Base de dados : LILACS
Pesquisa : C15.378.071.141.150.150.440 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 100 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 10 ir para página                        

  1 / 100 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1137935
Autor: Aguiar, Aline Guerreiro; Aguiar, Levy Paz; Santos, Verônica Larissa Vasconcelos dos; Oliveira, Dayse Cury de Almeida.
Título: Sickle cell retinopathy: characterization among patients over 40 years of age / Retinopatia falcêmica: caracterização da doença na população acima de 40 anos de idade
Fonte: Rev. bras. oftalmol;79(2):118-121, Mar.-Apr. 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Purpose: This article aims to describe the prevalence of retinal alterations on the indirect binocular ophthalmoscopy exam in patients with sickle cell disease (HbSS or HbSC) who are over 40 years of age. Methods: This is a retrospective study in which patients with sickle cell disease (SCD) with an age group of 40 years or older were attended in a service of retina in Salvador, Brasil on the last 10 years. All patients were submitted to the clinical file filling, which includes the sociodemographic profile, clinical profile and ophthalmologic examination. The patients were divided in two groups (SS or SC), according to genotypic profile of hemoglobinopathy (HbSS or HbSC). The classification of retinopathy was performed according to Goldberg in proliferative and non-proliferative retinopathy. A P-value <0.05 was considered statistically significant. Results: A total of 97 patients (194 eyes) were evaluated, being 44 (45%) of the SC group and 53 (55%) of the SS group. Of the 97 patients, 19 (19.5%) did not present retinal changes and 78 (80,5%) present sickle cell retinopathy. Of the 78 patients with retinopathy, 22 (28%) had nonproliferative sickle retinopathy and 56 (72%) had proliferative alterations. The increase in vascular tortuosity was the most observed nonproliferative sign (26.8% of eyes) in both groups. The SC patients presented a greater proportion of findings of areas of retinal non perfusion (30%) than SS patients (p = 0.015). Conclusion: The results suggest the need for regular ophthalmologic follow-up of patients with SCD, especially in the older age group, due to the high prevalence of 80.5% of findings of sickle cell retinopathy on examination in patients over 40 years old.

Resumo Objetivos: Este artigo tem como objetivo avaliar a prevalência de alterações retinianas observadas pelo exame de oftalmoscopia binocular indireta em pacientes com doença falciforme (HbSS e HbSC) com mais de 40 anos de idade. Métodos: Estudo retrospectivo com pacientes com doença falciforme (DF) na faixa etária acima de 40 anos, atendidos em serviço especializado em Salvador, Brasil nos últimos 10 anos. Todos os pacientes foram submetidos ao preenchimento da ficha clínica, em que incluía perfil sociodemográfico, clínico e exame oftalmológico. Os pacientes foram divididos em dois grupos (SS ou SC), de acordo com seu padrão genotípico da hemoglobinopatia (HbSS ou HbSC). A classificação da retinopatia foi realizada de acordo com Goldberg em retinopatia não proliferativa e proliferativa. Um valor de p<0.05 foi considerado estatisticamente significante. Resultados: Um total de 97 pacientes (194 olhos) foram avaliados, sendo 44 (45%) do grupo SC e 53 (55%) do grupo SS. Dos 97 pacientes, 19 (19,5%) não apresentavam alterações retinianas e 78 (80,5%) apresentavam retinopatia falcêmica. Destes 78 pacientes com alterações retinianas, 22 (28%) possuem sinais de retinopatia não proliferativa e 56 (72%) possuem alterações proliferativas. O aumento da tortuosidade vascular foi o sinal de doença não proliferativa mais observado (26,8% dos olhos) em ambos os grupos. Os pacientes do grupo SC apresentaram a maior proporção de achados proliferativos, como áreas de não perfusão retiniana, que os pacientes SS (30%) (p = 0.015). Conclusão: Os resultados sugerem a necessidade de manter um acompanhamento oftalmológico regular dos pacientes com DF, especialmente pacientes com maior faixa etária, devido à alta prevalência observada (80,5%) de retinopatia falcêmica em pacientes acima de 40 anos de idade.
Descritores: Doenças Retinianas/epidemiologia
Doença da Hemoglobina SC/epidemiologia
Anemia Falciforme/epidemiologia
-Estudos Retrospectivos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Responsável: BR1.2 - Biblioteca Central


  2 / 100 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: lil-735641
Autor: Ferreira, Silvia Lúcia; Cordeiro, Rosa Cândida; Cajuhy, Fernanda; Silva, Luciane Souza da.
Título: Vulnerabilidade de pessoas adultas com doença falciforme: subsídios para o cuidado de enfermagem / Vulnerability in adults with sickle cell disease: subsides for nursing care / Vulnerabilidad de los adultos con anemia de células falciformes: apoyo a los cuidados de enfermería
Fonte: Ciênc. cuid. saúde;12(4):711-718, out.-dez. 2013.
Idioma: en; pt.
Resumo: O presente estudo foi desenvolvido com o objetivo de conhecer aspectos relacionados ao viver do adulto com doença falciforme com base no conceito de vulnerabilidade (individual, social e programática), apontando elementos para o cuidado de enfermagem. Estudo descritivo de abordagem qualitativa, com coleta de dados entre fevereiro e julho de 2011, por meio de entrevistas semiestruturadas realizadas nos domicílios de doze pessoas adultas, com doença falciforme, de um município baiano. Os resultados apontam que os planos analíticos básicos de vulnerabilidade, embora abordados de forma separada, encontram-se num processo ativo e interdependente, denotando pouca compreensão das pessoas sobre a doença devido ao diagnóstico tardio; pequeno poder de transformação de atitudes e comportamentos; condições de pauperização e de baixa escolaridade do paciente e familiar; dificuldade de acesso aos serviços de saúde; e inadequação nos serviços de atendimento de emergência. Torna-se necessária a organização do cuidado e dos serviços de saúde com base no reconhecimento das vulnerabilidades e na melhora do acesso aos equipamentos e às oportunidades sociais, econômicas e culturais oferecidas pela sociedade e pelo Estado.

This study was developed with the aim to get acquainted with the aspects related to the life of an adult with sickle cell disease. For this purpose, the concept of vulnerability (social, individual and programmatic) was used pointing out to the elements of nursing care. This is a descriptive study of qualitative approach whose data were collected from February to June 2011 through semi-structured interviews performed at the household of 12 adults with sickle cell disease in a municipality in Bahia. The results show that the basic analytical plans of vulnerability, although verified separately, are interdependent and in an active process showing little understanding of the people regarding the disease due to late diagnosis. Moreover, this study also indicates little power to change attitude and behavior of the patient; lower income class and little education of the patient and his/her family, difficulty to the access of health services and inadequacy of emergency care service. It is necessary the organization of care in health services acknowledging the vulnerable aspects of it as well as the improvement of the access to equipment and social, cultural and economic opportunities offered by society and the state.

El presente estudio fue desarrollado con el objetivo de conocer aspectos relacionados al vivir del adulto con enfermedad falciforme con base en el concepto de vulnerabilidad (individual, social y programática), señalando elementos para el cuidado de enfermería. Estudio descriptivo de abordaje cualitativo, con recolección de datos entre febrero y julio de 2011, por medio de entrevistas semiestructuradas realizadas en los domicilios de doce personas adultas, con enfermedad falciforme, de un municipio de Bahia. Los resultados apuntan que los planes analíticos básicos de vulnerabilidad, aunque abordados de forma separada, se encuentran en un proceso activo e interdependiente, denotando poca comprensión de las personas sobre la enfermedad debido al diagnóstico tardío; pequeño poder de transformación de actitudes y comportamientos; condiciones de pauperización y de baja escolaridad del paciente y familiar; dificultad de acceso a los servicios de salud; e inadecuación en los servicios de atención de urgencia. Se torna necesaria la organización del cuidado y de los servicios de salud con base en el reconocimiento de las vulnerabilidades y en la mejora del acceso a los equipamientos y a las oportunidades sociales, económicas y culturales ofrecidas por la sociedad y por el Estado.
Descritores: Saúde do Adulto
Vulnerabilidade a Desastres
Pesquisa Qualitativa
Doença da Hemoglobina SC
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  3 / 100 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-874375
Autor: Soares, Felipe Fagundes; Rossi, Thais Regis Aranha; Brito, Maria Goretti Silva.
Título: Condições de saúde bucal e fatores sociodemográficos de crianças de 6 a 96 meses com doença falciforme no Estado da Bahia / Conditions of oral health and socio-demographic factors in children from 6 to 96 months with sickle cell disease of Bahia
Fonte: Rev. odontol. UNESP (Online);39(2):115-121, abr. 2010. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Este estudo de corte transversal objetivou analisar de forma descritiva variáveis sociodemográficas e de condições de saúde bucal em 704 crianças de 6 a 96 meses com doença falciforme no Estado da Bahia, entre agosto de 2007 e julho de 2008. A maioria da população era parda (51,70%), gênero masculino (50,5%), média de idade de 32,16 meses (DP = ±17,92), mães com até o Primeiro Grau completo (57,39%) e renda familiar menor que um salário mínimo (42,05%). Os genótipos HBSS e HBSC foram os mais expressivos. Observou-se que as condições de vida dos portadores da doença influenciam bastante a condição de saúde bucal. Os achados apontam a necessidade de planejamento dos serviços de atenção básica para essas crianças, visando à ampliação do atendimento especializado aos portadores da doença no Estado.

This cross-sectional study aimed to analyze descriptively socio-demographic and oral health status variables in 704 children aged 6 to 96 months with a confirmed diagnosis of sickle cell disease between August 2007 and July 2008. The majority of the population was mestizo (51.70%), male sex (50.5%), mean age was 32.16 months (SD = 17.92), mothers until the primary school (57.39%) and family income less than minimum wage (42.05%). Genotypes HBSS and HBSC were the most expressive. It was observed that the living conditions of disease carriers strongly influence the oral health status. The results indicate the need for planning of basic health care for these children, aiming to expand the specialized care to disease carriers in the State.
Descritores: Anemia Falciforme
Condições Sociais
Doença da Hemoglobina SC
Manifestações Bucais
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR39.2 - Biblioteca Professora Maria Dilma de Oliveira Gonçalves


  4 / 100 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: lil-469331
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Especializada.
Título: Manual de saúde bucal na Doença Falciforme / Manual of dental health in Sickle Cell Disease.
Fonte: Brasília; Ministério da Saúde; nov. 2005. 50 p. tab. (A. Normas e Manuais Técnicos).
Idioma: pt.
Descritores: Saúde Bucal
-Anemia Falciforme
Doença da Hemoglobina SC/prevenção & controle
Doenças da Boca/prevenção & controle
Limites: Humanos
Tipo de Publ: GOVERNMENT PUBLICATIONS
Responsável: BR599.1 - Coordenação Geral de Documentação e Informação (CGDI)
BR599.1; 10001020405, MT; BR599.1; 10002020406, AG, e.2; BR599.1; 10001020410, AG, e.3


  5 / 100 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1103295
Autor: Sánchez-Gutiérrez, Sandra Milena; Romero-Sánchez, Daniel Alejandro.
Título: Anemia de células falciformes y embarazo. Reporte de caso / Sickle cell anemia and pregnancy: a clinical case report / Anemia falciforme e gravidez: relato de caso clínico
Fonte: Rev. salud bosque;9(2):65-72, 2019. ilus, tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: La anemia de células falciformes (ACF) es una patología con altos índices de complicaciones; además, cuando se presenta durante el embarazo su manejo se convierte en un desafío médico debido al riesgo elevado de morbimortalidad materna y perinatal. A continuación, se hace una breve revisión de la literatura sobre ACF y se describe un reporte de caso presentado en el Hospital Universitario Clíni-ca San Rafael de Bogotá, Colombia, en el año 2018. La paciente era una primigestante en tercer trimestre del embarazo con diagnóstico de ACF que se complicó con una preeclampsia con características de severidad y concluyó en parto pretérmino.El objetivo de publicar este caso es revisar la información respecto a la in-cidencia y la morbimortalidad materna y perinatal de la ACF, teniendo en cuenta que debe ser manejada por un equipo multidisciplinario y que se debe hacer detección temprana de complicaciones con el fin de mejorar el pronóstico del binomio madre-hijo.

Sickle cell anemia (SCA) is a pathology with high rates of com-plications, when presented in pregnancy it is a medical cha-llenge to manage patients due to the high risk of maternal and perinatal morbidity-mortality, case report and review of litera-ture presented at the Hospital Universitario Clínica San Rafael de Bogotá (National Clinic) in 2018, a women in the third tri-mester of pregnancy with diagnosis of sickle cell anemia that is complicated with preeclampsia with characteristics of severity and preterm delivery.The objective of publishing this case is to review the informa-tion regarding the incidence, the maternal and perinatal mor-bidity / mortality of this medical condition, its management by a multidisciplinary team and the early detection of com-plications in order to improve the prognosis of the mother-child binomial.

A anemia falciforme (ACF) é uma patologia com altas taxas de complicações; quando ocorre na gravidez, é um desafio médi-co para gerenciar pacientes devido ao alto risco de morbidade materna e perinatal. Apresenta-se o relato de caso e revisão de literatura apresentada no Hospital Universitário Clínico San Rafael de Bogotá (Clínica Nacional) em 2018, primigestante no terceiro trimestre de gravidez com diagnóstico de anemia fal-ciforme complicada pela pré-eclâmpsia com características de gravidade e parto prematuro.O objetivo da publicação deste caso é revisar as informações referentes à incidência, morbimortalidade materna e perinatal dessa condição médica, levando em consideração que ela de-ve ser gerenciada por uma equipe multidisciplinar e fazer a detecção precoce de complicações, a fim de melhorar o prog-nóstico binomial: mãe-filho.
Descritores: Doença da Hemoglobina SC
Anemia Falciforme/complicações
-Complicações Hematológicas na Gravidez
Gravidez de Alto Risco
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: CO647.9 - Universidad El Bosque


  6 / 100 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: lil-700277
Autor: Vieira, Gabriela Baptista; Gonçalves, Pétala Thaís Carvalho; Meirelles, Juliano Ribeiro de; Sória , Denise de Assis Corrêa.
Título: The systematization of nursing assistance in care when a patient with anemia falciform with leg ulcer / A Sistematização da Assistência de Enfermagem no cuidado ao paciente portador de anemia falciforme com úlcera de perna / La sistematización de la asistencia de enfermería en la atención a pacientes con anemia falciforme con ulcera de la pierna
Fonte: Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online);5(5,n.esp):142-147, dez. 2013. tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objective: To raise the nursing diagnos es more evident and their interventions according to Nursing Diagnostic Terminology (NANDA) and Nursing Interventions Classification (NIC). Method: This is an exploratory study which had methodological design based on the experience of the authors in the dressing clinic in a public hospital specializing in hematology, as part of the residency program in nursing. Results: DE was determined eight, two and six real risk, which were described as NANDA Taxonomy I. It also sought after determination of these diagnoses, propose nursing interventions based on the Nursing Interventions Classification (NIC). Conclusion: The findings revealed that meet the nursing diagnoses of subjects with leg ulcers secondary to sickle cell disease is extremely important for nurses to plan individual care provided to these patients.

Objetivo: levantar os diagnósticos de enfermagem mais evidentes e suas respectivas intervenções de acordo com Nursing Diagnostic Terminology (NANDA) e Nursing Interventions Classification (NIC). Método: trata-se de um estudo exploratório o qual teve seu desenho metodológico baseado na vivência dos autores no ambulatório de curativo de um Hospital Estadual especializado em hematologia, como parte do programa de residência em enfermagem. Resultados: foram determinados oito DE, sendo dois de risco e seis reais, os quais foram descritos conforme a Taxonomia I da NANDA. Buscou-se também, após a determinação desses diagnósticos, propor intervenções de enfermagem baseadas na Nursing Interventions Classification (NIC). Conclusão: os achados revelaram que conhecer os diagnósticos de enfermagem dos indivíduos portadores de úlcera de perna secundária a anemia falciforme é de extrema importância para que os enfermeiros possam planejar individualmente o cuidado prestado a esta clientela.

Objetivo: aumentar los diagnósticos de enfermería más evidentes y sus intervenciones de acuerdo con la terminología del diagnóstico de enfermería (NANDA) y la Clasificación de Intervenciones de Enfermería (NIC). Método: Se trata de un estudio exploratorio que tenía un diseño metodológico basado en la experiencia de los autores en la clínica de vestir en un hospital público especializado en hematología, como parte del programa de residencia en enfermería. Resultados: se determinó DE ocho, dos y seis riesgo real, que fueron descritos como Taxonomía NANDA I. Además, se solicitó después de la determinación de estos diagnósticos, proponer intervenciones de enfermería basadas en la Clasificación de Intervenciones de Enfermería (NIC). Conclusión: Los resultados revelaron que cumplan con los diagnósticos de enfermería de pacientes con úlceras secundarias a la enfermedad de células falciformes es extremadamente importante que las enfermeras planear el cuidado individual previsto para estos pacientes.
Descritores: Cuidados de Enfermagem
Diagnóstico de Enfermagem
Doença da Hemoglobina SC/enfermagem
-Brasil
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR1208.1 - BSEN - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição


  7 / 100 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-976014
Autor: Rezende, Paulo V; Santos, Millane V; Campos, Gustavo F; Vieira, Laura L M; Souza, Maristela B; Belisário, André R; Silva, Celia M; Viana, Marcos B.
Título: Clinical and hematological profile in a newborn cohort with hemoglobin SC / Perfil clínico e hematológico em uma coorte neonatal com hemoglobina SC
Fonte: J. pediatr. (Rio J.);94(6):666-672, Nov.-Dec. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Objectives: Hemoglobin SC is the second most common variant of sickle-cell disease worldwide, after hemoglobin SS. The objectives of the study were to describe the clinical and laboratory characteristics of hemoglobin SC disease in children from a newborn screening program and treated at a blood center. Methodology: This study assessed a cohort of 461 infants born between 01/01/1999 and 12/31/2012 and followed-up until 12/31/2014. Clinical events were expressed as rates for 100 patient-years, with 95% confidence intervals. Kaplan-Meier survival curves were created. Results: The median age of patients was 9.2 years; 47.5% were female. Mean values of blood tests were: hemoglobin, 10.5 g/dL; reticulocytes, 3.4%; white blood cells, 11.24 × 109/L; platelets, 337.1 × 109/L; and fetal hemoglobin, 6.3%. Clinical events: acute splenic sequestration in 14.8%, blood transfusion 23.4%, overt stroke in 0.2%. The incidence of painful vaso-occlusive episodes was 51 (48.9-53.4) per 100 patient-years and that of infections, 62.2 episodes (59.8-64.8) per 100 patient-years. Transcranial Doppler ultrasonography (n = 71) was normal given the current reference values for SS patients. Hydroxyurea was given to ten children, all of whom improvement of painful crises. Retinopathy was observed in 20.3% of 59 children who underwent ophthalmoscopy. Avascular necrosis was detected in seven of 12 patients evaluated, predominantly in the left femur. Echocardiogram compatible with pulmonary hypertension was recorded in 4.6% of 130 children, with an estimated average systolic pulmonary artery pressure of 33.5 mmHg. The mortality rate from all causes was 4.3%. Conclusions: Clinical severity is variable in SC hemoglobinopathy. Several children have severe manifestations similar to those with SS disease.

Resumo Objetivos: A hemoglobinopatia SC é a segunda variante mais comum da doença falciforme no mundo, após a hemoglobinopatia SS. Os objetivos do estudo foram descrever as características clínicas e laboratoriais da hemoglobinopatia SC em recém-nascidos diagnosticados por programa de triagem neonatal e encaminhados para acompanhamento em hemocentro. Metodologia: Coorte de 461 recém-nascidos SC nascidos entre 01/01/1999 e 31/12/2012 e seguidos até 31/12/2014. A incidência de eventos clínicos foi expressa por taxas relativas a 100 pacientes-ano, com limites de confiança a 95%. Curvas de sobrevida foram construídas segundo Kaplan-Meier. Resultados: Mediana de idade, 9,2 anos; 47,5%, feminino. Médias dos valores hematológicos: hemoglobina 10,5 g/dL; reticulócitos 3,4%; leucometria 11,24 x 109/L; plaquetometria 337,1x109/L; hemoglobina fetal 6,3%. Eventos clínicos: sequestro esplênico agudo em 14,8%, hemotransfusão 23,4%, AVC isquêmico 0,2%. A incidência de episódios vaso-oclusivos dolorosos foi de 51 (48,9-53,4) por 100 pacientes-ano; a de infecções, 62,2 episódios (59,8-64,8) por 100 pacientes-ano. Doppler transcraniano (n = 71) foi normal, se usados os valores de referência de crianças SS. Dez pacientes usaram hidroxiureia, todos com melhoria das crises dolorosas. Retinopatia foi observada em 20,3% das 59 crianças que fizeram fundoscopia. Necrose avascular foi detectada em 7 de 12 pacientes avaliados, com predomínio no fêmur esquerdo. Ecocardiograma compatível com hipertensão pulmonar foi registrado em 4,6% de 130 crianças, com média estimada de 33,5 mm Hg de pressão arterial pulmonar. A taxa de mortalidade por todas as causas foi de 4,3%. Conclusões: A hemoglobinopatia SC tem gravidade variável; várias crianças apresentam manifestações clínicas intensas, semelhantes às da hemoglobinopatia SS.
Descritores: Doença da Hemoglobina SC/sangue
Doença da Hemoglobina SC/epidemiologia
-Esplenopatias/patologia
Esplenopatias/epidemiologia
Fatores de Tempo
Brasil/epidemiologia
Incidência
Estudos Retrospectivos
Fatores Etários
Triagem Neonatal
Ultrassonografia Doppler Transcraniana
Estimativa de Kaplan-Meier
Doença da Hemoglobina SC/patologia
Doença da Hemoglobina SC/tratamento farmacológico
Hidroxiureia/uso terapêutico
Antidrepanocíticos/uso terapêutico
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 100 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1070487
Autor: Associação Pró-Falcêmicos - APROFE; .São Paulo(Estado) Secretaria da Saúde.
Título: Anemia falciforme / Anemia, Sickle Cell.
Fonte: São Paulo; s.n; s.d. 18 p. ilus, map.
Idioma: pt.
Descritores: Anemia Falciforme
Doença da Hemoglobina SC
Hemoglobina Falciforme
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; WH170, A654a


  9 / 100 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: lil-561675
Autor: Moraes, Karen C. M; Galioti, Jose B.
Título: A doença falciforme: um estudo genético-populacional a partir de doadores de sangue em São José dos Campos, São Paulo, BrasiL: [errata] / Sickle cell disease: a population genetics study based on blood donors in São José dos Campos, São Paulo, Brazil: [errata]
Fonte: Rev. bras. hematol. hemoter;32(4):286-290, 2010. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A anemia falciforme é uma doença genética com origem multicêntrica, predominantemente em comunidades africanas, e está presente na população brasileira. A alta frequência de heterozigotos e a gravidade clínica dos homozigotos em nossa população vêm sendo alvo de políticas públicas adotadas pelo Ministério da Saúde e outras instituições governamentais no intuito de dispender cuidado especial ao portador. Foco das investigações científicas desde o esclarecimento de sua base genética, o estudo da anemia falciforme pode ser considerado um tema inesgotável, visto o considerável número de publicações acadêmicas que se reportam à anemia falciforme como temática central e que crescem anualmente. Dentro desse contexto, e no intuito de contribuir com a informação científica sobre a anemia falciforme, o presente estudo tem por objetivo avaliar a comunidade de São José dos Campos, SP, quanto à presença do traço falcêmico, correlacionando os dados obtidos com o histórico do povoamento local. O estudo foi realizado em 93.604 doadores voluntários de sangue, entre os anos de 2004 e 2008 no Serviço de Hematologia e Hemoterapia de São José dos Campos. Dos 93.604 doadores analisados, encontramos 400 portadores heterozigotos do traço falcêmico Hb S (0,43%); nenhum indivíduo homozigoto foi identificado. Esse índice discrepante dos índices nacionais fundamenta-se na história local
Descritores: Doadores de Sangue
Hemoglobinas
Saúde Pública
Doença da Hemoglobina SC
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Responsável: BR408.1 - Biblioteca da Faculdade de Medicina - BFM


  10 / 100 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1001007
Autor: Santiago, Rayra Pereira.
Título: Acidente vascular cerebral na hemoglobinopatia SC(HBB glu6val e glu6lys): avaliação de marcadores de prognóstico / hemoglobinopathy (HBB glu6val and glu6lys): evaluation of prognostic markers.
Fonte: Salvador; s.n; 2016. 182 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal da Bahia. Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: O acidente vascular cerebral (AVC) é uma complicação clínica grave da doença falciforme (DF). Poucos estudos avaliaram a velocidade do fluxo sanguíneo cerebral utilizando o Doppler transcraniano (DTC) e marcadores preditores do AVC na hemoglobinopatia SC (HbSC) e, desta forma, as velocidades consideradas de risco para os indivíduos com esta hemoglobinopatia são baseadas em velocidades descritas para a anemia falciforme (AF) e para a Sβ talassemia (HbS/β). Assim, o objetivo do presente estudo foi identificar marcadores preditores do AVC em indivíduos com HbSC, estabelecendo subfenótipos da doença pela associação de biomarcadores genéticos, hematológicos, bioquímicos e imunológicos com o valor da velocidade do fluxo sanguíneo cerebral. Para tanto, foi realizado um estudo transversal, onde foram investigados 68 indivíduos com HbSC. A velocidade média máxima do fluxo sanguíneo cerebral nas artérias cerebral média, carótida anterior e cerebral anterior foi determinada utilizando o DTC...

Stroke is a serious clinical complication of sickle cell disease (SCD). Only few studies have evaluated the rate of cerebral blood flow by transcranial Doppler (TCD) and stroke predictor markers on hemoglobinopathy SC (HbSC), thus, velocity considered as risk for stroke that is used to diagnose HbSC individuals are based on velocities described for the sickle cell anemia (SCA) and Sβ thalassemia. The objective of this study was to identify predictors markers of stroke in individuals with HbSC, establishing subphenotypes disease by the association of genetic biomarkers, hematological, biochemical and immunological with the value of the velocity of cerebral blood flow. For that, we conducted a cross-sectional study, which were investigated 68 HbSC individuals. The average maximum rate of cerebral blood flow in the middle cerebral artery, anterior cerebral artery and anterior carotid artery was determined using the DTC...
Descritores: Doença da Hemoglobina SC/complicações
Doença da Hemoglobina SC/diagnóstico
Doença da Hemoglobina SC/imunologia
Doença da Hemoglobina SC/mortalidade
Doença da Hemoglobina SC/patologia
Limites: Humanos
Responsável: BR344.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas Eurydice Pires de SantAnna
BR344.1 – Biblioteca de Ciências Biomédicas Eurydice Pires de Sant'Anna



página 1 de 10 ir para página                        
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde