Base de dados : LILACS
Pesquisa : C23.300.287 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 302 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 31 ir para página                         

  1 / 302 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-889370
Autor: Falqueto, Loraine Entringer; Kaddoum, Marcos Lyra; Miranda, Marcio Maia Lamy de; Ramos, Henrique Faria.
Título: Acquired stenosis of external auditory canal secondary to paraneoplastic manifestation of renal cancer / Estenose adquirida do conduto auditivo externo secundária a manifestação paraneoplásica de neoplasia renal
Fonte: Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.);84(2):249-251, Mar.-Apr. 2018. graf.
Idioma: en.
Descritores: Síndromes Paraneoplásicas/etiologia
Carcinoma de Células Renais/complicações
Constrição Patológica/etiologia
Meato Acústico Externo/patologia
Neoplasias Renais/complicações
-Tomografia Computadorizada por Raios X
Constrição Patológica/diagnóstico por imagem
Meato Acústico Externo/diagnóstico por imagem
Limites: Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 302 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-897780
Autor: Oksar, Menekse; Koyuncu, Onur; Turhanoglu, Selim.
Título: Severe hypoxemia follows hypoxic pulmonary vasoconstriction and/or hypoxic pulmonary vasoconstriction inhibition by inhaled anesthetics: prognostic potential of 100% shunt fractions / Hipoxemia grave após vasoconstrição hipóxica pulmonar e/ou inibição da vasoconstrição hipóxica pulmonar por anestésicos inalatórios: potencial prognóstico de frações de shunt de 100%
Fonte: Rev. bras. anestesiol;67(6):664-664, Nov.-Dec. 2017.
Idioma: en.
Descritores: Anestésicos Inalatórios/efeitos adversos
Sevoflurano/efeitos adversos
Pulmão/irrigação sanguínea
Hipóxia/induzido quimicamente
-Prognóstico
Índice de Gravidade de Doença
Constrição Patológica/induzido quimicamente
Constrição Patológica/prevenção & controle
Hipóxia/prevenção & controle
Limites: Humanos
Masculino
Criança
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Carta
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 302 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1132635
Autor: Kim, Hong Chan; Jang, Chul Ho; Sung, Chung Man; Jung, Eun Kyung; Cho, Yong Beom.
Título: Congenital malleus bar without congenital aural stenosis or atresia / Fixação congênita do martelo na ausência de estenose ou atresia aural congênita
Fonte: Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.);86(5):662-664, Sept.-Oct. 2020. graf.
Idioma: en.
Descritores: Orelha
Martelo/cirurgia
Martelo/diagnóstico por imagem
-Constrição Patológica/diagnóstico por imagem
Meato Acústico Externo
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 302 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-437285
Autor: Arrigoni García, P; Rodriguez de Schiavi, M. S; Nastri, M; Gamba, L; Scrigni, A; Zúccaro, G.
Título: Craneoestenosis: Modalidad de atención postquirurgica en un area de cuidados intermedios / Craniostenosis: Postsurgical care in a moderate care unit
Fonte: Med. infant;12(4):281-284, dic. 2005. tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: La craneoestenosis es una anomalía congénita en la cual una o más suturas se fusionan prematuramente, generando una forma anormal del cráneo. Sin tratamiento, puede producir hipertensión endocraneana, pérdida visual, epilepsia y retraso madurativo además del compromiso estético. Su resolución es quirúrgica, en lo posible dentro de los primeros meses de vida. La recuperación posquirúrgica inmediata se realiza habitualmente en unidades de cuidados intensivos (UCI). El objetivo del presente estudio es analizar mediante una evaluación prospectiva y longitudinal la atención de pacientes operados de craneoestenosis en una unidad de cuidados intermedios y moderados (CIM). Se elaboró un protocolo de atención y se capacitó al personal médico y de enfermería. Criterios de inclusión: posquirúrgico de craneoestenosis simple, edad menor de 36 meses, cumplimiento de un período de estabilización hemodinámica en sala de recuperación anestésica. Criterios de exclusión: inestabilidad hemodinámica, y/o respiratoria, complicaciones intra quirurgicas, alto requerimiento transfusional intra quirúrgico, arritmias. Se analizaron los resultados mediante el programa Epi info 6.0. Cumplieron los criterios de inclusión 44 pacientes, mediana de edad 9 meses (rango 3 menos 36). Los diagnósticos más frecuentes fueron escafocefalia n=31p y plagiocefalia n=9p. El procedimiento quirúrgico más utilizado fue la sagitectomía n=27p. La complicación más frecuente fue anemia (98 por ciento de los pacientes). Otras complicaciones: colección hemática subgaleal (11.4 por ciento), dolor (9 por ciento), hipotermia y acidosis metábolica (9 por ciento). No hubo muertes ni infecciones del sistema nervioso central. La estadia media fue de 4 dias. Conclusiones: Mediante la modalidad implementada, los pacientes que cursan el posquirúrgico de craneoestenosis pueden ser atendidos en CIM, permitiendo la internación conjunta con los padres y optimizando la utilizacion de plazas de UCI
Descritores: Constrição Patológica
Crânio
Cuidados Críticos
Cuidados Pós-Operatórios
Suturas Cranianas
-Estudos Longitudinais
EVALUACION
Limites: Lactente
Pré-Escolar
Tipo de Publ: Relatório Técnico
Responsável: AR94.1 - Centro de Información Pediatrica


  5 / 302 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-512858
Autor: Sierre, S; Questa, H; Lipsich, J; Goldberg, A; Moguillansky, S.
Título: Tratamiento percutaneo de estenosis recurrente de la vena porta post transplante hepático en un paciente pediátrico, con angioplastía y colocación de stent / Percutaneous treatment with angioplasty and stent isertion of recurrent portal vein stenosis occurring after liver transplant in a child
Fonte: Med. infant;10(3):178-179, sept. 2003.
Idioma: es.
Descritores: Angioplastia
Constrição Patológica
Implantação de Prótese
Transplante de Fígado
Veia Porta
Limites: Criança
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: AR94.1 - Centro de Información Pediatrica


  6 / 302 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-832631
Autor: Saul, Carlos; Corrêa, Eduardo.
Título: A retenção da cápsula endoscópica e suas situações de risco: análise em 215 exames consecutivos e revisão das condutas de prevenção e tratamento / The retention of the endoscopic capsule and its risk situations: analysis in 215 consecutive exams and review of the prevention and treatment conduits
Fonte: GED gastroenterol. endosc. dig;35(4):137-144, out.-dez. 2016. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: lesões estenosantes do intestino delgado (ID), e suas neoplasias em especial, são patologias de difícil diagnóstico. A Cápsula Endoscópica (CE) representou notável avanço no reconhecimento das mesmas. Porém a retenção da CE nestas lesões estenosantes representa risco potencial que deve sempre ser evitado. Objetivo: efetuar uma revisão dos aspectos preventivos das situações em que a CE pode vir a ficar retida, das condutas terapêuticas quando a retenção ocorre e, principalmente, analisar, numa sequência de 215 exames com a CE, quais as situações que representaram risco de retenção e quais aquelas em que realmente houve a retenção. Casuística: 215 exames endoscópicos consecutivos do delgado com a cápsula foram objetos de análise. Material e Métodos: endoscopia digestiva alta (EDA) e colonoscopia (CO) foram os exames que todos os 215 pacientes efetuaram antes de se submeterem ao exame da CE. Diversas foram as indicações dos exames com a CE, mas 85% deles foram indicados por hemorragia digestiva de causa obscura (sangramento digestivo com EDA e CO negativas) ou anemia de causa a investigar. Nenhum paciente apresentava queixas ou sinais de suboclusão antes de efetuar o exame. A CE utilizada em todos os pacientes foi da marca GIVEN (Yokenan, Israel), modelos M2A e PillCam SB. Foi considerada retida a CE que, após três semanas da realização do exame, não havia sido eliminada, e exame radiológico comprovava sua presença no intestino delgado. Resultados: 141 lesões foram identificadas nestes 215 exames com a CE, sendo 112 delas no intestino delgado e 29 fora do delgado. Em 26,6% (37 casos) dos 112 casos com lesões no delgado, havia alterações que promoviam algum grau de estreitamento da luz do delgado, a saber: 10 casos de neoplasia maligna (3 linfomas, 2 adenocarcinomas, 2 casos de metástases de melanoma, 2 casos de tumor carcinoide e 1 tumor estromal ­ GIST), 8 casos de Doença de Crohn, 4 casos de úlcera/estenose por uso de AINES, 1 caso de enterite actínica e 14 casos de pólipos do delgado de diâmetro suficiente para promover algum grau de estreitamento luminar. Nestes 38 casos, em 5 deles (13,4%) a CE ficou retida: 2 casos de Doença de Crohn, 2 casos de estenose e úlcera por uso de AINES e 1 caso de enterite actínica. Conclusões: estreitamento do lúmen do intestino delgado pode ter diversas causas, algumas reversíveis outras não, algumas progressivas, outras estáveis, e muitas delas, dependendo de sua causa e de seu grau, podem promover a retenção da CE. As causas de retenção observadas nesta casuística vão ao encontro com as principais causas de retenção apresentadas na literatura e destaca-se o fato de que, dos 10 casos de neoplasia, em nenhum deles a CE ficou retida.

Introduction: stenosing Injury of small intestine (ID), and their tumors in particular, are difficult to diagnose diseases. Endoscopic capsule (EC) represented notable advance in the recognition of same. However the EC in these stenosing lesions represents a potential risk that should always be avoided. Objective: to carry out a review of the preventive aspects of the situations where the EC could be retained, the therapeutical when retention occurs, and, mainly, to analyze, in a sequence of 215 cases with the EC, which the situations that represented retention risk and what those in which really happened to retention. Series: endoscopic examinations of 215 consecutive exams with the capsule were objects of analysis. Material and methods: upper gastrointestinal Endoscopy (UGE) and colonoscopy (CO) were the tests that all 215 patients effected before undergoing the examination. Several were the indications of the exam with the EC, but 85% of them were nominated by obscure cause gastrointestinal bleeding (digestive bleeding with UGE and CO negative) or to investigate cause anemia. No patient presented complaints or sub-oclusion signs before the exam. The EC used in all patients was of the mark GIVEN (Yokenan, Israel), M2A models and PillCam SB .Was considered retained the EC that, after three weeks of the completion of the examination, had not been eliminated, and radiological examination proved their presence in the small intestine. Results: 141 lesions were identified in these exams with 215 EC, 112 of them in the small intestine and 29 out of small intestine. In 26.6% (37 cases) of 112 cases with injuries in small intestine, there were changes that were promoting some degree of narrowing of the light of small intestine, namely: 10 cases of malignant neoplasm (3 adenocarcinomas , 2 lymphomas, 2 cases of metastasis of melanoma, 2 cases of carcinoid tumor and 1 stromal tumor-GIST), 8 cases of Crohn's disease, 4 cases of ulcer/stenosis by use of NSAIDS, 1 case of Actinic enteritis and 14 cases of polyps of small intestine of a suitable diameter to promote some degree of narrowing luminary. In these 38 cases, in 5 of them (13.4%) the EC was retained: 2 cases of Crohn's disease, 2 cases of stenosis and ulcers by use of NSAIDS and 1 case of Actinic enteritis. Conclusions: Narrowing of the lumen of the small intestine can have several causes, some not, some other reversible progressive other stable, and many of them, depending on their cause and their degree, can promote EC retention. The causes of observed retention in this series meet with the main causes of retention presented in the literature and highlights the fact that the 10 cases of neoplasia, in none of them the EC was retained.
Descritores: Endoscopia do Sistema Digestório
Colonoscopia
Constrição Patológica
Cápsulas Endoscópicas
Intestino Delgado/patologia
Intestino Delgado/diagnóstico por imagem
-Doença de Crohn
Pólipos Intestinais
Neoplasias Intestinais
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: BR9.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde Profa. Susana Schimidt


  7 / 302 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Radunz, Vera
Texto completo
Id: biblio-904454
Autor: Silva, Rafaela Dutra Nunes da; Rosa, Luciana Martins da; Radünz, Vera; Cesconetto, Daiana.
Título: Avaliação e classificação da estenose vaginal na braquiterapia: validação de conteúdo de instrumento para enfermeiros / Indicadores antropométricos como previsores del síndrome metabólico en los adolescentes / Evaluation and classification of vaginal stenosis in brachytherapy: instrument content validation for nurses
Fonte: Texto & contexto enferm;27(2):e5700016, 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo: validar os conteúdos de um instrumento elaborado para avaliação e classificação da estenose vaginal pós-braquiterapia para aplicação por enfermeiros. Método: estudo metodológico que incluiu dez enfermeiros experts em braquiterapia. A coleta de dados foi realizada entre dezembro de 2015 a abril de 2016 e ocorreu com a aplicação de formulário disponibilizado aos experts via ferramenta do Google Drive/Microsoft® em três rodadas de validação, conduzida pela Técnica Delphi; 12 conteúdos foram avaliados. A análise dos dados ocorreu pelo cálculo do Índice de Validade de Conteúdo - IVC. Resultados: na primeira rodada, o uso de absorventes íntimos (tampões) foi excluído (IVC=0,4), outros conteúdos foram ajustados, bem como a aparência do instrumento, de acordo com as recomendações dos experts. Os conteúdos na terceira rodada de avaliação atingiram o IVC=1. Conclusão: a validação de conteúdo de instrumento padroniza a técnica, consequentemente, incrementa e qualifica a prática clínica e o desenvolvimento de pesquisas.

RESUMEN Objetivo: prever el síndrome metabólico en adolescentes a partir de indicadores antropométricos por análisis de sensibilidad y especificidad de los puntos de corte. Método: estudio transversal y descriptivo en una muestra estratificada de 716 adolescentes de 10 a 19 años seleccionados por muestreo aleatorio simple en 30 escuelas públicas, municipales y estatales localizadas en Picos, Piauí, en la Región Noreste del Brasil. La obtención de datos se realizó en el período de Agosto hasta Diciembre del 2014 y en Marzo del 2015. Se investigaron los factores índice de masa corporal y el índice de conicidad. El síndrome metabólico se identificó a partir de los criterios adaptados para la edad. Resultados: se observó la prevalencia de estudiantes del sexo femenino (61,3%) y la prevalencia del síndrome metabólico fue del 3,2%. El área sobre la curva de Características de Operación del Receptor mostró que el índice de masa corporal y el índice de conicidad se mostraron eficientes para la previsión del síndrome metabólico tanto en la muestra total como en la estratificación por sexo. Conclusión: los indicadores antropométricos índice de masa corporal e índice de conicidad fueron buenos previsores del síndrome metabólico en esa población.

ABSTRACT Objective: to validate the content of an instrument prepared for evaluation and classification of vaginal stenosis after brachytherapy for its application by nurses. Method: a methodological study that included ten nurses who are experts in brachytherapy. The data collection was performed between December 2015 and April 2016 and it was carried out through the application form made available to experts via the Google Drive/Microsoft® tool in three validation rounds, conducted by the Delphi Technique; 12 contents were evaluated. The data analysis was performed by calculating the Content Validity Index - CVI. Results: in the first round, the use of intimate tampons was excluded (CVI=0.4), other contents have been adjusted, as well as the appearance of the instrument, according to the experts' recommendations. The content in the third round of evaluation reached the CVI=1. Conclusion: the instrument content validation standardizes the technique; consequently, it increases and qualifies the clinical practice and research development.
Descritores: Braquiterapia
Neoplasias do Colo do Útero
Enfermagem
Constrição Patológica
Estudo de Validação
Oncologia
Limites: Humanos
Feminino
Responsável: BR17.1 - Biblioteca Setorial Centro de Ciências da Saúde (BSCCSM)


  8 / 302 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Radunz, Vera
Texto completo
Id: biblio-962821
Autor: Rosa, Luciana Martins da; Hammerschmidt, Karina Silveira de Almeida; Radünz, Vera; Ilha, Patrícia; Tomasi, Andrelise Viana Rosa; Valcarenghi, Rafaela Vivian.
Título: Evaluation and classification of vaginal stenosis after brachytherapy / Evaluación y clasificación de estenosis después de la branquiterapia vaginal / Avaliação e classificação da estenose vaginal pós-braquiterapia
Fonte: Texto & contexto enferm;25(2):e3010014, 2016. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT This narrative review identified, in the scientific production, the methods used for evaluating and classifying vaginal stenosis in women who have undergone brachytherapy. Data collection was undertaken in July 2013 in the publications of SciELO, MEDLINE and PubMed, without time limits, and in studies cited by two scientific reviews which addressed the issue investigated here. The search protocol included the description of the method for evaluating and classifying vaginal stenosis. Comparative analysis between the findings showed there to be diversity among the methods used by different researchers. In the light of this finding, this study proposes elements for making an evaluative instrument to be applied by nurses. The standardization of the technique will help in the early detection of vaginal stenosis and in the care for women subsequent to vaginal brachytherapy.

RESUMEN Revisión narrativa que identificó en los métodos de producción científicos utilizados para la evaluación y clasificación de las estenosis vaginal en mujeres después de braquiterapia vaginal. La recolección de datos se llevó a cabo en julio de 2013 en las publicaciones de la SciELO, Medline y PubMed, sin límite de tiempo, y estudios citados dos revisiones científicas que abordan el tema investigado aquí. El protocolo de búsqueda incluyó la descripción del método para la evaluación y clasificación de la estenosis vaginal. Análisis comparativo de los resultados mostró que existen diferencias entre los métodos utilizados por diferentes investigadores. Teniendo en cuenta este resultado, este estudio propone constituyentes para hacer un instrumento de evaluación para ser utilizado por las enfermeras. La estandarización de la técnica le ayudará en la detección precoz de la estenosis vaginal y atención a la mujer después de la braquiterapia vaginal.

RESUMO Revisão narrativa que identificou, na produção científica, os métodos utilizados para avaliação e classificação da estenose vaginal em mulheres pós-braquiterapia. A coleta de dados foi realizada em julho 2013 nas publicações da SciELO, MEDLINE e PubMed, sem limite de tempo, e em estudos citados por duas revisões científicas que abordam a temática aqui investigada. O protocolo de busca incluiu a descrição do método para avaliação e classificação da estenose vaginal. Análise comparativa entre os achados mostrou que há diversidade entre os métodos utilizados por diferentes pesquisadores. Diante deste achado, este estudo propõe constituintes para composição de instrumento avaliativo a ser aplicado por enfermeiros. A padronização da técnica auxiliará na detecção precoce da estenose vaginal e nos cuidados à mulher pós-braquiterapia vaginal.
Descritores: Braquiterapia
Enfermagem
Constrição Patológica
Neoplasias
Limites: Humanos
Feminino
Responsável: BR17.1 - Biblioteca Setorial Centro de Ciências da Saúde (BSCCSM)


  9 / 302 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-888141
Autor: Ulusoy, Mahmut Oğuz; Atakan, Mehmet; Kıvanç, Sertaç Argun.
Título: Prevalence and associated factors of external punctal stenosis among elderly patients in Turkey / Prevalência e fatores associados à estenose externa do ponto lacrimal em pacientes idosos na Turquia
Fonte: Arq. bras. oftalmol;80(5):296-299, Sept.-Oct. 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Purpose: To estimate the prevalence of external punctal stenosis (EPS) in the elderly population and investigate associated factors. Methods: A total of 278 patients ≥65 years of age were evaluated for evidence of EPS from January to July 2016. Associated systemic, ocular, demographic, and lifestyle factors were investigated. Multiple logistic regression analyses were applied to evaluate the factors related to having EPS. P values <0.05 were considered statistically significant. Results: The prevalence of EPS in this study population was 63.3%, with a mean age of 70.67 ± 7.85 (65-92 years). The ocular factor that was most commonly related to EPS was chronic blepharitis (48.9%). EPS was also associated with taking glaucoma medications (95% CI, 0.08-0.96, p=0.043), smoking history (95% CI, 0.13-0.84, p=0.021), ectropion (95% CI, 0.004-0.26, p=0.001), complaints of tearing (95% CI, 1.11-3.52, p=0.02), and outdoor occupational activity (95% CI, 3.42-9.97, p<0.05). Conclusions: EPS is more common in elderly patients than in the general population. Outdoor occupational activity, taking antiglaucomatous medications, ectropion, and smoking are significantly associated with EPS. In addition, surgical treatment decisions should be made after complete evaluation and interviewing the patients.

RESUMO Objetivo: Estimar a prevalência de estenose externa do ponto lacrimal (EEPL) na população idosa e investigar os fatores associados. Métodos: Foram avaliados 278 pacientes ≥65 anos com estenose externa do ponto lacrimal de janeiro a julho de 2016. Todos os fatores sistêmicos, oculares, demográficos e de estilo de vida associados foram investigados. Foram utilizadas análises de regressão logística múltipla para avaliar os fatores relacionados a estenose externa do ponto lacrimal, valores de p<0,05 foram considerados estatisticamente significativos. Resultados: A prevalência de estenose externa do ponto lacrimal foi de 63,3%, com idade média de 70,67 ± 7,85 (65-92 anos). O fator ocular mais relacionado com estenose externa do ponto lacrimal foi blefarite crônica. (IC de 95%, 0,08-0,96, p=0,043), história de tabagismo (IC 95%, 0,13-0,84, p=0,021), ectrópio (IC 95%, 0,004-0,26, p=0,001), queixa de lacrimejamento (95% IC, 1,11-3,52, p=0,02) e atividade ocupacional ao ar livre (IC 95%, 3,42-9,97, p<0,05). Conclusão: A estenose externa do ponto lacrimal é um distúrbio mais comum em pacientes idosos do que na população em geral. Atividade ocupacional ao ar livre, medicação antiglaucomatosa, ectrópio e tabagismo foram significativamente associados com estenose externa do ponto lacrimal. A decisão sobre tratamento cirúrgico deve ser dada após a avaliação completas dos fatores associados em cada paciente.
Descritores: Obstrução dos Ductos Lacrimais/epidemiologia
-Turquia/epidemiologia
Blefarite/complicações
Blefarite/epidemiologia
Fumar/efeitos adversos
Modelos Logísticos
Prevalência
Estudos Transversais
Fatores de Risco
Fatores Etários
Constrição Patológica
Aparelho Lacrimal/fisiopatologia
Aparelho Lacrimal/patologia
Obstrução dos Ductos Lacrimais/etiologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 302 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-846608
Autor: Mangione, Fernanda Marinho; Mauro, Maria Fernanda Zulliani; Silva, Paulo Vasconcelos; Carnieto, Nádia Mendonça; Cristovão, Salvador André Bavaresco; Salman, Adnan Ali; Dutra, Gustavo Alexandre; Giordano, Bernardo Monteiro de Aguillar; Dessiyeh, Fábio Musa Mustafa; Gomes, Marcelo P; Jatene, Tanas; Mangione, José Armando.
Título: Stents farmacológicos de segunda geração para tratamento de lesões proximais isoladas da artéria descendente anterior. dados do registro Safira / Second-generation drug-eluting stent treatment for isolated proximal left anterior descending artery stenoses. the Safira registry data
Fonte: Rev. bras. cardiol. invasiva;23(4):f:256-l:260, out.-dez. 2015. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: A estenose grave do terço proximal da artéria descendente anterior (ADA) é classificada como lesão de alto risco, visto que pode comprometer grande parte do miocárdio ventricular esquerdo. Os stents farmacológicos (SF) de segunda geração têm demonstrado maior eficácia e segurança quando comparados aos não farmacológicos ou aos de primeira geração. São escassos os relatos na literatura do emprego desses dispositivos para o tratamento de lesões isoladas do terço proximal da ADA. Métodos: Estudo observacional e prospectivo, que incluiu pacientes uniarteriais, portadores de lesão de novo no terço proximal da ADA, tratados eletivamente com SF de segunda geração. Avaliamos os desfechos clínicos hospitalares e tardios. Resultados: Foram incluídos 70 pacientes, sendo a maioria do sexo masculino (70%), com média de idades de 65,4 ± 11,2 anos e com alta prevalência de diabetes (37%). O quadro clínico mais frequente foi angina estável (57,1%) e metade das lesões era do tipo B2 ou C. Foram tratadas 70 lesões com 71 stents, com sucesso angiográfico de 100%. O desfecho primário composto por óbito cardíaco, infarto não fatal ou revascularização do vaso alvo no seguimento clínico de 2,5 anos ocorreu em 3% dos pacientes. A mortalidade cardíaca foi de 1,5%, e a revascularização da lesão alvo foi necessária em apenas 1,5% dos pacientes. Conclusões: Em pacientes uniarteriais com lesões de novo da ADA proximal, o tratamento eletivo com SF de segunda geração parece ser uma opção segura, com baixas taxas de eventos cardíacos adversos ou necessidade de nova revascularização

Background: Severe stenosis of the proximal left anterior descending artery (LAD) is classified as a high-risk lesion, as it may affect a large part of the left ventricular myocardium. Second-generation drug-eluting stents (DES) have been shown to be more effective and safer when compared to bare-metal or first-generation ones. There are few reports in the literature on the use of these devices for the treatment of isolated lesions in the proximal LAD. Methods: Observational and prospective study, which included single-vessel patients with de novo lesions in the proximal LAD, electively treated with second-generation DES. In-hospital and late clinical outcomes were evaluated. Results: Seventy patients were included, most of them males (70%), with a mean age of 65.4 ± 11.2 years and a high prevalence of diabetes (37%). The most common clinical presentation was stable angina (57.1%) and half of the lesions were type B2 or C. A total of 70 lesions were treated with 71 stents, with 100% angiographic success. The primary endpoint, consisting of cardiac death, nonfatal infarction, or target-vessel revascularization during the 2.5-year clinical follow-up, occurred in 3% of the patients. Cardiac death was 1.5%, and target-lesion revascularization was required in only 1.5% of the patients. Conclusions: Elective treatment with second-generation DES seems to be a safe option in single-vessel patients with de novo lesions in the proximal LAD, with low rates of adverse cardiac events or need for additional revascularization procedure
Descritores: Constrição Patológica/complicações
Constrição Patológica/diagnóstico
Doença das Coronárias
Stents Farmacológicos
Artéria Torácica Interna/cirurgia
-Inibidores da Agregação de Plaquetas/administração & dosagem
Angiografia/métodos
Análise Estatística
Resultado do Tratamento
Intervenção Coronária Percutânea/métodos
Estudo Observacional
Revascularização Miocárdica
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt



página 1 de 31 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde