Base de dados : LILACS
Pesquisa : D01.268.380.150 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 117 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 12 ir para página                         

  1 / 117 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-964885
Autor: Wutzki, Carlos Rafael; Jaccoud Filho, David de Souza; Vrisman, Cláudio Maurício; Juliatti, Fernando Cezar; Nascimento, Aguinaldo José do.
Título: Alternative products to control Sclerotinia sclerotiorum in soybean / Produtos alternativos no controle de Sclerotinia sclerotiorum na cultura da soja
Fonte: Biosci. j. (Online);31(5):1423-1431, sept./oct. 2015.
Idioma: en.
Resumo: The aim of this study was to evaluate different alternative products, foliar sprayed either alone or in combination with fungicide fluazinam, to control white mold in soybean at three locations: Arapoti, Mauá-da-Serra, and Pinhão, in Paraná state, southern Brazil. The following chemical products were used: sodium dichloroisocyanurate, benzalkonium chloride, pyroligneous extract, sodium hypochlorite, cobalt + molybdenum, sucrose, sodium bicarbonate and acibenzolar-S-methyl. Incidence, severity, yield, and number of sclerotia produced were analyzed. The majority of the variables did not follow the normal distribution of the data according to the Kolmogorov-Smirnov test; therefore, the use of non-parametric analysis was necessary. The analysis of all the treatments individually revealed no significant effects so it was decided to separate the analysis into the following groups of treatments: 'control', treatments using alternative products ('alternatives'), treatment only with fungicide ('fungicide') and treatments with alternative products and fungicide ('alternatives + fungicide'). In Arapoti, no significant differences for any variables were observed. In Mauá-da-Serra, the 'fungicide' and 'alternatives + fungicide' had the lowest incidence and number of sclerotia, with higher yield when compared to 'control' and 'alternatives'. No differences were observed for severity. In Pinhão, the 'fungicide' and 'alternatives + fungicide' were superior for incidence, number of sclerotia produced, and yield when compared to the 'control' and 'alternatives'. The 'alternatives + fungicide' showed significantly lower severity when compared to the control, 'alternatives' and 'fungicide' in Pinhão experiment. In conclusion, the alternative products applied in combination with fluazinam resulted in lower severity of white mold in soybean in the experiment conducted in Pinhão, and the application of fluazinam alone or in combination with alternative products, was efficient to control white mold in soybean in locations with high disease incidence.

O objetivo deste estudo foi avaliar diferentes produtos alternativos pulverizados via foliar, isoladamente ou em combinação com o fungicida fluazinam para o controle do mofo branco na cultura da soja, em três locais: Arapoti, PR, Mauá-da-Serra, PR e Pinhão, PR, Brasil. Os produtos utilizadas foram: dicloroisocianurato de sódio, cloreto de benzalcônio, extrato pirolenhoso, hipoclorito de sódio, cobalto + molibdenio, sacarose, bicarbonato de sódio e acibenzolar-S-metil. As variáveis analisadas foram incidência, severidade, rendimento e o número de escleródios produzidos. A maioria das variáveis não segue a distribuição normal dos dados conforme o teste Kolmogorov-Smirnov, assim sendo, o uso de testes não-paramétricos se fez necessário. A análise de todos os tratamentos individualmente não revelou efeitos significativos, onde optou-se por separar a análise em grupos de tratamentos, onde a testemunha foi denominada "controle"; os tratamentos com os produtos alternativos como "alternativos", o tratamento com o fungicida isolado como "fungicida" e os tratamentos com produtos alternativos e fungicida foi denominado "alternativos + fungicidas". Em Arapoti, não foram observadas diferenças estatisticamente significantes em nenhuma das variáveis analisadas. Em Mauá-da-Serra, os grupos 'fungicida' e 'alternativos + fungicida', apresentaram a menor incidência e número de escleródios, com maior rendimento quando comparados aos grupos 'controle' e 'alternativos'. Não foram observadas diferenças na severidade. Em Pinhão, os grupos 'fungicida' e 'alternativos + fungicida' foram estatisticamente superiores para incidência, número de escleródios produzidos e rendimento, quando comparados aos grupos 'controle' e 'alternativos'. O grupo 'alternativo + fungicida' apresentou severidade significativamente menor quando comparado aos grupos 'controle', 'alternativos' e 'fungicida' no experimento conduzido em Pinhão. Como conclusões, observou-se que os produtos alternativos aplicados em associação com o fungicida fluazinam proporcionaram menor severidade do mofo branco na cultura da soja no experimento conduzido em Pinhão, PR, e a aplicação do fungicida fluazinam isolado ou em associação com os produtos alternativos foi eficiente no controle do mofo branco na cultura da soja nos locais com alta incidência da doença.
Descritores: Ascomicetos
Feijão de Soja
Cloro
Estatísticas não Paramétricas
Fungos
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  2 / 117 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1701
Autor: Silva, Wanerline de Lima; Medeiros, Rafael Augusto Batista de; Pires, Edleide Maria Freitas.
Título: Eficiência do cloro para sanitização de hortaliças / Chlorine efficiency for vegetable sanitation
Fonte: Hig. aliment;30(256/257):132-136, maio/junho 2016. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Esta pesquisa visou avaliar a eficiência do cloro na sanitização de vegetais folhosos usados em saladas cruas. Foram utilizadas 24 amostras de folhosos diversos, sendo 12 coletadas após lavagem em água corrente e 12 após a sanitização com solução de cloro na concentração de 200 ppm por imersão durante 15 minutos. As amostras foram transferidas para o laboratório e imediatamente submetidas à análise de Coliformes totais, por meio da técnica de Tubos múltiplos, a fim de determinar o Número Mais Provável de Coliformes totais por grama de amostra (NMP/g), conforme metodologia estabelecida por AOAC. Os resultados obtidos em todas as amostras demonstraram redução da concentração de Colifomes após os folhosos serem submetidos à sanitização com cloro, havendo situações nas quais o NMP de Coliformes foi reduzido a um limite superior à detecção do método. Diante dos resultados pode-se concluir que o cloro apresenta eficiência para sanitização de folhosos.

This research has the purpose to evaluate the efficiency of chlorine in the leafy vegetables used in raw salads. There were used 24 samples of several leafy, 12 samples collected after washed in running water an 12 after sanitizing with chlorine solution at 200ppm concentration by immersion during 15 minutes. The samples were transferred for the lab and promptly submitted to coliforms analysis by the multiple tubs technique, with the purpose to find out the most probable number of total coliforms by gram of sample (NMP/g) accordingly established methodology by AOAC. The results obtained in all the samples showed a reduction in the concentration of coliforms after leafs were submitted to sanitizing in chlorine, there were situation in which the NMP of coliforms was reduced to a superior limit to the method detection. With the results its possible to concluded that chorine show sanitizing efficiency for leafs.
Descritores: Verduras/microbiologia
Contaminação de Alimentos/prevenção & controle
Cloro/administração & dosagem
Desinfecção/métodos
Alimentos Crus
-Amostras de Alimentos
Análise Microbiológica
Coliformes
Método de Tubulação Múltiplo
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  3 / 117 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-884014
Autor: Dias, Maiara Fonseca; Condé, Patrícia Rodrigues; Vaneli, Neumara Ribeiro; Martins, Maurilio Lopes.
Título: Influência da cloração da água utilizada na higienização de tanques de expansão na qualidade do leite cru refrigerado / Influence of the chlorination of the water used in the hygiene of expansion tanks in the quality of refrigerated raw milk
Fonte: Hig. aliment;32(276/277):108-112, fev. 27, 2018.
Idioma: pt.
Resumo: [{"text": "Este trabalho objetivou avaliar a\r\ninfluência da cloração da água utilizada\r\nna higienização de tanques de\r\nexpansão na contagem de Escherichia\r\ncoli e Pseudomonas sp. do leite\r\ncru refrigerado. Amostras de leite cru\r\ne de água de18 tanques de expansão\r\nforam avaliadas por um ano, sendo\r\nque em 9 tanques não havia sistema\r\nde cloração da água implantado no\r\ndecorrer de 12 meses e nos outros\r\n9, por 6 meses não houve cloração\r\nda água e nos 6 meses seguintes o\r\nsistema foi implantado. Para determinação\r\nde E. coli no leite cru e na\r\nágua utilizou-se a técnica do Número\r\nMais Provável (NMP) e para\r\na contagem de Pseudomonas sp.\r\nutilizou-se Ágar Para Isolamento de\r\nPseudomonas (PIA). Constataram-\r\n-se valores médios de 1,5NMP/mL e\r\n1,6NMP/mLde E. coli no leite e na\r\nágua, respectivamente, nas amostras\r\nprovenientes dos 9 tanques em que a\r\nágua utilizada não foiclorada por 12\r\nmeses. As amostras de leite e água\r\nprocedentes dos 9 tanques que receberam\r\nágua clorada durante a limpeza\r\npor 6 meses apresentaram em média\r\n1,8NMP/mL e < 1,1 NMP/mL de\r\nE.coli, respectivamente. A contagem\r\nmédia de Pseudomonas sp. nas amostras\r\nde água procedentes dos 9 tanques\r\nem que a água utilizada no processo\r\nde limpeza não recebeu cloração por\r\n6 meses e que posteriormente passou\r\na ser clorada foi 1,1x103UFC/mL e\r\n1,2x102UFC/mL, respectivamente.\r\nPor outro lado,amédia das contagens\r\nde Pseudomonas sp. foi de 9,8x104\r\nUFC/mL e 5,1x105 UFC/mL nas\r\namostras de leite procedentes dos tanques\r\nem que a água utilizada no processo\r\nde limpeza não recebeu cloração\r\npor 6 meses e que posteriormente\r\npassou a ser clorada, respectivamente,\r\no que indica que esta bactéria acessa o\r\nleite cru a partir de diferentes fontes\r\nde contaminação, além da água. Assim,\r\na cloração foi eficiente apenas\r\nna redução da contagem de E. coli e\r\nPseudomonas sp. na água.(AU)", "_i": "pt"}]
Descritores: Amostras de Água
Cloro/análise
Desinfecção da Água/métodos
Leite/microbiologia
Armazenamento de Alimentos
-Pseudomonas/isolamento & purificação
Indústria de Laticínios
Escherichia coli/isolamento & purificação
Controle da Contaminação da Água
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR908


  4 / 117 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-876166
Autor: Santos, Rebecca Lavarini dos; Palma, Joana Marchesini; Santana, Ângela Patrícia.
Título: Avaliação da qualidade higienicossanitária de carcaças de bovinos oriundos de abatedouros frigoríficos do Distrito Federal e entorno / Evaluation of the hygiene and sanitary quality of carcasses of cattle from slaughterhouses of the Federal District and reversal
Fonte: Hig. aliment;31(272/273):80-83, 30/10/2017.
Idioma: pt.
Resumo: O trabalho realizado teve como objetivo avaliar a qualidade higienicossanitária de carcaças bovinas, oriundas de abatedouros-frigoríficos sob Inspeção Distrital (Dipova) e Federal (SIF), localizados na região do Distrito Federal e Entorno. Foram realizadas análises microbiológicas para Contagem de micro-organismos Mesófilos aeróbios estritos e facultativos, identificação do Número mais Provável de Coliformes a 45°C e Contagem de Staphylococcus aureus em 05 (cinco) diferentes pontos de 07 (sete) meias carcaças, nas quais as coletas foram realizadas antes e depois da lavagem com água clorada, perfazendo assim um total de 70 análises. Os valores médios dos resultados observados, antes da lavagem com água clorada, para Contagem de micro-organismos Mesófilos aeróbios estritos e facultativos, foram de 9,7 UFC/cm²; para Número Mais provável de Coliformes a 45ºC, de 29 germes/cm² e para Staphylococcus coagulase positivo, de 1 UFC/cm². Os valores observados nas meias carcaças, após a lavagem com água clorada na Contagem de micro- -organismos Mesófilos aeróbios estritos e facultativos foram de 1,5 UFC/ cm²; para a análise de Número Mais Provável de Coliformes a 45ºC, foi de 8,2 germes/cm² e não houve crescimento de Staphylococcus coagulase positiva. Neste trabalho verificou-se a presença de Coliformes a 45ºC e a Contagem de micro-organismos Mesófilos aeróbios estritos e facultativos antes e após a lavagem das meias carcaças e a presença de Staphylococcus coagulase positiva apenas antes das lavagem das mesmas. A lavagem das meias carcaças com água clorada diminuiu o grau de contaminação.(AU)
Descritores: Inspeção de Alimentos
Carne/análise
Carne/microbiologia
Saneamento de Matadouros
-Cloro
Desinfecção/métodos
Contaminação de Alimentos/prevenção & controle
Inocuidade dos Alimentos
Limites: Animais
Bovinos
Responsável: BR908


  5 / 117 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-873540
Autor: Ludwig, Angélica; Hoffmeister, Marcele Koch; Irala, Luis Eduardo Duarte; Salles, Alexandre Azevedo; Limongi, Orlando; Soares, Renata Grazziotin.
Título: Análise da concentração de cloro ativo e pH em amostras de hipoclorito de sódio 1 % / Analysis of active chlorine and pH concentration in samples of sodium hypochlorite 1 %
Fonte: RSBO (Impr.);4(1):29-36, maio 2007. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Foram analisados o teor de cloro ativo e o pH em amostras da solução de hipoclorito de sódio a 1%, provenientes de 3 diferentes frascos onde estavam armazenadas (frasco Pet 1, Pet 2 e Pet 3). Uma amostra de cada frasco foi colhida imediatamente no momento da abertura das embalagens (tempo 0:T), e as outras três (uma de cada frasco) foram deixadas expostas a luz e temperatura ambiente por aproximadamente 3 horas e posteriormente levadas para análise (tempo 1:T1). Conclui-se que em todas as amostras houve diminuição do teor de cloro ativo de T0 para T1. Apenas nas amostras provenientes do primeiro frasco (Pet 1) o pH baixou de 12,00 para 11,50(de T0 para T1). A porcentagem de teor de cloro ativo não condizia com o descrito no rótulo nas amostras provenientes dos três frascos Pet
Descritores: Cloro
Hipoclorito de Sódio
Responsável: BR39.2 - Biblioteca Professora Maria Dilma de Oliveira Gonçalves


  6 / 117 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Spanó, Júlio César Emboava
Barbin, Eduardo Luiz
Id: biblio-872580
Autor: Spanó, Júlio César Emboava; Barbin, Eduardo Luiz; Santos, Tanit Clementino; Guimarães, Luiz Fernando; Pécora, Jesus Djalma.
Título: Solvent action of sodium hypochlorite on bovine pulp and physico-chemical properties of resulting liquid / Ação solvente da solução de hipoclorito de sódio sobre o tecido pulpar bovino e as propriedades físico-quimica do líquido resultante
Fonte: Braz. dent. j;12(3):154-157, set.-dez. 2001. tab.
Idioma: en.
Resumo: Estudou-se, in vitro, a ação solvente de quatro concentrações da solução de hipoclorito de sódio (0,5, 1,0, 2,5 e 5,0 por cento) sobre o tecido pulpar bovino, o teor de cloro residual, pH e a tensão superficial antes e após a dissolução. Um fragmento do tecido pulpar bovino era submerso na solução de hipoclorito de sódio que circulava em um aparato composto de uma bomba peristáltica e uma seringa Luer Lok e anotava-se o tempo até a total dissolução deste fragmento. De acordo com a metodologia empregada e com os resultados obtidos concluiu-se que: quanto maior a concentração da solução de hipoclorito de sódio maior a velocidade de dissolução do tecido pulpar, todas as soluções de hipoclorito de sódio apresentaram redução do pH e da tensão superficial após os testes de dissolução e as soluções de maior concentração apresentam menor consumo de cloro para a realização da dissolução tecidual
Descritores: Polpa Dentária
Hipoclorito de Sódio
-Cloro
Concentração de Íons de Hidrogênio
Relação Dose-Resposta a Droga
Técnicas In Vitro
Solventes
Tensão Superficial
Limites: Animais
Bovinos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 117 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-871551
Autor: Silva Junior, João Manoel da.
Título: Acidose metabólica em pacientes cirúrgicos de alto risco: importância prognóstica / Metabolic acidosis assessment in high-risk surgical patients: prognostic importance.
Fonte: São Paulo; s.n; 2015. [91] p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Justificativa e Objetivos: Acidose é uma desordem muito frequente em pacientes cirúrgicos. Neste cenário, permanecem incertas as implicações clínicas da acidose e características de cada tipo. Portanto, é relevante tentar elucidar o papel de cada tipo de acidose no prognóstico de pacientes cirúrgicos de alto risco. Método: Trata-se de estudo multicêntrico observacional prospectivo, realizado em três diferentes hospitais. Os pacientes que necessitassem no pós-operatório de cuidados intensivos foram incluídos no estudo consecutivamente. Pacientes com baixa expectativa de vida (câncer sem perspectiva de tratamento), pacientes com insuficiência hepática (child B ou C), insuficiência renal (Clearence de creatinina < 50 mL/min ou hemodiálise prévia), diagnóstico de diabetes previamente foram excluídos. Os pacientes classificados na admissão da UTI quanto ao tipo de acidose que desenvolviam no pós-operatório imediato foram acompanhados até 30 dias e alta hospitalar. Tal classificação avaliou acidose metabólica, pela quantificação da diferença de base menor que -4 mmol/L, anion gap corrigido pela albumina (AG) e lactato aumentados, quando maiores que 12 e 2 mmo/L, respectivamente. Então, os pacientes foram classificados como acidose metabólica hiperlactatemica, aumentado e normal (hipercloremica) anion gap corrigido pela albumina. Resultados: O total de 618 pacientes foram incluídos durante dois anos. A incidência de acidose metabólica foi 59,1% na UTI, porém 148 (23,9%) apresentaram hipercloremica, 131 (21,2%) revelaram hiperlactatemia, 86 (13,9%) AG aumentado e em 253 (40,9%) não ocorreu acidose metabólica. Dentre todas as cirurgias, pacientes de cirurgia gastrointestinal foram associados a maiores porcentagens de acidose metabólica 46,2% versus 19,8% sem acidose, P < 0,05. Interessantemente, acidose com hipercloremia apresentou mais altos valores de cloro na admissão da UTI 115,0 ± 5,7 meq/L (P < 0,05) e receberam maiores quantidades de solução fisiológica 0,9% no...

Background: Acidosis is a very frequent disorder in surgical patients. In this patient set there remains uncertainty the clinic implications from acidosis and characteristics postoperatively. Therefore, it is very important to evaluate the role of each acidosis type in outcome for high-risk surgical patients. Methods: Multicenter prospective observational study was performed in three different hospitals. The patients who needed postoperative ICU were involved in the study consecutively. Patients with low life expectancy (cancer without treatment), hepatic failure, renal failure, and diabetic diagnosis were excluded. The patients were followed until 30 days and hospital discharge. On ICU admission, immediately postoperative period, the patients were classified to each type of acidosis. The classification evaluated metabolic acidosis as base excess < -4 mmol/L and high albumin-corrected anion gap (AG) and hyperlactatemia, both > 12 and > 2 mmol/L, respectively. So, the metabolic acidosis classification patients were related to hyperlactatemic, high and normal (hyperchloremic) albumin-corrected anion gap. Results: The study enrolled 618 patients during 2 years. Overall, the acidosis incidence was 59.1% on ICU admission, 148 (23.9%) hyperchloremic, 131 (21.2%) hyperlactatemia, 86 (13.9%) a high anion gap and in 253 (40.9%) there was no metabolic acidosis. The hyperchloremic group presented the highest chlorine level, 115.0 ± 5.7 meq/L (P < 0.05) and highest administration of 0.9% physiologic solution intraoperatively, 3000,0 (2000,0 - 4000,0) mL (P < 0.05). However, in spite of patients didn't present difference in profile demographic and score prognostic, those who remain after 12 hours with acidosis, depend on groups classification in postoperatively showed greater ICU complications, respectively, hyperlactatemia group 68.8%; high anion gap 68.6%; hyperchloremic 65.8% and no acidosis 59.3%, P = 0.03. Cardiovascular and renal dysfunctions were the main...
Descritores: Equilíbrio Ácido-Base
Acidose
Cloro
Cirurgia Geral
Ácido Láctico
Mortalidade
Estudos Multicêntricos como Assunto
Prognóstico
Limites: Seres Humanos
Adulto
Responsável: BR66.1 - Divisão de Biblioteca e Documentação
BR66.1


  8 / 117 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-827938
Autor: Schneider, A. F; Almeida, D. S; Moraes, A. N; Picinin, L. C. A; Oliveira, V; Gewehr, C. E.
Título: Chlorinated drinking water for lightweight laying hens / Cloração na água de dessedentação para poedeiras leves
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;68(6):1690-1696, nov.-dez. 2016. tab.
Idioma: en.
Resumo: The study aimed to evaluate the effect of different levels of chlorine in drinking water of laying hens on zootechnical performance, eggs shell quality, hemogasometry levels and calcium content in tibia. 144 Hy-Line laying hens, 61 weeks old, were used distributed in 24 metabolism cages. They were subjected to water diets, for a period of 28 days, using sodium hypochlorite as a chlorine source in order to obtain the following concentrations: 5ppm (control), 20ppm, 50ppm, and 100ppm. Their performance was evaluated through water consumption, feed intake, egg production and weight, egg mass, feed conversion. Shell quality was measured by specific gravity. At the end of the experiment, arterial blood was collected for blood gas level assessment and a poultry of each replicate was sacrificed to obtain tibia and calcium content measurement. There was a water consumption reduction from 20ppm of chlorine and feed intake reduction in poultry receiving water with 100ppm of chlorine. The regression analysis showed that the higher the level of chlorine in water, the higher the reduction in consumption. There were no differences in egg production and weight, egg mass, feed conversion, specific gravity, tibia calcium content, and hemogasometry levels (hydrogenionic potential, carbon dioxide partial pressure, oxygen partial pressure, sodium, potassium, chloride, bicarbonate, carbon dioxide total concentration, anion gap and oxygen saturation). The use of levels above 5ppm of chlorine is not recommended in the water of lightweight laying hens.(AU)

Objetivou-se avaliar o efeito de diferentes níveis de cloro na água de dessedentação de poedeiras sobre o desempenho zootécnico, a qualidade da casca dos ovos, os índices hemogasométricos e o teor de cálcio na tíbia. Foram utilizadas 144 poedeiras leves Hy Line, de 61 semanas de idade, distribuídas em 24 gaiolas de metabolismo. As aves foram submetidas, durante um período de 28 dias, a dietas hídricas utilizando-se hipoclorito de sódio como fonte de cloro para compor as seguintes concentrações: 5ppm (controle), 20ppm, 50ppm e 100ppm. O desempenho foi avaliado mediante o consumo de água e ração, a produção e o peso dos ovos, a massa de ovos e a conversão alimentar. A qualidade da casca foi aferida por meio da gravidade específica. Ao final do experimento, coletou-se sangue arterial para avaliação dos índices hemogasométricos e sacrificou-se uma ave de cada repetição para coleta de tíbias e aferição do teor de cálcio. Verificou-se redução do consumo de água a partir de 20ppm de cloro e no consumo de ração em aves que receberam água com 100ppm de cloro. A análise de regressão demonstrou que quanto maior for o nível de cloro na água, maior será a redução no consumo. Não foram observadas diferenças na produção e no peso dos ovos, na massa de ovos, na conversão alimentar, na gravidade específica dos ovos, no teor de cálcio nas tíbias e nos índices hemogasométricos (potencial hidrogeniônico, pressão parcial de gás carbônico, pressão parcial de oxigênio, sódio, potássio, cloro, bicarbonato, concentração total de dióxido de carbono, ânion gap e saturação de oxigênio). Não se recomenda a utilização de níveis superiores a 5ppm de cloro na água de dessedentação de poedeiras leves.(AU)
Descritores: Galinhas
Cloro/administração & dosagem
Casca de Ovo
Ovos/análise
-Gasometria/veterinária
Ingestão de Líquidos
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 117 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Machado, Manoel Eduardo de Lima
Id: lil-790089
Autor: Romolu, Pamela Larissa; Britto, Maria Leticia Borges; Machado, Manoel Eduardo de Lima; Nabeshima, Cleber Keiti.
Título: Comparação do teor de cloro ativo e pH do hipoclorito de sódio 0, 5% fabricado e manipulado / Comparison of active chlorine and pH of manufactured and manipulated sodium hypochlorite 0.5%
Fonte: Full dent. sci;7(25):130-134, jan.2016. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo deste estudo foi verificar a real concentração de cloro ativo e pH do hipoclorito de sódio a 0,5% fabricado e manipulado. Foram analisadas 10 amostras de hipoclorito de sódio 0,5%, sendo 5 adquiridas em comércio e outros 5 em farmácias de manipulação. As amostras foram armazenadas em frascos de vidro âmbar e mantidas em caixa de isopor. Assim, foi realizada a medição de pH com um pHmetro, e o cloro ativo por titulometria. Os dados foram submetidos ao teste de Mann-Whitney (p=0.05). A medição de pH variou de 7.7 a 11.5, com média de 9.45, e em relação à concentração de cloro ativo houve uma variação de 0,04% a 0,45%. A análise estatística não apresentou diferença significante entre os grupos. Pode-se concluir que hipoclorito de sódio 0,5% manipulado e vendido comercialmente não se diferiu entre si em relação à sua concentração, no entanto, há falta de controle entre alguns fabricantes/manipuladores quanto à real concentração de cloro ativo. Maior parte dos produtos comercializados possui pH dentro do proposto na literatura...

The aim of this study was to verify the actual concentration of active chlorine and pH of manufactured and manipulated sodium hypochlorite 0.5%. Ten samples of the sodium hypochlorite 0.5% were analyzed, 5 manufactured and other 5 manipulated. The samples were stored in amber glass bottles and styrofoam box. Then, it was performed the pH measurement using a pHmeter, and the active chlorine by titrimetry. The data were submitted to Mann-Whitney test (p=0.05). PH measuring ranged from 7.7 to 11.5, with a mean of 9.45, and active chlorine concentration ranged from 0.04% to 0.45%. There was no significant difference between the groups. It can be concluded that manufactured and manipulated sodium hypochlorite 0.5% did not differ regarding concentration, and there is no control of concentration for both manufacturer and manipulator. Most of manufactured and manipulated products presented pH in accordance to that proposed in the literature...
Descritores: Cloro/química
Endodontia/métodos
Hipoclorito de Sódio/química
-Estatísticas não Paramétricas
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1264.1 - Biblioteca Setorial Prof Alberto M Campos


  10 / 117 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-789392
Autor: Fielbaum C., Oscar D.
Título: Test del sudor, técnica y errores / Sweat test, technique and errors
Fonte: Neumol. pediátr. (En línea);11(1):19-22, ene. 2016. ilus.
Idioma: es.
Resumo: The quantitative measurement of the sweat electrolytes continue being the gold standard for cystic fibrosis diagnosis. Is very important that centers dedicated to diagnosis and treatment of the disease, have trained personnel in order to measure chloride sweat with the accepted technique in international literature. This paper reviews the main aspects and steps of the quantitative measurement of the sweat chloride concentration, obtained with pilocarpine iontophoresis and the common mistakes commited when realizing it.

La medición cuantitativa de los electrolitos en sudor continúa siendo el examen diagnóstico de la fibrosis quística. Por ello es fundamental que los centros dedicados al diagnóstico y tratamiento de esta enfermedad, cuenten con laboratorios con personal entrenado y capacitado para medir el cloro en el sudor con la técnica aceptada en la literatura. Este artículo revisa los principales aspectos y etapas de la medición cuantitativa de la concentración de cloro en el sudor obtenido con iontoforesis de pilocarpina y los errores más comunes que se cometen al realizarlo.
Descritores: Fibrose Cística/diagnóstico
Testes Diagnósticos de Rotina/normas
Suor/química
-Cloro/análise
Triagem Neonatal/normas
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central



página 1 de 12 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde