Base de dados : LILACS
Pesquisa : C23.550.291.890 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 143 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 15 ir para página                         

  1 / 143 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-886972
Autor: Andrade, Tatiana Cristina Pedro Cordeiro de; Martins, Tábata Yamasaki; Vieira, Bruna Cortinóvis; Santiago, Tatiane Meira; Soares, Cleverson Teixeira; Barreto, Jaison Antônio.
Título: Lepromatous leprosy simulating rheumatoid arthritis - Report of a neglected disease
Fonte: An. bras. dermatol;92(3):389-391, May-June 2017. graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Brazil has the second largest number of leprosy cases in the world; nevertheless, late diagnosis is common. We report the case of a male patient with pain and numbness in both hands and feet for six years with positive rheumatoid factor and anticardiolipin under rheumatoid arthritis treatment for five years. Examination revealed diffuse cutaneous infiltration and leonine facies, characteristic features of lepromatous leprosy. Autoantibodies such as rheumatoid factor and anticardiolipin are markers of rheumatic autoimmune diseases, but their presence is also described in leprosy. We report the present case in order to alert health professionals to remember leprosy, even in areas where the disease is considered eliminated as a public health problem, avoiding misinterpretations of serologic findings and misdiagnosis.
Descritores: Artrite Reumatoide/diagnóstico
Hanseníase Virchowiana/diagnóstico
-Hanseníase Virchowiana/patologia
Hanseníase Virchowiana/tratamento farmacológico
Diagnóstico Diferencial
Doenças Negligenciadas/diagnóstico
Doenças Negligenciadas/patologia
Doenças Negligenciadas/tratamento farmacológico
Limites: Seres Humanos
Masculino
Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 143 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1026633
Autor: Souto-Marchand, Andreia Silva de.
Título: Doenças infecciosas e suas correlações com indicadores socioeconômicos e demográficos: estudo ecológico em diferentes estados brasileiros / Infectious diseases and their correlations with socioeconomic and demographic indicators: an ecological study in different Brazilian states.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2017. 120 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Instituto Oswaldo Cruz para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: No Brasil, as doenças infecciosas têm apresentado importante evolução em seus perfis epidemiológicos, e a população tem sofrido grandes oscilações demográficas nas últimas décadas. A concentração demográfica em um contexto de pobreza pode estar associada à expansão de algumas doenças. Partindo desta hipótese, o presente estudo avaliou, em uma abordagem ecológica, alguns indicadores socioeconômicos e demográficos de 1895 municípios brasileiros que compõem os estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Goiás, Acre e Pernambuco, onde as unidades do estudo foram os municípios. O período avaliado foi entre os anos 2001 a 2012. Consideramos como variáveis explicativas o índice de desenvolvimento humano municipal (IDHM) o produto interno bruto per capita, a proporção de população vivendo em pobreza extrema e o coeficiente de Gini, também a incidência de infecção pelo HIV/AIDS nos municípios analisados para a tuberculose. Como variáveis resposta, consideramos as taxas de incidência anuais para tuberculose, hanseníase, sífilis congênita e dengue, além das taxas de mortalidade específicas para doença de Chagas. Aplicou-se a correlação de Spearman para as análises. Os resultados revelaram um padrão de maior acúmulo de riqueza e desenvolvimento nas cidades onde o IDHM se correlacionou positivamente com o PIB e o tamanho da população dos municípios

Também foi constatado menor proporção de pessoas vivendo em extrema pobreza nestas áreas, e uma tendência de forte urbanização das doenças infecciosas incluídas neste trabalho, com taxas de incidência aumentando ao longo da década analisada para estas cidades. Os resultados sugerem ainda que a concentração de renda, de infraestrutura e serviços, cria paradoxalmente condições para uma maior ocorrência de doenças infecciosas geralmente ligadas à pobreza com diferentes vias de transmissão, seja respiratória, sexual ou por vetores. Possivelmente os centros urbanos, por conterem aglomerados de moradias precárias e grande população carcerária, contribuem para este novo panorama epidemiológico das doenças aqui elencadas, embora apresentem melhores indicadores para qualidade de vida. De tal forma, que algumas infecções se apresentam como o novo desafio às políticas públicas de controle de doenças no ambiente urbano, como exemplo a sífilis congênita. Sugere-se então, abordagens e ações multidisciplinares voltadas para a prevenção da saúde da população em geral com foco na formação dos profissionais de saúde e educação. (AU)
Descritores: Pobreza
Fatores Socioeconômicos
Doenças Transmissíveis
Doenças Negligenciadas
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  3 / 143 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-960678
Autor: Ventura-Flores, Roberto; Guzman-velasquez, Jessica Milagros; Tarrillo-Dávila, Miguel Ángel.
Título: Esporotricosis: una enfermedad ocupacional y desatendida / Sporotrichosis: an occupational and neglected disease
Fonte: Rev. cuba. salud pública;44(3), jul.-set. 2018.
Idioma: es.
Resumo: Las enfermedades infecciosas desatendidas afectan a poblaciones socioeconómicas pobres que viven en condiciones aisladas y que por su naturaleza crónica y silenciosa es común en comunidades con voz política débil, lo que refleja mínimas acciones de prevención, vigilancia y control de parte del Estado. Existe subregistro de la enfermedad y carencia de métodos de diagnósticos oportunos a pesar de que más de mil millones de personas las padecen en el mundo.1 En ese contexto quisiéramos discutir acerca de la esporotricosis, una micosis ocupacional y desatendida que pone en riesgo a la salud. La esporotricosis, es una micosis subcutánea de curso crónico producido por diferentes especies del genero Sporothrix entre ellas, Sporothrix brasiliensis, Sporothrix schenckii, Sporothrix globosa, Sporothrix mexicana y Sporothrix luriei.2 La infección se adquiere por implantación traumática de estructura fúngicas, que se encuentra ampliamente distribuidas en la naturaleza, especialmente en el suelo, espinas de plantas, vegetales en descomposición pero también por arañazo o mordedura de gatos.3,4 Esta enfermedad tiene una distribución mundial debido a su alta prevalencia especialmente en áreas de países tropicales y subtropicales donde sudamérica presenta una incidencia estimada anual de 48 a 60 casos por 100 000 habitantes.5 Mientras que en Perú, la mayor frecuencia se produce en zonas endémicas de regiones andinas de Cajamarca, Cusco, La Libertad, Ayacucho y Abancay, este último es hiperendémico con reportes de incidencia anual de 98 casos por cada 100 000 habitantes.3 En tal escenario, vivir en una zona endémica es ya un factor de infección. Los pacientes con esporotricosis presentan diferentes formas clínicas que varía de acuerdo a su estado inmunológico, carga fúngica, profundidad del inóculo y virulencia del hongo.3 Las manifestaciones más comunes son la forma linfocutánea en 75 por ciento y la cutánea fija en el 20 por ciento; la primera de ellas se caracteriza por afectación linfática acompañado de aparición de nódulos subcutáneos y la segunda está focalizada en el sitio de infección.6 Independientemente del tipo de especie, esta micosis afecta con mayor frecuencia a regiones más expuestas como la cara, extremidades superiores y extremidades inferiores3 de personas que viven en zonas endémicas entre ellos campesinos que en el ejercicio de su actividad adquieren la infección, razón por la cual esta micosis es considerada también una enfermedad ocupacional.5 Hemos observado en la práctica clínica, casos de adultos y niños con antecedente de haber recibido tratamiento completo para leishmaniasis cutánea sin evolución clínica y al ser referido al Hospital regional Lambayeque se diagnosticaron como esporotricosis por cultivo, lo que orientó iniciar tratamiento con itraconazol a dosis de 100 mg/día con mejoría clínica y cicatrización de lesiones a partir de 20 días, por lo que continuaron su tratamiento con sus respectivos controles hasta 6 meses, en que recibieron el alta. Por lo expuesto consideramos que la accidentada geografía del Perú determina variados problemas de salud pública entre ellas la esporotricosis, una enfermedad de reporte no obligatorio a pesar de ser endémico en diferentes lugares y más aun sabiendo que la población afectada...(AU)
Descritores: Esporotricose/epidemiologia
Doenças Negligenciadas/epidemiologia
-Peru
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  4 / 143 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-984796
Autor: Silva, Lidiane Mara de Ávila e; Barsaglini, Reni Aparecida.
Título: "A reação é o mais difícil, é pior que hanseníase": contradições e ambiguidades na experiência de mulheres com reações hansênicas / "The reaction is the most difficult, it is worse than leprosy": contradictions and ambiguities in the experience of women with leprosy reactions
Fonte: Physis (Rio J.);28(4):e280422, 2018.
Idioma: pt.
Projeto: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.
Resumo: Resumo Estudo de abordagem socioantropológica, analisa a experiência de mulheres com reações hansênicas, quadro agudo de evolução crônica que acomete cerca da metade das pessoas que têm hanseníase. Foram entrevistadas sete mulheres com reações, acompanhadas por um serviço de referência em Cuiabá-MT, região com maior número de casos no Brasil. A análise foi realizada na modalidade temática e os resultados abrangem o contexto em que vivem, o aparecimento e interpretação das reações, as repercussões e dilemas de um "tratamento que adoece". As reações imbricam-se na trajetória da hanseníase e são marcadores do adoecimento por intensificarem a dor ou por causarem marcas e eritemas pelo corpo. Ao explicarem sua origem, as reações são inseridas em contextos abrangentes e situações de estresse ou tristeza. O tratamento torna-se um problema na medida em que afeta como elas se veem, processo que é acrescido e incorporado à situação estigmatizante causada pela hanseníase. Ter reações pode ser considerado "pior" do que ter hanseníase, pois nem sempre é possível prevê-las ou controlá-las; por isso, assume-se que a noção de cura requer outros sentidos, baseados na reconstrução cotidiana. Reitera-se a importância de abordar o problema em perspectiva que favoreça uma atenção integral aos adoecidos.

Abstract Study of socio-anthropological approach on the experience of women with leprosy reactions, an acute chronic evolution that affects half of those who have leprosy. Seven women with reactions were interviewed, accompanied by a reference service in Cuiabá-MT, the region with the highest number of cases in Brazil. The analysis was carried out in the thematic modality and the results cover the context in which they live, the appearance and interpretation of the reactions, the repercussions and dilemmas of a "treatment that gets sick". Reactions are embedded in the trajectory of leprosy and are markers of illness by intensifying pain or causing bruising and erythema throughout the body. In explaining their origin, reactions are inserted into broad contexts and situations of stress or sadness. Treatment becomes a problem as it affects how they look, a process that is added and incorporated into the stigmatizing situation caused by leprosy. Having reactions can be considered "worse" than having leprosy, since it is not always possible to predict or control them and therefore, it is assumed that the notion of cure requires other senses, based on daily reconstruction. It reiterates the importance of approaching the problem in a perspective that favors a comprehensive care for the patients.
Descritores: Dor
Vergonha
Controles Informais da Sociedade
Fatores Socioeconômicos
Mulheres
Brasil
Comportamentos Relacionados com a Saúde
Doenças Negligenciadas/complicações
Estigma Social
Hanseníase/complicações
Limites: Seres Humanos
Feminino
Adulto
Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Revisão
Entrevista
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C


  5 / 143 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-984698
Autor: Volpedo, Greta; Costa, Lourena; Ryan, Nathan; Halsey, Gregory; Satoskar, Abhay; Oghumu, Steve.
Título: Nanoparticulate drug delivery systems for the treatment of neglected tropical protozoan diseases
Fonte: J. venom. anim. toxins incl. trop. dis;25:e144118, 2019. tab, ilus.
Idioma: en.
Projeto: CAPES; . CNPq; . CAPES.
Resumo: Neglected Tropical Diseases (NTDs) comprise of a group of seventeen infectious conditions endemic in many developing countries. Among these diseases are three of protozoan origin, namely leishmaniasis, Chagas disease, and African trypanosomiasis, caused by the parasites Leishmania spp., Trypanosoma cruzi, and Trypanosoma brucei respectively. These diseases have their own unique challenges which are associated with the development of effective prevention and treatment methods. Collectively, these parasitic diseases cause more deaths worldwide than all other NTDs combined. Moreover, many current therapies for these diseases are limited in their efficacy, possessing harmful or potentially fatal side effects at therapeutic doses. It is therefore imperative that new treatment strategies for these parasitic diseases are developed. Nanoparticulate drug delivery systems have emerged as a promising area of research in the therapy and prevention of NTDs. These delivery systems provide novel mechanisms for targeted drug delivery within the host, maximizing therapeutic effects while minimizing systemic side effects. Currently approved drugs may also be repackaged using these delivery systems, allowing for their potential use in NTDs of protozoan origin. Current research on these novel delivery systems has provided insight into possible indications, with evidence demonstrating their improved ability to specifically target pathogens, penetrate barriers within the host, and reduce toxicity with lower dose regimens. In this review, we will examine current research on these delivery systems, focusing on applications in the treatment of leishmaniasis, Chagas disease, and African trypanosomiasis. Nanoparticulate systems present a unique therapeutic alternative through the repositioning of existing medications and directed drug delivery.(AU)
Descritores: Sistemas de Liberação de Medicamentos/tendências
Doenças Negligenciadas/prevenção & controle
Doenças Negligenciadas/terapia
Doenças Negligenciadas/epidemiologia
-Polímeros
Tripanossomíase Africana
Leishmaniose
Doença de Chagas
Nanocápsulas
Limites: Seres Humanos
Animais
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR33.1 - Divisão Técnica de Biblioteca e Documentação


  6 / 143 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-903154
Autor: Monteiro, Lorena Dias; Mota, Rosa Maria Salani; Martins-Melo, Francisco Rogerlândio; Alencar, Carlos Henrique; Heukelbach, Jorg.
Título: Social determinants of leprosy in a hyperendemic State in North Brazil / Determinantes sociais da hanseníase em um estado hiperendêmico da região Norte do Brasil
Fonte: Rev. saúde pública (Online);51:70, 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVE To identify the socioeconomic, demographic, operational, and health service-related factors associated with the occurrence of leprosy in a hyperendemic State in North Brazil. METHODS This is an ecological study based on secondary data from the Sistema de Informações de Agravos de Notificação in municipalities of the State of Tocantins from 2001 to 2012. Units of analysis were the 139 municipalities of the State. Negative binomial log linear regression models were used to estimate incidence rate ratios. RESULTS In bivariate analysis, the incidence rate ratios were significantly higher for municipalities with higher income ratio of the poorest 20.0% (1.47; 95%CI 1.19-1.81) and better Municipal Human Development Index (1.53; 95%CI 1.14-2.06). In multivariate analysis, the incidence rate ratios were significantly higher in municipalities with higher proportion of immigrants (1.31; 95%CI 1.11-1.55) and higher proportion of households with waste collection (1.37; 95%CI 1.11-1.69). There was a significant reduction in the incidence rate ratio with increased coverage of the Bolsa Família Program (0.98; 95%CI 0.96-0.99). CONCLUSIONS Control programs need to focus on activities in municipalities of greater social vulnerability with intersectoral investment for the improvement of the living conditions of the population.

RESUMO OBJETIVO Identificar fatores socioeconômicos, demográficos, operacionais e de serviços de saúde associados à ocorrência da hanseníase em um estado hiperendêmico do norte do Brasil. MÉTODOS Estudo ecológico com dados secundários do Sistema de Informações de Agravos de Notificação em municípios do estado do Tocantins de 2001 a 2012. As unidades de análise foram os 139 municípios do estado. Modelos de regressão log linear binomial negativa foram utilizados para estimar as razões de taxas de incidência. RESULTADOS Na análise bivariada, a razão de taxa de incidência foi significativamente maior para os municípios com maior razão de renda dos 20,0% mais pobres (1,47; IC95% 1,19-1,81) e melhor Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (1,53; IC95% 1,14-2,06). Na múltipla, a razão de taxa de incidência foi significativamente superior em municípios com maior concentração de imigrantes (1,31; IC95% 1,11-1,55) e proporção de domicílios com coleta de lixo (1,37; IC95% 1,11-1,69). Houve redução significativa da razão de taxa de incidência com o aumento da cobertura do programa bolsa família (0,98; IC95% 0,96-0,99). CONCLUSÕES Os programas de controle precisam focar as atividades em municípios de maior vulnerabilidade social com investimentos intersetoriais para a melhoria das condições de vida da população.
Descritores: Doenças Endêmicas/estatística & dados numéricos
Doenças Negligenciadas/epidemiologia
Hanseníase/epidemiologia
-Características da Família
Disparidades em Assistência à Saúde
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 143 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-999584
Autor: Reis, Martha Cerqueira; Raposo, Marcos Túlio; Alencar, Carlos Henrique Morais de; Ramos Júnior, Alberto Novaes; Heukelbach, Jorg.
Título: Incapacidades físicas em pessoas que concluíram a poliquimioterapia para hanseníase em Vitória da Conquista, Bahia, Brasil / Physical disabilities after multidrug therapy for leprosy in Vitória da Conquista, Bahia State, Brazil
Fonte: Acta fisiátrica;25(2):78-85, jun. 2018.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: Estimar a prevalência de incapacidades físicas e fatores associados, em pessoas que concluíram a poliquimioterapia (PQT) para hanseníase. Métodos: Realizou-se estudo transversal (n=222) no município de Vitória da Conquista-Bahia-Brasil, incluindo casos de hanseníase notificados de 2001-2014. As incapacidades físicas foram avaliadas por meio de aplicação de instrumento e avaliação do grau de incapacidade (GI) e do escore olho-mão-pé (OMP). Resultados: A prevalência de incapacidades físicas foi de 64,8% (n=144), e de GI 2 foi de 17,1% (n=38). As incapacidades físicas associaram-se de forma significante com analfabetismo (RP = 1,27; IC 95% = 1,05­1,54), classificação operacional multibacilar (RP = 1,26; IC 95% = 1,01­1,57), ocorrência de episódios reacionais (RP =1,41; IC 95% = 1,14­1,74) e dor/espessamento neural (RP = 1,3; IC 95% = 1,02­1,64). Houve piora do GI em 34 (32,1%) dos casos, considerando o momento do diagnóstico à alta. Conclusões: As incapacidades físicas, inclusive as com deformidades, constituem um importante problema no contexto individual e coletivo dos casos que seguem no pós-alta da PQT. Ressalta-se a necessitando de maior monitoramento e cuidado longitudinal, no sentido de prevenir sequelas específicas da doença.

Objective: To estimate the prevalence of physical disabilities and associated factors in people who completed multidrug therapy for leprosy. Method: A cross-sectional study (n = 222) was carried out in the city of Vitória da Conquista-Bahia-Brazil, including cases of leprosy reported from 2001-2014. Physical disabilities were assessed through instrument application and assessment of the degree of disability (GI) and the eye-hand-foot score (EHF). Results: The prevalence of physical disabilities was 64,8% (n = 144), and GI 2 was 17,1% (n = 38). Physical disabilities were significantly associated with illiteracy (RP = 1,27; 95% CI = 1,05-1,54), multibacillary operational classification (RP = 1,26; 95% CI = 1,01 -1,57), reactional episodes (RP = 1,41; 95% CI = 1,14 ­ 1,74) and pain / neural thickening (RP = 1,3; 95% CI = 1,02-1,64 ). There was worsening of GI in 34 (32,1%) of the cases, considering the time of diagnosis at discharge. Conclusions: Physical disabilities, including those with deformities, constitute an important problem in the individual and collective context of the cases that follow in the post-discharge of MDT. The need for greater monitoring and longitudinal care, in order to prevent specific sequalae of the disease.
Descritores: Pessoas com Deficiência
Quimioterapia Combinada
Doenças Negligenciadas
Hanseníase
-Estudos Transversais
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 143 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1024797
Autor: Menezes, Vinicius Martins de; Guedes, Juliana Chaves Ruiz; Fernandes, Larissa Starling de Albuquerque; Haddad, Natacha de Mello; Lima, Ricardo Barbosa; Martins, Elizabeth Santana; Martins, Carlos José.
Título: Perfil clínico-epidemiológico de pacientes com hanseníase atendidos em hospital universitário no Rio de Janeiro entre 2008 e 2017 / Clinical and epidemiological profile of leprosy patients admitted to a university hospital in Rio de Janeiro between 2008 and 2017
Fonte: Medicina (Ribeiräo Preto);52(1), jan.-mar.,2019.
Idioma: pt.
Resumo: Modelo do estudo: Estudo observacional, longitudinal, retrospectivo e descritivo de uma coorte de pacientes. Objetivo: Descrever o perfil clínico e epidemiológico dos pacientes com diagnóstico de hanseníase, atendidos em um centro de referência no estado do Rio de Janeiro. Metodologia: Foram incluídos todos os pacientes com diagnóstico de hanseníase atendidos no Hospital Universitário Gaffrée e Guinle entre os anos de 2008 a 2017. Os dados foram coletados através da revisão de prontuários e analisados através de estatística descritiva, utilizando-se o software SPSS 22.0 database. Resultados: Um total de 112 pacientes foi incluído no estudo, sendo que 54,5% eram do sexo masculino. A média de idade foi de 49,9 anos, 62,4% eram moradores do município do Rio de Janeiro e 69,9% apresentaram formas clínicas multibacilares da hanseníase. Foi possível avaliar o grau de incapacidade inicial de 36 (32,1%) dos pacientes incluídos. Desses, 25% apresentaram grau de incapacidade inicial II. Durante o tratamento poliquimioterápico, 21 (18,8%) pacientes apresentaram algum efeito colateral, sendo o mais comum a anemia relacionada à dapsona. Cinquenta e nove (52,7%) pacientes apresentaram algum tipo de estado reacional da hanseníase e 10 (8,9%) apresentaram complicações sistêmicas graves durante o acompanhamento. Conclusões: O presente estudo evidenciou um perfil clínico-epidemiológico diferente do descrito na literatura, com uma grande porcentagem de pacientes com grau de incapacidade inicial II, uma alta frequência de estados reacionais e de complicações advindas do curso clínico da doença ou dos tratamentos implementados.(AU)

Introduction: This was an observational, longitudinal, retrospective and descriptive study of a cohort of patients. Objectives: To describe the clinical and epidemiological profile of the patients diagnosed with leprosy admitted to a reference medical center in the State of Rio de Janeiro. Methods: All leprosy patients admitted to the dermatology clinic from the Hospital Universitário Gaffrée and Guinle between 2008 and 2017 were included. Pertinent patients' data were collected through medical charts review. Data were then analyzed through descriptive statistics using SPSS 22.0 software. Results:a total of 112 patients were included in the study. Among them, 54.5% were male, the median age was 49.9 years old, 62.4% were residents in the city of Rio de Janeiro and 69.9% presented multibacillary leprosy clinical forms. We evaluated the initial disability grade of 36 from the 112 included patients, and out of them, 25% had grade II disability. During multidrug therapy, 21 (18.8%) patients presented an adverse effect, which the most common was anemia related to dapsone. Fifty-nine (52.7%) patients presented leprosy reaction and 10 (8.9%) patients presented severe systemic complications during the follow-up. Conclusions: In the present study, it was observed a distinctive clinical and epidemiological leprosy profile. There was a high frequency of grade II initial disability, leprosy reaction and severe clinical complications due to the progression of the disease or as adverse effects of leprosy treatment. (AU)
Descritores: Doenças Negligenciadas
Hanseníase/tratamento farmacológico
Hanseníase/epidemiologia
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Meia-Idade
Responsável: BR26.1 - Biblioteca Central


  9 / 143 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-991309
Autor: Nascimento, Talita Lima do; Vasconcelos, Suleima Pedroza; Peres, Yara; Oliveira, Mirla Jéssica Sampaio de; Taminato, Monica; Souza, Káren Mendes Jorge de.
Título: Prevalence of malaria relapse: systematic review with meta-analysis / Prevalência de recaída por malária: revisão sistemática com metanálise / Prevalencia de recaída por malaria: revisión sistemática con metaanálisis
Fonte: Rev. latinoam. enferm. (Online);27:e3111, 2019. graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: systematic review with a meta-analysis of the prevalence of malaria relapse. Method: it consisted in a search for cross-sectional studies, carried out in three databases, without application of filters. A total of 1,924 articles were identified, selected based on eligibility criteria. The selection was made in pairs from the reading of the titles, abstracts and text. The meta-analysis was performed with a statistical program. Results: a sample of 1,308 patients with malaria, ranging from 70 to 586 patients in the study. Relapse was estimated at 0.47%, with a 95% confidence interval and 99.04% of squared i. In the included studies, the prevalence of relapse ranged from 17.00% to 92.85%. The result of the meta-analysis is considered relevant, despite the heterogeneity. Conclusion: relapse is a phenomenon that can contribute to the maintenance of the endemicity of malaria in the world and to introduce it in non-affected areas. In addition, there is the need for advancement in the production of knowledge regarding this disease, to qualify the research methods on prevalence.

RESUMO Objetivo: realizar uma revisão sistemática com metanálise da prevalência de recaída por malária. Método: consistiu na busca por estudos transversais, realizada em três bases de dados, sem aplicação de filtros. Foram identificados 1.924 artigos, selecionados a partir de critérios de elegibilidade. A seleção foi realizada em par na sequência de leitura dos títulos, resumos e texto. A metanálise foi realizada com programa estatístico. Resultados: uma amostra de 1.308 pacientes com malária, variando de 70 a 586 pacientes nos estudo. A recaída foi estimada em 0,47%, com intervalo de confiança de 95% e i quadrado de 99,04%. Nos estudos incluídos, a prevalência de recaída variou de 17,00% a 92,85%. Considera-se o resultado da metanálise relevante, apesar da heterogeneidade. Conclusão: a recaída é um fenômeno que pode contribuir para a manutenção da endemicidade da malária no mundo, além de poder introduzi-la em áreas não afetadas. Além disso, há necessidade, para avanço na produção de conhecimento referente a essa doença, de qualificar os métodos de pesquisa sobre prevalência.

RESUMEN Objetivo: realizar una revisión sistemática con metaanálisis de la prevalencia de recaída por malaria. Método: consistió en la búsqueda por estudios transversales, realizada en tres bases de datos, sin aplicación de filtros. Fueron identificados 1.924 artículos, seleccionados a partir de criterios de elegibilidad. La selección fue realizada en pares en la secuencia de lectura de los títulos, resúmenes y texto. El metaanálisis fue realizado con un programa estadístico. Resultados: una muestra de 1.308 pacientes con malaria, variando de 70 a 586 pacientes en el estudio. La recaída fue estimada en 0,47%, con intervalo de confianza de 95% e i cuadrado de 99,04%. En los estudios incluidos, la prevalencia de recaída varió de 17,00% a 92,85%. Se considera el resultado de la metaanálisis relevante, a pesar de la heterogeneidad. Conclusión: la recaída es un fenómeno que puede contribuir para el mantenimiento de la endemicidad de la malaria en el mundo, además de poder introducirla en áreas no afectadas. Además de eso, es necesario de calificar los métodos de investigación sobre prevalencia para el avance en la producción de conocimiento referente a esa enfermedad.
Descritores: Enfermagem em Saúde Pública/organização & administração
Estudos Transversais
Malária/complicações
Malária/diagnóstico
Malária/transmissão
-Recidiva
Doenças Negligenciadas
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 143 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Venezuela
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: lil-798249
Autor: Trescastro López, Eva Mª; Bernabeu-Mestre, Josep; Caballero, Nelson Pablo; Casabona, Isabel; De Miguel, Eduardo; Galiana Sánchez, Mª Eugenia; Gil-González, Diana; Gómez, José Ramón; Landaeta-Jiménez, Maritza; Moll, Fátima; Sifontes, Yaritza.
Título: Hambre, miseria y enfermedad en latinoamérica y el caribe: el papel de la nutrición en las enfermedades tropicales desatendidas (ETDs) en nicaragua / Hunger, misery and disease in Latin America and the Caribbean: the role of nutrition in neglected tropical diseases (NTDs) in Nicaragua
Fonte: An. venez. nutr;28(2):125-131, dic. 2015. tab.
Idioma: es.
Resumo: La alimentación y la nutrición adecuadas son el primer y el más importante de los derechos humanos fundamentales y de los determinantes de la salud de las personas. Con el propósito de ayudar a reducir el impacto del hambre y facilitar el control y la eliminación de las enfermedades tropicales desatendidas (ETDs), contribuyendo al alcance de la seguridad alimentaria en la población escolar del Departamento de Chinandega (Nicaragua), se desarrolló el proyecto piloto “Hambre, miseria y enfermedad: el papel de la nutrición en las enfermedades tropicales desatendidas (ETDs) en Nicaragua”. El presente artículo documenta esta experiencia. Para conseguir los objetivos planteados se organizó una jornada científica con expertos en nutrición y en las ETDs, un panel elaboró las conclusiones que sirvieron para la redacción del documento de consenso, en el cual se fundamentó la elaboración de los materiales a ser utilizados en la intervención educativa: “Alimentación para crecer sano”, manual dirigido a los promotores de salud y “Manual de estrategias educativas: alimentación para crecer sano” dirigido a los escolares. Se realizaron cuatro jornadas de capacitación que inicialmente involucró a 80 maestros de 20 escuelas, y que en la última jornada logró sumar 145 docentes. Seguidamente se desarrolló la fase de multiplicación en las escuelas, con la participación de 2.327 niños de entre 7 y 14 años de edad. En esta experiencia la receptividad de los docentes, la mejora en sus habilidades y conocimientos son una garantía para la replicación en los niños y niñas(AU)

Food and proper nutrition are the first and most important of fundamental human rights and the determinants of health of people. In order to help reduce the impact of hunger and facilitate the control and elimination of neglected tropical diseases (NTDs), contributing to the extent of food safety in the school population of the Department of Chinandega (Nicaragua), the pilot project “Hunger, misery and disease: the role of nutrition in neglected tropical diseases (NTDs) in Nicaragua” was developed. This article documents this experience. To achieve the goals a scientific conference with experts in nutrition and NTDs was organized, a panel drew conclusions that were used for drafting the consensus document in which the development of the materials was based to be used in the intervention education: A “Food to grow healthy” manual aimed at health promoters and a “Manual of educational strategies: healthy food for growth” aimed at schoolchildren. Four days of training initially involved 80 teachers from 20 schools were made, and on the last day managed to reach 145 teachers. Then the multiplication phase in schools was developed with the participation of 2,327 children between 7 and 14 years old. In this experience the receptivity of teachers, improving their skills and knowledge are a guarantee for replication in children(AU)
Descritores: Programas de Nutrição
Educação
Nutrição em Saúde Pública
Doenças Negligenciadas
-Epidemiologia
Fome
Desnutrição
Crescimento e Desenvolvimento
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Estudos de Avaliação
Responsável: VE557.1 - Biblioteca Fundación Bengoa



página 1 de 15 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde