Base de dados : LILACS
Pesquisa : C14.280.647.500.187 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 4 [refinar]
Mostrando: 1 .. 4   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 4 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Aiello, Vera Demarchi
Texto completo
Id: lil-755006
Autor: Pinheiro, Bruno Aguiar; Yamada, Alice Tatsuko; Aiello, Vera Demarchi.
Título: Case 02/2015 - A 67 Year-Old Woman with Sudden Cardiogenic Shock in the 7th Day after Acute Myocardial Infarction / Caso 02/2015 - Mulher de 67 Anos com Choque Cardiogênico Abrupto no Sétimo Dia de Infarto Agudo do Miocárdio
Fonte: Arq. bras. cardiol;105(1):86-92, July 2015. ilus.
Idioma: en.
Descritores: Infarto Miocárdico de Parede Inferior/patologia
Infarto Miocárdico de Parede Inferior/fisiopatologia
Choque Cardiogênico/patologia
Choque Cardiogênico/fisiopatologia
-Angiografia Coronária
Vasos Coronários/patologia
Eletrocardiografia
Evolução Fatal
Ruptura do Septo Ventricular/patologia
Ruptura do Septo Ventricular/fisiopatologia
Limites: Idoso
Feminino
Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 4 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-692092
Autor: Porphirio, Graciema de Souza.
Título: Estimulação colinérgica com peridostigmina em coronariopatas durante o exercício diâmico / Cholinergic stimulation with peridostigmina during exercise in patients with coronary diâmico.
Fonte: Niterói; s.n; 2000. 118 p. tab, ilus, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal Fluminense. Mestrado em Cardiologia para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A disfunção parassimpática correlaciopna-se com pior prognóstico após infarto agudo do miocárdio e na insuficiência cardíaca, independente da presença de outros fatores de risco. A atualização de uma droga que atue aumentando a ação colinérgica, tem potencial efeito benéfico em portadores de cardiopatias. O objetivo foi estudar o efeito do brometo de piridostigmina(PIR). um inibidor reversível da atividade colinesterásica, portanto um parassimpaticomimético indireto, sobre as respostas cardiorespiratórias no teste cardioplumunar de exercício (TCPE) em portadores de doença coronariana estável. PIR inibiu FC no exercício submáxino, aumentou a intensidade na qual a isquemia miocárdica ocorreu e melhorou a tolerância ao exercício. Estas alterações sugerem que PYR pode apresentar potencial efeito cardioprotetor em pacientes com doença arterial coronária que apresentem isquemia miocárdica induzida pelo esforço.
Descritores: Infarto Miocárdico de Parede Anterior
Sistema Nervoso Autônomo
Doença das Coronárias
Infarto Miocárdico de Parede Inferior
Isquemia Miocárdica
Brometo de Piridostigmina
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR408.1 - Biblioteca da Faculdade de Medicina - BFM
BR408.1; T615.3138, P837, 2000


  3 / 4 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-623268
Autor: Hiss, Michele Daniela Borges Santos; Neves, Victor Ribeiro; Hiss, Flávio Cantarelli; Silva, Ester; Silva, Audrey Borghi e; Catai, Aparecida Maria.
Título: Segurança da intervenção fisioterápica precoce após o infarto agudo do miocárdio / Safety of early physical therapy intervention after acute myocardial infarction
Fonte: Fisioter. mov;25(1):153-163, jan.-mar. 2012. ilus, graf, tab.
Idioma: pt.
Projeto: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, Brasil; . Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, Brasil.
Resumo: INTRODUÇÃO: A fisioterapia na fase I da reabilitação cardiovascular (FTCV) pode ser iniciada de 12 a 24 horas após o infarto agudo do miocárdio (IAM), no entanto, é comum o repouso prolongado no leito em razão do receio de instabilização do paciente. OBJETIVOS: Avaliar as respostas autonômicas e hemodinâmicas de pacientes pós-IAM submetidos ao primeiro dia de protocolo de FTCV fase I, bem como sua segurança. MATERIAIS E MÉTODOS: Foram estudados 51 pacientes com primeiro IAM não complicado, 55 ± 11 anos, 76% homens. Foram submetidos ao primeiro dia do protocolo de FTCV fase I, em média 24 horas pós-IAM. A frequência cardíaca (FC) instantânea e os intervalos R-R do ECG foram captados pelo monitor de FC (Polar®S810i) e a pressão arterial (PA) aferida pelo método auscultatório. A variabilidade da FC foi analisada nos domínios do tempo (RMSSD e RMSM dos iR-R em ms) e da frequência. A densidade espectral de potência foi expressa em unidades absolutas (ms²/Hz) e normalizada (un) para as bandas de baixa (BF) e alta frequência (AF) e pela razão BF/AF. RESULTADOS: O índice RMSSD, a AF e a AFun apresentaram redução na execução dos exercícios em relação ao repouso pré e pós-exercício (p < 0,05), a BFun e a razão BF/AF aumentaram (p < 0,05). A FC e a PA sistólica apresentaram aumento durante a execução dos exercícios em relação ao repouso (p < 0,05). Não foi observado qualquer sinal e/ou sintoma de intolerância ao esforço. CONCLUSÕES: O exercício realizado foi eficaz, pois promoveu alterações hemodinâmicas e na modulação autonômica nesses pacientes, sem ocasionar qualquer intercorrência clínica.

INTRODUCTION: Physical therapy during phase I of cardiac rehabilitation (CPT) can be started 12 to 24 hours after acute myocardial infarction (AMI), however, it is common to extend the bed rest due to fear of patient's instability. OBJECTIVES: To assess the hemodynamic and autonomic responses to post-AMI patients when subjected to first day of phase I protocol of CPT, as well as their safety. MATERIALS AND METHODS: We studied 51 patients with first uncomplicated AMI, 55 ± 11 years, 76% men. The patients were subjected to first day protocol phase I CPT, on average, 24 hours after AMI. The Instantaneous heart rate (HR) and RR interval were acquired by HR monitor (Polar™S810i) and blood pressure (BP) checked by auscultation. HR variability was analyzed in the time (RMSSD and RMSM-Ri in ms) and frequency domains. Power spectral density was expressed in absolute (ms²/Hz) and normalized (nu) units for the bands of low (LF) and high frequencies (HF) and as LF/HF ratio. RESULTS: The RMSSD, HF and HFnu have reduced performance of the exercises in relation to rest and post-exercise (p < 0.05), LFnu and LF/HF ratio increased (p < 0.05). HR and systolic BP showed an increase during the execution of the exercises in relation to rest (p < 0.05). There were no any signs and/or symptoms of exercise intolerance. CONCLUSION: The exercise was effective, because it caused changes hemodynamic and autonomic modulation in these patients, without causing any medical complications.
Descritores: Infarto Miocárdico de Parede Anterior/reabilitação
Infarto Miocárdico de Parede Inferior/reabilitação
Modalidades de Fisioterapia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR16.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde


  4 / 4 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-614234
Autor: Besser, Henrique Wolfgang; Carvalho, Luiz Antônio Ferreira.
Título: Emergências hipertensivas como manifestação clínica inicial de síndrome coronariana aguda / Hypertensive emergencies as the initial clinical manifestation of acute coronary syndrome
Fonte: Rev. bras. cardiol. (Impr.);24(6):401-404, nov.-dez. 2011. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Relata-se uma série de três pacientes idosos, apresentando hipertensão arterial e coronariopatia crônica,assintomáticos e clinicamente controlados até o início das alterações tensionais súbitas que marcaram o início da evolução do evento coronariano. Foram realizados ECG, enzimas cardíacas seriadas, raios-X de tórax eecocardiograma, optando-se por cineangiocoronariografia. Em todos os pacientes observou-se ausência de estresse emocional/físico exorbitante ou perda da adesão ao tratamento, ausência de precordialgia, presença de lesões obstrutivas críticas, com presença de trombos em vasos de grande relevância anatômica e funcional (artéria culpada), com retorno à estabilização pressórica anterior após correção da isquemia por angioplastia coronariana.
Descritores: Endotelinas/análise
Hipertensão/fisiopatologia
Síndrome Coronariana Aguda/complicações
Síndrome Coronariana Aguda/diagnóstico
-Acidente Vascular Cerebral/complicações
Infarto Miocárdico de Parede Inferior/complicações
Revascularização Miocárdica/métodos
Revascularização Miocárdica
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde