Base de dados : LILACS
Pesquisa : C23.550.260.393 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 55 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 6 ir para página                

  1 / 55 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-874998
Autor: Nogueira, Cyntia de Medeiros; Galvão, Pauliana Valéria Machado; Santos, Raphaella Abreu Carneiro Campello; Fragoso, Bárbara Raquel Timóteo do Amaral; Filho, José Rodrigues Laureano; Souza, Eliane Helena Alvim de.
Título: MORTALIDADE POR AFOGAMENTO EM CRIANÇAS MENORES DE 5 ANOS NO BRASIL: 2001 A 2010 / CHILDREN UNDER 5 YEARS MORTALITY BY DROWNING IN BRAZIL: 2001 A 2010 / MORTALIDAD POR AHOGAMIENTO EN NIÑOS MENORES DE 5 AÑOS EN BRASIL: 2001 A 2010
Fonte: Rev. baiana saúde pública;40 (2016)(3):https://doi.org/10.22278/2318-2660.2016.v40.n3.a1701, Nov. 08-2017.
Idioma: pt.
Resumo: Anualmente, 400 mil pessoas morrem por afogamento no mundo, sendo as crianças abaixo de 5 anos as maiores vítimas. Este estudo objetivou descrever o perfil das crianças menores de 5 anos vítimas de afogamento no Brasil no período de 2001 a 2010. Foram realizadas análises descritivas e cruzamentos de variáveis. Os dados foram obtidos nas Declarações de Óbito registradas no Sistema de Informação de Mortalidade. As taxas de mortalidade foram calculadas e padronizadas pelo método direto. Os resultados apontaram a ocorrência, no período estudado, de 5.603 óbitos, predominantemente no sexo masculino, pardos, com um ano de idade. Houve decréscimo dos casos com o aumento da idade. Os meses com maior ocorrência foram os do verão e a maior e menor casuística para os anos de 2002 e 2010, respectivamente. A maior frequência foi no Nordeste e, quando especificado, em águas naturais. Concluiu-se que uma estratégia voltada para prevenir afogamento deve considerar a maior frequência em crianças de um ano completo, do sexo masculino e pardos, além de ocorrência no verão e na região Nordeste.

Annually, 400,000 people die from drowning in the world, being children under 5 years the greatest victims. This study aims to describe the drowning deaths over this population in Brazil between 2001 and 2010. Descriptive analysis and variables crossings were performed. Data was obtained from death certificates of the Mortality Information System. Mortality rates were calculated and standardized by the direct method. The results pointed out, in the period, 5603 deaths, the majority of the victims were one-year old mulatto boys. It was observed that drowning rates decrease with increase of age. Deaths occurred more in the summer, with highest and lowest rates in 2002 and 2010, respectively. Most drownings occurred in the northeast region and, when specified, in natural water. In conclusion, any strategy to prevent drowning must consider the higher frequency of one-year old mulatto males, during summer in the northeast region.

Cada año 400 mil personas mueren por ahogamiento en el mundo, siendo los menores de 5 años las principales víctimas. Este estudio tiene como objetivo describir las muertes por ahogamiento en esta población en Brasil entre 2001 y 2010. Se realizaron análisis descriptivos y cruzamiento de variables. Los datos de este estudio se obtuvieron en las declaraciones de muertes registradas en el Sistema de Información de Mortalidad durante los años 2001 a 2010. Las tasas de mortalidad se calcularon y estandarizadas por el método directo. Los resultados apuntaron que durante el período de estudio ocurrieron 5603 muertes, la mayoría eran varones, pardos, con un año de edad. Los casos fueron disminuyendo a la medida que la edad fue aumentando. La mayor frecuencia de casos se presentó en el Nordeste, y más específicamente, en aguas naturales. Los meses donde se presentó el mayor número de casos fueron los de verano, la mayor y menor casuística para los años de 2002 y 2010 respectivamente. Se llegó a la conclusión de que una estrategia para prevenir ahogamientos debe considerar la mayor frecuencia de los niños hasta un año de edad, varones y pardos, además de la ocurrencia durante el verano en la Región Nordeste.
Descritores: Perfil de Saúde
Sistemas de Informação
Atestado de Óbito
Mortalidade da Criança
Afogamento
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  2 / 55 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-294511
Autor: Torres, María; Barbosa, María; Nissen, Julio C; Delgadillo, José Luis; Arbo, Antonio.
Título: Primer estudio de prevalencia y condiciones de seguridad de las piletas de natación de hogares de Asunción
Fonte: Pediatr. (Asunción);(1):8-11, 2001.
Idioma: es; en.
Resumo: Los ahogamientos o casi-ahogamientos por inmersión constiruyen una causa importante de morbilidad y mortalidad en niños, y la gran mayoría de los casos ocurren en piletas de natación (PN) de hogares. La adopción de adecuadas medidas de seguridad en la construcción de piletas representaría una de las principales medidas de prevención de este tipo de accidentes. El objetivo del presente estudio ha sido determinar la prevalencia de hogares de Asunción con PN asi como determinar la presencia de medidas de seguridad en la construcción de las mismas. El estudio ha sido de carácter prospectivo definiéndose como población objetivo hogares de clase socioeconómica media y alta, muestra que se obtuvo a partir de colegios de matriculación privada. A cada familia se envió una encuesta acerca de la preparación de piletas, medidas de seguridad, condiciones demográficas y conocimientos de reanimación. La participación en el estudio ha sido carácter anónimo y voluntario. Se incluyeron en el estudio 600 hogares. El cuestionario fue completado por 368 hogares (62 porcientos), de los cuales 102/368 (27.7 porcientos) contaban con PN. De los 102 hogares con PN, 47 (46 porcientos) fueron construidas con cerca protectora a los 4 lados. En ningún caso los portones de acceso disponian de cierre automático y solo 15/47 (31porcientos) poseían cierre de los portones por dentro. Solo de identificaron 4 hogares (3.9 porcientos) con PN y red protectora y 1 (0.9 porcientos) con sistemas de alarma 16 de 102 (15.6 porcientos) hogares disponian de teléfono en el área de la PN. De los 102 hagares con PN, en 63 (61.7 porcientos) residían niños <6 años. En 42/102 (41 porcientos) hogares con PN habían adultos con conocimientos básicos de medidas de reanimación. La presencia de PN con cerca protectora en hogares con niños <6 años fue significativamente mayor a la de hogares con niños >6 de años: 58 porcientos vs 26 porcientos, respectivamente (p<0.05). El presente estudio sugiere que uno de cada 3 hogares de Asunción de familias de clase socioeconómica media o alta disponen de PN y que existe una grave deficiencia en cuanto a medidas de seguridad que deben reunir las mismas.Urge la adopción de medidas educativas y legislativas que obliguen a que la construcción de PN se adecuen a condisiones de seguridad
Descritores: Medidas de Segurança
Piscinas
Afogamento
Responsável: PY30.1 - Biblioteca


  3 / 55 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-774815
Autor: Melo, Maria do Carmo Barros de; Vasconcellos, Marcos Carvalho de; Tonelli, Henrique Fonseca de Assis.
Título: Atendimento à parada cardiorrespiratória na faixa etária pediátrica / Management of pediatric cardiorespiatory arrst
Fonte: Rev. méd. Minas Gerais;14(1supl.3):96-105, out.2004. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Cardiopulmonary arrest in the pediatric patient is rarely of sudden onset. Typically, children have primary cardiac arrest secondary to a prolonged period of respiratory or circulatory compromise. Many investigators have confirmed that survival rates after respiratory arrest alone, whether in or out of the hospital, are significantly bet- ter than survival rates once cardiac arrest has occurred. Early recognition and prompt intervention of respiratory failure to pre- vent further hypoxemia and respiratory acidosis appear to be the most factors in averting progression to cardiac arrest. In any pediatric emergency, the first step is establishing airways status followed by breathing and circulation evaluation (ABC), Airway management can be as simple as observation or as complex as endotracheal intubation. Oxygen should be considered for ali pediatric emergencies. The easiest form of assisted ventilation in a child is bag-valve-mask ventilation. Circulatory compromise should be evetueteo. The pulses most easily palpated are the brachial ® 1 year old) and carotid (> 1 year old), The Pediatric Advanced Life Support (PALS) course teaches the fundamental basic for pediatric emergency care, and it is recom- mended that ali physicians and nurses who care for children complete training and refresher courses on a regular basis. The purpose of this study is to review the recommendations of pediatric resuscitation and help pediatrician to save lives and improved quality of life.

A parada cardiorrespiratória em crianças raramente é um evento súbito. Tipicamente, elas apresentam parada cardíaca secundária a período prolongado de falência respiratória ou circulatória. Muitos autores relatam que as taxas de sobrevida são maiores naquelas crianças que apresentam parada respiratória apenas, dentro ou fora do hospital, em relação àquelas que apresentam parada cardiorrespiratória. O reconhecimento precoce e a rápida intervenção na falência respiratória previnem o aparecimento de hipoxemia e de acidose respiratória, sendo esses últimos os mais importantes fatores que nos advertem para uma progressão para parada cardíaca. Em qualquer emergência que ocorra com paciente pediátrico, a primeira etapa é estabelecer a perviabilidade das vias aéreas, seguida por ventilação e circulação adequadas (ABC). O manejo das vias aéreas pode ser através de uma simples observação ou posicionamento, até procedimentos mais invasivos como a intubação traqueal. O oxigênio deve ser sempre suplementado. A forma mais fácil de oferecer suporte ventilatório à criança é através da ventilação com máscara-unidade ventilatória. O comprometimento circulatório deve ser avaliado. Os pulsos mais facilmente palpáveis são o braquial ® 1 ano de idade) e o carotídeo (> 1 ano de idade). O curso de Suporte Avançado de Vida em Pediatria (SAVP) fornece as bases fundamentais para o aprendizado do atendimento às emergências pediátricas, e é recomendado para o treinamento de todos os médicos e enfermeiras. O objetivo deste artigo é rever as recomendações para a ressuscitação cardiorrespiratória e ajudar o pediatra a salvar vidas e a melhorar a qualidade de vida das crianças criticamente enfermas.
Descritores: Parada Cardíaca/reabilitação
Reanimação Cardiopulmonar/métodos
Serviços Médicos de Emergência/métodos
-Afogamento
Envenenamento
Ferimentos e Lesões
Limites: Humanos
Recém-Nascido
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  4 / 55 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-768522
Autor: Rodrìguez Jorge, Ricardo; Rodrìguez Garcìa, Clarivel; Martìnez Zamora, Nurmy.
Título: Sumersion suicida en un canal de agua / Suicidal submersion in a water canal
Fonte: Medicentro (Villa Clara);14(3), sept. 2010.
Idioma: es.
Descritores: Afogamento/mortalidade
Asfixia/mortalidade
Suicídio
Limites: Humanos
Responsável: CU425.1 - Centro Provincial de Información de Ciencias Médicas de Villa Clara


  5 / 55 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-741465
Autor: Segundo, Arnildo De Santana Só; Sampaio, Márcio Cardoso.
Título: Perfil epidemiológico dos afogamentos em praias de Salvador, Bahia, 2012* / Epidemiological profile of drowning on beaches in Salvador, Bahia, Brazil, 2012
Fonte: Epidemiol. serv. saúde;24(1):31-38, Jan-Mar/2015. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Descrever o perfil epidemiológico e a frequência dos afogamentos em praias do município de Salvador, estado da Bahia, Brasil, cobertas pela Coordenadoria de Salvamento Marítimo de Salvador (Salvamar), em 2012. Métodos: foram descritos os dados obtidos do banco de informações sobre as vítimas atendidas pelo Salvamar. Resultados: foram registrados 733 afogamentos; houve predomínio do sexo masculino (65,5 por cento), adolescentes (40,8 por cento), estudantes (67,7 por cento) e moradores de Salvador (69,4 por cento); a idade média das vítimas era de 22,2 anos; quase todos os afogamentos foram não fatais (98,9 por cento), a maioria deles aconteceu entre 10 e 16 horas (89,5 por cento) e os meses com maior ocorrência foram janeiro (20,9 por cento) e fevereiro (16,4 por cento). Conclusão: predominaram, entre as vítimas, homens, jovens e estudantes, e os afogamentos não fatais; as ocorrências foram registradas, principalmente, nos meses do verão; as ações de prevenção a afogamentos deveriam focar os subgrupos identificados como mais vulneráveis...

To describe the epidemiological profile and the frequency of drowning on beaches in Salvador, Bahia, Brazil, covered by the Salvador Maritime Rescue Service (Salvamar) in 2012. Methods: the described data were obtained from the database of Salvamar on drowning accidents. Results: 733 people drowned in the period; victims were mostly male (65.5 per cent), adolescents (40.8 per cent), students (67.7 per cent) and inhabitants of Salvador (69.4 per cent). Mean age was 22.2 years. Almost all cases were not fatal (98.9 per cent) and the majority happened between 10 a.m. and 4 p.m. (89.5 per cent) in January (20.9 per cent) and February (16.4 per cent). Conclusion: this study indicated that Salvador had a high frequency of non-fatal drowning among males, youth and students. Summer time drowning prevention actions. should be focused on these vulnerable subgroups...
Descritores: Afogamento/epidemiologia
Perfil de Saúde
-Epidemiologia Descritiva
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR275.1 - Biblioteca


  6 / 55 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-731332
Autor: Avilán Rovira, J. M.
Título: Mortalidad por ahogamiento / Mortality by drowning
Fonte: Gac. méd. Caracas;121(3):181-182, jul.-sept. 2013. tab.
Idioma: es.
Descritores: Afogamento/mortalidade
Coma/mortalidade
Piscinas
-Morte Encefálica
Causas Externas
Limites: Humanos
Masculino
Adolescente
Feminino
Pré-Escolar
Criança
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: VE1.1 - Biblioteca Humberto Garcia Arocha


  7 / 55 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-719923
Autor: Silva, Mariana Penteado Nucci da.
Título: Funções cognitivas em vítimas de afogamento: análise neuropsicológica e ressonância magnética funcional / Cognitive functions in drowning victims: neuropsychological assessment and functional magnetic resonance imaging.
Fonte: São Paulo; s.n; 2013. [186] p. ilus, mapas, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: OBJETIVO: Avaliar o desempenho em testes neuropsicológicos e a resposta hemodinâmica cerebral medida por ressonância magnética funcional (RMf) em tarefas de memória e motora numa amostra de pacientes vítimas de afogamento com perda de consciência comparados a um grupo de indivíduos saudáveis. MATERIAL E MÉTODO: Estudamos 15 voluntários com média de idade de 23,7 anos no grupo de pacientes, selecionados a partir de amostra de 157 vítimas de afogamento, tendo como critérios de inclusão grau 3 e 4 da Escala de Afogamento (Szpilman, D. 1997) e excluindo-se aqueles com lesões estruturais cerebrais, antecedentes de alterações neurológicas ou psiquiátricas. Este grupo foi comparado a 18 voluntários saudáveis com média de idade de 25,3 anos selecionados para o grupo controle, pareados por anos de educação formal, idade e sexo. As imagens estruturais para referência anatômica (T1 3D; FLAIR 2D) e imagens funcionais axiais eco-planar, gradiente de ecos com ponderação T2*, com voxels isotrópicos de 3mm foram adquiridas em sistema de RM de 3,0 Teslas e os estímulos apresentados visualmente e sincronizados com a aquisição das imagens. O estudo de RMf foi realizado em desenho em bloco, com tarefa motora e de memória. Os dados de RMf foram préprocessados para correção de movimento, filtro espacial e temporal e foi aplicado Modelo Geral Linearizado para identificação de áreas cerebrais associadas às tarefas e produção de mapas estatísticos limiarizados (p < 0,05) representado a resposta cerebral de cada grupo, corrigidos para comparações múltiplas. Foram realizados testes ANOVA na comparação entre os dois grupos quanto às áreas cerebrais detectadas nas duas tarefas, sem e com utilização de co-variáveis obtidas de parâmetros dos testes neuropsicológicos. Além disso, investigamos a conectividade entre as regiões de redes neurais de cada paradigma através da análise de PPI e análise de correlação média de regiões da rede clássica de memória e motora entre os grupos. RESULTADOS:...

hemodynamic response measured by functional magnetic resonance imaging (fMRI) on memory and motor tasks in a sample of drowning victims with loss of consciousness compared to a group of healthy individuals. MATERIAL AND METHODS: We studied 15 volunteers (six men; mean age: 23.7 years) enlisted in the group of patients, which were selected from a sample of 157 drowning victims, with the inclusion criteria grade 3 and 4 Scale Drowning (Szpilman D., 1997) and excluding those with structural brain lesions , history of neurological or psychiatric disorders. This group was compared to 18 healthy volunteers (five men; mean age: 25.3 years matched for years of education, age and sex (control group). Structural images for anatomical reference (T1 3D, 1mm isotropic voxels; FLAIR 2D, voxels 1.2x1.2x5mm) and functional imaging axial echo - planar gradient echo T2*- weighted (Blood Oxygenation Level Dependent ) with 3mm isotropic voxels were acquired in MR system of 3.0 Tesla using a 8 Ch head coil, the stimuli presented visually and synchronized with image acquisition (Zurc & Zurc , São Paulo - Brazil). The study was conducted using fMRI block design, with motor task (finger tapping) and memory (visual recognition - part of the International Consortium for Brain Mapping). Subjects' performance in the fMRI tasks were recorded using a response box and visual observation of hand movement frequency. fMRI data were preprocessed for motion correction , spatial and temporal filter was applied and General Linear Model (GLM) was used for identification of brain areas associated with the tasks. Statistical thresholded maps (p < 0.05) representing group response to each task were corrected for multiple comparisons. ANOVA tests were performed to compare the group maps in the two tasks, with and without using covariates obtained from neuropsychological. Furthermore, we investigated the connectivity between regions of each neural network paradigm by analyzing psychophysiological...
Descritores: Afogamento
Hipóxia Encefálica
Imagem por Ressonância Magnética
Memória de Curto Prazo
Atividade Motora
Testes Neuropsicológicos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR66.1 - Divisão de Biblioteca e Documentação
BR66.1


  8 / 55 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-688754
Autor: Martins, Christine Baccarat de Godoy; Mello-Jorge, Maria Helena Prado de.
Título: Circumstances and factors associated with accidental deaths among children, adolescents and young adults in Cuiaba, Brazil / Circunstancias e fatores associados as mortes por causas acidentais entre criancas, adolescentes e jovens em Cuiaba, Brasil
Fonte: Säo Paulo med. j;131(4):228-237, 2013. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: CONTEXT AND OBJECTIVE Analysis on accidents from the perspective of population segments shows there is higher incidence among children, adolescents and young adults. Since the characteristics and circunstances of the event are closely related to educational, economic, social and cultural issues, identifying them may contribute towards minimizing the causes, which are often fatal. The aim here was to identify the environmental, chemical, biological and cultural factors associated with deaths due to accidents among children, adolescents and young adults in Cuiabá, in 2009. DESIGN AND SETTING This was a descriptive cross-sectional study conducted in Cuiabá, Mato Grosso, Brazil. RESULTS Thirty-nine accidental deaths of individuals aged 0 to 24 years were examined: 56.4% due to traffic accidents; 25.6%, drowning; 10.3%, aspiration of milk; 5.1%, falls; and 2.6%, accidentally triggering a firearm. Male victims predominated (82.1%). The presence of chemical, environmental and biological risk factors was observed in almost all of the homes. Regarding cultural factors and habits, a large proportion of the families had no idea whether accidents were foreseeable events and others did not believe that the family's habits might favor their occurrence. Delegation of household chores or care of younger siblings to children under the age of 10 was common among the families studied. CONCLUSION The results point towards the need to have safe and healthy behavioral patterns and environments, and to monitor occurrences of accidents, thereby structuring and consolidating the attendance provided for victims. .

CONTEXTO E OBJETIVO Ao analisar os acidentes sob o prisma dos segmentos populacionais, observa-se grande incidência em crianças, adolescentes e jovens. A frequência e as características e circunstâncias do evento estão intimamente relacionadas com fatores educacionais, econômicos, sociais e culturais, e a identificação desses fatores pode contribuir para minimizar essas causas, muitas vezes fatais. O objetivo foi identificar os fatores ambientais, químicos, biológicos e culturais associados com óbitos por acidentes, ocorridos entre crianças, adolescentes e jovens em Cuiabá, em 2009. TIPO DE ESTUDO E LOCAL Este é um estudo descritivo, transversal, realizado em Cuiabá, Mato Grosso, Brasil. RESULTADOS Foram analisados 39 óbitos acidentais ocorridos de 0 a 24 anos (56,4% por acidente de transporte, 25,6% por afogamento, 10,3% por aspiração de leite, 5,1% por queda e 2,6% por disparo acidental de arma de fogo). Houve predomínio no sexo masculino (82,1%). Observou-se a presença de fatores químicos, ambientais e biológicos na quase totalidade das residências. Quanto aos fatores culturais e hábitos, grande parte das famílias não soube referir se o acidente constitui evento previsível e outra parte não acredita que os hábitos da família favorecem sua ocorrência. Delegar aos filhos menores de 10 anos os afazeres domésticos ou o cuidado de irmãos menores é comum entre as famílias estudadas. CONCLUSÃO Os resultados apontam para a necessidade de adotar comportamentos e ambientes seguros e saudáveis, bem como monitorizar a ocorrência dos acidentes, estruturando e consolidando o atendimento às vítimas. .
Descritores: Acidentes/mortalidade
-Distribuição por Idade
Acidentes por Quedas/mortalidade
Acidentes de Trânsito/mortalidade
Obstrução das Vias Respiratórias/mortalidade
Brasil
Causas de Morte
Estudos Transversais
Afogamento/mortalidade
Fatores de Risco
Distribuição por Sexo
Fatores Socioeconômicos
Fatores de Tempo
Ferimentos por Arma de Fogo/mortalidade
Limites: Adolescente
Criança
Pré-Escolar
Feminino
Humanos
Lactente
Recém-Nascido
Masculino
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 55 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-685616
Autor: Gomes, Leandro César Dias; Stein, Airton Tetelbom; Bigolin, André Vicente; Lenzi, Luiz Guilherme de Saboya; Vitor, Ricardo Sozo.
Título: Prevalência de alcoolemia em óbitos por acidente de transporte e por outras causas externas / Prevalence of alcoholemy in deaths from traffic accidents and other external causes
Fonte: Rev. AMRIGS;54(3):273-277, jul.-set. 2010.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: Trauma é a principal causa de óbitos em indivíduos entre 18 e 44 anos de vida no Brasil. Por mais de um século, o álcool tem sido reconhecido como um dos principais fatores de risco para acidentes fatais, desempenhando um importante papel na etiologia do trauma. O objetivo deste estudo foi comparar o diagnóstico de alcoolemia entre mortos por acidentes de trânsito e outras causas externas (afogamento, homicídio e suicídio). Métodos: Foi realizado um estudo transversal onde se utilizaram dados secundários do Departamento de Medicina Legal de Porto Alegre no período de janeiro a dezembro de 2001. As variáveis estudadas foram o nível de alcoolemia e óbitos por causas externas. Resultados: Foram analisados 1.588 óbitos. Os homicídios ocorreram na faixa etária entre 19 e 45 anos, representando 80% dos casos. As causas externas ocorrem com mais frequência em homens e a maior causa de óbitos entre mulheres foi por acidente de trânsito, com menor alcoolemia. Os pacientes que apresentam alcoolemia positiva tiveram uma razão de prevalência de 1,18 (IC 95%:1,05 a 1,32) em relação ao óbito por acidente de trânsito em comparação ao suicídio. Conclusão: Este estudo demonstra que o álcool é fator contribuinte de morte por causas externas, especialmente aquelas causadas por acidentes de trânsito e homicídio

Introduction: Trauma is the leading cause of death in individuals between 18 and 44 years of age living in Brazil. For over a century, alcohol has been recognized as a major risk factor for fatal accidents, playing an important role in the etiology of trauma. The aim of this study was to compare the diagnosis of alcoholemy in individuals who died in traffic accidents and from other external causes (drowning, homicide and suicide). Methods: We conducted a cross-sectional study based on secondary data from the Department of Forensic Medicine of Porto Alegre from January to December 2001. The variables were blood alcohol content (BAC) and deaths from external causes. Results: We analyzed 1,588 deaths. The murders occurred between the ages of 19-45 years, accounting for 80% of the cases. External causes occur more frequently in men, and traffic accidents are the leading cause of death among women, with lower blood alcohol levels. Patients with positive blood alcohol content had a prevalence ratio of 1.18 (95% CI: 1.05 to 1.32) in relation to death by traffic accidents as compared to suicide. Conclusion: This study demonstrates that alcohol is a contributing factor of death from external causes, especially those caused by traffic accidents and homicide
Descritores: Acidentes de Trânsito/mortalidade
Etanol/sangue
-Consumo de Bebidas Alcoólicas/epidemiologia
Brasil/epidemiologia
Causas de Morte
Estudos Transversais
Afogamento/epidemiologia
Homicídio/estatística & dados numéricos
Suicídio/estatística & dados numéricos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR18.1 - Biblioteca FAMED/HCPA


  10 / 55 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-655562
Autor: Cruz, Carla da Costa.
Título: Casos de intoxicação envolvendo as substâncias químicas mais notificadas: álcool e aldicarb no estado do Rio de Janeiro durante o período de 1998 a 2005 / Cases of poisoning involving chemicals notified more - alcohol and aldicarb - in the state of Rio de Janeiro during the period 1998-2005.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2012. 64 p. mapas, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Esta pesquisa objetivou identificar os fatores de risco associados ascircunstâncias envolvendo alcoolemia no município do Rio de Janeiro no período de 1998 a 2005. As variáveis utilizadas para os casos considerados como positivos com quantificação de álcool no sangue levando-se em consideração o limite estabelecido pelo Código de Trânsito Brasileiro vigente no período (...) foram Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do ano de 2000, as ocorrências registradas pelo Instituto Médico Legal, idade média e média de concentração de álcool das vítimas. Avariável média de concentração de álcool foi significativa (...) explicando 38 por cento da variação dos casos de Afogamento, assim como o IDH (p = 0,008) explicou 29 por cento davariação dos casos com Vítimas de projétil de arma de fogo. Foram obtidas relações inversas, para a variável IDH quando associada com as circunstâncias que se referiam à violência (Agressão, Vítima de projétil de arma de fogo e enforcamento). Podemos inferir, portanto, que os casos de morte por estas circunstâncias de violência aumentam quando os Índices de Desenvolvimento Humano são mais baixos. Além disso, nossos achados indicaram que os municipios não banhados pelo mar apresentaram os maiores índices de Afogamento corroborando com a literatura.
Descritores: Aldicarb/envenenamento
Bebidas Alcoólicas/toxicidade
Carbamatos/toxicidade
Envenenamento/mortalidade
Perfil de Saúde
Desenvolvimento Humano
Intoxicação Alcoólica/mortalidade
-Acidentes de Trânsito/estatística & dados numéricos
Afogamento/mortalidade
Epidemiologia Descritiva
Causas Externas
Homicídio/estatística & dados numéricos
Suicídio/estatística & dados numéricos
Vítimas de Crime/estatística & dados numéricos
Limites: Humanos
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública
BR526.1; T615.909153, C957c



página 1 de 6 ir para página                
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde