Base de dados : LILACS
Pesquisa : C26.117.500 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 297 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 30 ir para página                         

  1 / 297 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-418613
Autor: Giovani, Arlete M. M; Tubertini, Maria Lúcia C; Barros Filho, Tarcício Eloi P.
Título: Mudança da rotina de instalação do halo craniano: expectativa de maior segurança para o paciente / Spinal injuries
Fonte: Nursing (Säo Paulo);1(5):26-28, out. 1998. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Os autores descrevem a técnica de instalação do halo craniano. Por ser um procedimento bastante angustiante ao paciente e trazer muitas inseguranças, os autores sugerem que este deva ser realizado em um ambiente tranquilo e que ofereça segurança ao paciente e à equipe, ou seja, o centro cirúrgico.
Descritores: Traumatismos da Coluna Vertebral
Tração/métodos
-Tração/psicologia
Limites: Humanos
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  2 / 297 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-873469
Autor: Pereira, José Carlos; Pereira, Carlos Umberto; Carvalho, Ricardo Wathson Feitosa; Santos, Cléa Núbia Albuquerque; Santos, Adriana Carla Albuquerque.
Título: Traumatismo maxilofacial e sua possível associação com lesão na coluna cervical / Maxillofacial Trauma and its Possible Association with Cervical Spine Lesion
Fonte: Rev. cir. traumatol. buco-maxilo-fac;7(4):59-64, out.-dez. 2007. graf.
Idioma: pt.
Resumo: O estudo objetiva avaliar dados de prevalência do traumatismo maxilofacial e sua associação com lesão cervical. Foram estudados retrospectivamente 50 pacientes internados, com traumatismo maxilofacial, no maior hospitalde urgência e emergência do estado de Sergipe, durante 2002/2003. Foram analisadas as seguintes variáveis:gênero, idade, etiologia, prevalência do traumatismo maxilofacial associado à lesão na coluna cervical,localização da lesão cervical e evolução clínica. Os resultados mostram que houve maior incidência do gênero masculino (94%), na terceira década de vida (32%), sendo acidente automobilístico o principal fator etiológico(52%). A associação entre trauma maxilofacial e lesão cervical aconteceu em dois casos (4%), ocorrendo fratura entre os segmentos C5/C6 e C6/C7, que evoluíram sem seqüelas. A incidência da associação do traumatismo maxilofacial com lesão cervical, apesar de ser baixa, é extremamente importante, pois esse tipo de associação é responsável por elevados índices de morbimortalidade
Descritores: Traumatismos Maxilofaciais/diagnóstico
Traumatismos da Coluna Vertebral
Responsável: BR310.1 - Biblioteca Professor Guilherme Simões Gomes


  3 / 297 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-670802
Autor: Montes, J. M; Ilic, J. P; Muñoz, J. A; Riquelme, C; Cárcamo, C; De la Cuadra, J. C; Laporte, A.
Título: Trauma raquimedular: anestesia y reanimación / Trauma raquimedular: anesthesia and intensive care
Fonte: Actas peru. anestesiol;10(2):50-52, jul.-dic. 1997.
Idioma: es.
Descritores: Anestesia
Ressuscitação
Traumatismos da Coluna Vertebral/terapia
Traumatismos da Medula Espinal/terapia
Limites: Humanos
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca


  4 / 297 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-79557
Autor: Cubas Chingay, Róger; Posadas Narro, Germán; Pizarro Flores, Manuel; Zopfi Rubio, Ricardo; Ruiz Dioses, Lourdes.
Título: Traumatismo vértebro medular infantil en el Instituto Nacional de Salud del niño (INSN) / Spinal cord injury in children in the Instituto Nacional de Salud del Niño (INSN)
Fonte: Diagnóstico (Perú);21(5):140-5, mayo 1988. tab.
Idioma: es.
Resumo: El objetivo del preente trabajo retrospectivo es analizar 17 niños con traumatismo vértebro medular (TVM) atendidos en el Servicio de Neurocirugía del Hospital del Niño entre Agosto de 1982 a Agosto de 1985. La edad más frecuentemente afectada fue la de menos de 8 años. El 76.5% procedieron de las zonas rural y urbanomarginal de Lima. Los accidentes de tránsito y las caídas de altura fueron las causas más frecuentes. Predominó la paraplejía, arreflexia, anestesia y disfunción vesical. El 58.9% tuvo como diagnóstico clínico, contusión medular. Los niveles medulares más frecuentes fueron de D7 a D11. La mielografía gaseosa fue el examen neuroradiológico que más se realizó. En 6 casos se realizó laminectomía desconpresiva, encontrándose higroma en 2 casos y laceración de dura madre en otros 2 casos más contusión. El 23.5% tuvo buena recuperación
Descritores: Traumatismos da Coluna Vertebral
-Líquido Cefalorraquidiano/análise
Limites: Humanos
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca


  5 / 297 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1101190
Autor: Santos, Carlene Silva; Araújo Neto, Manoel Gomes de; Nascimento, Ana Lourdes Avelar; Silva, Glícia Lorainne Moreira; Rêgo, Adriana Sousa; Gonçalves, Maria Claudia.
Título: Index of severity of musculoskeletal symptoms in keyboardists / Índice de severidade de sintomas musculoesqueléticos em teclistas / Índice de gravedad de síntomas musculoesqueléticos en tecladistas
Fonte: Fisioter. Mov. (Online);32:e003247, 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Maranhão Research and Technological Development Support Foundation.
Resumo: Abstract Introduction: Musicians may present musculoskeletal pain, weakness, numbness, and tingling due to repetitive exercises. Objective: To evaluate the severity index of musculoskeletal symptoms (MS) in keyboard players. Method: A cross-sectional study including volunteers of both sexes, aged between 18 and 40 years, who performed professionally for at least 2 years, played the keyboard for at least 3 hours a week, and did not present previous history of trauma or rheumatic, neurological, and systemic diseases. The MS and its severity index were evaluated using the Nordic Musculoskeletal Questionnaire and the intensity was assessed on a scale of 4. The difference between the prevalence of musculoskeletal pain according to the anatomical region was analyzed using Fisher's exact test. For all analyses, a significance level of 5% was adopted. This research was conducted after the ethics committee approval (No. 2,627,609). Results: Thirty-nine volunteers with discomfort were evaluated. Pain in the thoracic and lumbar spine in the last 12 months was most common (n = 27, 69.24%; p < 0.031), and in the last seven days, lumbar spine pain occurred in 12 (30.76%; p < 0.001). A severity index of 2 was the most frequent (n = 21, 54%). Conclusion: Keyboardists present with MS mainly in the vertebral column, and the severity of the symptoms is significant, suggesting the importance of prevention and treatment of MS before their onset.

Resumo Introdução: Os profissionais da música podem apresentar desconforto musculoesquelético como dor, fraqueza, dormência e formigamento devido à realização de movimentos repetitivos. Objetivo: Avaliar a frequência e o índice de severidade dos sintomas musculoesqueléticos (SM) em músicos tecladistas. Método: Trabalho do tipo transversal, com inclusão de voluntários de ambos os gêneros, com idade entre 18 a 40 anos, que exercessem a atividade profissional há pelo menos 2 anos e tocassem teclado no mínimo 3h semanais, excluídos daqueles que apresentassem história de traumas, doenças reumáticas e sistêmicas. Os SM e seu índice de severidade foram avaliados com o Nordic Musculoskeletal Questionnaire e a intensidade avaliada em uma escala de 0 a 4. A Diferença entre as porcentagens de relato de dor musculoesquelética por região anatômica foram analisadas através do teste exato de Fisher. Para todas as análises foi adotado o nível de significância de 5%. Esta pesquisa foi aprovada pelo comitê de Ética parecer nº 2.627.609. Resultados: Foram avaliados n = 39 voluntários, todos relataram sentir dor ou desconforto em pelo menos um local do corpo. A região corporal apontada com mais desconforto nos últimos 12 meses foram coluna torácica e lombar, ambos n = 27(69,24%) (p < 0,031) e nos últimos sete dias coluna lombar n = 12 (30,76%) (p < 0,001) e o índice de severidade 2 foi o mais frequente n = 21 (54%). Conclusão: Pode-se concluir que os músicos tecladistas apresentam sintomas musculoesqueléticos principalmente na coluna vertebral e que a severidade dos sintomas é significativa, sugerindo a importância da prevenção e tratamento dos sintomas musculoesqueléticos antes do seu agravamento.

Resumen Introducción: Los profesionales músicos pueden presentar trastornos musculoesqueléticos, como dolor, debilidad, entumecimiento y hormigueo debido a los movimientos repetitivos. Objetivo: Evaluar la frecuencia y el índice de gravedad de los síntomas musculoesqueléticos (SM) en tecladistas. Método: Un estudio transversal que incluyó a voluntarios de ambos sexos, con edades comprendidas entre 18 y 40 años, que se desempeñaron profesionalmente durante al menos 2 años, tocaron el teclado como mínimo 3 horas a la semana y no presentaran antecedentes de trauma previo o enfermedades reumáticas y sistémicas. Los SM y su índice de gravedad se evaluaron mediante el Cuestionario musculoesquelético nórdico y la intensidad se evaluó en una escala de 0 a 4. La diferencia entre los porcentajes de prevalencia del dolor musculoesquelético según la región anatómica se analizó mediante la prueba exacta de Fisher. Para todos los análisis, se adoptó un nivel de significancia del 5%. Esta investigación fue aprobada por el Comité de Ética no. 2.627.609. Resultados: Se evaluaron treinta y nueve voluntarios que declararon sentir dolor o incomodidad en al menos una región del cuerpo. El dolor en la columna torácica y lumbar en los últimos 12 meses fue lo más común (n = 27 en ambos, 69,24%; p < 0,031), y en los últimos siete días, el dolor en la columna lumbar ocurrió en 12 (30,76%; p < 0,001). El índice de severidad 2 fue el más frecuente (n = 21, 54%). Conclusión: Los tecladistas presentaron SM principalmente en la columna vertebral, y la gravedad de los síntomas es significativa, lo que sugiere la importancia de la prevención y el tratamiento de los SM antes de su instalación.
Descritores: Traumatismos da Coluna Vertebral
Transtornos Traumáticos Cumulativos
Fisioterapia
Dor Musculoesquelética
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Responsável: BR495.1 - Biblioteca Central


  6 / 297 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-742417
Autor: Machado, Wiliam César Alves; Alvarez, Adriana Bispo; Teixeira, Maria Luiza de Oliveira; Castelo Branco, Elen Martins da Silva; Figueiredo, Nébia Maria Almeida de.
Título: Como cuidadores de paraplégicos lidam com sobrecarga de atividades no dia a dia / Como cuidadores de parapléjicos manejan la sobrecarga de cuidados en sus actividades diárias / How caretakers of paraplegics deal with the overload of activities on a daily basis
Fonte: Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online);7(1):1796-1807, jan.-mar. 2015.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objective: To investigate how domiciliary caregivers of people with spinal cord injuries deal with theoverload of caring on a daily basis. Method: This was a descriptive study with a qualitative approach with formal and informal caregivers of paraplegics who are users of two rehabilitation institutions located in the city of Rio de Janeiro. The data were collected using a semi-structured interview and analyzed through thematic analysis of content. Results:The reports evidenced two categories:"Understanding to take carebetter of another"; and "Evaluating the overload of care for others." Conclusion: The understanding of the conflicts in the person with spinal cord injury must be the premise for the home caregiver to exercise their activities without further damage and overload that could render them unable to meet their needs...

Objetivo: Investigar como cuidadores domiciliares de pessoas com lesão medular lidam com a sobrecarga do cuidado no dia a dia. Método: Estudo descritivo, abordagem qualitativa, com cuidadores principais e informais de paraplégicos, usuários de duas instituições de reabilitação, localizadas na Cidade do Rio de Janeiro. Coleta de dados a partir de entrevista semi-estruturada e análise temática de conteúdo. Resultados: Relatos evidenciaram duas categorias, “Compreendendo para melhor cuidar do outro”; e “Avaliando a sobrecarga do cuidado para com o outro”. Conclusão: A compreensão dos conflitos da pessoa com lesão medular deve ser premissa para que o cuidador domiciliar exerça suas atividades sem maiores desgastes e sobrecarga que o impeça de suprir suas próprias necessidades...

Objetivo: Investigar cómo cuidadores domiciliarios de personas con lesiones de la médula espinal manejan la sobrecarga de cuidados en la vida cotidiana. Método: Enfoque cualitativo descriptivo, con los cuidadores principales e informales de los parapléjicos, usuarios de instituciones de rehabilitación ubicadas en la ciudad de Rio de Janeiro. Recopilación de datos de entrevistas semi-estructuradas y análisis de contenido temático. Resultados: Se analizaron dos categorías, "Comprender a una mejor atención a los demás"; y" Evaluación dela sobrecarga de cuidar a los demás." Conclusión: La comprensión de los conflictos de las personas con lesión de la médula espinal debe ser la premisa para el cuidador de casa que realiza sus actividades sin mayores daños y la sobrecarga que le impide satisfacer sus propias necesidades...
Descritores: Cuidadores
Pessoas com Deficiência
Traumatismos da Coluna Vertebral
Traumatismos da Medula Espinal
-Brasil
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR1208.1 - BSEN - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição


  7 / 297 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Alexandre, Neusa Maria Costa
Benatti, Maria Cecília Cardoso
Texto completo
Id: lil-216980
Autor: Alexandre, Neusa Maria Costa; Benatti, Maria Cecília Cardoso.
Título: Acidentes de trabalho afetando a coluna vertebral: um estudo realizado com trabalhadores de enfermagem de um hospital universitário / Occupational accidents affecting the spinal vertebrae: a study among nursing workers of a university hospital
Fonte: Rev. latinoam. enferm;6(2):65-72, abr. 1998. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Com o objetivo de avaliar determinadas características da ocorrência de acidentes do trabalho afetando a coluna vertebral em trabalhadores de enfermagem de um hospital universitário, entrevistou-se todos os funcionários que sofreram esse tipo de acidente em um período de seis meses. Esses trabalhadores eram basicamente do sexo feminino e tinham uma idade média de 43,2 anos. Näo houve uma diferença estatística significante que demonstrasse um predomínio de acidentes entre os turnos de trabalho e entre as diferentes categorias de enfermagem envolvidas. A maioria dos acidentes ocorreu na própria unidade de trabalho, quando esses trabalhadores estavam movimentando ou transportando pacientes e equipamentos e por quedas devido ao piso escorregadio. As regiöes mais atingidas da coluna vertebral foram a lombar e a cervical e a maior parte dos entrevistados afirmou que já tinha tido algum tipo de problema na regiäo dorsal.
Descritores: Traumatismos da Coluna Vertebral
Acidentes de Trabalho
Equipe de Enfermagem
-Hospitais Universitários
Limites: Humanos
Feminino
Masculino
Adulto
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  8 / 297 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Bocchi, Silvia Cristina Mangini
Texto completo
Id: lil-241926
Autor: Bocchi, Silvia Cristina Mangini; Meneguin, Silmara; Santi, Regina Célia de.
Título: Sistematizaçäo da assistência de enfermagem a paciente com luxaçäo de coluna cervical: estudo de caso / Systematization of nursing care to patient with cervical spine luxation: case study
Fonte: Rev. latinoam. enferm;4(2):113-29, jul. 1996. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Trata-se de um estudo de caso de paciente portador de luxaçäo de coluna cervical sem comprometimento medular, no qual as autoras operacionalizam o processo de enfermagem, segundo Modelo Conceitual de Horta, adaptando a Taxonomia I dos Diagnósticos de Enfermagem proposta pela North American Nursing Association (NANDA). Os resultados demonstraram que as intervençöes propostas ao "caso", contribuíram na sua reabilitaçäo, prevenindo complicaçöes, bem como ajudando-a a retornar ao seu ambiente social para reassumir a sua autonomia.
Descritores: Traumatismos da Coluna Vertebral/reabilitação
Processo de Enfermagem
-Traumatismos da Coluna Vertebral/enfermagem
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  9 / 297 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Alexandre, Neusa Maria Costa
Benatti, Maria Cecília Cardoso
Texto completo
Id: lil-319396
Autor: Parada, Elisandra de Oliveira; Alexandre, Neusa Maria Costa; Benatti, Maria Cecília Cardoso.
Título: Lesöes ocupacionais afetando a coluna vertebral em trabalhadores de enfermagem / Vertebral column trauma caused by occupational accidents involving members of the nursing team
Fonte: Rev. latinoam. enferm;10(1):64-69, jan.-fev. 2002. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Através do levantamento das comunicaçöes de acidente do trabalho (CAT) de um hospital universitário no período de janeiro de 1990 a dezembro de 1997, analisou-se determinadas características da ocorrência de acidentes do trabalho relacionados com a coluna vertebral em trabalhadores de enfermagem...
Descritores: Traumatismos da Coluna Vertebral
Enfermagem
Doenças Profissionais
-Acidentes de Trabalho
Estudos Retrospectivos
Limites: Humanos
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  10 / 297 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Alexandre, Neusa Maria Costa
Moräes, Marco Antönio Alves de
Id: lil-283379
Autor: Alexandre, Neusa Maria Costa; Moraes, Marco Antonio Alves de.
Título: Proposta educativa com enfoque ergonômico para auxiliar na prevençäo de lesöes músculo-esqueléticas na equipe de enfermagem / Educational proposal focused on ergonomics as prevention tool against musculuskeletal injuries for nursing staff
Fonte: Rev. bras. enferm;51(4):629-42, out.-dez. 1998.
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: Congresso Brasileiro de Enfermagem, 49, Belo Horizonte, dez. 1997.
Resumo: Os trabalhadores de enfermagem estäo sujeitos a lesöes na coluna vertebral, atribuídas a condiçöes ergonômicas e posturais inadequadas. Com o objetivo de auxiliar na reduçäo dessas lesöes, elaborou-se uma proposta educativa específica para o pessoal de enfermagem, cujo planejamento e tópicos constam do presente estudo. A estratégia foi realizada a partir da análise do ambiente de trabalho e das atividades desenvolvidas por esse pessoal, abordando temas relativos à anatomia e biomecânica da coluna vertebral, orientaçöes gerais de postura, aspectos ergonômicos específicos do trabalho da enfermagem e consideraçöes sobre movimentaçäo e transporte de pacientes.
Descritores: Traumatismos da Coluna Vertebral/prevenção & controle
Ergonomia
Equipe de Enfermagem
Educação em Saúde
-Dor nas Costas
Limites: Humanos
Responsável: BR905.1 - Biblioteca



página 1 de 30 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde