Base de dados : LILACS
Pesquisa : C23.550.355 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 540 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 54 ir para página                         

  1 / 540 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1171325
Autor: Anon.
Título: Resección y regeneración hepática / Hepatic resection and regeneration
Fonte: Rev. argent. cir;(n.esp):132-143, 2000.
Idioma: es.
Conferência: Apresentado em: Congreso Argentino de Cirugía, 71, Buenos Aires, 2000.
Descritores: Hepatectomia/normas
Insuficiência Hepática/etiologia
Regeneração Hepática
-Aminopirina/diagnóstico
Camundongos
Fator de Crescimento Transformador beta
Fator de Crescimento de Hepatócito
Fatores de Transcrição
Fibrose
Insuficiência Hepática/diagnóstico
Insuficiência Hepática/prevenção & controle
/fisiologia
INTERLEUCINA-ABDOMEN, ACUTE/fisiologia
Lipopolissacarídeos
NF-kappa B
Proto-Oncogenes
Regeneração Hepática/fisiologia
Substâncias de Crescimento/fisiologia
Testes de Função Hepática
Verde de Indocianina/diagnóstico
Responsável: AR144.1 - CIBCHACO - Centro de Información Biomedica del Chaco


  2 / 540 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-827851
Autor: Eyuboglu, Mehmet; Ekinci, Mehmet Akif; Karakoyun, Suleyman; kucuk, Ugur; Senarslan, Omer; Akdeniz, Bahri.
Título: Fragmented QRS for Risk Stratification in Patients Undergoing First Diagnostic Coronary Angiography / QRS Fragmentado para Estratificação de Risco em Pacientes Submetidos à Primeira Angiografia Diagnóstica
Fonte: Arq. bras. cardiol;107(4):299-304, Oct. 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Background: Only a small proportion of patients referred for coronary angiography with suspected coronary artery disease (CAD) have the diagnosis of obstructive CAD confirmed by the exam. For this reason, further strategies for risk stratification are necessary. Objective: To investigate the relationship of the presence of fragmented QRS (fQRS) on admission electrocardiogram with angiographically detected CAD and CAD severity in patients without known vascular diseases and myocardial fibrosis, undergoing first diagnostic coronary angiography. Methods: We enrolled 336 consecutive patients undergoing coronary angiography for suspected CAD. The patients were divided into two groups according to the presence or absence of fQRS on admission. We compared the groups regarding the presence and severity of CAD. Results: Seventy-nine (23.5%) patients had fQRS on admission. There was not a statistically significant difference between patients with fQRS (41.8%) and non-fQRS (30.4%), regarding the presence of CAD (p = 0.059). However, there was a statistically significant difference between patients with fQRS and non-fQRS regarding the presence of stenotic CAD (40.5% vs. 10.5%, p<0.001) and multi vessel disease (25,3% vs. 5.1%, p<0.001). The frequency of fQRS was significantly higher in patients with SYNTAX score >22 compared to patients with SYNTAX score ≤22. Conclusions: Our findings suggest that fQRS may be an indicator of early-stage myocardial damage preceding the appearance of fibrosis and scar, and may be used for risk stratification in patients undergoing first diagnostic coronary angiography

Resumo Fundamento: Somente uma pequena proporção dos pacientes com suspeita de doença arterial coronariana (DAC), encaminhados para realizarem angiografia coronária, tem o diagnóstico de DAC obstrutiva confirmado pelo exame. Por isso, outras estratégias de estratificação de risco são necessárias. Objetivo: Investigar a relação da presença de QRS fragmentado (QRSf) no eletrocardiograma na admissão com DAC detectada por angiografia e gravidade da DAC em pacientes sem diagnóstico de doenças vasculares, ou fibrose miocárdica, submetidos à primeira angiografia coronária de diagnóstico. Métodos: Recrutamos 336 pacientes consecutivos que se submeteram à angiografia coronária por suspeita de DAC. Os pacientes foram divididos em dois grupos de acordo com a presença ou ausência de QRSf na admissão. Nós comparamos os grupos quanto à presença e gravidade de DAC. Resultados: Setenta e nove (23,5%) pacientes apresentaram QRSf na admissão. Não houve diferença estatisticamente significativa entre pacientes com QRSf (41.8%) e sem QRSf (30,4%) (p = 0,059) quanto à presença de DAC. No entanto, houve uma diferença estatisticamente significativa entre pacientes com e sem QRSf quanto à presença de DAC (40.5% vs. 10.5%, p < 0,001) e de doença de múltiplos vasos (25,3% vs. 5,1%, p < 0,001). A frequência de QRSf foi significativamente maior em pacientes com escore SYNTAX > 22 em comparação a pacientes com escore SYNTAX ≤ 22. Conclusões: Nossos achados sugerem que o QRSf pode ser um indicador de danos iniciais no miocárdio antecedendo o aparecimento de fibrose e cicatrização, e pode ser usado para estratificação de risco em pacientes submetidos à primeira angiografia coronária de diagnóstico.
Descritores: Doença da Artéria Coronariana/fisiopatologia
Doença da Artéria Coronariana/diagnóstico por imagem
Angiografia Coronária/métodos
Medição de Risco/métodos
Eletrocardiografia/métodos
-Admissão do Paciente
Índice de Gravidade de Doença
Fibrose
Valor Preditivo dos Testes
Reprodutibilidade dos Testes
Fatores de Risco
Estatísticas não Paramétricas
Miocárdio/patologia
Limites: Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 540 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-827870
Autor: Uellendahl, Marly; Siqueira, Maria Eduarda Menezes de; Calado, Eveline Barros; Kalil-Filho, Roberto; Sobral, Dário; Ribeiro, Clébia; Oliveira, Wilson; Martins, Silvia; Narula, Jagat; Rochitte, Carlos Eduardo.
Título: Cardiac Magnetic Resonance-Verified Myocardial Fibrosis in Chagas Disease: Clinical Correlates and Risk Stratification / Fibrose Miocárdica Definida por Ressonância Magnética Cardíaca em Doença de Chagas: Correlações Clínicas e Estratificação de Risco
Fonte: Arq. bras. cardiol;107(5):460-466, Nov. 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Background: Chagas disease (CD) is an important cause of heart failure and mortality, mainly in Latin America. This study evaluated the morphological and functional characteristics of the heart as well the extent of myocardial fibrosis (MF) in patients with CD by cardiac magnetic resonance (CMR). The prognostic value of MF evaluated by myocardial-delayed enhancement (MDE) was compared with that via Rassi score. Methods: This study assessed 39 patients divided into 2 groups: 28 asymptomatic patients as indeterminate form group (IND); and symptomatic patients as Chagas Heart Disease (CHD) group. All patients underwent CMR using the techniques of cine-MRI and MDE, and the amount of MF was compared with the Rassi score. Results: Regarding the morphological and functional analysis, significant differences were observed between both groups (p < 0.001). Furthermore, there was a strong correlation between the extent of MF and the Rassi score (r = 0.76). Conclusions: CMR is an important technique for evaluating patients with CD, stressing morphological and functional differences in all clinical presentations. The strong correlation with the Rassi score and the extent of MF detected by CMR emphasizes its role in the prognostic stratification of patients with CD.

Resumo Fundamento: A doença de Chagas (DC) é importante causa de insuficiência cardíaca e mortalidade, principalmente na América Latina. Este estudo avaliou as características morfológicas e funcionais do coração, assim como a extensão da fibrose miocárdica (FM) em pacientes com DC através de ressonância magnética cardíaca (RMC). O valor prognóstico da FM avaliada por realce tardio miocárdico (RTM) foi comparado àquele do escore de Rassi. Métodos: Avaliação de 39 pacientes divididos em 2 grupos: grupo 'forma indeterminada' (IND), 28 pacientes assintomáticos; e grupo 'cardiopatia chagásica' (CC), pacientes sintomáticos. Todos os pacientes foram submetidos a RMC com as técnicas de cine-RM e RTM, sendo a quantidade de FM evidenciada ao exame comparada ao escore de Rassi. Resultados: As análises morfológica e funcional mostraram significativas diferenças entre os 2 grupos (p < 0,001). Houve ainda uma forte correlação entre a extensão da FM e o escore de Rassi (r = 0,76). Conclusões: A RMC é uma importante técnica para avaliar pacientes com DC, ressaltando as diferenças morfológicas e funcionais em todas as apresentações clínicas. A forte correlação entre o escore de Rassi e a extensão da FM detectada por RMC enfatiza seu papel na estratificação prognóstica de pacientes com DC.
Descritores: Imagem por Ressonância Magnética/métodos
Cardiomiopatia Chagásica/diagnóstico por imagem
Coração/diagnóstico por imagem
Miocárdio/patologia
-Prognóstico
Fibrose/diagnóstico por imagem
Estudos de Casos e Controles
Estudos Prospectivos
Fatores de Risco
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 540 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Maciel, Benedito Carlos
Texto completo
Id: biblio-838670
Autor: Oliveira, Luciano Fonseca Lemos de; O'Connell, João Lucas; Carvalho, Eduardo Elias Vieira de; Pulici, Érica Carolina Campos; Romano, Minna Moreira Dias; Maciel, Benedito Carlos; Simões, Marcus Vinicius.
Título: Comparison between Radionuclide Ventriculography and Echocardiography for Quantification of Left Ventricular Systolic Function in Rats Exposed to Doxorubicin / Comparação entre a Ventriculografia Radioisotópica e a Ecocardiografia na Quantificação da Função Sistólica Ventricular Esquerda em Ratos Expostos à Doxorrubicina
Fonte: Arq. bras. cardiol;108(1):12-20, Jan. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Background: Radionuclide ventriculography (RV) is a validated method to evaluate the left ventricular systolic function (LVSF) in small rodents. However, no prior study has compared the results of RV with those obtained by other imaging methods in this context. Objectives: To compare the results of LVSF obtained by RV and echocardiography (ECHO) in an experimental model of cardiotoxicity due to doxorubicin (DXR) in rats. Methods: Adult male Wistar rats serving as controls (n = 7) or receiving DXR (n = 22) in accumulated doses of 8, 12, and 16 mg/kg were evaluated with ECHO performed with a Sonos 5500 Philips equipment (12-MHz transducer) and RV obtained with an Orbiter-Siemens gamma camera using a pinhole collimator with a 4-mm aperture. Histopathological quantification of myocardial fibrosis was performed after euthanasia. Results: The control animals showed comparable results in the LVSF analysis obtained with ECHO and RV (83.5 ± 5% and 82.8 ± 2.8%, respectively, p > 0.05). The animals that received DXR presented lower LVSF values when compared with controls (p < 0.05); however, the LVSF values obtained by RV (60.6 ± 12.5%) were lower than those obtained by ECHO (71.8 ± 10.1%, p = 0.0004) in this group. An analysis of the correlation between the LVSF and myocardial fibrosis showed a moderate correlation when the LVSF was assessed by ECHO (r = -0.69, p = 0.0002) and a stronger correlation when it was assessed by RV (r = -0.79, p < 0.0001). On multiple regression analysis, only RV correlated independently with myocardial fibrosis. Conclusion: RV is an alternative method to assess the left ventricular function in small rodents in vivo. When compared with ECHO, RV showed a better correlation with the degree of myocardial injury in a model of DXR-induced cardiotoxicity.

Resumo Fundamento: A ventriculografia radioisotópica (VRI) é um método validado para avaliação da função sistólica do ventrículo esquerdo (FSVE) em pequenos roedores. Contudo, nenhum estudo prévio comparou os resultados obtidos com VRI com os obtidos por outros métodos de imagem neste contexto. Objetivos: Comparar os resultados de FSVE obtidos por VRI e por ecocardiografia (ECO) em modelo experimental de cardiotoxicidade por doxorrubicina (DXR) em ratos. Métodos: Ratos Wistar machos adultos controles (n = 7) e tratados com DXR (n = 22) em doses acumuladas de 8, 12 e 16 mg/kg, foram avaliados com ECO com equipamento Sonos 5500 Philips (transdutor de 12 MHz) e VRI adquirida em gama-câmara Orbiter-Siemens com colimador pinhole de 4 mm de abertura. Após eutanásia, foi realizada a quantificação histopatológica da fibrose miocárdica. Resultados: Os animais controles apresentaram valores comparáveis na análise da FSVE à ECO e à VRI (83,5 ± 5% e 82,8 ± 2,8%, respectivamente, p > 0,05). Os animais que receberam DXR apresentaram valores menores de FSVE quando comparados aos dos controles (p < 0,05); entretanto, observou-se neste grupo menores valores de FSVE obtidos por VRI (60,6 ± 12,5%) quando comparados aos obtidos pela ECO (71,8 ± 10,1%, p = 0,0004). A análise da correlação entre a FSVE e a fibrose miocárdica mostrou uma correlação moderada quando a FSVE foi estimada com a ECO (r = -0,69, p = 0,0002) e mais forte quando a FSVE foi obtida por VRI (r = -0,79, p < 0,0001). Apenas a VRI apresentou correlação de forma independente com a fibrose miocárdica à análise de regressão múltipla. Conclusão: A VRI é um método alternativo para avaliação da função ventricular esquerda in vivo em pequenos roedores, exibindo comparativamente à ECO melhor correlação com o grau de lesão miocárdica no modelo de cardiotoxicidade por DXR.
Descritores: Ecocardiografia
Ventriculografia com Radionuclídeos
Função Ventricular Esquerda/efeitos dos fármacos
Disfunção Ventricular Esquerda/diagnóstico por imagem
-Valores de Referência
Fibrose
Doxorrubicina
Reprodutibilidade dos Testes
Ratos Wistar
Disfunção Ventricular Esquerda/induzido quimicamente
Disfunção Ventricular Esquerda/patologia
Estatísticas não Paramétricas
Modelos Animais de Doenças
Cardiotoxicidade/diagnóstico por imagem
Antibióticos Antineoplásicos
Limites: Animais
Masculino
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 540 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-887965
Autor: Cheng, Yunpeng; Zhu, Yanqiu; Zhang, Jiashu; Duan, Xingping; Zhang, Ying.
Título: Large Accumulation of Collagen and Increased Activation of Mast Cells in Hearts of Mice with Hyperlipidemia / Grande Acúmulo de Colágeno e Aumento da Ativação de Mastócitos nos Corações de Ratos com Hiperlipidemia
Fonte: Arq. bras. cardiol;109(5):404-409, Nov. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Background: Hyperlipidemia, which is characterized by an elevation of lipids in the bloodstream, is a major risk factor for cardiac disease. Objectives: The present study investigated the role of fibrosis in the progression of hyperlipidemia in the mice heart, and whether mast cell activation was associated with the fibrosis process. Methods: Hyperlipidemia was produced in C57BL / 6 mice by feeding them on a high-fat diet for 8 weeks.To assess tissue fibrosis, picrosirius red staining was performed. Hematoxylin & eosin (H&E) staining was performed to identify the histopathological changes in the hearts. Immunohistochemistry was also accomplished to determine the localization of transforming growth factor (TGF)-β and α-smooth muscle actin (α-SMA). Western blotting was performed to analyze the expression of chymase, tryptase, TGF-β, α-SMA and activity of Wnt/β-catenin pathway. At the end, serum total cholesterol (TC) and triglycerides (TG) levels were measured. All the values were expressed as means ± SD, the statistical significance level adopted was 5%. Results: Hyperlipidemia mice showed significantly increased collagen deposition in the hearts compared with normal mice. In addition, H&E staining showed significant cellular degeneration. Cardiac muscle was arranged in disorder with fracture in mice of the model group. Immunohistochemistry and western blot analysis revealed that expression levels of tryptase, chymase, β-catenin, TGF-β and α-SMA were significantly increased in the hyperlipidemia mice compared with the control group. Conclusions: The results indicated that mast cell activation might induce cardiac fibrosis by tryptase and chymase in hyperlipidemia, which had a close relationship with the increased activity of TGF-β/Wnt/β-catenin pathway.

Resumo Fundamentos: A hiperlipidemia, que se caracteriza por uma elevação dos lipídeos na corrente sanguínea, é um importante fator de risco para a doença cardíaca. Objetivos: O presente estudo investigou o papel da fibrose na progressão da hiperlipidemia no coração do rato e se a ativação dos mastócitos estava associada ao processo de fibrose. Método: A hiperlipidemia foi produzida em ratos C57BL/6 alimentando-os com uma dieta rica em gordura durante 8 semanas. Para avaliar a fibrose tecidual, foi realizada coloração vermelha picro-Sirius. A coloração com hematoxilina e eosina (H & E) foi feita para identificar as alterações histopatológicas nos corações. A imuno-histoquímica também foi levada a cabo para determinar a localização do fator de crescimento transformante (TGF) -β e α-actina do músculo liso (α-SMA). O Western Blot foi realizado para analisar as expressões de quimase, triptase, TGF-β, α-SMA e a atividade da via Wnt / β-catenina. Finalmente, se mediram os níveis séricos de colesterol total (TC) e triglicerídeos (TG). Todos os valores foram expressos como média ± DP, o nível de significância estatística adotado foi de 5%. Resultados: Os ratos hiperlipidêmicos mostraram aumento significativo da deposição de colágeno nos corações em comparação com ratos normais. Além disso, a coloração de H & E mostrou degeneração celular significativa. O músculo cardíaco estava em desordem com ruptura de fibras em ratos do grupo modelo. A análise imuno-histoquímica e o Western Blot revelaram que os níveis de expressão de triptase, quimase, β-catenina, TGF-β e α-SMA estavam significativamente aumentados nos ratos hiperlipidêmicos em comparação com o grupo controle. Conclusões: Os resultados indicaram que a ativação de mastócitos pode induzir fibrose cardíaca por triptase e quimase em hiperlipidemia, a qual teve uma relação estreita com a atividade aumentada da via TGF-β / Wnt / β-catenina.
Descritores: Colágeno/metabolismo
Dieta Hiperlipídica/efeitos adversos
Hiperlipidemias/patologia
Mastócitos/metabolismo
Miocárdio/patologia
-Fibrose
Imuno-Histoquímica
Western Blotting
Modelos Animais de Doenças
Hiperlipidemias/etiologia
Hiperlipidemias/metabolismo
Mastócitos/química
Camundongos Endogâmicos C57BL
Miocárdio/metabolismo
Limites: Animais
Ratos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 540 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-888018
Autor: Noya-Rabelo, Marcia Maria; Macedo, Carolina The; Larocca, Ticiana; Machado, Admilson; Pacheco, Thais; Torreão, Jorge; Souza, Bruno Solano de Freitas; Soares, Milena B P; Ribeiro-dos-Santos, Ricardo; Correia, Luis Claudio Lemos.
Título: The Presence and Extension of Myocardial Fibrosis in the Undetermined Form of Chagas' Disease: A Study Using Magnetic Resonance / Presença e Extensão da Fibrose Miocárdica na Forma Indeterminada da Doença de Chagas: Estudo de Ressonância Magnética
Fonte: Arq. bras. cardiol;110(2):124-131, Feb. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Background: Previous data has shown that patients in the indeterminate form of Chagas disease may present myocardial fibrosis as shown on through magnetic resonance imaging (MRI). However, there is little information available regarding the degree of severity of myocardial fibrosis in these individuals. This variable has the potential to predict the evolution of Chagas' disease into its cardiac form. Objectives: To describe the frequency and extent of myocardial fibrosis evaluated using an MRI in patients in the indeterminate form, and to compare it with other forms of the disease. Methods: Patients were admitted one after another. Their clinical history was collected and they were submitted to laboratory exams and an MRI. Results: Sixty-one patients with Chagas' disease, with an average age of 58 ± 9 years old, 17 patients in the indeterminate form, 16 in the cardiac form without left ventricular (LV) dysfunction and 28 in the cardiac form with LV dysfunction were studied. P <0.05 was considered to be statistically significant. Late enhancement was detected in 37 patients (64%). Myocardial fibrosis was identified in 6 individuals in indeterminate form (41%; 95% CI 23-66) in a proportion similar to that observed in cardiac form without LV dysfunction (44%); p = 1.0. Among the individuals with fibrosis, the total area of the affected myocardium was 4.1% (IIQ: 2.1 - 10.7) in the indeterminate form versus 2.3% (IIQ: 1-5) in the cardiac form without LV (p = 0.18). The left ventricular fraction ejection in subjects in the indeterminate form was similar to that of the individuals in the cardiac form without ventricular dysfunction (p = 0.09). Conclusion: The presence of fibrosis in the indeterminate form of Chagas' disease has a frequency and extension similar to that of in the cardiac form without dysfunction, suggesting that the former is part of a subclinical disease spectrum, rather than lacking cardiac involvement.

Resumo Fundamento: Dados prévios têm demonstrado que pacientes na forma indeterminada podem apresentar fibrose miocárdica à ressonância magnética (RM). No entanto, são poucas as informações disponíveis quanto ao grau de fibrose miocárdica apresentada por esses indivíduos, o que guardaria relação com o potencial dessa variável na predição de evolução para a forma cardíaca da doença de Chagas. Objetivos: Descrever a frequência e extensão da fibrose miocárdica avaliada por RM em pacientes da forma indeterminada, comparando com as outras formas da doença. Métodos: Pacientes consecutivamente admitidos tiveram história clínica colhida e foram submetidos à realização de exames laboratoriais e RM. Resultados: Foram estudados 61 pacientes portadores da doença de Chagas, com média de idade de 58 ± 9 anos, sendo 17 pacientes na forma indeterminada, 16 na forma cardíaca sem disfunção do ventrículo esquerdo (VE) e 28 na forma com disfunção do VE. Foi considerado estatisticamente significante p < 0,05. Realce tardio foi detectado em 37 pacientes (64%). Foi identificada fibrose miocárdica em 6 indivíduos na forma indeterminada (41%; IC95% 23 - 66), proporção semelhante à observada na forma cardíaca sem disfunção do VE (44%); p = 1,0. Entre os indivíduos com fibrose, a área total do miocárdio acometida foi de 4,1% (IIQ: 2,1 - 10,7) na forma indeterminada versus 2,3% (IIQ: 1 - 5) na forma cardíaca sem disfunção do VE (p = 0,18). A fração de ejeção do ventrículo esquerdo nos indivíduos na forma indeterminada foi semelhante aos portadores da forma cardíaca sem disfunção ventricular (p = 0,09). Conclusão: A presença de fibrose na forma indeterminada da doença de Chagas tem frequência e extensão semelhante à forma cardíaca sem disfunção, o que sugere que a primeira faz parte de um espectro de doença subclínica, em vez da ausência de acometimento cardíaco.
Descritores: Fibrose/diagnóstico por imagem
Imagem por Ressonância Magnética/métodos
Cardiomiopatias/diagnóstico por imagem
-Fibrose/fisiopatologia
Disfunção Ventricular Esquerda/fisiopatologia
Disfunção Ventricular Esquerda/diagnóstico por imagem
Cardiomiopatias/fisiopatologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 540 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-973835
Autor: Pinho, Claudio.
Título: Cardiac Fibrosis Occurs before Arterial Hypertension Becomes Well Defined? / A Fibrose Cardíaca pode Ocorrer antes da Hipertensão Arterial se Tornar Declarada?
Fonte: Arq. bras. cardiol;112(1):65-66, Jan. 2019.
Idioma: en.
Descritores: Hipertensão
-Fibrose
Eletrocardiografia
Miocárdio
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Comentário
Editorial
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 540 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-989340
Autor: Sara, Leonardo.
Título: Myocardial Fibrosis in Hypertrophic Cardiomyopathy: What Remains to be Proven? / Fibrose Miocárdica na Cardiomiopatia Hipertrófica: O que ainda Falta Provar?
Fonte: Arq. bras. cardiol;112(3):290-291, Mar. 2019.
Idioma: en.
Descritores: Cardiomiopatia Hipertrófica
Cardiomiopatias
-Fibrose
Morte Súbita
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Comentário
Editorial
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 540 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1139006
Autor: Martínez Pizarro, Sandra.
Título: Electrólisis percutánea intratisular en el tratamiento del dolor / Percutaneous intratissue electrolysis in pain management
Fonte: Rev. cuba. med. mil;49(2):e661, abr.-jun. 2020.
Idioma: es.
Resumo: En los estudios de los últimos años, se ha propuesto el uso de una novedosa terapia denominada electrólisis percutánea intratisular (EPI), para el tratamiento del dolor en diversas enfermedades. La electrólisis percutánea guiada por ultrasonido, implica la transferencia de corriente galvánica dentro del tejido objetivo del tratamiento (fibrosis) a través de una aguja de 0,30 a 0,33 mm de diámetro. La corriente galvánica, en una solución salina, desarrolla instantáneamente el proceso de electrólisis, que a su vez induce la ablación electroquímica de la fibrosis. La aplicación de breves corrientes galvánicas en una estructura dañada, produce una respuesta inflamatoria local controlada, con la consiguiente mejora de la curación tisular y reducción del dolor(AU)
Descritores: Fibrose
Doença
Eletroquímica
Eletrólise
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Carta
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  10 / 540 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-488151
Autor: Camacho Assef, José Antonio.
Título: Enfermedades hepáticas y embarazo: (Segunda parte) / Liver diseases and pregnancy: (Second Part)
Fonte: Mediciego;12(1):[1-8], jun. 2006.
Idioma: es.
Resumo: Las enfermedades hepáticas que se presentan en asociación con el embarazo pueden tener relación o no con el mismo. Pueden ser enfermedades propias del embarazo, concomitantes con éste o previas al mismo. Es importante en un hospital general multidisciplinario como el nuestro, que obstetras, clínicos, gastroenterólogos e intensivistas, entre otras especialidades; conozcan el manejo en las diversas situaciones que puedan presentarse y cuál es la conducta más apropiada a seguir en beneficio de la madre y el feto. Se presenta una detallada revisión de este relevante tema, en dos partes o secciones que esperamos le resulten de gran utilidad en la práctica clínica diaria. En esta segunda sección se abordarán temas que constituyen urgencias obstétricas como el Síndrome de HELLP y el Hígado graso agudo; así como enfermedades hepáticas que pueden concomitar con el embarazo como las hepatitis virales y la cirrosis hepática, entre las más significativas.

The liver diaseases presented in association with pregnancy may or may not be related with it.They may be proper pregnancy diseases, which can occur concomitantly with or prior to it. It is significantly important in a general multidisciplinary hospital like ours that obstetricians, clinicians, gastroenterologists as well as intensive care workers among other specialties may know the management of diverse situations that can be faced and which the appropriate behavior to be followed, benefitting both mother and fetus. A detailed bibliographic review of this relevant theme is presented in two sections hoping to be useful in daily clinical practice. In this second section the themes which constitute obstetric emergencies such as the HELLP syndrome, acute fatty liver as well as other liver diseases which may accompany pregnancy, such as viral hepatitis and hepatic cirrhosis.
Descritores: Fibrose
Gravidez
Hepatite
Limites: Humanos
Feminino
Gravidez
Responsável: CU421.1 - Biblioteca



página 1 de 54 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde