Base de dados : LILACS
Pesquisa : C19.246.099 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 534 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 54 ir para página                         

  1 / 534 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1147099
Autor: Mejía García, Telmo(edt); Mamani Anccasi, Roxana(edt).
Título: Estrés oxidativo celular y diabetes por alimentos refinados tipo Snack? / Cellular oxidative stress and diabetes by refined Snack type foods?.
Fonte: Tacna; Hospital Hipólito Unanue de Tacna; Abr. 2018. 15-21 p. ilus. (Revista Médica Hospital Hipólito Unanue de Tacna, 11, 1).
Idioma: es.
Resumo: Describe los criterios de desbalance en la producción de especies reactivas del oxígeno y la defensa oxidante, que provoca un daño oxidativo conocido como estrés oxidativo, que lleva a una variedad de cambios fisiológicos y bioquímicos, los cuales permitirían el deterioro y muerte celular
Descritores: Estresse Fisiológico
Glicemia
Estresse Oxidativo
Complicações do Diabetes
Diabetes Mellitus
Alimentos em Conserva
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: PE18.1 - Biblioteca Central


  2 / 534 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Lotufo, Paulo Andrade
Texto completo
Id: biblio-974377
Autor: Rolim, Laurie Penha; Samelli, Alessandra Giannella; Moreira, Renata Rodrigues; Matas, Carla Gentile; Santos, Itamar de Souza; Bensenor, Isabela Martins; Lotufo, Paulo Andrade.
Título: Effects of diabetes mellitus and systemic arterial hypertension on elderly patients' hearing / Effects of diabetes mellitus and systemic arterial hypertension on elderly patients' hearing
Fonte: Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.);84(6):754-763, Nov.-Dec. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: FAPESP.
Resumo: Abstract Introduction: Chronic diseases can act as an accelerating factor in the auditory system degeneration. Studies on the association between presbycusis and diabetes mellitus and systemic arterial hypertension have shown controversial conclusions. Objective: To compare the initial audiometry (A1) with a subsequent audiometry (A2) performed after a 3 to 4-year interval in a population of elderly patients with diabetes mellitus and/or systemic arterial hypertension, to verify whether hearing loss in these groups is more accelerated when compared to controls without these clinical conditions. Methods: 100 elderly individuals participated in this study. For the auditory threshold assessment, a previous complete audiological evaluation (A1) and a new audiological evaluation (A2) performed 3-4 years after the first one was utilized. The participants were divided into four groups: 20 individuals in the diabetes mellitus group, 20 individuals in the systemic arterial hypertension group, 20 individuals in the diabetes mellitus/systemic arterial hypertension group and 40 individuals in the control group, matching them with each study group, according to age and gender. ANOVA and Kruskal-Wallis statistical tests were used, with a significance level set at 0.05. Results: When comparing the mean annual increase in the auditory thresholds of the A1 with the A2 assessment, considering each study group and its respective control, it can be observed that there was no statistically significant difference for any of the frequencies for the diabetes mellitus group; for the systemic arterial hypertension group, significant differences were observed after 4 kHz. For the diabetes mellitus and systemic arterial hypertension group, significant differences were observed at the frequencies of 500, 2 kHz, 3 kHz and 8 kHz. Conclusion: It was observed that the systemic arterial hypertension group showed the greatest decrease in auditory thresholds in the studied segment when compared to the other groups, suggesting that among the three studied conditions, hypertension seems to have the greatest influence on hearing.

Resumo: Introdução: Doenças crônicas podem atuar como fator de aceleração na degeneração do sistema auditivo. Os estudos sobre a associação da presbiacusia com o diabetes mellitus e com a hipertensão arterial sistêmica mostraram conclusões controversas. Objetivo: Comparar a audiometria inicial (A1) com uma audiometria sequencial (A2) feita com um intervalo de três a quatro anos em uma população de idosos portadores de diabetes mellitus e/ou hipertensão arterial sistêmica, a fim de saber se a perda de acuidade auditiva nesses grupos é mais acelerada comparados com controles sem essas condições clínicas. Método: Participaram deste estudo 100 idosos. Para a análise dos limiares auditivos, foram usadas: uma avaliação audiológica completa feita anteriormente (A1) e uma nova avaliação audiológica (A2) feita após três a quatro anos da primeira. Os participantes foram distribuídos em quatro grupos: 20 indivíduos no grupo com diabetes mellitus, 20 no grupo hipertensão arterial sistêmica, 20 no grupo diabetes mellitus/hipertensão arterial sistêmica e 40 indivíduos no grupo controle, foram pareados com cada grupo de estudo, de acordo com as características referentes a idade e sexo. Foram usados os testes estatísticos Anova e Kruskal-Wallis, com nível de significância de 0,05. Resultados: Na comparação da média de aumento anual dos limiares auditivos da avaliação A1 com a avaliação A2, considerando cada grupo estudo e seu respectivo controle, pode-se observar que para o grupo diabetes mellitus não houve diferença estatisticamente significante para qualquer das frequências; para o grupo hipertensão arterial sistêmica foram observadas diferenças significantes a partir de 4 kHz. Já para o grupo diabetes mellitus/hipertensão arterial sistêmica foram observadas diferenças significantes nas frequências de 500, 2k, 3k e 8 kHz. Conclusão: Verificou-se que o grupo hipertensão arterial sistêmica foi o que apresentou maior queda dos limiares auditivos no segmento estudado, quando comparado com os outros grupos, sugeriu que entre as três condições estudadas a hipertensão parece ser a que teve maior influência sobre a audição.
Descritores: Limiar Auditivo
Complicações do Diabetes/complicações
Diabetes Mellitus
Perda Auditiva/etiologia
Hipertensão/complicações
-Seguimentos
Estudos Longitudinais
Testes Auditivos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 534 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-1014277
Autor: Pinto K, Esteban; Vargas R, Cecilia; Gómez G, Patricia; Durruty A, Pilar; López S, Gloria.
Título: Diabetes mellitus asociada a pancreatitis autoinmune: caso clínico / Autoimmune pancreatitis associated with diabetes mellitus: report of one case
Fonte: Rev. méd. Chile;147(5):668-672, mayo 2019. tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: Autoimmune pancreatitis is uncommon, responds to steroids and is usually associated with diabetes mellitus. We report a 73 year-old male who, two months after a diagnosis of diabetes mellitus, presented with obstructive jaundice and weight loss. Abdominal magnetic resonance imaging was suggestive of an autoimmune pancreatitis and serum IgG4 was 339 mg/dl (normal range 3-201). The patient was treated with prednisone 40 mg/day with a good clinical and laboratory response. During outpatient care, the dose of prednisone was tapered.
Descritores: Prednisona/uso terapêutico
Complicações do Diabetes/complicações
Complicações do Diabetes/tratamento farmacológico
Diabetes Mellitus/tratamento farmacológico
Pancreatite Autoimune/complicações
Pancreatite Autoimune/tratamento farmacológico
Glucocorticoides/uso terapêutico
-Imunoglobulina G/sangue
Imagem por Ressonância Magnética
Resultado do Tratamento
Pancreatite Autoimune/diagnóstico por imagem
Hipoglicemiantes/uso terapêutico
Insulina/uso terapêutico
Limites: Humanos
Masculino
Idoso
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  4 / 534 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-897811
Autor: Pontes, João Paulo Jordão; Mendes, Florentino Fernandes; Vasconcelos, Mateus Meira; Batista, Nubia Rodrigues.
Título: Evaluation and perioperative management of patients with diabetes mellitus. A challenge for the anesthesiologist / Avaliação e manejo perioperatório de pacientes com diabetes melito. Um desafio para o anestesiologista
Fonte: Rev. bras. anestesiol;68(1):75-86, Jan.-Feb. 2018. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Diabetes mellitus (DM) is characterized by alteration in carbohydrate metabolism, leading to hyperglycemia and increased perioperative morbidity and mortality. It evolves with diverse and progressive physiological changes, and the anesthetic management requires attention regarding this disease interference in multiple organ systems and their respective complications. Patient's history, physical examination, and complementary exams are important in the preoperative management, particularly glycosylated hemoglobin (HbA1c), which has a strong predictive value for complications associated with diabetes. The goal of surgical planning is to reduce the fasting time and maintain the patient's routine. Patients with Type 1 DM must receive insulin (even during the preoperative fast) to meet the basal physiological demands and avoid ketoacidosis. Whereas patients with Type 2 DM treated with multiple injectable and/or oral drugs are susceptible to develop a hyperglycemic hyperosmolar state (HHS). Therefore, the management of hypoglycemic agents and different types of insulin is fundamental, as well as determining the surgical schedule and, consequently, the number of lost meals for dose adjustment and drug suspension. Current evidence suggests the safe target to maintain glycemic control in surgical patients, but does not conclude whether it should be obtained with either moderate or severe glycemic control.

Resumo O diabetes melito (DM) é caracterizado por alteração no metabolismo de carboidratos que leva à hiperglicemia e ao aumento da morbimortalidade perioperatória. Cursa com alterações fisiológicas diversas e progressivas e, para o manejo anestésico, deve-se atentar para a interferência dessa doença nos múltiplos sistemas orgânicos e suas respectivas complicações. Anamnese, exame físico e exames complementares são importantes no manejo pré-operatório, com destaque para a hemoglobina glicosilada (HbA1c), que tem forte valor preditivo para complicações associadas ao diabetes. O planejamento cirúrgico tem como objetivos a redução do tempo de jejum e a manutenção da rotina do paciente. Pacientes portadores de DM Tipo 1 precisam receber, mesmo em jejum perioperatório, insulina para suprir as demandas fisiológicas basais e evitar cetoacidose. Já os pacientes portadores de DM Tipo 2, tratados com múltiplos fármacos injetáveis e/ou orais, são suscetíveis ao desenvolvimento de um estado hiperosmolar hiperglicêmico (EHH). Assim, o manejo dos hipoglicemiantes e dos diferentes tipos de insulina é fundamental, além da determinação do horário cirúrgico e, consequentemente, do número de refeições perdidas para adequação de doses ou suspensão dos medicamentos. As evidências atuais sugerem o alvo de manutenção da glicemia seguro para os pacientes cirúrgicos, sem concluir se deve ser obtido com controle glicêmico intensivo ou moderado.
Descritores: Cuidados Pré-Operatórios
Diabetes Mellitus/diagnóstico
Diabetes Mellitus/terapia
Anestesia
-Complicações do Diabetes
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 534 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1131820
Autor: Fanaroff, Rachel; Goldberg, Eric; Papadimitriou, John C; Twaddell, William S; Daly, Barry; Drachenberg, Cinthia B.
Título: Emphysematous gastritis due to Sarcina ventriculi infection in a diabetic liver-kidney transplant recipient
Fonte: Autops. Case Rep;10(2):e2020164, Apr.-June 2020. graf.
Idioma: en.
Resumo: Emphysematous gastritis (EG) is a rare and potentially lethal process caused by invasive, gas-producing bacteria leading to inflammation and gas dissection of the stomach. The most common etiologic agents are Clostridium infections, but other organisms, including enterobacteria, staphylococcus, and fungi have also been identified. We report the first case of EG due to Sarcina ventriculi in a solid organ transplant recipient, who presented with epigastric pain and vomiting. The patient had a history of type 1 diabetes mellitus (DM) with recurrent episodes of ketoacidosis and systemic diabetic complications, including severe gastroparesis. CT scan studies demonstrated EG with venous air, and endoscopy showed severe gastritis and ulcerations. In the gastric biopsies, abundant Sarcina ventriculi were noted in areas of mucosal/submucosal necrosis. Antibiotic treatment was instituted at admission, and subsequent endoscopy demonstrated the disappearance of Sarcina, with some improvement of the gastric inflammation; however, the patient developed septic shock with multiorgan failure and expired. This case highlights the need to consider other infectious etiologies in transplant patients, in addition to the well-known opportunistic infections.
Descritores: Complicações do Diabetes
Transplantados
Infecções/etiologia
-Autopsia
Infecções Oportunistas/etiologia
Colestase
Infecções por Clostridium
Falência Hepática
Evolução Fatal
Gastroparesia/complicações
Insuficiência Renal/complicações
Rejeição de Enxerto
Limites: Humanos
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Conferência Clínica
Responsável: BR26.7 - Serviço de Biblioteca e Documentação Científica


  6 / 534 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-995057
Autor: Lima, Sylvia Rannyelle Teixeira; Lima, João Kennedy Teixeira; Macedo, Indira Ravena Pereira Alves Fernandes; Peixoto, Jaíne Dantas; Ribeiro, Débora Laésia Sariava; Barbosa, Maria Mirelle Ferreira Leite; Aquino, Márcia Meyrilane de Alencar; Lima Júnior, Antonio Leonel de.
Título: Tropical pyomyositis: diabetes facilitating the onset of an uncommon disease / Piomiosite tropical: diabetes facilitando o aparecimento de uma doença incomum
Fonte: ABCS health sci;44(1):75-79, 02 maio 2019. tab.
Idioma: en.
Resumo: INTRODUCTION: Tropical pyomyositis is an infectious disease that affects skeletal muscle and may appear as a diffuse inflammation or a rapidly progressive myonecrotic process. The predisposition of this disease in diabetics is already mentioned in several studies. The pathogenesis is possibly related to changes in neutrophils and the reversal of the immune response pattern that occurs in situations such as parasitic diseases. Staphylococcus aureus is the most common microorganism, accounting for 90% of cases of tropical pyomyositis. The diagnosis is sometimes late because patients usually do not seek care by the first symptoms, and because it is a rare disease and physicians are not very familiar with it. CASE REPORT: A 42-year-old male patient with diabetes mellitus, hypothyroidism, anemia, thrombocytopenia, and hypoalbuminemia developed tropical pyomyositis with multiple muscle abscesses in quadriceps, soleus and anterior tibial, triceps and biceps brachialis and pronator round, requiring prolonged antibiotic therapy and surgical drainage. CONCLUSION: Pyomyositis is a little known disease and if not diagnosed early can be fatal.

INTRODUÇÃO: A piomiosite tropical é uma doença infecciosa que afeta o músculo esquelético, aparecendo como uma inflamação difusa ou um processo mionecrótico rapidamente progressivo. A predisposição desta enfermidade em diabéticos já é referida em vários estudos. A patogênese possivelmente está relacionada a alterações nos neutrófilos e na inversão do padrão de resposta imune que acontece em situações como parasitoses. Staphylococcus aureus é o microorganismo mais comum, representando 90% dos casos de piomiosite tropical. O diagnóstico pode ser tardio porque os pacientes geralmente não buscam cuidados com os primeiros sintomas e, por ser uma doença rara, pode surpreender um médico ainda não familiarizado com esta entidade clínica. RELATO DE CASO: Paciente do sexo masculino com 42 anos de idade com diabetes mellitus, hipotireoidismo, anemia, trombocitopenia e hipoalbuminemia que desenvolveu piomiosite tropical com múltiplos abscessos musculares em quadríceps, sóleo e tibial anterior, tríceps e bíceps braquial e pronador redondo, necessitando de antibioticoterapia prolongada e drenagem cirúrgica. CONCLUSÃO: A piomiosite não é uma doença bem conhecida e pode ser fatal se não for diagnosticada precocemente.
Descritores: Complicações do Diabetes/microbiologia
Piomiosite/microbiologia
-Infecções Estafilocócicas
Abscesso
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1342.1 - Biblioteca da Escola de Enfermagem BENF


  7 / 534 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-789020
Autor: Menezes, Marcela Machado; Lopes, Camila Takáo; Nogueira, Lilia de Souza.
Título: Impacto de intervenções educativas na redução das complicações diabéticas: revisão sistemática / Impacto de intervenciones educativas en la reducción de las complicaciones diabéticas: revisión sistemática / Impact of educational interventions in reducing diabetic complications: a systematic review
Fonte: Rev. bras. enferm;69(4):773-784, jul.-ago. 2016. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo: identificar na literatura evidências da efetividade e eficácia de intervenções educativas na redução de complicações metabólicas e/ou vasculares em adultos com diabetes mellitus. Método: revisão sistemática realizada nas bases de dados LILACS, IBECS, CUMED, CINAHL e Medline e na biblioteca on-line SciELO com estudos de 2004 a 2014. Resultados: incluídos 11 estudos (5 ensaios clínicos randomizados e 6 quase experimentais). Apenas pesquisas que analisaram complicações vasculares foram identificadas. Conclusão: dois ensaios clínicos mostraram eficácia na redução de complicações cardiovasculares, da catarata ou retinopatia e nefropatia e todos os estudos quase experimentais revelaram efetividade na redução das úlceras nos pés, da vasculopatia e da neuropatia periféricas e manutenção da função renal.

RESUMEN Objetivo: identificar en la literatura evidencias de la efectividad y eficacia de intervenciones educativas en la reducción de complicaciones metabólicas y/o vasculares en adultos con diabetes mellitus. Método: revisión sistemática realizada en las bases de datos LILACS, IBECS, CUMED, CINAHL y Medline, y en la biblioteca online SciELO, consultado estudios de entre 2004 y 2014. Resultados: fueron incluidos 11 estudios (5 ensayos clínicos randomizados y 6 cuasiexperimentales). Solamente fueron identificadas investigaciones que analizaron complicaciones vasculares. Conclusión: dos ensayos clínicos mostraron eficacia en la reducción de complicaciones vasculares, de la catarata o retinopatía y de la nefropatía; y todos los estudios cuasiexperimentales revelaron efectividad en la reducción de las úlceras de pie, la vasculopatía y la neuropatía periféricas, y en el mantenimiento de la función renal.

ABSTRACT Objective: To identify in the literature evidence of the effectiveness and efficacy of educational interventions in reducing metabolic and/or vascular complications in adults with diabetes mellitus. Method: A systematic review performed in LILACS, IBECS, CUMED, CINAHL and Medline databases and in the online library SciELO with studies published from 2004 to 2014. Results: Eleven studies were included (5 randomized clinical trials and 6 quasi-experimental). We only identified studies that analyzed vascular complications. Conclusion: Two clinical trials demonstrated efficacy in reducing cardiovascular complications, of cataract or retinopathy and nephropathy and all the quasi-experimental studies showed effectiveness in reducing feet ulcers, peripheral neuropathy and vasculopathy, and maintenance of kidney function.
Descritores: Educação de Pacientes como Assunto
Complicações do Diabetes/prevenção & controle
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Revisão Sistemática
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 534 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Brasil, Virginia Visconde
Texto completo
Id: biblio-843613
Autor: Moraes, Katarinne Lima; Brasil, Virginia Visconde; Oliveira, Gabriela Ferreira de; Cordeiro, Jacqueline Andréia Bernardes Leão; Silva, Antonio Márcio Teodoro Cordeiro; Boaventura, Rafaela Peres; Munari, Denize Bouttelet; Ribeiro Canhestro, Mônica.
Título: Letramento funcional em saúde e conhecimento de doentes renais em tratamento pré-dialítico / Alfabetización funcional en salud y el conocimiento de los pacientes renales en prediálisis / Functional health literacy and knowledge of renal patients on pre-dialytic treatment
Fonte: Rev. bras. enferm;70(1):155-162, jan.-fev. 2017. tab.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo: analisar o letramento funcional em saúde (LFS) e o conhecimento sobre doença renal crônica de 60 pacientes em tratamento pré-dialítico. Método: estudo transversal. O LFS foi mensurado pelo instrumento B-TOFHLA; e o conhecimento, por questionário. Foram realizados testes de correlação de Pearson e Qui-quadrado e modelos de regressões lineares. Resultados: todos entrevistados apresentaram LFS inadequado, e a maioria apresentou conhecimento insuficiente em relação à doença e ao tratamento. Menor escolaridade foi fator preditivo para piores escores de LFS. Conhecimento insuficiente foi relacionado à idade e ao comprometimento cognitivo. Conclusão: embora não tenha sido encontrada associação entre as variáveis preditivas, a limitada capacidade de obter e usar informações relacionadas à saúde e o conhecimento insuficiente em relação à própria doença e tratamento podem contribuir para piores desfechos de DRC. São necessárias estratégias de intervenções adequadas ao limitado LFS e maior conhecimento e habilidade dos profissionais para lidar com o assunto.

RESUMEN Objetivo: analizar la alfabetización funcional en salud (AFS) y el conocimiento sobre la enfermedad renal crónica de 60 pacientes en prediálisis. Método: estudio transversal. La AFS se midió mediante un instrumento llamado B-TOFHLA, y el conocimiento se midió con un cuestionario. Se realizaron pruebas de correlación de Pearson, el chi-cuadrado, y modelos de regresión lineal. Resultados: todos los encuestados tuvieron AFS inapropiado y la mayoría tuvo conocimiento insuficiente sobre la enfermedad y el tratamiento. Un menor nivel educativo fue factor predictor de peores puntuaciones de AFS. El conocimiento insuficiente se relaciona con la edad y el deterioro cognitivo. Conclusión: aunque no se ha encontrado ninguna asociación entre las variables predictoras, la limitada capacidad para obtener y utilizar información relacionada con la salud y la falta de conocimiento sobre la enfermedad y el tratamiento pueden contribuir a resultados peores de la enfermedad renal crónica (ERC). Se requieren estrategias de intervenciones adecuadas a la limitada AFS, y al mayor conocimiento y capacidad de los profesionales para tratar el asunto.

ABSTRACT Objective: to analyze the functional health literacy (FHL), i.e., understanding and knowledge about chronic renal disease of 60 patients in pre-dialytic treatment. Method: this is a cross-sectional study. FHL was measured by B-TOFHLA; and the knowledge, by questionnaire. Pearson correlation and Chi-square tests were carried out as well as linear regression models. Results: all respondents presented inadequate FHL, and most showed insufficient knowledge about the disease and treatment. Low schooling was a predictive factor for worst FHL scores. Insufficient knowledge was related to age and compromised cognition. Conclusion: although association between predictive variables has not been found, limited capability to obtain and use health-related information and insufficient knowledge about their own condition and treatment can contribute to worse outcomes for CKD. Appropriate intervention strategies are necessary to deal with limited FHL and also greater knowledge and ability of professionals to deal with the matter.
Descritores: Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
Conhecimento
Insuficiência Renal Crônica/psicologia
Letramento em Saúde/normas
-Fatores Socioeconômicos
Brasil
Distribuição de Qui-Quadrado
Estudos Transversais
Inquéritos e Questionários
Complicações do Diabetes
Insuficiência Renal Crônica/etiologia
Hipertensão/complicações
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 534 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Meirelles, Betina Horner Schlindwein
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-898246
Autor: Salci, Maria Aparecida; Meirelles, Betina Hörner Schlindwein; Silva, Denise Maria Vieira Guerreiro da.
Título: Prevention of chronic complications of diabetes mellitus according to complexity / Prevención de las complicaciones crónicas de la diabetes mellitus a la luz de la complejidad / Prevenção das complicações crônicas do diabetes mellitus à luz da complexidade
Fonte: Rev. bras. enferm;70(5):996-1003, Sep.-Oct. 2017.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: To assess the prevention by primary health care providers of chronic complications of diabetes mellitus according to the complex thinking theoretical approach. Method: Evaluative research based on the complex thinking theoretical approach. The following techniques for data collection were used: interviews with 38 participants; observation in collective and individual appointments; and analysis of medical records of people with diabetes. The triangulation applied for data analysis was the ATLAS.ti software. Results: The prevention and management of chronic complications of diabetes did not meet the requirements set forth by ministerial public policies aimed at this population. Systematic monitoring to prevention of chronic complications showed significant gaps. Final considerations: Primary health care did not consider preventive actions for diabetes mellitus complications. This context was marked by disjunctive, fragmented, and dissociated practices types of care targeted to the totality of the assisted people.

RESUMEN Objetivo: Evaluar la prevención de complicaciones crónicas en diabetes mellitus a la luz del referencial teórico del Pensamiento Complejo en actuantes de atención primaria de salud. Método: Investigación evaluativa con Pensamiento Complejo como referencial teórico. Datos recolectados mediante entrevista con 38 participantes; observación de atenciones colectivas e individuales; y análisis de 25 historias clínicas de personas con diabetes. La triangulación facilitó el análisis de datos, realizado con software ATLAS.ti. Resultados: La prevención y el manejo de las complicaciones crónicas de la diabetes no atendían lo establecido en las políticas públicas ministeriales dirigidas a tal público. El seguimiento sistematizado para control de prevención de complicaciones crónicas mostró importantes fallas. Consideraciones finales: La asistencia en atención primaria no contemplaba acciones de prevención de complicaciones de la diabetes mellitus. El contexto estaba cargado de prácticas disyuntivas, fragmentadas y disociadas de una atención que apunta a la totalidad de las personas atendidas.

RESUMO Objetivo: Avaliar a prevenção de complicações crônicas do diabetes mellitus a luz do referencial teórico do Pensamento Complexo por integrantes da atenção primária à saúde. Método: Pesquisa avaliativa, que teve como referencial teórico o Pensamento Complexo. Como técnicas de coleta de dados foram utilizadas: entrevista com 38 participantes; observação nos atendimentos coletivos e individuais;e análise em 25 prontuários de pessoas com diabetes. A triangulação subsidiou a análise de dados que teve auxílio do software ATLAS.ti. Resultados: A prevenção e o manejo das complicações crônicas do diabetes não atendiam ao estabelecido nas políticas públicas ministeriais destinadas a esse público. O acompanhamento sistematizado para controle da prevenção das complicações crônicas apresentou importantes lacunas. Considerações finais: A assistência na atenção primária não contemplava ações de prevenção de complicação do diabetes mellitus. Esse contexto era por marcado por práticas disjuntivas, fragmentadas e dissociadas de uma assistência que visa a totalidade das pessoas assistidas.
Descritores: Atenção Primária à Saúde/normas
Complicações do Diabetes/prevenção & controle
-Atenção Primária à Saúde/métodos
Fatores Socioeconômicos
Doença Crônica/reabilitação
Doença Crônica/terapia
Distribuição por Idade
Pesquisa Qualitativa
Diabetes Mellitus/terapia
Política de Saúde
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 534 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-898385
Autor: Rigonatto, Maria Célia Laranjeira; Magro, Marcia Cristina da Silva.
Título: Risk for acute kidney injury in primary health care / Riesgo de lesión renal aguda en la atención primaria de salu / Risco para lesão renal aguda na atenção primária à saúde
Fonte: Rev. bras. enferm;71(1):20-25, Jan.-Feb. 2018. tab, graf.
Idioma: en; pt.
Resumo: ABSTRACT Objective: To identify hypertensive and diabetic patients at risk for developing acute kidney injury in the primary health care setting. Method: Observational, longitudinal, prospective study. Sample of 56 diabetic and hypertensive individuals. A semi-structured questionnaire was adopted for data collection. For the description of results, were calculated dispersion measures and the Spearman test was used for statistical analysis. The result was considered significant when p <0.05. Results: Of the total sample, 23.2% of users evolved with renal impairment, of which 19.6% with risk for renal injury, and 3.6% with kidney injury itself. Age and body mass index were associated with worsening of renal function (p = 0.0001; p = 0.0003), respectively. Conclusion: A quarter of the health system users, hypertensive and diabetic, evolved with impaired renal function, more specifically to stages of risk for renal injury and kidney injury according to the RIFLE classification.

RESUMEN Objetivo: Identificar los pacientes hipertensos y diabéticos con riesgo para desarrollar lesión renal aguda en el escenario de la atención primaria de salud. Método: Estudio observacional, longitudinal y prospectivo. Casuística compuesta de 56 individuos diabéticos e hipertensos. Un cuestionario semiestructurado fue adoptado para la recolección de datos. Para la descripción de los resultados, se calcularon medidas de dispersión, y para el análisis estadístico se usó la prueba de Spearman. El resultado se consideró significativo cuando p < 0,05. Resultados: Del total de la muestra, el 23,2% de los usuarios evolucionaron con deterioro renal, siendo el 19,6% con riesgo para lesión renal y el 3,6% con lesión renal. La edad y el índice de masa corporal tuvieron asociación con el empeoramiento de la función renal (p = 0,0001; p = 0,0003), respectivamente. Conclusión: Se identificó que un cuarto de los usuarios del sistema de salud, hipertensos y diabéticos, evolucionaron con alteración de la función renal, más específicamente en las etapas de riesgo y de lesión renal según la clasificación RIFLE.

RESUMO Objetivo: Identificar pacientes hipertensos e diabéticos com risco para desenvolver lesão renal aguda no cenário da atenção primária à saúde. Método: Estudo observacional, longitudinal, prospectivo. Casuística composta de 56 indivíduos diabéticos e hipertensos. Adotou-se questionário semiestruturado para coleta de dados. Para descrição dos resultados foram calculadas medidas de dispersão e o teste de Spearman para análise estatística. O resultado foi considerado significativo quando p < 0,05. Resultados: Do total, 23,2% dos usuários evoluíram com comprometimento renal, sendo 19,6% com risco para lesão renal e 3,6% com lesão renal, propriamente dita. A idade e o índice de massa corporal mostraram associação com a piora da função renal (p=0,0001; p=0,0003), respectivamente. Conclusão: Identificou-se que um quarto dos usuários do sistema de saúde, hipertensos e diabéticos evoluíram com comprometimento da função renal, mais especificamente nos estágios de risco e de lesão renal segundo a classificação RIFLE.
Descritores: Atenção Primária à Saúde/métodos
Medição de Risco/métodos
Lesão Renal Aguda/fisiopatologia
-Brasil
Estudos Prospectivos
Fatores de Risco
Estudos Longitudinais
Complicações do Diabetes/fisiopatologia
Lesão Renal Aguda/etiologia
Lesão Renal Aguda/epidemiologia
Hipertensão/complicações
Hipertensão/fisiopatologia
Unidades de Terapia Intensiva/organização & administração
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 54 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde