Base de dados : LILACS
Pesquisa : C22.196 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 533 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 54 ir para página                         

  1 / 533 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Catto, Joäo Batista
Texto completo
Id: lil-698018
Autor: Catto, João Batista; Bianchin, Ivo; Feijó, Gelson Luis Dias; Araújo, Flábio Ribeiro; Ramos, Carlos Alberto do Nascimento; Castelão, Ana Beatriz Canevari.
Título: Weight gain and control of endo- and ectoparasites of beef heifers treated with allopathic, herbal and homeopathic drugs / Ganho de peso e controle de endo e ectoparasitas de novilhas de corte tratadas com medicamentos alopáticos, fitoterápicos e homeopáticos
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;22(4):502-510, Oct.-Dec. 2013. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: The aim of this study was to evaluate the efficacy of herbal, homeopathic and allopathic treatments for parasites in beef heifers during two experimental cycles of 318 and 313 days. Treatments: NC - negative control (untreated); HH - treated with homeopathic preparation Homeo bovis Parasitário®; PC - (positive control) - treated with 10% moxidectina® and an acaricide formulation of cypermethrin, chlorpyrifos and piperonyl butoxide®; HF ­ treated with homeopathic preparation Fator C&MC®; and FN - treated with neem cake (torta de neem®) and with neem oil (óleo de neem®). Parasite egg count (EPG), horn fly (Haematobia irritans) and tick (Rhipicephalus (Boophilus) microplus) assessment and animal weighting were performed at 28-day intervals. Blood samples were collected at the first cycle to assess the immune response. Horn fly infestation was not affected by any treatment (P>0.05). The mean number of ticks, which was low in both cycles, was lower (P<0.05) in the first cycle in animals that received PC treatment. In both experimental cycles, the mean EPG of the PC-treated animals was lower (P<0.05) than the animals receiving other treatments. Treatments had no effect on the immune response (P>0.05). The animals treated with allopathic drugs were 22 to 30 kg heavier (P<0.05) than untreated animals or animals treated with alternative drugs.

O objetivo do trabalho foi avaliar a eficácia de tratamentos fitoterápicos, homeopáticos e alopáticos contra ecto e endoparasitas na recria de novilhas, em dois ciclos experimentais subsequentes de 318 e 313 dias. Tratamentos: CN - controle negativo - não tratado; tratamento HH - tratado com homeopático Homeo bovis Parasitário®; tratamento CP ­ controle positivo ­ tratado com moxidectina 10%® e uma formulação acaricida contendo cypermetrina, clorpirifós e butóxido de piperonila®; tratamento HF - tratado com homeopático Fator C&MC® e tratamento FN - tratados com torta de neem® e com óleo de neem®. A contagem de ovos nas fezes (OPG), a infestação por Haematobia irritans, Rhipicephalus (Boophilus) microplus e pesagem dos animais foram realizadas em intervalos de 28 dias. No primeiro ciclo foi coletado sangue para avaliar a resposta imume. A infestação por mosca-dos-chifres não foi influenciada por nenhum dos tratamentos (P>0,05). Nos dois ciclos o número médio de carrapatos foi baixo e apenas no primeiro foi menor (P>0.05) no tratamento CP em relação aos demais. A média de OPG no tratamento CP foi mais baixa que nos demais tratamentos nos dois ciclos experimentais (P<0,05). Não houve efeito de tratamentos na resposta imune. Os animais do tratamento CP ganharam entre 22 a 30 kg de peso vivo a mais (P<0,05) que os não tratados ou tratados com medicamentos alternativos.
Descritores: Doenças dos Bovinos/tratamento farmacológico
Doenças dos Bovinos/parasitologia
Materia Medica/uso terapêutico
Doenças Parasitárias em Animais/tratamento farmacológico
Fitoterapia
Preparações de Plantas/uso terapêutico
Ganho de Peso
-Muscidae
Rhipicephalus
Terapias Complementares
Limites: Animais
Masculino
Bovinos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  2 / 533 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-698021
Autor: Brito, Daiana Lima; Dallago, Bruno Stéfano Lima; Louvandini, Helder; Santos, Viviane Rodrigues Verdolin dos; Torres, Sonia Emília Figueiredo de Araújo; Gomes, Edgard Franco; Amarante, Alessandro Francisco Talamini do; Melo, Cristiano Barros de; McManus, Concepta Margaret.
Título: Effect of alternate and simultaneous grazing on endoparasite infection in sheep and cattle / Efeitos do pastejo alternado e simultâneo sobre a infecção de endoparasitas em ovinos e bovinos
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;22(4):485-494, Oct.-Dec. 2013. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: This experiment was carried out on 8 ha of Panicum maximum cv. Tanzania pastures, with rotational grazing consisting of 7 days of occupation and 21 days of rest. Four treatments were evaluated: cattle grazing alone (BOV), sheep grazing alone (OVI), cattle and sheep grazing simultaneously (SIM) and cattle grazing followed by sheep (alternate - ALT). Twenty heifers and 30 male Santa Inês lambs were used. Fecal egg count (FEC) and fecal cultures were carried out. Blood was also collected to examine red and white cell series, total plasma protein (TPP), albumin and hemoglobin. FEC and estimated nematode pathogenicity index in sheep were lower in the SIM treatment. The Haemonchus spp. proportion was higher in isolated grazing systems. For sheep, mixed grazing was shown to reduce endoparasite infection, and SIM was better than ALT. For cattle, no difference between grazing systems was seen. Therefore, simultaneous grazing (sheep and cattle) may be a tool for reducing the need for anthelmintic treatments in sheep.

O experimento foi realizado em 8ha de pasto de Panicum maximum cv. Tanzania, com pastejo rotacionado de 7 dias de ocupação e 21 dias de descanso. Quatro tratamentos foram avaliados: bovinos pastejando isoladamente (BOV), ovinos pastejando isoladamente (OVI), bovinos e ovinos pastejando simultaneamente (SIM), e bovinos pastejando previamente aos ovinos (alternado - ALT). Vinte novilhas e 30 cordeiros Santa Inês foram utilizados. Contagem de ovos nas fezes (FEC) e coproculturas foram realizados. Sangue também foi colhido para examinar a série vermelha e branca, proteínas plasmáticas totais (TPP), albumina e hemoglobina. FEC e índice de patogenicidade estimada de nematoides nos ovinos foram menores no tratamento SIM. A proporção de Haemonchus spp. foi maior nos sistemas isolados de pastejo. Para os ovinos, os sistemas consorciados apresentaram redução na infecção endoparasitária, sendo SIM melhor que ALT. Para os bovinos, nenhuma diferença entre os sistemas de pastejo foi verificado. Entretanto, o pastejo simultâneo (ovinos e bovinos) pode ser uma ferramenta para reduzir a necessidade de tratamentos anti-helmínticos em ovinos.
Descritores: Contagem de Ovos de Parasitas/veterinária
Fezes/parasitologia
Haemonchus
Doenças dos Bovinos/parasitologia
Herbivoria
Doenças dos Ovinos/parasitologia
-Doenças dos Bovinos/epidemiologia
Ovinos
Doenças dos Ovinos/epidemiologia
Fatores de Tempo
Limites: Animais
Masculino
Bovinos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  3 / 533 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-698023
Autor: Cunha, Rodrigo Casquero; Andreotti, Renato; Garcia, Marcos Valerio; Aguirre, Andre de Abreu Rangel; Leitao, Alexandre.
Título: Calculation of the efficacy of vaccines against tick infestations on cattle / Calculo de eficacia de vacinas contra a infestacao de carrapatos nos bovinos
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;22(4):571-578, Oct.-Dec. 2013. tab.
Idioma: en.
Resumo: Cattle ticks are responsible for great economic losses in cattle farming worldwide, and their main control method, chemicals, has been showing problems, whether resulting from the development of resistant strains of ticks or environmental contamination. Research studies directed toward developing vaccines against ticks are emerging. One way to evaluate those vaccines is to calculate the percentage of efficacy. The aim of this study was to analyze scientific publications archived in PubMed that used this method of assessment and discuss the main factors that may affect its calculation. Thus, 25 articles addressing this subject were selected. The percentage of efficacy was usually calculated in one of two ways, with one considering the reduced fertility of eggs and the other not. The latter method may underestimate the vaccine efficacy, and the most complete formula for calculating the efficacy reflects how much the vaccine actually affects the infestation. In our view, the use of the complete formula for calculating the percentage of efficacy is broader and more representative of the vaccine effect on the tick population.

Carrapatos de bovinos são responsáveis por grandes perdas econômicas para a pecuária bovina mundial e seu principal método de controle, o químico, vem apresentando problemas, seja pelo desenvolvimento de amostras de carrapatos resistentes ou pela contaminação ambiental. Na tentativa de diminuir a utilização dos acaricidas, surgem pesquisas direcionadas ao desenvolvimento de vacinas contra carrapatos. Uma maneira de avaliar essas vacinas é pelo cálculo de percentagem de eficácia. O objetivo deste trabalho foi analisar as publicações científicas indexadas no PubMed que utilizaram este método de avaliação e discutir os principais fatores que podem interferir no seu cálculo. Dessa maneira, selecionaram-se 25 artigos que tratavam desse assunto. A percentagem de eficácia apareceu sendo calculada de duas formas, uma considerando a redução da fertilidade dos ovos e a outra não. Essa última pode subestimar a eficiência da vacina, e a fórmula de cálculo da eficácia mais completa representa o quanto da infestação a vacina realmente reduziu. Em nosso entendimento, a utilização da fórmula completa para o cálculo da percentagem de eficácia é mais abrangente e representativa do efeito da vacina na população de carrapatos.
Descritores: Doenças dos Bovinos/parasitologia
Doenças dos Bovinos/prevenção & controle
Infestações por Carrapato/veterinária
Vacinação/estatística & dados numéricos
Vacinas
-Infestações por Carrapato/prevenção & controle
Resultado do Tratamento
Limites: Animais
Bovinos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 533 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-698019
Autor: Almeida, Fabiana Alves de; Alari, Fernando de Oliveira; Seno, Maria Conceicao Zocoller; Lima, Marco Monteiro de; Nascimento, Sheila Tavares; Chiquitelli Neto, Marcos.
Título: Efficiency of partial treatment of cattle infested with horn fly using 40% diazinon / Eficiencia do tratamento parcial de bovinos infestados por mosca-dos-chifres utilizando diazinon 40%
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;22(4):554-558, Oct.-Dec. 2013. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: The aim of this investigation was to evaluate the efficiency of partial treatment of animals infested with horn flies. Forty-five Guzerat cows between 4 and 7 years of age were divided into three groups (15 cows per group). The treatments were as follows: in groups G33 and G100, 33.3 and 100% of the cows were treated with one insecticide-impregnated ear tag/animal (40% diazinon), respectively, while in the group GC, the cows were not treated (control). The flies on the cervico-dorsal-lumbar region of the cows, in all three groups, were counted every 14 days. The experiment lasted from September 2006 to September 2009. Over this period, six four-month ear tag treatments, with intervals of one to two months, were conducted on both treated groups. The animals of group G33 had a higher infection than those of group G100, and the number of flies ranged from 12 to 27 (group G33) and from 3 to 11 (group G100). However, groups G33 and G100 had lower infection levels than group GC, which presented from 45 to 87 flies. Partial treatment of cattle infested with horn flies using 40% diazinon insecticide is an efficient alternative for controlling this ectoparasite.

Com objetivo de avaliar a eficiência do tratamento parcial de animais infestados por mosca-dos-chifres, foram utilizadas 45 vacas da raça Guzerá, com idade entre 4 e 7 anos, divididas em três grupos de 15 animais. Os animais dos grupos G33 (33,3% tratados) e G100 (100% tratados) receberam um brinco inseticida/animal, com diazinon 40%, e os do grupo GC não receberam tratamento (controle). A cada 14 dias foram realizadas contagens das moscas sobre a região cervico-dorso-lombar das vacas dos três grupos. O estudo foi realizado de setembro de 2006 a setembro de 2009. Neste período, seis tratamentos com quatro meses cada, e com intervalo de um a dois meses, foram realizados nos animais dos grupos G33 e G100. Os animais do grupo G33 apresentaram maior infestação que os do grupo G100, o número de mosca variou de 12 a 27 no grupo G33 e de 3 a 11 no grupo G100. No entanto, os grupos G33 e G100 apresentaram menores infestações que as observadas nos animais do grupo GC, que apresentou de 45 a 87 moscas. O tratamento parcial de bovinos infestados por mosca-dos-chifres com a utilização de inseticida diazinon 40% é uma alternativa eficiente no controle deste ectoparasita.
Descritores: Doenças dos Bovinos/tratamento farmacológico
Diazinon/administração & dosagem
Ectoparasitoses/tratamento farmacológico
Ectoparasitoses/veterinária
Inseticidas/administração & dosagem
Muscidae
-Resultado do Tratamento
Limites: Animais
Bovinos
Feminino
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 533 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-679430
Autor: Paulan, Silvana de Cássia; Hernándes Gonzales, Rutilia Marisela; Peralta, Laura Adalid; Vicentini-Oliveira, Josy Campanhã; Biondi, Germano Francisco; Conde, Edda Sciuto; Parkhouse, Robert Michael Evans; Nunes, Cáris Maroni.
Título: Usefulness of serological ELISA assay for Taenia saginata to detect naturally infected bovines / Utilização de teste sorológico ELISA para a detecção de bovinos naturalmente infectados por Taenia saginata
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;22(2):270-275, Apr.-June 2013. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: CNPq; . FAPESP.
Resumo: Bovine cysticercosis, a cosmopolitan disease caused by Taenia saginata, leads to economic losses due to carcass devaluation at slaughter. Sanitary inspection at slaughterhouses, the routine diagnostic method in Brazil, lacks the necessary sensitivity to detect the mildly infected cattle that are typically encoutered in Brazil. In this study we have tested cattle sera from animals diagnosed as positive and negative by veterianry inspection for (1) anti-parasite antibodies using metacestodes antigens (T. solium vesicular fluid and T. saginata secretions) and (2) the HP10 secreted antigen of viable metacestodes. The cut-off values were calculated by ROC curve for intense and mild infections conditions, and by the classical method ( X + 2DP for negative samples). The sensitivity and specificity of these diagnostic tests were different depending on the assumed cut-off value and, importantly, whether the infection was mild or intense. In spite of these observations, however, such ELISA assays for serum antibodies and parasite antigens constitute an important tool for epidemiological porposes, and in establishing priorities for the control of bovine cysticercosis.

A cisticercose bovina, uma doença cosmopolita causada pela Taenia saginata, resulta em perdas econômicas devido á desvalorização de carcaças durante o abate. A inspeção sanitária nos frigoríficos, método de diagnóstico de rotina no Brasil, não possui sensibilidade necessária para detectar animais levemente infectados, os quais são tipicamente encontrados no Brasil. Neste estudo testou-se soro de animais diagnosticados positivos e negativos pela inspeção veterinária por (1) anticorpos anti-parasita usando antígenos de metacestóides (fluido vesicular de T. solium e secreções de T. saginata) e (2) antígeno secretado de metacestóides viáveis. Os pontos de corte foram calculados pela curva ROC, considerando condições de intensa e leve infeção, e pelo método clássicoo ( X + 2DP das amostras negativas).. A sensibilidade e a especificidade dos testes diagnósticos foram diferentes dependendo do valor de ponto de corte assumido e, sobretudo, se a infecção era intensa ou leve. Apesar destas observações, no entanto, tanto o ensaio ELISA para anticorpos séricos quanto para antígeno de parasita constituem importante ferramenta para propósitos epidemiológicos e no estabelecimento de prioridades no controle da cisticercose bovina.
Descritores: Cisticercose/epidemiologia
Antígenos de Helmintos/sangue
Doenças dos Bovinos/sangue
Doenças dos Bovinos/diagnóstico
Bovinos/sangue
Cisticercose/veterinária
Ensaio de Imunoadsorção Enzimática
Taenia saginata/imunologia
-Cisticercose/sangue
Cisticercose/diagnóstico
Testes Sorológicos
Limites: Animais
Bovinos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  6 / 533 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-679425
Autor: Grau, Hermann Eduardo Gonzalez; Cunha Filho, Nilton Azevedo da; Pappen, Felipe Geraldo; Farias, Nara Amélia da Rosa.
Título: Transplacental transmission of Anaplasma marginale in beef cattle chronically infected in southern Brazil / Transmissão transplacentária de Anaplasma marginale em bovinos de corte cronicamente infectados no sul do Brasil
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;22(2):189-193, Apr.-June 2013. tab.
Idioma: en.
Resumo: In this study, we have investigated the incidence of transplacental transmission of Anaplasma marginale in chronically infected cows with no history of acute anaplasmosis during gestation. In addition, we evaluated various techniques for detection of transplacental transmission of A. marginale. Blood samples were collected from 30 cows at three different periods: at the time of artificial insemination, at gestational diagnosis, and after calving. Also, blood was collected from the newborn calves, including one sample before colostrum intake, and another three days after birth. A. marginale-specific antibodies were detected in 100% of the cows with an indirect fluorescent antibody test (IFAT), and in 97% of them, using an indirect enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA). Also, we observed that all of the three-day-old newborn calves were seropositive by IFAT. According to polymerase chain reaction, 63.3% of the cows were carriers of A. marginale, as well as 6.7% of the newborn calves. This represented a transplacental transmission rate of 10.5%. Furthermore, a correlation of 93.3% was observed between the two serodiagnostic techniques, demonstrating that both ELISA and IFAT can be used in epidemiological surveys of A. marginale. These results confirm the occurrence of transplacental transmission of A. marginale in chronically infected cows and suggest the importance of this transmission route in areas of enzootic instability.

O objetivo do estudo foi avaliar a transmissão transplacentária de A. marginale em bovinos de corte cronicamente infectados utilizando diferentes testes de diagnóstico. Amostras de sangue foram colhidas de trinta matrizes durante o período de inseminação artificial, no diagnóstico de gestação e após o parto. Foi colhido sangue dos bezerros antes da ingestão do colostro e três dias após o nascimento. Anticorpos foram detectados em 100% das matrizes pela Reação de Imunofluorescência Indireta (RIFI) e 97% pelo Ensaio de Imunoadsorção Enzimático Indireto (ELISA). Aos três dias de idade 100% dos bezerros estavam soropositivos na RIFI. Conforme os resultados da PCR, 63.3% das matrizes e 6.7% dos bezerros eram portadores do agente, representando taxa de transmissão transplacentária de 10.5%. Correlação de 93.3% foi observada entre os resultados das técnicas sorológicas, demonstrando que tanto ELISA quanto RIFI podem ser utilizadas em levantamentos epidemiológicos do agente. Os resultados confirmaram a transmissão transplacentária do agente em vacas cronicamente infectadas. Isto demonstra a importãncia desta via de transmissão do A. marginale em áreas de instabilidade enzoótica.
Descritores: Anaplasma marginale
Anaplasmose/epidemiologia
Anaplasmose/transmissão
Doenças dos Bovinos/epidemiologia
Doenças dos Bovinos/transmissão
Transmissão Vertical de Doenças Infecciosas/estatística & dados numéricos
Transmissão Vertical de Doenças Infecciosas/veterinária
-Ensaio de Imunoadsorção Enzimática
Reação em Cadeia da Polimerase
Anaplasmose/diagnóstico
Brasil/epidemiologia
Doenças dos Bovinos/diagnóstico
Doença Crônica
Incidência
Limites: Animais
Feminino
Bovinos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  7 / 533 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-671622
Autor: Macedo, César Augusto Barbosa de; Macedo, Madlaine Frigo Silveira Barbosa de; Cardim, Sergio Tosi; Paiva, Milaine Cristiane Dantas Custódio; Taroda, Alessandra; Barros, Luiz Daniel; Cunha, Ivo Alexandre Leme da; Zulpo, Dauton Luiz; Garcia, João Luis.
Título: Neospora caninum: evaluation of vertical transmission in slaughtered dairy cows (Bos taurus) / Neospora caninum: avaliação da transmissão vertical em vacas leiteiras (Bos taurus)
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;22(1):13-17, Jan.-Mar. 2013. tab.
Idioma: en.
Resumo: Neospora caninum is a worldwide parasite recognized as one of the main parasites responsible for abortion in cattle. The objective of this study was to evaluate vertical transmission of N. caninum in dairy cows (Bos taurus) that were slaughtered at an abattoir in the state of Santa Catarina, southern Brazil. Blood samples (with and without EDTA) from 60 pregnant dairy cows and blood and tissue samples (brain, lung, heart and liver) from their fetuses were collected and used for PCR and serological evaluation. Blood samples from 60 non-pregnant cows were collected and used to detect antibodies. Anti-N. caninum antibodies were detected by indirect ELISA. Antibodies against N. caninum were observed in 41.6% (25∕60) of the pregnant cows and in 43.3% (26∕60) of the non-pregnant cows. Antibodies against the parasite were detected in sera from three fetuses (5.5%). PCR analysis revealed that 3.3% (2∕60) of the cows and 6.6% (4∕60) of the fetuses evaluated were positive for specific N. caninum primers. These positive fetuses were between 4-6 months of age. Therefore, considering PCR and serological tests to be indicative of vertical transmission in fetuses, 11.6% (7∕60) of the fetuses were infected by N. caninum during gestation.

Neospora caninum é um parasita de distribuição mundial reconhecido como um dentre os principais parasitas, responsável por abortamento em bovinos. O objetivo deste estudo foi avaliar a transmissão vertical de N. caninum em vacas leiteiras (Bos taurus) que foram submetidas ao abate em matadouro no Estado de Santa Catarina, sul do Brasil. Sangue (com e sem EDTA) de 60 vacas leiteiras prenhas e amostras de sangue e tecidos (cérebro, pulmão, coração e fígado) de seus fetos foram coletados e utilizados para PCR e avaliação sorológica. Amostras de sangue de 60 vacas não-gestantes foram obtidas e utilizadas para detecção de anticorpos. A detecção de anticorpos séricos anti-N. caninum foi avaliada pelo ELISA-teste indireto. Anticorpos anti-N. caninum foram observados em 41,6% (25∕60) das vacas prenhas e em 43,3% (26∕60) das vacas não-gestantes. Três fetos (5,5%) foram soros positivos para N. caninum. Análise pela PCR revelou que 3,3% (2∕60) das vacas e 6,6% (4∕60) dos fetos avaliados foram positivos paraN. caninum. As idades dos fetos positivos eram de 4 a 6 meses. Portanto, considerando a PCR e a sorologia como indicativo de transmissão vertical em fetos, 11,6% (7∕60) dos fetos foram infectados por N. caninum durante a gestação.
Descritores: Doenças dos Bovinos/parasitologia
Doenças dos Bovinos/transmissão
Coccidiose/veterinária
Transmissão Vertical de Doenças Infecciosas/veterinária
Neospora
-Reação em Cadeia da Polimerase
Anticorpos Antiprotozoários/sangue
Doenças dos Bovinos/sangue
Coccidiose/sangue
Coccidiose/transmissão
Indústria de Laticínios
Neospora/imunologia
Limites: Animais
Feminino
Bovinos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  8 / 533 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1138097
Autor: Silva, Ana Elisa Pereira; Freitas, Corina da Costa; Dutra, Luciano Vieira; Laboratório de Parasitologia Clínica VeterináriaMolento, Marcelo Beltrão.
Título: Correlation between climate data and land altitude for Fasciola hepatica infection in cattle in Santa Catarina, Brazil / Correlação entre clima e altitude para determinar a infecção de Fasciola hepatica em bovinos em Santa Catarina, Brasil
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;29(3):e008520, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Fascioliasis is a food-borne parasitic disease that affects a range of animals, including humans caused by Fasciola hepatica. The present study aimed to determine the spatial distribution of bovine fasciolosis and to assess the correlation between the high Positivity Index (PI) and climate data and land altitude, from 2004 to 2008 and 2010 in Santa Catarina (SC), Brazil. Condemned livers of slaughtered animals were obtained from 198 out of 293 municipalities and from 518.635 animals, exclusively from SC. There was a statistically significant difference (P < 0.001) between the prevalence of F. hepatica and land altitude ( ρ ^ s = -0.43). The highest PI (above 10.1%) was observed in cities at 500 to 600 m (P < 0.01; ρ ^ s = -0.47) of altitude. There was no correlation between fascioliasis and rainfall in SC. It was determined that weather conditions in the past decade did not impose any limitation to the occurrence of the parasite, making it a disease of permanent clinical importance. These findings are essential to regions with similar geographical and climate conditions (i.e. altitude), when considering long-term control measurements, where animals and humans can be infected.

Resumo A fasciolose é uma doença parasitária que afeta uma gama de animais, incluindo humanos, causada por Fasciola hepatica no Brasil. Este estudo teve o objetivo de determinar a distribuição espacial da fasciolose e conferir a correlação do alto índice de positividade (PI), com os dados de clima e altitude, entre 2004 a 2008 e 2010 em Santa Catarina (SC), Brasil. Foram obtidos fígados em frigoríficos de SC, de 518.635 animais de 198 municípios, de um total de 293. Houve diferença estatística significativa (P < 0,001) entre a prevalência de F. hepatica e a altitude ( ρ ^ s = -0,43). O maior PI (acima de 10,1%) foi observado em municípios de 500 a 600 m (P < 0,01; ρ ^ s = -0,47) de altitude. Não foi observada correlação entre fígados parasitados e pluviosidade em SC. Foi observado que os dados climáticos na ultima década não apresentaram limitação para a ocorrência do parasito, fazendo com que o desafio clinico da infecção tenha sido permanente. Os dados são importantes para locais com condições geográficas e climáticas semelhantes (ex. altitude), para considerar medidas de controle a longo prazo, nas quais animais e humanos poderão ser infectados.
Descritores: Doenças dos Bovinos/parasitologia
Doenças dos Bovinos/epidemiologia
Clima
Altitude
Fasciolíase/veterinária
-Brasil/epidemiologia
Bovinos
Fatores de Risco
Fasciola hepatica
Fasciolíase/parasitologia
Fasciolíase/epidemiologia
Limites: Humanos
Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 533 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1138102
Autor: Departamento de Patologia Clínica VeterináriaPanziera, Welden; Departamento de Patologia Clínica VeterináriaBianchi, Matheus Viezzer; Departamento de Patologia Clínica VeterináriaVielmo, Andréia; Departamento de Patologia Clínica VeterináriaBianchi, Ronaldo Michel; Departamento de Patologia Clínica VeterináriaPavarini, Saulo Petinatti; Departamento de Patologia Clínica VeterináriaSonne, Luciana; Laboratório de Protozoologia e Rickettsioses VetoriaisSoares, João Fábio; Departamento de Patologia Clínica VeterináriaDriemeier, David.
Título: Atypical parasitic lesions in slaughtered cattle in Southern Brazil / Lesões parasitárias atípicas em bovinos de abatedouro no Sul do Brasil
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;29(3):e001720, 2020. graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract In this study, we described the morphological features and unusual presentations of hydatidosis, fasciolosis, and eosinophilic myositis caused by Sarcocystis species diagnosed at the slaughterhouse lines. Twenty-seven samples of atypical parasitic lesions from distinct cattle were evaluated, of which 12 corresponded to hydatidosis, 11 to fasciolosis, and 4 to eosinophilic sarcocystosis. Hydatid cysts were observed mainly in the heart, with all cases involving the left ventricle. Fasciolosis lesions involved mainly the lungs, and were characterized by a focal nodular elevated area involving the edges of the lobes. Intralesional trematodes were observed in three cases. Sarcocystosis lesions were observed in four cases, and lesions were primarily located in the skeletal and cardiac muscles. Grossly, they presented as focal or focally extensive streaks, patches, or numerous nodules that were greenish to mildly yellowish. Histologically, all the cases had intralesional ruptured cysts of Sarcocystis that were associated with severe eosinophilic myositis and myocarditis. Parasitic lesions in atypical locations and/or with aberrant responses should be promptly identified because it may mistakenly diagnosed as other potentially zoonotic diseases, such as cysticercosis and tuberculosis.

Resumo No presente estudo, são descritas as características morfológicas e as apresentações incomuns das lesões parasitárias de hidatidose, fasciolose e miosite eosinofílica por Sarcocystis spp., diagnosticadas nas linhas de abate. Foram analisadas 27 amostras de diferentes bovinos, das quais 12 correspondiam a casos de hidatidose, 11 de fasciolose e 4 de sarcocistose eosinofílica. Os cistos hidáticos foram observados predominantemente no coração, todos com localização no ventrículo esquerdo. As lesões de fasciolose envolveram principalmente os pulmões e eram caracterizadas por áreas nodulares e elevadas nos bordos dos lobos pulmonares. Trematódeos intralesionais estavam presentes em três casos. Lesões de sarcocistose foram observadas em quatro casos, com localização nos músculos esquelético e cardíaco. Macroscopicamente, observaram-se listras, manchas ou numerosos nódulos de coloração esverdeada a discretamente amarelada. Histologicamente, todos os casos apresentaram cistos intralesionais de Sarcocystis spp. rompidos e degenerados, associados à acentuada miosite e miocardite eosinofílica. A identificação das lesões parasitárias em locais poucos frequentes é de extrema importância, pois podem constituir diagnósticos diferencias de enfermidades zoonóticas, como cisticercose e tuberculose.
Descritores: Doenças dos Bovinos/parasitologia
Doenças dos Bovinos/patologia
Helmintíase Animal/parasitologia
Helmintíase Animal/patologia
-Brasil
Bovinos
Matadouros
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 533 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1138138
Autor: Departamento de Patologia, Reprodução e Saúde ÚnicaMatos, Carlos António; Departamento de Patologia, Reprodução e Saúde ÚnicaSilva, Jenevaldo Barbosa da; Departamento de Patologia, Reprodução e Saúde ÚnicaGonçalves, Luiz Ricardo; Departamento de Patologia, Reprodução e Saúde ÚnicaMendes, Natalia Serra; Alvarez, Dasiel Obregón; Departamento de Patologia, Reprodução e Saúde ÚnicaAndré, Marcos Rogério; Departamento de Patologia, Reprodução e Saúde ÚnicaMachado, Rosangela Zacarias.
Título: Genetic diversity of Babesia bovis studied longitudinally under natural transmission conditions in calves in the state of Rio de Janeiro, Brazil / Diversidade genética de Babesia bovis estudada longitudinalmente em condições de transmissão natural entre bezerros no estado do Rio de Janeiro, Brasil
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;29(4):e021220, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: FAPESP; . CNPq.
Resumo: Abstract Serum and DNA samples from 15 naturally infected calves in Seropédica, Brazil, were obtained quarterly from birth to 12 months of age, in order to longitudinally evaluate their humoral immune response against Babesia bovis and the merozoite surface antigen diversity of B. bovis. Anti-B. bovis IgG antibodies were detected by an indirect fluorescent antibody test (IFAT) and enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA). Using DNA amplification, sequencing and phylogenetic analysis, the genetic diversity of B. bovis was assessed based on the genes that encode merozoite surface antigens (MSA-1, MSA-2b and MSA-2c). The serological results demonstrated that up to six months of age, all the calves developed active immunity against B. bovis. Among the 75 DNA samples evaluated, 0, 3 and 5 sequences of the msa-1, msa-2b and msa-2c genes were obtained, respectively. The present study demonstrated that the msa-2b and msa-2c gene sequences amplified from blood DNA of B. bovis-positive calves were genetically diversified. These data emphasize the importance of conducting deeper studies on the genetic diversity of B. bovis in Brazil, in order to design diagnostic antigens and vaccines in the future.

Resumo Para avaliar longitudinalmente a resposta imune humoral anti-B. bovis e a diversidade genética de antígenos de superfície de merozoítos de B. bovis, entre bezerros naturalmente infectados em Seropédica, Brasil, amostras de soro e DNA de 15 bezerros foram obtidas trimestralmente, desde o nascimento até 12 meses de idade. Anticorpos IgG para B. bovis foram detectados pelos testes de Imunofluorescência Indireta e Ensaio de Imunoadsorção Enzimático Indireto. Usando-se amplificação de DNA, sequenciamento e análises filogenéticas, a diversidade genética de B. bovis, com base nos genes que codificam antígenos de superfície de merozoítos (MSA-1, MSA-2b e MSA-2c) foi investigada. Os resultados da sorologia demonstraram que, até os seis meses de idade, todos os bezerros desenvolveram imunidade ativa contra B. bovis. Entre as 75 amostras de DNA avaliadas, foram obtidas 0, 3 e 5 sequências dos genes msa-1, msa-2b e msa-2c. O presente estudo demonstrou que sequências dos genes msa-2b e msa-2c amplificadas a partir de amostras de sangue positivas para B. bovis de bezerros de Seropédica, foram geneticamente distintas. O presente trabalho realça a importância de se realizar estudos aprofundados sobre a diversidade genética de B. bovis no Brasil, objetivando o desenvolvimento de antígenos para o diagnóstico e vacinas no futuro.
Descritores: Babesiose/parasitologia
Babesiose/transmissão
Doenças dos Bovinos/parasitologia
Doenças dos Bovinos/transmissão
Babesia bovis/genética
Babesia bovis/imunologia
-Filogenia
Variação Genética
Brasil
Bovinos
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 54 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde
WXIS|fatal error|unavoidable|recxref/read|