Base de dados : LILACS
Pesquisa : D01.248.497.158.635 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 140 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 14 ir para página                         

  1 / 140 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-644376
Autor: Benedetti, Silvia; Brungera, André; Rizzatti, Rosiane; Dickel, Elci Lotar; Bertolin, Telma Elita.
Título: Substituição parcial de nitrito por antioxidantes e seu efeito sobre a cor de linguiça defumada / Partial replacement of nitrite by antioxidants and its effect on smoked sausage color
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;70(3):296-301, set. 2011. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A coloração dos produtos cárneos, conferida pela mioglobina, é um fator importante para aceitabilidade do consumidor e indicativo de qualidade. Há associação entre a oxidação lipídica com esse pigmento e sua influência na coloração da carne, o que induz a realizar estudos sobre antioxidantes. Este trabalho investigou a ação da ficocianina, α-tocoferol e ácido ascórbico, em substituição parcial ao nitrito, na manutenção da cor da linguiça mista defumada. No preparo das linguiças foram utilizados seis tratamentos (0,005% nitrito de sódio + antioxidante) e um controle (0 A) contendo somente nitrito. Os tratamentos testados foram: 1 A e 1 B (ácido ascórbico), 2 A e 2 B (α-tocoferol), 3 A e 3 B (ficocianina). As linguiças foram defumadas durante oito horas a 65 ºC e armazenadas a 4 ºC e foram analisadas quanto a cor, pH e nitrito residual.O tratamento 2 B mostrou-se mais eficiente na manutenção da cor vermelha, pela ação doα-tocoferol. A incorporação do ácido ascórbico (tratamento 1 A) acelerou a redução da metamioglobinae a conversão do nitrito em óxido nítrico. A adição de ficocianina (tratamento 3 A) reduziu a intensidadede cor vermelha e aumentou a intensidade de coloração amarela e a luminosidade.
Descritores: Antioxidantes
Colorimetria
Mioglobina
Nitritos
Produtos da Carne
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  2 / 140 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Cunha, Mariem Rodrigues Ribeiro
Texto completo
Id: lil-620805
Autor: Gonçalves, Janilson Fernandes; Oliveira, Wemerson de Castro; Silva, Claudia Aparecida de Oliveira e; Cunha, Mariem Rodrigues Ribeiro; Pereira, Flavio Rodrigues.
Título: Ocorrência de nitratos e nitritos em queijos minas frescal, mussarela, parmesão e prato / Ocurrence of nitrate and nitrite in cheeses minas frescal, mozzarella, parmesan and prato
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;70(2):193-198, abr.-jun. 2011. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Neste trabalho foram avaliados os teores de nitratos e nitritos em queijos expostos à venda no Estado de Minas Gerais em 2009. As análises qualitativas e quantitativas foram realizadas em 77 amostras de queijos: Minas Frescal, Mussarela, Parmesão e Prato, coletadas pela Vigilância Sanitária por meio de PROMAC –Programa de Monitoramento de Aditivos e Contaminantes. Do total de amostras de queijo Minas Frescal, 7 apresentaram não conformidade com a legislação brasileira, em função da presença de nitrato. Os teores de nitrato estavam acima do limite estabelecido pela legislação em 18 das amostras de queijo Parmesão. No queijo Prato foram encontradas 10 das amostras com teor de nitrato acima do limite máximo permitido. Todas as amostras de queijo Mussarela avaliadas estavam em conformidade com a legislação. Em todas as amostras de queijo analisadas neste estudo não houve ocorrência de nitrito.
Descritores: Legislação sobre Alimentos
Nitratos
Nitritos
Nitrosaminas
Queijo
Tipo de Publ: GOVERNMENT PUBLICATIONS
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  3 / 140 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-458453
Autor: Dias, Nelson Aranha.
Título: Estudo sistemático da redução de nitrato por hidrazina para determinação de nitratos em águas e aditivos alimentícios, em fluxo / Spectrophotometric determination of nitrate in water and food additives by reduction with hydrazine sulphate and diazotization of nitrite measurement by SIA (sequential infection analysis).
Fonte: São Paulo; s.n; 2005. 115 p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a São Paulo (Estado). Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças. Programa de Pós-Graduação em Ciências para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Os nitratos e nitritos são substâncias que entram no corpo humano através de alimentos de origem animal, vegetal ou da água. Também são introduzidos como aditivos alimentícios (conservadores) que, apesar de evitarem o desenvolvimento do Clostridium botulinum em produtos cárneos, apresentam os riscos de ocorrência de metemoglobinemia e formação de nitrosaminas cancerígenas. Isto tudo justifica o seu controle analítico pelas autoridades sanitárias. O método oficial (AOAC) recomenda o uso da reação de diazotação/copulação de Griess com detecção colorimétrica para o nitrito, sendo o nitrato reduzido a nitrito em coluna de cádmio e detectado como íon nitrito. Este método gera íons Cd+2 altamente tóxicos com implicações à saúde ocupacional e ambiental. O método proposto visa substituir o redutor Cd pelo sulfato de hidrazina/sulfato de cobre. A técnica empregada com o redutor investigado foi a análise por injeção sequencial (SIA). Foram analisadas amostras de águas e aditivos alimentícios para a comparação da eficiência dos dois métodos de redução. Os resultados analíticos mostraram boa correlação entre os dois métodos tanto para as amostras de águas como para os aditivos. Os estudos de eficiência da redução revelaram equivalência entre os redutores Cd e sulfato de hidrazina. Além desses resultados, foram realizados estudos de recuperação do método proposto em águas e aditivos, com valores próximos de 100%. O método apresentou linearidade até 3,5mg.L-1 de N-NO3- e limites de detecção (L.D.) 0,06 e 0,08mg.L-1 para o N-NO2- e N-NO3- respectivamente. Os limites de quantificação (L.Q.) foram 0,08 e 0,25mg.L-1 para o N-NO2- e N-NO3- respectivamente.
Descritores: Aditivos Alimentares
Análise de Injeção de Fluxo
Cádmio
Nitratos/análise
Nitritos/análise
Água
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W4, D541e, 2005


  4 / 140 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-933103
Autor: Dias, Nelson Aranha.
Título: Estudo sistemático da redução de nitrato por hidrazina para determinação de nitratos em águas e aditivos alimentícios, em fluxo.
Fonte: São Paulo; s.n; 2005. 115 p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a São Paulo(Estado) Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças. Programa de Pós-Graduação em Ciências para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Os nitratos e nitritos são substâncias que entram no corpo humano através de alimentos de origem animal, vegetal ou da água. Também são introduzidos como aditivos alimentícios (conservadores) que, apesar de evitarem o desenvolvimento do Clostridium botulinum em produtos cárneos, apresentam os riscos de ocorrência de metemoglobinemia e formação de nitrosaminas cancerígenas. Isto tudo justifica o seu controle analítico pelas autoridades sanitárias. O método oficial (AOAC) recomenda o uso da reação de diazotação/copulação de Griess com detecção colorimétrica para o nitrito, sendo o nitrato reduzido a nitrito em coluna de cádmio e detectado como íon nitrito. Este método gera íons Cd+2 altamente tóxicos com implicações à saúde ocupacional e ambiental. O método proposto visa substituir o redutor Cd pelo sulfato de hidrazina/sulfato de cobre. A técnica empregada com o redutor investigado foi a análise por injeção sequencial (SIA). Foram analisadas amostras de águas e aditivos alimentícios para a comparação da eficiência dos dois métodos de redução. Os resultados analíticos mostraram boa correlação entre os dois métodos tanto para as amostras de águas como para os aditivos. Os estudos de eficiência da redução revelaram equivalência entre os redutores Cd e sulfato de hidrazina. Além desses resultados, foram realizados estudos de recuperação do método proposto em águas e aditivos, com valores próximos de 100%. O método apresentou linearidade até 3,5mg.L-1 de N-NO3- e limites de detecção (L.D.) 0,06 e 0,08mg.L-1 para o N-NO2- e N-NO3- respectivamente. Os limites de quantificação (L.Q.) foram 0,08 e 0,25mg.L-1 para o N-NO2- e N-NO3- respectivamente.
Descritores: Cádmio
Análise de Injeção de Fluxo
Aditivos Alimentares
Nitratos/análise
Nitritos/análise
Água
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W4, D541e, 2005; BR76.1


  5 / 140 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-886701
Autor: COSTA, OSCAR T F DA; RAMOS, CLEVERSON A; DUNCAN, WALLICE P; LAMEIRAS, JULIANA L V; FERNANDES, MARISA N.
Título: Mitochondria-rich cells changes induced by nitrite exposure in tambaqui (Colossoma macropomum Cuvier, 1818)
Fonte: An. acad. bras. ciênc;89(2):965-972, Apr.-June 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas.
Resumo: ABSTRACT The gill mitochondria-rich cells of the juvenile Amazonian fish Colossoma macropomum were analyzed using light and scanning and transmission electron microscopy after 96 h exposure to 0.04 and 0.2 mM nitrite. Although the number of mitochondria-rich cells decreased significantly in the lamellar epithelium, no decrease was found in the interlamellar region of the gill filament. Nitrite exposure caused significant reduction on the apical surface area of individual mitochondria-rich cells (p < 0.05), with a resulting reduction of the fractional area of these cells in both the lamellar and filament epithelium. Swelling of endoplasmic reticulum cisternae, nuclear envelope and mitochondria were the main changes found in the mitochondria-rich cells. Cristae lysis and matrix vacuolization characterized the mitochondrial changes. The overall ultrastructural changes indicated cellular functional disruption caused by exposure to nitrite. The changes observed in the gill indicate that the cellular structures involved in the process of energy production become severely damaged by exposure to nitrite indicating irreversible damage conducting to cell death.
Descritores: Morte Celular
Exposição Ambiental
Characidae
Brânquias/citologia
Brânquias/efeitos dos fármacos
Mitocôndrias/efeitos dos fármacos
-Microscopia Eletrônica de Varredura
Análise de Variância
Microscopia Eletrônica de Transmissão
Nitritos/toxicidade
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 140 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-888796
Autor: Wasielesky, W J; Poersch, L H; Martins, T G; Miranda-Filho, K C.
Título: Chronic effects of nitrogenous compounds on survival and growth of juvenile pink shrimp / Efeito crônico de compostos nitrogenados sobre a sobrevivência e crescimento de juvenis de camarão rosa
Fonte: Braz. j. biol;77(3):558-565, July-Sept. 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract In response to growing worldwide market demand, intensive shrimp farming, based on high feed, has developed over the past decade. The nitrogenous compounds mainly generated by animal excretion can cause deterioration of water quality and produce chronic or even acute toxicity to aquatic animals. As prevention, theoretical safety levels have been estimated from acute toxicity tests and they are traditionally used to prevent toxic effects on biota. However, are those concentrations of nitrogenous compounds really safe to Farfantepenaeus paulensis? The current study aimed to investigate the lethal and sublethal effects of ammonia, nitrite and nitrate to juvenile F. paulensis based on safety levels. Each experiment was performed independently in 100 L tanks for 30 days. The survival rates and wet weight of all shrimps were recorded every 10 days. The concentrations tested for ammonia, nitrite and nitrate were respectively: treatment "T1/4", a quarter of the safety level (0.91 mg/L TA-N, 2.55 mg/L NO2--N and 80.7 mg/L NO3--N); treatment "TSL", the safety level (3.65 mg/L TA-N, 10.2 mg/L NO2--N and 323 mg/L NO3--N); and treatment "T2X", twice the safety level (7.30 mg/L TA-N, 20.4 mg/L NO2--N and 646 mg/L NO3--N). For F. paulensis cultivation, the real safety level for nitrite was estimated to be 2.55 mg/L NO2--N. For ammonia and nitrate, the recommended concentrations were <0.91 mg/L TA-N corresponding to 0.045 mg/L NH3-N and <80.7 mg/L NO3--N, respectively.

Resumo Em resposta à crescente demanda do mercado mundial, a carcinicultura intensiva tem se desenvolvido ao longo da última década. Os compostos nitrogenados gerados principalmente pela excreção dos animais podem causar a deterioração da qualidade da água e produzir toxicidade crônica ou mesmo aguda para os animais cultivados. Como prevenção, os níveis de segurança teóricos são estimados a partir de testes de toxicidade aguda e são tradicionalmente usados para evitar efeitos tóxicos sobre a biota. No entanto, as estimativas das concentrações dos compostos nitrogenados são realmente seguras para Farfantepenaeus paulensis? O presente estudo teve como objetivo investigar os efeitos letais e subletais da amônia, nitrito e nitrato em juvenis de camarão marinho F. paulensis com base em níveis de segurança. Cada experimento foi realizado de forma independente em tanques com capacidade de 100 L durante 30 dias. As taxas de sobrevivência e peso úmido de todos os camarões foram registrados a cada 10 dias. As concentrações testadas para amônia, nitrito e nitrato foram respectivamente: "T1/4", um quarto do nível de segurança (0,91 mg/L N-AT, 2,55 mg/L de N-NO2- e 80,7 mg/L N-NO3-); "TSL", nível de segurança (3,65 mg/L N-AT, 10,2 mg/L de N-NO2- e 323 mg/L N-NO3-); e "T2X", duas vezes o nível de segurança (7,30 mg/L N-AT, 20,4 mg/L de N-NO2- e 646 mg/L de N-NO3-). Para a criação de F. paulensis, o nível de segurança real para nitrito foi estimado em 2,55 mg/L N-NO2-. Para amônia e nitrato, concentrações recomendadas foram: <0,91 mg/L N-AT correspondente a 0,045 mg/L N-NH3 e <80,7 mg/L N-NO3-, respectivamente.
Descritores: Penaeidae/efeitos dos fármacos
Amônia/toxicidade
Nitratos/toxicidade
Nitritos/toxicidade
-Aquicultura
Penaeidae/crescimento & desenvolvimento
Penaeidae/fisiologia
Testes de Toxicidade Crônica/veterinária
Longevidade
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 140 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-404801
Autor: Stertz, Sônia C; Penteado, Patrícia T. P. S; Freitas, Renato João S. de.
Título: Nitritos e nitratos em hortícolas produzidas pelos sistemas de cultivo convencional, orgânico e hidropônico na Região Metropolitana de Curitiba / Nitrites and nitrates in horticultures produced by the conventional, organic and hydroponic cultivation systems in the Metropolitan Region of Curitiba
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;63(2):200-207, jul.-dez. 2004. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Os nitritos e nitratos acumulam-se naturalmente nos vegetais pelo efeito de diversos fatores, como temperatura, pluviometria, irrigação, regime de fertilização nitrogenada e insolação, podendo ocasionar riscos à saúde humana, relacionados à possibilidade de ocorrência da metahemoglobinemia e da formação de N-nitrosaminas com efeitos carcinogênicos, teratogênicos e mutagênicos. O objetivo deste trabalho foi avaliar o teor de nitritos e nitratos presentes em hortícolas convencionais (C), orgânicas(O) e hidropônicas(H), produzidas e/ou comercializadas na Região Metropolitana de Curitiba. Foram coletadas 141 amostras de hortícolas incluindo C,O e H e determinados os teores de nitritos e nitratos por cromatografia iônica de alta eficiência. As culturas que apresentaram as maiores concentrações (em mg/kg) de nitritos e nitratos foram: agrião C, O e H (498,37;3259,59 e 2623,6); alface C,O e H (798,86; 459,98 e 1778,64); e espinafre C e O(1376,53 e 877,73). Consequentemente, foram as que apresentaramas maiores restrições ao consumo, variando de cerca de 192 a 301g para o espinafre convencional e hidropônico, considerando a IDA para nitritos e nitratos fixada pela Comunidade Européia e FAQ/WHO, para uma pessoa com 70kg. Os menores valores foram obtidos nas culturas de batata C e O (75,83 e 15,52). O estudo indicou grande variação entre as culturas, o que sugere a necessidade de monitoramento e técnicas de manejo mais apropriadas para cada tipo de hortícola
Descritores: Alimentos Integrais/análise
Hidroponia
Nitratos/toxicidade
Nitritos/toxicidade
Plantas/toxicidade
-Cromatografia
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  8 / 140 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-268390
Autor: Turra, Marilena; Ayub, Marco A. Záchia.
Título: Estudo da variaçäo do teor de nitritos e nitratos em embutidos coloniais: possíveis implicaçöes para saúde pública / Studies of the content variability of nitrites and nitrates in cottage sausage: possible public heatlh implications
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;58(2):113-120, jul.-dez.1999. graf.
Idioma: pt.
Resumo: Nitratos e nitritos säo aditivos largamente utilizados em produtos cárneos, por contribuírem para fixaçäo da cor róseo-avermelhado da carne curada, um fator altamente desejável do ponto de vista sensorial, além de possuírem comprovada açäo bacteriostática. Estes conservantes apresentam, entretanto, efeitos tóxicos à saúde humana, sendo seu uso e controle objeto de pesquisa no mundo inteiro. No Brasil, säo abundantes os pequenos fabricantes de embutidos "coloniais" (uma designaçäo regional), que se caracterizam por métodos artesanais de fabricaçäo, quase sempre sem controle técnico quanto às especificaçöes dos produtos. Neste trabalho, foi investigada a variaçäo quantitativa destes conservantes praticada por estes produtores. A cidade de Blumenau foi escolhida para a realizaçäo do levantamento quantitativo destes compostos, porque constitui-se em uma localidade com forte tradiçäo na fabricaçäo de embutidos cárneos. Foram escolhidos 9 produtores selecionados aleatoriamente dentre os 18 cadastrados pelo Serviço Municipal de Inspeçäo daquela cidade. Obteve-se a média semanal das amostras de lingüiças defumadas de cada produtor individualmente. O experimento estendeu-se por três semanas e foi possível observar uma significativa heterogeneidade, sem critério técnico na utilizaçäo destes aditivos, por parte dos produtores. Tanto para nitritos, como para nitratos, observou-se ainda que a quantidade utilizada ficou muito abaixo dos valores recomendados pela legislaçäo, implicando em possíveis riscos à saúde pública e reduçäo de vida-de-prateleira dos produtos
Descritores: Aditivos Alimentares/análise
Nitratos/toxicidade
Nitritos/toxicidade
Conservação de Alimentos
-Controle de Qualidade
Qualidade dos Alimentos
Conservantes de Alimentos/análise
Análise de Alimentos
Saúde Pública
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  9 / 140 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Rath, Susanne
Ximenes, Maria I. N
Reyes, Félix G. R
Id: lil-157336
Autor: Rath, Susanne; Ximenes, Maria I. N; Reyes, Felix G. R.
Título: Teor de nitrato e nitrito em vegetais cultivados no Distrito Federal: um estudo preliminar / Nitrate and nitrit in vegetable cultived at Distrito Federal: preliminary study
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;54(2):126-30, 1994. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Amostras de alface, couve e espinafre cultivadas no Distrito Federal foram analisadas quanto ao teor de nitrato e nitrito. A determinacao do nitrito foi baseada no metodo de Follett e Ratcliff, reacao com acido sulfanilico e 1-naftol e determinacao espectrofotometrica, em 474 nm, do azo composto formado. O nitrato foi determinado de maneira semelhante apos reducao a nitrito em coluna de cadmio. De 26 amostras analisadas, 84 por cento apresentaram um teor de nitrito acima de 500mg/kg e 58 por cento acima de 1000mg/kg. O maior valor encontrado foi de 2881 mg de nitrato de sodio/kg em uma amostra de couve. Nitrito nao foi detectado em nenhuma das amostras analisadas. O limite de determinacao do metodo foi de 20 e 16 mg/kg de amostra para nitrato de sodio e nitrito de sodio, respectivamente
Descritores: Plantas
Nitratos
Nitritos
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  10 / 140 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Yabiku, Helena Y
Chicourel, Elizabeth L
Id: lil-115148
Autor: Silveira, Neusa Vitória V; Yabiku, Helena Y; Duarte, Marilda; Takahashi, Mickiko Y; Chicourel, Elizabeth L.
Título: Níveis de nitritos, nitratos e sorbatos em queijos curados comercializados na cidade de Säo Paulo / Nitrite, nitrate and sorbate levels in cured cheese sold in Säo Paulo city
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;51(1/2):37-40, 1991. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Foram realizadas determinaçöes de nitritos, nitratos e sorbatos em 112 amostras de queijos curados adquiridos nos supermercados da cidade de Säo Paulo, correspondendo às diferentes formas: ralados, fatiados e em pedaços. Das 112 amostras analisadas, 81 (72,32%) näo apresentaram nitritos e nitratos. Oito (7,14%) apresentaram presença de nitrato das quais uma estava acima do limite permitido pela legislaçäo brasileira e nas demais 23 amostras, os níveis de nitritos e nitratos estavam abaixo do limite de detecçäo do método que é de 10mg/kg(ppm). Em relaçäo aos sorbatos, do total das amostras analisadas, 60 eram de queijo ralado e destas, 46(76,66%) apresentaram níveis de sorbatos acima do limite permitido pela legislaçäo brasileira
Descritores: Queijo
Nitritos
Análise de Alimentos
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação



página 1 de 14 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde