Base de dados : LILACS
Pesquisa : C11.510.598 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 34 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 4 ir para página            

  1 / 34 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Id: biblio-1093681
Autor: Hernández López, Iván; Pérez Candelaria, Eneida; Cruz Izquierdo, Dunia; Cárdenas Díaz, Taimí; Veitía Rovirosa, Zucell.
Título: La ectopia lentis y las soluciones quirúrgicas en la cirugía de catarata / Ectopia lentis and surgical solutions in cataract surgery
Fonte: Rev. cuba. oftalmol;32(1):e682, ene.-mar. 2019. graf.
Idioma: es.
Resumo: RESUMEN La extracción del cristalino en pacientes con ectopia lentis se convierte en una cirugía desafiante para el cirujano. En el pasado surgieron serias complicaciones asociadas a esta intervención quirúrgica, como desprendimiento de retina y glaucoma. El avance de las técnicas quirúrgicas en las últimas décadas ha brindado mayor seguridad para la cirugía de esta afección del cristalino. Se presenta una paciente femenina de 47 años aquejada de disminución de la visión. Al examen oftalmológico se encuentra subluxación superior del cristalino bilateral. Previa discusión con la paciente de los posibles escenarios a presentarse durante la cirugía, se le sugiere una facoemulsificación bilateral secuencial del cristalino conservando el saco capsular mediante la colocación de un anillo de tensión capsular fijado a la esclera más implante de lente intraocular plegable en el saco capsular. Se realiza primeramente cirugía del ojo izquierdo y se presenta un desgarro radial de la rexis con extensión posterior, por lo que se varía el abordaje quirúrgico y se fija el implante al iris. Un mes después se realiza cirugía del ojo derecho siguiendo el plan quirúrgico inicial sin complicaciones. La recuperación visual fue satisfactoria (0,7 en cartilla de Snellen) en ambos ojos y se demostró la efectividad de ambas alternativas quirúrgicas. La planificación correcta de la técnica quirúrgica y de las posibles modificaciones ante circunstancias sobrevenidas, así como la oportuna información preoperatoria y la experiencia del cirujano resultan fundamentales para alcanzar el éxito quirúrgico, la recuperación funcional y la satisfacción del paciente(AU)

ABSTRACT Crystalline lens removal in patients with ectopia lentis is a challenge for eye surgeons. Serious complications, such as retinal detachment and glaucoma, were associated in the past to this surgical procedure. However, the progress in surgical techniques achieved in recent decades provides greater safety in the surgical treatment of this lens disorder. A female 47-year-old patient attends consultation complaining of vision reduction. Ophthalmological examination reveals bilateral crystalline lens upper subluxation. The possible scenarios to occur during surgery are discussed with the patient, and it is suggested that she undergoes sequential bilateral lens phacoemulsification preserving the capsular bag with the placement of a capsular tension ring fixed to the sclera plus implantation of a foldable intraocular lens in the capsular bag. The first eye to be operated on is the left eye, and radial tear of the rhexis with posterior extension occurs. Therefore, the surgical approach is changed and the implant is fixed to the iris. Surgery of the right eye is performed one month later, following the initial surgical plan without any complications. Visual recovery was satisfactory (0.7 by the Snellen chart) in both eyes, proving the effectiveness of both surgical alternatives. Correct planning of the surgical technique and its possible modifications in response to unexpected circumstances, alongside timely preoperative information and the surgeon's experience, are all crucial to achieve surgical success, functional recovery and patient satisfaction(AU)
Descritores: Ectopia do Cristalino/cirurgia
-Subluxação do Cristalino/etiologia
Facoemulsificação/métodos
Limites: Humanos
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  2 / 34 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-753018
Autor: Oltulu, Refik; Erşan, İsmail; Şatırtav, Günhal; Donbaloglu, Meryem; Kerimoğlu, Hürkan; Özkağnıcı, Ahmet.
Título: Intraocular lens explantation or exchange: indications, postoperative interventions, and outcomes / Remoção ou troca de lentes intraoculares: indicações, intervenções pós-operatórias e resultados
Fonte: Arq. bras. oftalmol;78(3):154-157, May-Jun/2015. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Purpose: To analyze the indications for explantation or exchange of intraocular lenses (IOLs), which were originally implanted for the correction of aphakia during cataract extraction. Methods: All cases that involved intraocular lens explantation or exchange in one institution between January 2008 and December 2014 were analyzed retrospectively. Results: In total, 93 eyes of 93 patients were analyzed. The median time interval between implantation and explantation of the anterior chamber intraocular lenses (AC IOL) and posterior chamber intraocular lenses (PC IOL) was 83.40 ± 83.14 months (range: 1-276 months) and 55.14 ± 39.25 months (range: 1-168 months), respectively. Pseudophakic bullous keratopathy (17 eyes, 38.6%) and persistent iritis (12 eyes, 27.8%) in the AC IOL group and dislocation or decentration (30 eyes, 61.2%) and incorrect IOL power (nine eyes, 18.4%) in the PC IOL group were the most common indications for explantation of IOLs. The mean logMAR best corrected visual acuity (BCVA) improved significantly from 1.30 preoperatively to 0.62 postoperatively in the PC IOL group (p<0.001) but did not improve significantly in the AC IOL group (p=0.186). Conclusions: The primary indication for IOL explantation or exchange was pseudophakic bullous keratopathy in the AC IOL group and was dislocation or decentration in the PC IOL group. PC IOL explantation or exchange is safe and improves visual acuity. .

RESUMO Objetivo: Analisar as indicações para a remoção ou troca de lentes intraoculares (IOL), que foram originalmente implantadas para a correção de afacia após a extração da catarata. Método: Todos os casos que envolveram remoção ou troca de lentes intraoculares em uma única instituição, entre janeiro de 2008 e dezembro 2014 foram analisados retrospectivamente. Resultados: No total, foram analisados 93 olhos de 93 pacientes. O intervalo de tempo médio entre o implante e a remoção das LIOs de câmara anterior (AC IOL) e de câmara posterior (PC IOL) foi 83,40 ± 83,14 meses (variando de 1 a 276 meses) e 55,14 ± 39,25 meses (variando de 1 a 168 meses), respectivamente. Ceratopatia bolhosa pseudofácica (17 olhos, 38,6%) e irite persistente (12 olhos, 27,8%) no grupo AC IOL, e deslocamento ou descentralização (30 olhos, 61,2%) e poder incorreto da IOL (nove olhos, 18,4%), no grupo PC IOL, foram as indicações mais comuns para a remoção das IOLs. A média logMAR da melhor acuidade visual corrigida (BCVA) melhorou significativamente a partir de 1,30 no pré-operatório para 0,62 no pós-operatório no grupo PC IOL (p<0,001), mas não melhorou significativamente no grupo AC IOL (p=0,186). Conclusões: A principal indicação para remoção ou troca de lentes intraoculares foi a ceratopatia bolhosa pesudofácica no grupo AC IOL e deslocamento ou descentralização no grupo PC IOL. A remoção ou troca de PC IOLs é segura e melhora a acuidade visual. .
Descritores: Doenças da Córnea/cirurgia
Remoção de Dispositivo/métodos
Complicações Intraoperatórias
Implante de Lente Intraocular/métodos
Erros de Refração/complicações
-Doenças da Córnea/complicações
Pressão Intraocular
Irite/complicações
Irite/cirurgia
Implante de Lente Intraocular/efeitos adversos
Subluxação do Cristalino/cirurgia
Reoperação
Estudos Retrospectivos
Resultado do Tratamento
Acuidade Visual
Limites: Adolescente
Adulto
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Criança
Pré-Escolar
Feminino
Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 34 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: lil-704746
Autor: Souza, Grazielle Fialho de; Magalhães, Ediberto de; Sato, Ricardo Mitsuo; Falabella, Paulo.
Título: Técnica de refixação escleral via pars plana de háptica luxada para o vítreo em paciente com transplante de córnea / Scleral re-fixation technique with pars plana approach for luxated haptica into the vitreous cavity in patient with keratoplasty
Fonte: Rev. bras. oftalmol;72(6):415-418, nov.-dez. 2013. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo deste relato de caso é descrever uma nova técnica de refixação escleral, unilateral, de uma háptica cuja sutura escleral prévia rompeu-se, levando ao deslocamento da lente intraocular para o vítreo. Trata-se de um olho submetido anteriormente a dois transplantes de córnea, em que se buscou minimizar a manipulação intraocular e o trauma cirúrgico. Esta técnica consiste em realizar o procedimento em olho fechado, utilizando a mesma lente de fixação, sem a necessidade de externalizar as hápticas ou do uso de instrumentos cirúrgicos especiais. A perda de células endoteliais após o procedimento foi similar à observada após a facoemulsificação em pacientes com ceratoplastia penetrante. A técnica mostrou-se simples, segura, e, portanto, reprodutível, além de ser menos invasiva do que os métodos já descritos, permitindo a reabilitação visual precoce do paciente.

The purpose of this case report is to describe a new technique to re-establish a scleral fixation of one luxated haptic, which previous suture ruptured, causing the fall of the intraocular lens into the vitreous cavity. Considering that the patient underwent two penetrant keratoplasty surgeries, there was a major concern to cause minimal intraocular manipulation and less surgical trauma. This technique consists in a closed eye procedure using the fixation lens, without exposing the haptics or using special surgical instruments. The endothelial cell loss after the surgery was similar to that observed after phacoemulsification in eyes with penetrating keratoplasty. The technique proved to be simple, safe, and therefore reproducible, less invasive than the previously published methods and promoted the patient's early visual rehabilitation.
Descritores: Perda de Células Endoteliais da Córnea
Transplante de Córnea
Subluxação do Cristalino
Técnicas de Sutura
Limites: Humanos
Masculino
Adolescente
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.2 - Biblioteca Central


  4 / 34 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-667600
Autor: Valbon, Bruno de Freitas; Santos, Rodrigo Teixeira; Ramos, Isaac; Canedo, Ana Laura; Nogueira, Leonardo; Ambrósio Junior, Renato.
Título: A tomografia de córnea e segmento anterior na propedêutica do exame complementar na avaliação de ectasia / Simplifying ectasia screening with corneal and anterior segment tomography
Fonte: Rev. bras. oftalmol;72(1):54-58, jan.-fev. 2013. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Descrevemos a importância da tomografia de córnea e segmento anterior na propedêutica do exame complementar na avaliação de ectasia. Esta descrição da interpretação clínica dos índices da tomografia de córnea e segmento anterior (Pentacam - Oculus, Wetzlar, Germany) neste relato de caso, demonstra a relevância de uma nova tecnologia na avaliação da córnea e segmento anterior na suspeita de ceratocone. O diagnóstico de ceratocone foi excluído pela análise dos índices tomográficos de ectasia. Detectou-se assimetria entre os lados nasal e temporal por meio da avaliação do mapa de profundidade de câmara anterior. No exame biomicroscópico sob midríase foi constatado subluxação do cristalino, sendo assim devemos estar atentos não somente aos índices tomográficos corneanos na avaliação do exame complementar e sim analisarmos outros dados importantes oferecidos pela tomografia de córnea e segmento anterior.

The methodology currently used for interpretation of the cornea and anterior segment tomography for the diagnosis of corneal ectasia. Description of the clinical interpretation of anterior segment tomography (Pentacam - Oculus, Wetzlar, Germany); case report of the ectopia lentis demonstrating the importance o evaluation of the cornea and anterior segment of the keratoconus. We excluded the disease, analyzing the tomographic analysis of rates of ectasia and observe an asymmetry between nasal and temporal sides in assessing the depth map of the anterior chamber. On the biomicroscopic examination in mydriasis, was found a ectopia lentis. We must be mindful not only to corneal tomography indices to evaluate a diagnostic test, but look at other important information provided by anterior segment tomography.
Descritores: Segmento Anterior do Olho
Topografia da Córnea
Dilatação Patológica
Ceratocone
Subluxação do Cristalino/diagnóstico
Tomografia
-Sensibilidade e Especificidade
Limites: Humanos
Masculino
Adolescente
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.2 - Biblioteca Central


  5 / 34 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Moreira, Hamilton
Texto completo
Id: lil-650656
Autor: Pereira, Maria Celina Salazar Rubim; Krieger, Michele Aparecida Lonardoni; Mariushi, Ana Cláudia; Moreira, Hamilton.
Título: Perfil epidemiológico de pacientes com catarata traumática no Hospital de Olhos do Paraná / Epidemiological aspects patients with traumatic cataract who sought care in Hospital de Olhos do Paraná
Fonte: Rev. bras. oftalmol;71(4):236-240, jul.-ago. 2012. graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: OBJETIVO: Avaliar os resultados anatômicos e visuais de pacientes com catarata traumática atendidos no Hospital de Olhos do Paraná, apresentando ou não alterações oculares associadas e que foram submetidos ao tratamento cirúrgico, além de traçar o perfil analisando tipo de trauma, relação entre ocupação e trauma, relação entre tipo de trauma e prognóstico visual, correlacionando acuidade visual (AV) pré e pós-operatória. MÉTODOS: Após minuciosa avaliação oftalmológica foram coletados os seguintes dados: sexo, idade, ocupação, tipo de trauma, AV pré e pós-tratamento, alterações oculares associadas e dos pacientes que foram submetidos à cirurgia as complicações pós-operatórias mais frequentes. RESULTADOS: Foram atendidos 45 pacientes com catarata traumática. Destes, 25 submeteram-se à cirurgia. A maioria dos pacientes era do sexo masculino (88%), sofreu trauma contuso (52%) e apresentou idade média de 43,16 anos, atingindo uma faixa etária economicamente ativa. Estes traumas foram classificados como: laboral (14), recreacional, doméstico e automobilístico. Subluxação de cristalino foi a alteração ocular associada mais observada. Vinte e dois pacientes (88%) apresentaram visão inicial ≥ 20/400, entre os submetidos à cirurgia, 64% apresentaram melhor acuidade visual corrigida pela tabela de Snellen (MAVC) ≤ 20/40. Opacidade cápsula posterior foi a complicação pós-operatória mais frequente. CONCLUSÃO: O perfil dos pacientes atendidos, no HOP, com catarata traumática é, na grande maioria, homens com idade média de 43 anos, vítimas de trauma contuso ocorridos quando desenvolviam atividades laborais, expostos ao risco de acidente sem equipamentos de proteção, atingindo principalmente agricultores, pedreiros e serralheiros. Esses, após o tratamento cirúrgico apresentaram melhora significativa da visão.

OBJECTIVE: To evaluate the anatomic and the visual results of patients with traumatic cataract who sought care in Hospital de Olhos do Paraná (HOP), that were subjected to surgical treatment in this service. To describe their epidemiological and clinical aspects, and to analyze the post operative functional results. METHODS: There were included in the study all patients subjected to a surgical treatment and the following characteristics were analyzed: sex, age, pre and postoperative visual acuity, mechanism of trauma, associated ocular alterations and most frequent postoperative complications. RESULTS: Forty five patients were treated with clinical diagnosis of traumatic cataract during the study period. From the total, 25 were submitted the surgical treatment. The majority of patients were male (88%), a history of blunt trauma could be ascertained (52%) middle age 43±16 years reaching an economically active group. Manual laborers were the most frequent (14), followed by recreational accidents, home accidents and automobilistic accidents. Traumatic subluxation lens were the most frequent ocular alterations associated. Twenty two patients (88%) presented pre-operative visual acuity ≥ 20/400. Among the patients that were submitted to cataract surgery, 64% showed better visual acuity corrected by table of Snellen ≤ 20/40. Cause of poor post operative visual acuity posterior capsule opacity CONCLUSION: In this study, the majority of patients were male, with mean age of 43±16 years and victims of blunt trauma during their job without equipments of protection, reaching principally farmers, masons and locksmiths. It was observed a clear improvement of postoperative visual acuity among these patients.
Descritores: Catarata/complicações
Catarata/diagnóstico
Perfil de Saúde
Subluxação do Cristalino/cirurgia
Traumatismos Oculares/cirurgia
Traumatismos Oculares/classificação
Traumatismos Oculares/etiologia
Acuidade Visual
-Brasil
Resultado do Tratamento
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Responsável: BR1.2 - Biblioteca Central


  6 / 34 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Id: lil-615619
Autor: Guerra García, Alejandro; Curbelo Cunill, Luis; Eguía Martínez, Frank; Rivas Canino, María del Carmen.
Título: Vitrectomía pars plana y reimplante de lente intraocular en surco / Pars plana vitrectomy and intraocular lens repositioning in the sulcus
Fonte: Rev. cuba. oftalmol;23(supl.2):836-846, 2010.
Idioma: es.
Resumo: Se presentó un caso de lente intraocular luxado a vítreo en paciente con conteo bajo de células endoteliales e intolerancia a lentes de contacto. Se practicó vitrectomía pars plana con reimplante de lente en surco ciliar con el objetivo de demostrar la fiabilidad de la técnica para casos que presenten condiciones adecuadas y situaciones especiales. Se revisó la bibliografía para conocer las tendencias actuales con respecto al manejo de esta patología. El paciente alcanzó una agudeza visual de 20/30. El lente permaneció estable en el surco 3 meses después de practicada la vitrectomía. El manejo de esta entidad debe ser personalizado. La técnica utilizada debe ser siempre la primera opción de tratamiento y parece ser segura en casos cuidadosamente escogidos

A case of dislocated intraocular lens moved to the vitreous cavity in a patient with low endothelial cell count and contact lens intolerance was reported. A pars plana vitrectomy with lens repositioning was performed to demonstrate the safety of this technique for some special cases under adequate conditions. The literature was reviewed to learn about the current management of this pathology. Finally, patient's best visual acuity was 20/30. The stability of the lens was confirmed three month l after the vitrectomy. Management of this disorder should be customized. This technique should be considered as the first option of treatment and seems to be safe in selected cases
Descritores: Lentes Intraoculares Fácicas/efeitos adversos
Subluxação do Cristalino/epidemiologia
Vitrectomia/métodos
-Relatos de Casos
Subluxação do Cristalino/complicações
Limites: Humanos
Masculino
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  7 / 34 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-548142
Autor: Ventura, Marcelo; Endriss, Daniela.
Título: Implantação de lente intraocular com uma alça amputada: proposta para o tratamento cirúrgico da subluxação do cristalino / Intraocular lens implantation with one loop haptic amputed: a new propose to the subluxation lens surgical treatment
Fonte: Arq. bras. oftalmol;73(2):135-140, Mar.-Apr. 2010. ilus, graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: OBJETIVO: Avaliar os resultados pós-operatórios da subluxação congênita do cristalino, corrigida por uma nova abordagem cirúrgica. MÉTODOS: Foram estudados 21 olhos de 13 pacientes, portadores de subluxação não traumática do cristalino submetidos à cirurgia na Fundação Altino Ventura, no período de abril de 1999 a abril de 2004. A idade média foi de 8,7 ± 5,4 anos, e o tempo médio de seguimento foi 21,5 ± 19,3 meses. Os pacientes foram submetidos à facoaspiração, implante do anel endocapsular e lente intraocular (LIO). Uma das alças da LIO foi amputada e apoiada sobre o anel, no interior do saco capsular, centralizando a LIO. RESULTADOS: Houve melhora da acuidade visual (AV) em todos os casos, e redução significante do equivalente esférico e componente esférico comparando-se a refração pré e pós-operatória (p<0,01). Não houve diferença entre o componente cilíndrico pré e pós-operatório (p=0,71). Opacificação da cápsula posterior do cristalino foi a complicação encontrada em 71,4 por cento dos casos. Foi realizada capsulotomia posterior precoce nestes pacientes sem intercorrências. CONCLUSÃO: Implante de LIO com uma alça amputada e apoiada sobre o anel endocapsular é uma opção no tratamento cirúrgico da subluxação congênita do cristalino, podendo-se observar centralização da LIO e melhora da AV no pós-operatório.

PURPOSE: To evaluate the postoperative results of congenital lens subluxation corrected by a new technique. METHODS: Retrospective chart review of 21 eyes of 13 patients with no traumatic lens subluxation who underwent surgery in Altino Ventura Foundation from April, 1999 to April, 2004. The mean age was 8.7 ± 5.4 years old, and the mean follow-up period was 21.5 ± 19.3 months. Patients underwent phacoaspiration, endocapsular ring and intraocular lens (IOL) implantation. The implanted IOL had one loop haptic excised and was supported above the ring, inside the capsular bag promoting intraocular lens centralization. RESULTS: Visual acuity improvement was observed in all cases. There was a significant reduction of the spherical equivalent and spherical component comparing the pre and postoperative refraction (p<0.01). There was no statistically significant difference between the pre and postoperative cylinder component (p=0.71). Posterior capsule opacification was a postoperative complication found in 71.4 percent of the cases. Early posterior capsulotomy was performed with no complications in these cases. CONCLUSION: Intraocular lens implantation with one loop haptic amputed and supported above the endocapsular ring is an option for the congenital lens subluxation surgical treatment, promoting lens centralization and postoperative visual acuity improvement.
Descritores: Implante de Lente Intraocular/métodos
Subluxação do Cristalino/cirurgia
Acuidade Visual
-Seguimentos
Estudos Retrospectivos
Resultado do Tratamento
Limites: Adolescente
Criança
Pré-Escolar
Feminino
Humanos
Masculino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 34 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-532272
Autor: García Álvarez, Lourdes M; Romeo Yunaka, Sara E; Rodríguez Martínez, Mayra; Moreira Guillén, Eneida P.
Título: Luxación traumática del globo ocular: presentación de un caso / Traumatic luxation of eyeball: a case presentation
Fonte: Mediciego;13(supl.2), sept. 2007. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Se presenta un caso de luxación traumática de globo ocular en el seno maxilar derecho en una paciente de 68 años de edad, femenina, de la raza negra, con traumatismo órbitofacial derecho atendida en el Hospital Roberto Rodríguez de Morón . El diagnóstico se realizó por el examen físico, ultrasonido ocular y exámenes imagenológicos. Se describen la evolución y las complicaciones presentadas.

There has been presented a case of traumatic luxation of eyeball in right maxillary sinus in a 68 years old patient, feminine, black and with right facial orbit trauma attended in Moron´s Hospital Roberto Rodriguez. The diagnosis was done by the physical exam, eye ultrasound and imaging exams. There are described the evolution and presented complications.
Descritores: Subluxação do Cristalino
Subluxação do Cristalino/diagnóstico
Subluxação do Cristalino
Subluxação do Cristalino
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: CU421.1 - Biblioteca


  9 / 34 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-523254
Autor: Osorio Chacón, Mario; Tribín Gómez, Alfonso; Hernández Rodríguez, María Paula; Vanegas Acevedo, Juan José; Correa Vidales, Liliana.
Título: Manifestaciones oculares del síndrome de Marfán / Ocular manifestations of Marfan syndrome
Fonte: Repert. med. cir;15(2):72-76, 2006. graf, ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: El síndrome de Marfán (SM) es una patología que afecta múltiples órganos y cuando no se maneja de manera adecuada es muy discapacitante con alto costo social para los sistemas de salud. Dentro de los órganos afectados se encuentra el visual, con manifestaciones que no exhiben un patrón de tipicidad debido a la falta de estudios que incluyan el examen oftalmológico completo como parte integral de la valoración y el tratamiento. La presencia de alteraciones oftalmológicas y la identificación de ciertas características al examen físico pueden anteceder las manifestaciones de los otros sistemas que comprenden el complejo diagnóstico de este síndrome, lo que da lugar a un abordaje precoz con manejo temprano y eficaz de alteraciones visuales. El objetivo del presente trabajo es analizar los hallazgos oftalmológicos de los pacientes con SM y describir las alteraciones más comunes en esta población.
Descritores: Ectopia do Cristalino/diagnóstico
Síndrome de Marfan/diagnóstico
Subluxação do Cristalino/diagnóstico
-Traumatismos Oculares/complicações
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: CO304.1 - Biblioteca Arturo Aparicio Jaramillo


  10 / 34 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-470088
Autor: Marques, Daniela Meira Villano; Marques, Frederico França; Cionni, Robert J; Osher, Robert Henry; Freitas, Lincoln Lemes.
Título: Avaliação do uso do anel endocapsular modificado em casos de subluxação traumática do cristalino / Evaluation of the modified capsular tension ring in cases of traumatic lens subluxation
Fonte: Arq. bras. oftalmol;70(5):746-751, set.-out. 2007. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: OBJETIVO: Avaliar o comportamento do anel modificado de tensão capsular em cataratas traumáticas com subluxação, analisando a acuidade visual, centração do saco capsular, pseudofacodonese, seguimento pós-operatório, e complicações intra e pós-operatórias. LOCAL: Cincinnati Eye Institute, Cincinnati, Ohio, USA. MÉTODOS: Vinte e dois olhos de 22 pacientes com perda traumática de suporte zonular foram submetidos à facoemulsificação utilizando lente intra-ocular de câmara posterior e o implante do anel capsular modificado. O exame pré-operatório incluiu melhor acuidade visual corrigida (MAVC), a presença ou ausência de facodonese, descentração do cristalino e prolapso vítreo. A avaliação pós-operatória incluiu MAVC, presença de pseudofacodonese, centração do implante, necessidade de vitrectomia e outras complicações. RESULTADOS: Vinte e um olhos (95,45 por cento) tiveram melhora da MAVC. O exame pré-operatório revelou facodonese em 11 olhos (50 por cento) e nenhum olho apresentou pseudofacodonese. No exame pré-operatório, a descentração sintomática estava presente em 10 olhos (45,45 por cento). Todos os olhos apresentaram centração do complexo saco capsular/LIO no pós-operatório. Prolapso vítreo foi diagnosticado antes da cirurgia em 9 olhos (40,90 por cento) e a vitrectomia foi necessária em 11 olhos (50 por cento). CONCLUSÃO: O uso do anel modificado de tensão capsular resultou em boa centração do complexo saco capsular/lente intra-ocular nos olhos estudados com catarata traumática e perda de suporte zonular.

PURPOSE: To evaluate the behavior of the modified capsular tension ring (MCTR) in traumatic subluxated cataracts analyzing the visual acuity, centration of the capsular bag, pseudophacodonesis, postoperative follow-up and intra- and postoperative complications. SETTING: Cincinnati Eye Institute, Cincinnati, Ohio, USA. METHODS: Twenty-two eyes of 22 patients with traumatic loss of zonular support had phacoemulsification using PCIOL and MCTR implantation. The preoperative examination included best correct visual acuity (BCVA) and the presence or absence of phacodonesis, lens decentration and vitreous prolapse. The postoperative evaluation included BCVA, the presence of pseudophacodonesis, PCIOL centration, necessity of vitrectomy and other complications. RESULTS: 21 eyes (95.45 percent) had an improvement in BCVA. The preoperative examination disclosed phacodonesis in 11 eyes (50 percent) and no eye presented pseudophacodonesis in the postoperative period. Preoperatively, symptomatic decentration was presented by 10 eyes (45.45 percent) and 22 eyes (100 percent) had no decentration after surgery. The preoperative examination revealed vitreous prolapse in the anterior chamber in 9 eyes (40.90 percent). Vitrectomy was required in 11 eyes (50 percent). CONCLUSIONS: The use of the MCTR resulted in a good centration of the capsular bag and the PC IOL in 22 eyes with traumatic cataract and loss of zonular support.
Descritores: Traumatismos Oculares/complicações
Cápsula do Cristalino/fisiopatologia
Cápsula do Cristalino/cirurgia
Subluxação do Cristalino/cirurgia
Facoemulsificação/instrumentação
-Seguimentos
Complicações Intraoperatórias
Implante de Lente Intraocular/efeitos adversos
Implante de Lente Intraocular/instrumentação
Subluxação do Cristalino/etiologia
Subluxação do Cristalino/fisiopatologia
Cuidados Pré-Operatórios
Facoemulsificação/efeitos adversos
Estudos Retrospectivos
Resultado do Tratamento
Acuidade Visual/fisiologia
Limites: Adolescente
Adulto
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Criança
Pré-Escolar
Feminino
Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 4 ir para página            
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde