Base de dados : LILACS
Pesquisa : C17.800.174.255.700 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 84 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 9 ir para página                      

  1 / 84 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Costa Rica
Texto completo
Texto completo
Id: lil-795907
Autor: Vega Sarraulte, Gabriela; Cano Canessa, Diana.
Título: El problema médico legal de las dermatosis ocupacionales / The legal medical problem of occupational dermatoses
Fonte: Med. leg. Costa Rica;33(2):51-65, sep.-dic. 2016. tab.
Idioma: es.
Resumo: Resumen:La dermatosis profesional es aquella alteración dermatológica que se ve originada o empeorada por las condiciones de trabajo. Los estudios comparativos entre países se ven limitados por las diferencias existentes en la notificación de enfermedades profesionales, siendo muchas veces su incidencia subestimada a pesar de ser de gran impacto socioeconómico, pues éstas son una causa frecuente de incapacidad y/o discapacidad relacionada con el trabajo, pudiendo constituir un porcentaje importante de las indemnizaciones económicas en muchas naciones. Es difícil establecer la relación de causalidad entre las dermatosis y una profesión o actividad laboral específica sin disponer de parámetros objetivos, por lo que este artículo busca dar un amplio panorama de cómo abordar el problema médico legal de las dermatosis ocupacionales en las pericias diarias de un médico legista.

Abstract:The professional dermatosis is a dermatological alteration that is originated or worsened by conditions of work. The comparative studies among different countries are limited by the differences in the notification system of occupational diseases, in such a manner that is often underestimated even though they have a socioeconomic impact. In the case of the occupational dermatosis, in many countries they constitute an important percentage of the economic indemnifications, and also a frequent reason of disability related to the job itself. Being able to establish a relation of causality between the dermatosis and a profession or specific labor activity without having objective parameters is most of the time difficult, so that this article seeks to give a wide panorama of how to approach the medical legal problem of the occupational dermatosis in the daily expertise of a forensic doctor.
Descritores: Dermatite Irritante/diagnóstico
Dermatite Ocupacional/diagnóstico
-Medicina Legal
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: CR1.1 - BINASSS - Biblioteca Nacional de Salud y Seguridad Social


  2 / 84 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-980442
Autor: Konishi, Luciana; Alfredo, Camila Helaehil; Silva-Junior, João Silvestre.
Título: Verrugas em mãos de açougueiros de um supermercado da cidade de São Paulo / Hand warts among butchers in a supermarket in São Paulo
Fonte: Rev. bras. med. trab;16(4), dez-2018. ilus.
Idioma: en; pt.
Descritores: Papillomaviridae
Verrugas
Dermatite Ocupacional/epidemiologia
Contenção de Riscos Biológicos
Manipulação de Alimentos
-Brasil
Epidemiologia Descritiva
Estudos Transversais
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Estudos de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 84 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-980438
Autor: Miranda, Fernanda Moura D'Almeida; Purim, Kátia Sheylla Malta; Sarquis, Leila Maria Mansano; Shwetz, Ana Claudia Athanasio; Delatorre, Letícia Schlichting; Saalfeld, Rosangela Maria.
Título: Dermatoses ocupacionais registradas em sistema de notificação na região Sul do Brasil (2007 a 2016) / Occupational dermatoses registered in a notification system in the southern region of Brazil (2007 to 2016)
Fonte: Rev. bras. med. trab;16(4):442-450, dez-2018. tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: Introdução: As dermatoses ocupacionais são doenças de notificação compulsória no Brasil. Objetivo: Caracterizar a notificação das dermatoses ocupacionais no Sul do Brasil e descrever o perfil desses trabalhadores. Método: Descritivo, retrospectivo de 396 casos de dermatoses ocupacionais entre 2007-e 2016 no Sistema de Informação de Agravos de Notificação. Resultados: Em relação ao sexo, houve 3,6 casos a cada 10 mil trabalhadores/ano do sexo masculino e 2,2 casos a cada 10 mil trabalhadores/ano do sexo feminino. A faixa etária com maior incidência foi entre 50 e 64 anos, com 1,8 caso a cada 10 mil trabalhadores/ano. Destacaram-se os trabalhadores de manutenção e reparação, com 3,6 casos a cada 10 mil trabalhadores/ano. Em relação à raça/cor, houve predomínio de trabalhadores brancos (77%); já a escolaridade mais acometida foi entre trabalhadores com Ensino Fundamental incompleto (37,9%). O teste de contato foi realizado em apenas 11,4% dos casos. Conclusão: Torna-se necessário reforçar medidas para o uso de equipamentos de proteção individual, bem como aprimoramento das notificações e sensibilização dos profissionais de saúde para o registro correto nos sistemas oficiais

Background: Occupational dermatoses must be mandatorily reported in Brazil. Objective: To characterize the reporting of occupational dermatoses in the Brazilian South region, and describe the profile of the involved workers. Method: Retrospective and descriptive study of 396 cases of occupational dermatoses reported from 2007 through 2016 via the Information System for Notifiable Diseases. Results: 3.6 and 2.2 cases / 10,000 workers / year were of men and women, respectively. The highest incidence of occupational dermatoses corresponded to age range 50 to 64 years old, 1.8 cases / 10,000 workers / year, and to maintenance and repair workers, 3.6 cases / 10,000 workers / year. Most cases involved whites (77%) and workers not having completed elementary school (37.6%). Patch testing was only performed for 11.4% of cases. Conclusion: Reinforcing measures to promote the use of personal protective equipment is necessary, as well as to improve reporting and sensitize professionals to perform accurate reports in official systems.
Descritores: Saúde do Trabalhador
Dermatite Ocupacional/epidemiologia
-Brasil
Epidemiologia Descritiva
Estudos Retrospectivos
Sistemas de Informação em Saúde/instrumentação
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 84 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-876743
Autor: Lima, Cynthia Mafra Fonseca de; Hernandes y Hernandes, Giovanna; Navajas, Samia; Swarowsky, Gustavo; Kalil, Jorge; Galvão, Clóvis Eduardo Santos.
Título: Doença alérgica ocupacional: aspectos socioepidemiológicos em ambulatório especializado na cidade de São Paulo / Occupational allergic disease: socio-epidemiological aspects from a specialized outpatient clinic at the city of Sao Paulo
Fonte: Rev. bras. med. trab;15(4):297-302, out.-dez. 2017. graf.
Idioma: en; pt.
Resumo: Introdução: Doença ocupacional envolvendo o sistema imunológico é considerada doença alérgica ocupacional (DAO). Das doenças ocupacionais, 15% são alérgicas. As consequências sociais do diagnóstico de DAO são importantes para o trabalhador e empregador. Objetivos: Descrever características demográficas e clínicas dos pacientes estudados com DAO e seus desfechos sociais. Métodos: Estudo descritivo, retrospectivo dos prontuários de pacientes do ambulatório de alergia ocupacional de hospital universitário em São Paulo, com diagnóstico de DAO. Resultados: 72 pacientes apresentaram DAO, com idades entre 21 e 89 anos; 52% do sexo masculino. Antecedentes atópicos foram descritos em 35% dos pacientes. A maioria dos pacientes trabalhava nas áreas de indústria química (17%), limpeza (15%), construção civil (11%) e saúde (8%). Rinite ocupacional foi vista em 26% dos pacientes; asma relacionada ao trabalho, em 18%; asma e rinite, em 25%; dermatite de contato alérgica, em 13%. Sobre o desfecho social, 36 (50%) mantiveram-se em seus cargos, 19 (26%) mudaram de função, 7 (10%) mudaram de área, 7 (10%) foram afastados e 3 (4%) se aposentaram. Conclusões: Na casuística estudada, a DAO prevaleceu no sexo masculino, em faixa etária condizente com faixa trabalhadora; com maior número de casos de rinite ocupacional. Metade dos pacientes continuou exercendo a mesma função mesmo após o diagnóstico.

Background: Occupational diseases involving the immune system are considered as occupational allergic diseases (OAD); 15% of occupational diseases are allergic. The social consequences of OAD are significant for both workers and employers. Objectives: To describe demographic and clinical characteristics of patients with OAD and their social outcomes. Methods: Descriptive and retrospective study of the medical records of patients diagnosed with OAD and cared at the occupational allergy clinic of a university hospital in São Paulo, Brazil. Results: A total of 72 patients exhibited OAD, with age from 21 to 89 years old; 52% were male. Atopic antecedents were described for 35% of patients. Most patients worked in the chemical industry (17%), cleaning (15%), construction (11%) and health (8%). Occupational rhinitis was found in 26% of the patients, work-related asthma in 18%, asthma and rhinitis in 25%, and allergic contact dermatitis in 13%. In regard to the social outcomes, 36 (50%) remained in their job, 19 (26%) changed function, 7 (10%) changed work area, 7 (10%) were fired and 3 (4%) retired. Conclusions: In the present study, OAD prevailed in males and the economically active age; cases of occupational rhinitis were the most frequent. Half of the employees remained in the same function even after diagnosis.
Descritores: Dermatite Ocupacional/epidemiologia
Asma Ocupacional/imunologia
Asma Ocupacional/epidemiologia
-Brasil
Epidemiologia Descritiva
Estudos Retrospectivos
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 84 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-859420
Autor: Zani, Maria Laura Chacra; Lazzarini, Rosana; Silva-Junior, João Silvestre.
Título: Pés de imersão em água morna entre trabalhadores de lavagem de automóveis / Warm-water immersion feet among car wash workers
Fonte: Rev. bras. med. trab;15(3):217-221, jul.-set. 2017.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: O quadro clínico de pés de imersão em água morna (PIAM) está relacionado ao contato prolongado com água em temperaturas elevadas. Uma categoria profissional com possibilidade de exposição frequente à umidade é a dos prestadores de serviço de lavagem de automóveis (lava a jato). Não foram encontrados estudos científicos sobre doenças que acometam os trabalhadores dessa área. Objetivo: Avaliar a frequência de quadros de PIAM entre trabalhadores de um lava a jato. Métodos: O estudo foi realizado em um lava a jato na cidade de Jundiaí (SP), em 2013. Um grupo de 30 trabalhadores foi submetido a anamnese e exame físico dermatológico. Foram realizados testes estatísticos para avaliar associação entre quadros de PIAM e variáveis independentes. Resultados: Todos os participantes eram do sexo masculino, com idade média de 23 anos, e a maioria (60%) trabalhava na empresa há mais de um ano. Sessenta por cento dos participantes apresentaram lesões compatíveis com PIAM. A faixa etária e o tempo de trabalho estiveram associados ao quadro. Havia exposição frequente e permanente à umidade durante o trabalho, sem uso de vestuário impermeável. Conclusão: A maioria dos trabalhadores que fizeram parte da pesquisa tinha diagnóstico de PIAM; os com idade superior a 30 anos e que trabalhavam há menos de 1 ano na função tiveram maior probabilidade de apresentar o quadro clínico por exposição ocupacional à umidade.

Introduction: The diagnosis of warm-water immersion foot (WWIF) is related to prolonged contact with water at high temperatures. Car wash workers are exposed to humidity, but there are not studies about diseases that affect workers in this area. Objective: To evaluate the frequency of WWIF among car wash workers and associated factors. Methods: The study was carried out in a car wash service in the city of Jundiaí, in the state of São Paulo, Brazil, in 2013. A group of 30 workers was submitted to an interview and skin medical examination. Statistical tests were performed to evaluate the association between WWIF and independent variables. Results: All participants were males, average 23 years old, and the majority (60%) have worked in the company for over a year. Sixty percent of the participants presented injuries similar to WWIF. Age and working time were associated with the outcome. There was frequent and permanent exposure to humidity in the working hours, without the use of impermeable clothes. Conclusion: Most of the participants had diagnosis of WWIF; those over 30 years old and who had been working less than 1 year were more likely to have the diagnosis due to occupational exposure to humidity.
Descritores: Exposição Ocupacional
Dermatite Ocupacional
Pé de Imersão
-Prevalência
Umidade
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 84 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-827291
Autor: Haeffner, Rafael; Heck, Rita Maria; Jardim, Vanda Maria da Rosa.
Título: Prevalência de agravos de pele e fatores associados em trabalhadores de uma empresa agropecuária do sul do Brasil / Prevalence of skin disease and associated factors in workers of an agricultural company in Southern Brazil
Fonte: Rev. bras. med. trab;14(3):214-221, set.-dez. 2016.
Idioma: pt.
Resumo: Contexto: Apesar da proteção conferida à saúde pela pele e anexos, há fatores que podem atingir esse órgão, provocando nele importantes agravos. Entre tais fatores estão os ocupacionais. Objetivo: Descrever a prevalência e analisar os fatores associados com problemas de pele, em geral autorrelatados, causados pelo trabalho. Métodos: O presente estudo, de corte transversal, entrevistou trabalhadores de uma empresa agropecuária do sul do Brasil. O instrumento da pesquisa foi um questionário semiestruturado com questões abertas e fechadas, aplicado por meio de entrevistas. Resultados: Dos 326 trabalhadores da empresa, foram entrevistados 273 (83,8%), e foi encontrada uma prevalência de agravos de pele de 15,2%. Houve maior ocorrência de problemas de pele em homens (16,8%), faixa etária dos 41 aos 50 anos (20,3%), associados com exposições ocupacionais, especialmente a poeiras. Conclusão: Conclui­se que é importante o gerenciamento dos riscos ambientais, uma vez que podem estar associados ao surgimento de problemas de pele relacionados ao trabalho.

Context: Despite the health protection provided by the skin and appendages, there are factors that can affect this organ, causing major skin injuries. Among such factors are the occupational ones. Objective: To describe the prevalence and to analyze the factors associated with generally self-reported skin problems caused by work. Methods: This cross-sectional study interviewed workers from an agricultural company in Southern Brazil. The research instrument was a semi-structured questionnaire containing opened and closed questions. Results: Out of the 326 employees in the company, 273 (83.8%) were interviewed. A prevalence of skin disorders of 15.2% was found. There was a greater occurrence of skin problems in men (16.8%), who were aged between 41 and 50 years (20.3%). These problems were associated with occupational exposures, especially to dust. Conclusion: It can be concluded that environmental risk management is important, as it may be associated with the occurrence of work-related skin problems.
Descritores: Exposição Ocupacional/prevenção & controle
Saúde do Trabalhador
Dermatite Ocupacional/epidemiologia
Produção Agrícola
-Brasil/epidemiologia
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 84 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-779363
Autor: Ferreira, Milena Araújo; Martins, Daiane.
Título: Ocorrência de espécies fúngicas isoladas a partir de mãos e unhas de trabalhadores / Occurrence fungal species isolated from hands and nails of workers
Fonte: Rev. bras. med. trab;14(1), jan.-abr. 2016. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Contexto: A infecção fúngica que acomete as mãos, além de funcionar como porta de entrada para infecções, também pode causar dor, desconforto, limitação física e ocupacional. As pesquisas de microrganismos nas mãos de trabalhadores e as recomendações relacionadas à higiene adequada das mãos valorizam mais o risco de contaminação de alimentos e objetos e a transmissão de infecções a terceiros, desconsiderando muitas vezes a importância de manter a saúde das mãos dos profissionais. É importante conhecer a legislação e as orientações pertinentes que regulamentam as atividades profissionais e os aspectos relacionados ao desempenho profissional para promover medidas de proteção e prevenção de agravos à saúde do trabalhador e no estabelecimento de nexo que possa existir com dermatose ocupacional. Objetivo: Pesquisar sobre estudos de espécies fúngicas isoladas a partir das mãos de manipuladores de alimentos e profissionais da área de saúde, comparar com espécies isoladas em outras populações, destacar as dermatoses cutâneas por agentes biológicos e mais especificamente por fungos dermatófitos e Candida, abordar aspectos relacionados à segurança, saúde e medicina do trabalho. Métodos: Revisão de literatura de artigos publicados nos bancos de dados da CAPES, sítio da biblioteca virtual em saúde, SciELO e pesquisas em livros específicos. Conclusões: Evidenciou-se diferenças na detecção de fungos nas mãos de trabalhadores, em manipuladores de alimentos os percentuais variaram de 26,3 a 63,4% e em profissionais de saúde a variação foi desde 6,7 até 93%; predominaram espécies de Candida. Observou-se, em outras populações, menor percentual de positividade dos exames laboratoriais e predomínio de dermatófitos.

Context: The fungal infection that affects the hands, in addition to functioning as a gateway for infection, can also cause pain, discomfort, physical and occupational limitations. Research of microorganisms in the hands of workers and recommendations related to proper hand hygiene value the risk of contamination of food and objects and transmission to third parties infections, often disregarding the importance of maintaining the health of the hands of professionals. It is important to know the relevant legislation and guidelines governing their professional activities and aspects related to the performance to promote protection and prevention of harm to workers? health and the nexus of business that might exist with occupational dermatosis. Objective: To analyse studies of fungal species isolated from the hands of food handlers and health professionals, to compare them to species from other populations, highlighting the skin dermatoses by biological agents and more specifically by dermatophytes and Candida, and to address aspects related to safety, health and occupational medicine. Methods: Literature review of articles published in the CAPES, Biblioteca Virtual em Saúde website, and SciELO databases and also from specific books. Conclusions: Differences were identified in the detection of fungi in the hands of workers; in the food handlers the percentage ranged from 26.3 to 63.4%; and in health professionals the range was from 6.7% to 93%, with a prevalence of Candida species. It was observed, in other populations, lower percentage of positive laboratory tests and prevalence of dermatophytes.
Descritores: Contaminação/prevenção & controle
Saúde do Trabalhador/normas
Onicomicose/induzido quimicamente
Dermatite Ocupacional
Dermatoses da Mão
-Higiene das Mãos
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 84 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-775895
Autor: Kaddourah, Samar Mohamed El Harati; Costa, Fernando Augusto Alves da; Fábrega, Julianna Ferreira; Rabello, Larissa Vazquez de Araújo.
Título: Relação entre a ocorrência de dermatite de contato irritativa e o uso dos equipamentos de proteção individual / Relationship between the occurrence of irritant contact dermatitis and the use of personal protective equipment
Fonte: Rev. bras. med. trab;13(2), abr.-jun. 2015. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Contexto: Estudos epidemiológicos em Dermatite Ocupacional e uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) no Brasil são raros porque não há notificação obrigatória dessa doença. Estima-se que existam casos de subdiagnóstico, pois muitos trabalhadores não procuram o serviço de saúde temendo a perda do emprego e, além disso, o mau uso de EPIs decorrente de dermatite pode expor o trabalhador à fatores agressores presentes em sua atividade profissional. Objetivos: Verificar a relação entre a ocorrência da dermatite de contato irritativa e o uso dos EPIs, identificando fatores de risco e medidas adotadas. Métodos: Foram selecionados 100 trabalhadores, no período de julho a dezembro de 2013, que utilizam diariamente EPIs para suas atividades profissionais e que foram encaminhados ao ambulatório da empresa INMETRA. Todos foram convidados a preencher um questionário sobre lesões de pele e EPIs. Resultados: De acordo com os dados obtidos, nota-se que a incidência de dermatites é 27%, a doença atinge principalmente mulheres (p<0,001), acomete principalmente mãos (96,3%) e não se correlaciona ao compartilhamento de EPIs entre colegas, mas sim ao uso prolongado na jornada de trabalho (p<0,002) e uso por mais de 1 dia (p<0,044). Conclusões: Este estudo nos fez refletir sobre a importância da propagação do conhecimento sobre a dermatite de contato irritativa (DCI) junto aos trabalhadores, quanto a orientação correta sobre o diagnóstico e medidas a serem tomadas para o tratamento e ainda a avaliação de um EPI adequado para as pessoas acometidas pela doença.

Context: Epidemiological studies in Occupational Dermatitis and use of Personal Protective Equipment (PPE) in Brazil are rare because there is no mandatory reporting of this disease. There are some cases of underdiagnosis because many workers do not seek health services fearing to lose their jobs and, moreover, the misuse of PPE due to dermatitis may expose the employee to the aggressive factors present in their professional activity is estimated. Objectives: To investigate the relationship between the occurrence of irritant contact dermatitis and use of PPE, identifying all the risk factors and measures adopted. Methods: There were selected 100 workers in the period from July to December 2013 using PPE for their daily professional activities, that were referred to the outpatient clinic of the company INMETRA. All of them were asked to complete a questionnaire about skin lesions and PPE. Results: According to the data obtained, we noted that the incidence of dermatitis is 27%, mainly affects women (p<0.001), mainly affects the hands (96.3%) and does not correlate to the IPE sharing between colleagues, but the prolonged use of working hours (p<0.002) and the use for more than 1 day (p<0.044). Conclusions: This study made us reflect on the importance of spreading knowledge about the DCI with the workers, as the correct guidance on the diagnosis and measures to be taken for treatment and further evaluation of PPE suitable for people affected by disease.
Descritores: Equipamentos de Proteção
Saúde do Trabalhador
Dermatite Irritante
Dermatite Ocupacional
Dermatite de Contato/prevenção & controle
-Fatores de Risco
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 84 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-835345
Autor: Artus, Gabriela; Bonamigo, Renan Rangel; Cappelletti, Taciana.
Título: Dermatite de contato alérgica: prevalência dos agentes sensibilizantes em amostra de Porto Alegre, Brasil / Allergic contact dermatitis: prevalence of sensitizing agents in a sample of Porto Alegre, Brazil
Fonte: Rev. AMRIGS;55(2):155-159, abr.-jun. 2011. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: A Dermatite de Contato Alérgica (DCA) é uma dermatose frequente, tendo grande impacto individual e coletivo na sociedade. Os testes de contato confirmam o diagnóstico e determinam o agente responsável, sendo o método mais eficiente para este fim. Esse estudo objetiva identificar os agentes sensibilizantes mais comuns em pacientes com dermatite alérgica de contato e estudar as características de uma amostra sul-rio-grandense. Métodos: Realizou-se um estudo transversal, com uma população de pacientes avaliados no Serviço de Dermatologia da UFCSPA, entre novembro de 2007 e outubro de 2010, com hipótese diagnóstica de dermatite alérgica de contato, que foram submetidos a testes de contato. Resultados: Incluídos 133 pacientes, com idade média de 42 ± 15, sendo 69,2% do sexo feminino. A atividade ocupacional mais referida foi relacionada à área da limpeza (33,8%). As localizações mais freqüentes da dermatite foram as regiões da cabeça e pescoço (48,9%) e as mãos (45,1%). Os sensibilizantes mais prevalentes foram o sulfato de níquel (33,8%), o thimerosal (18,8%), a parafenilenodiamina (16,5%) e a neomicina (14,3%). Os testes foram considerados relevantes em 75,6% dos testes positivos. Conclusões: Os achados deste estudo coincidiram com os resultados de outros estudos brasileiros, utilizando a bateria padrão de testes de contato, os quais verificaram como principais sensibilizantes agentes encontrados em objetos e utensílios do cotidiano pessoal e ocupacional (metais, tinturas, medicamentos, borracha), com predomínio no sexo feminino. Concluimos também que o teste de contato é uma ferramenta muito útil para diagnóstico e manejo de pacientes com dermatite de contato.

Introduction: Allergic Contact Dermatitis (ACD) is a common skin disorder, with great individual and collective impact on society. Contact tests confirm the diagnosis and determine the causative agent, being the most efficient method for this purpose. This study aims to identify the most common sensitizing agents in patients with allergic contact dermatitis and study the characteristics of a sample from Rio Grande do Sul. Methods: A cross-sectional study with a population of patients evaluated at the Dermatology Service of UFCSPA from Nov 2007 to Oct 2010 with the diagnostic hypothesis of allergic contact dermatitis, who were submitted to a contact test. Results: The study comprised 133 patients, mean age 42 ± 15, 69.2% females. The most often reported occupational activity was related to cleaning jobs (33.8%). The most frequent sites of dermatitis were the head and neck (48.9%) and hands (45.1%). The most prevalent sensitizers were nickel sulfate (33.8%), thimerosal (18.8%), para-phenylenediamine (16.5%), and neomycin (14.3%). The tests were considered relevant in 75.6% of the positive tests. Conclusions: Our findings are in agreement with those of other studies in Brazil, using the standard battery of contact tests, which found the main sensitizing agents present in everyday personal and occupational objects and utensils (metals, dyes, pharmaceuticals, rubber), with predominance in females. We also concluded that the contact test is a very useful tool for diagnosis and management of patients with contact dermatitis.
Descritores: Dermatite Alérgica de Contato
Dermatite Ocupacional
-Testes Cutâneos
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR18.1 - Biblioteca FAMED/HCPA


  10 / 84 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-797166
Autor: Gonsales, Fernanda Fidelis; Guerra, Juliana Mariotti; Wasques, Danilo Gouveia; Réssio, Rodrigo Albegaria; Brandão, Paulo Eduardo; Buitrago, Laura Yaneth Villarreal; Fernandes, Natália Coelho Couto de Azevedo.
Título: Esporotricose em cão Yorkshire Terrier na cidade de São Paulo, SP – Brasil: relato de caso / Sporotrichosis in Yorkshire Terrier dog in the city of São Paulo, SP – Brazil: case report
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;74(4):453-457, out.-dez.2015. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: A esporotricose é uma micose subcutânea de implantação causada pelo fungo dimórfico Sporothrix spp. que acomete seres humanos e animais, sendo rara em cães e com baixo potencial zoonótico. O presente relato refere-se a um cão da raça Yorkshire Terrier, fêmea, com um ano de idade, sem histórico de contato com felinos, que apresentou lesão cutânea em membro torácico direito, resistente ao tratamento com antibiótico. A amostra obtida da biópsia excisional da lesão foi enviada para realização de exame histopatológico (H&E, PAS e Grocott) e análise imuno-histoquímica para a investigação de dermatozoonoses. Os resultados confirmaram o diagnóstico de Sporothrix spp. O animal foi tratado com itraconazol (10 mg/kg/dia via oral durante 120 dias). Não foram observadas lesões após 11 meses do início do tratamento. Atualmente, a esporotricose não é considerada como doença de notificação compulsória. Entretanto, é importante conscientizar os profissionais veterinários quanto ao potencial zoonótico da doença, e quanto às características clínicas, que podem ser sutis e semelhantes à outras dermatopatias comuns...
Descritores: Dermatite Ocupacional
Imuno-Histoquímica
Esporotricose
Zoonoses
Limites: Animais
Cães
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação



página 1 de 9 ir para página                      
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde