Base de dados : LILACS
Pesquisa : C23.550.260 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1010 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 101 ir para página                         

  1 / 1010 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-977094
Autor: Pereira, Marina Uchoa Lopes; Gonçalves, Laura Lamas Martins; Loyola, Cristina Maria Douat; Anunciação, Patrícia Sampaio da; Dias, Rosane da Silva; Reis, Irla Nunes; Pereira, Lays Amorim Silva; Lamy, Zeni Carvalho.
Título: Comunicação da notícia de morte e suporte ao luto de mulheres que perderam filhos recém-nascidos / Communication of death and grief support to the women who have lost a newborn child
Fonte: Rev. Paul. Pediatr. (Ed. Port., Online);36(4):422-427, out.-dez. 2018.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo: Analisar a comunicação da morte do filho e o apoio ao luto de mulheres no período puerperal. Métodos: Trata-se de uma pesquisa com abordagem qualitativa realizada em uma capital do Nordeste. Foram aplicadas entrevistas semiestruturadas com 15 mulheres cujos recém-nascidos faleceram entre julho de 2012 e julho de 2014. As entrevistas abordaram questões acerca da morte do filho e do processo de luto. Foi realizada Análise de Conteúdo na modalidade temática. Resultados: As mulheres expressaram o sofrimento e a angústia diante da perda do filho, algumas vezes agravados pela forma da comunicação da notícia e pela falta de suporte ofertado para o enfrentamento. Foram encontradas duas categorias empíricas: receber a notícia da morte e voltar para casa de mãos vazias. As equipes não estão preparadas para a comunicação de notícias difíceis nem para o suporte às mulheres que perderam filhos recém-nascidos. Para as mulheres, o apoio recebido pela família e pela religião ajudou no processo de luto. Conclusões: Os resultados indicam a necessidade de capacitação profissional para comunicação de notícias difíceis e suporte ao luto, bem como a formulação de políticas institucionais que apoiem e ofereçam cuidado aos trabalhadores. Além disso, é necessária a articulação com as equipes da atenção básica para a continuidade do cuidado.

ABSTRACT Objective: To analyze the communication of a child's death and the grief support provided to the women during puerperium. Methods: This is a qualitative study performed at a capital of the Northeast region of Brazil. Semi-structured interviews were carried out with 15 women, whose children died from July 2012 to July 2014. The interviews contained questions about the child's death and the grieving process. The content analysis was performed with a thematic approach. Results: The women expressed the suffering and the anguish of the loss of a child, sometimes aggravated by the way in which the news of death was delivered, and by the lack of support offered in the coping process. Two empirical categories were found: receiving the news of death and going back home empty-handed. The health care teams are not prepared to deliver bad news, nor to give support to women who lose a newborn child. According to the women, the support received from the family and religion helped them in the grieving process. Conclusions: The results indicate the need for professional qualification for the delivery of bad news and for grief support. They also showed the need for institutional policies that offer support to the professionals. Besides, the articulation with the primary health care team is imperative for the continuity of care.
Descritores: Apoio Social
Revelação da Verdade
Pesar
Morte
Mães/psicologia
Limites: Seres Humanos
Feminino
Recém-Nascido
Adulto
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 1010 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Vargens, Octávio Muniz da Costa
Texto completo
Id: biblio-1005328
Autor: Gomes, Antonio Marcos Tosoli; Santos, Ana Dulce Santana dos; Marques, Sérgio Corrêa; Nogueira, Virgínia Paiva Figueiredo; Paula, Glaudston Silva de; Vargens, Octavio Muniz da Costa.
Título: Representações sociais da morte para pessoas que vivem com HIV/AIDS / Social representations of death held by people living with HIV/AIDS / Representaciones sociales de la muerte para personas que viven con VIH/SIDA
Fonte: Rev. enferm. UERJ;27:e33407, jan.-dez. 2019. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: descrever os conteúdos e a organização das representações sociais da morte para pessoas que vivem com HIV/AIDS. Método: estudo descritivo, de abordagem qualitativa, e delineado por meio da Teoria das Representações Sociais. Participaram 165 pessoas vivendo com HIV/AIDS, em tratamento no ambulatório de referência na cidade do Rio de Janeiro. Projeto aprovado por Comitê de Ética em Pesquisa. Utilizou-se o software Evoc, ao final construiu-se o quadro de quatro casas. Resultados: abalizam uma dimensão emocional e do conhecimento das representações da morte, como um objeto multifacetado com diversos significados e variados sentimentos, apontando para a naturalização da morte. Conclusão: ainda que a morte contenha uma representação negativa, em pessoas com HIV/AIDS, pelos sentimentos ligados à tristeza, medo e dor, as estratégias políticas e governamentais, medidas de prevenção e tratamento no controle da doença delineiam uma nova direção, diante da cronicidade da síndrome, resultando em representações imbricadas no sentido da vida, do viver e do morrer como processo natural.

Objective: to describe the content and organization of social representations of death in people living with HIV/AIDS. Method: in this qualitative, descriptive study based on Social Representation Theory, the participants were 165 people living with HIV/AIDS, in treatment at an referral outpatient clinic in Rio de Janeiro city. The research ethics committee approved the study. A four-box chart was set up using Evoc software. Results: indicate an emotional dimension and knowledge of representations of death as a multifaceted object with a diverse meanings and varied feelings, pointing to a naturalization of death. Conclusion: even though death does contain negative representations for people with HIV/AIDS, due to feelings of sadness, fear and pain, government policy strategies and prevention and treatment measures for controlling the disease point in new directions, in view of the syndrome's timeframe, resulting in representations that overlap in the meaning of life, of living and of dying as a natural process

Objetivo: describir los contenidos y la organización de las representaciones sociales de la muerte respecto a las personas que viven con VIH-SIDA. Método: estudio descriptivo, con enfoque cualitativo, basado en la teoría de las representaciones sociales. Participaron 165 personas, que viven con VIH-SIDA, en tratamiento en una clínica ambulatoria de referencia en Río de Janeiro. El proyecto fue aprobado por el Comité de Ética. Usando el software Evoc, se construyó un marco de cuatro elementos. Resultados: indican una dimensión emocional y el conocimiento de las representaciones de la muerte como un objeto multifacético con varios significados y sentimientos, que apuntan hacia la naturalización de la muerte. Conclusión: aunque la muerte contenga una representación negativa para las personas con VIH-SIDA, debido a sentimientos relacionados con la tristeza, el miedo y el dolor, las estrategias políticas y gubernamentales, medidas de prevención y tratamiento en el control de la enfermedad delinean una nueva dirección, ante la cronicidad del síndrome, que condujo a representaciones imbricadas en el sentido de la vida, de vivir y de morir como un proceso natural.
Descritores: Atitude Frente à Morte
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
HIV
Enfermagem
Morte
-Análise Qualitativa
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1366.1 - Biblioteca Biomédica B - CB/B (Odontologia e Enfermagem)


  3 / 1010 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1050533
Autor: Silva, Elaine Cabral da.
Título: A contribuição da investigação de óbito materno para a saúde da mulher em idade fértil / The contribution of maternal death research to the health of women of childbearing age.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2019. 33 f p.
Idioma: pt.
Resumo: A mortalidade materna é uma das graves violações aos direitos humanos das mulheres. Os óbitos maternos são evitáveis em 92% dos casos. Este trabalho tem como objetivo discutir o processo de investigação de óbito materno e contribuir para a melhoria da qualidade da saúde das mulheres em idade fértil (de 10 a 49 anos). De forma específica, pretende-se descrever o modelo de Declaração de Óbito no Brasil e sua importância na Vigilância Epidemiológica dos óbitos. Demonstrando, também, como a qualidade dessas informações pode contribuir para a realização da vigilância e, por fim, descrever o processo de investigação dos óbitos maternos. O método utilizado foi a revisão bibliográfica de literatura. Finaliza-se o trabalho com um roteiro para o monitoramento das gestantes de alto risco que contribuirá na prevenção dos óbitos maternos

Maternal mortality is one of the serious violations of women's human rights. Maternal deaths are preventable in 92% of cases. This study aims to discuss the maternal death investigation process and contribute to the improvement of the health quality of women of childbearing age (from 10 to 49 years). Specifically, it is intended to describe the model of Death Certificate in Brazil and its importance in Epidemiological Surveillance of deaths. It also demonstrates how the quality of this information can contribute to surveillance and, finally, to describe the process of investigation of maternal deaths. The method used was the bibliographical review of the literature. The work ends with a roadmap for the monitoring of high-risk pregnant women, which will contribute to the prevention of maternal deaths
Descritores: Atestado de Óbito
Saúde da Mulher
Morte
Gestantes
Monitoramento Epidemiológico
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C
BR433.1; 612.013-055.2, S586


  4 / 1010 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: biblio-1018360
Autor: Ascurra, Marta; Rodrìguez, M. Stella; Gonzàlez, Mario Ciro.
Título: Detecciòn de una translocaciòn balanceada en una pareja con abortos y muerte neonatal : a propòsito de un caso / Detection of a balanced translocation in a couple with a history of abortion and neonatal deaths : case report.
Fonte: Asunciòn; EFACIM-EDUNA; 1998. 93-95 p.
Idioma: es.
Descritores: Aborto/genética
Morte
Recém-Nascido
Translocação Genética/genética
Responsável: PY2.1 - Centro de Documentación
SR 616.9363 An78a 1996


  5 / 1010 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1049481
Autor: Vignolo Ballesteros, Julio Cesar; Alegretti, M; Vacarezza, M; Alvarez, C; Retamoso, E.
Título: Estudio de 130 años de defunciones por Suicidio en el Uruguay. 1887- 2017 / Estudo de 130 anos de morte por Suicídio no uruguai. 1887-2017 / Study of 130 years of suicide deaths In uruguay. 1887 - 2017
Fonte: Rev. salud pública (Córdoba);23(3):32-41, 2019.
Idioma: es.
Resumo: El suicidio es una de las expresiones de violencia autoinfligidas, que causa un gran impacto y daño en la familia, en la comunidad y en la sociedad. A nivel mundial se suicidan aproximadamente 800 mil personas por año y Uruguay es uno de los países con tasas de suicidio más elevadas. El objetivo de este estudio es determinar la tendencia de las muertes por suicidio en el Uruguay en el período comprendido entre 1887 y 2017. Se trata de un estudio de tipo descriptivo, del total de personas fallecidas por suicidio en el Uruguay, en el período de estudio. Para el análisis de tendencias se utilizó un modelo de regresión joinpoint, también se calcularon medias móviles y tendencia polinómica. Se observa que en estos 130 años, permanece un aumento significativo de la tasa (p< 0,05). Siendo el sexo masculino quien continúa presentando los valores más altos, conservando el aumento significativo de la tasa (p<0.05) durante todo el período. Uruguay continúa presentando una tasa estandarizada ubicada en el primer tercio de Países con las tasas más altas del mundo y de América. Se recomienda analizar, profundizar y realizar el permanente seguimiento del Plan Nacional de Prevención de Suicidio aprobado por la Autoridad Sanitaria.

Suicide is a type of self-inflicted violence which causes great impact and damage in the family, the community and the society. Worldwide, about 800,000 people commit suicide each year and Uruguay is one of the countries with the highest suicide rate. The objec-tive of this study is to determine the tendency of suicide deaths in Uruguay in the period between 1887 and 2017. It is a descriptive study of people who committed suicide in Uruguay during the period studied. A joinpoint regression model was used to analyze trends; mobile averages and polynomial tendencies were also calculated. It was observed that in these 130 years there remains a significant rate increase (p< 0.05). Males continue presenting the highest values, and keeping the significant rate increase (p<0.05) through the whole period. Uruguay still presents a standardized rate placed within the first third of countries with the highest rates in the world and America. It is advisable to analyze, intensify and do an ongoing follow up of the National Suicide Prevention Plan approved by the Health Authority

O suicídio é uma das expressões de violência autoinfringida que causa grande impacto e abalo à família, à comunidade e à sociedade. No mundo, aproximadamente 800.000 pessoas cometem suicídio por ano e o Uruguai é um dos países com as maiores taxas de suicídio. O objetivo deste estudo é determinar a tendência de mortes por suicídio no Uru-guai no período entre 1887 e 2017. Este é um estudo descritivo do número total de pessoas mortas por suicídio no Uruguai durante o período do estudo. Para a análise de tendência, utilizou-se um modelo de regressão joinpoint, calculando médias móveis e tendências polinomiais, observando-se que nesses 130 anos permanece um aumento significativo da taxa (p <0,05). Sendo o sexo masculino que continua apresentando os maiores valores, mantendo o acréscimo significativo da taxa (p <0,05) ao longo do período, o Uruguai continua apresentando uma taxa padronizada localizada no primeiro terço dos países com as maiores taxas do mundo e da América. Recomenda-se analisar, aprofundar e realizar o monitoramento permanente do Plano Nacional de Prevenção ao Suicídio, aprovado pela Autoridade de Saúde.
Descritores: Suicídio
Uruguai/epidemiologia
-Suicídio/história
Suicídio/estatística & dados numéricos
Estudos Epidemiológicos
Análise de Regressão
Morte
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: AR304.4 - Centro de Documentacíon


  6 / 1010 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1039897
Autor: Santos, Gilmara Oliveira; Queiroz, Rodrigo Santos de; Jesus, Cleber Souza de; Carneiro, José Ailton Oliveira; Faria, Luciano Magno de Almeida; Fernandes, Marcos Henrique; Matos, Janilson Matos Teixeira.
Título: Pacientes internados em unidade de terapia intensiva que não adotam postura antigravitacional apresentam maiores chances de óbito / Pacientes hospitalizados en unidad de cuidados intensivos que no adoptan postura antigravitacional pueden tener mayores posibilidades de fallecimiento / Patients admitted to an intensive care unit who do not adopt an antigravity posture have a higher odds of death
Fonte: Fisioter. Pesqui. (Online);26(3):235-240, jul.-set. 2019. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Ainda há poucos marcadores de desempenho funcional com capacidade de predizer óbito em unidades de terapia intensiva (UTI). O objetivo do presente estudo foi identificar a associação entre a não adoção de postura antigravitacional e óbito em pacientes internados em uma UTI adulto. Trata-se de um estudo retrospectivo e analítico, realizado através da análise de prontuários. A associação entre a não adoção de postura antigravitacional e óbito foi testada por regressão logística múltipla ajustada por sexo, idade, gravidade da doença (mensurada pelo Acute Physiology and Chronic Health Classification System II [Apache II]), tempo de ventilação mecânica invasiva (VMI) e tempo de sedação. A odds ratio (OR) foi estimada com intervalo de confiança de 95%. Foram incluídos no estudo 92 pacientes sequenciais. Houve forte associação entre a não adoção de postura antigravitacional em UTI e óbito (ORajustada=37,7; IC=4,76-293; p=0,001). Conclui-se que pacientes que não adotaram postura antigravitacional durante o internamento em UTI apresentaram chances muito mais elevadas de mortalidade. Essa simples estratégia de classificação da capacidade funcional de pacientes críticos pode ser utilizada rotineiramente por equipes de saúde como uma variável simples e dicotômica de prognóstico de mortalidade em UTI.

RESUMEN Aún existen pocos marcadores de desempeño funcional con capacidad de predecir la muerte en Unidades de Cuidados Intensivos (UCI). El presente estudio tuvo como objetivo identificar la asociación entre la no adopción de postura antigravitacional y el óbito en pacientes hospitalizados en una UCI adulto. Se trata de un estudio retrospectivo y analítico, realizado mediante análisis de historia clínica. La asociación entre la no adopción de postura antigravitacional y el fallecimiento fue probada por regresión logística múltiple ajustada por sexo, edad, gravedad de la enfermedad (medida por la Acute Physiology And Chronic Health Classification System II [Apache II]), tiempo de ventilación mecánica invasiva (VMI) y tiempo de sedación. Se estimó la odds ratio (OR) con intervalo de confianza (IC=95%). Se incluyeron en el estudio 92 pacientes secuenciales. Se observó una fuerte asociación entre la no adopción de postura antigravitacional en UCI y el óbito (ORajustada=37,7; IC=4,76-293; p=0,001). De esta forma, se puede concluir que pacientes que no adoptaron postura antigravitacional durante la hospitalización en UCI tuvieron posibilidades mucho más elevadas de mortalidad. Esta simple estrategia de clasificación de la capacidad funcional de pacientes críticos puede ser utilizada de manera rutinaria por el equipo de salud como una variable simple y dicotómica de pronóstico de mortalidad en UCI.

ABSTRACT Until now, few functional performance markers are able to predict death in Intensive Care Units (ICUs). This study aimed to identify the association between non-adoption of antigravity posture and death in patients admitted to an adult ICU. It is a retrospective and analytical study, performed through the analysis of medical records. Association between non-adoption of antigravity posture and death was tested by multiple logistic regression adjusted for gender, age, disease severity (measured by Acute Physiology and Chronic Health Classification System II [Apache II]), time of invasive mechanical ventilation (IMV), and period of sedation. The odds ratio (OR) with confidence interval (CI=95%) was estimated. A total of 92 sequential patients were included in the study. A strong association between the non-adoption of antigravity posture in the ICU and death (ORadjusted=37.7, CI=4.76-293, p=0.001) was observed. Thus, one can conclude that patients who did not adopt an antigravity posture during ICU admission had a much higher odds of mortality. This simple strategy to classify functional capacity of critical patients can be routinely used by the team as a simple and dichotomous variable for ICU mortality prognosis.
Descritores: Morte
Terapia por Exercício
Unidades de Terapia Intensiva
-Reabilitação
Registros Médicos
Estudos Retrospectivos
Cuidados Críticos
Deambulação Precoce
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Responsável: BR66.1 - Divisão de Biblioteca e Documentação


  7 / 1010 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-974834
Autor: Santos, Farah Pitanga Porto Gois dos; Comassetto, Isabel; Porciúncula, Anne Isadora Cavalcante; Santos, Regina Maria dos; Ferreira, Fabiana Andrea Soares; Magalhães, Ana Paula Nogueira de.
Título: Ortotanásia e distanásia: percepção dos profissionais de saúde de uma unidade de terapia intensiva / Ortotanasia y distanasia: percepción de los profesionales de salud de una unidad de cuidados intensivos / Orthothanasia and dysthanasia: perception of health professionals of an intensive care unit
Fonte: Ciênc. cuid. saúde;15(2):288-296, Abr.-Jun. 2016.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Pesquisa que envolve o processo de morte, abordando a distanásia, a qual se constitui na obstinação terapêutica a fim de adiar a morte, e a Ortotanásia, que se constitui na morte em seu processo natural, sem prolongar o tratamento. Teve como objetivo reconhecer a percepção dos profissionais da equipe de saúde que atuam em unidade de terapia intensiva, acerca das situações de Ortotanásia e Distanásia. Realizado em um hospital universitário. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas com 25 profissionais de saúde e submetidos à análise de conteúdo temática. Emergiram três categorias relacionadas: Apreendendo a Ortotanásia e a Distanásia; Percebendo o contexto da tomada de decisão; Ponderando a Ortotanásia e a Distanásia na finitude da vida. A percepção dos profissionais de saúde referente à Ortotanásia e à Distanásia exige discussões referentes aos conceitos éticos que envolvem as intervenções no processo de morte, possibilitando um embasamento da equipe multiprofissional, familiares e pacientes na tomada de decisão no final da vida.

RESUMEN Investigación que implica el proceso de muerte, tratando la distanasia, que constituye en la obstinación terapéutica a fin de aplazar la muerte, y la Ortotanasia, que constituye en la muerte en su proceso natural, sin prolongar el tratamiento. Tuvo como objetivo reconocer la percepción de los profesionales del equipo de salud que actúan en la unidad de cuidados intensivos, acerca de las situaciones de Ortotanasia y Distanasia. Realizado en un hospital universitario. Los datos fueron recolectados a través de entrevistas semiestructuradas con 25 profesionales de salud y sometidos al análisis de contenido temático. Surgieron tres categorías relacionadas: Comprendiendo la Ortotanasia y la Distanasia; Percibiendo el contexto de la toma de decisión; Ponderando la Ortotanasia y la Distanasia en la finitud de la vida. La percepción de los profesionales de salud referente a la Ortotanasia y a la Distanasia exige discusiones sobre los conceptos éticos que comprenden las intervenciones en el proceso de muerte, posibilitando una base del equipo multiprofesional, familiares y pacientes en la toma de decisión en el final de la vida.

ABSTRACT Research involving the process of death regarding dysthanasia, which is defined as therapeutic obstinacy practiced with the aim to postpone death, and Orthothanasia, which is death in its natural process, without further treatment. The study aimed to recognize the perception that professionals of the health team working in an intensive care unit have about situations of Orthothanasia and Dysthanasia. The study was conducted in a university hospital. Data were collected through semi-structured interviews with 25 health professionals and submitted to thematic content analysis. Three related categories emerged: Seizing Orthothanasia and Dysthanasia; Realizing the decision-making context; Pondering Orthothanasia and Dysthanasia in the finitude of life. The perception of health professionals regarding Orthothanasia and Dysthanasia requires discussions that consider the ethical concepts involved in interventions adopted in the process of death in order to provide basis to the multidisciplinary team, family and patients in decision making at the end of life.
Descritores: Morte
Tomada de Decisões
Unidades de Terapia Intensiva
-Equipe de Assistência ao Paciente
Percepção
Cuidados para Prolongar a Vida
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central


  8 / 1010 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-946406
Autor: Arantes, Rodrigo Caetano; Côrte, Beltrina.
Título: A longevidade nas notas de falecimento / Longevity in obituaries
Fonte: Rev. Kairós;12(6,n.esp.):102-113, 2009. tab., graf.
Idioma: pt.
Resumo: O processo do aumento da longevidade no Brasil pode ser evidenciado pelas notas de falecimento de idosos. A longevidade é um fenômeno atual no país e é determinada pelo tempo de vida maior alcançado pelos idosos. Esse processo tem maior predominância no sexo feminino, sendo chamado de feminização da velhice. Verificar a longevidade dos idosos moradores da metrópole de São Paulo e aspectos contidos nas notas de falecimento é o que trata este artigo.

The process of increasing longevity in Brazil can be evinced by the obituaries for the elderly. Longevity is a current phenomenon in the country and is determined by the lifetime achieved by most people. This process has a higher prevalence among women, and it is called the feminization of old age. To check on the longevity of the elderly dwelling in the metropolis of Sao Paulo and the aspects contained in obituaries is the subject of this article.
Descritores: Morte
Longevidade
Jornais como Assunto
Limites: Seres Humanos
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR195.3 - Biblioteca Nadir Gouvêa Kfouri


  9 / 1010 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-908656
Autor: Frizzo, Heloísa Cristina Figueiredo; Bousso, Regina Szylit; Borghi, Camila Amaral; Pedro, Wilson José Alves.
Título: A expressão de pesar e luto na internet: um estudo de caso mediante o processo de adoecimento e morte de um cônjuge / The expression of grief and bereavement on the internet: a case study through the process of illness and death of a spouse / La expresión de pesar y luto en internet: un estudio de caso mediante el proceso de enfermedad y muerte de un cónyuge
Fonte: Rev. Kairós;20(4):207-231, dez. 2017. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Este trabalho objetiva compreender a utilização da mídia digital Facebook durante a experiência de adoecimento, hospitalização e morte. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, por meio da Etnografia Virtual e análise narrativa. Esta prática contribuiu para: facilitar a comunicação com familiares e amigos; diminuir a solidão e o isolamento; fortalecer laços de amizade; reconhecer a rede social virtual como um espaço para a constituição de rede de apoio e comunicação; desmistificar o uso de redes sociais enquanto espaços exclusivos para lazer e entretenimento.

This work aims to understand the use of Facebook digital media during the experience of illness, hospitalization and death. It is a qualitative research, through of Virtual Ethnography and narrative analysis. This practice contributed to: facilitate communication with family and friends; to reduce loneliness and isolation; strengthen bonds of friendship; recognize the virtual social network as a space for the constitution of a network of support and communication; demystify the use of social networks as exclusive spaces for leisure and entertainment.

Este trabajo tiene como objetivo comprender la utilización de los medios digitales Facebook durante la experiencia de enfermar, hospitalización y muerte. Se trata de una investigación cualitativa, por medio de la Etnografía Virtual y análisis narrativo. Esta práctica contribuyó a: facilitar la comunicación con familiares y amigos; disminuir la soledad y el aislamiento; fortalecer lazos de amistad; reconocer la red social virtual como un espacio para la constitución de redes de apoyo y comunicación; desmitificar el uso de redes sociales como espacios exclusivos para el ocio y el entretenimiento.
Descritores: Luto
Morte
Rede Social
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR195.3 - Biblioteca Nadir Gouvêa Kfouri


  10 / 1010 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-784259
Autor: Veras, Lana; Soares, Jorge Coelho.
Título: Aqui se jaz, aqui se paga: a mercantilização da morte / Aquí se muere, aquí se paga: la mercantilización de la muerte / The market of death
Fonte: Psicol. soc. (Online);28(2):226-236, mai.-ago. 2016. graf.
Idioma: pt.
Projeto: CAPES.
Resumo: Resumo Este artigo busca compreender o que os rituais funerários contemporâneos revelam sobre as maneiras com as quais as pessoas têm lidado com a morte e o morrer na atualidade. Desse eixo surgem reflexões sobre a relação dos homens com a finitude, evidenciando que os modos atuais de lidar com a morte e o morrer envolvem processos de mercantilização, patologização, medicalização e espetacularização. Esta publicação é oriunda de pesquisa de doutorado em psicologia social e apoiada metodologicamente em uma das vertentes da etnografia: a etnografia crítica. Foi realizada entre os anos de 2010 e 2014 no Brasil e em Portugal. O crescente uso de serviços funerários de "tanatoestética" aponta não somente técnicas de maquiagem dos mortos, mas também estratégias de maquiagem da morte. Essa dissimulação é sinalizada pela redução progressiva do espaço que a sociedade contemporânea destina ao luto e ao sofrimento, categorias cada vez mais equiparadas a condições patológicas.

Resumen Este artículo busca comprender lo que revelan los ritos funerarios contemporáneos acerca de las maneras conque la gente ha tratado la muerte y el morir. De este eje surjen reflecciones sobre la relacción del humano con la finitud. Evidenciando que los modos actuales de lidear con la muerte involucran procesos de mercantilización, patologización, medicalización y espetacularización. Esta publicación se origina de una investigación de doctorado en psicologia social y se enbasa metodologicamente en la etnografia crítica. Se realizó entre los años de 2010 y 2014 en Brasil y en Portugal. El cresciente uso de servicios funerarios de "tanatoestética" apunta no solo a la utilización de maquillage de los muertos, como tanbién a estratégias de maquillage de la propia muerte. Esta disimulación és remarcada por la reducción progresiva del espacio que la sociedad contemporánea destina al luto y al sufrimiento, categorias cada vez mas asociadas a condiciones patológicas.

Abstract This paper aims to understand what the contemporary funeral rituals reveal about the ways used by people to deal with death and dying nowadays. From that central concept, new reflections ramify about the relation-ship between men and time and being finite. It's made evident that the modern ways of dealing with death and dying involve flagrant marketing, pathological, medical and speculative processes. The fast growing presence of tanatoaesthetics in funerary services points out not only some make-up techniques of the dead, but also the existence of make-up strategies of death. That conceal is marked by the progressive reduction of the space that our modern society assign to the mourning and the suffering, categories that each day are more often compared to pathologies.
Descritores: Luto
Morte
Mercantilização
-Medicalização
Funerárias
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 101 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde