jordi; Figueroa-Vercellino, Juan Pablo; Dotti-Boada, Marina; Ventura-Abreu, Néstor; Pazos, Marta.
Título: Anterior segment optical coherence tomography in pupillary seclusion diagnosis and follow-up / Tomografia de coerência óptica do segmento anterior no diagnóstico de seclusão pupilar e acompanhamento
Fonte: Arq. bras. oftalmol;83(6):571-572, Nov.-Dec. 2020. graf.
Idioma: en.
Descritores: Anormalidades do Olho
Tomografia de Coerência Óptica
Segmento Anterior do Olho
-Iris
Seguimentos
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 120 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-784311
Autor: Pegler, José Roberto Mendes; Soares, Diogo Cordeiro de Queiroz; Quaio, Caio Robledo D’Angioli Costa; Fernandes, Natalia; Oliveira, Luiz Antonio Nunes de; Honjo, Rachel Sayuri; Bertola, Debora Romeo; Kim, Chong Ae.
Título: Clinical description of 41 Brazilian patients with oculo-auriculo-vertebral dysplasia / Displasia óculo-aurículo-vertebral: aspectos clínicos de 41 pacientes brasileiros
Fonte: Rev. Assoc. Med. Bras. (1992);62(3):202-206, May-June 2016. tab.
Idioma: en.
Resumo: SUMMARY Objective: To describe the most prominent clinical features of a cohort of patients with oculo-auriculo-vertebral (OAV) dysplasia in Brazil. Method: A review of medical records of patients with diagnosis of OAV from 1990 to 2010 was performed in a medical genetics center. Results: 41 patients were included in the study. Their average age at diagnosis was 2y 10mo (34,4±48,8 months) and the female proportion was 53.7%. Mean maternal age at patient’s birth was 28.5y (min: 17, max: 46y) for mothers and 31.4y (min: 21, max: 51y) for fathers. Most patients (97.5%) had auricular involvement, with facial manifestation in 90.2%, spinal in 65.9%, ocular in 53.7%, 36.6% with cardiovascular involvement, 29.3% urogenital, and 17% of the cases with central nervous system (CNS) involvement. The classic OAV triad was present in only 34%. All patients except one had concomitant problems in other organs or systems. Conclusion: Since the diagnosis of OAV dysplasia relies only on a comprehensive medical evaluation, it is imperative that clinicians be aware of the most common presentation of the syndrome. Once suspected, every patient should undergo a complete medical evaluation of multiple systems including complementary exams. Treatment of these patients is based on surgical correction of malformations and rehabilitation.

RESUMO Objetivo: descrever os principais achados clínicos de uma coorte de pacientes com a displasia óculo-aurículo-vertebral (OAV). Método: revisão de prontuários médicos dos pacientes com diagnóstico de OAV no período de 1990 a 2010, acompanhados em um centro de genética médica. Resultados: foram incluídos no estudo 41 pacientes. A média de idade ao diagnóstico foi de 2 anos e 10 meses (34,4±48,8 meses) e a proporção de pacientes do sexo feminino foi de 53,7%. A média de idade dos pais ao nascimento do paciente foi de 28,5±6,9 anos para as mães e 31,4±7,4 anos para os pais. A maioria dos indivíduos (97,5%) possuía acometimento auricular, 90,2% tinham manifestações faciais, 65,9%, vertebrais, 53,7%, oculares, 36,6%, cardiovasculares, 29,3%, urogenitais e 17%, no sistema nervoso central. Além disso, 34% dos pacientes apresentavam a tríade clássica óculo-aurículo-vertebral, e todos os pacientes exceto um apresentavam concomitantemente problemas em outros órgãos ou sistemas. Conclusão: já que o diagnóstico desta entidade é eminentemente clínico, é imprescindível que os médicos das mais diversas especialidades conheçam os achados mais frequentes na OAV. Diante de um paciente com suspeita diagnóstica, deve ser realizada avaliação detalhada de outros órgãos, tanto clínica como por meio de exames complementares. O tratamento é baseado na correção cirúrgica das malformações e na reabilitação.
Descritores: Síndrome de Goldenhar/patologia
Síndrome de Goldenhar/epidemiologia
-Coluna Vertebral/anormalidades
Brasil/epidemiologia
Anormalidades do Olho
Registros Médicos
Estudos Retrospectivos
Distribuição por Sexo
Orelha/anormalidades
Face/anormalidades
Síndrome de Goldenhar/fisiopatologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 120 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1137992
Autor: Krause, Henrique Brandt; Aquino, Pedro Lukas do Rêgo; Alves, Marcio Martíns de Melo; Lucena, Marina Alves; Alves, Ermano de Melo.
Título: Laser topoguiado como redutor de aberrações ópticas pós ceratotomia radial e LIO multifocal / Topoguided laser as a reducer of optical aberrations after radial keratotomy and multifocal LIO
Fonte: Rev. bras. oftalmol;79(5):344-347, set.-out. 2020. graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo A cirurgia de catarata com implante de lente intra-ocular é uma das cirurgias mais realizadas no mundo e, atualmente, os pacientes que se submetem a essa cirurgia podem utilizar o implante com lente intraocular (LIO) multifocal como alternativa ao uso de óculos. Um grande desafio para o cirurgião são os pacientes já submetidos previamente a ceratotomia radial (RK), pois além de terem um cálculo biométrico mais desafiador, apresentam importantes aberrações ópticas corneanas, sendo uma contra-indicação para o uso de lentes multifocais para a maioria dos oftalmologistas. Neste artigo, relatamos o caso de uma paciente que foi submetida, na juventude, a uma RK e passou a referir importante incômodo visual após a correção de catarata com facectomia e implante de LIO multifocal. Esta paciente foi submetida a uma ceratectomia fotorrefrativa (PRK) para diminuir as irregularidades da córnea com boa evolução clínica e resultado visual satisfatório. Esse caso chama a atenção para a alternativa do excimer laser topoguiado em casos semelhantes e alerta para o risco do uso desse tipo de lente em córneas irregulares.

Abstract Cataract surgery with intraocular lens implantation is one of the most commonly performed surgeries in the world and, currently, patients who undergo this surgery can use the multifocal intraocular lens (IOL) implant as an alternative to wearing glasses. A great challenge for the surgeon are patients who have previously undergone radial keratotomy (RK), because in addition to having a more challenging biometric calculation, they also have important corneal optical aberrations, being a contraindication for the use of multifocal lenses for most patients. ophthalmologists. In this article, we report the case of a patient who underwent a RK in her youth and started to report an important visual discomfort after cataract correction with facectomy and multifocal IOL implantation. This patient underwent a photorefractive keratectomy (PRK) to reduce corneal irregularities with good clinical evolution and satisfactory visual result. This case draws attention to the alternative of topography-guided laser excimer in similar cases and warns of the risk of using this type of lens in irregular corneas.
Descritores: Ceratotomia Radial
Anormalidades do Olho/cirurgia
Ceratectomia Fotorrefrativa
Procedimentos Cirúrgicos Refrativos
Lasers de Excimer/uso terapêutico
Lentes Intraoculares Multifocais
Limites: Humanos
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.2 - Biblioteca Central


  6 / 120 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-973853
Autor: Silva, Diana Silveira; Almeida, Izabela; Netto, Camila F; Esporcatte, Bruno L B; Rolim-de-Moura, Christiane.
Título: Trichothiodystrophy: a case report of childhood glaucoma associated with non-acquired systemic disease / Tricotiodistrofia: relato de caso de glaucoma infantil associado a doença sistémica não adquirida
Fonte: Arq. bras. oftalmol;81(6):520-523, Nov.-Dec. 2018. graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Trichothiodystrophy belongs to a group of rare genetic diseases characterized by DNA repair anomalies. Ocular manifestations can occur in 50% of cases, including cataract, refractive errors, strabismus, microcornea, microphthalmia, dry eye, and pigmentary macular changes. We report a case of childhood glaucoma in a patient with trichothiodystrophy who underwent trabeculectomy in the left eye. To our knowledge, this is the first clinical report of childhood glaucoma associated with trichothiodystrophy.

RESUMO A tricotiodistrofia pertence a um grupo de doenças genéticas raras caracterizadas por anomalias da reparação do DNA. Manifestações oculares podem ocorrer em 50% dos casos, incluindo catarata, erros refrativos, estrabismo, microcórnea, microftalmia, olho seco e alterações maculares pigmentares. Relatamos um caso de glaucoma infantil em um paciente com tricotiodistrofia submetido à trabeculectomia no olho esquerdo. No nosso conhecimento, este é o primeiro caso descrito de glaucoma infantil associado à tricotiodistrofia.
Descritores: Anormalidades do Olho/diagnóstico
Glaucoma/diagnóstico
Síndromes de Tricotiodistrofia/diagnóstico
-Telangiectasia/diagnóstico
Trabeculectomia
Anormalidades do Olho/cirurgia
Glaucoma/cirurgia
Eritema/diagnóstico
Pressão Intraocular
Limites: Humanos
Masculino
Criança
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Carta
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 120 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1088959
Autor: Zacharias, Leandro Cabral; Nascimento, Micael Valtoni Dantas do; Ghosn, Nagilton Bou; Ciongoli, Marina Ravagnani; Preti, Rony Carlos; Monteiro, Mário Luiz Ribeiro.
Título: Inverted internal limiting membrane flap for the management of optic disc pit maculopathy / Técnica do flap invertido da membrana limitante interna para o manejo da maculopatia causada pela fosseta do disco óptico
Fonte: Arq. bras. oftalmol;83(1):69-72, Jan.-Feb. 2020. graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Optic disc pit is a rare congenital anomaly that can cause serous macular detachment. It has no universally accepted single treatment. Recently, several investigators have performed new procedures to directly seal the pit. Herein, we report a case showing a promising method for optic pit maculopathy surgical treatment. We created an inverted internal limiting membrane flap and fold it over the pit to promote barrier in order to stop further fluid accumulation. Gradual absorption of subretinal fluid was observed over 12 months of follow-up. Optical coherence tomography can demonstrate internal limiting membrane folded over the pit and progressive subretinal fluid resolution. This technique resulted in a satisfactory anatomic outcome with good functional improvement in the best-corrected visual acuity.

RESUMO A fosseta do disco óptico é uma rara anomalia con gênita que pode causar descolamento de retina seroso na mácula. Não há um tratamento cirúrgico padrão universalmente aceito. Recentemente, cirurgiões têm realizado procedimentos novos que visam selar o buraco diretamente. Esse caso clínico mostra um método promissor para o tratamento cirúrgico da maculopatia causada pela fosseta do disco. Optamos por criar um flap invertido com a membrana limitante interna, dobrando-o sobre a fosseta para promover uma barreira, impedindo o acúmulo de fluido. A absorção gradual do líquido subretiniano foi observada ao longo de 12 meses de acompanhamento. Imagens de tomografia de coerência óptica podem demonstrar a membrana limitante interna dobrada sobre a fosseta e a resolução progressiva do fluido subretiniano. Esta técnica resultou em um resultado anatômico satisfatório com boa melhora funcional na acuidade visual.
Descritores: Vitrectomia/métodos
Descolamento Retiniano/cirurgia
Anormalidades do Olho/cirurgia
Tomografia de Coerência Óptica/métodos
-Disco Óptico/anormalidades
Doenças Retinianas
Descolamento Retiniano/etiologia
Acuidade Visual
Anormalidades do Olho/complicações
Líquido Sub-Retiniano
Degeneração Macular/complicações
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Carta
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 120 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-900853
Autor: Gómez Escobar, Luis Guillermo; González Devia, Deyanira.
Título: Posibles efectos adversos oculares de los bifosfonatos. Reporte de 2 casos / Possible ocular adverse effects attributable to bisphosphonate therapy: Two case reports
Fonte: Rev. colomb. reumatol;24(1):54-59, ene.-mar. 2017. tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: RESUMEN Los bifosfonatos se utilizan para el manejo de enfermedades con incremento de la resorción ósea como la osteoporosis, la enfermedad metastásica ósea y la hipercalcemia maligna, entre otras patologías. En los últimos años se ha reportado que el uso de bifosfonatos intravenosos como el zoledronato y el pamidronato pueden generar efectos adversos oculares, ocasionados por una reacción de fase aguda mediada por la interleucina-6 (IL-6) y factor de necrosis tumoral alfa (TNF-a). Se reportan 2 casos (una mujer de 71 años y un hombre de 67 años) que entre las 24 a 72 h después de recibir terapia con zoledronato presentaron una uveítis anterior.

ABSTRACT Bisphosphonates are used in the management of diseases characterized by an increase in bone resorption such as osteoporosis, metatasic bone disease, malignant hypercalcemia among others. It has been reported that the use of IV bisphosphonates as zoledronate and pamidronate generate ocular adverse effects by an acute phase reaction mediated by an increase of interleukin 6 (IL-6) and tumoral necrosis factor (TNF-a). We present 2 cases, a woman 71 years old and a 67 years old man that received therapy with bisphosphonates and 24 to 72hours later they presented an anterior uveitis.
Descritores: Difosfonatos
Ácido Zoledrônico
Pamidronato
-Uveíte Anterior
Anormalidades do Olho
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: CO356.9


  9 / 120 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1088974
Autor: Karadag, Remzi; Rapuano, Christopher J; Hammersmith, Kristin M; Nagra, Parveen K.
Título: Causes of congenital corneal opacities and their management in a tertiary care center / Causas de opacidades corneanas congênitas e seu controle em um centro de cuidados terciários
Fonte: Arq. bras. oftalmol;83(2):98-102, Mar.-Apr. 2020. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Purpose: To evaluate causes and management of congenital corneal opacities (CCO) diagnosed in a tertiary care eye center and to compare the data with a previous study at the same institution. Methods: Computerized medical records in all patients with congenital corneal opacities diagnosed in the Cornea Service at Wills Eye Hospital (Philadelphia, PA) between January 1, 2007, and December 31, 2015, were retrospectively reviewed. Children aged 12 years and younger at the first visit were included in the study. Patients' demographics, ocular diagnosis, laterality, associated ocular abnormalities, other ocular surgery performed prior or subsequent to the first visit, and their treatment were extracted from the medical records. Results: A total of 77 eyes in 56 patients were examined. The mean age at presentation was 32.8 ± 44.2 months, with the mean follow-up period of 26.7 ± 30.1 months. The most frequent diagnosis was Peters anomaly (53.2%), followed by limbal dermoid (13.0%), aniridia with glaucoma and microphthalmos (6.5%), sclerocornea and congenital glaucoma (5.2%), idiopathic (3.9%), Axenfeld-Rieger anomaly and Hurler syndrome (2.6%), and microcornea (1.3%). Primary keratoplasty was performed in 26 eyes, with the outcome rate in the clear cornea of 76.0% during the follow-up. Conclusion: Peters anomaly is the most common cause of congenital corneal opacities encountered at our institution. Penetrating keratoplasty is the most frequent choice of corneal surgery to treat congenital corneal opacities. Additional interventions during penetrating keratoplasty were moderately positively correlated with graft failure. This study also shows the rates of some etiologies of that changed over the recent decades in our tertiary care Cornea Service. Although Peters anomaly remains the most common presenting reason for congenital corneal opacities, its rate appears to be increasing over the recent decade. Congenital corneal opacities due to birth trauma, which is one of the preventable causes, were observed in a previous study in our clinic; however, no new cases were noted in this study.

RESUMO Objetivo: Avaliar as causas e o controle das opa cidades corneanas congênitas diagnosticadas em um centro oftal mológico de atendimento terciário e comparar os dados com um estudo anterior realizado na mesma instituição. Métodos: Prontuários médicos informatizados de todos os pacientes com opacidade corneana congênita diagnosticada no Serviço de Córnea no Wills Eye Hospital (Filadélfia, PA) entre 1º de ja neiro de 2007 e 31 de dezembro de 2015 foram revisados retrospectivamente. Crianças com 12 anos ou menos na primeira consulta foram incluídas no estudo. A demografia dos pacientes, o diagnóstico ocular, a lateralidade, as anormalidades oculares associadas, outras cirurgias oculares realizadas antes ou após a primeira consulta e o tratamento foram extraídos dos prontuários médicos. Resultados: Um total de 77 olhos de 56 pacientes foi examinado. A idade média de apresentação foi de 32,8 ± 44,2 meses, com um tempo médio de acompanhamento de 26,7 ± 30,1 meses. O diagnóstico mais frequente foi anomalia de Peters (53,2%), seguido por dermóide límbico (13,0%), aniridia com glaucoma e microftalmia (6,5%), esclerocórnea e glaucoma congênito (5,2%), idiopático (3,9%), síndrome de Axenfeld-Rieger e síndrome de Hurler (2,6%) e microcórnea (1,3%). Ceratoplastia primária foi realizada em 26 olhos, com desfecho de córnea clara de 76,0% durante o acompanhamento. Conclusão: A anomalia de Peters é a causa mais comum de opacidade corneana congênita encontrada em nossa instituição. A ceratoplastia penetrante é a escolha mais frequente de cirurgia corneana para o tratamento de opacidades corneanas congênitas. Intervenções adicionais durante a ceratoplastia penetrante foram moderadamente correlacionadas positivamente com a falha do enxerto. Este estudo também mostra as taxas de algumas etiologias do que mudou ao longo faz últimas décadas em nosso serviço de córnea de atendimento terciário. Embora a anomalia de Peters continue a ser a causa mais comum das opacidades congênitas da córnea, sua taxa parece estar aumentando na última década. Opacidades congênitas da córnea devido a trauma no nascimento, que é uma das causas evitáveis, foram observadas em um estudo anterior em nossa clínica; no entanto, nenhum caso novo foi observado neste estudo.
Descritores: Opacidade da Córnea/cirurgia
Opacidade da Córnea/congênito
Centros de Atenção Terciária
-Oftalmopatias Hereditárias/complicações
Anormalidades do Olho/complicações
Glaucoma/complicações
Registros Médicos
Estudos Retrospectivos
Fatores de Risco
Ceratoplastia Penetrante/métodos
Resultado do Tratamento
Estatísticas não Paramétricas
Córnea/anormalidades
Córnea/patologia
Doenças da Córnea/complicações
Opacidade da Córnea/complicações
Segmento Anterior do Olho/anormalidades
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Recém-Nascido
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 120 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-530888
Autor: Daroda, Larissa Silva Leitão; Daroda, Romeu Ferreira; Magalhães, Camila Beatriz Silva; Correa, Marília de Pádua Dornelas; Mello, Nilza Christine Cassimiro de; Bandeira, Lavínia Leitão.
Título: Aplicação das técnicas de retalho tarsal lateral e Kuhnt-Szymanowski modificada no tratamento do ectrópio senil / The use of tarsal strip and Kuhnt-Szymanowski techniques for senile ectropion treatment
Fonte: HU rev;32(4):91-95, out.-dez. 2006. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Ectrópio caracteriza-se pela eversão da margem palpebral. As quatro formas clínicas principais são: involucional, cicatricial, congênita e paralítica, sendo a primeira a mais freqüente. Geralmente, cursa com eversão do ponto lacrimal ou de toda a pálpebra, epífora, hiperemia conjuntival e sensação de ardência ocular, podendo resultar em dano corneano permanente, com cegueira potencial. Muitas opções de tratamento foram descritas para cada uma das formas clínicas. O objetivo deste trabalho é demonstrar a utilização das técnicas de Retalho Tarsal Lateral e Kuhnt-Szymanowski modificada no tratamento do ectrópio senil, comparando com dados da literatura. Foi realizada análise retrospectiva dos prontuários de 35 pacientes, sendo 19 (54,3%) operados pela técnica de retalho tarsal lateral e 16 (45,7%) pela técnica de Kuhnt-Szymanowski modificada. Dezenove pacientes eram do sexo feminino e 16 do masculino, com idade variando entre 56 e 92 anos, com média de 75 anos. Todos os pacientes submetidos à cirurgia obtiveram remissão dos sintomas a partir do primeiro dia de pós-operatório. Na série estudada, ambas as técnicas apresentaram resultados satisfatórios, com melhora dos sintomas e ausência de recidiva.

Ectropion is an outward turning of the eyelid. The four main types are involutional, cicatricial, congenital and paralytic. Most often it presents as an eversion of the lid margin, epiphora, conjunctival hyperemia and ocular irritation, which may lead to permanent corneal damage. Several treatment options have been described for each clinical form. The purpose of this paper is to demonstrate the utilization of two operative techniques for the management of involutional ectropion. A retrospective analysis of 35 patients' charts has been performed. 19 patients underwent surgical correction by tarsal strip technique and 16, by the Kuhnt Szymanowski technique. Nineteen patients were female and 16 male. Their age ranged from 56 to 92 years. All operated patients showed complete disappearance of all symptoms. In this survey, both procedures showed satisfactory results, with symptom regression and lack of recurrence up to the present date.
Descritores: Retalhos Cirúrgicos
Ectrópio
-Cirurgia Plástica
Anormalidades do Olho
Cegueira
Procedimentos Cirúrgicos Reconstrutivos
Lesões da Córnea
Hiperemia
Doenças do Aparelho Lacrimal
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central



página 1 de 12 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde