Base de dados : LILACS
Pesquisa : C23.550.291.671 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 31 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 4 ir para página            

  1 / 31 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
AUAD, ALEXANDER MACHADO
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-996819
Autor: Pereira, Marcelo Francisco Arantes; Favare Junior, Alvaro de; Auad, Alexander Machado; Costa, Marilia Gregolin.
Título: Survival and injuries of Deois flavopicta (Stal, 1854) in pastures under seed treatment with insecticides and dry mass yield / Sobrevivência e injúrias ocasionadas por Deois flavopicta (Stal, 1854) em pastagens submetidas a tratamento de sementes com inseticidas e produtividade de massa seca
Fonte: Arq. Inst. Biol;85:e0722016, 2018. ilus, tab.
Idioma: en.
Projeto: FAPERP.
Resumo: The present study evaluated the survival and injuries of Deois flavopicta (Hemiptera: Cercopidae) in pastures of Urochloa (Syn. Brachiaria) decumbens and U. brizantha, submitted to seed treatment with fipronil (Amulet®) and thiamethoxam (Cruiser 350 FS®), and dry mass yield. The experiment, carried out at the APTA Experimental Unity, São José do Rio Preto, SP, Brazil, was designed in randomly blocks, with six treatments (factorial 2x3) and four replications. Sowing was manual, with 12.0 kg ha-1 seeds. Twenty adults were released on the plot, in a 40x40x70 cm cage, forty-nine days after sowing. The insects were sampled every two days during twelve days, without replacement of dead insects. Injuries caused by the spittlebug were evaluated by a rating scale and by productivity (dry mass yield). Data were analyzed by F-test and means compared by Tukey's test (p≤0.05). The survival of adults was higher in the U. decumbens pasture than in the U. brizantha pasture. Results show that seed treatment with thiamethoxam reduced the survival of D. flavopicta in pasture formation, but did not influence the injuries caused by insect and the dry mass yield of forage species.(AU)

Objetivou-se avaliar a sobrevivência e injúrias causadas por Deois flavopicta (Hemiptera: Cercopidae) em pastagens de Urochloa (Syn. Brachiaria) decumbens e U. brizantha, submetidas a tratamento de sementes com fipronil (Amulet®) e tiametoxam (Cruiser 350 FS®), bem como à produtividade de massa seca. A pesquisa foi desenvolvida na Unidade de Pesquisa e Desenvolvimento de São José do Rio Preto/Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios, sob o delineamento de blocos ao acaso, com seis tratamentos (fatorial 2x3) e quatro repetições. A semeadura foi realizada manualmente, distribuindo 12,0 kg ha-1 de sementes. Para infestação, foram liberados 20 adultos, em gaiolas de 0,40x0,40x0,70 m, aos 49 dias após a semeadura, e a contagem dos insetos nas gaiolas foi conduzida a cada dois dias, por um período de 12 dias, sem a substituição dos insetos mortos. Em avaliação visual foram atribuídas notas de injúrias causadas pela cigarrinha-das-pastagens às gramíneas. Para produtividade, foi efetuada avaliação de massa seca. Os dados obtidos foram submetidos à análise de variância pelo teste F e comparação de média pelo teste de Tukey (p≤0,05). A sobrevivência de D. flavopicta foi maior em pastagem de U. decumbens do que em U. brizantha. O tratamento de sementes com tiametoxam reduziu a porcentagem de cigarrinhas sobreviventes em pastagens em formação, embora não tenha influenciado nas injúrias causadas pelo inseto-praga e na produtividade de massa seca das forrageiras.(AU)
Descritores: Controle de Pragas
Resistência à Doença/efeitos dos fármacos
Hemípteros
Inseticidas
-Doenças das Plantas
Responsável: BR1942.1 - NID - Biblioteca - Núcleo de Informação e Documentação


  2 / 31 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-967317
Autor: Martins, Juliana Araújo Santos; Alves, Augusto Borges e; Garcez, Michel; Juliatti, Fernando Cezar.
Título: Partial resistance of soybean lines to asian rust and white mold / Resistência parcial de linhagens de soja à ferrugem asiática e mofo branco
Fonte: Biosci. j. (Online);34(5):1281-1286, sept./oct. 2018.
Idioma: en.
Resumo: Soybean Asian rust and white mold stand out to cause great problems to soybean producing regions in Brazil. The aim of this study was to evaluate the partial resistance of soybean lines to Asian rust and white mold. In order to assess the resistance of soybean to Asian rust, 19 early maturing soybean lines were used in an experiment in a greenhouse. Four severity evaluation were carried and the area under the disease progress curve was calculated. The productivity of those lines was evaluated in the field. In a second experiment, the resistance to Sclerotinia sclerotiorum was assessed under greenhouse conditions. When the plants were in the V2 stage, the inoculation was carried by cutting the main stem and inserting a ferrule containing the fungal mycelium. Seventeen soybean lines and the controls Emgopa 316 and Nidera RR 7255 were evaluated. The averages were grouped by the Scott Knott test by using the software Assistat. The lines L203 and L279 showed partial resistance to Phakopsora pachyrhizi and good productivity. The inoculation method was efficient in assessing the resistance to S. sclerotiorum. The lines L203, L268, L266, L226, L144 and L267 were resistant to the infection of S. sclerotiorum.

A Ferrugem Asiática e o Mofo-Branco da soja se destacam por causar grandes problemas em regiões produtoras de soja do Brasil. O objetivo deste trabalho foi avaliar a resistência parcial de linhagens de soja à ferrugem asiática e ao mofo branco da soja. Para avaliação da resistência à ferrugem asiática da soja foram utilizadas 19 linhagens de ciclo precoce em ensaio em casa de vegetação. Foram realizadas quatro avaliações de severidade e calculada a área abaixo da curva de progresso da doença. Avaliou-se a produtividade dessas mesmas linhagens a campo. Em um segundo ensaio, avaliou-se a resistência à S. sclerotiorum em casa de vegetação. Quando as plantas estavam em V2 realizou-se a inoculação através do corte da haste principal e inserção de ponteira contendo o micélio do fungo. Foram avaliadas 18 linhagens de soja e duas testemunhas, Emgopa 316 e Nidera RR 7255. As médias foram comparadas pelo teste de Scott Knott, através do Assistat. As linhagens L203 e L279 demonstraram resistência parcial à P. pachyrhizi e apresentaram boa produtividade. O método de inoculação mostrou-se eficiente na avaliação da resistência à S. sclerotiorum. As linhagens L203, L268, L266, L226, L144, L267 mostraram-se resistentes à infecção por S. sclerotiorum.
Descritores: Ascomicetos
Feijão de Soja
Micélio
Resistência à Doença
Phakopsora pachyrhizi
Fungos
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  3 / 31 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-968900
Autor: Castro, Ana Paula Gomes de; Costa, Anne Pinheiro; Peixoto, José Ricardo; Faleiro, Fábio Gelape; Vilela, Michelle de Souza; Vendrame, Wagner.
Título: Molecular characterization of yellow passion fruit genotypes with different yield and disease resistance levels / Caracterização molecular de genótipos de maracujazeiro azedo com diferentes níveis de produtividade e resistência a doenças
Fonte: Biosci. j. (Online);34(6 Supplement 1):168-176, nov./dec. 2018.
Idioma: en.
Resumo: Brazil is the largest passion fruit producer in the world. However, the yield is still considered low, and the cultivation of unsuitable varieties is one of the factors directly influencing this trait. As a consequence, breeding studies have been developed with the purpose of obtaining genetic materials with high yield, high fruit quality, and disease resistance. The objective of this study was to characterize and quantify the genetic variability in 18 genotypes of yellow passion fruit (Passiflora edulis Sims) with different levels of yield and disease resistance, using RAPD markers. The RAPD markers were obtained from 10 decamer primers and converted into a matrix of binary data. Estimations of the genetic dissimilarities between different genotypes and cluster analysis were performed. A total of 58 markers were generated, 63.80% of which were polymorphic. The genetic distances among genotypes varied from 0.040 to 0.354 and genotypes were subdivided into at least 5 groups of similarity. The dispersion graphs showed a low clustering tendency for yield and resistance to different diseases (septoriosis, anthracnose, scab, bacterial spot, and passion fruit woodiness disease). These results demonstrate a high genetic variability among the evaluated genotypes, which is valuable information when selecting promising materials to be used per se or as parents in genetic breeding programs.

O Brasil é o maior produtor mundial de maracujá. Entretanto, a produtividade ainda é considerada baixa e o cultivo de variedades inadequadas é um dos fatores que influenciam diretamente esta característica. Como consequência, trabalhos de melhoramento genético tem sido desenvolvidos com a finalidade de obter materiais genéticos com alta produtividade, qualidade de frutos e resistência a doenças. Este trabalho objetivou caracterizar e quantificar a variabilidade genética em 18 genótipos de maracujazeiro azedo (Passiflora edulis Sims) com diferentes níveis de produtividade e resistência a doenças, utilizando marcadores moleculares RAPD. Os marcadores RAPD, obtidos por meio de 10 iniciadores decâmeros, foram convertidos em uma matriz de dados binários. Estimativas de dissimilaridades genéticas entre os diferentes genótipos e análises de agrupamento foram realizadas. Um total de 58 marcadores foram gerados, dos quais 63,80% foram polimórficos. As distâncias genéticas entre os genótipos variaram de 0,040 a 0,354 e os genótipos foram subdivididas em pelo menos 5 grupos de similaridade. Os gráficos de dispersão mostraram uma baixa tendência de agrupamento para produtividade e resistência à septoriose, antracnose, verrugose, bacteriose e virose do endurecimento dos frutos. Estes resultados demonstram uma alta variabilidade genética entre os genótipos estudados, que é uma informação valiosa para a seleção de materiais promissores para serem utilizados per se ou como parentais em programas de melhoramento genético.
Descritores: Cruzamento
Passiflora
Resistência à Doença
Melhoramento Vegetal
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  4 / 31 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-790063
Autor: Soldatelli Pagno Paim, Roberta; Lorenzini, Elisiane.
Título: Estratégias para prevenção da resistência bacteriana: contribuições para a segurança do paciente / Estrategias para prevención de resistencia bacteriana: contribuciones para la seguridad del paciente / Strategies for prevention of bacterial resistance: contributions to patient safety
Fonte: rev. cuid. (Bucaramanga. 2010);5(2):757-764, july.-dic. 2014. ilus, graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: A resistência bacteriana tem como consequências, o aumento da morbidade, mortalidade e da internação hospitalar, o prolongamento das doenças, a perda da produtividade, o aumento dos custos e maior risco de complicações. Materiais e Métodos: Trata-se de um estudo descritivo, com abordagem qualitativa, na perspectiva de uma revisão integrativa da literatura, realizada em janeiro de 2014. Resultados e Discussão: Foram selecionados oito artigos que relatavam estratégias de prevenção da resistência bacteriana em um recorte temporal de 2008 a 2014. O uso racional de antimicrobianos, a higienização adequada das mãos, a cultura de vigilância microbiológica, a educação continuada, a desinfecção de superfícies, uso de testes de suscetibilidade, o isolamento de contato, quando indicado e a manutenção de um banco de dados, são alguns dos métodos encontrados neste trabalho para prevenir a seleção de micro-organismos resistentes. Conclusões: A diminuição do lançamento de novos antimicrobianos pela indústria farmacêutica e a necessidade de novos antibióticos reforça ainda mais a importância da conscientização de toda a equipe multidisciplinar no processo de prevenção de resistência antimicrobiana.

Introducción: La resistencia bacteriana tiene como consecuencias, el aumento de morbilidad, mortalidad y de hospitalización, prolongación de enfermedades, pérdida de productividad, aumento de los costos y mayor riesgo de complicaciones. Materiales y Métodos: Este es un estudio descriptivo con un enfoque cualitativo, en la perspectiva de una revisión integradora de la literatura, realizada en enero del 2014. Resultados y Discusión: Fueron seleccionados ocho artículos que reportan estrategias de prevención de la resistencia bacteriana en un periodo de tiempo del 2008 a 2014. El uso racional de antimicrobianos, la higiene adecuada de las manos, la cultura de vigilancia microbiológica, la educación continuada, la desinfección de superficies, el uso de pruebas de susceptibilidad, aislamiento del contacto, cuando esté indicado y el mantenimiento de una base de datos, son algunos de los métodos encontrados en este trabajo para evitar la selección de microorganismos resistentes. Conclusiones: La disminución en la liberación de nuevos antimicrobianos por la industria farmacéutica y la necesidad de nuevos antibióticos refuerza la importancia de la concientización de todo el equipo multidisciplinario en el proceso de prevención de la resistencia antimicrobiana.

Introduction: Bacterial resistance has as consequences, increased morbidity, mortality and hospitalization, the prolongation of disease, loss of productivity, increased costs and greater risk of complications. Material and Methods: This is a descriptive study with a qualitative approach, from the perspective of a integrative review of literature, held in January 2014. Results and discussion: Were selected eight articles that reported bacterial resistance prevention strategies in a timeframe of 2008 to 2014. The rational use of antimicrobials, proper hand hygiene, microbiological surveillance culture, continuing education, disinfection of surfaces, use of susceptibility tests, contact isolation, when indicated and the maintenance of a database, are some of the methods found in this work to prevent the selection of resistant microorganisms. Conclusions: the decrease in the release of new antimicrobials by the pharmaceutical industry and the need for new antibiotics further strengthens the importance of the awareness of the entire multidisciplinary team in the process of prevention of antimicrobial resistance.
Descritores: Estratégias
Farmacorresistência Bacteriana
Fenômenos Fisiológicos Bacterianos/imunologia
Programa de Controle de Infecção Hospitalar
Resistência à Doença/imunologia
Saúde Pública
Segurança do Paciente
-Antibacterianos
Epidemiologia Descritiva
Literatura de Revisão como Assunto
Serviços de Saúde
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: CO646.9 - UDES - Universidad de Santander


  5 / 31 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1006523
Autor: Boiça Júnior, Arlindo Leal; Copetti, Bárbara Marcasso; Rodrigues, Nara Elisa Lobato; Bottega, Daline Benites.
Título: Resistance in cowpea cultivars to Bruchidius atrolineatus (PIC) (Coleoptera: Chrysomelidae: Bruchinae) / Resistência em cultivares de feijão-caupi a Bruchidius atrolineatus (Pic) (Coleoptera: Chrysomelidae: Bruchinae)
Fonte: Arq. Inst. Biol;83:e0132015, 2016. tab.
Idioma: en.
Resumo: This study aimed to assess the resistance in cowpea cultivars to Bruchidius atrolineatus (Pic) attack. The experiment was conducted at the Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias of Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP), Jaboticabal (SP). The following cultivars were used: BR17 Gurgueia, BR3 Tracuateua, BRS Novaera, Sempre Verde, BRS Milênio, and BRS Urubuquara. The non-preference test without choice evaluated the number of viable eggs, unviable and total posed by insects in grains, after 25 days of confinement. In addition, it was observed, in a daily basis, the total dry matter consumed and dry matter consumed per insect; male and female mass; male, female and total egg-adult cycle length; male and female longevity; sex ratio; number of emerged insects and percentage of emerged insects. The non-preference test with free choice evaluated the number of viable, unviable and total eggs and adult attractiveness after 24 hours and seven days of release. Sempre Verde cultivar was the least preferred for oviposition in the test without choice and showed lower number and percentage of emerged insects. BRS Milênio had the lowest total dry mass consumed and dry mass consumed per insect.(AU)

O objetivo do presente trabalho foi avaliar a resistência em cultivares de feijão-caupi ao ataque de Bruchidius atrolineatus (Pic). O experimento foi conduzido na Faculdade de Ciências Agrárias da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP), campus de Jaboticabal/SP. Seis cultivares foram utilizados: BR17 Gurgueia, BR3 Tracuateua, BRS Novaera, Sempre Verde, BRS Milênio e BRS Urubuquara. No teste de não preferência sem chance de escolha, foram feitas as avaliações do número de ovos viáveis, inviáveis e totais colocados pelos insetos nos grãos, após 25 dias de confinamento. Nas amostras foram observadas também, diariamente, a massa seca consumida e a massa seca consumida por inseto; a massa de machos e fêmeas; o período de ovo adulto de fêmeas, machos e total; a longevidade de machos e fêmeas; a razão sexual; e a porcentagem de insetos emergidos. No teste com chance de escolha foram realizadas as contagens de ovos viáveis, inviáveis e totais e avaliada a atratividade dos adultos após 24 horas e sete dias da liberação. O cultivar Sempre Verde foi o menos preferido para oviposição, em teste sem chance de escolha, e apresentou menor número e porcentagem de insetos emergidos. Já BRS Milênio teve a menor massa seca consumida total e por inseto.(AU)
Descritores: Gorgulhos
Resistência à Doença
Vigna
-Insetos
Responsável: BR1942.1 - NID - Biblioteca - Núcleo de Informação e Documentação


  6 / 31 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1006439
Autor: Silva, Manassés dos Santos; Silva, Rômulo Pereira da; Souza, Aline Vaz Laranjeira de; Xavier, Yan Pablo Moreira; Oliveira, Antonio Carlos de; Coqueiro, Danila Souza Oliveira.
Título: Aplicação exógena do ácido salicílico em maracujazeiro-amarelo para o controle do vírus do endurecimento dos frutos / Exogenous application of salicylic acid in yellow passion fruit for the control of fruit woodiness virus
Fonte: Arq. Inst. Biol;83:e0082015, 2016. graf.
Idioma: pt.
Resumo: Foram avaliados o efeito do ácido salicílico (AS) no controle do Cowpea aphid-borne mosaic virus (CABMV), vírus que induz o endurecimento dos frutos do maracujazeiro (EFM), e a sua influência na expressão dos sintomas e na ativação das enzimas peroxidase e polifenoloxidase. O experimento foi delineado e conduzido de forma inteiramente casualizada. Os tratamentos consistiram em AS (2,5 mM) e controle (etanol 10%), aplicados 12 horas antes da inoculação mecânica do CABMV, agente causal do EFM no Brasil. Um experimento similar foi conduzido sob as mesmas condições, porém, quatro aplicações do AS foram realizadas semanalmente após a inoculação mecânica do CABMV. Em ambos os experimentos a avaliação da severidade da doença foi realizada empregando escala de notas que variaram de 0 a 3. Para avaliar a atividade das enzimas peroxidase e polifenoloxidase, as plantas foram tratadas (AS e controle) e, após 12 horas, inoculadas com o isolado de CABMV. Foram realizadas amostragens foliares 0, 12, 24 e 48 horas após os tratamentos (HAT), que foram processadas e analisadas em espectrofotômetro para a constatação da ativação da peroxidase e polifenoloxidase. Aos 30 dias após a inoculação (DAI), o AS aplicado uma única vez promoveu redução da severidade de 57,1%, quando comparado com o controle. Nas plantas submetidas às aplicações semanais de AS foi constatada a redução significativa da expressão dos sintomas aos 45 DAI. Nos ensaios bioquímicos foi observado aumento significativo de peroxidase nos intervalos de 12 horas (DAI)/24 horas (HAT). Para polifenoloxidase foi observado um aumento significativo de sua atividade nos intervalos de 24 horas (DAI)/48 horas (HAT). Sugere-se que o AS pode representar uma ferramenta adicional no manejo do EFM.(AU)

The effect of salicylic acid (SA) was evaluated in control of Cowpea aphid-borne mosaic virus (CABMV), which induces hardening of the fruits of passion fruit (EFM). Also, its influence on the expression of symptoms and the activation of peroxidase and polyphenol oxidases were evaluated. The experiment was designed and conducted in a completely random way. The treatments consisted of SA (2.5 mM) and control (10% ethanol), applied 12 hours before mechanical inoculation of CABMV, the causal agent of EFM in Brazil. A similar experiment was conducted under the same conditions, but four applications were performed weekly after CABMV mechanical inoculation. In both experiments a rating scale ranging from 0 to 3 was used to assess the severity of the disease. To evaluate the activity of peroxidase and polyphenol oxidase, the plants were treated (SA and control) and, after 12 hours, inoculated with isolated CABMV. Leaf samplings were performed at 0, 12, 24 and 48 hours after the treatments (HAT), processed and analyzed in a spectrophotometer to verify the activation of peroxidase and polyphenol oxidase. At 30 days after inoculation (DAI), the SA applied once promoted reduction of 57.1% of the severity, when compared with the control. In plants subjected to SA weekly applications, it was found a significantly reduction in the expression of symptoms at 45 DAI. In the biochemical assays, a significant increase in peroxidase in 12-hour intervals (DAI)/24 hours (HAT) was observed. For polyphenol oxidase, a significant increase of its activity was observed at 24 hour intervals (DAI)/48 hours (HAT). It is suggested that SA may represent an additional tool in the management of EFM.(AU)
Descritores: Potyvirus
Ácido Salicílico/uso terapêutico
Passiflora
Resistência à Doença
-Viroses
Controle de Pragas
Responsável: BR1942.1 - NID - Biblioteca - Núcleo de Informação e Documentação


  7 / 31 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1006275
Autor: Nogueira, Luciano; Jesus, Flavio Gonçalves de; Almeida, André Cirilo de Sousa; Bioça Junior, Arlindo Leal; Godoy, Ignácio José de; Corrêa, Fernanda.
Título: Caracterização de cultivares de amendoim quanto ao dano de Stegasta bosquella (Chambers, 1875) (Lepidoptera: Gelechiidae) / Characterization of peanut cultivars to damage Stegasta bosquella (Chambers, 1875) (Lepidoptera: Gelechiidae)
Fonte: Arq. Inst. Biol;83:e1012013, 2016. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Avaliou-se a resistência de quatro cultivares de amendoim de hábito de crescimento rasteiro e cinco cultivares de hábito de crescimento ereto ao dano de Stegasta bosquella (Chambers, 1875) (Lepidoptera: Gelechiidae) em condições de campo na safra das águas, nos anos 2009/2010 e 2010/2011. Os cultivares utilizados nos experimentos foram: IAC 147, IAC 213, IAC Caiapó e IAC Runner 886 (porte rasteiro) e IAC Tatu ST, IAC 5, IAC 8112, IAC 22 e IAC 88-1 (porte ereto). O delineamento adotado foi em blocos ao acaso, com parcelas subdivididas ao longo do tempo, e quatro repetições. Para a infestação de S. bosquella , foram realizadas avaliações semanais dos 18 aos 67 dias após a emergência (DAE), com contagem de lagartas e avaliações de danos. Para a contagem do número de brotos por planta, coletaram-se 5 plantas por parcela a partir dos 30, 60 e 90 DAE. Independentemente do cultivar, as maiores infestações de S. bosquella ocorrem dos 53 aos 67 DAE. O cultivar IAC Runner 886 apresenta a maior emissão de brotos apicais, uma característica desejável na defesa da planta em relação à S. bosquella.(AU)

We evaluated the strength of four growth habit of peanut cultivars creeping and five cultivars of erect growth habit to damage Stegasta bosquella (Chambers, 1875) (Lepidoptera: Gelechiidae) under field conditions during the rainy season, in the years 2009/2010 and 2010/2011. The cultivars used in the experiments were: IAC 147, IAC 213, IAC Caiapó and IAC Runner 886 (runner) and IAC Tatu ST, IAC 5, IAC 8112, IAC 22 e IAC 88-1 (erect). The design adopted was randomized blocks with split plot over time, and four replications. For infestation of S. bosquella , weekly evaluations were done 18 to 67 days after emergence (DAE), with caterpillars count and damage assessments. For counting the number of shoots per plant, they collected up five plants per plot from the 30, 60 and 90 DAE. Regardless of cultivating major infestations of S. bosquella occur from 53 to 67 DAE. The IAC Runner 886 cultivar has the highest emission apical shoots a desirable feature in plant defense in relation to S. bosquella.(AU)
Descritores: Arachis
Resistência à Doença
Lepidópteros
-Controle de Pragas
Responsável: BR1942.1 - NID - Biblioteca - Núcleo de Informação e Documentação


  8 / 31 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-965625
Autor: Khan, Qaisar; Mumtaz, Abdul Samad; Khurshid, Haris; Jan, Sohail Ahmad; Ahmad, Nazir; Khan, Shahid Ali; Saleem, Noor; Shah, Sabir Hussain; Ibrahim, Muhamad Ishaq; Ilyas, Muhammad; Arif, Muhammad.
Título: Exploring Durable Genetic Resistance against Leaf Rust through Phenotypic Characterization and Lr34Linked STS Marker in Wheat Germplasm / Explorando a resistência genética duradoura contra a ferrugem da folha através da caracterização fenotípica e do STS marker relacionado ao (GENE) LR34 do germoplasma do trigo
Fonte: Biosci. j. (Online);32(4):986-998, july/aug. 2016. tab, graf, ilus.
Idioma: en.
Resumo: Present study was aimed to screening the population of 25 wheat genotypes from Baluchistan region of Pakistan along with five commercial cultivars for leaf rust adult plant resistance (APR) through gene postulation using natural inoculation of Puccinia triticina Erikss local pathotype. Infection severity was recorded on scale in comparison with susceptible control "Morroco" cultivar. On the basis of phenotypic score, seven accessions and four varieties (Zardana-89, Sariab-92, Zarlashta-99 and Raskoh-05) with AUDPC values up to 20% were characterized as resistant genotypes. Coefficient of infection (CI) score ranged from 0-10 for some accessions and cultivars showing high level of adult plant resistance. Furthermore, bi-allelic STS marker csLV34 having close linkage with Lr34 (0.4cM). This marker amplified one gene specific allele of 150bp in 21 genotypes, including 19 accessions and two commercial varieties (Sariab-92 and Zarghoon-79) which confirmed presence of Lr34 gene conferring adult plant resistance against leaf rust. The rust pathogenicity scale varied for accessions from resistant to moderately susceptible. However, beside Lr34, phenotypic gene postulation, in combination with marker assisted selection for leaf rust resistance, has revealed presence of some other unknown resistance genes in local wheat germplasm which signified its use in wheat improvement programs both locally and abroad.

O presente estudo teve como objetivo a triagem da população de 25 genótipos de trigo do Baluchistão, região do Paquistão, juntamente com cinco cultivares comerciais para o estudo da resistência à ferrugem da folha em plantas adultas (leaf rust adult plant resistance, APR, em inglês) através da postulação gênica usando a inoculação natural do patótipo local da Puccinia triticina Erikks. A gravidade da infecção foi registrada na escala em comparação ao cultivar de controle suscetível "Morroco". Com base na pontuação fenotípica, sete acessões e quatro variedades (Zardana-89, Sariab-92, Zarlashta-99 and Raskoh-05) com valores de AUDPC (area under the disease progress curve, em inglês) até 20% foram caracterizados como genótipos resistentes. A pontuação do coeficiente de infecção (CI) variou no intervalo de 0-10 para algumas acessões e cultivares evidenciando uma elevada resistência nas plantas adultas. Além disso, o STS marker para o csLV34 bi-alélico demonstrou uma ligação estreita com o Lr34 (0.4cM). Este marcador amplificou um alelo específico do gene do 150bp em 21 genótipos, incluindo 19 acessões e duas variedades comerciais (Sariab-92 and Zarghoon-79) o que confirmou a presença do gene Lr34 conferindo resistência às plantas adultas contra a ferrugem da folha. A escala de patogenicidade da ferrugem para as acessões de resistente a moderadamente suscetível. Contudo, além do Lr34, a postulação gênica fenotípica, em combinação com a seleção auxiliada (ou assistida) por marcadores para a resistência da ferrugem da folha, revelou a presença de outros genes resistentes desconhecidos no germoplasma do trigo local o que justifica a sua utilização em programas de melhoramento do trigo tanto a nível local quanto a nível internacional.
Descritores: Triticum
Resistência à Doença
Patologia Vegetal
Genes
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  9 / 31 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-965394
Autor: Huller, Guilherme de Camargo; Jaccoud Filho, David de Souza; Pierre, Marcelo Luiz Cunha; Tullio, Hamilton Edemundo; Grabicoski, Edilaine Maurícia Gelinski; Juliatti, Fernando Cezar.
Título: Different methods of assessing susceptibility of soybean genotypes to white mold / Diferentes métodos de avaliação da suscetibilidade de genótipos de soja ao mofo branco
Fonte: Biosci. j. (Online);32(2):389-402, mar./abr. 2016. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: White mold caused by the fungus Sclerotinia sclerotiorum is an important disease in relation to soybean. The use of less susceptible genotypes can be a productive strategy in the management of this disease, and the development of an appropriate methodology for soybean inoculation is useful for the differentiation of disease-resistant genotypes. The present study aimed to assess the susceptibility of 77 soybean genotypes based on their reaction to oxalic acid, as well as to determine correlations between three traditional disease assay methods (detached leaf, non-wounded stem and straw tests) and the results of the oxalic acid assay. Oxalic acid susceptibility was assessed by using a wilting score scale. For the other methods, the severity of disease symptoms was assessed. To compare methodologies, the values obtained for the genotypes using each method were categorized into classes, and a severity index was used to represent individuals within each class. All the methods used were efficient for the differentiation of soybean genotypes in terms of susceptibility to S. sclerotiorum; however, the behavior of the genotypes depended on the inoculation method adopted. Even though no significant relationship was identified between the severities of the damage resulting from the methodologies, the rankings acquired from the methods strongly agreed. The oxalic acid method was the most rapid, the least laborious, and was the cheapest compared with the other methods that were used.

O mofo branco causado pelo fungo Sclerotinia sclerotiorum é uma doença importante na cultura da soja. A utilização de genótipos menos suscetíveis pode ser uma estratégia interessante no manejo desta doença, e o desenvolvimento de um método de inoculação adequado para a soja é de grande valia para a discriminação de genótipos resistentes. O presente estudo objetivou avaliar a suscetibilidade de 77 genótipos de soja baseado na reação destes ao ácido oxálico, bem como através de três métodos tradicionais (folha destacada, inoculação na haste sem ferimento e utilizando ponteiras de micropipeta), a fim de verificar os resultados obtidos com o teste do ácido oxállico e correlações entre métodos. A suscetibilidade dos genótipos ao ácido oxálico foi avaliada através de uma chave de escores de murchamento. Para os demais métodos, a severidade de ataque do patógeno foi avaliada. Para permitir a comparação entre metodologias, os resultados obtidos para os genótipos foram organizados em classes, e um índice de severidade foi utilizado para representar os individuos de cada classe. Todos os métodos foram eficientes na diferenciação de genótipos de soja quanto à suscetibilidade à S. sclerotiorum, entretanto, o comportamento dos genótipos variou conforme o método empregado. Não foi observada relação entre as severidades e escores de murchamento obtidos com as metodologias, porém, os ranqueamentos dos genótipos obtidos dos diferentes métodos apresentaram forte correlação. O método baseado na reação ao ácido oxálico foi o mais rápido, menos trabalhoso e de menor custo dentre os métodos utilizandos neste trabalho.
Descritores: Ascomicetos
Feijão de Soja
Resistência à Doença
Noxas
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  10 / 31 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-995153
Autor: Santos, Stephanie Cristine Carvalho dos.
Título: Efeitos da 5-iodotubercidina em linhagens de melanoma humano parentais e resistentes ao inibidor de BRAF / Effects of 5-iodotubercidin on human melanoma lines of parental and resistant to the BRAF inhibitor.
Fonte: São Paulo; s.n; 2019. 90 p. graf, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: O melanoma é responsável por menos de 5% dos cânceres de pele, porém, 95% das mortes ocorrem devido a ocorrência de metástases. O melanoma metastático é refratário às terapias convencionais e rapidamente adquire resistência às terapias como as oncogene-dirigidas, como o inibidor de BRAF, da via de MAPK. Estudos prévios de screening in silico do nosso grupo, onde se utilizou as bases de dados TCGA e GEO, identificaram o gene adenosina quinase (ADK) como sendo diferencialmente expresso entre o melanoma invasivo e os nevus. A 5-iodotubercidina (5-ITu) é um potente inibidor farmacológico da ADK que dentre os diversos efeitos relatados na literatura destaca-se pelo potencial genotóxico. Os danos no DNA são os principais ativadores de checkpoint do ciclo celular, que levam a parada do ciclo celular transitória ou permanente, além de induzir morte celular, levando a hipótese de que ADK possa ser potencial agente anti-melanoma. Este trabalho objetivou avaliar a expressão do gene ADK em melanomas humanos e quimiorresistentes ao inibidor de BRAF (iBRAF), avaliou os impactos de 5-ITu sobre a proliferação, progressão do ciclo celular e morte celular e por fim avaliamos sua capacidade de aumentar a sensibilidade das células. Foi realizado PCR em tempo real para avaliar os níveis de expressão de mRNA de ADK em linhagens de melanoma e na cultura primária de melanócitos; a fim de avaliar a citotoxicidade de 5-ITu foram realizados os ensaios de exclusão por azul de tripan e de apoptose - Anexina V e PI e em modelo de esferoide, usando live/dead; também foi avaliada a influência de 5-ITu sobre a capacidade clonogênica e seus efeitos sobre a proliferação celular, a partir dos ensaios de ciclo celular e avaliação de marcadores de proliferação por imunofluorescência; as linhagens foram submetidas a diferentes regimes de tratamento com 5-ITu e o iBRAF, a fim de avaliar a curva de crescimento e a sensibilidade ao iBRAF por MTT níveis de expressão de mRNA de ADK maiores nas linhagens tumorais em relação aos melanócitos. 5-ITu mostrou-se capaz de inibir a proliferação (IC50) das linhagens de melanoma em concentrações de 1,9 a 3,5 µM. 5-ITu não foi capaz de induzir inviabilidade celular, apesar de reduzir a quantidade de células viáveis em todas as condições de tratamento, também não foi capaz de induzir aumento significativo de células apoptóticas, nem mesmo necróticas. No entanto, o tratamento com 5-ITu reduziu a capacidade clonogênica de linhagens de melanoma e promoveu parada de ciclo celular nas fases G1 e G2/M, levou ao aumento da população subG1. O tratamento com 5-ITu promoveu a redução da expressão de marcadores de proliferação, como ki67, e a combinação de tratamentos 5-ITu e iBraf foi capaz de aumentar o tempo de dobramento das linhagens de melanoma, embora tenha se mostrado incapaz de sensibilizar as células de melanoma ao tratamento com iBRAF. Desse modo, pode-se concluir que 5-ITu induz o efeito citostático e se mostra um potente agente antiproliferativo para melanoma parental e resistente

Melanoma accounts for less than 5% of skin cancers, but 95% of deaths occur due to metastases. Metastatic melanoma is refractory to conventional therapies and rapidly acquires resistance to therapies such as oncogene-directed, such as the BRAF inhibitor, of the MAPK pathway. Previous studies of screening in silico of our group, using the databases TCGA and GEO, identified the adenosine kinase gene (ADK) as differentially expressed between invasive melanoma and nevus. 5-iodotubercidin (5-ITu) is a potent pharmacological inhibitor of ADK that among the several effects reported in the literature stands out for the genotoxic potential. DNA damage is the main activator of the cell cycle checkpoint, which leads to transient or permanent cell cycle arrest, in addition to inducing cell death, leading to the hypothesis that ADK may be a potential anti-melanoma agent. This work aimed to evaluate the expression of the ADK gene in human melanomas and chemoresistants to the BRAF inhibitor (iBRAF), evaluated the impacts of 5-ITu on proliferation, cell cycle progression and cell death and finally we evaluated its ability to increase the sensitivity of cells. Real-time PCR was performed to assess the levels of ADK mRNA expression in melanoma lines and primary melanocyte culture; in order to evaluate the cytotoxicity of 5-ITu, the trypan blue and apoptosis - Annexin V and PI exclusion and blue spheroid models were performed using live / dead; the influence of 5-ITu on the clonogenic capacity and its effects on cell proliferation, from the cell cycle assays and the evaluation of proliferation markers by immunofluorescence; the cell lines were submitted to different treatment regimens with 5-ITu and iBRAF in order to evaluate the growth curve and the sensitivity to iBRAF by MTT levels of mRNA expression of ADK higher in the tumor lines in relation to the melanocytes. 5-ITu was able to inhibit the proliferation (IC 50) of melanoma lines at concentrations of 1.9 to 3.5 181;M. 5-ITu was not able to induce cell non-viability, although it reduced the amount of viable cells in all treatment conditions, nor was it able to induce a significant increase in apoptotic or even necrotic cells. However, treatment with 5-ITu reduced the clonogenic capacity of melanoma cells and promoted cell cycle arrest in the G1 and G2 / M phases, leading to an increase in the subG1 population. Treatment with 5-ITu promotes the reduction of expression of proliferation markers, such as ki67, and the combination of 5-ITu and iBRAF treatments was able to increase the doubling time of melanoma cells, although it has been shown to be unable to sensitize melanoma cells to treatment with iBRAF. Thus, it can be concluded that 5-ITu induces the cytostatic effect and shows a potent antiproliferative agent for parental and resistant melanoma
Descritores: Adenosina Quinase/análise
Melanoma
-Dano ao DNA
Proteínas Proto-Oncogênicas B-raf/antagonistas & inibidores
Resistência à Doença
Pontos de Checagem do Ciclo Celular
Neoplasias/classificação
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto das Químicas
BR40.1; T616.994, S237e. 30100022537-F



página 1 de 4 ir para página            
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde