Base de dados : LILACS
Pesquisa : C11.768 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 268 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 27 ir para página                         

  1 / 268 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1039744
Autor: Malerbi, Fernando Korn; Carneiro, Adriano Biondi Monteiro; Katz, Marcelo; Lottenberg, Claudio Luiz.
Título: Retinal exams requested at Primary Care Unit: indications, results and alternative strategies of evaluation / Exames de retina solicitados em Unidades Básicas de Saúde: indicações, resultados e estratégias alternativas de avaliação
Fonte: Einstein (Säo Paulo);18:eGS4913, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective To evaluate indications, results and strategy of retinal exams requested at Primary Care Units. Methods A retrospective study that analyzed the indications and results of retinal exams, in the modalities clinical dilated fundus exams and color fundus photographs. In the following situations, patients were considered eligible for color fundus photographs if visual acuity was normal and ocular symptoms were absent: diabetes mellitus and/or hypertension, in use of drugs with potential retinal toxicity, diagnosis or suspicion of glaucoma, stable and asymptomatic retinopathies, except myopia greater than -3.00 diopters. Results A total of 1,729 patients were evaluated (66% female, age 63.5±15.5 years), and 1,190 underwent clinical dilated fundus exam and 539 underwent color fundus photographs. Diabetes was present in 32.2%. The main indications were diabetes (23.7%) and glaucoma evaluation (23.5%). In 3.4% of patients there was no apparent indication. The main results were a large cup/disc ratio (30.7%) and diabetic retinopathy (13.2%). Exam was normal in 9.6%, detected peripheral changes in 7% and could not be performed in 1%. Considering patients eligible for fundus photographs (22.4%), more than half underwent clinical dilated fundus exams. Conclusion Regarding exam modality, there were no important differences in the distribution of indications or diagnosis. Color fundus photograph is compatible with telemedicine and more cost-effective, and could be considered the strategy of choice in some scenarios. Since there are no clear guidelines for retinal exams indications or the modality of choice, this study may contribute to such standardization, in order to optimize public health resources.

RESUMO Objetivo Avaliar as indicações, os resultados e a estratégia de exames de retina solicitados em Unidades Básicas de Saúde. Métodos Estudo retrospectivo no qual foram analisados as indicações e os resultados de exames de retina, nas modalidades mapeamento de retina e retinografia. Em casos de boa acuidade visual e sintomas oculares ausentes, foram considerados elegíveis para avaliação por retinografia: pacientes com diabetes mellitus e/ou hipertensão arterial sistêmica, em uso de medicação com potencial toxicidade retiniana, diagnóstico ou suspeita de glaucoma, e retinopatias estáveis e assintomáticas, exceto miopia maior que -3,00 dioptrias. Resultados Foram avaliados 1.729 pacientes (66% do sexo feminino, idade 63,5±15,5 anos). Destes, 1.190 realizaram mapeamento de retina e 539 realizaram retinografia. Diabetes estava presente em 32,2%. As principais indicações para solicitação do exame foram diabetes (23,7%) e investigação de glaucoma (23,5%). Em 3,4%, não havia indicação aparente. Os principais resultados foram aumento da escavação papilar (30,7%) e retinopatia diabética (13,2%). O exame foi normal em 9,6%; detectou alterações periféricas em 7%; e sua realização foi impossível em 1%. Dos pacientes elegíveis para retinografia (22,4%), mais da metade foi submetida ao mapeamento de retina. Conclusão Não houve diferenças importantes nas distribuições de indicações ou diagnósticos em relação à modalidade de exame. A retinografia, compatível com telemedicina e mais custo-efetiva, pode ser considerada a modalidade de escolha em determinadas situações. Na ausência de consenso quanto às indicações para a solicitação de exames da retina ou sua modalidade, este estudo pode contribuir para tal padronização, de modo a otimizar recursos do sistema público de saúde.
Descritores: Atenção Primária à Saúde/estatística & dados numéricos
Retina
Doenças Retinianas/diagnóstico
Técnicas de Diagnóstico Oftalmológico/economia
-Exame Físico
Fotografação
Acuidade Visual
Estudos Retrospectivos
Telemedicina
Retinopatia Diabética/diagnóstico
Fundo de Olho
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 268 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-730371
Autor: Ilhan, Abdullah; Yolcu, Umit; Gundogan, Fatih Cakir; Akay, Fahrettin.
Título: An association between subclinical familial exudative vitreoretinopathy and rod-cone dystrophy / Associação entre vitreorretinopatia exsudativa familiar subclínica e distrofia de cones e bastonetes
Fonte: Arq. bras. oftalmol;77(5):327-329, Sep-Oct/2014. graf.
Idioma: en.
Resumo: A 21-year-old Caucasian man presented with a complaint of nyctalopia. Visual acuity in both eyes was 20/20 and anterior segment biomicroscopy results were unremarkable. Fundoscopy revealed peripheral avascular zones, minimal peripheral retinal exudation from the retinal vessels, peripheral retinal telangiectasias and anastomosis in both eyes, and retinal vascular dragging toward the temporal periphery in both eyes. Full field electroretinography showed that rod responses were almost absent and that cone responses were reduced. Macular optical coherence tomography showed normal structure in both eyes. Vascular changes were attributed to a subclinical form of familial exudative vitreoretinopathy. This was an interesting case due to the association of familial exudative vitreoretinopathy with rod-cone dystrophy.

Um homem caucasiano de 21 anos foi avaliado com queixa de nictalopia. A acuidade visual era 20/20 em ambos os olhos. Biomicroscopia do segmento anterior era normal. A fundoscopia revelava zonas avasculares periféricas, exsudação mínima dos vasos retinianos periféricos da retina, telangiectasias da retina periférica com anastomoses em ambos os olhos e deslocamento vascular da retina em direção a periferia temporal em ambos os olhos. O eletrorretinograma (ERG) de campo total apresentava respostas de bastonetes praticamente indetectáveis e redução das respostas de cones. A tomografia de coerência óptica (OCT) macular mostrava estrutura normal em AO. As alterações vasculares foram atribuídas à forma subclínica da vitreorretinopatia exsudativa familiar. Este é um caso interessante com a associação de vitreoretinopatia exsudativa familiar e distrofia de cones e bastonetes (RCD).
Descritores: Doenças Retinianas/genética
Vitreorretinopatia Proliferativa
-Células Fotorreceptoras Retinianas Bastonetes
Eletrorretinografia
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 268 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-730378
Autor: Borrego-Sanz, Lara; Sáenz-Francés, Federico; Fernández-Tresguerres, M. Fernanda; Jiménez-Santos, Maria; Donate-López, Juan.
Título: Interferon-associated retinopathy in a patient with metastatic melanoma / Retinopatia relacionada ao interferon em paciente com melanoma metastático
Fonte: Arq. bras. oftalmol;77(5):321-323, Sep-Oct/2014. graf.
Idioma: en.
Resumo: We present the unusual case of a 35 year-old woman with stage IV melanoma and widespread metastases, who was undergoing treatment with interferon alpha-2b and who presented with interferon-associated retinopathy. The patient, who had been taking interferon treatment for three months, complained of a sudden loss of visual acuity in the left eye. An ocular examination revealed multiple cotton wool spots along the retina and macular involvement. Interferon treatment was suspended. Although rare, retinopathy represents a potentially serious adverse effect of interferon treatment. Although normally patients are asymptomatic, complications derived of its use may arise, which can lead to significant visual impairment. We therefore suggest that before initiating treatment with this drug, patients should be informed of its potential ocular risks, and that regular eye examinations are conducted along with the treatment.

Apresentamos o caso de uma mulher de 35 anos com melanoma em estágio IV e metástases generalizadas tratados com interferon alpha-2b, que proporcionou uma retinopatia associada ao interferon. Mulher de 35 anos de idade tratados com interferon durante os últimos três meses apresentou uma perda súbita da acuidade visual no olho esquerdo. Exame ocular revelou vários pontos de algodão ao longo da retina e mácula. Tratamento com interferon foi parado. Retinopatia associada ao uso de interferon está entre os possíveis efeitos colaterais, embora rara, não deve ser subestimada. Embora geralmente assintomática, complicações decorrentes de seu uso podem levar à perda visual significativa. Consideramos, portanto, que antes de iniciar o tratamento com este medicamento, os pacientes devem ser informados sobre os riscos potenciais e os exames oftalmológicos são recomendados durante cada tratamento.
Descritores: Doenças Retinianas/induzido quimicamente
Interferon-alfa/efeitos adversos
Interferon-alfa/uso terapêutico
Melanoma/secundário
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 268 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-741164
Autor: Freitas-Neto, Clovis Arcoverde; Boonsopon, Sutasinee; Dhanireddy, Swetha; Maghsoudlou, Armin; Silpa-archa, Sukhum; Foster, C. Stephen.
Título: Birdshot retinochoroidopathy review / Revisão sobre retinocoroidopatia do tipo "birdshot"
Fonte: Arq. bras. oftalmol;78(1):56-61, Jan-Feb/2015. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Birdshot retinochoroidopathy (BSRC) is a distinct type of posterior uveitis originally described in the 1940s. Its characteristics include minimal anterior segment inflammation and diffuse posterior choroidopathy with vitritis and retinal vasculitis. The precise etiology of this disease is yet to be elucidated. However, various treatment modalities have been employed with the ultimate goal of durable remission of this vision threatening intraocular disease. The purpose of this review is not only to emphasize the importance of recognizing BSRC, but also to discuss the new discoveries, immune mediators, current and new therapies, and techniques applied to monitor and accomplish disease remission.

Retinocoroidopatia do tipo "birdshot" é um tipo de uveíte posterior originalmente descrita na década de 1940. Achados característicos incluem inflamação mínima do segmento anterior, retinocoroidopatia difusa associada à vitreíte e vasculite retiniana. A etiologia da doença ainda não foi completamente definida, entretanto várias modalidades de tratamento têm sido utilizadas com o objetivo de atingir a remissão. O objetivo desta revisão é enfatizar não só a importância do reconhecimento da doença como também discutir novas descobertas relacionadas a mediadores imunes, formas de tratamentos e como monitorar a doença.
Descritores: Doenças Retinianas
Doenças da Coroide
Coriorretinite
Anticorpos Monoclonais Humanizados/uso terapêutico
-Doenças Retinianas/diagnóstico
Doenças Retinianas/imunologia
Doenças Retinianas/tratamento farmacológico
Indução de Remissão
Angiofluoresceinografia
Antígenos HLA-A/imunologia
Doenças da Coroide/diagnóstico
Doenças da Coroide/imunologia
Doenças da Coroide/tratamento farmacológico
Coriorretinite/diagnóstico
Coriorretinite/imunologia
Coriorretinite/tratamento farmacológico
Diagnóstico Diferencial
Quimioterapia Combinada
Eletrorretinografia
Imunossupressores/uso terapêutico
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 268 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1131621
Autor: Somilleda-Ventura, Selma A; Blanco-Hernández, Dulce M. Razo; Ocampo-Moreno, Itzel; Lima-Gómez, Virgilio.
Título: Ganglion cell layer thinning in diabetic patients without retinopathy: related or unrelated to total macular thickness? / Afinamento da camada de células ganglionares em pacientes diabéticos sem retinopatia: relacionados ou não à espessura macular total?
Fonte: Arq. bras. oftalmol;83(5):389-395, Sept.-Oct. 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Purpose: Reduction of ganglion cell layer thickness may occur in diabetic patients without retinopathy. The relationships of this preclinical finding with retinal thickness or reduced parafoveal vessel density have not been established. This study investigated the relationships of ganglion cell layer thickness with retinal thickness and parafoveal vessel density in patients with and without diabetes. Methods: This was an observational, cross-sectional, prospective study that used optical coherence tomography angiography to compare non-diabetic patients (group 1) with diabetic patients without retinopathy (group 2). Ganglion cell layer thickness, macular thickness, and parafoveal vessel density (central, inner, and complete) medians were compared between groups (Mann-Whitney U test), and their relationships were assessed in each group (Spearman Rho test). Results: In total, 68 eyes were included in this study: 34 in group 1 and 34 in group 2. Ganglion cell layer thickness did not differ between groups in any sector. There were strong positive correlations between fields 2 (superior parafoveal), 3 (temporal parafoveal), and 4 (inferior parafoveal) of the optical coherence tomography macular thickness map and the ganglion cell layer thickness in all sectors in both groups. Central vessel density mean was lower in diabetic patients. In group 1 alone, thickness changes in the inferior and nasal inferior ganglion cell layer sectors were partially explained by inner vessel density (r2=0.32 and r2=0.27). Conclusions: Mean ganglion cell layer thickness was not lower in diabetic patients without retinopathy than in non-diabetic patients. Moreover, it exhibited a substantial correlation with total macular thickness. Parafoveal vessel density decreased before ganglion cell layer thinning was observed.

RESUMO Objetivo: Pode ocorrer redução da espessura da camada de células ganglionares em pacientes diabéticos sem retinopatia. As relações desse achado pré-clínico com a espessura da retina ou a densidade reduzida de vasos parafoveais não foram estabelecidas. Este estudo investigou as relações da espessura da camada de células ganglionares com a espessura da retina e densidade dos vasos parafoveais em pacientes com e sem diabetes. Métodos: Estudo prospectivo, observacional, transversal que utilizou angiotomografia de coerência óptica para comparar pacientes não diabéticos (grupo 1) com pacientes diabéticos sem retinopatia (grupo 2). As médias da espessura da camada de células ganglionares, espessura macular e densidade dos vasos parafoveais (central, interno e completo) foram comparadas entre os grupos (teste U de Mann-Whitney) e suas relações foram avaliadas em cada grupo (Teste de Spearman Rho). Resultados: No total, 68 olhos foram incluídos neste estudo: 34 no grupo 1 e 34 no grupo 2. A espessura da camada de células ganglionares não diferiu entre os grupos em nenhum setor. Houve fortes correlações positivas entre os campos 2 (parafoveal superior), 3 (parafoveal temporal) e 4 (parafoveal inferior) do mapa da espessura macular da tomografia de coerência óptica e a espessura da camada de células ganglionares em todos os setores dos dois grupos. A média da densidade central dos vasos foi menor nos pacientes diabéticos. Somente no grupo 1, as alterações de espessura da camada de células ganglionares nos setores inferior e nasal inferior foram parcialmente explicadas pela densidade do vaso interno (r2=0,32 e r2=0,27). Conclusões: A média da espessura da camada de células ganglionares não foi menor em pacientes diabéticos sem retinopatia do que em pacientes não diabéticos. Além disso, exibiu uma correlação substancial com a espessura macular total. A densidade dos vasos parafoveais diminui antes do desbaste da camada de células ganglionares.
Descritores: Retina
Doenças Retinianas
Diabetes Mellitus
Retinopatia Diabética
-Retina/patologia
Retina/diagnóstico por imagem
Estudos Transversais
Estudos Prospectivos
Tomografia de Coerência Óptica
Retinopatia Diabética/diagnóstico por imagem
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 268 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Cavalcante, Leny A
Allodi, Silvana
Texto completo
Id: biblio-890761
Autor: Carvalho, Litia Alves de; Fleming, Renata; Sant'Anna, Moysés; Guimarães, Roberta; Dantas, Adalmir Morterá; Morizot-Leite, Eduardo; Cavalcante, Leny A; Allodi, Silvana.
Título: Neuroprotective effects of erythropoietin on rat retinas subjected to oligemia
Fonte: Clinics;73:e161, 2018. graf.
Idioma: en.
Resumo: OBJECTIVES: Erythropoietin may have neuroprotective potential after ischemia of the central nervous system. Here, we conducted a study to characterize the protective effects of erythropoietin on retinal ganglion cells and gliotic reactions in an experimentally induced oligemia model. METHODS: Rats were subjected to global oligemia by bilateral common carotid artery occlusion and then received either vehicle or erythropoietin via intravitreal injection after 48 h; they were euthanized one week after the injection. The densities of retinal ganglion cells and contents of glial fibrillary acidic protein (astrocytes/Müller cells) and cluster of differentiation 68 clone ED1 (microglia/macrophages), assessed by fluorescence intensity, were evaluated in frozen retinal sections by immunofluorescence and epifluorescence microscopy. RESULTS: Retinal ganglion cells were nearly undetectable one week after oligemia compared with the sham controls; however, these cells were partially preserved in erythropoietin-treated retinas. The contents of glial fibrillary acidic protein and cluster of differentiation 68 clone ED1, markers for reactive gliosis, were significantly higher in retinas after bilateral common carotid artery occlusion than those in both sham and erythropoietin-treated retinas. CONCLUSIONS: The number of partially preserved retinal ganglion cells in the erythropoietin-treated group suggests that erythropoietin exerts a neuroprotective effect on oligemic/ischemic retinas. This effect could be related to the down-modulation of glial reactivity, usually observed in hypoxic conditions, clinically observed during glaucoma or retinal artery occlusion conditions. Therefore, glial reactivity may enhance neurodegeneration in hypoxic conditions, like normal-tension glaucoma and retinal ischemia, and erythropoietin is thus a candidate to be clinically applied after the detection of decreased retinal blood flow.
Descritores: Células Ganglionares da Retina/efeitos dos fármacos
Eritropoetina/farmacologia
Fármacos Neuroprotetores/farmacologia
Proteína Glial Fibrilar Ácida/efeitos dos fármacos
-Doenças Retinianas/patologia
Contagem de Células
Fatores de Crescimento de Células Hematopoéticas/farmacologia
Ratos Wistar
Artéria Carótida Primitiva/cirurgia
Lesões das Artérias Carótidas/cirurgia
Modelos Animais de Doenças
Ectodisplasinas/efeitos dos fármacos
Limites: Animais
Masculino
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 268 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1137935
Autor: Aguiar, Aline Guerreiro; Aguiar, Levy Paz; Santos, Verônica Larissa Vasconcelos dos; Oliveira, Dayse Cury de Almeida.
Título: Sickle cell retinopathy: characterization among patients over 40 years of age / Retinopatia falcêmica: caracterização da doença na população acima de 40 anos de idade
Fonte: Rev. bras. oftalmol;79(2):118-121, Mar.-Apr. 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Purpose: This article aims to describe the prevalence of retinal alterations on the indirect binocular ophthalmoscopy exam in patients with sickle cell disease (HbSS or HbSC) who are over 40 years of age. Methods: This is a retrospective study in which patients with sickle cell disease (SCD) with an age group of 40 years or older were attended in a service of retina in Salvador, Brasil on the last 10 years. All patients were submitted to the clinical file filling, which includes the sociodemographic profile, clinical profile and ophthalmologic examination. The patients were divided in two groups (SS or SC), according to genotypic profile of hemoglobinopathy (HbSS or HbSC). The classification of retinopathy was performed according to Goldberg in proliferative and non-proliferative retinopathy. A P-value <0.05 was considered statistically significant. Results: A total of 97 patients (194 eyes) were evaluated, being 44 (45%) of the SC group and 53 (55%) of the SS group. Of the 97 patients, 19 (19.5%) did not present retinal changes and 78 (80,5%) present sickle cell retinopathy. Of the 78 patients with retinopathy, 22 (28%) had nonproliferative sickle retinopathy and 56 (72%) had proliferative alterations. The increase in vascular tortuosity was the most observed nonproliferative sign (26.8% of eyes) in both groups. The SC patients presented a greater proportion of findings of areas of retinal non perfusion (30%) than SS patients (p = 0.015). Conclusion: The results suggest the need for regular ophthalmologic follow-up of patients with SCD, especially in the older age group, due to the high prevalence of 80.5% of findings of sickle cell retinopathy on examination in patients over 40 years old.

Resumo Objetivos: Este artigo tem como objetivo avaliar a prevalência de alterações retinianas observadas pelo exame de oftalmoscopia binocular indireta em pacientes com doença falciforme (HbSS e HbSC) com mais de 40 anos de idade. Métodos: Estudo retrospectivo com pacientes com doença falciforme (DF) na faixa etária acima de 40 anos, atendidos em serviço especializado em Salvador, Brasil nos últimos 10 anos. Todos os pacientes foram submetidos ao preenchimento da ficha clínica, em que incluía perfil sociodemográfico, clínico e exame oftalmológico. Os pacientes foram divididos em dois grupos (SS ou SC), de acordo com seu padrão genotípico da hemoglobinopatia (HbSS ou HbSC). A classificação da retinopatia foi realizada de acordo com Goldberg em retinopatia não proliferativa e proliferativa. Um valor de p<0.05 foi considerado estatisticamente significante. Resultados: Um total de 97 pacientes (194 olhos) foram avaliados, sendo 44 (45%) do grupo SC e 53 (55%) do grupo SS. Dos 97 pacientes, 19 (19,5%) não apresentavam alterações retinianas e 78 (80,5%) apresentavam retinopatia falcêmica. Destes 78 pacientes com alterações retinianas, 22 (28%) possuem sinais de retinopatia não proliferativa e 56 (72%) possuem alterações proliferativas. O aumento da tortuosidade vascular foi o sinal de doença não proliferativa mais observado (26,8% dos olhos) em ambos os grupos. Os pacientes do grupo SC apresentaram a maior proporção de achados proliferativos, como áreas de não perfusão retiniana, que os pacientes SS (30%) (p = 0.015). Conclusão: Os resultados sugerem a necessidade de manter um acompanhamento oftalmológico regular dos pacientes com DF, especialmente pacientes com maior faixa etária, devido à alta prevalência observada (80,5%) de retinopatia falcêmica em pacientes acima de 40 anos de idade.
Descritores: Doenças Retinianas/epidemiologia
Doença da Hemoglobina SC/epidemiologia
Anemia Falciforme/epidemiologia
-Estudos Retrospectivos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Responsável: BR1.2 - Biblioteca Central


  8 / 268 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1156169
Autor: Lima, Carolina Correa Leal; Fonsêca, Maria Luisa Gois da; Vianna, Raul Nunes Galvarro.
Título: Azoor: Retinopatia externa oculta zonal aguda associada com doença autoimune / Azoor: Acute Zonal Occute Outer retinopathy associated with autoimmune disease
Fonte: Rev. bras. oftalmol;79(6):403-405, nov.-dez. 2020. graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Retinopatia externa oculta zonal aguda (AZOOR) foi descrita pela primeira vez por Gass em 1993 como uma síndrome com perda rápida de uma ou mais zonas extensas dos segmentos externos da retina. Paciente masculino, 35 anos, portador de doença de Crohn, queixando-se de dor ocular eventual e nictalopia em olho direito desde infância. Em uso regular de azatioprina e mesalazina. melhor acuidade visual 20/20 AO. À fundoscopia, lesões hiperpigmentadas em arcada temporal inferior de olho direito, em treliça, acompanhando vasculatura local. Após exclusão de diagnósticos diferenciais chegou-se ao diagnóstico de Azoor. Azoor é uma síndrome idiopática caracterizada por um quadro agudo início de fotopsia, escotoma ou ambos e é tipicamente associado a uma perda persistente de função visual que envolve uma ou mais zonas da retina externa. Apesar dos sintomas clássicos de fotopsia, o paciente em questão teve uma apresentação clínica atípica. Descrevemos um caso ocorrido em indivíduo do sexo masculino em região periférica apresentando afinamento coroidiano e com doença autoimune associada. Dessa forma, acreditamos que é necessária maior investigação para verificar a etiologia da alteração coroideana e da associação com a doença específica.

Abstract Acute zonal occult external retinopathy (AZOOR) was first described by Gass in 1993 as a syndrome with rapid loss of one or more large areas of the external retinal segments. Male, 35 years, with Crohn's disease complaining of occasional eye pain and right eye nictalopia since childhood. In regular use of azathioprine and mesalazine. better visual acuity 20/20 OU. At fundoscopy, hyperpigmented lesions in the right temporal arcade of the right eye, in trellis, accompanying local vasculature. After exclusion of differential diagnoses, Azoor's diagnosis was reached. Azoor is an idiopathic syndrome characterized by an acute onset of photopsy, scotoma or both and is typically associated with a persistent loss of visual function involving one or more areas of the external retina. Despite classic photopsy symptoms, the patient in question had an atypical clinical presentation. We describe a case of a peripheral male with choroidal thinning and associated autoimmune disease. Thus, we believe that further investigation is necessary to verify the etiology of choroidal alteration and its association with the specific disease.
Descritores: Doenças Retinianas/diagnóstico por imagem
Doenças Autoimunes/complicações
Angiografia/métodos
Doença de Crohn/diagnóstico
Tomografia de Coerência Óptica/métodos
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.2 - Biblioteca Central


  9 / 268 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-896325
Autor: Ribeiro, Marina Viegas Moura Rezende; Jucá, João Vitor de Omena; Alves, Anna Luyza Correia dos Santos; Ferreira, Caio Victor Oliveira; Barbosa, Fabiano Timbó; Ribeiro, Êurica Adélia Nogueira.
Título: Sickle cell retinopathy: A literature review / Retinopatia da doença falciforme: revisão da literatura
Fonte: Rev. Assoc. Med. Bras. (1992);63(12):1100-1103, Dec. 2017. graf.
Idioma: en.
Resumo: Summary Hemoglobinopathies are a group of hereditary diseases that cause quantitative or qualitative changes in the shape, function or synthesis of hemoglobin. One of the most common is sickle cell anemia, which, due to sickling of erythrocytes, causes vaso-occlusive phenomena. Among the possible ocular manifestations, the most representative is retinopathy, which can lead to blindness if left untreated. Therefore, periodic ophthalmologic monitoring of these patients is important for early diagnosis and adequate therapeutic management, which can be done localy by treating the lesions in the eyes, or systemically.

Resumo As hemoglobinopatias são um grupo de doenças hereditárias que causam alterações quantitativas ou qualitativas no formato, na função ou na síntese de hemoglobinas. Uma das mais comuns é a anemia falciforme, cuja patogenia é a foicização das hemácias, causando fenômenos vaso-oclusivos. Dentre as manifestações oculares possíveis, a mais representativa é a retinopatia, que pode levar à cegueira caso não seja tratada. Por isso, é importante que haja o acompanhamento oftalmológico periódico desses pacientes, a fim de obter diagnóstico precoce e abordagem terapêutica adequada. Esta última pode ser de maneira direta, com tratamento das lesões oculares, ou de forma sistêmica.
Descritores: Doenças Retinianas/etiologia
Anemia Falciforme/complicações
-Doenças Retinianas/diagnóstico
Doenças Retinianas/terapia
Vasos Retinianos
Hemoglobina Falciforme/análise
Angiofluoresceinografia
Anemia Falciforme/diagnóstico
Anemia Falciforme/terapia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 268 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1150986
Autor: Andueza Galeno, Isabel Cecilia.
Título: Desarrollo de un nanosistema para la liberación de fármacos intravítreo / Development of intravitreal nanosistema for drugs release.
Fonte: Caracas; s.n; oct. 2012. ilus, tab, graf.
Idioma: es.
Tese: Apresentada a Universidad Central de Venezuela. Facultad de Farmacia para obtenção do grau de Doctor.
Resumo: La inyección intravítrea ha sido la vía de administración más eficaz para el tratamiento de enfermedades vitreorretinianas. Su práctica continua, no es agradable para los pacientes y a su vez podría causar complicaciones indeseadas. El presente trabajo tuvo como objetivo desarrollar un nanosistema de liberación polímero-terapéutico (conjugado)/nanopartícula, utilizando Dextrano y Quitosano como polímeros transportadores biodegradables, hidrosolubles y compatibles a nivel ocular así como Hemisuccinato de Metilprednisolona como fármaco modelo. Primeramente, el fármaco fue capaz de unirse covalentemente a dos Dextranos de pesos moleculares 10 y 70 kDa. En función del contenido del componente activo y perfil de liberación, se seleccionó el Hemisuccinato de Metilprednisolona-Dextrano 10 kDa para elaborar las nanopartículas de Quitosano por el método de gelificación iónica empleando tripolifosfato sódico como agente entrecruzante. Por último, las nanopartículas fueron cubiertas con lactosa aplicando el secado por atomización. Se evaluó morfología, distribución de tamaño de las partículas, carga superficial, contenido y eficacia de captura del fármaco. Las partículas esféricas presentaron superficies lisas y uniformes. El pH tuvo influencia en el tamaño de las partículas observándose una distribución bimodal a pHs ≈ pKa del Quitosano y unimodal con un rango entre 130 - 170 nm a pHs < pKa. La variación de los potenciales Zeta entre los compuestos involucrados en la reacción, indicaron la posible ocurrencia de la misma. Al comparar la liberación del conjugado con las Nanopartículas a pH fisiológico, se observó que la encapsulación retrasó la liberación del fármaco alrededor de un 50%. Las nanopartículas recubiertas formaron micropartículas de 1.780 ± 0,5 nm, lo que favoreció su dispersibilidad en agua. Este nuevo nanosistema, evidenció su posible potencial en el desarrollo de formulaciones de liberación intravítrea, que reduzca la frecuencia de administración, ofreciendo una excelente alternativa que proporcione un mayor grado de satisfacción y mejore la calidad de vida del paciente.
Descritores: Doenças Retinianas/tratamento farmacológico
Nanotecnologia/organização & administração
Liberação Controlada de Fármacos/efeitos dos fármacos
-Polímeros/farmacologia
Qualidade de Vida
Doenças Retinianas/complicações
Metilprednisolona/uso terapêutico
Cromatografia Líquida/métodos
Dextranos/uso terapêutico
Membrana Epirretiniana/tratamento farmacológico
Preparações de Ação Retardada/farmacologia
Quitosana/uso terapêutico
Composição de Medicamentos/métodos
Material Particulado/uso terapêutico
Nanopartículas/administração & dosagem
Injeções Intravítreas/efeitos adversos
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo de Validação
Responsável: VE497.1 - Biblioteca Dr. Oswaldo Enríquez Isava
VE497.1; D-CF, An3



página 1 de 27 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde