Base de dados : LILACS
Pesquisa : C14.240.400.560.350 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 27 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 3 ir para página          

  1 / 27 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1254746
Autor: Takagui, Andressa Sardá Maiochi; Baggio, Thales Cantelle; Savariz, Mariana Baretta; Theilacker, Giulia; Baggio, Thalia Elisa.
Título: Shunt Ventrículo Esquerdo-Átrio Direito (Defeito de Gerbode) Associado à Comunicação Interventricular em Adulto / Left Ventricular-to-right Atrial Shunt (Gerbode Defect) Associated with Interventricular Communication in a 42-year-old Patient
Fonte: ABC., imagem cardiovasc;34(1), 2021.
Idioma: pt.
Descritores: Comunicação Atrioventricular/cirurgia
Comunicação Atrioventricular/diagnóstico por imagem
Átrios do Coração/cirurgia
Cardiopatias Congênitas/cirurgia
Cardiopatias Congênitas/diagnóstico por imagem
Insuficiência Cardíaca/complicações
-Alta do Paciente
Fatores de Tempo
Ecocardiografia
Cateterismo Cardíaco/métodos
Espectroscopia de Ressonância Magnética/métodos
Comorbidade
Ventriculografia com Radionuclídeos/métodos
Assistência ao Convalescente
Ecocardiografia Doppler em Cores/métodos
Esternotomia/métodos
Limites: Humanos
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  2 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-897932
Autor: Pillai, Vivek Velayudhan; Karunakaran, Jayakumar.
Título: Repair of double orifice left av valve (dolavv) with endocardial cushion defect in adult
Fonte: Rev. bras. cir. cardiovasc = Braz. j. cardiovasc. surg. (impr.);32(4):338-340, July-Aug. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Double orifice left atrioventricular valve (DOLAVV) or double orifice mitral valve (DOMV) is a rare congenital cardiac anomaly manifesting either as an isolated lesion (mitral stenosis or mitral insufficiency) or in association with other congenital cardiac defects. Signs of mitral valve disease are usually present along with the symptoms of associated coexistent congenital heart diseases. Mitral insufficiency due to annular dilatation is seen when DOLAVV is associated with endocardial cushion defects. Surgical intervention like mitral valve repair or replacement is required in 50% of patients and yields good results. We report a case of a 56-year-old lady who successfully underwent surgical correction of DOLAVV with partial atrioventricular canal defect.
Descritores: Comunicação Atrioventricular/cirurgia
Defeitos dos Septos Cardíacos/cirurgia
Valva Mitral/anormalidades
-Resultado do Tratamento
Implante de Prótese de Valva Cardíaca/métodos
Comunicação Atrioventricular/complicações
Anuloplastia da Valva Mitral/métodos
Defeitos dos Septos Cardíacos/complicações
Valva Mitral/cirurgia
Limites: Humanos
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1069590
Autor: Chaccur, Paulo; Dancini, José Luiz.
Título: Persistência do canal arterial / Patent ductus arteriosus
Fonte: In: Santana, Maria Virgínia Tavares. Cardiopatias congênitas no recém-nascido. São Paulo, Atheneu, 2000. p.267-274, ilus.
Idioma: pt.
Descritores: Cardiopatias Congênitas
Cateteres de Demora
Comunicação Atrioventricular/genética
Comunicação Atrioventricular/tratamento farmacológico
Desenvolvimento Fetal
Limites: Recém-Nascido
Criança
Responsável: BR79.1 - CIC - Centro de Informação Cardiovascular Mendonça de Barros
BR79.1


  4 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1069394
Autor: Braga, Sérgio LN; Pedra, Carlos AC; Rodrigues Filho, Filadelfo; Kayanuma, Edson; Lima, Geane Maria Portela de; Santos, João Alessandre dos; Rodriguez, Juan Simón Muñoz.
Título: Oclusão percutânea do canal arterial persistente e dos defeitos septais atriais e ventriculares / Percutaneous occlusion of ostium primum persistent of heart ventricular septal defects
Fonte: In: Sousa, Amanda GMR; Piegas, Leopoldo S; Sousa, J Eduardo MR. Série Monografias Dante Pazzanese. Rio de Janeiro, Revinter, 2001. p.62, ilus, ilus.
Idioma: pt; pt.
Resumo: Durante as malformações cardiovasculares persistentes ao nascimento, as comunicações do tipo persistência do canal arterial (PCA), comunicação interatrial (CIA) e comunicação interventricular (CIV) têm papel importante por perfazerem, juntas, mais de 40% do total de pacientes com cardiopatias congênitas.O tratamento cirúrgico ainda é a terapia padrão para essas malformações, com índices altos de sucesso e baixos de mortalidade. No entanto, possui ainda elevada morbidade e constitui trauma psicológico para a família e o paciente, normalmente de pouca idade...
Descritores: Comunicação Atrioventricular
Comunicação Interatrial
Comunicação Interventricular
Doença das Coronárias/fisiopatologia
Limites: Humanos
Responsável: BR79.1 - CIC - Centro de Informação Cardiovascular Mendonça de Barros
BR79.1


  5 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-954109
Autor: Jesus, Valeria Santos de; Nascimento, Aline Marques; Miranda, Rogério dos Anjos; Lima, Joel Silva; Tyll, Milene de Andrade Gouvea; Veríssimo, Adriana de Oliveira Lameira.
Título: Waiting for Cardiac Procedure in Congenital Heart Disease: Portrait of an a Hospital in the Amazonian Region / Fila de Espera para Tratamento de Pacientes com Cardiopatia Congênita: Retrato de um Centro de Referência Amazônico
Fonte: Int. j. cardiovasc. sci. (Impr.);31(4):374-382, jul.-ago. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Congenital heart disease is an important cause of morbidity and mortality in childhood, and in 50% of cases, surgery is required in the first year of life. A high deficit of surgical procedures is estimated in Northern Brazil. Objective: To analyze the waiting time for elective surgical treatment and/ or intervention in children with congenital heart disease in a Cardiology referral center, and to make considerations about heart diseases and forms of treatment in that institution. Methods: A cross-sectional study of all patients aged less than 14 years, with a diagnosis of congenital heart disease that were waiting for elective surgical or percutaneous cardiac treatment. Results: Among the 407 children with congenital heart defects, the most prevalent age group was > 2 to 6 years (34.0%). The average waiting time was 23.1 ± 18.3 months, with a median of 19. The most frequent heart disease was ventricular septal defect (28.98%), patent ductus arteriosus (18.42%) and atrial septal defect (11.05%). Most children (63.4%) were not from the metropolitan area. The percutaneous interventions represented only 27.84% of the catheterization procedures and 14,85% of all heart treatments. Approximately 60% of the pediatric surgeries occurred in children who were not previously registered due to urgency cases. Conclusion: Most of the children waiting for a cardiac procedure were not from the metropolitan area and had malformations potentially treatable by catheterization. It is necessary to increase the capacity of the single referral center in the state of Pará, as well as decentralize the high-complexity cardiological care in the metropolitan region

As cardiopatias congênitas são importantes causas de morbimortalidade infantil e, em cerca de 50% dos casos, é necessária a intervenção cirúrgica no primeiro ano de vida. Estima-se alto défice de procedimentos na Região Norte do Brasil. Objetivo: Analisar o tempo de espera para realização de tratamento eletivo cirúrgico e/ou intervencionista de crianças portadoras de cardiopatias congênitas em um centro de referência cardiológico, e fazer considerações sobre as cardiopatias e suas formas de tratamento na referida instituição. Método: Estudo analítico, de caráter transversal do período de janeiro de 2012 a outubro de 2014, de pacientes com idade igual ou inferior a 14 anos diagnosticados com cardiopatias congênitas que estavam na fila de tratamento cardíaco eletivo cirúrgico ou percutâneo. Resultados: Das 407 crianças que aguardavam por tratamento, a faixa etária mais prevalente foi a de > 2 a 6 anos (34,0%). O tempo médio de espera, em meses, foi 23,1 ± 18,3, com mediana de 19. As cardiopatias mais frequentes foram comunicação interventricular (28,98%), persistência do canal arterial (18,42%) e comunicação interatrial (11,05%). A maioria das crianças (63,4%) não pertencia à região metropolitana. As intervenções percutâneas representaram somente 27,84% do total de cateterismos e 14,85% de todos os tratamentos cardíacos. Cerca de 60% do volume de cirurgias pediátricas ocorreu em crianças sem cadastro prévio no sistema, devido ao caráter de urgência. Conclusão: Grande parte das crianças que aguardam por procedimento cardíaco é procedente de fora da região metropolitana e tem malformações potencialmente tratáveis por cateterismo. É necessário aumentar a capacidade operacional do único centro de referência público do Estado, além de descentralizar o atendimento em alta complexidade cardiológica da região metropolitana
Descritores: Criança
Listas de Espera
Cardiopatias Congênitas/cirurgia
Cardiopatias Congênitas/terapia
-Anormalidades Congênitas
Brasil
Cateterismo/métodos
Institutos de Cardiologia
Epidemiologia Descritiva
Prevalência
Estudos Transversais
Coleta de Dados
Procedimentos Cirúrgicos Eletivos/métodos
Comunicação Atrioventricular/terapia
Coração
Comunicação Interventricular/terapia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  6 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1006559
Autor: Oliveira, Roberto Magno; Baltazar, Leonardo; Pinto, Adriane Maria Damasceno; Dias, Ana Flavia Moura.
Título: Defeito do septo átrio ventricular em adulto portador de trissomia do 21 / Case report defect of the septure ventricular atrial in adult trissomy carrier of 21
Fonte: Rev. méd. Minas Gerais;27:[1-5], jan.-dez. 2017.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: Dos pacientes com Síndrome de Down que possuem cardiopatias congênitas, metade possuem defeitos no septo atrioventricular, em associação de comunicação interatrial, comunicação interventricular e a persistência do canal arterial. Descrição do caso: M.N.S,42 anos, portador de trissomia do 21. Encaminhado para a cardiologia,dia 07/09/16, para realização do cateterismo cardíaco após dor torácica recorrente e sopro sistólico. Na admissão, referiu precordialgia, com intensidade forte e duração de um dia, sem irradiações e fatores desencadeantes. Possui histórico de internações recorrentes de dor precordial e história familiar marcante de cardiopatias. Na avaliação clínica, encontrou-se sopro sistólico panfocal acentuado pela manobra de Rivero-Carvallo e diminuído com a manobra de Valsalva, confirmando sobrecarga de câmaras direitas. Realizou-se CATE de câmaras direitas e esquerdas no dia 09/09, onde conclui-se a presença de defeito septo AV de forma intermediária, hipertensão arterial pulmonar,hiperfluxo pulmonar,dilatação moderada da artéria pulmonar, aumento das dimensões do átrio esquerdo e constatou-se que o retorno venoso dáse para átrio esquerdo por uma comunicação interatrial ampla. Foi submetido à correção cirúrgica no dia 19/09/16, onde foi realizado plastia da valva mitral, correção da comunicação interatrial ostium primum com remendo pericárdico bovino e o fechamento do forame oval. Após a cirurgia, foi encaminhado para o CTI, onde permaneceu estável, sendo extubado no dia 21/09. Recebeu alta do CTI no dia 26/09 e encaminhado para a enfermaria para cuidados pós-cirúrgicos. Conclusão: É possível concluir que o despreparo de pequenos centros urbanos faz com que o serviço de saúde se direcione para os grandes centros urbanos e como muitas vezes isso não é possível, o diagnóstico e a terapêutica se dão tardiamente. (AU)

Introduction: Of the patients with Down syndrome who have congenital heart defects,half have defects in the atrioventricular septum,in the association of atrial septal defect, ventricular septal defect and persistence of the ductus arteriosus. Case description: MNS,42 years old,with trisomy 21. Referred to cardiology,day 07/09/16, to perform cardiac catheterization after recurrent chest pain and systolic murmur. On admission, he reported precordialgia,with strong intensity and duration of one day, without irradiation and triggering factors. He has a history of hospitalizations recurrence of precordial pain and marked family history of cardiopathies. In the clinical evaluation, a panfocal systolic murmur accentuated by the Rivero-Carvallo maneuver and decreased with the Valsalva maneuver, confirming overhead of right chambers. CATE of right chambers and on the 09/09, where the presence of an AV septal defect is found in pulmonary arterial hypertension, pulmonary hyperflow, moderate dilation of the pulmonary artery, enlargement of the left atrium, and venous return to the left atrium by extensive atrial septal defect. It was submitted to surgical correction on day 19 / 09, where mitral valve repair was performed,correction of the ostium primum atrial septal defect with bovine pericardial patch, and closure of the oval foramen. After surgery, the patient was referred to the ICU where he remained stable and was extubated on September 21. He was discharged from the ICU on September 26 and was sent to the ward for post-surgical care. Conclusion: It is possible to conclude that the lack of preparation of small urban centers causes the health service to be directed to large urban centers and how often this not possible, diagnosis and therapy are delayed. (AU)
Descritores: Síndrome de Down
Cardiopatias Congênitas
-Trissomia
Brasil
Cateterismo Cardíaco
Manobra de Valsalva
Comunicação Atrioventricular
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1561.1 - Biblioteca Virtual AMMG


  7 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-985594
Autor: García Meneses, Celibel; Aguiar Mota, Carlos; González Ojeda, Guillermo; Llanes Camacho, María del Carmen; Blanco Barbeito, Nubia.
Título: Caracterización de las enfermedades valvulares congénitas en la edad pediátrica / Characterization the pediatric patients with diagnostic of illnesses congenital valvulares
Fonte: Rev. cuba. pediatr;91(1):e634, ene.-mar. 2019. tab.
Idioma: es.
Resumo: Introducción: Las valvulopatías congénitas son un grupo de entidades en las cuales la principal alteración anatomofuncional está en las válvulas cardiacas. Objetivo: Caracterizar los pacientes pediátricos nacidos vivos con diagnósticos de valvulopatías congénitas. Métodos: Se realizó una investigación descriptiva retrospectiva a partir de los registros de valvulopatías congénitas del Servicio de Cardiología del Hospital Pediátrico Universitario José Luis Miranda en Santa Clara, Cuba, en el periodo de 2005 a 2016. La población estuvo conformada por los 147 niños nacidos vivos con diagnóstico de valvulopatías congénitas. Se empleó un muestreo no probabilístico intencional por criterios y la muestra quedó conformada por 143. La recogida de la información se realizó a través de la revisión documental de las historias clínicas. Resultados: La tasa de incidencia de la valvulopatías congénitas fue de 1,5 x 1 000 nacidos vivos, predominó la estenosis pulmonar que agrupó el 70,6 por ciento de los diagnosticados. Se encontró predominio del sexo masculino con 50,3 por ciento, se determinó que 45,5 por ciento de los casos se diagnosticaron antes de los 29 días de nacido, período que incluye un diagnóstico prenatal. Conclusiones: El desarrollo del diagnóstico prenatal de las cardiopatías congénitas ha posibilitado la disminución de la incidencia de las malformaciones más complejas. El conocimiento de las enfermedades congénitas del corazón contribuye a operar de forma segura y con resolución anatómica completa a muchos de estos niños en el período prenatal o cuando son lactantes pequeños, para evitar el deterioro global de estos cuando la cardiopatía no está resuelta(AU)

Introduction: The congenital valvulopatías is a group of entities in which the main alteration anatomofuncional is in the heart valves. Objective: To characterize the pediatric patients with diagnostic of born congenital valvulopatías. Methods: He/she was carried out a retrospective descriptive investigation starting from the registrations of congenital valvulopatías of the service of Cardiology of the Hospital Pediatric University student José Luis Miranda in the period of 2005 at the 2016. The population was conformed by the 147 alive born children with diagnostic of congenital valvulopatías, a sampling was not used intentional probabilístico by approaches, being conformed the sample by 143. The collection of the information was carried out through the documental revision of the clinical histories. Results: The rate of incidence of the congenital valvulopatías was of 1,5 x 1000 born alive, the lung estenosis prevailed containing to 70,6 percent of those diagnosed he/she was prevalence of the masculine sex in 50,3 percent, it was determined that 45,5 percent of the cases was diagnosed before the 29 days where a prenatal diagnosis is included. Conclusions: The development of the prenatal diagnosis of the congenital cardiopatías has facilitated the decrease of the incidence of the most complex malformations. The knowledge of the congenital illnesses of the heart contributes to operate in a sure way and with complete anatomical resolution to many of these children in the prenatal period or when they are small nurslings, to avoid the global deterioration of these when the cardiopatía is not resolved(AU)
Descritores: Diagnóstico Clínico/diagnóstico
Comunicação Atrioventricular/epidemiologia
Doenças das Valvas Cardíacas/congênito
Doenças das Valvas Cardíacas/epidemiologia
-Epidemiologia Descritiva
Estudos Retrospectivos
Ultrassonografia Pré-Natal/métodos
Doenças do Recém-Nascido/diagnóstico por imagem
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Recém-Nascido
Lactente
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  8 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-964983
Autor: Sepúlveda, S; Medina, J.
Título: Haga su diagnóstico [Canal auriculo ventricular completo] / Make your diagnosis [Complete atrioventricular canal]
Fonte: Med. infant;20(3):261-264, Sept.2013. ilus.
Idioma: es.
Descritores: Comunicação Atrioventricular/cirurgia
Comunicação Atrioventricular/diagnóstico por imagem
Cardiopatias Congênitas/diagnóstico
Limites: Humanos
Masculino
Lactente
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: AR305.1 - SID - Servicio de Información y Documentación


  9 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-910455
Autor: Jesus, Valéria Santos de; Nascimento, Aline Marques; Miranda, Rogério dos Anjos; Lima, Joel Silva; Tyll, Milene de Andrade Gouvea; Veríssimo, Adriana de Oliveira Lameira.
Título: Fila de espera para tratamento de pacientes com cardiopatia congênita: relato de um Centro de Referência Amazônico / Waiting for cardiac procedure in congenital heart disease: portrait of an Amazonian Hospital
Fonte: Int. j. cardiovasc. sci. (Impr.);31(4), jul.-ago. 2018. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: As cardiopatias congênitas são importantes causas de morbimortalidade infantil e, em cerca de 50% dos casos, é necessária a intervenção cirúrgica no primeiro ano de vida. Estima-se alto défice de procedimentos na Região Norte do Brasil.Analisar o tempo de espera para realização de tratamento eletivo cirúrgico e/ou intervencionista de crianças portadoras de cardiopatias congênitas em um centro de referência cardiológico, e fazer considerações sobre as cardiopatias e suas formas de tratamento na referida instituição. Estudo analítico, de caráter transversal do período de janeiro de 2012 a outubro de 2014, de pacientes com idade igual ou inferior a 14 anos diagnosticados com cardiopatias congênitas que estavam na fila de tratamento cardíaco eletivo cirúrgico ou percutâneo. Das 407 crianças que aguardavam por tratamento, a faixa etária mais prevalente foi a de > 2 a 6 anos (34,0%). O tempo médio de espera, em meses, foi 23,1 ± 18,3, com mediana de 19. As cardiopatias mais frequentes foram comunicação interventricular (28,98%), persistência do canal arterial (18,42%) e comunicação interatrial (11,05%). A maioria das crianças (63,4%) não pertencia à região metropolitana. As intervenções percutâneas representaram somente 27,84% do total de cateterismos e 14,85% de todos os tratamentos cardíacos. Cerca de 60% do volume de cirurgias pediátricas ocorreu em crianças sem cadastro prévio no sistema, devido ao caráter de urgência. Grande parte das crianças que aguardam por procedimento cardíaco é procedente de fora da região metropolitana e tem malformações potencialmente tratáveis por cateterismo. É necessário aumentar a capacidade operacional do único centro de referência público do Estado, além de descentralizar o atendimento em alta complexidade cardiológica da região metropolitana

Congenital heart disease is an important cause of morbidity and mortality in childhood, and in 50% of cases, surgery is required in the first year of life. A high deficit of surgical procedures is estimated in Northern Brazil. To analyze the waiting time for elective surgical treatment and/or intervention in children with congenital heart disease in a Cardiology referral center, and to make considerations about heart diseases and forms of treatment in that institution. A cross-sectional study of all patients aged less than 14 years, with a diagnosis of congenital heart disease that were waiting for elective surgical or percutaneous cardiac treatment. Among the 407 children with congenital heart defects, the most prevalent age group was > 2 to 6 years (34.0%). The average waiting time was 23.1 ± 18.3 months, with a median of 19. The most frequent heart disease was ventricular septal defect (28.98%), patent ductus arteriosus (18.42%) and atrial septal defect (11.05%). Most children (63.4%) were not from the metropolitan area. The percutaneous interventions represented only 27.84% of the catheterization procedures and 14,85% of all heart treatments. Approximately 60% of the pediatric surgeries occurred in children who were not previously registered due to urgency cases. Most of the children waiting for a cardiac procedure were not from the metropolitan area and had malformations potentially treatable by catheterization. It is necessary to increase the capacity of the single referral center in the state of Pará, as well as decentralize the high-complexity cardiological care in the metropolitan region
Descritores: Criança
Cardiopatias Congênitas/cirurgia
Cardiopatias Congênitas/terapia
Listas de Espera
-Brasil
Institutos de Cardiologia
Cateterismo/métodos
Anormalidades Congênitas
Estudos Transversais
Coleta de Dados
Procedimentos Cirúrgicos Eletivos/métodos
Comunicação Atrioventricular/terapia
Epidemiologia Descritiva
Coração
Comunicação Interventricular/terapia
Prevalência
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  10 / 27 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-699522
Autor: Aguilar, Max; Sullebarger, John.
Título: Cierre de comunicaciones interauriculares en adultos vía percutánea con dispositivo amplatzer. Primera serie reportada en Honduras / Percutaneous closure of atrial septal defects in adults with Amplatzer device. frst serie reported in Honduras
Fonte: Rev. méd. hondur;80(1):6-10, ene.-mar. 2012. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: Antecedentes: La Comunicación Interauricular es una de las cardiopatías congénitas más frecuentes. En Honduras en pacientes con indicación de cierre, el método tradicional es la cirugía, otra opción es a través de dispositivos insertados por procedimiento de intervencionismo cardíaco. Pacientes y Métodos: Estudio descriptivo en el cual se incluyeron 27 pacientes con diagnóstico de comunicación interauricular tipo Ostium Secundum con cortocircuito intracardíaco (Qp/Qs) mayor de 1.5: 1, con adecuado tamaño de los bordes, únicas y sin hipertensión arterial pulmonar severa. Resultados: De 27 pacientes, en 24 (90%) se obtuvo éxito en cerrar la comunicación interauricular con dispositivos Amplatzer, sin encontrar complicaciones a corto ni a largo plazo. Conclusión: El cierre de comunicación Interauricular tipo Ostium Secundum a través de dispositivos Amplatzer es un procedimiento seguro y con alta tasa de éxito.
Descritores: Cateterismo Cardíaco/métodos
Comunicação Interatrial/complicações
Implante de Prótese Vascular
-Comunicação Atrioventricular/cirurgia
Coração Auxiliar
Limites: Humanos
Adulto
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: HN1.1 - Biblioteca Médica Nacional



página 1 de 3 ir para página          
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde