Base de dados : LILACS
Pesquisa : D01.268.552.100 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1490 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 149 ir para página                         

  1 / 1490 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-729288
Autor: Coelho, Otávio Rizzi; Romano, Luís Felipe Rodrigues dos Santos Carvalho.
Título: Desafio do diagnóstico da doença coronária aterosclerótica coronária subclínica / Challenge in diagnosis of subclinical coronary disease
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;24(1):10-16, jan.-mar. 2014.
Idioma: pt.
Resumo: A doenças aterosclerótica coronariana (DAC) continua sendo a principal causa de morte. Consequentemente, há interesse crescente no diagnóstico de DAC em assintomáticos. Entretanto, existem alguns questionamentos acerca da indicação e custo-benefício de tal rastreamento, bem como qual ferramenta diagnóstica seria a mais adequada. A DAC obstrutiva pode ocorrer em pacientes pouco sintomáticos ou mesmo assintomáticos, o pode ocorrer progredir rapidamente. A primeira manifestação clínica pode ser angina instável, infarto do miocárdio, ou mesmo morte súbita. A justificativa para a detecção precoce da DAC é que seu diagnóstico nos estágios subclínicos pode permitir a identificação dos indivíduos com risco aumentado de eventos cardíacos adversos e a instituição de tratamento adequado nos indivíduos de alto risco pode melhorar o prognóstico. De acordo com as diretrizes atuais, em pacientes assintomáticos, o teste ergométrico é recomendado apenas em pacientes de alto risco cardiovascular com ECG interpretável e paciente capas de se exercitar. Outros testes diagnósticos não invasivos como ecocardiografia de estresse, ressonância cardíaca de estresse, cintilografia miocárdica, escore de cálcio, angiotomografia coronária só são recomendados em casos selecionados após julgamento clínico. Esses exames são mais adequados em pacientes com ECG não passível de interpretação adequada no teste ergométrico convencional e em pacientes não capazes de se exercitar, com alto risco cardiovascular. Não é recomendado o rastreamento de rotina de DAC em assintomáticos com baixo risco cardiovascular. Naqueles com risco intermediário, os exames mais adequados, levando em consideração o julgamento clínico e o riso-benefício do exame, são o teste ergométrico convencional e o escore de risco.

Coronary heart disease (CHD) remains the leading cause of mortality. There is na increasing interest in the diagnosis of CHD when patients are still asymptomatic. However, questions remaing regarding the appropriateness and cost effectiveness of screening and the best test. Obstructive CHD can exist with few or no symptoms, and can progress rapidly. The The first clinical manifestations can be: acute myocardial infarction (MI), unstable angina, or sudden cardiac death. The explanation for early detection of CHD is that detection during the subclinical stages of disease might permit the identification of patients at increased risk of na acute cardiac event and that appropriate therapy might improve the prognosis of those at high risk. Based on last guidelines, exercise testing in recommended in asymptomatic adults with high cardiovascular risk, able to exercise, and with interpretable ECG. Other non-invasive tests such as stress echocardiography, cardiac resonance, nuclear imaging, coronary tomography, calcium quantification, are only recommended in selected cases after clinical assessment. These tests are more adequate in patients with no interpretable ECG or not able recommended routine screening of CHD in asymptomatic adults with low cardiovascular risk. In those with moderate risk, exercise testing and calcium coronary quatification may be recommended, after clinical assessment.
Descritores: Aterosclerose/diagnóstico
Doença da Artéria Coronariana/diagnóstico
Fatores de Risco
Teste de Esforço/efeitos adversos
Valor Preditivo dos Testes
-Análise Custo-Benefício
Cintilografia/métodos
Cálcio
Diabetes Mellitus
Doenças Assintomáticas
Eletrocardiografia/métodos
Guias como Assunto/normas
Prognóstico
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  2 / 1490 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-847873
Autor: Fernandes, Juliano Lara; Bittencourt, Márcio Sommer.
Título: Escore de cálcio coronariano: onde e quando faz a diferença na prática clínica / Coronary calcium score: where and when does it make a difference in clinical practice
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;27(2):88-95, abr.-jun. 2017. ilus, graf.
Idioma: pt.
Resumo: O escore de cálcio coronariano (CAC) é obtido por meio de tomografia de tórax sem contraste, acoplada a eletrocardiograma com baixa dose de radiação e baixo custo. Atualmente, acessível na grande maioria de tomógrafos de múltiplos detectores, o exame tem como objetivo a identificação da carga de aterosclerose associada à presença de cálcio na topografia das artérias coronárias. Seu valor diagnóstico e prognóstico para doença arterial coronária subclínica foi demonstrado em diversos estudos pregressos envolvendo dezenas de milhares de pacientes com seguimento prolongado, de até 15 anos. O escore de cálcio mostrou-se superior aos escores clínicos tradicionais na predição de eventos cardiovasculares em indivíduos assintomáticos, sobretudo naqueles com risco intermediário pré-teste, em que pode haver dúvida sobre a melhor abordagem de tratamento. O achado de um escore de cálcio zero está associado a um risco cardiovascular significativamente baixo, enquanto um escore elevado re-estratifica o indivíduo para uma classe de risco superior. Grande parte das diretrizes clínicas indica o exame exatamente neste paciente ou nos indivíduos com risco inicial mais baixo, mas com antecedente familiar fortemente positivo. Embora não haja trabalhos randomizados com desfechos clínicos primários guiados pelo CAC, ao menos três estudos prospectivos demonstraram benefícios com seu uso, além dos inúmeros trabalhos observacionais e estudos de coorte que demonstraram excelente valor prognóstico. Recentemente, recomendações de como guiar a terapia de prevenção primária de acordo com o resultado do escore de cálcio foram publicadas com base em opiniões de especialistas, e uma proposta de estudo randomizado vem sendo discutida de forma intensa. Finalmente, o escore de cálcio também passou a ser visto como possível indicação para complementar outros exames, como tomografia de tórax, avaliação pulmonar ou em associação com exames funcionais, além de aumento de adesão à terapia

The coronary artery calcium score (CAC) is obtained through a computed tomography (CT) of the chest without the need for contrast, coupled with low radiation dose electrocardiogram and low cost. The exam is currently available in most multidetector tomographs, and its objective is to identify coronary atherosclerotic burden associated with the presence of calcium in the topography of the coronary arteries. Its diagnostic and prognostic value for subclinical coronary arterial disease has been demonstrated in many studies involving tens of thousands of patients, with long follow-up times of more than 15 years. The calcium score has been shown to be superior to most traditional clinical scores for predicting cardiovascular events in asymptomatic individuals, particularly those with moderate pre-test risk, where there might be more uncertainty in selecting the best treatment approach. A finding of a calcium score of zero is associated with a very low cardiovascular risk, while a high score re-stratifies an individual to a higher risk class. Most of the clinical guidelines recommend the exam in these patients, or in individuals with an initial low risk category but a strong positive familiar history for cardiovascular disease. Although there are currently no randomized controlled trials with outcomes guided by the use of CAC, at least three prospective studies have demonstrated the benefits of its use, and numerous observational works and cohort studies have demonstrated its excellent prognostic value. Recently, recommendations on how to guide primary preventive therapy based on the results of the calcium score have been published based on specialist opinions, and a randomized controlled trial is now in advanced discussions. Finally, the calcium score is now seen as a possible indication to complement other exams, such as chest CT, pulmonary evaluation, or in association with other functional stress exams, and adhesion to therapy has increased
Descritores: Tomografia Computadorizada por Raios X/métodos
Cálcio/análise
Vasos Coronários
Aterosclerose/diagnóstico
-Prognóstico
Radiação
Doença da Artéria Coronariana/complicações
Doença da Artéria Coronariana/diagnóstico
Calcificação Fisiológica
Valor Preditivo dos Testes
Dislipidemias
Frequência Cardíaca
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  3 / 1490 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-847887
Autor: Cury, Roberto Caldeira; Paula Júnior, Carlos Gonçalves de; Bernardes, Maysa Pina.
Título: Avaliação pós-revascularização cirúrgica e percutânea por angiotomografia coronariana / Evaluation after bypass grafting and coronary stent by coronary angiotomography
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;27(2):103-108, abr.-jun. 2017. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: A angiotomografia de coronárias emergiu recentemente como ferramenta para avaliação não invasiva da anatomia coronariana, para estratificação de risco cardiovascular e para acompanhamento dos pacientes portadores de stent e enxerto cirúrgico, fornecendo dados diagnósticos com boa acurácia. O método apresenta boa resolução temporal e espacial, o que tem contribuído para seu avanço na prática clínica. Permite visualização direta do stent, quantificação de reestenose intra-stent, além de informar sobre a patência dos enxertos cirúrgicos, entre outros propósitos. Este artigo revisa as aplicações e possíveis contribuições deste método em pacientes submetidos à revascularização miocárdica

The coronary computed tomography angiography has recently emerged as a tool for the non- -invasive evaluation of coronary anatomy, stratification of cardiovascular risk and for following up patients with coronary stent and bypass grafting, providing diagnostic data with accurate diagnostic perfomance. This method has a good temporal and spatial resolution, which has allowed advance in clinical practice. Its enables direct visualization of stent, quantification of in-stent restenosis, besides the assessment of graft patency, among others purposes. This article reviews the applications and the potencial contributions of this technique in patients submitted to myocardial revascularization
Descritores: Doença da Artéria Coronariana/mortalidade
Stents
Angiografia por Tomografia Computadorizada/métodos
Revascularização Miocárdica/métodos
-Prognóstico
Próteses e Implantes
Cálcio/análise
Fatores de Risco
Vasos Coronários
Diagnóstico
Angina Pectoris/diagnóstico
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  4 / 1490 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-891416
Autor: Santos, Francilayne Moretto dos; Peres, Aline Krampe; Mandotti, Michel Roberto; Peres, Luis Alberto Batista.
Título: Metabolic investigation in patients with nephrolithiasis / Investigação metabólica em pacientes com nefrolitíase
Fonte: Einstein (Säo Paulo);15(4):452-456, Oct.-Dec. 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT: Objective: To evaluate the prevalence of metabolic disorders associated with nephrolithiasis in a female population. Methods: A retrospective study on 1,737 patients with evidence of recent formation of renal stones, being 54% females. The laboratory investigation consisted of at least two samples of blood and 24-hour urine to assess calcium, uric acid, citrate and creatinine levels, qualitative cystinuria, urinary pH following fasting and 12-hour water restriction, urine culture, serum creatinine and parathyroid hormone. Results: The most frequent alterations were hypercalciuria (40.9%), urinary tract infection (23.2%), hypocitraturia (22.4%), low urinary volume (20.5%) and hyperuricosuria (16%). Conclusion: The most frequent metabolic alterations in females were hypocitraturia, urinary tract infection, low urinary volume and hyperuricosuria.

RESUMO Objetivo: Avaliar a prevalência dos distúrbios metabólicos associados à nefrolitíase em uma população feminina. Métodos: Foi realizado um estudo retrospectivo em 1.737 pacientes com evidência de formação recente de cálculos renais, sendo 54% do sexo feminino. A avaliação laboratorial constou de duas ou mais amostras de sangue e urina de 24 horas com dosagens de cálcio, ácido úrico, citrato e creatinina cistinúria qualitativa, pH urinário em jejum e restrição hídrica de 12 horas, urocultura, creatinina e paratormônio séricos. Resultados: As alterações mais encontradas foram hipercalciúria (40,9%), infecção do trato urinário (23,2%), hipocitratúria (22,4%), baixo volume urinário (20,5%) e hiperuricosúria (16%). Conclusão: As alterações metabólicas mais frequentes na população feminina foram hipocitratúria, infecção do trato urinário, baixo volume urinário e hiperuricosúria.
Descritores: Nefrolitíase/urina
Nefrolitíase/sangue
Doenças Metabólicas/complicações
-Ácido Úrico/urina
Brasil/epidemiologia
Doenças Cardiovasculares/etiologia
Fatores Sexuais
Cálcio/urina
Cálcio/sangue
Estudos Retrospectivos
Fatores de Risco
Distribuição por Sexo
Ácido Cítrico/urina
Creatinina/urina
Nefrolitíase/complicações
Doenças Metabólicas/epidemiologia
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 1490 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-780027
Autor: Costa, Tatiana Munhoz da Rocha Lemos; Paganoto, Mariana; Radominiski, Rosana Bento; Borba, Victoria Zeghbi Cochenski.
Título: Impact of deficient nutrition in bone mass after bariatric surgery / Impacto da deficiência nutricional na massa óssea após cirurgia bariátrica
Fonte: ABCD arq. bras. cir. dig;29(1):38-42, Jan.-Mar. 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Background : Essential nutrients are considered for the prevention of the bone loss that occurs after bariatric surgery. Aim : Evaluate nutrients involved in bone metabolism, and relate to serum concentrations of calcium, vitamin D, and parathyroid hormone, and the use of supplements and sun exposure on the bone mass of patients who had undergone gastric bypass surgery. Methods : An observational study, with patients who had undergone the surgery 12 or more months previously, operated group (OG), compared to a control group (CG). Results : Were included 56 in OG and 27 in the CG. The mean age was 36.4±8.5 years. The individuals in the OG, compared to CG, consumed inadequate amounts of protein and daily calcium. The OG had a higher prevalence of low sun exposure, lower levels of 25OH Vitamin D (21.3±10.9 vs. 32.1±11.8 ng/dl), and increased serum levels of parathyroid hormone (68.1±32.9 vs. 39.9±11.9 pg/ml, p<0.001). Secondary hyperparathyroidism was present only in the OG (41.7%). The mean lumbar spine bone mineral density was lower in the OG. Four individuals from the OG had low bone mineral density for chronological age, and no one from the CG. Conclusion : The dietary components that affect bone mass in patients undergoing bariatric surgery were inadequate. The supplementation was insufficient and the sun exposure was low. These changes were accompanied by secondary hyperparathyroidism and a high prevalence of low bone mass in lumbar spine in these subjects.

Racional : Alguns nutrientes são essenciais para a prevenção da perda de massa óssea que ocorre após a cirurgia bariátrica. Objetivo : Avaliar nos pacientes que foram submetidos à cirurgia bariárica pela técnica de bypass gástrico os nutrientes envolvidos no metabolismo ósseo e sua relação com: a concentração sérica de cálcio; a vitamina D e paratormônio; o uso de suplementos alimentares e a exposição solar. Métodos : Estudo observacional com pacientes que foram previamente submetidos à cirurgia, 12 meses ou mais que compuseram o grupo operado (OG), em comparação a um grupo controle (GC). Resultados : Foram avaliados 56 pacientes no OG e 27 no GC. A média de idade foi de 36,4±8,5 anos. Os indivíduos do OG, em comparação com o CG, consumiram diariamente quantidades insuficientes de proteína e cálcio. O OG apresentou maior prevalência de baixa exposição solar, níveis mais baixos de 25OH vitamina D (21,3±10,9 vs 32,1±11,8 ng/ dL) e aumento dos níveis séricos de paratormônio (68,1±32,9 vs 39,9±11,9 pg/ml, p<0,001). Hiperparatiroidismo secundário foi presente apenas no OG (41,7%). A densidade mineral óssea da coluna lombar foi significativamente menor no OG. Quatro indivíduos do OG tiveram baixa densidade mineral óssea comparado com a idade cronológica, e nenhum do CG. Conclusão : Os componentes da dieta que afetam a massa óssea em pacientes submetidos à cirurgia bariátrica estavam inadequados. A suplementação alimentar foi insuficiente e a exposição solar baixa. Estas alterações foram acompanhadas de hiperparatireoidismo secundário e alta prevalência de baixa massa óssea em coluna lombar nestes pacientes.
Descritores: Complicações Pós-Operatórias/metabolismo
Densidade Óssea
Desnutrição/metabolismo
Cirurgia Bariátrica
-Hormônio Paratireóideo/sangue
Complicações Pós-Operatórias/sangue
Vitamina D/sangue
Cálcio/sangue
Estudos Transversais
Desnutrição/sangue
Alimentos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 1490 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1011991
Autor: Silva, Janyerson Dannys Pereira da; Ballejo, Gustavo.
Título: Pharmacological characterization of the calcium influx pathways involved in nitric oxide production by endothelial cells / Caracterização farmacológica das vias de influxo de cálcio envolvidas na produção de óxido nítrico por células endoteliais
Fonte: Einstein (Säo Paulo);17(3):eAO4600, 2019. graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: To characterize the calcium influx pathways implicated in the sustained elevation of endothelial intracellular calcium concentration, required for the synthesis and release of relaxing factors. Methods: We evaluated the effect of the newly synthesized pyrazole derivatives, described as selective inhibitors for ORAI (BTP2/Pyr2 and Pyr6) and TRPC3 (Pyr3 and Pyr10) channels, upon endothelium- and extracellular calcium-dependent relaxations stimulated by acetylcholine and thapsigargin, in pre-constricted rat thoracic aortic rings. Results: Acetylcholine and thapsigargin responses were completely reverted by Pyr2 and Pyr6 (1 to 3μM). Pyr3 (0.3 to 3μM) caused a rapid reversal of acetylcholine (6.2±0.08mg.s−1) and thapsigargin (3.9±0.25mg.s−1) relaxations, whereas the more selective TRPC3 blocker Pyr10 (1 to 3μM) had no effect. The recently described TRPC4/5 selective blocker, ML204 (1 to 3μM), reverted completely acetylcholine relaxations, but minimally thapsigargin induced ones. Noteworthy, relaxations elicited by GSK1016790A (TRPV4 agonist) were unaffected by pyrazole compounds or ML204. After Pyr2 and Pyr6 pre-incubation, acetylcholine and thapsigargin evoked transient relaxations similar in magnitude and kinetics to those observed in the absence of extracellular calcium. Sodium nitroprusside relaxations as well as phenylephrine-induced contractions (denuded aorta) were not affected by any of pyrazole compounds (1 to 3μM). Conclusion: These observations revealed a previously unrecognized complexity in rat aorta endothelial calcium influx pathways, which result in production and release of nitric oxide. Pharmacologically distinguishable pathways mediate acetylcholine (ORAI/TRPC other than TRPC3/TRPC4 calcium-permeable channels) and thapsigargin (TRPC4 not required) induced calcium influx.

RESUMO Objetivo: Caracterizar as vias do influxo de cálcio envolvidas no aumento sustentado da concentração intracelular de cálcio na célula endotelial, essencial para a síntese e a liberação de fatores relaxantes. Métodos: Analisamos o efeito de derivados pirazólicos sintetizados recentemente, descritos como inibidores seletivos para canais ORAI (BTP2/Pyr2 e Pyr6) e TRPC3 (Pyr3 e Pyr10), nos relaxamentos dependentes de endotélio e cálcio extracelular, produzidos por acetilcolina e tapsigargina, em anéis pré-contraídos da aorta torácica de rato. Resultados: As respostas de acetilcolina e tapsigargina foram completamente revertidas por Pyr2 e Pyr6 (1 a 3μM). Pyr3 (0,3 a 3μM) produziu reversão rápida dos relaxamentos de acetilcolina (6,2±0,08mg.s−1) e tapsigargina (3,9±0,25mg.s−1), enquanto o bloqueador mais seletivo para TRPC3, Pyr10 (1 a 3μM), não apresentou efeito. ML204 (1 a 3μM), bloqueador seletivo de TRPC4, descrito há pouco tempo, reverteu os relaxamentos induzidos por acetilcolina de forma completa, mas afetou minimamente aqueles produzidos por tapsigargina. Os derivados pirazólicos ou ML204 não afetaram os relaxamentos estimulados com GSK1016790A (TRPV4-agonista). Ainda, após pré-incubação com Pyr2 e Pyr6, acetilcolina e tapsigargina provocaram relaxamentos transitórios semelhantes em magnitude e cinética àqueles observados na ausência de cálcio extracelular. Os relaxamentos do nitroprussiato de sódio e as contrações induzidas pela fenilefrina (aorta sem endotélio) não foram afetados pelos compostos pirazólicos (1 a 3μM). Conclusão: Essas observações revelaram uma complexidade desconhecida das vias de influxo de cálcio no endotélio da aorta de rato, que resultam na produção e na liberação de óxido nítrico. Vias distinguíveis farmacologicamente medeiam o influxo estimulado por acetilcolina (ORAI TRPC, diferentes de TRPC3 TRPC4) e tapsigargina (TRPC4 não requerido).
Descritores: Acetilcolina/farmacologia
Cálcio/farmacologia
Tapsigargina/farmacologia
Células Endoteliais/efeitos dos fármacos
Células Endoteliais/metabolismo
Fatores Relaxantes Dependentes do Endotélio/metabolismo
Óxido Nítrico/metabolismo
-Aorta Torácica/efeitos dos fármacos
Fatores de Tempo
Vasodilatadores/farmacologia
Ratos Wistar
Canais de Cátion TRPC/metabolismo
Canais de Cátion TRPV/efeitos dos fármacos
Canais de Cátion TRPV/metabolismo
Canais de Cálcio Ativados pela Liberação de Cálcio/metabolismo
Limites: Animais
Masculino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 1490 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-689535
Autor: Román, Alejandro; Osorio, María Isabel; Latorre, Guillermo; Gutiérrez, Johnayro; Builes, Carlos Alfonso.
Título: Hipoparatiroidismo primario asociado a convulsiones / Primary hypoparathyroidism associated with seizures
Fonte: Acta méd. colomb;38(3):186-192, jul.-sep. 2013. ilus, graf, tab.
Idioma: es.
Resumo: Resumen Se presenta el caso de un hombre de 31 años, sano hasta hace cuatro años, cuando inicia episodios de convulsiones tonicoclónicas generalizadas con episodios de tetania, espasmo carpo pedal, mialgias, pérdida progresiva de la agudeza visual bilateral y cambios del comportamiento con mutismo y apatía. Al examen físico con cataratas bilaterales subcapsulares posteriores grado III, hiperplasia gingival, con actitud perpleja, mutista, posturas catatoniformes, signo de Chvostek y espasmo carpo pedal positivos. El calcio inicial fue de 3.9 mg/dL (8.2-10.2), el fósforo de 10.1 mg/dL (2.5-4.5) y los niveles de parathormona de 0.2 pg/mL (15-68.3). La tomografía de cráneo mostró calcificaciones en los ganglios basales. Con estos hallazgos se realiza diagnóstico de hipoparatiroidismo primario idiopático, con marcada mejoría clínica y paraclínica con calcitriol y carbonato de calcio. Este caso invita a tener en mente la hipocalcemia como causa metabólica de convulsiones, las cuales son totalmente reversibles al mejorar la hipocalcemia. (Acta Med Colomb 2013; 38: 186-192).

Abstract We report the case of a 31 years old man healthy until four years ago, when he started to present episodes of generalized tonic-clonic seizures with episodes of tetany, carpal pedal spasm, myalgia, bilateral progressive loss of visual acuity and behavioral changes with mutism and apathy. Physical examination showed bilateral posterior subcapsular cataracts grade III, gingival hyperplasia, with perplexed attitude, mutism, catatonic postures and positive Chvostek sign and carpal pedal spasm. Initial calcium was 3.9 mg/dL (8.2-10.2), Phosphorus 10.1 mg/dL (2.5-4.5) and parathyroid hormone levels 0.2 pg/mL (15-68.3). The brain computed tomography showed basal ganglia calcifications. With these findings we made the diagnosis of primary idiopathic hypoparathyroidism, with marked clinical and paraclinical improvement with calcitriol and calcium carbonate. This case shows the importance of considering hypocalcemia as a metabolic cause of seizures, which are fully reversible by improving hypocalcemia. (Acta Med Colomb 2013; 38: 186-192).
Descritores: Hipoparatireoidismo
-Fósforo
Convulsões
Cálcio
Hipocalcemia
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: CO70 - Asociación Colombiana de Medicina Interna


  8 / 1490 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1056060
Autor: Pos, Alexandre Mio; Aleixo, Mateus Arruda; Drummond-Lage, Ana Paula.
Título: Association between hypocalcemia and rivaroxaban in coagulation disorders: a case report / Associação entre hipocalcemia e rivaroxaban em distúrbios de coagulação: relato de caso
Fonte: Einstein (Säo Paulo);18:eRC4819, 2020.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT We describe a patient with tertiary hyperparathyroidism with history of three episodes of deep vein thrombosis and on rivaroxaban. The patient underwent a subtotal parathyroidectomy, developing cervical hematoma with airway compression. Therefore, emergency surgical decompression was necessary. Later, on the ninth postoperative day, the serum ionized calcium levels were low. Medical team knowledge about preexisting diseases and their implication in the coagulation state are essential conditions to reduce morbidity and mortality of surgeries. However, no reports were found in literature about the association of hypocalcemia with the use of the new class of anticoagulants, which act as factor X inhibitors (Stuart-Prower factor), predisposing to increased bleeding in the immediate postoperative period.

RESUMO Descrevemos um paciente com hiperparatireoidismo terciário com história de três episódios de trombose venosa profunda e em uso de rivaroxabana. O paciente foi submetido a uma paratireoidectomia subtotal, desenvolvendo hematoma cervical com compressão das vias aéreas. Foi necessária descompressão cirúrgica de emergência. No nono dia de pós-operatório, os níveis séricos de cálcio iônico estavam baixos. O conhecimento da equipe médica sobre doenças preexistentes e de sua implicação no estado de coagulação é condição indispensável para a redução da morbimortalidade do procedimento cirúrgico. No entanto, não há relatos na literatura associando hipocalcemia com o uso da nova classe de anticoagulantes que atuam como inibidores do fator X (fator de Stuart-Prower), predispondo ao aumento do sangramento no pós-operatório imediato.
Descritores: Transtornos da Coagulação Sanguínea/tratamento farmacológico
Inibidores do Fator Xa/efeitos adversos
Rivaroxabana/efeitos adversos
Hipocalcemia/induzido quimicamente
-Cálcio/sangue
Fatores de Risco
Paratireoidectomia/efeitos adversos
Paratireoidectomia/métodos
Insuficiência Renal Crônica/complicações
Hiperparatireoidismo/cirurgia
Hiperparatireoidismo/etiologia
Hipocalcemia/cirurgia
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 1490 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-973366
Autor: Mônaco-Ferreira, Daniela Vicinansa; Leandro-Merhi, Vânia Aparecida; Aranha, Nilton César; Brandalise, Andre; Brandalise, Nelson Ary.
Título: Vitamin d deficiency and paratohommonium increase in late postoperative gastric bypass in roux-en-y / Deficiência de vitamina d e elevação do paratohôrmonio no pós-operatório tardio de bypass gástrico em y-de- roux
Fonte: ABCD arq. bras. cir. dig;31(4):e1407, 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Background : Roux-en-Y gastric bypass patients can experience changes in calcium metabolism and hyperparathyroidism secondary to vitamin D deficiency. Aim : To evaluate nutritional deficiencies related to the calcium metabolism of patients undergoing gastric bypass with a 10-year follow-up. Method : This is a longitudinal retrospective study of patients submitted to Roux-en-Y gastric bypass at a multidisciplinary clinic located in the Brazilian southeast region. The study investigated the results of the following biochemical tests: serum calcium, ionized calcium, vitamin D, and parathormone (PTH). The generalized estimating equations (GEE) determined the nutritional deficiencies using a significance level of 5%. Results : Among the patients who finished the study (120 months), 82.86% (n=29) had vitamin D deficiency, and 41.94% (n=13) had high PTH. Postoperative time had a significant effect on PTH (p=0.0059). The percentages of patients with vitamin D, serum calcium, and ionized calcium deficiencies did not change significantly over time. Conclusion : One of the outcomes was vitamin D deficiency associated with secondary hyperparathyroidism. These findings reaffirm the importance of monitoring the bone metabolism of patients submitted to Roux-en-Y gastric bypass. HEADINGS: Calcium deficiency. Vitamin D deficiency. Secondary hyperparathyroidism.

Resumo Racional: Pacientes submetidos ao bypass gástrico em Y-de-Roux, podem apresentar alterações do metabolismo do cálcio e hiperparatireoidismo secundário à deficiência de vitamina D. Objetivo: Avaliar as deficiências nutricionais relacionadas ao metabolismo do cálcio de pacientes submetidos à bypass gástrico em Y-de-Roux, com seguimento de 10 anos. Método: Um estudo retrospectivo longitudinal foi conduzido com pacientes submetidos à bypass gástrico em Y-de-Roux, em uma Clínica Multidisciplinar no Sudeste do Brasil. Investigou-se a frequência do acompanhamento médico e nutricional e os exames bioquímicos de cálcio sérico, cálcio iônico, vitamina D e paratormônio (PTH). Para a análise das deficiências nutricionais, foram utilizadas as Equações de Estimativas Generalizadas (EEG), com nível de significância de 5%. Resultados: Dos pacientes que permaneceram no estudo até o final (120 meses), 82,86% (29), apresentaram níveis de deficiência de vitamina D e 41,94% (13) apresentaram PTH elevado. O efeito do tempo foi significativo para o PTH (p=0,0059). Para a vitamina D, cálcio sérico e cálcio iônico, o percentual de deficiência manteve-se constante ao longo do tempo, sem diferença significativa entre os tempos. Conclusão: A deficiência de vitamina D, associada ao hiperparatireoidismo secundário, foi um desfecho encontrado. Tais achados reafirmam a importância do cuidado com o metabolismo ósseo, em pacientes submetidos à bypass gástrico em Y-de-Roux.
Descritores: Hormônio Paratireóideo/sangue
Deficiência de Vitamina D/etiologia
Derivação Gástrica/efeitos adversos
Cálcio/sangue
Desnutrição/etiologia
Hiperparatireoidismo/etiologia
-Complicações Pós-Operatórias
Período Pós-Operatório
Fatores de Tempo
Deficiência de Vitamina D/sangue
Deficiência de Vitamina D/epidemiologia
Brasil/epidemiologia
Prevalência
Estudos Retrospectivos
Seguimentos
Estudos Longitudinais
Desnutrição/sangue
Desnutrição/epidemiologia
Hiperparatireoidismo/sangue
Hiperparatireoidismo/epidemiologia
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 1490 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-779632
Autor: Cassiani-Miranda, Carlos Arturo; Herazo-Bustos, Mariana; Cabrera-González, Armando; Cadena-Ramos, Ivan; Barrios-Ayola, Francisco.
Título: Psicosis asociada con síndrome de Fahr: informe de un caso / Psychosis Associated With Fahr's Syndrome: A Case Report
Fonte: Rev. colomb. psiquiatr;44(4):256-261, oct.-dic. 2015. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Introducción: El síndrome de Fahr (SF) es un raro trastorno neurológico caracterizado por depósito anormal de calcio en áreas del cerebro que controlan el movimiento. Objetivo: Presentar el caso de una mujer de 41 años con un síndrome convulsivo, trastorno psicótico, trastorno neurocognitivo y discapacidad intelectual asociado a calcificaciones cerebrales bilaterales con alteración del metabolismo fosfocálcico en el contexto de un hipoparatiroidismo. Método: Informe de caso Resultados: Las calcificaciones encontradas en la paciente podrían ser la causa de los síntomas psicóticos y del deterioro cognitivo. Se presentan las imágenes diagnósticas y las pruebas de laboratorio, así como la evaluación psiquiátrica y la evaluación neuropsicológica. Se compara la presentación clínica de este caso con otros similares informados en la literatura. Se describen las modalidades terapéuticas y se muestra la evolución clínica. Conclusiones:El síndrome de Fahr se debe sospechar en pacientes con alteraciones neuropsiquiátricas y convulsiones. Los estudios de neuroimagen, la evaluación del metabolismo fosfocálcico y la concentración de hormona paratiroidea son importantes en este tipo de paciente.

Introduction: Fahr syndrome (SF) is a rare neurological disorder, characterized by abnormal deposition of calcium in brain areas that control movement. Objective: The case is presented of a 41-year-old female with a convulsive syndrome, psychotic disorder, neurocognitive disorde,r and intellectual disability associated with bilateral brain calcifications and altered calcium/phosphorus metabolism in the context of hypoparathyroidism. Method: Case report. Results: The calcifications found in the patient could be the cause of psychotic symptoms and cognitive impairment. Diagnostic imaging, laboratory tests, psychiatric and neuropsychological assessments are presented. The clinical presentation of this case is compared with similar ones reported in the literature. Therapeutic approaches and clinical outcomes are described. Conclusions: Fahr's syndrome should be suspected in patients with neuropsychiatric disorders and seizures. Neuroimaging studies, and the determining of phosphorus and calcium metabolism and parathyroid hormone levels are important in this type of patient.
Descritores: Transtornos Psicóticos
Síndrome
Cálcio
Doenças do Sistema Nervoso
-Hormônio Paratireóideo
Evolução Clínica
Neuroimagem
Disfunção Cognitiva
Hipoparatireoidismo
Deficiência Intelectual
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: CO78 - Asociación Colombiana de Psiquiatría



página 1 de 149 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde