Base de dados : LILACS
Pesquisa : C26.522 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 70 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 7 ir para página                  

  1 / 70 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1050316
Autor: Floss, Mayara; Barros, Enrique Falceto.
Título: Estresse por calor na Atenção Primária à Saúde: uma revisão clínica / Heat stress in Primary Health Care: A clinical review / Estrés por calor en la Atención Primaria a la Salud: una revisión clínica
Fonte: Rev. bras. med. fam. comunidade;15(42):1948-1948, 20200210. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: A exposição nociva ao calor ganha mais relevância com a progressão do aquecimento global antropogênico e a Atenção Primária à Saúde (APS) tem um papel crescente nesse cenário. No Brasil, as ondas de calor entre 2014 e 2015 duraram mais tempo que nos anos prévios, além disso, entre 2000-2015 a associação entre temperatura e hospitalizações variou de acordo com a duração da exposição ao calor. Nesse contexto, o objetivo desta revisão é realizar uma atualização sobre manejo clínico de patologias relacionadas ao calor na APS. Metodologia: Realizou-se a busca na base de dados ACCESSS, que utiliza a pirâmide 5.0 da assistência à saúde baseada em evidências. Foram identificados 103 sumários sintetizados para referência clínica com as palavras "Heat stress", "Heat Stroke", "Heat Wave" e "Heat Exhaustion", mas apenas três entravam no escopo deste estudo. Resultados e Discussão: O estresse pelo calor é uma condição comum, negligenciada e evitável que afeta diversos pacientes, iniciando-se com uma má adaptação ao calor que se não for corrigida pode gerar uma cascata de eventos inflamatórios. O estresse pelo calor é caracterizado por sintomas inespecíficos, como mal-estar, cefaleia e náusea. O tratamento envolve o resfriamento do paciente e monitoramento, garantindo hidratação adequada. A exaustão pelo calor, se não tratada, pode evoluir para insolação, uma doença grave que pode levar ao coma e morte, envolvendo disfunção do sistema nervoso central - necessitando de um tratamento mais agressivo além do resfriamento

Introduction: The nocive exposure to heat gets more attention with anthropogenic global warming, and Primary Health Care (PHC) has a growing role in this scenario. In Brazil heat waves between 2014 and 2015 lasted longer than in previous years. Further, in addition between 2000-2015 the association between temperature and hospitalizations varied according to the duration of heat exposure. Therefore, the aim of this review is to perform an update on clinical management of heat related pathologies in PHC. Methodology: The ACCESSS database was searched using the evidence-based health care pyramid 5.0, where we identified 103 synthesized summaries for clinical reference with words "Heat stress", "Heat Stroke", "Heat Wave" and "Heat Exhaustion", but only three fell within the scope of this study. Results and Discussion: Heat stress is a common, neglected and preventable condition that affects several patients, it starts with a poor adaptation to heat that if it is not adjusted it can generate a cascade of inflammatory events. Heat stress is characterized by nonspecific symptoms such as malaise, headache and nausea. The treatment involves patient monitoring and cooling, ensuring adequate hydration. Heat exhaustion, if untreated, can progress to heatstroke, a serious illness that can lead to coma and death, involving central nervous system dysfunction - requiring more aggressive treatment than cooling.

Introducción: La exposición nociva al calor gana más destaque con la progresión del calentamiento global antropogénico, y la Atención Primaria a la Salud tienen un papiel cresciente en este escenario. En Brasil las olas de calor entre 2014 y 2015 duraron más tiempo que en los años previos, además entre 2000-2015 la asociación entre temperatura y hospitalizaciones ha variado de acuerdo con la duración de la exposición al calor. En este contexto, el objetivo de esta revisión es realizar una actualización sobre manejo clínico de patologías relacionadas al calor en la APS. Metodología: Se realizó la búsqueda en la base de datos ACCESSS, que utiliza la pirámide 5.0 de la asistencia a la salud basada en evidencias. Se han identificado 103 sumarios sintetizados para referencia clínica con las palabras "Heat stress", "Heat Stroke", "Heat Wave" y "Heat Exhaustion", pero sólo tres son considerados en el ámbito de este estudio. Resultados y Discusión: El estrés por el calor es una condición común, descuidada y evitable que afecta a varios pacientes, iniciándose con una mala adaptación al calor que si no se corrige puede generar una cascada de eventos inflamatorios. El estrés por el calor se caracteriza por síntomas inespecíficos, como malestar, cefalea y náuseas. El tratamiento implica el enfriamiento del paciente y el monitoreo, garantizando la hidratación adecuada. El agotamiento por el calor, si no se trata, puede evolucionar hacia la insolación, una enfermedad grave que puede llevar al coma y a la muerte, involucrando disfunción del sistema nervioso central - necesitando un tratamiento más agresivo además del enfriamiento.
Descritores: Transtornos de Estresse por Calor
Onda de Calor
Temperatura Alta
Exaustão por Calor
Tipo de Publ: Revisão Sistemática
Responsável: BR408.1 - Biblioteca da Faculdade de Medicina - BFM


  2 / 70 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Costa, M. D
Texto completo
Id: biblio-1128403
Autor: Diniz, T. A; Carvalho, C. C. S; Ruas, J. R. M; Santos, H. P; Monção, F. P; Silva, E. A; Costa, M. D; Rocha Júnior, V. R.
Título: Análise termográfica aplicada na produção de calor corporal de vacas F1 HxZ manejadas em diferentes microclimas / Thermographic analysis applied to body heat production of F1 HxZ cows managed in different microclimates
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);72(2):545-552, Mar./Apr. 2020. tab.
Idioma: pt.
Projeto: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal do Nível Superior - Brasil; . Fapemig; . MCTI.
Resumo: Avaliou-se a produção de calor corporal de vacas F1 HxZ manejadas em diferentes microclimas. Foram avaliadas 48 vacas, divididas em três grupos, manejadas em pastos e microclimas diferentes. Cada grupo foi subdividido em três grupos de suplementação fornecida durante a ordenha. Os registros termográficos dos flancos direito e esquerdo ocorreram com os animais a pasto. As temperaturas do olho e retal foram mensuradas após a ordenha. O ITGU caracterizou sinal de perigo para o microclima 1 no período da tarde (81,7) e para o microclima 2 nos turnos da manhã e da tarde (81,6 e 83,8, respectivamente). No microclima 2, houve diferença da temperatura do flanco direito para animais do grupo 2 em relação aos animais do grupo 3. A temperatura do flanco esquerdo foi superior para os animais do grupo 1. O microclima 1 foi caracterizado de conforto térmico, e o 2 de desconforto nos períodos da manhã e da tarde. A suplementação não influenciou na produção de calor dos animais. As médias da temperatura retal e do olho não diferiram entre os grupos, e a correlação apresentou valores baixos e moderados para os microclimas 1 e 2, respectivamente. A oferta de diferentes fontes de suplementação não interfere na produção de calor corporal de vacas F1 HxZ, mesmo quando fornecido em ambiente climático em que o ITGU é próximo a 84.(AU)

Body heat production of F1 HxZ cows managed in different microclimates was evaluated. We evaluated 48 cows, divided into two groups, managed in different pastures and microclimates. Each group was subdivided into three groups of supplementation provided during milking. The thermographic records of the right and left flanks occurred with the animals on the grass. Eye and rectal temperatures were measured after milking. The BGT had a danger signal for microclimate 1 in the afternoon (81.7) and microclimate 2 in the morning and afternoon shifts (81.6 and 83.8, respectively). In microclimate 2, there was difference in the temperature of the right flank for animals in group 2 in relation to the animals in group 3. The temperature of the left flank was higher for the animals in the group 1. Microclimate 1 was characterized by thermal comfort and 2 was discomfort in the morning and afternoon. Supplementation did not influence the heat production of the animals. Rectal and eye mean averages did not differ between groups and the correlation presented low and moderate values for microclimate 1 and 2, respectively. The supply of different sources of supplementation does not interfere with the production and body heat of F1 HxZ cows even when supplied in a climatic environment in which the BGT is close to 84.(AU)
Descritores: Regulação da Temperatura Corporal
Termografia/veterinária
Transtornos de Estresse por Calor/veterinária
-Temperatura
Microclima
Limites: Animais
Feminino
Bovinos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  3 / 70 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1128387
Autor: Porto, M. L; Fontenele-Neto, J. D.
Título: Efeito da manipulação térmica durante a incubação sobre as variáveis hematológicas, bioquímica sérica e morfometria da bolsa cloacal de codornas japonesas submetidas ao estresse crônico por calor / Effect of thermal manipulation during incubation on the hematological variables, serum biochemistry and morphometry of cloacal bursa of Japanese quails submitted to chronic heat stress
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);72(2):505-516, Mar./Apr. 2020. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivou-se avaliar os efeitos da manipulação da temperatura de incubação sobre a resposta imune de codornas desafiadas termicamente após eclosão. Para isso, foram utilizados 540 ovos, distribuídos em três incubadoras, com temperatura de 37,8°C e umidade de 60%. A partir do sexto dia de incubação até a eclosão, as temperaturas foram ajustadas em 37,8°C (padrão), 38,5°C (intermediária) e 39,5°C (alta). Após a eclosão as codornas foram pesadas e distribuídas, em delineamento inteiramente ao acaso, com três temperaturas de incubação (37,8, 38,5 e 39,5°C) e duas temperaturas de ambiente (estresse e termoneutro). Aos 10, 20, 30 e 40 dias, quatro codornas por tratamento foram eutanasiadas para coleta da bolsa cloacal, do fígado e do coração, para se determinar o peso absoluto (g), o peso relativo (%) e a área dos folículos bursais. Sangue foi coletado para realização do hemograma, do leucograma e da bioquímica sérica. Os dados foram analisados e as diferenças entre as médias foram determinadas pelo teste de Tukey a 5%. O estresse térmico por calor, a partir dos 20 dias, promove redução no peso absoluto do fígado, do coração, da bolsa cloacal e na área dos folículos bursais, além de heterofilia, linfopenia e aumento da relação heterófilo/linfócito. Em conclusão, o estresse térmico por calor após 10 dias de idade pode causar imunossupressão.(AU)

The objective of this study was to evaluate the effects of manipulation of the incubation temperature on the immune response of quails challenged thermally after hatching. For this, 540 eggs were distributed in three incubators, with temperature of 37.8°C and 60% humidity. From the 6th day of incubation to hatching the temperatures were adjusted to 37.8°C (standard), 38.5°C (intermediate) and 39.5°C (high). After hatching the quails were weighed and distributed in a completely randomized design with three incubation temperatures (37.8, 38.5 and 39.5°C) and two ambient temperatures (stress and thermoneutral). At 10, 20, 30 and 40 days four quail per treatment were euthanized to collect the cloacal burse, liver and heart to determine the absolute weight (g), relative weight (%) and area of the bursal follicles. Blood was sampled for determination of hemogram, leukogram and serum biochemistry. The data were analyzed and the differences between the means were determined by the Tukey test at 5%. Heat stress from 20 days onwards promotes a reduction in the absolute weight of the liver, heart, cloacal sac and in the area of the follicles. In addition, there was heterofilia, lymphopenia and increased heterophile/lymphocyte ratio. In conclusion, heat stress after 10 days of age can cause immunosuppression.(AU)
Descritores: Cloaca/fisiologia
Transtornos de Estresse por Calor/veterinária
Coturnix/fisiologia
Temperatura Alta
-Tolerância Imunológica
Incubadoras
Contagem de Leucócitos/veterinária
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  4 / 70 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1129704
Autor: Araújo, M. D. S; Luna, E. P. M; Oliveira, J. C. V; Guido, S. I; Silva, E. C; Barbosa, S. B. P; Santoro, K. R.
Título: Caracterização do gene do choque térmico (HSP-70. 1) e sua relação com características de produção em bovinos leiteiros criados no semiárido brasileiro / Characterization of the thermal shock gene (HSP-70. 1) and its relationship with production characteristics in dairy cattle reared in the Brazilian semiarid
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);72(3):985-992, May-June, 2020. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivou-se com este trabalho avaliar a diversidade genética do gene HSP-70.1 e associar os polimorfismos encontrados com a performance de vacas leiteiras das raças Holandesa, Girolando (5/8H-G) e Sindi criadas em região do semiárido brasileiro. Os polimorfismos foram identificados e avaliados pela técnica de PCR-RFLP, usando-se a enzima de restrição EcoRII. Avaliou-se a variabilidade genética por meio do índice de diversidade padrão e da análise de variância molecular (AMOVA). Os polimorfismos identificados foram avaliados sobre as características de produção de leite. Foram identificados sete alelos, os quais demonstraram que houve polimorfismo para a região gênica analisada, e alguns alelos foram compartilhados entre os rebanhos. As raças bovinas Holandesa e Sindi foram similares geneticamente para o gene analisado. A AMOVA demonstrou que há variação genética entre os rebanhos e dentro deles, com a maior parte da variação ocorrendo dentro dos rebanhos para todos os grupos avaliados. Houve efeito dos alelos identificados sobre a produção de leite dos rebanhos das raças Holandesa (P<0,0001) e Girolando (P<0,0117). O gene HSP-70.1 foi polimórfico na população de bovinos leiteiros estudada, sendo, portanto, um marcador molecular promissor para avaliar a produção de leite de raças criadas em região semiárida.(AU)

The objective of this work was to evaluate the genetic diversity of the HSP-70.1 gene and to associate the polymorphisms found with the performance of Holstein, Girolando (5/8H-G) and Sindi dairy cows raised in region of the Brazilian semiarid. Polymorphisms were identified and evaluated using the PCR-RFLP technique using the EcoRII restriction enzyme. Genetic variability was evaluated using the standard diversity index and molecular variance analysis (AMOVA). The identified polymorphisms were evaluated on the characteristics of milk production. They were identified from the seven alleles, demonstrating that there was polymorphism for the analyzed gene region and some alleles were shared among the herds. The Holstein and Sindi bovine breeds were genetically like the analyzed gene. AMOVA demonstrated that there is genetic variation between and within the herds, with most of the variation occurring within the herds for all groups evaluated. There was effect of the alleles identified on the production of milk herds of Holstein and (P<0.0001) Girolando (P<0.0117) breeds. The HSP-70.1 gene was polymorphic in the population of dairy cattle studied, and therefore a promising molecular marker to evaluate milk production of breeds created in semiarid regions.(AU)
Descritores: Proteínas de Choque Térmico HSP70/análise
Proteínas de Choque Térmico HSP70/genética
Transtornos de Estresse por Calor/veterinária
-Reação em Cadeia da Polimerase/veterinária
Análise de Variância
Zona Semiárida
Termotolerância
Limites: Animais
Bovinos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  5 / 70 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: lil-700414
Autor: Camacho Fagúndez, Dunia Inés.
Título: Estrés térmico en trabajadores expuestos al área de fundición en una empresa metalmecánica, Mariara: 2004-2005 / Heat stress in workers exposed to a foundries in a metal-mechanic company, Mariara 2004-2005
Fonte: Cienc. Trab;15(46):31-34, abr. 2013.
Idioma: es.
Resumo: Esta investigación tiene como objetivo evaluar el riesgo de estrés térmico en trabajadores expuestos al área de fundición en una Empresa Metalmecánica. El estudio realizado es de tipo transversal, descriptivo de campo. El universo estuvo integrado por veinte trabajadores y la muestra representada por ocho trabajadores del área de fundición. El análisis e interpretación de los datos se realizó a través de medida de tendencia central, desviación estándar y correlación de pearson. En conclusión, en el área de fundición existe disconfort térmico; no obstante, los trabajadores se encuentran aclimatados en dicha área. Se recomienda establecer programa preventivo de ambiente térmico.

This research aims to assess the risk of heat stress in workers exposed to foundries in Metal-mechanic Company. The study is cross-sectional, field descriptive. The universe consisted of twenty workers and the sample represented by eight workers from the foundry. The analysis and interpretation of the data was performed using the measure of central tendency, standard deviation and Pearson correlation. In conclusion, in the foundry there is heat discomfort; however, workers are acclimated in this area. It is recommended to establish thermal environment preventive program.
Descritores: Indústria Metalúrgica
Exposição Ocupacional
Fundições
Transtornos de Estresse por Calor/diagnóstico
-Riscos Ocupacionais
Estudos Transversais
Medição de Risco
Limites: Humanos
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  6 / 70 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-886691
Autor: ALBUQUERQUE, DANIEL M N; LOPES, JOÃO B; FERRAZ, MAÍRA S; RIBEIRO, MABELL N; SILVA, SANDRA R G; COSTA, ELVÂNIA M S; LIMA, DANIELA C P; FERREIRA, JEFFERSON D M; GOMES, PEDRO E B; LOPES, JACKELLINE C O.
Título: Vitamin E and organic selenium for broilers from 22 to 42 days old: performance and carcass traits
Fonte: An. acad. bras. ciênc;89(2):1259-1268, Apr.-June 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT This study was conducted to evaluate the effect of vitamin E and selenium on performance, viability, productive efficiency, and yields of carcass, major cuts, and organs of broilers from 22 to 42 days submitted to cyclic-heat stress. The experimental design was randomized blocks, in a 2 × 3 factorial arrangement with two levels of selenium (0.1 and 0.3 mg/kg) and three levels of vitamin E (300, 400, and 500 mg/kg), plus a control treatment. Animals were submitted to a natural condition of high cyclic temperature. Organic selenium levels of 0.1 and 0.3 mg/kg associated with 300, 400, and 500 mg/kg of vitamin E were tested. The level of vitamin E did not affect the performance or production efficiency of broilers in the period from 22 to 33 days and 22 to 42 days. However, the selenium inclusion level of 0.3 mg/kg improved the viability in both phases. The yields of carcass, major cuts, intestine, and heart were not influenced by the levels of selenium and vitamin E, whereas abdominal fat for the selenium level 0.1 mg/kg decreased linearly with the inclusion in vitamin E.
Descritores: Selênio/administração & dosagem
Vitamina E/administração & dosagem
Galinhas/anatomia & histologia
Galinhas/fisiologia
Ração Animal
Antioxidantes/administração & dosagem
-Valores de Referência
Selênio/análise
Fatores de Tempo
Vitamina E/análise
Peso Corporal
Ganho de Peso
Alimentos Fortificados
Reprodutibilidade dos Testes
Transtornos de Estresse por Calor/prevenção & controle
Antioxidantes/análise
Limites: Animais
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 70 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-328358
Autor: Takei, Edson Henry; Schivoletto, Sandra.
Título: Ansiedade / Anxiety disorders
Fonte: RBM rev. bras. med;57(7):655:668:670-656-668-670, jul. 2000.
Idioma: pt.
Resumo: A prevalência de transtornos ansiosos é duas a três vezes maior em mulheres que em homens e sua base etiológica associa modelos comportamentais e neurofisiológicos de origens filogenéticas antigas, apresentadas a nós na forma do medo. Este sentimento é de extrema importância para o ser humeno como um imediato e eficiente alerta a certos estímulos ambientais indicativos de perigo, embora, às vezes, possa ocorrer de forma desproporcional e näo adaptativa, devendo, nestes casos, ser controlado. A ansiedade propiamente dita é originada no medo e na expectativa no futuro. Porém às vezes, é täo intensa que pode comprometer o desempenho de uma pessoa. Nestes casos, ela deve ser diagnosticada e adequadamente tratada.(au)
Descritores: Transtornos de Ansiedade
-Disfunções Sexuais Fisiológicas
Transtornos do Sono-Vigília
Transtornos de Estresse por Calor
Transtorno Obsessivo-Compulsivo
Transtorno de Pânico
Transtornos Fóbicos
Transtornos Psicofisiológicos
Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias
Limites: Humanos
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  8 / 70 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1052861
Autor: Andrade, Angela Maria Fortes de; Cordeiro, Marcelo Bastos; Freitas, Henrique Jorge de; Francisco, Reginaldo da Silva.
Título: Frangos de corte de linhagens pescoço pelado e carijó, criados sob condições de estresse térmico ­ revisão de literatura / Naked neck and california gray broiler chicken reared under thermal stress conditions ­ literature review / Pollos de engorde de ascendencia cuello desnudos y carijó creados en condiciones de estrés térmico ­ revisión del literatura
Fonte: Arq. Ciênc. Vet. Zool. UNIPAR (Online);22(4):119-125, out-dez. 2019.
Idioma: pt.
Resumo: O Brasil tem situação vantajosa relacionada às condições de acondicionamento das aves em relação a outros países. A evolução nas áreas de genética, nutrição e manejo das aves tem possibilitado a obtenção de produtos de baixo custo e de alta qualidade, proporcionando maior competitividade no mercado. O Brasil caracteriza-se por ser um país predominantemente agrícola, porém é um país tropical que apresenta altas temperaturas e estas por sua vez, influenciam diretamente no bem-estar das aves. A produção de frango de corte em regiões de clima quente, a exemplo do Acre, precisa ser considerada, pois apresentam condições climáticas diferenciadas, o que pode exercer uma influencia negativa nos resultados de desempenho animal, como resposta ao clima e ambiente de criação, portanto, este estudo de revisão de literatura objetivou analisar estudos inerentes às condições de conforto térmico ambiental e respostas fisiológicas e zootécnicas em frangos de corte criados em clima de verão amazônico.(AU)

Brazil is at an advantageous position regarding the storage conditions of poultry in relation to other countries. The evolution in genetics, nutrition and bird management has made it possible to obtain low-cost, high quality products and provide greater competitiveness in the market. Brazil is a predominantly agricultural country, but it is a tropical country with high temperatures, which has direct influence on poultry welfare. The production of broiler chickens in states with hot climate, such as Acre, needs to be considered, since they have different climatic conditions that may exert a negative influence on the performance of animals as a response to the harsh climate and breeding environment. This literature review aimed at analyzing studies inherent to the conditions of environmental thermal comfort and physiological and zootechnical responses in broiler chickens reared in the Amazonian summer climate.(AU)

Brasil tiene una situación ventajosa en relación a las condiciones de acondicionamiento de las aves en relación a otros países. Los avances en las áreas de genética, nutrición y manejo de las aves ha permitido la consecución de bajo costo y productos de alta calidad, proporcionando una mayor competitividad en el mercado. Brasil se caracteriza por ser un país predominantemente agrícola, pero es un país tropical con altas temperaturas y estas a su vez influyen directamente en el bienestar de las aves. La producción de pollos de engorde en regiones de climas calurosos, como el Acre, debe ser considerado, ya que tienen diferentes condiciones climáticas, que puede ejercer una influencia negativa en los resultados de rendimiento de los animales en respuesta al clima y medio ambiente de creación, por lo tanto, este estudio bibliográfico ha objetivado analizar estudios inherentes a las condiciones de conforto térmico ambiental y respuestas fisiológicas y zootécnicas en pollos de engorde creados en clima de verano amazónico.(AU)
Descritores: Aves Domésticas/anatomia & histologia
Aves Domésticas/fisiologia
Transtornos de Estresse por Calor
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  9 / 70 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-989382
Autor: Santos, A. M; Nascimento, M. R. B. M; Bueno, J. P. R; Gotardo, L. R. M; Litz, F. H; Olivieri, O. C. L; Alves, R. L. O. R; Guimarães, E. C.
Título: Efeito de diferentes tempos de exposição ao calor e de linhagens sobre o rendimento de carcaça e a composição química de peito de frangos de corte / Effect of different timing of exposure to heat and strains on the carcass yield and breast chemical composition of broiler
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);71(1):243-251, jan.-fev. 2019. tab.
Idioma: pt.
Projeto: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais.
Resumo: Investigaram-se os efeitos de diferentes tempos de exposição ao calor sobre o rendimento de carcaça, cortes e vísceras comestíveis e a composição química da carne de peito de frangos de corte de duas linhagens. Foram alojados 560 pintos de corte da linhagem Cobb 500 Slow® e 560 da Hubbard Flex® em 32 boxes. A partir do 14º dia, eles foram divididos nos ambientes térmicos: controle, uma hora, duas horas ou três horas diárias de estresse por calor. O rendimento de carcaça, peito sem osso, coxa e sobrecoxa com osso, asas, pés, fígado, moela e coração foi avaliado em seis aves de cada linhagem em cada ambiente térmico. Amostras foram obtidas para analisar matéria seca, extrato etéreo, proteína bruta e matéria mineral. O estresse cíclico por calor por até três horas diárias não influenciou o rendimento de carcaça, de peito sem osso, de coxa e sobrecoxa, de asa, de coração, de moela, de fígado e a composição química do peito. A linhagem Cobb 500 Slow® apresentou maior rendimento de peito. A Hubbard Flex® apresentou peito com maior percentual de matéria mineral e proteína. A linhagem Cobb é mais indicada à produção de peito, e a linhagem Hubbard à produção de frango inteiro.(AU)

The effects of different exposure periods under heat on the carcass yield, cuts and edible organs and breast chemical composition of broilers from two strains were investigated. Five hundred and sixty Cobb 500 Slow® and 560 Hubbard Flex® broiler chicks were housed in 32 pens and from the 14th day on, they were divided in thermal environments: control, 1 hour, 2 hours or 3 hours a day under heat stress. Carcass yield, boneless breast, thigh and drumstick with bone, wings, feet, liver, gizzard and heart were evaluated in six birds of each strain in each thermal environment. Samples were obtained to assess dry matter, ether extract, crude protein and mineral matter. The cyclic heat stress for up to three hours a day did not influence 33 the carcass yield, boneless breast, thigh and drumstick, wing, heart, gizzard, liver, and the breast chemical composition. Cobb 500 Slow® strain had higher breast yield. Hubbard Flex® had breast with higher percentage of mineral matter and protein. Cobb strain is best designed to breast production, and Hubbard is best for whole chicken production.(AU)
Descritores: Galinhas/classificação
Galinhas/fisiologia
Carne/análise
-Transtornos de Estresse por Calor
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  10 / 70 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-912695
Autor: López Armengol, María Fernanda; Rubio, Natalia; Sabino, Guillermo Ariel; Bérgamo, Nadia Soledad; Pelufo, Valeria.
Título: Microscopic sperm head damage and abnormalities as heat stress indicators in Australian Merino rams (Ovis aries) in Northern Patagonia, Argentina / Danos e anormalidades microscópicas das cabeças espermáticas como indicadores de estresse por calor em carneiros Merino Australiano (Ovis aries) da Patagônia Norte, Argentina
Fonte: Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci. (Online);55(1):1-11, 2 abr. 2018. ilus, tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Universidad Nacional del Comahue.
Resumo: In Northern Patagonia, the mating season starts on March 15th, when rams are submitted to summer temperatures. Exposure of rams to heat stress increases the prevalence of microscopic damage to spermatozoa, morphological abnormalities, and reductions in fertility. This study assesses the adaptive capabilities of six unshorn and six shorn Australian Merino rams, half of which were treated in a heat chamber for eight hours for five days, gradually reaching a temperature of up to 40 °C. Microscopic damage, abnormalities and ultramicroscopic alterations of the plasma membrane and the acrosome of sperm head were analysed. There were significant differences in the percentage of tailless spermatozoa and proximal cytoplasmic droplets between post-treatment periods. Temperature primarily affected the shorn rams and the sperm heads during spermiogenesis. Submicroscopic alterations were observed when the plasma membrane was present in the anterior segment. These alterations can be intact, waved, or dilated. When the plasma membrane was absent, the acrosome might be intact, dilated, and waved. In addition, the outer acrosomal membrane may completely lose its contents or have a nude nucleus. The plasma membrane assumes a waved shape as a result of the effect of temperature on the epididymis. According to this study, the tailless head, proximal cytoplasmic droplets, and the ultramicroscopic categories studied were robust indicators of semen heat stress. After ten weeks, the sperm head recovered its normal shape. Unshorn rams are better adapted to summer heat stress than shorn ones. Microscopy and transmission electron microscopy alterations have been shown to be excellent indicators of thermal stress in Australian Merino rams and may be useful tools to help sheep farmers choose when to begin the mating season, which will vary depending on the environmental conditions of the summer.(AU)

Na Patagônia Norte, os ovinos têm sua estação de acasalamento iniciada em 15 de março, portanto, ficam sujeitos às temperaturas do verão. A exposição de carneiros a estresse térmico aumenta a prevalência de danos microscópicos e anomalias morfológicas nos espermatozoides, que implica uma redução na fertilidade. Este trabalho avaliou a capacidade adaptativa de carneiros Merino Australiano com lã (N = 6) e tosquiados (N = 6): metade ficou ao ar livre e outra metade foi mantida em uma câmara climática por oito horas, durante cinco dias, chegando gradualmente a uma temperatura máxima de 40 °C. Foram analisados danos microscópicos, anormalidades e alterações ultramicroscópicas da membrana plasmática e do acrossoma da cabeça dos espermatozoides. Os resultados microscópicos confirmaram a existência de diferença significativa na porcentagem de espermatozoides sem cauda e com gota citoplasmática proximal, entre os ejaculados pós-tratamento. A temperatura afetou os carneiros tosquiados, principalmente a cabeça de seus espermatozoides, durante a espermatogênese. Alterações submicroscópicas foram observados na membrana plasmática quando ela estava presente no segmento anterior: quando não intacta, ficava ondulada ou dilatada. Quando a membrana plasmática estava ausente, o acrossoma podia se apresentar ondulado ou dilatado. Além disso, sob efeito do calor, a membrana acrossomal externa pode perder completamente seu conteúdo ou apresentar núcleo desnudo. A membrana plasmática assume uma forma ondulada pelo efeito da temperatura no epidídimo. Depois de dez semanas, a cabeça dos espermatozoides recuperou sua forma normal. Como demonstrado neste estudo, a cabeça sem cauda, as gotas citoplasmáticas proximais e as categorias ultramicroscópicas estudadas são indicadores do efeito do estresse térmico no sêmen, e os carneiros com maior cobertura de lã se adaptam melhor ao estresse por calor. Alterações de microscopia e de microscopia eletrônica de transmissão têm se mostrado excelentes indicadores de estresse por calor em carneiros Merino Australiano e podem ser ferramentas úteis para ajudar criadores de ovelhas a escolher quando começar a época de acasalamento, o que irá variar de acordo com as condições ambientais do verão.(AU)
Descritores: Cabeça do Espermatozoide/ultraestrutura
Acrossomo/ultraestrutura
Ovinos/fisiologia
Membrana Celular/ultraestrutura
Transtornos de Estresse por Calor/complicações
Teratozoospermia/diagnóstico por imagem
-Argentina
Cauda do Espermatozoide/ultraestrutura
Espermatogênese
Limites: Animais
Masculino
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice



página 1 de 7 ir para página                  
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde