Base de dados : LILACS
Pesquisa : C23.550.414.300 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 191 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 20 ir para página                         

  1 / 191 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-973752
Autor: Andrade, Marcus Vinicius Santos; Andrade, Luciana Azevedo Prata; Bispo, Alan Freitas; Freitas, Luana de Alencar; Andrade, Milena Quadros Sampaio; Feitosa, Gilson Soares; Feitosa-Filho, Gilson Soares.
Título: Evaluation of the Bleeding Intensity of Patients Anticoagulated with Warfarin or Dabigatran Undergoing Dental Procedures / Avaliação da Intensidade de Sangramento de Procedimentos Odontológicos em Pacientes Anticoagulados com Varfarina ou Dabigatrana
Fonte: Arq. bras. cardiol;111(3):394-399, Sept. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Background: Thrombotic disorders remain one of the leading causes of death in the Western world. Dabigatran appeared as an alternative to warfarin for anticoagulation in the treatment of atrial fibrillation (AF). The risk associated with bleeding due to its use has been documented in several randomized clinical trials, but no large study has examined in detail the risk of bleeding during dental extraction and other dental procedures involving bleeding. Objective: To compare the intensity of bleeding in individuals taking dabigatran or vitamin K antagonist (warfarin) and undergoing dental procedures. Methods: Prospective, single-center, controlled study with one single observer. Patients diagnosed with nonvalvular AF, on warfarin or dabigatran, cared for at a cardiology referral center, and requiring single or multiple dental extractions, were evaluated up to seven days post-extraction. The following outcomes were assessed: bleeding time between the beginning and the end of suture and complete hemostasis; bleeding before the procedure, after 24 hours, 48 hours, 7 days, during and after suture removal (late); p<0.05 was defined as of statistical relevance. Results: We evaluated 37 individuals, 25 in the warfarin group and 12 in the dabigatran group. Age, sex, weight, height, blood pressure, color, schooling, family income and comorbidities were similar between the two groups. Regarding bleeding after 24 hours of the procedure, no one in the dabigatran group had bleeding, whereas 32% in the warfarin group had documented bleeding (p = 0.028). The other variables analyzed did not differ between the groups. Conclusions: This study suggests that, regarding dental extraction, there is no statistically significant difference in the intensity of bleeding of patients taking dabigatran as compared to those taking warfarin. Bleeding 24 hours after the procedure was less frequent among patients on dabigatran.

Resumo Fundamento: Distúrbios trombóticos permanecem como uma das principais causas de morte no mundo ocidental. A dabigatrana surgiu como alternativa à varfarina para a anticoagulação no tratamento da fibrilação atrial (FA). O risco associado a eventos hemorrágicos com a sua utilização foi documentado em vários ensaios clínicos randomizados, mas nenhum grande estudo analisou detalhadamente o risco de hemorragia durante a extração dentária e em outros procedimentos odontológicos que envolvam sangramentos. Objetivo: Em indivíduos submetidos a procedimentos odontológicos, avaliar a intensidade de sangramento com o uso de dabigatrana em comparação ao uso de anticoagulante oral antagonista da vitamina K (varfarina). Métodos: Estudo prospectivo, controlado, unicêntrico, observador único. Pacientes com diagnóstico de FA não valvar atendidos em um centro de referência em cardiologia e com indicação de anticoagulação que necessitavam de tratamento odontológico para exodontia única ou múltipla, estando em uso de varfarina ou dabigatrana e avaliados até sete dias pós-exodontia. Foram avaliados os efeitos sobre: tempo de sangramento entre o início e o fim da sutura e hemostasia completa; sangramento antes do procedimento, após 24 e 48 horas, 7 dias, durante e após a remoção da sutura (tardio), sendo considerado como estatisticamente significativo valor de p < 0,05. Resultados: Foram avaliados 37 indivíduos, sendo 25 no grupo varfarina e 12 no dabigatrana. Idade, sexo, peso, altura, pressão arterial, cor, escolaridade, renda familiar e comorbidades foram semelhantes nos dois grupos. Em relação ao sangramento 24 horas após o procedimento, ninguém do grupo dabigatrana apresentou sangramento, que esteve presente em 32% do grupo varfarina (p = 0,028). Não houve diferenças entre os grupos em relação às outras variáveis analisadas. Conclusões: Os dados deste estudo permitem sugerir que, em indivíduos submetidos a procedimento odontológico de exodontia, não há diferença estatisticamente significante na intensidade de sangramento em uso de dabigatrana em comparação ao uso de varfarina. Há uma menor frequência de sangramento 24 horas após o procedimento nos indivíduos em uso de dabigatrana.
Descritores: Extração Dentária/efeitos adversos
Varfarina/efeitos adversos
Perda Sanguínea Cirúrgica
Dabigatrana/efeitos adversos
Anticoagulantes/efeitos adversos
-Valores de Referência
Fatores de Tempo
Tempo de Sangramento
Estudos Prospectivos
Fatores de Risco
Resultado do Tratamento
Estatísticas não Paramétricas
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Estudo Observacional
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 191 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-782888
Autor: Buget, Mehmet I; Dikici, Fatih; Edipoğlu, Ipek S; Yildiz, Eren; Valiyev, Natig; Kucukay, Suleyman.
Título: Two-year experience with cell salvage in total hip arthroplasty / Dois anos de experiência com recuperação intraoperatória de sangue em artroplastia total do quadril
Fonte: Rev. bras. anestesiol;66(3):276-282, May.-June 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT BACKGROUND AND OBJECTIVE: The aim of this study was to determine the efficacy of the cell salvage system in total hip arthroplasty surgeries and whether the cell salvage system can reduce the allogeneic blood transfusion requirement in total hip arthroplasty patients. METHODS: We reviewed retrospectively the medical records of patients who underwent hip arthroplasty surgeries between 2010 and 2012 in a university hospital. A total of 181 arthroplasty patients were enrolled in our study. RESULTS: In the cell salvage group, the mean perioperative rate of allogeneic blood transfusion was significantly lower (92.53 ± 111.88 mL) than that in the control group (170.14 ± 116.79 mL; p < 0.001). When the mean postoperative transfusion rates were compared, the cell salvage group had lower values (125.37 ± 193.33 mL) than the control group (152.22 ± 208.37 mL), although the difference was not statistically significant. The number of patients receiving allogeneic blood transfusion in the CS group (n = 29; 43.2%) was also significantly lower than control group (n = 56; 73.6%; p < 0.05). In the logistic regression analysis, perioperative amount of transfusion, odds ratio (OR) -4.257 (95% CI -0.502 to 0.184) and operation time, OR: 2.720 (95% CI 0.001-0.004) were independent risk factors for the usage of cell salvage system. CONCLUSION: Cell salvage is an effective strategy for reducing the need for allogeneic blood transfusion in the perioperative setting; it provides support to patient blood management interventions. Thus, we recommend the cell salvage system for use in total hip arthroplasty surgeries to reduce the need for allogeneic blood transfusion, if possible.

RESUMO JUSTIFICATIVA E OBJETIVO: Determinar a eficácia do sistema de recuperação intraoperatória de sangue em artroplastia total de quadril e se o sistema de recuperação intraoperatória de sangue pode reduzir a necessidade de transfusão de sangue alogênico em pacientes submetidos à artroplastia total de quadril. MÉTODOS: Análise retrospectiva dos prontuários de pacientes submetidos a cirurgias de artroplastia de quadril entre 2010 e 2012 em um hospital universitário. Foram inscritos no estudo 181 pacientes submetidos à artroplastia. RESULTADOS: A média da taxa de transfusão de sangue alogênico no período perioperatório foi significativamente inferior no grupo de recuperação intraoperatória de sangue (92,53 ± 111,88 mL) do que no grupo controle (170,14 ± 116,79 mL; p < 0,001). Quando as médias das taxas de transfusão no pós-operatório foram comparadas, o grupo de recuperação intraoperatória de sangue apresentou valores inferiores (125,37 ± 193,33 mL) aos do grupo controle (152,22 ± 208,37 mL), embora a diferença não tenha sido estatisticamente significativa. O número de pacientes que recebeu transfusão de sangue alogênico no grupo RC (n = 29; 43,2%) também foi significativamente inferior ao do grupo controle (n = 56; 73,6%; p < 0,05). Na análise de regressão logística, a quantidade de transfusão no período perioperatório, a razão de chance (OR) -4,257 (95% CI -0,502-0,184) e o tempo cirúrgico OR: 2,720 (IC 95% 0,001-0,004) foram fatores de risco independentes para o uso de sistema de recuperação intraoperatória de sangue. CONCLUSÃO: A recuperação intraoperatória de sangue é uma estratégia eficaz para reduzir a necessidade de transfusão de sangue alogênico no período perioperatório, que auxilia no manejo sanguíneo durante as intervenções. Portanto, recomendamos o sistema de recuperação intraoperatória de sangue para uso em artroplastia total de quadril para diminuir a necessidade de transfusão de sangue alogênico, quando possível.
Descritores: Transfusão de Sangue Autóloga/métodos
Artroplastia de Quadril/estatística & dados numéricos
-Transfusão de Sangue/estatística & dados numéricos
Transfusão de Sangue Autóloga/estatística & dados numéricos
Estudos Retrospectivos
Fatores de Risco
Perda Sanguínea Cirúrgica
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 191 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-782889
Autor: Volquind, Daniel; Zardo, Remi Antônio; Winkler, Bruno Costamilan; Londero, Bruno Bertagnolli; Zanelatto, Natália; Leichtweis, Gisele Perondi.
Título: Use of tranexamic acid in primary total knee replacement: effects on perioperative blood loss / Uso do ácido tranexâmico em artroplastia total primária de joelho: repercussões na perda sanguínea perioperatória
Fonte: Rev. bras. anestesiol;66(3):254-258, May.-June 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT BACKGROUND AND OBJECTIVES: The use of tranexamic acid in primary total knee replacement surgeries has been the subject of constant study. The strategies to reduce bleeding are aimed at reducing the need for blood transfusion due to the risks involved. In this study we evaluated the use of tranexamic acid in reducing bleeding, need for blood transfusion, and prevalence of postoperative deep vein thrombosis in primary total knee replacement. METHOD: 62 patients undergoing primary total knee replacement were enrolled in the study, from June 2012 to May 2013, and randomized to receive a single dose of 2.5 g of intravenous tranexamic acid (Group TA) or saline (Group GP), 5 min before opening the pneumatic tourniquet, respectively. Hemoglobin, hematocrit, and blood loss were recorded 24 h after surgery. Deep vein thrombosis was investigated during patient's hospitalization and 15 and 30 days after surgery in review visits. RESULTS: There was no demographic difference between groups. Group TA had 13.89% decreased hematocrit (p = 0.925) compared to placebo. Group TA had a decrease of 12.28% (p = 0.898) in hemoglobin compared to Group GP. Group TA had a mean decrease of 187.35 mL in blood loss (25.32%) compared to group GP (p = 0.027). The number of blood transfusions was higher in Group GP (p = 0.078). Thromboembolic events were not seen in this study. CONCLUSION: Tranexamic acid reduced postoperative bleeding without promoting thromboembolic events.

RESUMO JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O uso do ácido tranexâmico, em cirurgias de artroplastia total primária de joelho, tem sido objeto de constante estudo. As estratégias para redução de sangramento visam à redução da necessidade de transfusão de sangue devido aos riscos que apresentam. Neste estudo, propomos a avaliação do uso do ácido tranexâmico na redução do sangramento, na necessidade de transfusão de sangue e na prevalência de trombose venosa profunda (TVP) pós-operatória em artroplastia total primária de joelho. MÉTODO: Foram estudados 62 pacientes submetidos à artroplastia primária total de joelho, de junho de 2012 a maio de 2013, randomizados para receber ácido tranexâmico 2,5 g endovenoso (grupo AT), em dose única, ou soro fisiológico (grupo GP), cinco minutos antes da abertura do torniquete pneumático, respectivamente. Foram feitas dosagens de hemoglobina e hematócrito e medida a perda sanguínea 24 horas após a cirurgia. A TVP foi pesquisada durante a internação do paciente, 15 e 30 dias após a cirurgia nas consultas de revisão. RESULTADOS: Não houve diferenças demográficas entre os grupos estudados. O grupo GT apresentou queda do hematócrito 13,89% (p = 0,925) comparado com o grupo placebo. O grupo GT apresentou diminuição de 12,28% (p = 0,898) da hemoglobina comparado com o grupo GP. O grupo GT apresentou uma diminuição média de 187,35 ml nas perdas sanguíneas (25,32%) quando comparado com o grupo GP (p = 0,027). O número de transfusões sanguíneas foi maior no grupo GP (p = 0,078). Eventos tromboembólicos não foram evidenciados neste estudo. CONCLUSÕES: O ácido tranexâmico diminuiu o sangramento pós-operatório sem promover eventos tromboembólicos.
Descritores: Complicações Pós-Operatórias/prevenção & controle
Ácido Tranexâmico/uso terapêutico
Perda Sanguínea Cirúrgica/estatística & dados numéricos
Hemorragia Pós-Operatória/prevenção & controle
Artroplastia do Joelho
Antifibrinolíticos/uso terapêutico
-Transfusão de Sangue/estatística & dados numéricos
Hemoglobinas/efeitos dos fármacos
Trombose Venosa/prevenção & controle
Hematócrito/estatística & dados numéricos
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Tipo de Publ: Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 191 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-773483
Autor: Reis Júnior, Almiro dos; Quinto, Denise.
Título: Digital block with or without the addition of epinephrine in the anesthetic solution / Bloqueios em dedos de mãos com epinefrina incluída ou não nas soluções anestésicas
Fonte: Rev. bras. anestesiol;66(1):63-71, Jan.-Feb. 2016. graf.
Idioma: pt.
Resumo: BACKGROUND AND OBJECTIVES: Review of various techniques for digital blocks with local anesthetic, with or without epinephrine. CONTENTS: Description of various procedures and comparison of results reported in the literature, mainly on latency and quality of anesthesia, details on vasoconstrictor effect of epinephrine, intraoperative bleeding, necessity of tourniquet use, duration of anesthesia and postoperative analgesia, blood flow and digital SpO2 behavior, local and systemic complications, and also approaches and drugs to be used in certain situations of ischemia. CONCLUSIONS: The advantages of adding epinephrine to the anesthetic solution are minor when compared to the risks of the procedure, and it seems dangerous to use a vasoconstrictor in the fingers, unless the safety of the technique and the possibility of discarding the tourniquet are definitely proven.

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Revisão das diversas técnicas para bloqueios em dedos de mãos, com anestésico local associado ou não à epinefrina. CONTEÚDO: São descritos os procedimentos usados e comparados os resultados obtidos na literatura, principalmente em relação a: latência e qualidade da anestesia, detalhes sobre o efeito vasoconstritor da epinefrina, sangramento intraoperatório, necessidade ou não do uso de torniquete, duração da anestesia e da analgesia pós-operatórias, comportamento do fluxo arterial e da SpO2 digitais, complicações locais e sistêmicas e, ainda, condutas e medicamentos a serem usados em determinadas situações de isquemia. CONCLUSÕES: As vantagens da inclusão de epinefrina na solução anestésica são de pouca importância quando comparadas aos riscos do procedimento e parece perigoso usar o vasoconstritor em dedos de mão, a não ser que fiquem definitivamente comprovadas a inocuidade da técnica e a possibilidade do descarte do torniquete.
Descritores: Epinefrina/administração & dosagem
Anestésicos Locais/administração & dosagem
Bloqueio Nervoso/métodos
-Torniquetes/estatística & dados numéricos
Vasoconstritores/administração & dosagem
Vasoconstritores/efeitos adversos
Epinefrina/efeitos adversos
Perda Sanguínea Cirúrgica
Dedos
Anestésicos Locais/efeitos adversos
Bloqueio Nervoso/efeitos adversos
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 191 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1089362
Autor: Kang, Haram; Hwang, Se Hwan.
Título: Does topical application of tranexamic acid reduce intraoperative bleeding in sinus surgery during general anesthesia? / A aplicação tópica de ácido tranexâmico reduz o sangramento intraoperatório em cirurgia sinusal durante anestesia geral?
Fonte: Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.);86(1):111-118, Jan.-Feb. 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Ministry of Education.
Resumo: Abstract Introduction Tranexamic acid is a hemostatic agent, which inhibits fibrin degradation, which may be beneficial in controlling bleeding during surgery. Objectives The purpose of this study was to provide a meta-analysis and review of the effects of tranexamic acid on hemorrhage and surgical fields and side effects on patients during endoscopic sinus surgery. Methods Two authors independently searched six databases (Medline, Scopus, Embase, Web of Science, Google Scholar and Cochrane library) from the start of article collection until July 2018. Postoperative complications such as intraoperative bleeding, operative time, hypotension, nausea, vomiting, and coagulation profile were included in the analysis of tranexamic acid (Treatment Group) and placebo (Control Group) during the operation. Results The amount of blood loss during surgery was statistically lower in the treatment group compared to the placebo group, and the surgical field quality was statistically higher in the treatment group than in the placebo group. On the other hand, there was no significant difference in operation time, hemodynamics, or coagulation profile between groups. In addition, tranexamic acid had no significant effect on vomiting and thrombosis compared to the Control Group. Conclusion This meta-analysis has shown that topical administration of tranexamic acid can reduce the amount of bleeding during surgery and improve the overall quality of the surgery. Hemodynamic instability during surgery, vomiting after surgery, or abnormal clotting profile were not reported. Additional studies are needed to confirm the results of this study because there are fewer studies.

Resumo Introdução O ácido tranexâmico é um agente hemostático, que inibe a degradação da fibrina e pode ser benéfico no controle do sangramento durante a cirurgia. Objetivos Fazer uma metanálise e revisão dos efeitos do ácido tranexâmico na hemorragia e nos campos cirúrgicos e efeitos colaterais em pacientes durante a cirurgia endoscópica do seio nasal. Método Dois autores realizaram independentemente uma busca em seis bancos de dados (Medline, Scopus, Embase, Web of Science, Google Scholar e Cochrane) desde o início da coleta de artigos até julho de 2018. Complicações pós-operatórias como sangramento intraoperatório, tempo operatório, hipotensão, náusea, vômitos e perfil de coagulação foram incluídos na análise do ácido tranexâmico (grupo de tratamento) e placebo (grupo controle) durante a cirurgia. Resultados A quantidade de perda de sangue durante a cirurgia foi estatisticamente menor no grupo de tratamento comparado com o grupo placebo e a qualidade do campo cirúrgico foi estatisticamente maior no grupo de tratamento do que no grupo placebo. Por outro lado, não houve diferença significante no tempo cirúrgico, hemodinâmica ou perfil de coagulação entre os grupos. Além disso, o ácido tranexâmico não teve efeito significante na ocorrência de vômitos e trombose em comparação ao grupo controle. Conclusão Esta metanálise mostrou que a administração tópica de ácido tranexâmico pode reduzir a quantidade de sangramento durante a cirurgia e melhorar a qualidade geral dela. Instabilidade hemodinâmica durante a cirurgia, vômitos após a cirurgia ou perfil de coagulação anormal não foram relatados. Estudos adicionais são necessários para confirmar os resultados desta pesquisa, porque há poucos estudos na literatura.
Descritores: Ácido Tranexâmico/farmacologia
Epistaxe/tratamento farmacológico
Perda Sanguínea Cirúrgica/prevenção & controle
Complicações Intraoperatórias/tratamento farmacológico
Antifibrinolíticos/farmacologia
-Ácido Tranexâmico/administração & dosagem
Ensaios Clínicos Controlados Aleatórios como Assunto
Administração Tópica
Endoscopia/efeitos adversos
Procedimentos Cirúrgicos Nasais/efeitos adversos
Complicações Intraoperatórias/etiologia
Anestesia Geral
Antifibrinolíticos/administração & dosagem
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Metanálise
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 191 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1057468
Autor: Almeida, Carlos Rodrigues.
Título: The role of quadratus lumborum block in the hemodynamic management during hepatic resection surgery / O papel do bloqueio do quadrado lombar no manuseio hemodinâmico durante ressecção hepática
Fonte: Rev. bras. anestesiol;69(6):635-637, nov.-Dec. 2019. graf.
Idioma: en.
Descritores: Dor Processual/terapia
Hepatectomia/métodos
Anestésicos Locais/administração & dosagem
Bloqueio Nervoso/métodos
-Dor Pós-Operatória/tratamento farmacológico
Bloqueio Nervoso Autônomo/efeitos adversos
Analgesia Epidural
Pressão Venosa Central/fisiologia
Perda Sanguínea Cirúrgica
Ultrassonografia de Intervenção/métodos
Dor Processual/complicações
Dor Processual/mortalidade
Ropivacaina
Hipotensão/induzido quimicamente
Complicações Intraoperatórias/induzido quimicamente
Anestesia Geral/métodos
Recidiva Local de Neoplasia/etiologia
Bloqueio Nervoso/efeitos adversos
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Carta
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 191 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1138011
Autor: Maio, Marta; Carvalho, Alfredo; Pinho, André; Serdoura, Francisco; Veludo, Vitorino.
Título: What Factors can Influence Massive Blood Loss in the Surgical Treatment of Neuromuscular Scoliosis? / Quais fatores podem influenciar perdas sanguíneas extensas no tratamento cirúrgico da escoliose neuromuscular?
Fonte: Rev. bras. ortop;55(2):181-184, Mar.-Apr. 2020. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Objective The aim of the present study is to identify the incidence, predisposing factors and prognostic impact of blood loss in patients with neuromuscular scoliosis submitted to corrective surgery. Methods Retrospective cohort study, including pediatric patients diagnosed with neuromuscular scoliosis undergoing instrumentation and posterior vertebral fusion in a university hospital. Patient characteristics were collected from the hospital information system. Results A total of 39 patients were included in the study. The intraoperative blood losses were 962 ml, representing a loss of 35.63% of the blood volume. In 20 cases, there was a massive blood loss (> 30%) and only 7 patients did not need a transfusion. The group of patients with massive blood loss had a slightly higher age (13.75 versus 13.53 years old), a lower body mass index (BMI) percentile (25 versus 50), and for each decrease of 0.38 in the BMI, intraoperative blood losses increased 1% (p < 0.05). The value of preoperative albumin had influence on the percentage of blood loss, and for each decrease of 0.4 of albumin, blood loss increased 1% (p < 0.05). Conclusions The factors that most contributed to the differences in blood loss were age, BMI, and preoperative albumin value. There was no significant association between Cobb angle, number of fusion levels and duration of surgery. We can conclude that these patients would benefit from preoperative nutritional control.

Resumo Objetivo O objetivo do presente estudo é identificar a incidência, os fatores predisponentes e o impacto prognóstico da perda de sangue em pacientes com escoliose neuromuscular submetidos a cirurgia corretiva. Métodos Estudo de coorte retrospectiva, incluindo pacientes pediátricos com diagnóstico de escoliose neuromuscular submetidos a instrumentação e fusão vertebral posterior em um hospital universitário. As características dos pacientes foram coletadas no sistema de informações do hospital. Resultados Um total de 39 pacientes foram incluídos no estudo. As perdas sanguíneas intraoperatórias foram de 962 mL, representando uma perda de 35,63% do volume sanguíneo; a perda de sangue foi extensa em 20 casos (> 30%) e apenas 7 pacientes não necessitaram de transfusão. O grupo de pacientes com perda maciça de sangue apresentou idade um pouco maior (13,75 versus 13,53 anos) e menor percentil do índice de massa corporal (IMC) (25 versus 50); para cada diminuição de 0,38 no IMC, as perdas sanguíneas intraoperatórias aumentaram 1% (p < 0,05). A concentração pré-operatória de albumina influenciou o percentual de perda de sangue e, para cada diminuição de 0,4 de albumina, a perda de sangue aumentou 1% (p < 0,05). Conclusões Os fatores que mais contribuíram para as diferenças na perda sanguínea foram idade, IMC e concentração pré-operatória de albumina. Não houve associação significativa entre ângulo de Cobb, número de níveis de fusão e duração da cirurgia. Podemos concluir que esses pacientes se beneficiariam do controle nutricional pré-operatório.
Descritores: Escoliose
Volume Sanguíneo
Perda Sanguínea Cirúrgica
Doenças Neuromusculares
Limites: Humanos
Responsável: BR26.1 - Biblioteca Central


  8 / 191 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-896283
Autor: Dauria, Agustin; Depetris, Hector M.
Título: Uso tópico de ácido tranexámico en el reemplazo total de rodilla primario / Topical administration of tranexamic acid in primary total knee replacement
Fonte: Rev. Asoc. Argent. Ortop. Traumatol;83(1):5-11, mar. 2018. [].
Idioma: es.
Resumo: Introducción: El reemplazo total de rodilla es un procedimiento que puede generar una gran perdida de sangre durante el periodo posoperatorio. El acido tranexamico es un agente sintetico antifbrinolitico que, en los ultimos anos, se ha administrado por via intravenosa, con buenos resultados, al reducir el sangrado asociado al reemplazo total de rodilla. Sin embargo, existe escasa experiencia con su uso topico. Materiales y Métodos: Se llevo a cabo un estudio comparativo retrospectivo de 117 reemplazos totales de rodilla primarios, para comparar los resultados obtenidos en 63 cirugias con el uso topico de acido tranexamico y en 54 reemplazos sin acido tranexamico. Se compararon la tasa de transfusion, las concentraciones de hemoglobina y hematocrito a las 24 y 48 h, las curaciones requeridas, las comorbilidades y las complicaciones. Resultados: En el grupo con acido tranexamico topico, se redujo un 43,9% la tasa de transfusiones cuando se lo comparo con el otro grupo. Ademas, se registro una disminucion de 0,2-1,3 g/dl en la caida de la hemoglobina a las 24 h de la cirugia. No se detectaron complicaciones. Conclusiones: El uso topico de acido tranexamico en reemplazos totales primarios de rodilla disminuye los requerimientos de transfusiones, sin incrementar el riesgo de complicaciones. Nivel de Evidencia: III

Introduction: Total knee replacement is associated with extensive postoperative blood loss. Tranexamic acid is a synthetic antifibrinolytic agent that, in the last few years, has been successfully used intravenously to reduce bleeding after total knee replacement. However, topical application of tranexamic acid in total knee replacement remains largely unexplored. Methods: A retrospective study of 117 primary total knee replacements was conducted: 63 surgeries with topical tranexamic acid and 54 replacements without tranexamic acid. A comparison analysis was made, capturing results of blood transfusion rates, postoperative hemoglobin levels (24 and 48 hours), number of changed bandages, comorbidities and complications. Results: Tranexamic acid reduced blood transfusion rate by 43.9% when compared with the group without tranexamic acid. A lower decline in postoperative hemoglobin levels (24 hours) by 0.2-1.3 g/dL was also observed in this same group. There were no complications in both groups. Conclusions: Topically applied tranexamic acid was effective in reducing the need for blood transfusion following total knee replacement, without additional adverse effects. Level of Evidence: III
Descritores: Complicações Pós-Operatórias/prevenção & controle
Ácido Tranexâmico/uso terapêutico
Perda Sanguínea Cirúrgica/prevenção & controle
Artroplastia do Joelho/métodos
Antifibrinolíticos/administração & dosagem
-Estudos Retrospectivos
Administração Tópica
Resultado do Tratamento
Limites: Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: AR337.1 - Biblioteca A.A.O.T.


  9 / 191 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1014652
Autor: Isidoro, Regiane Evangelista Chaves; Silva, Karla Fabiana Nunes da; Oliveira, Jacqueline Faria de; Barichello, Elizabeth; Pires, Patrícia da Silva; Barbosa, Maria Helena.
Título: Blood orders and predictors for hemotransfusion in elective femur fracture repair surgery / Solicitud de reserva y predictores para hemotransfusión en cirugías electivas de fractura de fémur / Solicitação de reserva e preditores para hemotransfusão em cirurgias eletivas de fratura de fêmur
Fonte: Texto & contexto enferm;28:e20180129, 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: to estimate the incidence of red blood cell concentrate orders in elective femur fracture repair surgeries and to identify predictors for hemotranfusion. Method: retrospective cohort study conducted with 271 patients submitted to femur fracture repair surgery between July 2013 and July 2016. Surgical and transfusion data were obtained from patient charts and the Transfusion Management System. Association between sociodemographic and clinical variables related to the surgical procedure and the occurrence of red blood cell concentrate transfusion was analyzed using descriptive statistics, the chi-squared test, relative risk, and odds ratio. Multivariate analysis was performed using binomial logistic regression. Results: the incidence of blood orders for patients undergoing femur fracture repair surgery was 87%. Ninety-one (33.6%) patients received red blood cell concentrate transfusions. Even though placing blood orders is recommended, given the possibility of intra- or postoperative transfusions, only 52 (47.2%) blood transfusions occurred in the preoperative period. The variables female sex, low preoperative hemoglobin levels and procedure lasting longer than 120 minutes presented statistical significance (p<0.05) and were considered predictors for hemototransfusion. Conclusion: Perioperative nursing must be aware of the importance of blood orders for all patients undergoing femur fracture repair surgery, including in the preoperative period, with special attention to patients who are female, previously anemic and submitted to long-lasting procedures.

RESUMEN Objetivo: estimar la incidencia de solicitud de reserva de concentrado de hematíes en cirugías electivas de corrección de fractura de fémur, e identificar los predictores para práctica de hemotransfusión. Método: Estudio de cohorte retrospectivo realizado con 271 pacientes sometidos a cirugía de corrección de fractura de fémur, entre julio de 2013 y julio de 2016. Datos quirúrgicos y de transfusiones obtenidos del análisis de historias clínicas y del Sistema de Gestión Transfusional. Se utilizó estadística descriptiva, test de chi-cuadrado, riesgo relativo y razón de oportunidades para analizar la asociación de variables sociodemográficas y clínicas referentes al procedimiento quirúrgico con transfusión de concentrado de hematíes. Para el análisis multivariado se utilizó regresión logística binomial. Resultados: la incidencia de solicitud de reserva para pacientes sometidos a cirugía de corrección de fractura de fémur resultó ser del 87,0%. y 91 (33,6) pacientes foram transfundidos con concentrado de hematíes. A pesar de la recomendación para solicitar reserva, considerando la posibilidad de transfusión intra o postoperatoria, 52 (47,2%) transfusiones se efectuaron en período preoperatorio. Existió significatividad estadística (p<0,05) para las variables: 5sexo femenino, bajos niveles de hemoglobina preoperatoria y duración del procedimiento superior a 120 minutos, considerados como predictores de la hemotransfusión. Conclusión: Resulta esencial que la enfermería perioperatoria tenga conocimiento de la importancia de la reserva sanguínea para todos los pacientes sometidos al tratamiento quirúrgico de la fractura de fémur, incluso en el preoperatorio, estando pendientes de los pacientes femeninos, con anemia previa y sometidos a procedimientos de larga duración.

RESUMO Objetivo: estimar a incidência da solicitação de reserva de concentrado de hemácias em cirurgias eletivas de correção de fratura de fêmur, e identificar os preditores para a ocorrência da hemotransfusão. Método: estudo de coorte retrospectivo realizado com 271 pacientes submetidos à cirurgia de correção de fratura de fêmur, no período de julho de 2013 a julho de 2016. Os dados cirúrgicos e transfusionais foram obtidos a partir da análise dos prontuários e do Sistema de Gestão Transfusional. Utilizou-se a estatística descritiva e, teste qui-quadrado, risco relativo, razão de chances para analisar a associação de variáveis sociodemográficas e clínicas, referentes ao procedimento cirúrgico, com a hemotransfusão de concentrado de hemácias. Para a análise multivariada utilizou-se a regressão logística binomial. Resultados: a incidência de solicitação de reserva para os pacientes submetidos à cirurgia de correção de fratura de fêmur foi de 87,0% e 91 (33,6%) pacientes foram transfundidos com concentrado de hemácias. Apesar da recomendação de solicitar reserva, tendo em vista a possibilidade de transfusão no intra ou pós-operatório, 52 (47,2%) transfusões ocorreram no período pré-operatório. Houve significância estatística (p<0,05) para as variáveis sexo feminino, nível baixo de hemoglobina pré-operatória e duração do procedimento superior a 120 minutos, considerados como preditores para a hemotransfusão. Conclusão: é fundamental que a enfermagem perioperatória tenha o conhecimento da importância da reserva sanguínea para todos os pacientes submetidos ao tratamento cirúrgico da fratura de fêmur, inclusive no pré-operatório, atentando para os pacientes do sexo feminino, previamente anêmicos e submetidos aos procedimentos de longa duração.
Descritores: Transfusão de Sangue
Perda Sanguínea Cirúrgica
Procedimentos Cirúrgicos Eletivos
Fraturas do Fêmur
Segurança do Paciente
Limites: Humanos
Responsável: BR17.1 - Biblioteca Setorial Centro de Ciências da Saúde (BSCCSM)


  10 / 191 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-1099203
Autor: Holmberg P, Jorge; Waissbluth A, Sofia; Rosenblut R, Andrés; Martoni A, Mariano; Robles B, Maximiliano; Palma R, Soledad.
Título: Enfrentamiento de pacientes Testigo de Jehová en cirugía otorrinolaringológica: a propósito de un caso de resección de tumor rinosinusal / Jehovah's Witnesses patients in otorhinolaryngological surgery: a case regarding a sinonasal tumor resection
Fonte: Rev. otorrinolaringol. cir. cabeza cuello;80(1):63-68, mar. 2020. graf.
Idioma: es.
Resumo: Las cirugías de cabeza y cuello presentan un alto riesgo de sangrado que puede significar el uso de transfusiones sanguíneas. Existen casos en las que éstas son rechazadas, como sucede con los Testigos de Jehová. Se expone el caso de una paciente Testigo de Jehová con un tumor rinosinusal con alto riesgo de sangrado que consultó por epistaxis recurrente. Se evidencia un tumor ocluyendo la fosa nasal derecha de aspecto vascular a la rinoscopía y la tomografía computarizada. Múltiples aferencias de la arteria esfenopalatina y etmoidales se observaron en una angiografía cerebral. Previo a la resección, se embolizó la arteria maxilar. Durante la cirugía, se contó con un sistema de recuperación de sangre autóloga, hemodilución e infusión de ácido tranexámico. Se ligó la arteria etmoidal anterior derecha vía externa con apoyo endoscópico y luego se resecó el tumor vía endoscópica. La biopsia reveló un carcinoma sinonasal escamoso. Existen alternativas terapéuticas en pacientes que rechacen el uso de hemoderivados. Destacan medidas preoperatorias como la embolización endovascular, intraoperatorias como el uso de agentes hemostáticos, técnicas quirúrgicas y anestésicas. Es importante analizar todas las opciones disponibles de forma multidisciplinara y junto con el paciente, para determinar la conducta más adecuada a seguir.

Head and neck surgeries have a high risk of bleeding, and therefore could require the use of blood transfusions. There are cases for which blood transfusions are not an acceptable option, as is the case for Jehovah's Witnesses. We present the case of a Jehovah's Witness with a sinonasal tumor with a high risk of bleeding, who presented with recurrent epistaxis. Rhinoscopy and computed tomography revealed a vascular-like tumor occluding the right nasal cavity. Cerebral angiography showed afferents of the sphenopalatine and ethmoidal arteries leading to the tumor. Prior to the resection, the maxillary artery was embolized. During surgery, we relied on an autologous blood recovery system, hemodilution and tranexamic acid. Right anterior ethmoidal artery ligation was performed by an endoscopic assisted external approach. The tumor was resected endoscopically The biopsy revealed a squamous sinonasal carcinoma. There are therapeutic alternatives for patients who cannot receive blood products. There are preoperative measures such as endovascular embolization, intraoperative measures such as the use of hemostatic agents and specific surgical or anesthetic techniques. It's important to analyze all of the available options in a multidisciplinary team approach, and to take into consideration the patient's preferences, in order to determine the best surgical conduct.
Descritores: Carcinoma de Células Escamosas/cirurgia
Neoplasias Nasais/cirurgia
Testemunhas de Jeová
-Religião e Medicina
Neoplasias dos Seios Paranasais/cirurgia
Carcinoma de Células Escamosas/diagnóstico por imagem
Tomografia Computadorizada por Raios X
Neoplasias Nasais/diagnóstico por imagem
Perda Sanguínea Cirúrgica/prevenção & controle
Recusa do Paciente ao Tratamento
Embolização Terapêutica
Hemodiluição
Limites: Humanos
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central



página 1 de 20 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde