Base de dados : LILACS
Pesquisa : D01.146.375 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 191 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 20 ir para página                         

  1 / 191 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1049092
Autor: Diniz, Jéssica Ferreira; Roque, Cassiano Garcia; Borges, Monica Cristina Rezende Zuffo; Barros, Pedro Paulo Vilela; Chagas, Paulo Henrique Menezes das; Godinho, Othon Lauar; Teodoro, Paulo Eduardo.
Título: Soil biomass and microbial activity in soybean crop area under different cover crops and different soil correction systems / Biomassa e atividade microbiana do solo em área de cultivo de soja sob diferentes plantas de cobertura e diferentes sistemas de correção de solo
Fonte: Biosci. j. (Online);35(6):1688-1694, nov./dec. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: This study aimed to evaluate soil biomass and microbial activity and soybean yield under different limestone and gypsum doses and different cover crops. The experiment was carried out in the experimental area of the Fundação de Apoio a Pesquisa Agropecuária de Chapadão, on a Dystrophic Red Latosol, using cultivar Desafio. The experiment consisted of a randomized blocks design, in a split-plot factorial scheme (3x4x3), with three replications. Plots consisted of three gypsum doses: control (without gypsum), recommended dose (2.3 Mg ha-1), and double dose (4.6 Mg ha-1). Subplots consisted of four limestone doses (2, 4, and 6 Mg ha-1) and the control (without limestone). Each block had three different cover crops: Brachiaria, Millet, and allow. The values obtained with the test revealed that brachiaria had better basal respiration in the absence of gypsum. Conversely, millet had better basal respiration in with the gypsum dose. Basal respiration, using brachiaria as cover crop, was higher at the dose of 2700 kg ha-1 of limestone. However, for the fallow and the millet, basal respiration was higher when using the highest limestone dose of 6000 kg ha-1. The variable microbial biomass showed differences between cover crops only in the absence of gypsum. Brachiaria and fallow presented the highest mean for microbial biomass. The use of millet as a cover crop together with gypsum doses increased the microbial biomass. The variables mass of 100 grains and grain yield had higher mean at the limestone dose of 6000 kg ha-1 .

O objetivo do trabalho foi avaliar a biomassa e atividade microbiana do solo, e produtividade da soja sob efeito das diferentes doses de calcário e gesso e diferentes coberturas de solo. O experimento foi conduzido na área experimental da Fundação de Apoio a Pesquisa Agropecuária de Chapadão, sob Latossolo Vermelho Distrófico, com a cultivar Desafio. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados, em esquema fatorial (3x4x3) de parcelas subdividas, com 3 repetições. As parcelas foram constituídas por 3 quantidades de gesso agrícola, sendo: controle (sem gesso), recomendado (2,3 Mg ha-1) e o dobro (4,6 Mg ha-1), as subparcelas por 4 doses de calcário (2, 4 e 6 Mg ha-1), além do controle (sem calcário), onde cada bloco apresentou 3 coberturas diferentes: Braquiaria, Milheto e Pousio. Os resultados foram submetidos ao teste de Tukey 5%. Com os valores obtidos pudemos observar que a respiração basal foi melhor para braquiária na ausência de gesso, e na presença o milheto se saiu melhor. A respiração basal, utilizando a braquiária como cobertura, foi maior na dose de 2700 kg ha-1 de calcário. Já utilizando o pousio e o milheto foi na maior dose 6000 kg ha-1. A variável biomassa microbiana apresentou diferença entre as coberturas apenas na ausência de gesso, onde a braquiária e o pousio apresentaram as maiores médias para esta variável. A utilização do milheto como cobertura em conjunto com as doses de gesso acarretou aumento da biomassa microbiana. A massa de 100 grãos e a produtividade de grãos apresentaram maior média na dose de 6000 kg ha-1 de calcário.
Descritores: Feijão de Soja
Biomassa
-Sulfato de Cálcio
Milhetes
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  2 / 191 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: biblio-1018816
Autor: Lara de Rolón, María Cristina.
Título: Yeso como material de uso dental / Plaster as dental material.
Fonte: Asunción; s.e; 1998.Oct. 58 p. ilus.
Idioma: es.
Resumo: El yeso o también llamado escayola es uno de los materiales más usados en nuestra profesión ya sea para impresionar o para tallado y también en el campo del arte para la creación de escultura. Con el fin de obtener buenos resultados en los trabajos: Pero para ello es preciso el conocimiento de técnicas de manipulación adecuada para cada necesidad. Así pues este trabajo tiene como objetivo brindar a los estudiantes un material de lectura actualizado de la noble escayola (yeso), que acompaña a los odontólogos desde los albores de su formación profesional.
Descritores: Materiais para Moldagem Odontológica
Odontologia
Prótese Dentária
Sulfato de Cálcio
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: PY8.1 - Biblioteca
PY8.1; 617.6, L26y


  3 / 191 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-233844
Autor: Potiens Junior, Ademar J; Campos, Letícia L.
Título: Estudo da dosimetria termoluminescente fototransferida no CaSo4: Dy utilizando radiaçäo de laser / Study of phototransfer thermoluminescent dosimetry in CaSO4: Dy using laser radiation
Fonte: In: Schiabel, Homero; Slaets, Annie France Frère; Costa, Luciano da Fontoura; Baffa Filho, Oswaldo; Marques, Paulo Mazzoncini de Azevedo. Anais do III Fórum Nacional de Ciência e Tecnologia em Saúde. Säo Carlos, s.n, 1996. p.512-512, graf.
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: Fórum Nacional de Ciência e Tecnologia em Saúde, 3 e Congresso Brasileiro de Engenharia Biomédica, 15 e Congresso Brasileiro de Físicos em Medicina , 6 e Congresso Brasileiro de Informática em Saúde, 5 e Encontro Brasileiro de Proteçäo Radiológica, Campos do Jordäo, 13-17 out. 1996.
Resumo: O objetivo deste trabalho é estudar a Termoluminescência Fototransferida (PTTL) no CaSO4: Dy utilizando as radiações de laser e ultravioleta (UV). O CaSO4: Dy é um material termoluminescente (TL) extremamente sensível que tem um peco pico dosimétrico situado a temperatura de 220 graus Celsius e é utilizado com sucesso na dosimetria da radiação gama.
Descritores: Dosimetria Termoluminescente
Raios Ultravioleta
Sulfato de Cálcio/efeitos da radiação
Raios gama
Lasers
-Radiação não Ionizante
Responsável: BR1.1 - BIREME
BR1.1/3012.36


  4 / 191 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Medeiros, Regina Bitelli
Texto completo
Id: lil-233835
Autor: Daros, Kellen Adriana Curci; Rodrigues, Letícia Lucente Campos; Medeiros, Regina Bitelli.
Título: Caracterizaçäo de dosímetros termoluminescentes de CaSO4: Dy com grafite para avaliaçäo de dose absorvida de radiaçäo X e Gama / Characterization of thermoluminescence dosimeters of CaSO4: DY with graphite for evaluation of absorved dose of X and Gama radiations
Fonte: In: Schiabel, Homero; Slaets, Annie France Frère; Costa, Luciano da Fontoura; Baffa Filho, Oswaldo; Marques, Paulo Mazzoncini de Azevedo. Anais do III Fórum Nacional de Ciência e Tecnologia em Saúde. Säo Carlos, s.n, 1996. p.494-494, graf.
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: Fórum Nacional de Ciência e Tecnologia em Saúde, 3 e Congresso Brasileiro de Engenharia Biomédica, 15 e Congresso Brasileiro de Físicos em Medicina , 6 e Congresso Brasileiro de Informática em Saúde, 5 e Encontro Brasileiro de Proteçäo Radiológica, Campos do Jordäo, 13-17 out. 1996.
Resumo: Este trabalho caracteriza dosímetros termoluminescentes de CaSO(4): Dy de diferentes espessuras (0,2 a 0,8mm) e com diferentes porcentagens de grafite (0; 0,5; 3; 5; 10 e 20 por cento em massa), indicados como alternativos para a avaliação de dose absorvida em campos mistos (fótons e beta). Previamente foram apresentados os resultados relacionados às aplicações na dosimetria beta; neste trabalho são estudados sensibilidade e dependência energética dos mesmos resultados obtidos nas avaliações destes dosímetros para fótons.
Descritores: Dosimetria Termoluminescente
Partículas beta
Sulfato de Cálcio
Grafite
Fótons
-Radioterapia/estatística & dados numéricos
Dosimetria/instrumentação
Responsável: BR1.1 - BIREME
BR1.1/3012.27


  5 / 191 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-965951
Autor: Rossato, Otavio Bagiotto; Foltran, Rodrigo; Crusciol, Carlos Alexandre Costa; Martello, Jorge Martinelli; Rossetto, Raffaella; McCray, James Mabry.
Título: Soil fertility, ratoon sugarcane yield, and post-harvest residues as affected by surface application of lime and gypsum in southeastern Brazil / Fertilidade do solo, produtividade de cana soca e residuos pós-colheita afetados pela aplicação superficial de calcário e gesso na região sudeste do Brasil
Fonte: Biosci. j. (Online);33(2):276-287, mar./apr. 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: The aim of this study was to evaluate soil fertility amendment, stalk yield, sugar, bagasse, and trash yield as affected by surface application of dolomitic limestone and gypsum in green sugarcane ratoon. A factorial arrangement of four dolomitic limestone rates (0, 900, 1800, and 3600 kg ha­1) and two gypsum rates (0 and 1700 kg ha­1) was used in the experiment. The experiment was performed from October 2006 to October 2007, starting in the rainy season after the 2nd ratoon harvest of the variety SP813250 in a commercial green sugarcane plantation of the São Luiz Sugar Mill (47º25'33" W; 21º59'46", 627 m of altitude), located in Pirassununga, state of São Paulo, in southeast Brazil. After 12 months, the experiment was harvested, technological measurements of stalk yield were made, and soil samples were taken and analyzed. Gypsum acts as a subsurface conditioner thus contributing so the benefits of surface limestone application, on soil acidity correction, to reach deeper layers, allowing the development of the root system of plants in greater depth. However, application of gypsum may lead to leaching of Mg and K from the topsoil layers. The higher rates of lime in surface application provided acidity amendment and, consequently, increased soil fertility in the soil profile, and increased sugarcane stalk, sugar, bagasse, and trash yield.

O objetivo do presente estudo foi avaliar a correção da fertilidade do solo e produtividade de colmos, açúcar, bagaço e palhiço a partir da aplicação superficial de calcário dolomítico e gesso em cana soca. O arranjo fatorial foi composto por 4 doses de calcário dolomítico (0, 900, 1800 e 3600 kg ha­1) e duas doses de gesso (0 e 1700 kg ha­1). O experimento foi realizado no período de outubro de 2006 a outubro de 2007, iniciando-se na estação chuvosa após a colheita da segunda soqueira. A variedade utilizada foi a SP813250 em plantio comercial de cana crua da Usina de São Luiz (47º25'33 "W; 21º59'46", 627 M de altitude), localizado em Pirassununga, estado de São Paulo, no sudeste do Brasil. Após 12 meses, o experimento foi colhido, determinado os parâmetros tecnológicos e amostras de solo foram coletadas e analisadas. O gesso atua como um condicionador subsuperficial contribuindo assim, para que os benefícios da aplicação superficial de calcário na correção da acidez do solo, alcancem camadas mais profundas e, portanto, permitindo o desenvolvimento do sistema radicular das plantas em maior profundidade. No entanto, a aplicação de gesso pode proporcionar lixiviação de Mg e K das camadas superficiais. As maiores doses de calcário aplicadas superficialmente propiciaram correção da acidez do solo e consequente incremento na fertilidade do solo, produtividade de colmos, açúcar, bagaço e palhiço da cana.
Descritores: Sulfato de Cálcio
Acidez do Solo
Características do Solo
Saccharum
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  6 / 191 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-997176
Autor: Medina Veja, Marco Vinicio.
Título: Estudo epidemiológico de saúde bucal em crianças de 12 anos de idade, Quito, Equador: relação entre gengivite e fatores associados / Epidemiological survey of oral health in 12-year-old children, Quito, Ecuador: study of gingivitis.
Fonte: São Paulo; s.n; 20180000. 79 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Odontologia para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: O objetivo do presente estudo foi avaliar a relação da gengivite, através da prevalência de sangramento gengival e de cálculo dentário, com fatores associados, em estudantes de 12 anos de escolas públicas da zona urbana de Quito (Equador). Para tanto, selecionou-se uma amostra representativa dessa população, e constituiu-se uma equipe para a avaliação. Tal equipe era composta por três grupos contemplando dois examinadores, dois anotadores e dois monitores de campo. Estes foram reorganizados segundo a divisão geográfica de Quito - regiões Norte, Central e Sul -, e pelas respectivas escolas. A prevalência de sangramento gengival, ajustada pelo desenho do estudo, foi de 92%, enquanto a prevalência de cálculo dentário foi de 69,9%. Dos estudantes examinados, 49% apresentavam sangramento gengival nos seis sextantes, e 5,6% apresentavam cálculo dentário também em todos os sextantes. Em contrapartida, 6,8% dos estudantes apresentavam saúde periodontal, ou seja, não apresentavam nenhum sextante com sangramento, e 26,5% não apresentavam cálculo dentário. Os resultados obtidos permitiram as seguintes conclusões: Dos fatores associados com a gengivite, podemos observar que houve associação significativa entre sangramento gengival e escolaridade dos pais, bem como maloclusão. Além disso, houve associação significativa entre cálculo dentário e escolaridade dos pais, bem como cárie dentária.
Descritores: Sulfato de Cálcio
Responsável: BR97.1 - Serviço de Documentação Odontológica


  7 / 191 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-987664
Autor: Tamayo Alcívar, Catherine; Quel, Franklin.
Título: Estudio Histomorfométrico de la regeneración ósea utilizando sulfato de calcio bifásico combinado con alendronato en conejos / Estudo Histomorfométrico da regeneração óssea utilizando sulfato de cálcio bifásico combinado com alendronato em coelhos / Histomorfometric Study of the bone regeneration using bifasic calcium sulfate combined with alendronate in rabbits
Fonte: Odontología (Ecuad.);20(2):29-38, 20181231.
Idioma: es.
Resumo: El alendronato es un bifosfonato con un amplio espectro de indicaciones cuya principal capacidad es la inhibición de la función osteoclástica. El sulfato de calcio bifásico es un injerto aloplástico que posee las ventajas del sulfato del calcio simple como biocompatibilidad, propiedades osteoconductivas y de bioreabsorción. Objetivo: Determinar la eficacia de la regeneración ósea a través de un estudio histomorfométrico utilizando sulfato de calcio bifásico sólo y combinado con Alendronato. Materiales y métodos: Se utilizaron 24 fémures de conejos machos andinos entre 1,5 a 2,5 Kg, divididos en 3 grupos: G1 Regeneración ósea fisiológica, G2 Sulfato de calcio bifásico y G3 Sulfato de calcio bifásico combinado con alendronato. Se realizó una incisión de 2,5cm para crear defectos de 5mm de diámetro con una profundidad de 1.5 mm. Todos los animales fueron sacrificados a la sexta semana y se obtuvieron cortes histomorfométricos. Fueron utilizados los test estadísticos de ANOVA y Tukey con un nivel de significancia del 5%. Resultados: La regeneración ósea fue del 10.63%, 40% y 71.88% para G1, G2 y G3 respectivamente. Se encontró diferencia estadísticamente significativa entre los grupos (p<0,001). Se observó diferencia entre G1 y G3 (p<0,001), así como entre el G2 y G3 (p=0,05), siendo los mejores resultados encontrados para el G3. Conclusión: El sulfato de calcio bifásico combinado con alendronato mostró mejor regeneración ósea al compararlo con los grupos de regeneración fisiológica y sulfato de calcio en conejos.

Alendronate is a bisphosphonate with a broad spectrum of indications whose main capacity is the inhibition of osteoclastic function. Biphasic calcium sulfate is an alloplastic graft that possesses the advantages of simple calcium sulfate as biocompatibility, osteoconductive and bioreabsorption properties. Objective: To determine the efficacy of bone regeneration through a histomorphometric study using biphasic calcium sulfate alone and combined with Alendronate. Materials and methods: 24 femurs of Andean male rabbits were used between 1.5 and 2.5 Kg, divided into 3 groups: G1 Physiological bone regeneration, G2 Biphasic calcium sulphate and G3 Biphasic calcium sulphate combined with alendronate. An incision of 2.5 cm was made to create defects of 5 mm in diameter with a depth of 1.5 mm. All the animals were sacrificed at the sixth week and histomorphometriccuts were obtained. The statistical tests of ANOVA and Tukey with a level of significance of 5% were used. Results: Bone regeneration was observed in 10.63%, 40% and 71.88% for G1, G2 and G3 respectively. A statistically significant difference was found between the groups (p <0.001). A difference was observed between G1 and G3 (p <0.001), as well as between G2 and G3 (p = 0.05), being the best results found for the G3. Conclusion: Biphasic calcium sulphate combined with Alendronate showed better bone regeneration when compared to physiological regeneration and calcium sulfate groups in rabbits.

O alendronato é um bisfosfonato com amplo espectro de indicações cuja principal capacidade é a inibição da função osteoclástica. O sulfato de cálcio bifásico é um enxerto aloplástico que possui as vantagens do sulfato de cálcio simples como biocompatibilidade, osteocondutor e biorreabsorção. Objetivo: Determinar a eficácia da regeneração óssea através de estudo histomorfométrico utilizando sulfato de cálcio bifásico isolado e associado ao alendronato. Materiais e métodos: Foram utilizados 24 fémures de coelhos machos andinos entre 1,5 e 2,5 kg, divididos em três grupos: G1 Regeneração óssea fisiológica, G2 Sulfato de cálciobifásico e G3 Sulfato de cálcio bifásico combinado com alendronato. Uma incisão de 2,5 cm foi feita para criar defeitos de 5 mm de diâmetro com uma profundidade de 1,5 mm. Todos os animais foram sacrificados na sexta semana e foram obtidos cortes histomorfométricos. Os testes estatísticos de ANOVA e Tukey com nível de significância de 5% foram utilizados. Resultados: Regeneração óssea foi observada em 10,63%, 40% e 71,88% para G1, G2 e G3 respectivamente. Foi encontrada diferença estatisticamente significante entre os grupos (p <0,001). Observou-se diferença entre G1 e G3 (p <0,001), assim como entre G2 e G3 (p = 0,05), sendo os melhores resultados encontrados para o G3. Conclusão: O sulfato de cálcio bifásico associado ao alendronato apresentou melhor regeneração óssea quando comparado aos grupos regeneração fisiológica e sulfato de cálcio em coelhos.
Descritores: Coelhos
Regeneração Óssea
Sulfato de Cálcio
Alendronato
Difosfonatos
Fêmur
-Patologia Bucal
Análise de Variância
Transplante Ósseo
Remodelação Óssea
Pesquisa em Odontologia
Enxerto de Osso Alveolar
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: EC73.1 - Biblioteca


  8 / 191 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-987663
Autor: Vallejos Peñafiel, Vanessa; Tello, Gustavo; Vallejo R, Kleber.
Título: Estudio histológico y radiográfico de la preservación alveolar post-exodoncia con sulfato de calcio y xenoinjerto en cobayos / Estudo histológico e radiográfico da preservação alveolar pós-extracção com sulfato de cálcio e xenoinjerto em cobaias / Histological and radiographical study of the alveolar post-extractionpreservation with calcium sulfate and xenoinjerto in guinea pigs
Fonte: Odontología (Ecuad.);20(2):14-28, 20181231.
Idioma: es.
Resumo: Después de realizar una exodoncia inicia un proceso de remodelación ósea, dejando como consecuencia un volumen óseo disminuido que puede impedir la colocación de un implante dental en óptimas condiciones. Objetivo: Evaluar la preser-vación alveolar post-exodoncia utilizando sulfato de calcio oxenoinjerto en cobayos en comparación con la cicatrización espontánea. Materiales y Métodos: Se utilizaron 30 cobayos machos, de cuatro meses de edad, asignados en tres grupos de 10 cobayos cada uno: G1 Sulfato de calcio, G2 Xenoinjerto (bovino) G3 control negativo (sin sustituto óseo). Se realizó la exodoncia del incisivo central inferior derecho se cureteó y lavó con suero fisiológico, el grupo G1 y G2 se rellenaron con el biomaterial correspondiente, el grupo G3 no recibió ningún biomaterial. La sutura fue punto en X con Vicryl (4/0). Se tomó radiografías estandarizadas en el pos operatorio inmediato y a los 40 dias,se medió la cresta alveolar en mesial, distal y coronal. A los 40 días los cobayos fueron sacrificados, obteniendo el segmento de hueso alveolar para el análisis histológico del alvéolo. Los datos fueron analizados mediante el test de Kruskal Wallis y chi cuadrado con un nivel de significancia del 5%. Resultados: Fue observada la preservación de la cresta alveolar en mesial 2,92 (p= 0,025) y cervical 0,92 (p=0,043). En el análisis histológico los espacios en la región fibrosa en la parte media del alvéolo fue 26,00 para el sulfato de calcio y 23,80 para el xenoinjerto (p = 0,011), en apical 16,20para el sulfato de calcio y 20,60para el xenoinjerto (p= 0,020), espacios vacíos en coronal (p= 0,003), tejido fibroso (p=0,010), regeneración ósea (p= 0,019), áreas hialinas (p= 0,010).Conclusión: Se preservan mejor los alvéolos postextracción usando Sulfato de Calcio y Xenoinjerto en compa-ración con la cicatrización espontánea en cobayos.

After performing an extraction, a process of bone remodeling begins, leaving as a consequence a decreased osseous volume that can prevent the placement of a dental implant in optimal conditions. Objective: To evaluate post-exodontia alveolar preservation using calcium sulfate or xenograft in guinea pigs compared to spontaneous healing. Materials and Methods:30 male guinea pigs, four months old, assigned in three groups of 10 guinea pigs each were used: G1 Calcium sulphate, G2 Xenograft (bovine) G3 Negative control (without bone substitute). Exodontia of the lower right central incisor was curetted and washed with physiological serum, group G1 and G2 were filled with the corresponding biomaterial, group G3 did not receive any biomaterial. The suture was point in X with Vicryl (4/0). Standardized radiographs were taken in the imme-diate postoperative period and after 40 days, the alveolar crest was measured mesially, distally and coronally. At 40 days the guinea pigs were sacrificed, obtaining the segment of alveolar bone for the histological analysis of the alveolus. The data were analyzed through of the Kruskal Wallis test and chi square test with a level of significance of 5%. Results: The preservation of the alveolar crest was observed in mesial 2.92 (p = 0.025) and cervical 0.92 (p = 0.043). In the histological analysis, the spaces in the fibrous region in the middle part of the alveolus were 26.00 for calcium sulphate and 23.80 for xenograft (p = 0.011), apical 16.20 for calcium sulphate and 20 , 60 for the xenograft (p = 0.020), empty coronal spaces (p = 0.003), fibrous tissue (p = 0.010), bone regeneration (p = 0.019), hyaline areas (p = 0.010). Conclusion: Post-extraction alveoli are better preserved using Calcium Sulphate and Xenograft compared to spontaneous wound healing in guinea pigs.

Após a realização de uma extração, inicia-se um processo de remodelação óssea, deixando como conseqüência um volume ósseo diminuído que pode impedir a colocação de um implante dentário em condições ótimas. Objetivo: Avaliar a preservação alveolar pós- pós extração com sulfato de cálcio ou xenoenxerto em cobaias em comparação com a cicatrização espontânea. Materiais e Métodos: Foram utilizadas 30 cobaias machos de quatro meses de idade, distribuídos em três grupos de 10 cobaias cada. G1 Sulfato de cálcio, G2 Xenoenxerto (bovino) G3 Controle negativo (sem substituto ósseo). A exodontia do incisivo central inferior direito foi curetada e lavada com soro fisiológico, o grupo G1 e G2 foram preenchidos com o biomaterial correspondente, o grupo G3 não recebeu nenhum biomaterial. A sutura foi ponto em X com Vicryl (4/0). Radiografias padronizadas foram realizadas no pós-operatório imediato e, após 40 dias, a crista alveolar foi medida mesial, distal e coronária. Aos 40 dias as cobaias foram sacrificadas, obtendo-se o segmento de osso alveolar para a análise histológica do alvéolo. Os dados foram analisados por meio do teste de Kruskal Wallis e teste do qui-quadrado com nível de significância de 5%. Resultados: A preservação da crista alveolar foi observada em mesial 2,92 (p = 0,025) e cervical 0,92 (p = 0,043). espaços análise histológica da região fibroso no meio do alvéolo foi 26,00 para o sulfato de cálcio e de 23,80 para o xenoenxerto (p = 0,011), em apical 16,20 para o sulfato de cálcio e 20 , 60 para o xenoenxerto (p = 0,020), em espaços vazios coronal (p = 0,003), o tecido fibroso (p = 0,010), a regeneração óssea (p = 0,019), as áreas hialinas (p = 0,010). Conclusão: Os alvéolos pós-extração são melhor preservados usando Sulfato de Cálcio e Xenoenxerto em comparação com a cicatrização espontânea em cobaias.
Descritores: Cirurgia Bucal
Implantes Dentários
Remodelação Óssea
Procedimentos Cirúrgicos Bucais
Alvéolo Dental
Dentística Operatória
-Sulfato de Cálcio
Estatísticas não Paramétricas
Pesquisa em Odontologia
Odontologia Baseada em Evidências
Xenoenxertos
Cobaias
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: EC73.1 - Biblioteca


  9 / 191 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-537853
Autor: Macário, Cláudia Santos; Góis, Gleyciane de Araújo; Rodrigues, Rodrigo Araújo; Barros, Henrique Pereira; Sousa, Roberto Sérgio de Vasconcelos.
Título: Avaliação da alteração dimensional em modelos de gesso tipo IV obtidos a partir de moldes de silicona de adição após desinfecção por imersão em glutaraldeído a 2% / Evaluation of the dimensional alterations in type IV plaster models obtained from addition silicone impressions after disinfection by immersion in 2% glutaraldehyde
Fonte: Pesqui. bras. odontopediatria clín. integr;8(3), set.-dez. 2008. graf, ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Verificar por meio de microscopia as alterações dimensionais produzidas em modelos de gesso tipo IV obtidos a partir de moldes de silicona de adição, que passaram por processo de desinfecção por imersão em Glutaraldeído a 2%.Método: A partir de uma matriz metálica retangular contendo dois cilindros com marcações para mensuração da alteração dimensional foram criados 4 grupos e realizadas 10 moldagens para cada grupo, utilizando moldeiras individuais de resina acrílica e silicona de adição como material de escolha, variando o processo de desinfecção e vazamento de gesso, para a obtenção dos seguintes grupos: Grupo A: moldes de silicona de adição com processo de desinfecção por imersão em glutaraldeído 2% e vazamento com gesso tipo IV através de espatulador à vácuo; Grupo B: moldes de silicona de adição sem processo de desinfecção e vazamento de gesso tipo IV por espatulação manual; Grupo C: moldes de silicona de adição com desinfecção por glutaraldeído 2% e vazamento de gesso tipo IV por espatulação manual; Grupo D: moldes de silicona de adição sem processo de desinfecção e vazamento através de espatulador ?? vácuo. Os modelos foram examinados ao microscópio óptico com aumento de 100 vezes para mensuração das distâncias entre os pontos pré-determinados. Os dados foram comparados entre os grupos e os grupos com a matriz inicial. Resultados: Nenhum dos grupos demonstrou diferença estatisticamente significante (teste não paramétrico de Kruskal-Wallis) em relação a matriz inicial.Conclusão: O método de desinfecção por imersão em Glutaraldeído a 2% não provocou alterações dimensionais significantes em relação a matriz inicial, sendo indicado para utilização na clínica diária. O método de espatulação mecanizada a vácuo demonstrou superioridade em relação ao método mecânico manual.
Descritores: Materiais para Moldagem Odontológica
Sulfato de Cálcio
Tipo de Publ: Estudos de Avaliação
Responsável: BR1264.1 - Biblioteca Setorial Prof Alberto M Campos


  10 / 191 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: lil-734701
Autor: Oliveira, Marila de; Olate, Sergio; Pozzer, Leandro; Vásquez, Bélgica; Cantín, Mario; Albergaría-Barbosa, José Ricardo de.
Título: Reparación ósea utilizando sulfato de calcio en defectos óseos de tibia de conejos / Bone repair using calcium sulfate in bone defects of rabbit tibiae
Fonte: Int. j. morphol;32(4):1472-1476, Dec. 2014. ilus.
Idioma: es.
Resumo: La regeneración ósea en reconstrucción del proceso alveolar junto al uso de implantes oseointegrables son ampliamente utilizados, existiendo una amplia variabilidad de productos. El objetivo de esta investigación es estudiar la reparación ósea asociada a un sustituto óseo a base de sulfato de calcio cubierto con membrana biológica en defectos creados en tibia de conejos. Se seleccionaron 12 conejos de entre 3 y 6 meses para ser intervenidos; de acuerdo a protocolos de anestesia ya conocidos se realizó la técnica con acceso a ambas tibias donde se realizaron 2 defectos de 2,6 mm de diámetro; se formaron cuatro grupos siendo el grupo I de relleno con coágulo sanguíneo, grupo II relleno con coagulo cubierto con membrana de colágeno, grupo III relleno con sulfato de calcio y grupo IV relleno con sulfato de calcio cubierto con membrana biológica. Se realizó la eutanasia a los 21 y 42 días y posteriormente se procedió a procesar y analizar láminas histológicas con tinción de hematoxilina y eosina. Se realizó la histomorfometría comparativa analizando los datos con prueba ANOVA y prueba de Turkey considerando un valor de p<0,05 para significancia estadística. Los resultados demostraron que todos los defectos mostraron patrones regulares de reparación ósea; los grupos rellenados con coágulo mostraron formación ósea estadísticamente menor que el presentado por los defectos rellenos con el sulfato de calcio, aunque estos últimos presentaron mayores indicadores de presencia de proceso inflamatorio; el grupo IV fue el que presentó los mejores niveles de reparación ósea a los 21 y 42 días. Se concluye que la reparación ósea en defectos menores es viable de ser realizada con este biomaterial y que la cobertura con membrana de colágeno puede ser útil en la regeneración ósea guiada.

Bone regeneration in the alveolar process and dental implant are widely used and there are a lot of different products. The aim of this research was to know the bone reparation associated to bone substitute with calcium sulfate and a biological membrane in created defects in rabbit tibiae. Were selected 12 rabbit between 3 and 6 month to be operated; using previous anesthesia protocols was do it a surgical defect in the right and left tibiae with 2.6 mm diameter; four groups were created: group I with blood clot fill, group II with blood clot fill plus biological membrane, group III with calcium sulfate and group IV with calcium sulfate plus biological membrane. The euthanasia was made in 21 and 42 days before surgery and was obtained histological plate using hematoxillin and eosin. The histomorphometry was made and statistical analysis using ANOVA and Turkey test with p<0.05 to obtain statistical differences. Were observed in the all created defects a regular bone reparation; the group I and II, with blood clot, showed a minor bone reparation than group III and IV with calcium sulfate, but these last one show an important inflammatory process; the group IV presented the better results at 21 and 42 euthanasia days in term of bone formation. It´s conclude that calcium sulfate can be used in bone reparation of minor defects and the biological membrane can be used in guide bone regeneration with success.
Descritores: Tíbia/cirurgia
Tíbia/lesões
Sulfato de Cálcio/uso terapêutico
Substitutos Ósseos/uso terapêutico
-Materiais Biocompatíveis
Sulfato de Cálcio/química
Substitutos Ósseos/química
Limites: Animais
Feminino
Coelhos
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central



página 1 de 20 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde