Base de dados : LILACS
Pesquisa : C23.888.550 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 137 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 14 ir para página                         

  1 / 137 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1150941
Autor: Santos, Gilmara Oliveira; Gaspar, Ludmilla Campos; Gomes, Yasmin Silva; Anjos, Jorge Luis Motta dos; Alves, Giovani Assunção de Azevedo; Matos, Janilson Matos Teixeira.
Título: Correlação entre funcionalidade e função pulmonar em pacientes internados em Unidades de Terapia Intensiva / Correlation between functionality and pulmonary function in injured patients in Intensive Care Units
Fonte: Rev. Pesqui. Fisioter;9(2):187-193, Maio 2019. tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: INTRODUÇÃO: As complicações adquiridas em UTIs podem afetar negativamente a funcionalidade, mobilidade e função pulmonar, levando a um prognóstico menos favorável. OBJETIVO: Correlacionar funcionalidade com função pulmonar na admissão e alta de pacientes internados em UTIs adulto. MÉTODOS: Trata-se de um estudo observacional, descritivo e transversal, com abordagem quantitativa. Os dados sociodemográficos foram obtidos nos prontuários; a funcionalidade e mobilidade foram medidas pela FSS-ICU e IMS, respectivamente; e a função pulmonar, representada pela medida da CVL. A análise dos dados foi realizada no programa BioEstat 5.3, com o teste de Shapiro-Wilk para avaliar a distribuição dos dados, e como a mesma não foi normal, utilizamos o teste de Wilcoxon de amostras relacionadas. O nível de significância adotado foi de p ≤ 0,05 e os coeficientes de correlação com valores entre 0,00 e 0,25 apontaram pouca ou nenhuma correlação; 0,25 a 0,50, um grau fraco de correlação; 0,50 a 0,75, uma correlação de moderada a boa; acima de 0,75, um grau bom a excelente. RESULTADOS: Foram incluídos 44 participantes sendo 61,4% sexo masculino. A média da idade foi de 53,68 anos (DP: 16,73), um tempo médio de internação de 3,52 dias (DP: 1,53), diagnósticos predominantemente cirúrgicos (79,5%) e 97,7% receberam alta da UTI. Foi encontrada correlação fraca entre FSS-ICU - CVL e IMS - CVL, mas com significância estatística de 0,01 e <0,01, respectivamente, no momento da alta, mas não no da admissão. CONCLUSÃO: Houve baixa correlação entre funcionalidade e mobilidade com função pulmonar no momento da alta de pacientes internados em UTIs.

INTRODUCTION: The complications acquired in ICUs can negatively affect functionality, mobility and pulmonary function, leading to a less favorable prognosis. PURPOSE: To correlate function with pulmonary function in the admission and discharge of patients hospitalized in adult ICUs. METHODS: This is an observational, descriptive and cross-sectional study with a quantitative approach. Sociodemographic data were obtained in medical records; functionality and mobility were measured by FSSICU and IMS, respectively; and pulmonary function, represented by the CVL measurement. Data analysis was performed in the BioEstat 5.3 program, with the Shapiro-Wilk test to evaluate the distribution of the data, and since it was not normal, we used the Wilcoxon test of related samples. The significance level adopted was p ≤ 0.05 and the correlation coefficients with values between 0.00 and 0.25 indicated little or no correlation; 0.25 to 0.50, a weak degree of correlation; 0.50 to 0.75, a moderate to good correlation; above 0.75, a good to excellent grade. RESULTS: We included 44 participants, 61.4% male. The mean age was 53.68 years (SD: 16.73), mean hospitalization time of 3.52 days (SD:1.53), diagnoses predominantly surgical (79.5%) and 97.7% were discharged from the ICU. We found a weak correlation between FSS-ICU-CVL and IMS-CVL, but with a statistical significance of 0.01 and <0.01, respectively, at discharge, but not at admission. CONCLUSION: There was a low correlation between functionality and mobility with pulmonary function at the time of discharge from ICU patients.
Descritores: Unidades de Terapia Intensiva
-Fisioterapia
Limitação da Mobilidade
Responsável: BR333.2 - Biblioteca - Campus II


  2 / 137 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1150886
Autor: Martinez, Bruno Prata; Lopes, Wende Bonifacio; Alves, Giovani Assunção de Azevedo; Forgiarini Júnior, Luiz Alberto; Camelier, Fernanda Warken Rosa; Camelier, Aquiles Assunção.
Título: Associação do desempenho físico no teste Timed Up and Go com autorrelato de quedas em idosos hospitalizados / Association of physical performance in the Timed Up and Go test with self-report of falls in hospitalized elderly
Fonte: Rev. Pesqui. Fisioter;9(2):159-165, Maio 2019. tab, ilus.
Idioma: en; pt.
Resumo: INTRODUÇÃO: Episódios de quedas estão associados com redução da mobilidade e mortalidade e são mais comuns em idosos. O Timed up and Go (TUG) é um dos principais instrumentos para rastrear o risco de cair em idosos. OBJETIVO: Avaliar a associação do teste TUG para autorrelato de quedas no último ano em idosos hospitalizados. MATERIAIS E MÉTODOS: Estudo transversal realizado em um hospital privado da cidade de Salvador/BA, no período de Agosto de 2013 a Janeiro de 2014. Foram incluídos indivíduos de ambos os sexos, a partir do 1º ao 5º dia de internação. A acurácia do teste foi calculada pela curva ROC (Receiver Operator Characteristic) e análise dos valores de sensibilidade e especificidade. Os resultados foram dispostos em média e desvio padrão ou valor absoluto e percentual. Foi considerado significativo um valor de p <0,05. RESULTADOS: Foram inclusos 68 idosos, com idade média 70,4 ± 7,7 anos, IMC = 25,66 ± 5,26 kg/m2, índice de Charlson 5,35 ± 1,97 e tempo médio de internação 2,76 ± 1,71 dias. O tempo médio de realização do TUG foi 10,02 ± 5,38 segundos. A acurácia do TUG foi considerada moderada (0,67; IC = 0,54 - 0,80; p=0,029). O ponto de corte de 9,2 segundos encontrado na curva ROC foi o ponto de maior associação com autorrelato de quedas com uma sensibilidade de 67,7% e especifidade 68,2%. CONCLUSÃO: O desempenho no TUG tem associação com autorrelato de quedas no último ano em idosos hospitalizados.

INTRODUCTION: Episodes of falls are associated with decreased mobility and mortality and are more common in the elderly. Timed up and Go (TUG) is one of the key tools for tracking the risk of falling in the elderly. OBJECTIVE: To evaluate the association of the TUG test for self-report of falls in the last year in hospitalized elderly. MATERIALS AND METHODS: A cross-sectional study was conducted at a private hospital in the city of Salvador, Bahia, from August 2013 to January 2014. Individuals of both sexes were included from the 1st to 5th day of hospitalization. The accuracy of the test was calculated by the Receiver Operator Characteristic (ROC) curve and analysis of the sensitivity and specificity values. The results were arranged as mean and standard deviation or absolute and percentage values. A value of p <0.05 was considered significant. RESULTS: We included 68 elderly people, mean age 70.4 ± 7.7 years, BMI = 25.66 ± 5.26 kg / m2, Charlson index 5.35 ± 1.97 and mean time of hospitalization 2.76 ± 1.71 days. The mean TUG time was 10.02 ± 5.38 seconds. The cutoff point of 9.2 seconds found in the ROC curve was the point of greatest association with self-report of falls with a sensitivity of 67.7% and specificity of 68.2%. CONCLUSION: TUG performance is associated with self-report of falls in the last year in hospitalized elderly.
Descritores: Saúde do Idoso
-Limitação da Mobilidade
Hospitalização
Responsável: BR333.2 - Biblioteca - Campus II


  3 / 137 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Leite, Isabel Cristina Gonçalves
Texto completo
Id: biblio-1133906
Autor: Fioritto, Aline Priori; Cruz, Danielle Teles da; Leite, Isabel Cristina Gonçalves.
Título: Correlation of functional mobility with handgrip strength, functional capacity for instrumental activities of daily living, fear of falling and number of falls in community-dwelling elderly / Correlação entre mobilidade funcional e força de preensão palmar, capacidade funcional para atividades instrumentais de vida diária, medo de cair e número de quedas em idosos residentes na comunidade
Fonte: Fisioter. Mov. (Online);33:e003335, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: National Council of the Scientific Researches; . National Council for the Improvement of Higher Education.
Resumo: Abstract Introduction: Functional mobility is essential for quality life and its worsening is the first sign of functional decline in the elderly. Objective: To assess the correlation of functional mobility with handgrip strength (HGS), functional capacity for IADL (FC-IADL) and fear of falling and number of falls in community-dwelling elderly. Method: A cross-sectional study was conducted with 303 community-dwelling elderly of both sexes, in Juiz de Fora (MG, Brazil). Functional mobility (TUG), HGS (dynamometer, JAMAR), FC-IADL (Lawton and Brody Scale), fear of falling (FES-I-Brazil) and number of falls were assessed. The data were analyzed using Pearson's correlation test, and significance was established at ≤ 5%. Results: The elderly studied consisted of 61.7% females, were 73.5 ± 7.8 years old and had little schooling (4.3 ± 3.5 years). Functional mobility showed a moderate correlation with HGS (r = -0.383 and r = -0.322; women and men respectively) and FC-IADL (r = -0.568 and r = -0.583) in both sexes and fear of falling (r = 0.511) in females, a weak correlation with fear of falling in males (r = 0.243) and number of falls in both sexes (r = 0.101 and r = 0.195). Conclusion: Functional mobility showed a moderate correlation with HGS and FC-IADL in both sexes and fear of falling in females. It showed a weak correlation with fear of falling in males and number of falls in both sexes. The overestimated self-efficacy to prevent falls in men and the protective role of fear of falling in individuals with functional mobility limitations may explain these findings.

Resumo Introdução: Mobilidade funcional é fundamental para uma vida com qualidade e a sua piora é o primeiro sinal de declínio funcional em idosos. Objetivo: Avaliar a correlação entre mobilidade funcional, força de preensão palmar (FPP), capacidade funcional para atividades instrumentais de vida diária (CF-AIVD), medo de cair e número de quedas em idosos comunitários. Método: Estudo transversal, com 303 idosos comunitários de ambos os sexos, em de Juiz de Fora (MG). Avaliou-se mobilidade funcional (TUG), FPP (dinamômetro JAMAR), CF-AIVD (Escala de Lawton e Brody), medo de cair (FES-I-Brasil) e número de quedas. Foi utilizado o Teste de Correlação de Pearson e adotada significância ≤ 5%. Resultados: 61,7% do sexo feminino, idade de 73,5 ± 7,8 anos e baixa escolaridade (4,3 ± 3,5). Mobilidade funcional apresentou correlação moderada com FPP (r = -0,383 e r = -0,322; mulheres e homens, respectivamente) e CF-AIVD (r = -0,568; r = -0,583) em ambos os sexos e medo de cair (r = 0,511) em mulheres, correlação fraca com medo de cair em homens (r = 0,243) e número de quedas (r = 0,101; r = 0,195) em ambos os sexos. Conclusão: Mobilidade funcional apresentou correlação moderada com FPP e CF-AIVD em ambos os sexos e medo de cair em mulheres e correlação fraca com medo de cair em homens e número de quedas em ambos os sexos. A autoeficácia para evitar quedas superestimada nos homens e o papel protetor do medo de cair, principalmente nas mulheres, podem justificar esses achados.
Descritores: Saúde do Idoso
Limitação da Mobilidade
-Acidentes por Quedas
Atividades Cotidianas
Medo
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR495.1 - Biblioteca Central


  4 / 137 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Almeida, Paulo Cesar de
Texto completo
Id: biblio-956343
Autor: Pagliuca, Lorita Marlena Freitag; Oliveira, Paula Marciana Pinheiro de; Mariano, Monaliza Ribeiro; Silva, Jacqueline Mota da; Almeida, Paulo Cesar de; Oliveira, Giselly Oseni Barbosa.
Título: Pessoa com deficiência: construção do conceito por esta população / Persona con discapacidad: construcción del concepto por esta población / Disabled person: construction of concept by this population
Fonte: Rev Rene (Online);16(5):705-713, Set.-Out. 2015. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo construir o conceito de pessoa com deficiência. Métodos estudo de análise de conceito utilizando fases de campo e de análise estatística com 120 sujeitos divididos em três grupos de 40 pessoas com deficiência auditiva, visual e motora. Resultados predominaram homens (68,0%), de 18 a 29 anos (55,0%), estudo superior (35,0%) e casados/união estável (75,0%). Atributo aceito foi pessoa com limitação e com capacidade de desempenhar atividade, com diferença entre grupos (p=0,018); palavra-chave aceita, limitação (p=0,001); expressão pessoa com deficiência, com diferenças intergrupais (p=0,013). Conceito de escolha por grupo foi surdo (97,5%); cego (45,0%) e pessoa com deficiência visual (45,0%) e; pessoa com deficiência física (27,5%). Conclusão atributos, palavras-chaves utilizadas na literatura e políticas públicas não foram aceitas. Preferem ser chamados de surdo; cego ou com deficiência visual; rejeitam pessoa com deficiência motora e cadeirante.

Objetivo construir el concepto de persona con discapacidad. Métodos estudio de análisis de concepto utilizando las fases de campo y análisis estadístico con 120 sujetos divididos en tres grupos de 40 personas con discapacidad auditiva, visual y motora. Resultados predominaron hombres (68,0%), 18-29 años (55,0%), estudio superior (35,0%) y casados/en unión estable (75,0%). Atributo acepto fue persona con limitación y capacidad para desarrollar actividad, con diferencia entre grupos (p=0,018); palabras clave aceptadas, limitación (p=0,001); expresión persona con discapacidad, con diferencias intergrupales (p=0,013). Concepto de elección por grupo fue sordo (97,5%); ciego (45,0%) y personas con discapacidad visual (45,0%) y; persona con discapacidad física (27,5%). Conclusión atributos, palabras clave utilizadas en la literatura y políticas públicas no fueron aceptas. Prefieren ser llamados de sordo; ciego o con discapacidad visual; rechazan persona con discapacidad motora y en silla de ruedas.

Objective to build the concept of disabled person. Methods study of analysis of concept using the phases field work and statistical analysis with 120 individuals divided into three groups of 40 people with hearing, visual and motor disability. Results there was predomination of men (68.0%), 18-29 years old (55.0%), with superior education (35.0%) and married/common-law married (75.0%). The attribute accepted was person with limitation and still able to perform activity, with a difference between groups (p=0.018); the keyword accepted was limitation (p=0.001); the expression was disabled person, with intergroup difference (p=0.013). Concept of choice by group was deaf (97.5%); blind (45.0%) and person with visual disability (45.0%) and; person with physical disability (27.5%). Conclusion attributes, keywords used in the literature and public policy were not accepted. They prefer to be called deaf; blind or visually impaired; They reject people with motor disability and wheelchair user.
Descritores: Pessoas com Deficiência
Formação de Conceito
Pessoas com Deficiência Visual
Limitação da Mobilidade
-Pessoas com Deficiência Auditiva
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  5 / 137 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1096822
Autor: Nascimento, Marcelo de Maio.
Título: Queda em adultos idosos: considerações sobre a regulação do equilíbrio, estratégias posturais e exercício físico / Fall in older adults: considerations on balance regulation, postural strategies, and physical exercise
Fonte: Geriatr., Gerontol. Aging (Impr.);13(2):103-110, abr-jun.2019. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Quedas são comuns entre a população idosa, consideradas como questão de saúde pública, responsáveis por alto grau de morbidade e mortalidade. Isso evidencia a realização de estudos teóricos que qualifiquem o entendimento sobre a relação entre queda e seus fatores de risco; a fisiopatologia dos distúrbios do equilíbrio e da marcha; e a identificação precoce da "queda idiopática" (sem causa evidente). Assim, com base na literatura especializada, o presente estudo apresenta uma visão geral sobre o papel dos sistemas sensoriais responsáveis pela regulação do controle postural, evidenciando as principais estratégias utilizadas por idosos para a manutenção do controle postural e os benefícios proporcionados pela prática regular do exercício físico para a prevenção de quedas de idosos. Como resultado, é apresentado um modelo ilustrativo sobre a sequência de estratégias utilizadas por idosos para reestabelecer a posição ereta em diferentes fases de perturbação postural. Conclui-se que o baixo desempenho da atenção, da memória e de funções executivas eleva a instabilidade postural e reduz a velocidade da marcha, aumentando o risco de quedas. Nesse contexto, a prática regular de exercícios físicos é capaz de reduzir significativamente a taxa de queda de idosos. Aconselham-se a prática de exercícios programados, que agreguem tarefas cognitivas com grau de desafio da instabilidade de moderado a alto, e a prática semanal de duas a três horas.

Common among the older population, falls are considered a public health issue, accounting for high rates of morbidity and mortality. Thus, there is a need for theoretical studies that improve the understanding of the relationship between falls and their risk factors; the pathophysiology of balance and gait disorders; and early identification of "idiopathic fall" (with no apparent cause). Based on the specialized literature, the present study provides an overview of the role of sensory systems responsible for regulating postural control, showing the main strategies that older adults use to maintain postural control and the benefits of regular physical exercise for prevention of falls in older adults. Then, a graphic model describing the sequence of strategies used by older adults to regain an upright stance in different phases of postural perturbation is presented. In conclusion, poor performance of attention, memory, and executive functions increases postural instability and reduces gait speed, thereby raising the risk of falls. In this context, regular physical exercise may significantly reduce the rate of falls in older adults. Planned exercises are recommended and should involve cognitive tasks with moderate-to-high level of instability for two to three hours/week.
Descritores: Acidentes por Quedas/prevenção & controle
Envelhecimento
Exercício Físico
Equilíbrio Postural/fisiologia
Força Muscular/fisiologia
-Saúde do Idoso
Cognição/fisiologia
Limitação da Mobilidade
Análise da Marcha
Prevenção de Acidentes/tendências
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR275.1 - Biblioteca


  6 / 137 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-968796
Autor: Silva, Jefferson Carlos Araujo; Cavalcante, Tamires Barradas; Santos, Neusa Machado Cabral dos; Nascimento, Rosane Karine Gonçalves; Costa, Anna Clara Lopes Freitas da; Miranda, Jeferson Santos.
Título: Análise comparativa do nível de dependência funcional de idosos submetidos a artroplastia de quadril: estudo transversal / Comparative analysis of level of functional dependence of elderly submitted to hip arthroplasty
Fonte: Rev. Pesqui. Fisioter;8(4):463-470, nov., 2018. tab, graf.
Idioma: en; pt.
Resumo: INTRODUÇÃO: A Artoplastia de Quadril (AQ) é um procedimento cirúrgico realizado em casos de fratura de colo do fêmur (FF) e osteoartrose de quadril (OQ), e é responsável por causar danos funcionais aumentando o nível de dependência funcional do idivíduo idoso. OBJETIVO: analisar o nível de dependênciaonentre idosos que foram submetidos a AQ. MÉTODOS: indivíduos idosos internados na enfermaria traumato-ortopédica do Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão (HU-UFMA) foram avaliados quanto ao seu nível de dependência funcional através da Medida de Independência Funcional (MIF) e quanto ao nível de dor por meio da Escala Visual Analógica (EVA), tanto no pré quanto no pós-operatório de AQ. Os voluntários foram divididos em grupo A, com diagnóstico de (OQ), e grupo B, com diagnóstico de (FF). O teste t não pareado foi utilizado para comparar os resultados no pré e pós-operatório, adotando-se nível de significância p<0,05. RESULTADOS: um total de 46 idosos compuseram a amostra, 17 (37%) do sexo masculino e 29 (63%) do sexo feminino. O grupo A apresentou menor nível de dependência funcional no pré-operatório em comparação aos sujeitos do grupo B, porém, a avaliação da dor revelou índices maiores para o grupo A no pré-operatório. A análise comparativa dos resultados da EVA no pré e pós-operatório se mostrou estatisticamente significante para ambos os grupos. Os resultados da MIF para o grupo A não foram estatisticamente significantes, para o grupo B, porém, os domínios autocuidados, mobilidade, locomoção e total apresentaram valores estatisticamente significantes. CONCLUSÃO: O grupo A apresentou maiores médias na EVA no pré-operatório e menor nível de dependência funcional pela MIF em comparação ao grupo B, este apresentou as maiores médias de idade e maior presença de co-morbidades. [AU]

INTRODUCTION: Hip Arthroplasty (HA) is a surgical procedure performed in cases of femoral neck fracture (FF) and hip osteoarthrosis (HO), and is responsible for causing functional damage by increasing the level of functional dependence of the elderly individual. OBJECTIVE: analyze the level of functional dependence among elderly patients who underwent AQ. METHODS: elderly subjects hospitalized at the trauma-orthopedic ward of the University Hospital of the Federal University of Maranhão (HU-UFMA) were evaluated for their level of functional dependence through the Functional Independence Measure (FIM) and the level of pain through Visual Analogue Scale (VAS), both in the pre and postoperative periods. The volunteers were divided into group A, with diagnosis of hip osteoarthrosis, and group B, with diagnosis of femoral neck fracture. The unpaired t test was used to compare the results in the pre and postoperative period, adopting a significance level of p <0.05. RESULTS: A total of 46 elderly individuals comprised the sample, 17 (37%) males and 29 (63%) females, group A presented a lower level of functional dependence in the preoperative period compared to the subjects in group B, however, the evaluation of pain revealed larger indices for group A in the preoperative period. The comparative analysis of the VAS results in the pre and postoperative periods was statistically significant for both groups. The FIM results for group A were not statistically significant for group B, but the self-care domains, mobility, locomotion and total domains presented statistically significant values. CONCLUSION: Group A had higher mean values in the preoperative VAS and lower level of functional dependence for the FIM compared to group B, which had the highest mean age and greater presence of comorbidities. [AU]
Descritores: Atividades Cotidianas
Artroplastia de Quadril
-Período Pós-Operatório
Autocuidado
Medição da Dor
Osteoartrite do Quadril/cirurgia
Estudos Transversais
Cognição
Comunicação
Artroplastia de Quadril/reabilitação
Limitação da Mobilidade
Fraturas do Colo Femoral/cirurgia
Locomoção
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 137 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1129849
Autor: Marilucia Reis dos, Marilucia Reis dos; Guerreiro, Caroline Ferreira; Anjos, Jorge Luis Motta; Silva, Cássio Magalhães da Silva e.
Título: Correlação da evolução do estado funcional com o tempo de ventilação mecânica invasiva em pacientes críticos / Correlation of functional status evolution with invasive mechanical ventilation time in critically ill patients
Fonte: Acta fisiátrica;26(4):181-185, Dez. 2019.
Idioma: pt.
Resumo: Pacientes críticos internados na unidade de terapia intensiva (UTI) comumente apresentam declínio do estado funcional, sendo o tempo de permanência na ventilação mecânica invasiva (VMI) o fator de maior importância relacionado ao comprometimento do desempenho físico. Objetivo: Investigar a correlação da evolução do estado funcional entre a admissão e a alta com o tempo de VMI relacionada a mobilidade. Metodo: Trata-se de um estudo observacional, de delineamento transversal, realizado nas UTI's de um hospital da rede pública estadual. Foi aplicado a escala Functional Status Score Intensive Unit Care (FSS-ICU) por fisioterapeutas treinados para avaliação do estado funcional. Para comparação os grupos foram divididos em clínicos e cirúrgicos e utilizado o teste não paramétrico de Mann-Whitney. Para análise da correlação foi utilizado o coeficiente de Spearman. Resultados: A amostra foi composta por 30 pacientes com mediana de idade 49,5 [37,0-67,7] anos, sendo a maioria (53%) do sexo masculino, com mediana de tempo de VMI 132,0 [48,0-192,0] horas, mediana de 4,0 [2,0-6,0] do índice de comorbidades de Charlson, predomínio das cirurgias abdominais (75%) e mediana do FSS entre a admissão e a alta de 12, 0 [10,0-30,7]. Verificou-se uma correlação negativa de moderada a boa entre o FSS da admissão e da alta com o tempo de VMI em horas (r= -0,50 p= 0,005) (r= -0,71 p< 0,001). Conclusão: Existe correlação negativa entre a evolução do estado funcional na admissão e alta com o tempo de VMI em doentes críticos e o perfil diagnóstico também pode interferir nesse desfecho.

Intensive care patients admitted to the intensive care unit (ICU) usually present a decline in functional status, and the length of stay in invasive mechanical ventilation (IMV) is the most important factor related to impaired physical performance. Objective: To investigate the correlation of the evolution of the functional state between the admission and the rise with the time of VMI made a list of the mobility. Method: This is an observational, cross-sectional study, performed at the ICUs of a state public hospital. Functional Status Score Intensive Care Unit (FSS-ICU) was applied by physiotherapists trained to evaluate functional status. For comparison the groups were divided in clinically and surgically and when the test was used not parametric of Mann-Whitney. The Spearman coefficient was used to analyze the correlation. Results: The sample consisted of 30 patients, 53% male, with median age 49.50 [37.0-67.7] years, median time to IMV 132.00 [48.0-192.0] hours, Charlson comorbidities index 4.0 [2.0-6.0], predominance of the abdominal surgeries (75 %) and median of the FSS between the admission and the high of 12, 0 [10,0-30,7]. There was a moderate to good negative correlation between the FSS of the admission and of the high with the time of VMI in hours (r =-0, 50 p = 0,005) (r =-0, 71 p <0,001). Conclusion: There is a negative correlation between the evolution of the functional state in the admission and high with the time of VMI in critical patients and the diagnostic profile also can interfere in this ending.
Descritores: Respiração Artificial
Atividades Cotidianas
Cuidados Críticos
Limitação da Mobilidade
-Fatores de Tempo
Estudos Transversais
Modalidades de Fisioterapia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: BR1531.9 - Universidade de São Paulo


  8 / 137 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1101158
Autor: Mariano, Pâmela Patricia; Carreira, Lígia; Lucena, Ane Caroline Rodrigues Miranda; Salci, Maria Aparecida.
Título: Desenvolvimento de atividades de estímulo cognitivo e motor: perspectiva de idosos institucionalizados / Desarrollo de actividades de estímulo cognitivo y motor: perspectiva de las personas mayores institucionalizadas / Development of cognitive and motor stimulation activities: perspective of institutionalized elderly
Fonte: Esc. Anna Nery Rev. Enferm;24(3):e20190265, 2020. graf.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo Analisar o desenvolvimento de atividades de estímulo cognitivo e motor na perspectiva de idosos institucionalizados. Método Pesquisa qualitativa com 13 idosos institucionalizados de um munícipio do Paraná, Brasil. Realizaram-se atividades de estímulo cognitivo e motor e, posteriormente, entrevistas semiestruturadas. Os dados foram submetidos à Análise de Similitude por meio do software IraMuTeQ®. Resultados A representação gráfica formada pela zona central "atividade" ligada às zonas periféricas "cabeça", "bom", "difícil" e "fácil", evidenciou a percepção dos idosos sobre os benefícios das atividades. Os idosos consideraram que as atividades, especialmente as de estimulação motora, geram benefícios para a saúde, pois promovem o exercício corporal. O estímulo cognitivo foi relacionado à melhoria do desempenho de habilidades como memória, raciocínio, concentração e atenção. Identificou-se que na categoria de estímulo motor, existem diferentes graus de dificuldade entre os idosos, relacionado ao declínio funcional que estes apresentam. Ainda, as atividades proporcionaram momentos de lazer para os idosos. Considerações finais e implicações para a prática O idoso institucionalizado vivencia uma rotina generalizada limitada às necessidades biológicas em detrimento do estímulo das funções cognitiva e motora. Essa estimulação é necessária, a fim de alcançar a integralidade da assistência à pessoa idosa.

RESUMEN Objetivo Analizar el desarrollo de las actividades de estímulo cognitivo y motor desde la perspectiva institucionalizada de las personas mayores. Método Investigación cualitativa con 13 ancianos institucionalizados de un municipio de Paraná, Brasil. Se realizaron actividades de estimulación cognitiva y motora y, posteriormente, entrevistas semiestructuradas. Los datos se enviaron a Similitude Analysis, utilizando el software IraMuTeQ®. Resultados La representación gráfica formada por la zona central "actividad" ligada a las zonas periféricas "cabeza", "bueno", "difícil" y "fácil", evidenció la percepción del grupo sobre los beneficios de las actividades. Consideraron que las actividades, especialmente las de estimulación motora, generan beneficios para la salud, pues promueven el ejercicio corporal. El estímulo cognitivo se ha relacionado con la mejora del rendimiento de habilidades como memoria, razonamiento, concentración y atención. En la categoría de estímulo motor existen diferentes grados de dificultad entre las personas mayores, relacionado con la decadencia funcional que éstos presentan. Las actividades proporcionaron momentos de ocio para ellos. Consideraciones finales e implicaciones para la práctica El anciano institucionalizado experimenta una rutina generalizada limitada a las necesidades biológicas en detrimento del estímulo de las funciones cognitiva y motora, esta fundamental para promover la integralidad de la asistencia a la persona mayor.

ABSTRACT Objective To analyze the development of cognitive and motor stimulation activities from the perspective of institutionalized elderly. Method Qualitative research with 13 institutionalized elderly people from a municipality of Paraná, Brazil. Activities of cognitive and motor stimulation were carried out and, afterwards, semi-structured interviews. The data were submitted to Similitude Analysis using IraMuTeQ® software. Results The graphic representation formed by the central zone "activity"; linked to the peripheral areas "head", "good", "difficult" and "easy", evidenced the perception of the elderly on the benefits of the activities. They considered that the activities, especially those of motor stimulation, generate health benefits, because they promote body exercise. The cognitive stimulus was related to the improvement of the performance of skills, such as memory, reasoning, concentration and attention. It was identified that in the category of motor stimulus, there are different degrees of difficulty among the elderly, related to the functional decline that they present. The activities provided leisure moments for the elderly. Final considerations and implications for practice The institutionalized elderly experience a generalized routine limited to biological needs to the detriment of the stimulation of cognitive and motor functions. This stimulation is necessary in order to achieve comprehensive care for the elderly.
Descritores: Cognição
Saúde do Idoso Institucionalizado
Atividade Motora
-Pesquisa Qualitativa
Limitação da Mobilidade
Disfunção Cognitiva
Atividades de Lazer
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR442.1 - Biblioteca Setorial de Pós-Graduação


  9 / 137 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1123726
Autor: Tosin, Michelle Hyczy de Siqueira; Campos, Debora Moraes; Blanco, Luciana; Santana, Rosimere Ferreira; Oliveira, Beatriz Guitton Renaud Baptista de.
Título: Diagnósticos de enfermagem sobre capacidade funcional na doença de Parkinson: mapeamento cruzado / Nursing diagnoses of functional capacity of patients with Parkinson's disease: a cross-mapping study / Diagnósticos de enfermería sobre capacidad funcional en la enfermedad de Parkinson: mapeo cruzado
Fonte: Online braz. j. nurs. (Online);14(4):489-498, dez. 2015. ilus, tab, graf.
Idioma: en; es; pt.
Resumo: OBJETIVO: realizar o mapeamento cruzado dos diagnósticos de enfermagem não padronizados com o sistema de classificação NANDA Internacional, presentes nos domínios "Atividade/Repouso" e "Segurança/proteção" e relacionados à capacidade funcional de pacientes com doença de Parkinson de um programa de reabilitação. MÉTODO: estudo descritivo com pesquisa documental para realização do mapeamento cruzado. Amostra aleatória simples de 67 prontuários e 335 registros de enfermagem, no período de março/2009 a abril/2013. RESULTADOS: Dos 93 termos da linguagem de enfermagem, emergiram do mapeamento cruzado 15 diagnósticos padronizados com NANDA Internacional. Os mais mapeados foram "Mobilidade física prejudicada" (22%) e "Risco de quedas" (11%). Para "Mobilidade Física prejudicada", foram mapeadas sete características definidoras. Dois termos da linguagem de enfermagem não foram passíveis de mapeamento com a taxonomia. CONCLUSÃO: O mapeamento cruzado permitiu identificar os diagnósticos padronizados com NANDA Internacional. Isso possibilita a universalização e a consolidação do papel do enfermeiro reabilitador na doença de Parkinson.

AIM: to carry out a cross mapping of the nursing diagnoses not standardized with the NANDA International classification system, present in the domains "Activity/rest" and "Safety/protection" and related to the functional capacity of patients with Parkinson's disease in a rehabilitation program. METHOD: a descriptive study with documentary research for the development of a cross-mapping. Simple random sample of 67 medical records and 335 nursing registers, from March 2009 to April 2013. RESULTS: 15 NANDA International standardized diagnostics emerged from the cross mapping of the 93 terms of the nursing language. The most mapped terms were "Impaired physical mobility" (22%) and "Risk of falling" (11%). For "Impaired physical mobility" seven defining characteristics were mapped. Two terms of nursing language could not be mapped through the taxonomy. CONCLUSION: The cross mapping identified the standardized diagnoses related to the NANDA International. This enables the universalization and the consolidation of the role of nurses in Parkinson's disease rehabilitation.

OBJETIVO: realizar el mapeo cruzado de los diagnósticos de enfermería no estandarizados con el sistema de clasificación NANDA Internacional, presente en los dominios "Actividad/Reposo" y "Seguridad/protección" y relacionados a la capacidad funcional de pacientes con enfermedad de Parkinson de un programa de rehabilitación. MÉTODO: estudio descriptivo con investigación documental para realización del mapeo cruzado. Muestra aleatoria simple de 67 archivos y 335 registros de enfermería en el período de marzo/2009 a abril/2013. RESULTADOS: De los 93 términos del lenguaje de enfermería, surgieron del mapeo cruzado 15 diagnósticos estandarizados con NANDA Internacional. Los más mapeados fueron "Movilidad física perjudicada" (22%) y "Riesgo de caídas" (11%). Para "Movilidad Física perjudicada", fueron mapeadas siete características definidoras. Dos términos del lenguaje de enfermería no fueron susceptibles de mapeo con la taxonomía. CONCLUSIÓN: El mapeo cruzado permitió identificar los diagnósticos estandarizados con NANDA Internacional. Eso posibilita la universalización y la consolidación del papel del enfermero rehabilitador en la enfermedad de Parkinson.
Descritores: Doença de Parkinson/classificação
Diagnóstico de Enfermagem/classificação
Serviços de Reabilitação
Terminologia Padronizada em Enfermagem
-Limitação da Mobilidade
Segurança do Paciente
Limites: Humanos
Responsável: BR1342.1 - Biblioteca da Escola de Enfermagem BENF


  10 / 137 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Chianca, Tânia Couto Machado
Texto completo
Id: lil-690674
Autor: Andrade, Leonardo Tadeu de; Chianca, Tânia Couto Machado.
Título: Validação de intervenções de enfermagem para pacientes com lesão medular e mobilidade física prejudicada / Validation of nursing interventions for patients with spinal cord injury and impaired physical mobility / Validación de intervenciones de enfermería para pacientes con lesiones de médula espinal y problemas de movilidad física
Fonte: Rev. bras. enferm;66(5):688-693, set.-out. 2013. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Estudo descritivo, que objetivou validar as intervenções propostas na Classificação das Intervenções de Enfermagem para o diagnóstico de Mobilidade física prejudicada em adultos com lesão medular, a partir das opiniões de enfermeiros experts em reabilitação. A amostra foi composta por 54 enfermeiros que foram questionados sobre o quanto julgavam essenciais as intervenções para a solução daquele diagnóstico. Um questionário foi aplicado junto aos enfermeiros que trabalham na Rede Sarah de Hospitais de Reabilitação. Dentre as 46 intervenções pesquisadas, 17 (37%) foram consideradas essenciais e deveriam ser implementadas; outras 15 (32,6%) foram consideradas complementares e 14 (30,4%) não deveriam ser utilizadas e poderiam ser descartadas. As intervenções de enfermagem não descritas na classificação e sugeridas por 22 enfermeiros (40,7%) foram: Cuidado com Órteses: Manutenção; e Cuidado com Órteses: Prevenção.

This is a descriptive study that aimed to validate the nursing interventions proposed in the Nursing Interventions Classification for the diagnosis of Impaired physical mobility in adults with sequels of spinal cord injury, based on opinions of experts in rehabilitation about each intervention proposed. The sample consisted of 54 nurses who were asked about how they consider the interventions for the nursing diagnosis. A questionnaire was administered to nurses who work at the Sarah Network of Rehabilitation Hospitals. Among the 46 interventions studied, 17 (37%) were considered essential and should be implemented; others 15 (32.6%) were considered complementary, and 14 (30.4%) should not be used and could be discarded. Nursing interventions not described in the classification and suggested by 22 nurses (40.7%) were: Care with Orthoses: Maintenance; and Care with Orthoses: Prevention.

Estudio descriptivo que tuvo como objetivo validar las intervenciones propuestas en la Clasificación de Intervenciones de enfermería para el diagnóstico de la Movilidad física disminuida en adultos con lesión de la médula espinal, según las opiniones de expertos en enfermería de rehabilitación. La muestra estuvo conformada por 54 enfermeras a quién se preguntó o que pensaban sobre las intervenciones esenciales para la solución de ese diagnóstico. Los datos fueron recogidos mediante un cuestionario aplicado a enfermeras que trabajan en la Red Sarah de Hospitales de Rehabilitación. Entre las 46 intervenciones estudiadas, 17 (37%) se consideran esenciales y deben ser implementadas, otras 15 (32,6%) fueron consideradas complementarias y 14 (30,4%) no se deben utilizar y podrían ser descartadas. Las intervenciones de enfermería no descritas en la clasificación y sugeridas por 22 enfermeras (40,7%) fueron las siguientes: Cuidado con Órteses: Manutención; y Cuidado con Órteses: Prevención.
Descritores: Limitação da Mobilidade
Processo de Enfermagem
Traumatismos da Medula Espinal/diagnóstico
Traumatismos da Medula Espinal/enfermagem
-Diagnóstico de Enfermagem
Limites: Adulto
Feminino
Humanos
Masculino
Tipo de Publ: Estudo de Validação
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 14 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde