Base de dados : LILACS
Pesquisa : C14.280.647.500 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 3572 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 358 ir para página                         

  1 / 3572 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-999252
Autor: Kunstmann F, Sonia; Gaínza K, Daniela.
Título: Estrategias de prevencion y detección de factores de riesgo cardiovascular / Strategies for prevention and detection of cardiovascular risk factors
Fonte: Rev. Méd. Clín. Condes;21(5):697-704, sept. 2010. tab.
Idioma: es.
Resumo: La enfermedad cardiovascular es la principal causa de muerte en Chile y el mundo, es la tercera causa de invalidez en nuestro país, y contribuye significativamente al aumento del costo sanitario. La enfermedad ateroesclerótica habitualmente se desarrolla de forma silenciosa durante años, encontrándose muy avanzada cuando aparecen los primeros síntomas por lo que muchas intervenciones terapéuticas no alcanzan a aplicarse. La enfermedad cardiovascular tiene estrecha relación con el estilo de vida y con los llamados factores fisiológicos y bioquímicos de riesgo cardiovascular, cuya modificación es capaz de reducir la mortalidad y la morbilidad. Los objetivos de la prevención cardiovascular son reducir esta morbimortalidad de individuos con riesgo absoluto elevado, y asistir a los que tengan un riesgo absoluto bajo, para que lo mantengan. Los individuos con mayor riesgo cardiovascular se benefician más del manejo de los factores de riesgo. Para lograr cambios realmente efectivos, se necesita un mejor control de los factores de riesgo determinantes de la incidencia de la ateroesclerosis. Hasta la fecha, sigue siendo insuficiente el control de los factores de riesgo en los pacientes de alto riesgo y en aquellos con enfermedad coronaria establecida, sobre todo en cuanto a tabaquismo y presión arterial, lo que es especialmente relevante en pacientes diabéticos. Las prioridades en prevención son pacientes con enfermedad ateroesclerótica establecida, individuos asintomáticos con alto riesgo por tener múltiples factores de riesgo, con Diabetes mellitus, o con aumento significativo de uno o más factores de riesgo individuales, especialmente si se asocian a daño de órganos blanco, y en aquellos con antecedente familiar de enfermedad ateroesclerótica precoz en un familiar directo

Cardiovascular disease is the leading cause of death in Chile and the world, is the third leading cause of disability in our country, and contributes significantly to increased health costs. Atherosclerotic disease usually develops silently for years, and is well advanced when the first symptoms appear, so many therapeutic interventions are not enough to apply. Cardiovascular disease is closely related to lifestyle cardiovascular risk factors, their modification is able to reduce mortality and morbidity. The objectives of cardiovascular prevention are to reduce morbidity of individuals with absolute high risk, and assist those with an absolute low risk to maintain it. Individuals with higher cardiovascular risk, benefit most from management of risk factors. To achieve real effective change, it requires a better control of risk factors determinants of the incidence of atherosclerosis. To date, it remains insufficient control of risk factors in high-risk patients and those with coronary heart disease established, especially with regard to smoking and blood pressure, which is especially relevant in diabetic patients. Priorities in prevention are patients with established atherosclerotic disease, asymptomatic individuals with multiple risk factors, those with diabetes mellitus, or with significant increase of one or more individual risk factors, especially when is associated with damage in target organs, and those with family history of early atherosclerotic disease
Descritores: Doenças Cardiovasculares/etiologia
Doenças Cardiovasculares/prevenção & controle
-Tabagismo/complicações
Cardiotônicos/uso terapêutico
Fatores de Risco
Acidente Vascular Cerebral/prevenção & controle
Síndrome Metabólica/complicações
Complicações do Diabetes
Dislipidemias/complicações
Comportamento Sedentário
Hipertensão/complicações
Infarto do Miocárdio/prevenção & controle
Obesidade/complicações
Limites: Humanos
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  2 / 3572 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1152270
Autor: Paiva, Ana Cristina Heleno Silva; Rabelo, Fernanda Drumond; Gomes, Gabriela Faria; Melo, Isabella Orlc Figueiredo; Farage, Natália Xavier Pinto e; Santana, Tânia Maria Gonçalves Quintão; Silva, Giancarlo Rabelo e.
Título: A intervenção precoce do paciente com síndrome coronariana aguda e sua implicação na redução da morbimortalidade cardiovascular / The early intervention of acute coronary disease and its implication in the reduction of cardiovascular morbimortality
Fonte: Rev. méd. Minas Gerais;30(supl.4):S33-S40, 2020.
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: Congresso Médico da Região Centro Sul, 4, Barbacena, s.d.
Resumo: Introdução. O infarto agudo do miocárdio apresenta significativas taxas de morbimortalidade. A reperfusão precoce por angioplastia primária é a intervenção que reduz a mortalidade e as complicações, e deve ser iniciada em até 12 horas, a fim de impedir a perda muscular irreversível. O tempo entre chegada do paciente ao hospital e a abertura da artéria acometida, tempo porta-balão, determina a morbimortalidade do paciente. Objetivo. Esse estudo busca analisar o potencial benefício do tratamento da reperfusão coronariana precoce, os fatores de risco, as possíveis complicações e o Killip em pacientes que sofreram infarto agudo do miocárdio relacionando-os a sua morbimortalidade. Materiais e métodos. Estudo observacional transversal realizado por meio de coleta de dados dos prontuários dos pacientes submetidos a angioplastia primária de um hospital privado. Resultados. A hipertensão arterial sistêmica foi a variável mais prevalente (75%), e que houve predomínio no sexo masculino (71%) e associação com a progressão da idade. 61% dos pacientes apresentaram um tempo porta balão menor que 90 minutos. Houve significância estatística entre o tempo porta balão e a evolução do Killip, evidenciando um tempo porta-balão maior que 90 minutos na maioria dos pacientes que obtiveram aumento da pontuação do Killip. Conclusão. A precocidade da intervenção no paciente com IAM impacta na morbimortalidade, visto que o tempo porta balão está diretamente associado a evolução da do Killip. Logo, deve-se identificar os fatores que interferem no atendimento, a fim de proporcionar uma intervenção otimizada. (AU)

Introduction. Acute myocardial infarction has significant rates of morbidity and mortality. Early reperfusion by primary angioplasty is the intervention that reduces mortality and complications, and should be started within 12 hours in order to prevent irreversible muscle loss. The time between the patient's arrival at the hospital and the opening of the affected artery, door-to-balloon time, determines the patient's morbidity and mortality. Objective. The proposition of this study is to analyze the potential benefits of early coronary reperfusion, associated with the risk factors, possible complications, and the Killip score in patients whit acute myocardial infarction (AMI) and the relation of those factors with the morbidity and mortality. Materials and methods. This is a transversal observational study and uses data collected of medical records of patients subjected to primary angioplasty in a private hospital. Results. Systemic arterial hypertension was the most prevalent one (75%), it was more common in males (71%) and associated with a higher age. In 61% of the patients port-balloon time was less than 90 minutes. There was statistical significance between port-balloon time and Killip score evaluation, that showed a higher score in patient with a port-balloon time that exceeded 90 minutes. Conclusion. Early intervention in patients with AMI impacts morbimortality, once that the port-balloon time is directly associated with the Killip score results. Therefore, all factors that can lead to a delay in their care of those patients should be identified with the objective of optimize the intervention. (AU)
Descritores: Fatores de Tempo
Reperfusão Miocárdica/instrumentação
Infarto do Miocárdio
-Angioplastia Coronária com Balão
Indicadores de Morbimortalidade
Fatores de Risco
Infarto do Miocárdio/terapia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Adulto Jovem
Responsável: BR1561.1 - Biblioteca Virtual AMMG


  3 / 3572 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-975487
Autor: Zuluaga-Quintero, Mónica; Cano-Granda, Christian Camilo.
Título: Infarto agudo de miocardio sin enfermedad coronaria ateroesclerótica obstructiva / Acute myocardial infarction without obstructive atheroesclerotic coronary disease
Fonte: Iatreia;31(4):371-379, oct.-dic. 2018. tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: RESUMEN El infarto de miocardio con arterias coronarias no obstructivas es una nueva definición y manifestación clínica que incluye múltiples condiciones cardiacas. La importancia en su reconocimiento y búsqueda de la etiología radica en el pronóstico a largo plazo, dada la mayor incidencia de eventos cardiovasculares mayores. Por ello, la diferenciación de otras causas clínicas de elevación de biomarcadores cardiacos y el abordaje diagnóstico detallado basado en la historia clínica, junto con otros estudios complementarios, son fundamentales para definir un tratamiento y seguimiento que impacte en la evolución de los pacientes.

SUMMARY Myocardial infarction with non-obstructive coronary arteries is a new definition and clinical manifestation that includes multiple cardiac conditions. The importance in its recognition and search of the etiology lies in the long-term prognosis given the higher incidence of major cardiovascular events. Therefore, the differentiation of other clinical causes of elevation of cardiac biomarkers and a detailed diagnostic approach based on clinical history and complementary studies are fundamental to define treatment, follow-up and impact on the evolution of patients.
Descritores: Doença das Coronárias
Infarto do Miocárdio
-Vasos Coronários
Limites: Humanos
Responsável: CO56.1 - Biblioteca


  4 / 3572 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-890545
Autor: Fiorin, Bruno Henrique; Oliveira, Elizabete Regina Araújo de; Moreira, Rita Simone Lopes; Luna Filho, Bráulio.
Título: Adaptação transcultural do Myocardial Infarction Dimensional Assessment Scale (MIDAS) para a língua portuguesa brasileira / Cross-cultural adaptation of the Myocardial Infarction Dimensional Assessment Scale (MIDAS) to the Brazilian Portuguese language
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;23(3):785-793, Mar. 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo A partir da avaliação dos fatores que incidem na qualidade de vida (QV) é possível planejar as intervenções que proporcionam melhoria do bem-estar dos pacientes. Realizar a adaptação transcultural do questionário Miocardial Infarction Dimensional Assessment Scale (MIDAS) para língua portuguesa, buscando as equivalências semântica, idiomática, conceitual e cultural. Foi utilizado o referencial teórico de Guillemin, Bombardier e Beaton, cumprindo as seguintes etapas: tradução, retrotradução, avaliação dos autores, banca de juízes e pré-teste. Após todas as avaliações, foram alcançadas as equivalências semântica, conceitual, idiomática e cultural. A escala mostrou-se de fácil aplicação e importância clínica. O MIDAS encontra-se validado no que se refere às equivalências semânticas, idiomáticas, conceituais e culturais. Posteriormente, será avaliada a equivalência de mensuração, para verificar as propriedades psicométricas.

Abstract From the evaluation of the factors that affect quality of life (QOL) it is possible to plan interventions that lead to the improved well-being of patients. The scope of this study was to conduct the cross-cultural adaptation of the Myocardial Infarction Dimensional Assessment Scale (MIDAS) questionnaire to the Portuguese language, seeking the necessary semantic, idiomatic, conceptual and cultural equivalence. The theoretical framework of Guillemin, Bombardier and Beaton was used, fulfilling the following steps: translation, back translation, evaluation of the authors, peer review and pre-testing. After all the tests, the semantic, idiomatic, conceptual and cultural equivalence was achieved. The scale proved to be easy to use and was clinically important. MIDAS was validated in terms of its semantic, idiomatic, conceptual and cultural equivalences. Subsequently, the measurement equivalence will be evaluated to verify the psychometric properties.
Descritores: Qualidade de Vida
Comparação Transcultural
Inquéritos e Questionários
Infarto do Miocárdio/psicologia
-Psicometria
Traduções
Brasil
Idioma
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Tipo de Publ: Estudo de Validação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 3572 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1152061
Autor: Chas, José Gaspar.
Título: La cirugía de revascularización miocárdica se asocia a una menor incidencia de eventos cardiovasculares que la angioplastía transluminal coronaria con colocación de stents liberadores de everolimus / Coronary artery bypass grafting was associated with lower rate of adverse cardiovascular events than percutaneous coronary intervention with everolimus-eluting stents implantation
Fonte: Evid. actual. práct. ambul;19(3):80-80, 2016.
Idioma: es.
Descritores: Doença da Artéria Coronariana/terapia
Ponte de Artéria Coronária
Stents Farmacológicos
-Complicações Pós-Operatórias
Doença da Artéria Coronariana/cirurgia
Ensaios Clínicos Controlados Aleatórios como Assunto
Sirolimo/administração & dosagem
Sirolimo/análogos & derivados
Acidente Vascular Cerebral
Reestenose Coronária
Complicações do Diabetes/terapia
Intervenção Coronária Percutânea
Everolimo
Infarto do Miocárdio/prevenção & controle
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Tipo de Publ: Comentário
Responsável: AR2.1 - Biblioteca Central


  6 / 3572 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-890566
Autor: Santos, Juliano dos; Meira, Karina Cardoso; Camacho, Amanda Rodrigues; Salvador, Pétala Tuani Candido de Oliveira; Guimarães, Raphael Mendonça; Pierin, Ângela Maria Geraldo; Simões, Taynãna Cesar; Freire, Flávio Henrique Miranda de Araújo.
Título: Mortalidade por infarto agudo do miocárdio no Brasil e suas regiões geográficas: análise do efeito da idade-período-coorte / Mortality due to acute myocardial infarction in Brazil and its geographical regions: analyzing the effect of age-period-cohort
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;23(5):1621-1634, Mai. 2018. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Objetivou-se analisar o efeito da idade-período e coorte (APC) de nascimento na mortalidade por infarto agudo do miocárdio no Brasil e regiões geográficas, segundo sexo, no período de 1980 a 2009. Os dados foram extraídos do Sistema de Informação Sobre Mortalidade e foram corrigidos e ajustados, por meio da redistribuição proporcional dos registros com sexo e idade ignorados, causas mal definidas, e também se realizou a correção do sub-registro de morte. O APC foi calculado pelo modelo de regressão de Poisson, utilizando funções estimáveis. A análise APC nos dois sexos e em todas as regiões do país evidenciou progressiva redução no risco de morte nas coortes de nascimento a partir da década de 1940, exceto na região nordeste. Nessa região, verificou-se aumento progressivo do risco de morte a partir da década de 1940 para ambos os sexos, até a década de 1950 para os homens e a década de 1960 para as mulheres. Concluiu-se que as diferenças observadas no risco de morte nas regiões brasileiras é fruto das desigualdades socioeconômicas e de acesso aos serviços de saúde existente no território brasileiro, favorecendo a mortalidade precoce por essa causa sobretudo em localidades mais pobres.

Abstract The objective of this study was to analyze the effect of age-period and cohort (APC) of birth on mortality for acute myocardial infarction in Brazil and its geographic regions, according to sex in the period from 1980 to 2009. The data was extracted from the Mortality Information System and was corrected and adjusted by means of proportional redistribution of records with sex and age ignored, ill-defined causes, and corrections were made based on the death sub-register. The APC was calculated using the Poisson regression model with estimable functions. The APC analysis on both sexes and in all regions of the country showed gradual reductions in the risk of death in birth cohorts from the decade of the 1940s, except in the Northeast. In this region, there have been progressive increases in the risk of death from the late 1940s for both sexes. This was up until the 1950s for men and the 1960s for women. It was concluded that the observed differences in the risk of death in Brazilian regions is the result of socio-economic inequalities and poor access to health services within the Brazilian territory, favoring early mortality for this cause especially in poorer areas.
Descritores: Disparidades nos Níveis de Saúde
Acesso aos Serviços de Saúde
Infarto do Miocárdio/mortalidade
-Fatores Socioeconômicos
Brasil/epidemiologia
Distribuição de Poisson
Fatores Sexuais
Estudos de Coortes
Fatores Etários
Pessoa de Meia-Idade
Infarto do Miocárdio/epidemiologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 3572 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-554249
Autor: Sociedade Brasileira de Cardiologia.
Título: Diretriz sobre Tratamento do Infarto Agudo do Miocárdio com Supradesnível do Segmento ST / IV Guidelines of Sociedade Brasileira de Cardiologia for Treatment of Acute Myocardial Infarction with ST-segment elevation
Fonte: Arq. bras. cardiol;93(6,supl.2):e179-e264, 2009. ilus, tab.
Idioma: pt.
Descritores: Infarto do Miocárdio/terapia
-Brasil
Biomarcadores
Fatores de Risco
Eletrocardiografia
Serviços Médicos de Emergência
Frequência Cardíaca
Infarto do Miocárdio/complicações
Infarto do Miocárdio/diagnóstico
Revascularização Miocárdica
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 3572 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-780793
Autor: Izeli, Nataly Lino; Santos, Aurélia Juliana dos; Crescêncio, Júlio César; Gonçalves, Ana Clara Campagnolo Real; Papa, Valéria; Marques, Fabiana; Pazin-Filho, Antônio; Gallo-Júnior, Lourenço; Schmidt, André.
Título: Aerobic Training after Myocardial Infarction: Remodeling Evaluated by Cardiac Magnetic Resonance / Exercício Aeróbio após Infarto do Miocárdio: Remodelamento Avaliado por Ressonância Magnética Cardíaca
Fonte: Arq. bras. cardiol;106(4):311-318, Apr. 2016. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Background: Numerous studies show the benefits of exercise training after myocardial infarction (MI). Nevertheless, the effects on function and remodeling are still controversial. Objectives: To evaluate, in patients after (MI), the effects of aerobic exercise of moderate intensity on ventricular remodeling by cardiac magnetic resonance imaging (CMR). Methods: 26 male patients, 52.9 ± 7.9 years, after a first MI, were assigned to groups: trained group (TG), 18; and control group (CG), 8. The TG performed supervised aerobic exercise on treadmill twice a week, and unsupervised sessions on 2 additional days per week, for at least 3 months. Laboratory tests, anthropometric measurements, resting heart rate (HR), exercise test, and CMR were conducted at baseline and follow-up. Results: The TG showed a 10.8% reduction in fasting blood glucose (p = 0.01), and a 7.3-bpm reduction in resting HR in both sitting and supine positions (p < 0.0001). There was an increase in oxygen uptake only in the TG (35.4 ± 8.1 to 49.1 ± 9.6 mL/kg/min, p < 0.0001). There was a statistically significant decrease in the TG left ventricular mass (LVmass) (128.7 ± 38.9 to 117.2 ± 27.2 g, p = 0.0032). There were no statistically significant changes in the values of left ventricular end-diastolic volume (LVEDV) and ejection fraction in the groups. The LVmass/EDV ratio demonstrated a statistically significant positive remodeling in the TG (p = 0.015). Conclusions: Aerobic exercise of moderate intensity improved physical capacity and other cardiovascular variables. A positive remodeling was identified in the TG, where a left ventricular diastolic dimension increase was associated with LVmass reduction.

Resumo Fundamento: Vários estudos mostraram os benefícios da prática de exercício após infarto do miocárdio (IM). No entanto, os efeitos na função e no remodelamento são controversos. Objetivos: Avaliar os efeitos do exercício aeróbio de intensidade moderada no remodelamento ventricular em pacientes após IM através de ressonância magnética cardíaca (RMC). Métodos: 26 pacientes do sexo masculino (52,9 ± 7,9 anos), após um primeiro IM, foram designados para dois grupos: grupo treinado (GT), 18; e grupo controle (GC), 8. O GT realizou exercício aeróbio supervisionado em esteira duas vezes por semana, e não supervisionado em 2 dias adicionais por semana, por no mínimo 3 meses. Exames laboratoriais, medidas antropométricas, frequência cardíaca (FC) de repouso, teste de esforço e RMC foram realizados na condição basal e no seguimento. Resultados: O GT apresentou redução de 10,8% na glicemia de jejum (p = 0,01), e de 7,3 bpm na FC de repouso nas posições sentada e supina (p < 0,0001). Houve aumento no consumo de oxigênio apenas no GT (de 35,4 ± 8,1 para 49,1 ± 9,6 ml/kg/min, p < 0,0001) e diminuição estatisticamente significativa na massa ventricular esquerda (MVE) no GT (de 128,7 ± 38,9 para 117,2 ± 27,2 g, p = 0,0032). Não houve alterações estatisticamente significativas no volume diastólico final ventricular esquerdo (VDFVE) nem na fração de ejeção nos grupos. A relação MVE/VDFVE demonstrou remodelamento positivo estatisticamente significativo no GT (p = 0,015). Conclusões: Observou-se remodelamento positivo no GT, onde o aumento da dimensão diastólica ventricular esquerda associou-se com redução da MVE. O exercício aeróbio de intensidade moderada melhorou a capacidade física e outras variáveis cardiovasculares.
Descritores: Exercício Físico/fisiologia
Remodelação Ventricular/fisiologia
Terapia por Exercício/métodos
Infarto do Miocárdio/fisiopatologia
Infarto do Miocárdio/reabilitação
-Valores de Referência
Volume Sistólico/fisiologia
Fatores de Tempo
Triglicerídeos/sangue
Imagem por Ressonância Magnética
Índice de Massa Corporal
Reprodutibilidade dos Testes
Função Ventricular Esquerda/fisiologia
Resultado do Tratamento
Estatísticas não Paramétricas
Teste de Esforço
Frequência Cardíaca/fisiologia
HDL-Colesterol/sangue
LDL-Colesterol/sangue
Infarto do Miocárdio/diagnóstico por imagem
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 3572 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-784169
Autor: Kawecki, Damian; Morawiec, Beata; Dola, Janusz; Waha, Wojciech; Smolka, Grzegorz; Pluta, Aleksandra; Marcinkiewicz, Kamil; Ochała, Andrzej; Nowalany-Kozielska, Ewa; Wojakowski, Wojciech.
Título: First- Versus Second-Generation Drug-Eluting Stents in Acute Coronary Syndromes (Katowice-Zabrze Registry) / Stents Farmacológicos de Primeira Versus Segunda Geração na Síndrome Coronariana Aguda (Registro Katowice-Zabrze)
Fonte: Arq. bras. cardiol;106(5):373-381, May 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Background: There are sparse data on the performance of different types of drug-eluting stents (DES) in acute and real-life setting. Objective: The aim of the study was to compare the safety and efficacy of first- versus second-generation DES in patients with acute coronary syndromes (ACS). Methods: This all-comer registry enrolled consecutive patients diagnosed with ACS and treated with percutaneous coronary intervention with the implantation of first- or second-generation DES in one-year follow-up. The primary efficacy endpoint was defined as major adverse cardiac and cerebrovascular event (MACCE), a composite of all-cause death, nonfatal myocardial infarction, target-vessel revascularization and stroke. The primary safety outcome was definite stent thrombosis (ST) at one year. Results: From the total of 1916 patients enrolled into the registry, 1328 patients were diagnosed with ACS. Of them, 426 were treated with first- and 902 with second-generation DES. There was no significant difference in the incidence of MACCE between two types of DES at one year. The rate of acute and subacute ST was higher in first- vs. second-generation DES (1.6% vs. 0.1%, p < 0.001, and 1.2% vs. 0.2%, p = 0.025, respectively), but there was no difference regarding late ST (0.7% vs. 0.2%, respectively, p = 0.18) and gastrointestinal bleeding (2.1% vs. 1.1%, p = 0.21). In Cox regression, first-generation DES was an independent predictor for cumulative ST (HR 3.29 [1.30-8.31], p = 0.01). Conclusions: In an all-comer registry of ACS, the one-year rate of MACCE was comparable in groups treated with first- and second-generation DES. The use of first-generation DES was associated with higher rates of acute and subacute ST and was an independent predictor of cumulative ST.

Resumo Fundamento: Os dados sobre o desempenho dos diferentes tipos de stents farmacológicos (SF) no cenário agudo e da vida real são escassos. Objetivo: Comparar a segurança e a eficácia dos SF de primeira e de segunda geração em pacientes com síndrome coronariana aguda (SCA). Métodos: Este registro arrolou pacientes consecutivos com diagnóstico de SCA e tratados com intervenção coronariana percutânea e implantação de SF de primeira ou segunda geração em seguimento de 1 ano. O desfecho primário 'eficácia' foi definido como eventos cardíacos adversos maiores (ECAM), um composto de morte por todas as causas, infarto do miocárdio não fatal, revascularização de vaso-alvo e acidente vascular encefálico. O desfecho primário 'segurança' foi trombose de stent (TS) definitiva em 1 ano. Resultados: Do total de 1.916 pacientes arrolados, 1.328 foram diagnosticados com SCA. Desses, 426 foram tratados com SF de primeira geração e 902, com SF de segunda geração. Não houve diferença significativa na incidência de ECAM entre os dois tipos de SF em 1 ano. A taxa de TS aguda e subaguda foi maior com SF de primeira geração do que com os de segunda geração (1,6% vs. 0,1%, p < 0,001; e 1,2% vs. 0,2%, p = 0,025, respectivamente), mas não houve diferença para TS tardia (0,7% vs. 0,2%, respectivamente, p = 0,18) nem para sangramento gastrointestinal (2,1% vs.1,1%, p = 0,21). Na regressão de Cox, o SF de primeira geração foi preditor independente para TS cumulativa [HR 3,29 (1,30-8,31); p = 0,01]. Conclusões: No registro de SCA, a taxa de ECAM em 1 ano foi comparável nos grupos tratados com SF de primeira e de segunda geração. O uso de SF de primeira geração associou-se a maiores taxas de TS aguda e subaguda, sendo um preditor independente para TS cumulativa.
Descritores: Transtornos Cerebrovasculares/etiologia
Ponte de Artéria Coronária/efeitos adversos
Síndrome Coronariana Aguda/cirurgia
Stents Farmacológicos/efeitos adversos
Intervenção Coronária Percutânea/efeitos adversos
Infarto do Miocárdio/etiologia
-Polônia/epidemiologia
Trombose/etiologia
Fatores de Tempo
Transtornos Cerebrovasculares/mortalidade
Sistema de Registros
Estudos Retrospectivos
Seguimentos
Síndrome Coronariana Aguda/mortalidade
Imunossupressores/farmacologia
Infarto do Miocárdio/epidemiologia
Limites: Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 3572 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-784180
Autor: Cruz, Inês; Cotrim, Carlos; Lopes, Luís; Fazendas, Paula; Pereira, Hélder.
Título: A Very Complicated Inferior Myocardial Infarction: The Role of Multimodality Imaging Approach / Infarto do Miocárdio Inferior Muito Complicado: O Papel da Abordagem com Multimodalidade de Imagens
Fonte: Arq. bras. cardiol;106(5):450-451, May 2016. graf.
Idioma: en.
Descritores: Infarto do Miocárdio/diagnóstico por imagem
-Diagnóstico por Imagem
Falso Aneurisma/diagnóstico por imagem
Ruptura do Septo Ventricular/diagnóstico por imagem
Infarto do Miocárdio/complicações
Limites: Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 358 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde