Base de dados : LILACS
Pesquisa : D01.268.556.412 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 983 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 99 ir para página                         

  1 / 983 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Uruguai
Texto completo
Id: biblio-1088700
Autor: Delfino Sosa, Marcos Simbad; Silveira, Camila; Liebstreich Salvano, Natalia Paola; Casuriaga Lamboglia, Ana Laura; Machado Echeverría, Maren Karina; Pírez García, María Catalina.
Título: Screening de hemoglobina en una población de lactantes / Hemoglobin screening test in a population of infants / Teste de triagem de hemoglobina em uma população de lactentes
Fonte: An. Facultad Med. (Univ. Repúb. Urug., En línea);6(2):35-44, dic. 2019. tab.
Idioma: es.
Resumo: La deficiencia de hierro es la causa más frecuente de anemia en pediatría. Su detección precoz, tratamiento correcto y profilaxis adecuada, constituyen una prioridad sanitaria en nuestro país. Objetivo: Describir el screening de hemoglobina realizado en lactantes con edades comprendidas entre 8 y 12 meses, usuarios de un centro de atención pediátrico de Montevideo, en el período comprendido entre 2 de mayo y 31 de octubre de 2015 y evaluar factores de riesgo de anemia ferropénica presentes. Se revisaron sus historias clínicas, consignando datos epidemiológicos, antecedentes perinatales, alimentación recibida y si recibieron suplementación con hierro adecuada. Se registró si se había realizado la medición de hemoglobina por punción digital y el valor medido. Se comparó la prevalencia de factores de riesgo entre niños con y sin anemia. En el período evaluado fueron asistidos 62 niños: 3 pretérminos de 34 semanas o menos; 15 con peso al nacer menor a 3000 gramos; 42 con lactancia materna exclusiva durante 6 meses; 54 con alimentación complementaria adecuada; 45 con suplementación de hierro. Se realizó la medición de hemoglobina por punción digital a 55 niños. Tenían anemia 28 niños (82 % leve). No se encontró asociación de padecer anemia con los factores de riesgo estudiados excepto el cumplimiento de la profilaxis con suplemento de hierro. Concluimos que la prevalencia de anemia en este grupo fue elevada y que la suplementación con hierro es importante para su prevención.

Iron deficiency is the most frequent cause of anemia in pediatrics. Its early detection, correct treatment and adequate prophylaxis, constitute a health priority in our country. Objective: Describe the hemoglobin screening performed in infants aged between 8 and 12 months, users of a pediatric care center from Montevideo, in the period covered between May 2 and October 31, 2015 and evaluate factors of Risk of iron deficiency anemia present. Their clinical histories were reviewed, including epidemiological data, perinatal records, and diet received and if they received adequate iron supplementation. It was recorded if the hemoglobin measurement had been performed by digital puncture and the measured value. The prevalence of risk factors among children with and without anemia was compared. In the evaluated period, 62 children were assisted: 3 preterm subjects of 34 weeks or less; 15 birth weight less than 3,000 grams; 42 exclusive breastfeeding for 6 months; 54 adequate complementary feeding; 45 iron supplementation. The hemoglobin was measured by digital puncture to 55 children. 28 of them had anemia (82 % mild). No association of anemia was found with the risk factors studied except compliance with prophylaxis with iron supplementation. We conclude that the prevalence of anemia in this group was high and that iron supplementation is important for its prevention.

A deficiência de ferro é a causa mais frequente de anemia em pediatria. Sua detecção precoce, tratamento correto e profilaxia adequada constituem uma prioridade de saúde em nosso país. O objetivo do presente trabalho é descrever a prevalência de anemia em um centro de atendimento de primeiro nível e os fatores de risco associados. Foi realizado um estudo observacional, descritivo, retrospectivo, incluindo crianças entre 8 e 12 meses de idade, que receberam controle sanitário entre maio e outubro de 2015. Suas histórias clínicas foram revisadas, incluindo dados epidemiológicos, registros perinatais e dieta recebida. e se receberam suplementação adequada de ferro. Foi registrado se a medição de hemoglobina foi realizada por punção digital e o valor medido. A prevalência de fatores de risco entre crianças com e sem anemia foi comparada. No período avaliado, 62 crianças foram atendidas: 3 prematuros de 34 semanas ou menos; 15 peso ao nascer inferior a 3000 g; 42 amamentação exclusiva por 6 meses; 54 alimentação complementar adequada; 45 suplementação de ferro. A hemoglobina foi medida por punção digital para 55 crianças. Eles tiveram 28 crianças anemia (82 % leve). Não foi encontrada associação de anemia com os fatores de risco estudados, exceto a adesão à profilaxia com suplementação de ferro. Conclui-se que a prevalência de anemia nesse grupo foi alta e que a suplementação de ferro é importante para sua prevenção.
Descritores: Hemoglobinas/análise
Anemia Ferropriva/diagnóstico
Anemia Ferropriva/prevenção & controle
Suplementos Nutricionais
Ferro/uso terapêutico
-Deficiência de Ferro/diagnóstico
Epidemiologia Descritiva
Prevalência
Estudos Retrospectivos
Fatores de Risco
Anemia Ferropriva/epidemiologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Lactente
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: UY1.1 - BINAME - Biblioteca Nacional de Medicina


  2 / 983 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1142869
Autor: Franco, Beatriz; Cavallaro, Lucca Antonio Rodrigues; Mota, Diego Silva; Rodrigues, Natália de Almeida; Manchado-Gobatto, Fúlvia de Barros; Bezerra, Rosângela Maria Neves; Esteves, Andrea Maculano.
Título: Differences in iron intake during pregnancy influence in trainability response of male rat offspring / Diferenças na ingestão de ferro durante a gravidez influenciam na resposta à treinabilidade da prole de ratos machos
Fonte: Einstein (Säo Paulo);18:eAO5665, 2020. graf.
Idioma: en.
Projeto: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp); . Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Resumo: ABSTRACT Objective: To evaluate if different concentrations of iron in diets during pregnancy would interfere in the aerobic and anaerobic performance of the offspring, observed during 8-week swimming training and measured by lactate minimum test. Methods: Pregnant rats were divided into four groups with different dietary iron concentrations: standard (40mg/kg), supplementation (100mg/kg), restriction since weaning, and restriction only during pregnancy (4mg/kg). After birth, the offspring were assigned to their respective groups (Standard Offspring, Supplementation Offspring, Restriction Offspring or Restriction Offspring 2). The lactate minimum test was performed at three time points: before starting exercise training, after 4 weeks and after 8 weeks of exercise training. Results: The Restriction Offspring Group had a significant reduction in the concentration of lactate minimum and in swimming time to exhaustion, after 4 and 8 weeks of training as compared to before training. Therefore, the results showed the Restriction Offspring Group was not able to maintain regularity during training in lactate minimum tests. Conclusion: Our results suggested the Restriction Offspring Group showed a marked decrease in its performance parameters, which may have occurred due to iron restriction.

RESUMO Objetivo: Avaliar parâmetros aeróbios e anaeróbios da prole de ratas alimentadas com diferentes dietas de ferro durante a prenhez, por meio do teste de lactato mínimo. Métodos: As ratas prenhes foram divididas em quatro grupos com diferentes concentrações de ferro na dieta: padrão (40mg/kg), suplementação (100mg/kg), restrição desde o desmame e restrição apenas durante a gravidez (4mg/kg). Após o nascimento, os filhotes foram designados para seus respectivos grupos (Prole Padrão, Prole Suplementação, Prole Restrição ou Prole Restrição 2). O teste de lactato mínimo foi realizado em três momentos: antes de iniciar o treinamento físico, após 4 semanas e após 8 semanas de treinamento físico. Resultados: O Grupo Prole Restrição apresentou redução significativa na concentração do lactato mínimo e no tempo de natação até a exaustão, após 4 e 8 semanas de treinamento em relação ao período antes do início do treinamento. Assim, o Grupo Prole Restrição não foi capaz de manter regularidade durante o treinamento nos testes de lactato mínimo. Conclusão: Os resultados sugerem que o Grupo Prole Restrição apresentou diminuição acentuada nos parâmetros de desempenho, o que pode ter ocorrido devido à restrição de ferro.
Descritores: Condicionamento Físico Animal
-Natação
Estado Nutricional
Ferro
Limites: Animais
Masculino
Feminino
Gravidez
Ratos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 983 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Marchini, Júlio Sérgio
Texto completo
Id: biblio-1038034
Autor: Nonino, Carla Barbosa; Oliveira, Bruno Affonso Parenti de; Chaves, Raoana Cássia Paixão; Silva, Luciana Tabajara Parreiras e; Pinhel, Marcela Augusta de Souza; Ferreira, Flávia de Campos; Rocha, Gabriela da Costa; Donadelli, Simara Paganini; Marchini, Julio Sergio; Salgado-Junior, Wilson; Nicoletti, Carolina Ferreira.
Título: Is there any change in phenotypic characteristics comparing 5 to 10 years of follow-up in obese patients undergoing roux-en-y gastric bypass? / Características fenotípicas de pacientes com obesidade submetidos a derivação gástrica em y-de-roux: qual as reais mudanças comparando-se 5 a 10 anos de acompanhamento?
Fonte: ABCD arq. bras. cir. dig;32(3):e1453, 2019. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Background : Bariatric surgery promotes significant weight loss and improvement of associated comorbidities; however, nutrients deficiencies and weight regain may occur in the middle-late postoperative period. Aim: To investigate nutritional status in 10 years follow-up. Methods : Longitudinal retrospective study in which anthropometric, biochemical indicators and nutritional intake were assessed before and after one, two, three, four, five and ten years of Roux-en Y gastric bypass through analysis of medical records. Results : After ten years there was a reduction of 29.2% of initial weight; however, 87.1% of patients had significant weight regain. Moreover, there was an increase of incidence of iron (9.2% to 18.5%), vitamin B12 (4.2% to 11.1%) and magnesium deficiency (14.1% to 14.8%). Folic acid concentrations increased and the percentage of individuals with glucose (40.4% to 3.7%), triglycerides (38% to 7.4%), HDL cholesterol (31 % to 7.4%) and uric acid (70.5% to 11.1%) abnormalities reduced. Also, there is a reduction of food intake at first year postoperative. After 10 years, there was an increase in energy, protein and lipid intake, also a reduction in folid acid intake. Conclusions : Roux-en Y gastric bypass is an effective procedure to promote weight loss and improve comorbidities associated with obesity. However, comparison between postoperative period of five and 10 years showed a high prevalence of minerals deficiency and a significant weight regain, evidencing the need for nutritional follow-up in the postoperative period.

RESUMO Racional: A cirurgia bariátrica promove importante perda ponderal e melhora das comorbidades associadas; entretanto, deficiências nutricionais e reganho de peso podem ocorrer no pós-operatório médio e tardio. Objetivo: Investigar a evolução do estado nutricional de pacientes após cinco e 10 anos de pós-operatório. Método: Estudo retrospectivo longitudinal, no qual indicadores antropométricos, bioquímicos e a ingestão alimentar foram avaliados no período pré-operatório e após um, dois, três, quatro, cinco e dez anos da operação, por meio de revisão de prontuários. Resultados: Após 10 anos observou-se redução de 29,2% do peso inicial; no entanto, 87,1% dos pacientes tiveram reganho significativo de peso. Além disso, houve aumento da incidência de deficiência de ferro (9,2% para 18,5%), vitamina B12 (4,2% para 11,1%) e magnésio (14,1% para 14,8%). As concentrações de ácido fólico aumentaram e a porcentagem de indivíduos com alterações na glicemia (40,4% a 3,7%), triglicérides (38% a 7,4%), colesterol HDL (31% a 7,4%) e ácido úrico (70,5% a 11,1%) diminuiu. Além disso, houve redução na ingestão alimentar no primeiro ano de pós-operatório. Após 10 anos, houve aumento na ingestão de energia, proteína e lipídios, e redução na de ácido fólico. Conclusões: A derivação gástrica em Y-de-Roux é procedimento eficaz para promover perda de peso e melhorar as comorbidades associadas à obesidade. Entretanto, a comparação entre os períodos pós-operatórios de cinco e 10 anos mostrou que uma porcentagem de pacientes apresenta deficiências de vitaminas e minerais e reganho de peso significativo, evidenciando a necessidade do acompanho nutricional no período pós-operatório.
Descritores: Fenótipo
Derivação Gástrica/reabilitação
Estado Nutricional/genética
Obesidade/cirurgia
-Período Pós-Operatório
Vitamina B 12/sangue
Perda de Peso
Índice de Massa Corporal
Estudos Retrospectivos
Seguimentos
Estudos Longitudinais
Resultado do Tratamento
Ácido Fólico/sangue
Ferro/sangue
Transtornos Nutricionais/etiologia
Transtornos Nutricionais/sangue
Obesidade/complicações
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 983 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1283499
Autor: Zhou, Zhongkun; Ma, Wantong; Liu, Yuheng; Ge, Shiqiang; Hu, Shujian; Zhang, Rentao; Ma, Yunhao; Du, Kangjia; Syed, Ashikujaman; Chen, Peng.
Título: Potential application of a knowledgebase of iron metabolism of Acidithiobacillus ferrooxidans as an alternative platform
Fonte: Electron. j. biotechnol;52:45-51, July. 2021. ilus, tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Special Funding for Open and Shared Large-Scale Instruments and Equipments of Lanzhou University, China; . College Students' innovation and entrepreneurship training program of Lanzhou University, China Project of Lanzhou City for Innovative and Entrepreneurial Talents; . Science and Technology Project of Lanzhou City, China.
Resumo: BACKGROUND: Acidithiobacillus ferrooxidans is a facultative anaerobe that depends on ferrous ion oxidation as well as reduced sulfur oxidation to obtain energy and is widely applied in metallurgy, environmental protection, and soil remediation. With the accumulation of experimental data, metabolic mechanisms, kinetic models, and several databases have been established. However, scattered data are not conducive to understanding A. ferrooxidans that necessitates updated information informed by systems biology. RESULTS: Here, we constructed a knowledgebase of iron metabolism of A. ferrooxidans (KIMAf) system by integrating public databases and reviewing the literature, including the database of bioleaching substrates (DBS), the database of bioleaching metallic ion-related proteins (MIRP), the A. ferrooxidans bioinformation database (Af-info), and the database for dynamics model of bioleaching (DDMB). The DBS and MIRP incorporate common bioleaching substrates and metal ion-related proteins. Af-info and DDMB integrate nucleotide, gene, protein, and kinetic model information. Statistical analysis was performed to elucidate the distribution of isolated A. ferrooxidans strains, evolutionary and metabolic advances, and the development of bioleaching models. CONCLUSIONS: This comprehensive system provides researchers with a platform of available iron metabolism-related resources of A. ferrooxidans and facilitates its application.
Descritores: Acidithiobacillus/metabolismo
Ferro/metabolismo
-Cinética
Bases de Conhecimento
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  5 / 983 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Mello, Débora Falleiros de
Texto completo
Id: biblio-1004071
Autor: Henrique, Nayara Cristina Pereira; Wolkers, Paula Carolina Bejo; Furtado, Maria Cândida de Carvalho; Toriyama, Aurea Tamami Minagawa; Mello, Débora Falleiros de.
Título: Anemia ferropriva e o uso do sulfato ferroso: facilidades e dificuldades na prevenção / Iron-deficiency anemia and use of ferrous sulfate: prevention facilitators and difficulties / Anemia ferropénica y el uso del sulfato ferroso: facilidades y dificultades en la prevención
Fonte: Rev. enferm. UERJ;26:e37232, jan.-dez. 2018.
Idioma: pt.
Projeto: CNPq.
Resumo: Objetivo: Apreender os saberes de mães/cuidadores com relação à anemia ferropriva e o uso preventivo do sulfato ferroso, com ênfase nos elementos que facilitam e dificultam a prevenção da enfermidade. Método: Estudo exploratório qualitativo com análise temática indutiva dos dados, realizado por meio de entrevistas com 12 mães/cuidadores de crianças entre seis meses e 11 meses e 29 dias de idade, em acompanhamento em unidade de saúde da família de um município brasileiro. Resultados: A alimentação saudável foi apontada como elemento facilitador na prevenção da anemia ferropriva. Fragilidades nos conhecimentos sobre a enfermidade e o sulfato ferroso como estratégia preventiva, falhas na prescrição do medicamento e uso cotidiano, e poucas orientações foram os elementos que dificultam a prevenção da doença. Conclusão:Práticas educativas em saúde na prevenção da anemia ferropriva são essenciais, sinalizando informações sobre a enfermidade e o monitoramento da suplementação profilática, fortalecendo o cuidado da saúde da criança.

Objective: to learn about mothers' and caregivers' knowledge in relation to iron-deficiency anemia and preventive use of ferrous sulfate, with emphasis on factors that facilitate and hinder prevention of the disease. Method: in this qualitative exploratory study, stimulated thematic data analysis was used after interviews of 12 mothers and caregivers of children from six to 11 months and 29 days of age attending a family health unit in a Brazilian municipality. Results: healthy eating was indicated as a facilitator of iron-deficiency anemia prevention. Weaknesses in knowledge about the disease and about use of ferrous sulfate as a preventive strategy, flaws in medication prescription and daily use, and a scarcity of guidelines were the factors hindering prevention of the disease. Conclusion:health education activities in iron-deficiency anemia prevention, that signal information about the disease and monitoring of prophylactic supplementation, are essential to strengthening children's health care.

Objetivo: entender los saberes de madres / cuidadores con relación a la anemia ferropénica y el uso preventivo del sulfato ferroso, con énfasis en los elementos que facilitan y dificultan la prevención de la enfermedad. Método: estudio exploratorio cualitativo con análisis temático inductivo de los datos, realizado por medio de entrevistas junto a 12 madres / cuidadores de niños entre seis y 11 meses y 29 días de edad, en seguimiento en unidad de salud de la familia de un municipio brasileño. Resultados: se apuntó la alimentación saludable como elemento facilitador en la prevención de la anemia ferropénica. Debilidades en los conocimientos sobre la enfermedad y el sulfato ferroso como estrategia preventiva, fallas en la prescripción del medicamento y uso cotidiano, y pocas orientaciones fueron los elementos que dificultan la prevención de la enfermedad. Conclusión: prácticas educativas en salud en la prevención de la anemia ferropénica son esenciales, señalando informaciones sobre la enfermedad y el monitoreo de la suplementación profiláctica, fortaleciendo el cuidado de la salud del niño.
Descritores: Deficiência de Ferro
Sulfato Ferroso
Criança
Anemia Ferropriva/prevenção & controle
-Suplementos Nutricionais
Ferro
Limites: Humanos
Feminino
Responsável: BR1366.1 - Biblioteca Biomédica B - CB/B (Odontologia e Enfermagem)


  6 / 983 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1136446
Autor: Lima, Renata Monteiro; Leite, Elisângela Veruska Nóbrega Crispim; Furtado, Danielle França; Santos, Alcione Miranda dos.
Título: Prevalence and factors associated with the consumption of folic acid and iron in pregnant women in the BRISA cohort / Prevalência e fatores associados ao uso de ácido fólico e ferro em gestantes da coorte BRISA
Fonte: Rev. Bras. Saúde Mater. Infant. (Online);20(3):799-807, July-Sept. 2020. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Objectives: to describe the prevalence and factors associated with the consumption of folic acid and iron among puerperal women in the city of São Luís, Maranhão. Methods: a cross-sectional study with 4,036 puerperal women through a standardized questionnaire. The dependent variables (outcomes) were: the consumption of folic acid during pregnancy, iron and folic acid before pregnancy. The independent variables: age; schooling; skin color; marital status; income; planned pregnancy; place and number of prenatal consultations. Statistical analyzes were performed on STATA 14.0. For the first two outcomes, Poisson model with a robust variance was used. And for the last one, logistic regression. Results: the prevalence of consuming folic acid and iron during pregnancy were, respec-tively, 77.27% and 84.98%. However, only 0.37% reported the consume of folic acid and iron before pregnancy. In the adjusted analysis, the variables associated with the consumption of folic acid during pregnancy were: schooling and income; the consume of iron during preg-nancy, age only; and for those who consumed folic acid before pregnancy, no variable was statistically significant. Conclusions: high percentage of puerperal women who consumed folic acid and iron supplements during pregnancy, however, the recommended consumption of folic acid before pregnancy was low and maternal, social and economic factors influence the consumption of these supplements.

Resumo Objetivos: descrever prevalência e fatores associados ao uso deácido fólico e ferro entre puérperas do município de São Luís, Maranhão. Métodos: estudo transversal com 4.036 puérperas através de questionário padronizado. As variáveis dependentes (desfechos) foram: uso durante a gestação de ácido fólico, ferro e ácido fólico antes da gestação. As variáveis independentes: idade; escolaridade; cor da pele; situação conjugal; renda; gravidez planejada; local e número de consultas do pré-natal. As análises estatísticas foram realizadas no STATA 14.0. Para os dois primeiros desfechos, utilizou-se modelo de Poisson com variância robusta. Para o último, regressão logística. Resultados: a prevalência do uso de ácido fólico e ferro durante a gestação foram, respectivamente, 77,27% e 84,98%. Entretanto, apenas 0,37% declararam uso antes da gestação. Na análise ajustada, as variáveis associadas com uso de ácido fólico durante a gestação foram: escolaridadee renda; parausode ferro durante a gestação, apenas a idade; e para as que fizeram uso de ácido fólico antes da gestação, nenhuma variável mostrou-se estatisticamente significativa. Conclusões: alto percentual de puérperas fez uso de suplementos de ácido fólico e ferro-durante a gestação, porém o uso recomendado de ácido fólico antes da gestação mostrou-se baixo e que fatores maternos, sociais e econômicos influenciam no consumo destes suple-mentos.
Descritores: Cuidado Pré-Natal
Fatores Socioeconômicos
Farmacoepidemiologia/estatística & dados numéricos
Suplementos Nutricionais/estatística & dados numéricos
Ácido Fólico/uso terapêutico
Ferro/uso terapêutico
-Brasil/epidemiologia
Limites: Humanos
Feminino
Gravidez
Responsável: BR663.1 - Biblioteca da Saúde da Mulher e da Criança


  7 / 983 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1281203
Autor: Bettini, Rosana Ana.
Título: Prevalência de anemia e fatores de risco associados, em crianças de 06 a 24 meses no município do Guarujá / Prevalence of anemia and correlated risk factors in 06 to 24 months old children in the municipality of Guarujá.
Fonte: São Paulo; s.n; 2010. 65 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Introdução: A anemia por deficiência de ferro em crianças é um dos maiores problemas nutricionais enfrentados pelos países em desenvolvimento. As crianças menores de dois anos constituem o grupo de maior risco, tendo como principais causas a depleção dos estoques de ferro no nascimento e o aumento da demanda devido ao crescimento acelerado que ocorre neste período. Objetivo: O objetivo desta pesquisa é verificar a prevalência de anemia e fatores de risco associados, em crianças de 06 a 24 meses no Município do Guarujá visando valores base para o monitoramento do Programa Nacional de Suplementação de Ferro (PNSF) instituído no Brasil em 2005. Métodos: A metodologia adotada é a da pesquisa de campo, tendo a autorização da Secretaria Municipal de Saúde do Município do Guarujá e sendo desenvolvida nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) selecionadas, durante a Campólio. Teve o consentimento livre e esclarecido dos responsáveis pelas crianças, os quais responderam também a um questionário sobre características sociais, econômicas e hábitos alimentares da família. Todas as crianças presentes nas UBS, durante a Campólio, pertencentes à faixa etária estudada, foram submetidas ao exame de hemoglobina para diagnosticar a presença da anemia. Resultados: - Foram pesquisadas 531 crianças entre 06 e 24 meses e o resultado obtido revelou a prevalência de anemia em 50,5 por cento, sendo que 18,5 por cento da população total apresentou anemia grave (hemoglobina <=9,5g/dL). As crianças mais vulneráveis à anemia foram aquelas com idade entre 6 a 12 meses (59,8 por cento de anêmicos). A maior renda familiar tem interferência diretamente inversa às taxas de hemoglobina, assim como a idade da mãe ao parto. Quanto aos fatores dietéticos, observa-se que a alimentação infantil é semelhante à da família. Estão presentes na alimentação infantil carnes e feijão, fontes naturais de ferro; e pão, macarrão e bolachas que são alimentos fortificados com o mineral, porém, todos são ingeridos em pequenas quantidades. Conclusões: - Há, portanto, uma alta prevalência de anemia entre as crianças observadas, o que justifica a necessidade de intervenções preventivas como o Programa Nacional de Suplementação de Ferro (PNSF). Fica evidente que os lactentes são um grupo de risco para a deficiência de ferro, considerando as inúmeras consequências deletérias acarretadas por essa carência nutricional, o PNSF apresenta uma perspectiva importante para o controle dessa desnutrição

Anemia due to iron deficiency in children is one of the greatest nutrition problems challenging developing countries. Young children with less than two years of age are the greatest risk group. Main causes are iron depletion at birth and the increase in iron demand due to the accelerated growth of children in this period. Objectives are to verify the prevalence of anemia and correlated risk factors in 06 to 24 months children in the municipality of Guarujá in order to obtain base values for the monitoring of the National Program of Iron Supplementation implemented in Brazil in 2005. The work was authorized by the Department of Health of the Municipality of Guarujá and was developed in Basic Health Care Units (UBS) during the Campolio. Parents of the children gave their informed consent to the trial. Parents were also requested to answer a questionnaire on the social and economic characteristics and dietary habits of the family. All children in the studied age bracket present at the UBS, during the Campolio, had their hemoglobin tested to diagnose anemia. 531 children from 06 to 24 mo were tested. Prevalence of anemia was 50.5 per cent, and 18.5 per cent of the total population had severe anemia (hemoglobin <=9,5g/dL). Children from 6 to 12 mo were more vulnerable (59,8 per cent) Higher family income has directly inverse impact on hemoglobin levels as well as age of mother at delivery. As for dietary habits, the children's diet is very similar to that of the family. Children eat beef and beans, natural sources of iron, and bread, pasta and biscuits that are enriched with the mineral. However the intake and quantities are small. The findings of this study show high prevalence of anemia in the subjects observed therefore actions such as the implementation of the PNSF (National Program for Iron Supplementation) is necessary. Children in nursing age are a risk group for iron deficiency and all deleterious consequences considered, the National Program for Iron Supplementation will allow for the control of this malnutrition
Descritores: Transtornos da Nutrição do Lactente
Saúde da Criança
Fatores de Risco
Anemia Ferropriva
Fenômenos Fisiológicos da Nutrição do Lactente
Ferro
-Sulfato Ferroso
Limites: Lactente
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  8 / 983 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: lil-467875
Autor: Cançado, Rodolfo D; Fonseca, Luciana G; Claro, Marcelo R. C; Tajara, Flávia S; Langhi Junior, Dante M; Chiattone, Carlos S.
Título: Avaliação laboratorial da deficiência de ferro em doadoras de sangue / Laboratory analysis of iron deficiency in female blood donors
Fonte: Rev. bras. hematol. hemoter;29(2):153-159, abr.-jun. 2007. graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo deste estudo foi avaliar a freqüência da deficiência de ferro em doadoras de sangue do Hemocentro da Santa Casa de São Paulo segundo o tipo de doador, o número total de doações anteriores e a freqüência de doações realizadas nos últimos 12 meses. No período de 05 a 20 de outubro de 2004 foram estudadas 100 doadoras de sangue utilizando-se a determinação da ferritina sérica e dos índices eritrocitários. A freqüência de doadoras de sangue que apresentavam deficiência de ferro foi de 16,0 por cento. Para as doadoras de primeira vez, 10,5 por cento delas já apresentavam deficiência de ferro à primeira doação de sangue e, para aquelas que não eram de primeira vez, essa freqüência foi de 17,7 por cento (p<0,05). Observamos que quanto maior o número total de doações de sangue, maior a freqüência de doadores com deficiência de ferro. A freqüência encontrada foi estatisticamente significante somente para as doadoras com mais de quatro doações (p<0,05). Constatamos que quanto maior o número de doações realizadas nos últimos 12 meses, maior a freqüência de doadoras com deficiência de ferro. A freqüência observada foi estatisticamente significante para as doadoras com duas ou mais doações nos últimos 12 meses (p<0,05). Concluímos que a doação de sangue constitui-se numa causa importante de deficiência de ferro, particularmente nas doadoras de repetição. A elevada freqüência de doadoras de sangue com deficiência de ferro observada neste estudo sugere a necessidade de uma triagem laboratorial mais acurada, uma vez que a determinação isolada da hemoglobina ou do hematócrito não é suficiente para detectar e excluir as doadoras com deficiência de ferro sem anemia.

The aim of this study was to evaluate the frequency of iron deficiency in blood donors at the Santa Casa Blood Bank and to establish the frequency of iron deficient blood donors according to first-time and multiple donors, the total number of lifetime donations and the frequency of donations per year. Between 5th and 20th October 2004, one hundred blood donors were studied using the biochemical measurement of serum ferritin and red blood cell indices. The frequency of iron deficiency in blood donors was 16.0 percent. The frequency of iron deficiency was higher in non-first-time than in first-time female blood donors (10.5 percent versus 17.7 percent; p<0.05). The frequency of iron deficiency was higher in the multiple blood donors and this difference was statistically significative in female blood donors after more than four donations (p<0.05) and among female blood donors with two or more donations per year (p<0.05). We conclude that blood donation is a very important factor of iron deficiency in female blood donors, particularly in multiple donors. The high frequency of blood donors with iron deficiency found in this study suggests the necessity for more accurate laboratory screening, as the hemoglobin or hematocrit measurements alone are insufficient to detect and exclude blood donors with iron deficiency without anemia.
Descritores: Deficiência de Ferro
Técnicas de Laboratório Clínico
-Doadores de Sangue
Hemoglobinas
Triagem
Serviço de Hemoterapia
Hematócrito
Ferro
Responsável: BR408.1 - Biblioteca da Faculdade de Medicina - BFM


  9 / 983 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-950767
Autor: Ikinci, Ali; Bolat, Ibrahim; Ercisli, Sezai; Kodad, Ossama.
Título: Influence of rootstocks on growth, yield, fruit quality and leaf mineral element contents of pear cv. 'Santa Maria' in semi-arid conditions
Fonte: Biol. Res;47:1-8, 2014. graf, tab.
Idioma: en.
Resumo: BACKGROUND: Rootstocks play an essential role to determining orchard performance of fruit trees. Pyrus communisand Cydonia oblonga are widely used rootstocks for European pear cultivars. The lack of rootstocks adapted to different soil conditions and different grafted cultivars is widely acknowledged in pear culture. Cydonia rootstocks (clonal) and Pyrus rootstocks (seedling or clonal) have their advantages and disadvantages. In each case, site-specific environmental characteristics, specific cultivar response and production objectives must be considered before choosing the best rootstock. In this study, the influence of three Quince (BA 29, Quince A = MA, Quince C = MC) and a local European pear seedling rootstocks on the scion yield, some fruit quality characteristics and leaf macro (N, P, K, Ca and Mg) and micro element (Fe, Zn, Cu, Mn and B) content of 'Santa Maria' pear (Pyrus communis L.) were investigated. RESULTS: Trees on seedling rootstock had the highest annual yield, highest cumulative yield (kg tree(-1)), largest trunk cross-sectional area (TCSA), lowest yield efficiency and lowest cumulative yield (ton ha(-1)) in the 10th year after planting. The rootstocks had no significant effect on average fruit weight and fruit volume. Significantly higher fruit firmness was obtained on BA 29 and Quince A. The effect of rootstocks on the mineral element accumulation (N, K, Ca, Mg, Fe, Zn, Cu, Mn and B) was significant. Leaf analysis showed that rootstocks used had different mineral uptake efficiencies throughout the early season. CONCLUSION: The results showed that the rootstocks strongly affected fruit yield, fruit quality and leaf mineral element uptake of 'Santa Maria' pear cultivar. Pear seedling and BA 29 rootstock found to be more prominent in terms of several characteristics for 'Santa Maria' pear cultivar that is grown in highly calcareous soil in semi-arid climate conditions. We determined the highest N, P (although insignificant), K, Ca, Mg, Fe and Cu mineral element concentrations on the pear seedling and BA 29 rootstocks. According to the results, we recommend the seedling rootstock for normal density plantings (400 trees ha(-1)) and BA 29 rootstock for high-density plantings (800 trees ha(-1)) for 'Santa Maria' pear cultivar in semi-arid conditions.
Descritores: Raízes de Plantas/metabolismo
Folhas de Planta/química
Pyrus/classificação
Pyrus/crescimento & desenvolvimento
Pyrus/química
Clima Desértico
Produção Agrícola/métodos
Frutas/metabolismo
-Fósforo/análise
Potássio/análise
Chuva
Solo
Temperatura
Turquia
Zinco/análise
Boro/análise
Cálcio/análise
Cobre/análise
Rosaceae/fisiologia
Plântula/crescimento & desenvolvimento
Plântula/fisiologia
Ferro/análise
Magnésio/análise
Manganês/análise
Nitrogênio/análise
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  10 / 983 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-950787
Autor: Song, Bin; Bian, Qi; Shao, Cheng-Hao; Liu, An-An; Jing, Wei; Liu, Rui; Zhang, Yi-Jie; Zhou, Ying-Qi; Li, Gang; Jin, Gang.
Título: Sox2 function as a negative regulator to control HAMP expression
Fonte: Biol. Res;48:1-8, 2015. graf.
Idioma: en.
Projeto: Shanghai Municipal Natural Science Foundation.
Resumo: BACKGROUND: Hepcidin, encoding by HAMP gene, is the pivotal regulator of iron metabolism, controlling the systemic absorption and transportation of irons from intracellular stores. Abnormal levels of HAMP expression alter plasma iron parameters and lead to iron metabolism disorders. Therefore,itis animportant goal to understand the mechanisms controlling HAMP gene expression. RESULTS: Overexpression of Sox2 decrease basal expression of HAMP or induced by IL-6 or BMP-2, whereas, knockdown of Sox2 can increase HAMP expression, furthermore, two potential Sox2-binding sites were identified within the human HAMP promoter. Indeed, luciferase experiments demonstrated that deletion of any Sox2-binding site impaired the negative regulation of Sox2 on HAMP promoter transcriptional activity in basal conditions. ChIP experiments showed that Sox2 could directly bind to these sites. Finally, we verified the role of Sox2 to negatively regulate HAMP expression in human primary hepatocytes. CONCLUSION: We found that Sox2 as a novel factor to bind with HAMP promoter to negatively regulate HAMP expression, which may be further implicated as a therapeutic option for the amelioration of HAMP-overexpression-related diseases, including iron deficiency anemia.
Descritores: Regulação Neoplásica da Expressão Gênica/genética
Hepatócitos/metabolismo
Fatores de Transcrição SOXB1/genética
Hepcidinas/genética
-Plasmídeos/genética
Sítios de Ligação
Interleucina-6/metabolismo
Regiões Promotoras Genéticas/genética
Proteína Morfogenética Óssea 2/metabolismo
Fatores de Transcrição SOXB1/metabolismo
Técnicas de Silenciamento de Genes
Células Hep G2
Hepcidinas/metabolismo
Vetores Genéticos
Anemia/genética
Anemia/metabolismo
Ferro/metabolismo
Luciferases
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central



página 1 de 99 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde