Base de dados : LILACS
Pesquisa : D01.056.050.075.100 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 6 [refinar]
Mostrando: 1 .. 6   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 6 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1011288
Autor: Schneider, A. F; Mayer, J. K; Volpato, J; Gewehr, C. E.
Título: Minerais séricos, características morfométricas ósseas e deposição de minerais ósseos de frangos de corte alimentados com dieta com inclusão de bentonita / Serum minerals, bone morphometric characteristics and deposition of bone minerals from broilers fed diet containing bentonite
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);71(2):594-602, mar.-abr. 2019. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar a concentração sérica de cálcio, cloretos, ferro, fósforo e magnésio, as características morfométricas ósseas e a deposição de cálcio e fósforo nas tíbias de frangos de corte recebendo dieta com zero, 0,25 ou 0,50% de bentonita. Um ensaio foi conduzido com 288 frangos de corte de 14 a 21 dias de idade, submetidos a três dietas experimentais: sem inclusão (0,0); com inclusão de 0,25 e com inclusão de 0,50% do adsorvente bentonita. Não foram observadas diferenças (P>0,05) no desempenho das aves, nos níveis séricos de cálcio, cloretos, ferro e magnésio, no entanto os níveis de fósforo foram reduzidos (P<0,05) nas aves que ingeriram dieta com 0,50% de bentonita. Em relação às tíbias, observou-se redução (P<0,05) na matéria mineral (g e %) e no teor de cálcio com a inclusão de 0,50% de bentonita. Houve redução (P<0,05) nos níveis de fósforo das tíbias com a inclusão de 0,25 e 0,50% de bentonita. Conclui-se que a inclusão de até 0,50% do adsorvente de micotoxinas bentonita na dieta de frangos de corte não altera o desempenho zootécnico das aves. A inclusão de 0,25% de bentonita, na dieta de frangos de corte, não altera a concentração dos minerais séricos e a deposição de minerais nas tíbias, entretanto a inclusão de 0,5% reduz os níveis séricos de fósforo, o teor de matéria mineral e a concentração de cálcio e fósforo ósseos, sem afetar as características morfométricas ósseas.(AU)

The aim of this study was to evaluate performance, serum concentration of calcium, chloride, iron, magnesium, phosphorus, and bone characteristics, ash, calcium, and phosphorus in tibias of broilers receiving diet with zero, 0.25 or 0.50% of bentonite. No differences were found on performance of poultry, on serum mineral calcium, chloride, iron, magnesium, however phosphorus levels of broilers fed on diets containing 0.5% bentonite was reduced. With respect to tibia, reduction was observed on mineral matter (g and %) and calcium levels with inclusion of 0.50% bentonite, and reduction on phosphorus levels with inclusion of 0.25 or 0.50% of bentonite on diet. We conclude that the inclusion of up to 0.50% of mycotoxin adsorbent bentonite in diet of broiler does not change broiler performance. The inclusion of 0.25% of bentonite in diet of broiler does not change serum mineral concentration and mineral deposition; however, the inclusion of 0.5% decrease serum levels of phosphorus, the content of bone mineral matter, with not effects on bone morphometric characteristics.(AU)
Descritores: Bentonita/administração & dosagem
Bentonita/uso terapêutico
Desenvolvimento Ósseo
Antitoxinas/administração & dosagem
Galinhas/crescimento & desenvolvimento
Dieta/veterinária
Aditivos Alimentares/uso terapêutico
Ração Animal
Minerais/análise
Minerais/sangue
-Galinhas/microbiologia
Limites: Animais
Masculino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 6 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: lil-665857
Autor: Sunil, Songa Ambedkar; Srikanth, Meka Venkata; Rao, Nali Sreenivasa; Balaji, Sakamuri; Murthy, Kolapalli Venkata Ramana.
Título: Design and evaluation of lornoxicam bilayered tablets for biphasic release
Fonte: Braz. j. pharm. sci;48(4):609-619, Oct.-Dec. 2012. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: The objective of the present investigation was to develop bilayered tablets of lornoxicam to achieve biphasic release pattern. A bilayered tablet, consisting of an immediate and controlled release layer, was prepared by direct compression technique. The controlled release effect was achieved by using various hydrophilic natural, semi synthetic and synthetic controlled release polymers such as xanthan gum, hydroxypropyl methylcellulose (HPMC) and polyethylene oxide (PEO) to modulate the release of the drug. The in vitro drug release profiles showed the biphasic release behavior in which the immediate release (IR) layer containing the lornoxicam was released within 15 minutes, whereas the controlled release (CR) layer controlled the drug release for up to 24 h. All the bilayered tablets formulated have followed the zero order release with non-Fickian diffusion controlled release mechanism after the initial burst release. FTIR studies revealed that there was no interaction between the drug and polymers used in the study. Statistical analysis (ANOVA) showed no significant difference in the cumulative amount of drug release after 15 min, but significant difference (p < 0.05) in the amount of drug released after 24 h from optimized formulations was observed. Based on the release kinetic parameters obtained, it can be concluded that xanthan gum polymer was suitable for providing a biphasic release of lornoxicam.

O objetivo do presente trabalho foi desenvolver comprimidos bicamada de lornoxicam para atingir padrão de liberação bifásica. Preparou-se, por compressão direta, comprimido bicamada, consistindo de uma camada de liberação imediata e uma de liberação controlada. A liberação controlada foi obtida pelo uso de vários polímeros naturais hidrofílicos, semi-sintéticos e sintéticos, tais como goma xantana, hidroxipropilmetil celulose (HPMC) e óxido de polietileno (PEO) para modular a liberação do fármaco. Os perfis de liberação in vitro mostraram comportamento bifásico em que a camada de liberação imediata (IR) contendo lornoxicam foi liberada em 15 minutos, enquanto a camada de liberação controlada (CR) liberou o fármaco em mais de 24 horas, Todos os comprimidos bicamada formulados seguiram a liberação de ordem zero com mecanismo de liberação controlada por difusão não fickiana após a liberação inicial por erupção. Os estudos de FTIR revelaram que não há interação entre o fármaco e os polímeros utilizados no estudo. A análise estatística (ANOVA) não mostrou diferença significativa na quantidade acumulada de fármaco após 15 minutos de liberação, mas observou-se diferença significativa (p<0,05) na quantidade de fármaco liberado após 24 h nas formulações otimizadas. Com base nos parâmetros de cinética de liberação obtidos, pode-se concluir que a goma xantana foi adequada para se atingir liberação bifásica de lornoxicam.
Descritores: Bentonita/antagonistas & inibidores
Comprimidos/farmacocinética
-Liberação Controlada de Fármacos
Polímeros/farmacocinética
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 6 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-514284
Autor: Lira, L. M; Dornelas, C. B; Cabral, L. M.
Título: Avaliação de bentonita sódica purificada e bentonita sódica intercalada como promotores de dissolução de clorpropamida em comprimidos preparados por granulação úmida e compressão direta / Evaluation of purified sodium bentonite and intercalated sodium bentonite as dissolution enhancers for chlorpropamide in tablets produced by wet granulation and direct compression
Fonte: Rev. ciênc. farm. básica apl;29(2):149-158, 2008. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: O presente estudo avaliou sistemas baseados em bentonita sódica purificada e bentonita sódica purificada intercalada com colina como promotores de dissolução de clorpropamida. A intercalação da bentonita sódica foi avaliada por difração de raios X, análise termo gravimétrica, análise calorimétricade varredura e espectrometria no infravermelho. Prepararam-se misturas físicas, empastamentos (kneadings) e granulados e comprimidos, por granulação úmida e compressão direta; ambos os sistemas (físicos e comprimidos) com diversas relações fármaco: promotores de dissolução. Todos os sistemas físicos e os comprimidos foram avaliados quanto à dissolução do fármaco segundo metodologia descrita na Farmacopéia Norte-Americana (USP). Os comprimidos ainda foram avaliados quanto à dureza e friabilidade. O empastamento hidroalcoólico mostrou ser o melhor sistema físico para aumento da dissolução, entretanto é inviável para produção industrial de comprimidos. Os comprimidos de clorpropamida preparados por granulação úmida com proporção de fármaco e promotores de dissolução de 1:0,25 p/p apresentaram melhores resultados no teste de dissolução em relação aos comprimidos sem os promotores. Não houve diferença significativa entre a liberação de clorpropamida com a bentonita sódica e bentonita sódica intercalada. Os comprimidos preparados por compressão direta apresentaram, comparativamente, o melhor desempenho no teste de dissolução. Não foi evidenciado perda de cristalinidade do fármaconos sistemas estudados. O poder de desintegração da bentonita e a possível interação molecular entre o fármaco e a bentonita são as prováveis causas do aumento da dissolução da clorpropamida com tais sistemas baseados em bentonita.
Descritores: Bentonita/farmacologia
Clorpropamida/farmacocinética
Comprimidos
Responsável: BR33.1 - Divisão Técnica de Biblioteca e Documentação


  4 / 6 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Mallmann, Carlos Augusto
Lopes, Juarez Morbini
Texto completo
Id: lil-246431
Autor: Borsa, Adriana; Lopes, Sonia Terezinha dos Anjos; Santurio, Janio Morais; Mallmann, Carlos Augusto; Lopes, Juarez Morbini; Fernandes, Roberta Ribeiro.
Título: Enzimas de funçäo hepática na aflatoxicose aguda experimental em frangos de corte / Hepatic enzimes function in experimental acute enzimes aflatoxicosis en broilers
Fonte: Ciênc. rural;28(4):587-90, out.-dez. 1998. graf.
Idioma: pt.
Resumo: Com o objetivo de avaliar a funçäo hepática de aves experimentalmente intoxicadas por aflatoxina, com e sem uso de bentonita sódica, foram utilizados 40 (quarenta) frangos de corte, machos, linhagem Ross, divididos em 4 (quatro) grupos de 10 (dez) animais, sendo que cada grupo foi submetido a um tratamento: T1 - controle (raçäo sem aflatoxina ou bentonita), T2 - raçäo com 5ppm de aflatoxina, T3 - raçäo com 5ppm de aflatoxina e 0,5 porcento de bentonita sódica e T4 - raçäo com 0,5 porcento de bentonita sódica. Todos estes tratamentos foram aplicados do 1§ ao 42§ dia de vida das aves. Aos 21, 35 e 42 dias de idade, foram analizados os níveis séricos das enzimas aspartato aminotransferase (AST), alanina aminotransferase (ALT), lactato desidrogenase (LDH) e gama glutamiltransferase (GGT). A análise da variância mostrou que houve interaçäo entre os tratamentos e datas de colheita de material, para as seguintes variáveis: AST, LDH e GGT. Para estas, foi aplicado o teste de Tukey, comparando-se as médias de cada tratamento em cada data. Observou-se que as enzimas AST, ALT e GGT näo apresentaram diferenças significativas entre tratamentos, porém, nos tratamentos 1 e 2, a AST apresentou um aumento linear (p<0,05) ao longo de todo o experimento, sendo este mais acentuado no tratamento 2. A enzima ALT näo apresentou nenhuma variaçäo para qualquer tratamento por todo o período. A GGT, nos tratamentos 2 e 3, sofreu aumento linear (p<0,05) dos níveis ao longo do experimento. Os níveis da enzima LDH, aos 21 dias, foram mais elevados (p<0,05) nos tratamentos 2 e 3 em relaçäo aos tratamentos 1 e 4. A análise dos resultados permitiu concluir que é possível detectar hepatotoxicidade provocada pela aflatoxina, através do monitoramento dos níveis das enzimas AST e GGT no soro das aves com faixa etária entre 21 e 42 dias e pela avaliaçäo dos níveis de LDH aos 21 dias de idade; sendo que o uso da bentonita na raçäo com aflatoxinas näo modifica o comportamento destas enzimas.
Descritores: Aflatoxinas/toxicidade
Bentonita/toxicidade
Doenças das Aves Domésticas/enzimologia
Fígado/enzimologia
Fígado/fisiopatologia
-Galinhas
Limites: Animais
Masculino
Responsável: BR409.1 - Biblioteca


  5 / 6 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Mallmann, Carlos Augusto
Texto completo
Id: lil-246412
Autor: Santurio, Janio Morais; Reginatto, Marcus; Kracker, Cláudio; Surdi, Glaucio; De Toni, Jair; Kraker, Jorge; Mallmann, Carlos Augusto.
Título: Desempenho de perus de corte alimentados com níveis crescentes de afloxinas, com ou sem adiçäo de adsorvente / Turkey performance fed with increasing aflatoxins levels, with or without adsorvent inclusion
Fonte: Ciênc. rural;28(1):111-7, jan.-mar. 1998. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Este trabalho foi realizado durante o veräo de 1995/1996 com o objetivo de determinar o nível de aflatoxinas (AFL) capaz de causar prejuízos no desempenho de perus de corte criados sob condiçöes ambientais de baixo desafio, bem como avaliar a eficácia da adiçäo de bentonita sódica natural (BSN) como um adsorvente. Foram utilizados 1008 perus de corte, alojados em 84 boxes seguindo um delineamento experimental de blocos casualizados com 14 tratamentos distribuídos em um arranjo fatorial 7 x 2, sendo 7 níveis de adiçäo de AFL (0, 10, 50, 100, 500, 1000 e 2000ppb) e 2 níveis de adiçäo de BSN (0 e 0,5 porcento). Aos 21 dias de idade, as aves alimentadas com as dietas sem adiçäo de BSN mostraram uma reduçäo significativa (P<0,05) no ganho de peso (GP) e no consumo de raçäo (CR) com níveis de AFL iguais ou superiores a 500ppb, enquanto que aves alimentadas com as dietas com 0,5 porcento de BSN mostraram reduçäo significativa (P<0,05) no GP e CR apenas à partir de 1000ppb de AFL. Estes mesmos resultados foram observados aos 40 dias de idade, entretanto aos 70 dias ocorreu uma reduçäo significativa (P<0,05) no GP e CR das aves à partir de 500ppb de AFL, com ou sem adiçäo de BSN, demonstrando um efeito cumulativo desta micotoxina. Em geral, em todos os níveis de adiçäo de AFL que ocorreu reduçäo significativa no GP e CR das aves, esta foi cerca de 15 a 20 porcento menor nos grupos alimentados com 0,5 porcento de BSN. A conversäo alimentar (CA) das aves foi menos afetada pelos níveis de AFL dietéticos, embora tenha existido uma tendência de piora na CA com altos níveis de AFL, em todas as idades. Aflatoxinas tiveram um grande efeito sobre a taxa de mortalidade (porcentagem MOR), sendo que já aos 21 dias a porcentagem MOR verificada nos lotes que receberam 1000 e 2000ppb de AFL, sem BSN, foi de 15,3 e 72,2 porcento, respectivamente. Antes de completar 40 dias de experimento, 100 porcento das aves alimentadas com dietas contendo 2000ppb de AFL, sem e com BSN, morreram. A adiçäo de 0,5 porcento de BSN proporcionaou uma reduçäo média de 35 porcento na porcentagem MOR em comparaçäo aves alimentadas com dietas sem BSN. Com base nos resultados pode ser concluído que AFL säo extremamente deletérias aos perus e que a adiçäo de 0,5 porcento de BSN na raçäo protege particalmente os perus dos efeitos negativos desta micotoxina.
Descritores: Aflatoxinas/efeitos adversos
Aflatoxinas/toxicidade
Bentonita/administração & dosagem
Bentonita/farmacocinética
Micotoxinas/efeitos adversos
Micotoxinas/toxicidade
Perus/crescimento & desenvolvimento
-Adsorção
Limites: Animais
Masculino
Responsável: BR409.1 - Biblioteca


  6 / 6 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-174503
Autor: Montero Lara, Pedro Gonzalo; Alvarado Quiroga, Cristobal.
Título: Terapias alternativas; la Montmorillonita-bentonita como antiacido
Fonte: Rev. Soc. Boliv. Med. Famil;3(1):47-50, 1993.
Idioma: es.
Resumo: La farmacopea de las culturas nativas bolivianas contienen productos con actividad farmacologica, como es el caso de la Montmorillonita-bentonita (Phasa), arcilla que a traves de analisis quimicos se ha demostrado que contiene silicatos, hidroxido y carbonatos, principalmente de aluminio y calcio analoga a los tradicionales antiacidos del arsenal terapeutico facultativo.
Descritores: Antiácidos/farmacocinética
Homeopatia/tendências
-Bentonita/administração & dosagem
Bentonita/farmacocinética
Bentonita/uso terapêutico
Bolívia/etnologia
Terapias Complementares
Medicina Tradicional
Responsável: BO6.1 - Biblioteca



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde