Base de dados : LILACS
Pesquisa : C23.888.069 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 27 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 3 ir para página          

  1 / 27 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1117113
Autor: Rosales-Flores, Roselia Arminda; Mendoza-Rodríguez, Juan Manuel; Granados-Cosme, José Arturo; Zúñiga Valdés, Alberto.
Título: Sintomatología asociada al estrés y condiciones laborales de operarios de taxi de un sitio de la Ciudad de México / Stress-related symptoms and working conditions among Mexico City taxi drivers
Fonte: Salud trab. (Maracay);26(2):150-160, dic. 2018. tab.
Idioma: es.
Resumo: Introducción: Los estilos de vida no saludables se relacionan con hábitos y conductas que deterioran los órganos y sus funciones generando envejecimiento prematuro y enfermedades crónicodegenerativas, estas condiciones se ven agravadas por las desigualdades sociales en ciertos grupos laborales, tal es el caso de los conductores de taxis, los cuales presentan riesgos ambientales, físicos, químicos, bioquímicos, así como exigencias laborales como son extensión de jornada, bajos salarios, las formas de organización y la falta de apoyo sindical. Estudiar el proceso salud/enfermedad de estos trabajadores, permite identificar el desgaste laboral y la integridad mental determinada por la cantidad e intensidad de trabajo y proponer medidas de prevención. Método: Se diseñó un estudio transversal, observacional y descriptivo, se aplicó una encuesta, valoración antropométrica, análisis bioquímicos, cuyos resultados tuvieron un procesamiento para identificar asociaciones y significancia estadística. Resultados: el 32.5% de la muestra conduce más de 9 horas. al día sin descansos, el 21.8% presentó supervisión estricta y 48.7% son obligados a cubrir cuotas diarias. Más de la mitad de la muestra se encuentra con exposición constante a condiciones adversas tanto en la unidad como en el lugar de trabajo. Se encontró asociación de estas condiciones con la prevalencia de enfermedades crónico degenerativas como diabetes mellitus, hipertrigliceridemia e hipercolesterolemia, más altas con las reportadas a nivel nacional. Conclusiones: las condiciones de los conductores de taxis tanto laborales como de salud mental y física se encuentran deterioradas de manera extrema por lo cual se necesitan estrategias multidisciplinarias para su disminución(AU)

Introduction: Unhealthy lifestyles are related to habits and behaviors that can contribute to the deterioration and function of organ systems, leading to premature aging and degenerative chronic diseases. These conditions are aggravated due to the social inequality in certain occupations. Such is the case of taxi drivers, who experience environmental, physical, chemical, and biochemical risks, as well as high work demands such as long work days, low pay and little union support. By studying the health / disease process of these workers we can identify occupational burnout and mental integrity determined by the amount and intensity of the work, and propose preventive measures. Methods: A cross-sectional, observational and descriptive study was designed. We obtained data via a survey, anthropometric measurements, and laboratory testing. We examined associations and tested them for statistical significance. Results: Of the overall respondents, 32.5% reported driving more than 9 hours a day without breaks; 21.8% mentioned strict supervision and 48.7% reported being required to meet daily fee quotas. More than half the sample was continuously exposed to adverse conditions in the cab and the workplace. We found associations between these working conditions and the prevalence of chronic degenerative diseases, including diabetes, hypertriglyceridemia and hypercholesterolemia, higher than national average prevalence figures. Conclusion: occupational, physical and psychological working conditions among taxi drivers are very poor, and multidisciplinary strategies are needed to diminish them(AU)
Descritores: Condições de Trabalho
Riscos Ocupacionais
Esgotamento Profissional
Hipertrigliceridemia
Saúde Mental
Senilidade Prematura
Diabetes Mellitus
Hipercolesterolemia
Estilo de Vida
México
Categorias de Trabalhadores
Limites: Humanos
Responsável: VE1.1 - Biblioteca Humberto Garcia Arocha


  2 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1059177
Autor: Brietzke, Elisa; Cerqueira, Raphael O; Soares, Claudio N; Kapczinski, Flavio.
Título: Is bipolar disorder associated with premature aging? / O transtorno bipolar é associado a envelhecimento prematuro?
Fonte: Trends psychiatry psychother. (Impr.);41(4):315-317, Oct.-Dez. 2019.
Idioma: en.
Projeto: Stanley Medical Research Institute; . Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia.
Descritores: Transtorno Bipolar/fisiopatologia
Transtorno Bipolar/genética
Transtorno Bipolar/imunologia
Transtorno Bipolar/metabolismo
Progressão da Doença
Senilidade Prematura/fisiopatologia
Senilidade Prematura/genética
Senilidade Prematura/imunologia
Senilidade Prematura/metabolismo
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-722438
Autor: Lama, Jaime; Quiroga de Michelena, María I; Hoyos, Sara; Guzmán, Lizeth.
Título: Síndrome de Werner: una forma de envejecimiento prematuro / Werner's syndrome: a class of premature aging
Fonte: Diagnóstico (Perú);52(4):210-212, oct.-dic. 2013. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Introducción: El Síndrome de Werner es un raro trastorno genético de envejecimiento prematuro. Caso clínico: Varón de 38 años, con historia de cese precoz del crecimiento y falta de desarrollo puberal. Además de haber sido operado por fracturas recurrentes de extremidades y cataratas bilateral. A los 15 - 20 años su aspecto fisico comienza a cambiar adquiriendo un aspecto senil. A los 23 años es diagnosticado de diabetes mellitus y esquizofrenia. Es evaluado y se le encuentra osteoporosis, desnutrición y depresión, iniciando tratamiento con buena respuesta. Conclusión: Se presenta un caso de Síndrome de Werner con criterios diagnósticos definidos.

Introduction: Werner' s syndrome is a rare genetic disorder of premature aging. Case report: A 38 years old man, with a history of early cessation of growth and lack of pubertal development. Besides being operated by recurrent fractures oflimbs and bilateral cataracts. At 15 to 20 years his physical appearance begins to change acquiring a senile aspect. At 23 he was diagnosed with diabetes mellitus and schizophrenia. It is evaluated and is found osteoporosis, malnutrition and depression, initiating treatment with good response. Conclusion: We report a case of Werner syndrome with defined diagnostic criteria.
Descritores: Senilidade Prematura/patologia
Síndrome de Werner
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca


  4 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Brasil
Moreira, Lilia Maria de Azevedo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1042301
Autor: Moreira, Lília Maria de Azevedo; Santos, Renata Melo dos; Barbosa, Marise Souza; Vieira, Mônica Jacobina Fonseca; Oliveira, Wiliane Santos de.
Título: Premature aging in adults with Down syndrome: genetic, cognitive and functional aspects / Envelhecimento precoce em adultos com síndrome de Down: Aspectos genéticos, cognitivos e funcionais
Fonte: Rev. bras. geriatr. gerontol. (Online);22(4):e190024, 2019. tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVE: To describe genetic aspects and characteristics associated with premature aging in adults with Down syndrome. METHOD: A cross-sectional study was carried out of 28 individuals with Down syndrome, aged between 20 and 54 years old (13 women and 15 men), in a university community genetics program, who were referred by philanthropic institutions which offers support to people with disabilities and their families. The genetic and functional data were recorded in anamnesis forms. RESULTS: Karyotype analysis revealed free trisomy 21, with only one hereditary case of translocation between chromosomes 15/21. In the sample group, functional difficulties were observed in locomotion, sedentary lifestyles, behavior disorders, memory loss and depression symptoms, as well as loss of autonomy at more advanced ages. Only three people had reading and writing skills and 16 had good social relationships and friend-making skills. CONCLUSION: The study confirms that premature aging in Down syndrome starts in adulthood, and therapeutic follow-up is recommended with the implementation of interventions to prevent deficits and stimulate cognition, and activities for quality of life.

OBJETIVO: Descrever aspectos genéticos e características de envelhecimento precoce na síndrome de Down. MÉTODO: Estudo descritivo transversal de 28 indivíduos com síndrome de Down, entre 20 e 54 anos de idade (13 mulheres e 15 homens), atendidos em programa universitário de genética comunitária por solicitação de instituições filantrópicas especializadas, que oferecem apoio a pessoas com deficiência e suas famílias. Os dados genéticos e funcionais foram registrados em ficha de anamnese. RESULTADO: A análise cariotípica mostrou trissomia 21 livre, com apenas um caso hereditário de translocação entre os cromossomos 15/21. Constataram-se dificuldades funcionais na locomoção, sedentarismo, desordens de conduta, perda de memória e depressão, assim como a perda de autonomia em idades mais avançadas. Apenas três pessoas tinham domínio da leitura e escrita e 16 apresentavam bom relacionamento social e habilidades de fazer amigos. CONCLUSÃO: O estudo realizado confirma que sinais de envelhecimento precoce na síndrome de Down podem ser verificados já na fase adulta, sendo recomendado o acompanhamento terapêutico com implantação de medidas de prevenção aos déficits, estimulo à cognição e atividades voltadas à qualidade de vida.
Descritores: Síndrome de Down
Senilidade Prematura
Degeneração Neural
Responsável: BR1421.1 - Centro de Referência e Documentação sobre o Envelhecimento


  5 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1036353
Autor: Alencar, Eloine Nascimento de.
Título: Trabalho e saúde do canavieiro / Work and health of the sugar cane cutter.
Fonte: Joäo Pessoa; s.n; 1993. 206 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal da Paraíba. Centro de Ciências da Saúde para obtenção do grau de Mestrado.
Resumo: A autora procura mostrar a realidade de um grupo de canavieiros, do município de Cruz do Espirito Santo-Paraíba. Busca identificar os fatores determinantes do processo saúde/doença, através das condiçöes de trabalho desses canavieiros. Verifica que os canavieiros, desenvolvem o seu trabalho em condiçöes indignas, pois lhes faltam: àgua potável, em quantidade e qualidade adequadas, alimentaçäo balanceada, habitaçäo com saneamento básico. No corte da cana, o vínculo impregatício é por produçäo, o que desobriga o empregador manter todos os direitos trabalhistas. A renda semanal é insuficiente para manter o trabalhador e sua família em níveis normais de vida. Os transportes säo inseguros e a ferramenta de trabalho, o facäo, é conseguido às expensas do cortador de cana. A jornada de trabalho é muito extensa, por isso o trabalhador tem pouco tempo para descansar. O Sindicato luta muito pouco em benefício do canavieiro. Por todos esses fatores, o canavieiro envelhece precocemente, e demonstra sinais e sintomas de doenças como: cefaléia, tonturas, tremores no corpo, calafrios, câimbras, dor no peito febre, dor nas costas, fraqueza, e os acidentes com o facäo ocorrem frequentemente. Os problemas de saúde säo resolvidos precariamente, e a proteçäo específica é praticamente nula, apesar do canavieiro compreender a importância da vacina anti-tetânica. O trabalho do canavieiro é desenvolvido através de uma relaçäo de exploraçäo que poderá prevalecer por muito tempo. Isto é, enquanto vivermos em sua sociedade onde se dá a mais brutal e ferrenha exploraçäo do homem pelo homem
Descritores: Doença
Enfermagem em Saúde Pública
Saúde
Senilidade Prematura
Trabalhadores Rurais
Limites: Masculino
Humanos
Adolescente
Adulto
Responsável: BR8.1 - Biblioteca Central
CE/UFPB; BR8.1; 611.018(043); A368t


  6 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-725687
Autor: Góes, Suelen M; Leite, Neiva; Souza, Ricardo M. de; Homann, Diogo; Osiecki, Ana C. V; Stefanello, Joice M. F; Rodacki, André L. F.
Título: Características da marcha de mulheres com fibromialgia: um padrão prematuro de envelhecimento / Gait characteristics of women with fibromyalgia: a premature aging pattern
Fonte: Rev. bras. reumatol;54(5):335-341, Sep-Oct/2014. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: Fibromialgia é uma condição que envolve dor crônica generalizada. Além disso, mulheres de meia idade com fibromialgia apresentam alterações no padrão de marcha, expondo-se prematuramente a um padrão de marcha semelhante ao encontrado na população idosa. Objetivo: Determinar os parâmetros espaciais (linear e angular) da marcha de mulheres com fibromialgia e compará-los com idosas sem essa condição. Métodos: 25 mulheres (10 no grupo com fibromialgia e 15 no grupo de idosas) se qualificaram como voluntárias para participar do estudo. A análise cinemática foi realizada por meio de um sistema optoeletrônico, e as variáveis lineares e angulares foram determinadas. Resultados: Ambos os grupos apresentaram similaridades na velocidade da marcha, tamanho da passada, cadência e amplitude de movimento do quadril, joelho e tornozelo (p > 0,05), exceto para a rotação da pelve, na qual o grupo com fibromialgia apresentou maior rotação de quadril (p < 0,05) quando comparado ao grupo de idosas. Além disso, houve correlação negativa no grupo com fibromialgia entre rotação do quadril e dor no glúteo (r = -0,69; p < 0,05), e entre obliquidade da pelve e dor na região do trocanter maior (r = -0,69; p < 0,05). Conclusão: Mulheres de meia idade com fibromialgia apresentaram um padrão de marcha similar ao de idosas, o qual é caracterizado por amplitude de movimento, tamanho da passada e velocidade da marcha reduzidos. .

Background: Fibromyalgia is a condition which involves chronic pain. Middle-aged individuals with fibromyalgia seem to exhibit changes in gait pattern, which may prematurely expose them to a gait pattern which resembles that found in the elderly population. Objective: To determine the 3 D spatial (linear and angular) gait parameters of middle-aged women with fibromyalgia and compare to elderly women without this condition. Methods: 25 women (10 in the fibromyalgia group and 15 in the elderly group) volunteered to participate in the study. Kinematics was performed using an optoelectronic system, and linear and angular kinematic variables were determined. Results: There was no difference in walking speed, stride length, cadence, hip, knee and ankle joints range of motion between groups, except the pelvic rotation, in which the fibromyalgia group showed greater rotation (P < 0.05) compared to the elderly group. Also, there was a negative correlation with pelvic rotation and gluteus pain (r = - 0.69; P < 0.05), and between pelvic obliquity and greater trochanter pain (r = - 0.69; P < 0.05) in the fibromyalgia group. Conclusion: Middle-aged women with fibromyalgia showed gait pattern resemblances to elderly, women, which is characterized by reduced lower limb ROM, stride length and walking speed. .
Descritores: Fibromialgia/fisiopatologia
Senilidade Prematura/fisiopatologia
Marcha
-Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Feminino
Idoso
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-955442
Autor: Babicsak, Viviam R; Klein, Adriana V; Tsunemi, Miriam H; Vulcano, Luiz C.
Título: Brain parenchymal changes during normal aging in domestic cats / Alterações do parênquima cerebral durante a senilidade em gatos domésticos
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;38(6):1196-1202, jun. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.
Resumo: This study aimed to identify changes related to brain parenchyma as advancing age in healthy domestic cats. Our hypothesis is that cats suffer cerebral and cerebellar atrophy and show focal changes in signal intensity of the brain parenchyma in accordance with the progression of age. Twelve adult (1 to 6 years), eleven mature (7 to11 years) and ten geriatric non-brachycephalic cats (12 years or more of age) underwent brain magnetic resonance imaging (MRI). There were no changes in signal intensity and contrast uptake in brain parenchyma of the cats. Geriatric animals showed significantly lower average thickness of the interthalamic adhesion and percentage of the cerebral parenchyma volume in relation to intracranial volume than those found in the adult group. No significant differences were found between groups for cerebral volume, cerebellar volume and percentage of cerebellar volume in relation to intracranial volume. The results of this study indicate that atrophy of the cerebral parenchyma, including the interthalamic adhesion, occurs with age in domestic cats, confirming the hypothesis of the study. However, the results did not corroborate the hypothesis that cats show cerebellar atrophy and focal changes in signal intensity of the brain parenchyma with advancing age.(AU)

Este estudo objetivou a identificação de alterações no parênquima cerebral relacionadas ao avanço da idade em gatos domésticos saudáveis. Nossa hipótese é de que os gatos sofrem atrofia cerebral e cerebelar, além de alterações focais na intensidade do sinal do parênquima cerebral, de acordo com a progressão da idade. Doze gatos não braquicéfalos adultos (1 a 6 anos), onze maduros (7 a 11 anos) e dez geriátricos (12 anos ou mais) foram submetidos à ressonância magnética encefálica. Não foram observadas alterações na intensidade do sinal e na captação de contraste do parênquima encefálico nos gatos. Os animais geriátricos apresentaram médias da espessura da adesão intertalâmica e porcentagem do volume do parênquima cerebral, em relação ao volume intracraniano, significativamente menores a aquelas encontradas no grupo dos adultos. Não foram encontradas diferenças significativas entre os grupos para volume cerebral, volume cerebelar e porcentagem de volume cerebelar em relação ao volume intracraniano. Os resultados deste estudo indicam que a atrofia do parênquima cerebral, incluindo a adesão intertalâmica, ocorre com o avanço da idade em gatos domésticos, confirmando a hipótese do estudo. No entanto, os resultados não corroboraram a hipótese de que os gatos apresentam atrofia cerebelar e alterações focais na intensidade do sinal do parênquima encefálico com a progressão da idade.(AU)
Descritores: Gatos/anatomia & histologia
Senilidade Prematura/diagnóstico
Tecido Parenquimatoso/anormalidades
Limites: Animais
Gatos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Araújo, Tânia Maria de
Texto completo
Id: biblio-827297
Autor: Cordeiro, Técia Maria Santos Carneiro e; Araújo, Tânia Maria de.
Título: Capacidade para o trabalho entre trabalhadores do Brasil / Work ability among workers in Brazil
Fonte: Rev. bras. med. trab;14(3):262-274, set.-dez. 2016.
Idioma: pt.
Resumo: Contexto: A capacidade para o trabalho é um conceito que envolve condições físicas, mentais e sociais, além de ser um construto subjetivo que poderá acompanhar trabalhadores em nível individual ou coletivo. Objetivos: Descrever o perfil das produções científicas sobre capacidade para o trabalho entre trabalhadores do Brasil e identificar a prevalência e os fatores associados à capacidade para o trabalho. Métodos: Trata-se de uma revisão sistemática realizada na Biblioteca Virtual de Saúde e na Scopus. Os estudos selecionados foram aqueles publicados de 1996 a 2013, tendo como população-alvo os trabalhadores do Brasil e que utilizaram o índice de capacidade para o trabalho (ICT). Resultados: As produções científicas se concentraram nas áreas da Saúde Pública e de Enfermagem, nas regiões Sudeste e Sul do país e com trabalhadores de Enfermagem e do setor de produção. A prevalência da capacidade para o trabalho inadequada (0,0 a 81,2%) variou entre as diferentes categorias profissionais. Os fatores associados à capacidade para o trabalho foram os individuais, relacionados à saúde, e aqueles referentes às condições de trabalho ambiental e organizacional. Conclusões: Com base nos resultados e considerando a capacidade para o trabalho inadequada, um agravo evitável no campo da saúde do trabalhador, são necessárias ações e estratégias nos ambientes de trabalho para prevenção e promoção da saúde dos trabalhadores brasileiros. Também são necessários maiores investimentos em pesquisas longitudinais e de intervenção com diversos grupos de trabalhadores do Brasil.

Context: The ability to work involves physical, mental, and social conditions, as well as being a subjective construct that can be related to workers at the individual or collective level. Objectives: To describe the profile of scientific productions on the ability to work among Brazilian workers and to identify the prevalence and factors associated with the ability to work. Methods: This is a systematic review carried out in the Virtual Health Library and in Scopus. Studies selected were those published from 1996 to 2013, whose target population was Brazilian workers and which used the work ability index (WAI). Results: The scientific productions focused on the fields of Public Health and Nursing, in the Southeast and South regions of the country, and on workers in the Nursing and production fields. The prevalence of inadequate work abilities (0.0 to 81.2%) varied among the different professional categories. Factors associated with the ability to work were individual, health-related, and those related to environmental and organizational working conditions. Conclusions: Based on the results and considering inadequate work ability, which is an avoidable problem in the worker's health field, actions and strategies are necessary for prevention and promotion of health among Brazilian workers. Further investments are also needed in longitudinal and interventional studies with various groups of Brazilian workers.
Descritores: Avaliação da Capacidade de Trabalho
Saúde do Trabalhador
Senilidade Prematura
-Brasil/epidemiologia
Prevalência
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-982664
Autor: Alvarez Montiel, Iris Rosbinda.
Título: Síndrome de Kindler: comunicación de casos / Kindler syndrome: a report of a case
Fonte: Dermatol. pediátr. latinoam. (En línea);13(2):77-89, abr.-jun. 2018. ilus.
Idioma: es.
Resumo: El síndrome de Kindler es un cuadro autosómico recesivo, caracterizado por fotosensibilidad, envejecimiento prematuro, poiquilodermia y propensión al desarrollo de cáncer de piel. Se presenta una paciente de 16 años, procedente del sur de Honduras, hija de padres no consanguíneos, sin antecedentes familiares relevantes y con historia de dermatosis diseminada que afecta la cabeza, el tronco y las extremidades superiores e inferiores. Esta se caracterizaba por la presencia de placas atróficas con telangiectasias, que se exacerbaban ante la exposición al sol, con formación de ampollas, especialmente en el dorso de las manos, y por cicatrices atróficas similares al papel de cigarrillo.

Kindler syndrome is an autosomal recessive syndrome characterized by photosensitivity, premature aging, poikiloderma and propensity to develop skin cancer.A sixteen years old patient from southern Honduras, daughter of non consanguineous parents with no family history, is presented. In her first year she developed a dermatosis disseminated to the head, trunk and upper and lower extremities, characterized by atrophic plaques with telangiectasias exacerbated up to blistering when exposed to the sun, especially on the back of hands, with atrophic scars similar to paper cigarette.
Descritores: Epidermólise Bolhosa
Síndrome de Rothmund-Thomson
-Senilidade Prematura
Honduras
Limites: Feminino
Humanos
Adolescente
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: AR338.1 - Biblioteca


  10 / 27 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-729108
Autor: Biasus, Marcela Renostro; Almeida, Carolina Klippel; Pagnossin, Débora Frizzo; Neumann, Ruy Xavier.
Título: Caracterização audiológica de adultos com Síndrome de Down / Audiological characterization of adults with Down Syndrome / Caracterización audiológica de adultos com Síndrome de Down
Fonte: Distúrb. comun;26(2), jun. 2014. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: o aumento da expectativa de vida das pessoas com síndrome de Down tem revelado um envelhecimento precoce, associado à mutação do cromossomo 21, o que torna relevante estabelecer como este envelhecimento precoce atinge a audição, uma vez que as alterações auditivas podem interferir no processo de comunicação. Objetivo: caracterizar a audição de sujeitos com síndrome de Down com mais de 25 anos de idade. Material e método: foram avaliados 40 adultos com síndrome de Down por meio da inspeção visual do meato acústico externo, imitância acústica e audiometria tonal. Resultados: dos 40 adultos, 12 apresentaram rolha de cera, tendo sido possível a remoção destas em oito sujeitos. Dos 40 sujeitos, 35 permitiram a realização da imitância acústica e 27 conseguiram responder corretamente à audiometria tonal. Nos sujeitos que realizaram a audiometria, observou-se predomínio de limiares auditivos dentro dos padrões de normalidade para sujeitos de 25 a 30 e de 30 a 40 anos e de perda auditiva neurossensorial para sujeitos de 40 a 50 e de 50 a 60 anos; a configuração audiométrica predominante foi a descendente para sujeitos de 40 a 50 e de 50 a 60 anos; as médias tonais foram maiores nas frequências mais altas do audiograma, com desvio padrão indicando heterogeneidade do grupo pesquisado. Conclusão: observou-se perda auditiva de configuração compatível com presbiacusia em sujeitos adultos com síndrome de Down, em idades inferiores às descritas na literatura.

Introduction: The expanded lifespan of people with Down?s syndrome has shown a premature aging of these people, associated to chromosome 21, which makes it important to highlight the hearing alterations, once they can interfere in the communication process. Objective: Characterize the hearing abilities of people with Down?s older than 25. Material and method: 40 people with Down?s were evaluated through visual analysis of the external acoustic meatus, impedance audiometry and tonal audiometry. Results: out of the 40 adults, 12 presented excessive earwax, possible to be removed in 8 of them; 35 allowed the impedance audiometry, 27 could respond correctly to the tonal audiometry. Among the ones with whom the tonal audiometry was conducted: standard hearing thresholds were observed between the ages of 25 to 30 and 30 to 40 and sensorineural hearing loss between 40 to 50 and 50 to 60. The prevailing audiometric result was the descendant one between 40 to 50 and 50 to 60; tonal averages were higher in the highest frequencies of the audiogram, however indicating a standard deviation which shows heterogeneity of the results for the studied group. Conclusion: hearing loss compatible to presbycusis in Down adults, in ages under the ones described in the literature, was observed.

Introducción: El aumento de la expectativa de vida de las personas con síndrome de Down viene revelando un envejecimiento temprano, asociado a la mutación del cromosoma 21. Eso hace relevante establecer como este envejecimiento temprano atinge la audición, una vez que las alteraciones auditivas pueden dificultar el proceso de comunicación. Objetivo: Caracterizar la audición de personas con síndrome de Down con más de 25 años de edad. Material e método: fueron evaluados 40 adultos con síndrome de Down a través de la inspección visual del conducto auditivo externo, imitanciometria y audiometría tonal. Resultados: de los 40 adultos, 12 presentaron cera, siendo posible retirarla en ocho personas. De los 40 sujetos, 35 permitieron realizar la imitanciometria y 27 consiguieron responder correctamente la audiometria tonal. En los sujetos que realizaron la audiometria tonal, se observó predominio de límites auditivos dentro de lo esperado para las edades de 25 a 30 y de 30 a 40 años y de pérdida auditiva del tipo neurosensorial para sujetos de 40 a 50 y de 50 a 60 años; la configuración audiométrica predominante fue decreciente para las edades de 40 a 50 y de 50 a 60 años; los pormedios tonales fueron mayores en las frecuencias más altas del audiograma, con desvio padron indicando heterogeneidad de los resultados para el grupo estudiado. Conclusión: se observó pérdida auditiva de configuración compatible con presbiacusia en sujetos adultos con síndrome de Down, en edades inferiores a las indicadas en la literatura.
Descritores: Senilidade Prematura
CROMOSSOMOS HUMANOS PAR ABORTION APPLICANTS
Síndrome de Down
Audição
Expectativa de Vida
Limites: Humanos
Adulto
Responsável: BR195.3 - Biblioteca Nadir Gouvêa Kfouri



página 1 de 3 ir para página          
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde