Base de dados : LILACS
Pesquisa : C14.907.137.126 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 605 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 61 ir para página                         

  1 / 605 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-751393
Autor: Engelhardt, Eliasz; Grinberg, Lea T.
Título: Alzheimer and vascular brain disease: Senile dementia / Alzheimer e doença vascular cerebral: Demência senil
Fonte: Dement. neuropsychol;9(2):184-188, Apr-Jun/2015. graf.
Idioma: en.
Projeto: NIH.
Resumo: Alois Alzheimer is best known for his description of a novel disease, subsequently named after him. However, his wide range of interests also included vascular brain diseases. He described Senile dementia, a highly heterogeneous condition, and was able not only to distinguish it from syphilitic brain disease, but also to discriminate two clinicopathological subtypes, that may be labeled a "arteriosclerotic subtype", comparable to the present clinicopathological continuum of "Vascular cognitive impairment", and another as a "neurodegenerative subtype", characterized by primary [cortical] ganglion cell [nerve cells] degeneration, possibly foreshadowing a peculiar presenile disease that he was to describe some years later and would carry his name. He also considered the possibility of a senile presentation of this disease subtype, which was described by Oskar Fischer a short time later. Considering the clinicopathological overlapping features of the "arteriosclerotic subtype" of Senile dementia with Arteriosclerotic atrophy of the brain, it might be possible to consider that both represent a single condition.

Alois Alzheimer é conhecido principalmente por sua descrição de uma nova doença, logo designado com seu nome. Entretanto, sua ampla gama de interesses, compreendia também doenças vasculares cerebrais. Descreveu a Demência senil, uma condição muito heterogênea, e foi capaz, não somente distingui-la da doença cerebral sifilítica, como também separar dois subtipos clinicopatológicos que podem ser rotulados como um "subtipo arteriosclerótico", que pode ser relacionado ao atual continuum clinicopatológico do "Comprometimento cognitivo vascular", e um "subtipo neurodegenerativo", caracterizado por degeneração [cortical] primária de células ganglionares [células nervosas], possivelmente prenunciando uma doença peculiar pré-senil, que ele descreveu alguns anos depois e que portaria seu nome. Considerou a possibilidade de uma apresentação senil deste subtipo da doença, que seria descrita por Oskar Fischer pouco tempo depois. Levando em conta os aspectos de sobreposição clinicopatológica do "subtipo arteriosclerótico" da Demência senil com a Atrofia arteriosclerótica do cérebro, poderia ser possível considerar que ambas representariam uma só condição.
Descritores: Arteriosclerose
Encefalopatias
Doença de Alzheimer
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Artigo Histórico
Responsável: BR15.3 - Biblioteca Emília Bustamante


  2 / 605 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-743735
Autor: Engelhardt, Eliasz; Grinberg, Lea T.
Título: Alois Alzheimer and vascular brain disease: arteriosclerotic atrophy of the brain / Alois Alzheimer e doença vascular cerebral: atrofia arteriosclerótica do cérebro
Fonte: Dement. neuropsychol;9(1), mar. 2015.
Idioma: en.
Resumo: Alois Alzheimer is best known for his description of neurofibrillary changes in brain neurons of a demented patient, identifying a novel disease, soon named after him by Kraepelin. However, the range of his studies was broad, including vascular brain diseases, published between 1894 and 1902. Alzheimer described the clinical picture of Arteriosclerotic atrophy of the brain, differentiating it from other similar disorders. He stated that autopsy allowed pathological distinction between arteriosclerosis and syphilis, thereby achieving some of his objectives of segregating disorders and separating them from syphilis. His studies contributed greatly to establishing the key information on vascular brain diseases, predating the present state of knowledge on the issue, while providing early descriptions of what would be later regarded as the dimensional presentation of the now called ?Vascular cognitive impairment?, constituted by a spectrum that includes a stage of ?Vascular cognitive impairment not dementia? and another of ?Vascular dementia?.

Alois Alzheimer é conhecido principalmente pela sua descrição de alterações neurofibrilares em neurônios cerebrais de uma paciente demenciada, identificando uma nova doença logo denominada com seu nome por Kraepelin. Entretanto, o âmbito de seus estudos foi amplo, incluindo doenças vasculares cerebrais, publicados entre 1894 e 1902. Alzheimer descreveu o quadro clínico da Atrofia arteriosclerótica do cérebro, diferenciando-a de outros transtornos semelhantes. Ele afirmou que a autópsia permitia distinguir patologicamente entre arteriosclerose e sífilis, alcançando alguns de seus objetivos, segregar transtornos e separá-los da sífilis. Seus estudos contribuíram fortemente para estabelecer as informações-chave sobre doença vascular cerebral, que antecederam o estado do conhecimento atual sobre o assunto, e antecipando o que mais tarde seriavisto como a apresentação dimensional do atualmente denominado ?Comprometimento cognitivo vascular?, constituído por um espectro que inclui um estágio de ?Comprometimento cognitivo vascular não demência? e outro, a ?Demência vascular?.
Descritores: Arteriosclerose
Encefalopatias
Sífilis
Doença de Alzheimer
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Artigo Histórico
Responsável: BR15.3 - Biblioteca Emília Bustamante


  3 / 605 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-536532
Autor: Borges, Jairo Lins.
Título: Cilostazol e aterosclerose / Cilostazol and atherosclerosis
Fonte: RBM rev. bras. med;66(11), nov. 2009.
Idioma: pt.
Resumo: Embora o cilostazol seja conhecido no Japão há mais de 30 anos, somente na última década foi adotado no tratamento da aterosclerose em países ocidentais. Após 40 anos de tratamento empírico da doença arterial periférica (DAP), o cilostazol demonstrou, à luz da medicina baseada em evidências, aumentar a capacidade funcional e melhorar a claudicação intermitente e a qualidade de vida de pacientes com DAP sintomática, tornando-se o agente de primeira escolha para esse fim, de acordo com as melhores diretrizes atuais. Na doença cerebrovascular o cilostazol diminui o risco de AVC recorrente e de progressão da aterosclerose em artérias cerebrovasculares de pacientes com DAP ou em uso isolado de ácido acetilsalicílico após AVC/AIT. Após angioplastia coronária e implante de stent o cilostazol tem se mostrado uma arma promissora em reduzir o risco de reestenose, a necessidade de revascularização do vaso-alvo e a ocorrência de ECAM (evento coronário agudo maior).Este agente apresenta propriedades vasodilatadoras, antiproliferativas e antiplaquetárias e emerge como uma nova e eficiente opção no combate às graves consequências potenciais da aterosclerose.
Descritores: Arteriosclerose/terapia
Expectativa de Vida/etnologia
Expectativa de Vida/tendências
Quinolonas/farmacologia
Quinolonas/uso terapêutico
-Doenças Cardiovasculares/terapia
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Meia-Idade
Tipo de Publ: Ensaio Clínico Controlado
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  4 / 605 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-469298
Autor: Las Casas, Fabrício Ribeiro; Santos, Leonardo Florêncio; Thomazi, Maurício Cruz; Silva, Nilton José Carneiro da; Bussadori, Peterson Fabiano; Passos, Raphael Lanza e; Garcia, Violeta Gisela Bendezu; Faludi, André Arpad; Araújo, Daniel Branco de; Bertolami, Marcelo Chiara; Zats, Henri Paulo; Mendes, Gislaine Aparecida Nogueira; Nakamura, Yara.
Título: Avaliação do risco coronário: importância das apolipoproteínas / Coronary risk evaluation: importance of apolipoproteins
Fonte: RBM rev. bras. med;64(4):182-189, abril. 2007. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Embora muitos avanços tenham sido obtidos na prevenção da aterosclerose, esta doença, com suas variadas manifestações, permanece como a maior causa de morte nos países ocidentais. A principal forma de lutar contra a aterosclerose envolve o combate aos seus fatores de risco de há muito conhecidos. Entretanto, novos conceitos têm surgido e entre estes se destaca o papel das apolipoproteínas como marcadores do risco coronário. Entre suas variadas funções, as proteínas que fazem parte das lipoproteínas mostraram que a determinação de seus níveis sangüíneos pode acrescentar informações sobre a situação individual de risco, particularmente com as dosagens das apos B e A-1 e da relação entre elas. Este artigo revisa os dados disponíveis sobre o papel fisiológico e de indicador de risco dessas apolipoproteínas, sugerindo o que já fazem alguns autores que defendem a idéia da incorporação da determinação rotineira dessas proteínas ao perfil lipídico para avaliação do risco cardiovascular.
Descritores: Arteriosclerose
Doenças Cardiovasculares
Lipoproteínas
Apolipoproteínas
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  5 / 605 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-722241
Autor: Martins Filho, Evandro; Chamié, Daniel; Chaves, Áurea J; Abizaid, Alexandre.
Título: Utilização da Tomografia de Coerência Ótica na Abordagem de Lesão Intermediária em Paciente com Síndrome Coronariana Aguda / Optical Coherence Tomography in the Management of Intermediate Lesion in a Patient with Acute Coronary Syndrome
Fonte: Rev. bras. cardiol. invasiva;22(2):188-193, Apr-Jun/2014. graf.
Idioma: pt.
Resumo: A tomografia de coerência ótica fornece imagens tomográficas da microestrutura coronária em alta resolução, possibilitando detalhada caracterização dos componentes e da morfologia da placa aterosclerótica, além de acurada determinação das dimensões vasculares. Relatamos aqui o caso de um paciente com lesão intermediária, na fase subaguda de um infarto do miocárdio, no qual a tomografia de coerência ótica foi utilizada como método diagnóstico complementar para a tomada de decisão e para guiar o procedimento...

Optical coherence tomography provides high-resolution tomography imaging of the coronary microstructure, allowing for detailed characterization of atherosclerotic plaque components and morphology, in addition to an accurate determination of vascular dimensions. We report the case of a patient with an intermediate coronary lesion, presenting in the subacute phase of a myocardial infarction, in whom optical coherence tomography was used as an adjunctive diagnostic method to aid in the decision-making process and to guide the interventional procedure...
Descritores: Arteriosclerose/complicações
Arteriosclerose/terapia
Estreptoquinase/uso terapêutico
Infarto do Miocárdio/terapia
Terapia Trombolítica
Tomografia de Coerência Óptica
-Estenose Coronária/complicações
Intervenção Coronária Percutânea
Nitroglicerina/uso terapêutico
Stents
Vasodilatadores/uso terapêutico
Limites: Seres Humanos
Masculino
Idoso
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  6 / 605 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1016626
Autor: Alcalá, Gustavo.
Título: Una nueva clase de fármacos hipolipemiantes reduce la incidencia de infartos miocárdicos y cerebrales / A new class of lipid-lowering drugs reduces myocardial and stroke
Fonte: Evid. actual. práct. ambul;21(2):50-50, jul. 2018. tab..
Idioma: es.
Descritores: Doenças Cardiovasculares/tratamento farmacológico
Pró-Proteína Convertase 9/antagonistas & inibidores
Hipercolesterolemia/tratamento farmacológico
LDL-Colesterol/sangue
Anticorpos Monoclonais/uso terapêutico
Anticolesterolemiantes/uso terapêutico
-Arteriosclerose/tratamento farmacológico
Doenças Cardiovasculares/complicações
Doenças Cardiovasculares/mortalidade
Doenças Cardiovasculares/epidemiologia
Análise dos Mínimos Quadrados
Método Duplo-Cego
Seguimentos
Inibidores de Hidroximetilglutaril-CoA Redutases/uso terapêutico
Hipercolesterolemia/complicações
Anticorpos Monoclonais/efeitos adversos
Anticolesterolemiantes/efeitos adversos
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Meia-Idade
Idoso
Tipo de Publ: Comentário
Responsável: AR2.1 - Biblioteca Central


  7 / 605 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1015913
Autor: Colica, David.
Título: Rastreo de hipercolesterolemia en niños y adolescentes / Lipid screening in childhood and adolescence
Fonte: Evid. actual. práct. ambul;21(4):102-103, 2018. tab..
Idioma: es.
Descritores: Serviços Preventivos de Saúde
Programas de Rastreamento/métodos
Comitês Consultivos
Dislipidemias/diagnóstico
-Arteriosclerose/diagnóstico
Arteriosclerose/prevenção & controle
Biomarcadores/sangue
Programas de Rastreamento/efeitos adversos
Colesterol/sangue
Fatores Etários
Distribuição por Idade
Acidente Vascular Cerebral/prevenção & controle
Dislipidemias/etiologia
Dislipidemias/terapia
Dislipidemias/epidemiologia
Estilo de Vida
LDL-Colesterol/sangue
Infarto do Miocárdio/prevenção & controle
Hipolipemiantes/uso terapêutico
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Recém-Nascido
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Comentário
Responsável: AR2.1 - Biblioteca Central


  8 / 605 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-990122
Autor: Mendes-Pinto, Daniel; Rodrigues-Machado, Maria da Glória.
Título: Aplicabilidade dos marcadores de rigidez arterial na doença arterial periférica / Applications of arterial stiffness markers in peripheral arterial disease
Fonte: J. vasc. bras;18:e20180093, 2019. tab, graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: A análise de rigidez arterial tem sido feita em vários grupos populacionais com o objetivo de identificar precocemente o risco cardiovascular e realizar medidas terapêuticas específicas. O aumento da rigidez arterial leva à perda de capacidade de adaptação da aorta e das artérias elásticas às variações de pressão durante o ciclo cardíaco. Os principais marcadores de rigidez arterial são a velocidade de onda de pulso (VOP), o índice de aumentação (AIx) e a pressão aórtica central. Esses índices podem ser obtidos de maneira não invasiva. Ocorre aumento da mortalidade em pacientes com doença coronariana ou em hemodiálise que apresentam aumento da VOP ou do AIx. A associação com a doença arterial periférica é pouco estudada. O objetivo desta revisão é mostrar a aplicabilidade e a utilidade de realizar medidas de rigidez arterial em pacientes com doença arterial periférica

Arterial stiffness has been analyzed in many different population groups with the objective of identifying cardiovascular risk early and performing specific therapeutic interventions. Increased arterial stiffness affects the capacity of the aorta and elastic arteries to adapt to pressure variations during the cardiac cycle. The main markers of arterial stiffness are pulse wave velocity (PWV), augmentation index (AIx) and central aortic pressure. They can be measured noninvasively. Patients with coronary disease or on hemodialysis who have elevated PWV or AIx have increased mortality. The association with peripheral arterial disease has been studied little. The objective of this review is to demonstrate the applicability and utility of assessing measures of arterial stiffness in patients with peripheral arterial disease
Descritores: Doença Arterial Periférica
Rigidez Vascular
Análise de Onda de Pulso
-Arteriosclerose
Pulso Arterial
Espectroscopia de Ressonância Magnética/métodos
Doenças Cardiovasculares
Artérias Carótidas
Fatores de Risco
Artéria Femoral
Hipertensão
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  9 / 605 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: lil-608792
Autor: Palomo G, Iván; Fuentes Q, Eduardo; Moore-Carrasco, Rodrigo; González, Daniel R; Rojas R, Armando; Padro, Teresa; Badimon, Lina.
Título: El consumo de futas y hortalizas ayuda a prevenir el daño endotelial / Consumption of fruits and vegetables in the prevention of endothelial damage
Fonte: Rev. chil. nutr;38(3):343-355, set. 2011. tab.
Idioma: es.
Resumo: The endothelium helps to maintain the normal structure and homeostasis of the vasculature. However, chronic exposure to cardiovascular (CV) risk factors causes endothelial dysfunction, a phenomenon that is characterized by inflammation, reduced bioavailability of nitric oxide (NO) and a prothrombotic state. Epidemiological studies have shown that regular consumption of fruits and vegetables reduces CV risk, which has caused interest in knowing the bioactive compounds and the mechanisms involved. Among the components that protect the endothelium are antioxidants (vitamin C, vitamin E and poly phenols) and polyunsaturated fatty acids. Vitamin C and E promote vasodilatation protecting NO by blocking the reactive oxygen species (ROS). Poly phenols improve endothelial function primarily by increasing levels of NO, and inhibition of angiogenesis and platelet activation. Diets rich in poly-unsaturated fatty acids have shown beneficial effects by reducing the gene expression of cyclooxygenase-2 and the expression of cell adhesion molecules. This review mainly highlights the current understanding of endothelial dysfunction and the protective effect of endothelial cells by bioactive components of fruits and vegetables.

El endotelio normal ayuda a mantener la estructura y la hemostasia vascular. Sin embargo, la exposición crónica a factores de riesgo cardiovascular (CV) produce disfunción endotelial, fenómeno que se caracteriza por inflamación, disminución en la biodisponibilidad de óxido nítrico (NO) y un estado protrombótico. Estudios epidemiológicos han demostrado que el consumo regular de frutas y hortalizas disminuye el riesgo CV, lo que ha causado interés en conocer los compuestos bioactivos y los mecanismos involucrados. Entre los componentes que protegen el endotelio se encuentran las moléculas antioxidantes (vitamina C, vitamina E y polifenoles) y ácidos grasos poliinsaturados. Las vitaminas C y E favorecen la vasodilatación protegiendo el NO al bloquear las especies reactivas del oxigeno (ROS). Los polifenoles mejoran la función endotelial principalmente por el aumento de los niveles de NO, y la inhibición de la angiogénesis y de la activación plaquetaria. Dietas ricas en ácidos grasos poliinsaturados han mostrado efectos beneficiosos, mediante la reducción de la expresión géni-ca de la ciclooxigenasa-2 y de la expresión de moléculas de adhesión celular. Esta revisión principalmente señala los conocimientos actuales de la disfunción endotelial y el efecto protector de las células endoteliales por componentes bioactivos de frutas y hortalizas.
Descritores: Arteriosclerose/prevenção & controle
Verduras
Biomarcadores
Doenças Cardiovasculares/prevenção & controle
Consumo de Alimentos
Endotélio/anormalidades
Polifenóis
Frutas
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: CL334.1 - Biblioteca UBO


  10 / 605 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-982934
Autor: Montalván-Ayala, Víctor; Palacin-Arias, Lorenzo; Morales-Cuervo, Vicky; Pachas-Vicuña, Carlos.
Título: Relación entre la hiperhomocisteinemia plasmática y la enfermedad cerebrovascular de pequeños vasos en el servicio de neurología del Hospital Almenara-Essalud, Lima / Relationship between hyperhomocysteinemia and cerebrovascular disease of small vessels in the neurology Department of Hospital Almenara-EsSalud, Lima
Fonte: Rev. neuropsiquiatr;79(3):137-141, jul.-sept. 2016. tab.
Idioma: es.
Resumo: Objetivos: las enfermedades cardiovasculares constituyen la principal causa de muerte en el mundo. Se ha identificadoa la hiperhomocisteinemia como uno de los factores de riesgo modificables para ésta enfermedad. El objetivo delestudio es determinar la asociación entre la hiperhomocisteinemia y la enfermedad cerebrovascular (ECV) porenfermedad de pequeños vasos (EPV). Material y Métodos: se incluyeron 101 historias clínicas de pacientes conECV admitidos durante 5 meses de manera consecutiva. Se excluyeron pacientes con ECV cardioembólica. Losinfartos se clasificaron en aquellos debidos a EPV y a otros subtipos de infarto no cardioembólico (NoEPV). Secompararon los niveles medios de homocisteína plasmática entre ambos grupos. Se estudió la relación entre losfactores de riesgo cardiovascular incluida la hiperhomocisteinemia; y la EPV a través de un análisis bivariadoy multivariado para factores de confusión.

Objectives: Hyperhomocysteinemia has been described as a risk factor for coronary disease and ischemic stroke. The aim of this paper is to determine the association between hyperhomocisteinemia and ischemic stroke caused by small vessels disease (SVD) in a group of non-cardioembolic stroke patients. Material and methods: One hundred and one clinical records of stroke patients admitted during 5 months were included. Stroke patients with a cardioembolic etiology were excluded. Stroke was classified into infarctions due to SVD and other non-cardioembolic infarctions (non-SVD) by using Adams criteria. We compared the levels of serum homocysteine between both groups using the “T student” test for independent samples. Bivariate and multivariate analyses for confounding factors were performed.
Descritores: Arteriosclerose
Doenças de Pequenos Vasos Cerebrais
Transtornos Cerebrovasculares
Hiper-Homocisteinemia
Fatores de Risco
-Epidemiologia Descritiva
Registros Médicos
Estudos Retrospectivos
Limites: Seres Humanos
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca



página 1 de 61 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde