Base de dados : LILACS
Pesquisa : D01.268.558.362.249 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 1 LILACS  
             
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-946769
Autor: Espindola, Maria Carolina Grigoletto; Menezes, Nilson Lemos de; Barbieri, Ana Paula Piccinin.
Título: Efeito do cério na qualidade fisiológica de sementes de milho e no desempenho agronômico das plantas / Effect cerium on the physiological quality maize seed and agronomic performance of plants
Fonte: Biosci. j. (Online);29(5-Supplement 1):1501-1507, nov. 2013. graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Os elementos químicos terras raras, tais como Cério (Ce), podem ser utilizados como fertilizantes no manejo químico das culturas, visando a otimização no fornecimento de nutrientes às plantas, quando se buscam incrementos na produtividade agrícola. O objetivo do trabalho foi avaliar a qualidade fisiológica e o desempenho agronômico da cultura do milho, após tratamento das sementes com Ce. As sementes da cultivar Pioneer 30F53, foram imersas em solução aquosa, nas concentrações de 0, 5, 10, 15, 20 e 25 mg de Ce L-1, por uma hora. Após a imersão, foram realizados os testes de germinação, primeira contagem da germinação, classificação do vigor, comprimento e massa seca de plântulas, em laboratório. Em campo, sementes tratadas com a concentração de 12 mg de Ce L-1, escolhida após a primeira etapa de testes de laboratório, foram semeadas e durante o ciclo da cultura foram avaliados além do rendimento, número de dias até emergência de 50 % das plantas, número de folhas, diâmetro do colmo, estatura de plantas e número de dias até 50 % do florescimento. Concluiu-se que a aplicação de Ce em sementes de milho aumenta a germinação e o vigor das sementes, mas não influencia o crescimento vegetativo e reprodutivo. O tratamento com Ce pode induzir ao aumento do rendimento da cultura do milho.

The search for alternatives that provide increases in crop yields in agricultural systems is still present today. Chemical elements rare earths such as cerium (Ce) represent alternatives in the search for increases in agricultural productivity and has been used in several countries and many cultures. The objective of this study was to evaluate the physiological quality and agronomic performance of corn after seed treatment with Ce. Corn seeds Pioneer 30F53, since they were immersed in aqueous solution at concentrations of 0, 5, 10, 15, 20 and 25 mg L-1 Ce, for one hour. After the immersion, were performed tests of germination, first count germination, vigor classification, length and seedling dry weight in the laboratory. In the field, the seeds treated with a concentration of 12 mg L-1 Ce, previously chosen by laboratory tests were sown and during the course of the culture were measured as well as yield, number of days until emergence of the plants 50%, number leaf, stem diameter, plant height and number of days until 50% flowering. It was concluded that the application of Ce increases in corn seed germination and seed vigor, but no effect on the vegetative and reproductive growth. The treatment with Ce can induce an increase of the yield of corn.
Descritores: Sementes/crescimento & desenvolvimento
Cério
Germinação
Zea mays
Fertilizantes
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde