Base de dados : LILACS
Pesquisa : D01.578 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 266 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 27 ir para página                         

  1 / 266 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1148445
Autor: Ríos Reyes, Carlos Alberto; Ríos Gutiérrez, María Paula; Joya Neira, Santiago.
Título: The importance of minerals in medical geology: impacts of the environment on health / La importancia de los minerales en la geología médica: impactos del medio ambiente en la salud
Fonte: Arch. med;21(1):182-202, 2021/01/03.
Idioma: en.
Resumo: Objective: the purpose of this work is to review research on the role of minerals in Medical Geology, highlighting the importance and interrelationships between geological factors and human health. Materials and methods: qualitative study under the documentary approach from which a review of previous studies on the topic of interest was carried out, taking into account that there is an increasing interest between the health and geoscience communities by elucidating the geologic origins and flow of toxic elements in the environment that lead to human exposure through the consumption of food and water. Results: during the review process of the existing literature, it was evidenced that the advance of science and technology has allowed the opening of new lines of research that require multidisciplinary work with the participation of professionals in different areas of knowledge and the medical geology proposes collaboration between two broad fields of knowledge that apparently have no relationship, such as Earth sciences and biomedical sciences. Several aspects are considered, including the interaction between environment and health, which is very important for an extensive audience, including students, researchers, geological and biomedical professionals, policymakers and general public. Conclusion: medical geology should be considered as a component of the Colombia's National Health Action Plan and therefore, to be most effective the Colombian geoscience community should be included as one of the key players or agencies involved in environmental health studies..Au

Objetivo: la finalidad del presente trabajo es revisar investigaciones sobre el papel de los minerales en Geología Médica, destacando la importancia y las interrelaciones entre los factores geológicos y la salud humana. Materiales y métodos: estudio de carácter cualitativo bajo el enfoque documental a partir del cual se llevó a cabo una revisión de estudios previos sobre el tópico de interés, teniendo en cuenta que existe un interés creciente entre las comunidades de salud y geociencia al dilucidar los orígenes geológicos y flujo de elementos tóxicos en el medio ambiente que conducen a la exposición humana a través del consumo de alimentos y agua. Resultados: durante el proceso de revisión de la literatura existente, se evidenció que el avance de la ciencia y la tecnología ha permitido la apertura de nuevas líneas de investigación que requieren un trabajo multidisciplinario con la participación de profesionales en diferentes áreas del conocimiento y la geología médica propone colaboración entre dos amplios campos de conocimiento que aparentemente no tienen relación, como las ciencias de la tierra y las ciencias biomédicas. Se consideran varios aspectos, incluida la interacción entre el medio ambiente y la salud, que es muy importante para una audiencia extensa, incluidos estudiantes, investigadores, profesionales geológicos y biomédicos, encargados de formular políticas y público en general. Conclusión: la geología médica debe considerarse como un componente del Plan de Acción Nacional de Salud de Colombia y, por lo tanto, para ser más eficaz, la comunidad de geociencia colombiana debe ser incluida como uno de los actores o agencias clave involucradas en los estudios de salud ambiental..Au
Descritores: Meio Ambiente
Geologia
Minerais
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: CO279.1 - Centro de Biblioteca e Información


  2 / 266 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Yuyama, Lucia K. O
Aguiar, Jaime P. L
Yuyama, Kaoru
Vasconcellos, Marina B. A
Texto completo
Id: lil-574673
Autor: Yuyama, Lucia K. O; Aguiar, Jaime P. L; Yuyama, Kaoru; Lopes, Tatiana M; Fávaro, Déborah I. T; Bergl, Paula C. P; Vasconcellos, Marina B. A.
Título: Teores de elementos minerais em algumas populações de Camu-Camu / Content of mineral elements in some populations of camu-camu
Fonte: Acta amaz;33(4):549-554, Dec. 2003. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O camu-camu, caçari, ou araçá d'água (Myrciaria dubia (H.B.K) McVaugh) é um arbusto da família Myrtaceae, disperso em quase toda a Amazônia. É uma espécie tipicamente silvestre mas com grande potencial econômico e nutricional. Entretanto, no que se refere a elementos minerais, poucas informações são disponíveis na literatura. Considerando a essencialidade dessas informações na nutrição humana e objetivando contribuir na elaboração de uma Tabela de composição de alimentos a nível regional e nacional, determinou-se os elementos minerais em algumas populações de camu-camu, pela Técnica de Ativação com Nêutrons Instrumental. Verificou-se que em relação aos macro elementos minerais, nos frutos de camu-camu analisados, as maiores concentrações foram para potássio, com uma variação de (62,6±0,4 a 144,1±08 mg por cento) e cálcio (9,5±0,3 a 10,6±0,5 mg por cento). A concentração de sódio nos frutos foi baixa (90,7±16,5 µg por cento). A população Uatumã-9 apresentou maiores concentrações de zinco (472,0±8,3µg por cento), molibdênio (6,2±0,6µg por cento) e cromo (19,9±1,7 µg por cento), seguida da população Uatumã 24 em cobalto (2,4±0,03 mg por cento). Dessa forma, o consumo de camu-camu pode contribuir para atingir a ingestão adequada das recomendações de elementos minerais nos diferentes grupos populacionais da região Amazônica.

Camu-camu, caçari, or araçá d'água (Myrciaria dubia (H.B.K.) McVaugh) is a shrub of the Myrtaceae family, dispersed through almost all the Amazonia. It is a typically wild species but with great economic and nutritional potential. However, few information on its mineral content is available in the literature. Considering the importance of these information for the human nutrition, and, objectiving to contribute in the elaboration of a Table of food composition the regional and national level, was determined the mineral elements in some populations of camu-camu, by neutron activation analysis. According to the results, the greater concentrations was verified in relation to the macro mineral elements potassium, with a variation of (62,6±0,4 to 144,1±8,3 mg percent) and calcium (9,5±0,3 to 10,6±0,5 mg percent). The concentration of sodium in the fruts was low (19,9±1,7µg percent). The population Uatumã 9 presented greater concentrations of zinc (472,0±8,3µg percent), molybdenum (6,2±0,6µg percent) and chromium (19,9±1,7µg percent) followed of the population Uatumã 24 for cobalt (2,4±28,7mg percent). Therefore, camu-camu can contribute for reaching the recommendations of mineral elements intakes by the different human populations of the Amazon region.
Descritores: Árvores
Análise por Ativação
Minerais
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  3 / 266 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-394076
Autor: Costa, Marcondes Lima da; Kern, Dirse Clara; Pinto, Alice Helena Eleotério; Souza, Jorge Raimundo da Trindade.
Título: The ceramic artifacts in archaeological black earth (terra preta) from lower Amazon region, Brazil: mineralogy
Fonte: Acta amaz;34(2):165-178, 2004. ilus, mapas, tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Estudou-se os atributos físicos, hídricos e químicos de um Latossolo sob sistema de agroflorestal na região Amazônica. O solo foi descrito morfologicamente e amostras com estrutura deformada foram coletadas para caracterização física e química. A análise das propriedades hidráulicas foi realizada a partir de amostras indeformadas coletadas a cada camada de 0,10 m até 1,00 m de profundidade com 5 repetições para determinação da condutividade hidráulica do solo saturado (Ko) pelo método do permeâmetro de carga decrescente e determinação das curvas de retenção (fm(q)), utilizando as tensões de 1, 2 e 4 kPa (funis de placa porosa) e 10, 30, 50, 100, 500 e 1500 kPa (câmaras de pressão com placa porosa). As demais análises foram realizadas até 1,50 m de profundidade. Os valores de Ko nas camadas apresentaram grande homogeneidade estando compreendido entre 2,22 a 3,20 cm dia-1, sendo relacionados com variação da densidade do solo e porosidade. A retenção hídrica demonstra que o solo tem a capacidade de reter elevada quantidade de água, mesmo quando submetido a elevados potenciais, indicando uma baixa disponibilidade para as plantas. As curvas de retenção não apresentaram um bom ajuste pela equação de van Genuchten , sugerindo uma distribuição de poros bimodal.
Descritores: Fosfatos
Arqueologia
Cerâmica
Minerais
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  4 / 266 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1131471
Autor: Silva, P. M; Queiroz Filho, M. R; Bonemann, D. H; Ribeiro, A. S; Bruhn, F. R. P; Bermudes, R. F; Barbosa, A. A; Martins, C. F.
Título: Concentração de minerais no tecido queratinizado podal de equinos jovens da raça Crioula em diferentes fases de crescimento / [Mineral concentrations in the keratinized tissue on the feet of young Crioulo horses at different stages of growth]
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);72(4):1145-1153, July-Aug. 2020. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: O presente estudo avaliou o perfil mineral de Cálcio (Ca), Cobre (Cu) e Zinco (Zn) no estojo córneo pré e pós-desmame e sua associação com pigmentação, gênero e idade de potros da raça Crioula criados em pastagens nativas no Rio Grande do Sul. Foram coletadas amostras do casco de potros da raça Crioula 41 dias pré e 28 dias pós-desmame. Os teores de Ca, Cu e Zn variaram no casco fetal (571,0±39,4; 14,5±7,6 e 130,0±30,5mg/kg, respectivamente; P<0,05) e no definitivo (653,0±169,2; 33,8±11,5 e 69,3±36,8mg/kg, respectivamente; P<0,05), no pré (620,0±184; 17,2±21,2 e 103,0±75,5mg/kg, respectivamente; P<0,05) e no pós-desmame (517,5±181; 0 e 79,0±41,7mg/kg, respectivamente; P<0,05). Houve associação positiva (P<0,05) com a faixa etária no pré-desmame para Ca (r=0,5) e Cu (r=0,57), e negativa para Zn (r=-0,69; P<0,05). No pós-desmame, houve associação positiva (P<0,05) para Ca (r=0,36) e Zn (r=0,64) e negativa para Cu (r=-0,39; P<0,05). Tanto a pigmentação quanto o gênero não afetaram o perfil mineral. Conclui-se que há diferenças nas concentrações de Ca, Cu e Zn na epiderme do casco de potros da raça Crioula no pré e pós-desmame, independentemente da pigmentação e do gênero, onde as concentrações de Ca e Cu aumentam com a idade, enquanto as de Zn diminuem.(AU)

The aim of this study was to evaluate the mineral profile of Ca, Cu and Zn in the hoof horny capsule at pre and post-weaning and its association with pigmentation, gender and age range of Crioulo foals raised in native pastures in RS. Samples were collected from the epidermis of the Crioulo foal's hoof at two times, 41 pre and 28 post-weaning. The contents of Ca, Cu, Zn Varied in the fetal hoof ( 571.0±139.4, 14.5±7.6 and 130.0±30.5mg/kg, respectively, P<0.05) and definitive (653.0±169.2, 33.8±11.5 and 69.3±36.8mg/kg, respectively, P<0.05), in the pre (620.0±184, 17.2±21.2 and103.0±75.5mg/kg, respectively, P<0.05) and post-weaning (517.5±181, 0.1 and 79.0±41.7mg/kg, respectively, P<0.05).There was a positive association (P<0.05) with a preweaning age for Ca (r=0.5) and Cu (r=0.57) and negative for Zn (r=-0.69, P<0.05). In the post weaning there was a positive association (P<0.05) for Ca (r=0.36) and Zn (r=0.64) and negative for Cu (r=-0.39; P<0.05). Neither pigmentation nor gender affected the mineral profile. It is concluded that there are differences in Ca, Cu, Zn concentrations in the epidermis of foals of the crioulo breed at the pre and post weaning, regardless of pigmentation and sex, where Ca and Cu concentrations increase with age, while Zn concentrations decrease.(AU)
Descritores: Pigmentação da Pele/fisiologia
Casco e Garras/citologia
Cavalos/crescimento & desenvolvimento
Minerais
-Zinco
Cálcio
Cobre
Queratinas
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  5 / 266 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Yuyama, Lucia Kiyoko Ozaki
Aguiar, Jaime Paiva Lopes
Texto completo
Id: lil-420515
Autor: Silva Filho, Danilo Fernandes da; Yuyama, Lucia Kiyoko Ozaki; Aguiar, Jaime Paiva Lopes; Oliveira, Maslova Carmo; Martins, Lúcia Helena Pinheiro.
Título: Caracterização e avaliação do potencial agronômico e nutricional de etnovariedades de cubiu (Solanum sessiliflorum Dunal) da Amazônia / Characterization and evaluation of the agronomic and nutritional potential of ethnovarieties of cubiu (Solanum sessiliflorum Dunal) in Amazonia
Fonte: Acta amaz;35(4):399-405, out.-dez. 2005. ilus, mapas.
Idioma: pt.
Resumo: O cubiu (Solanum sessiliflorum Dunal) é um importante recurso genético para o povo da Amazônia, porque produz frutos tradicionalmente utilizados como alimento, medicamento e cosméticos. Por se tratar de um excelente produto para o agro-negócio, aprofundar o conhecimento sobre a espécie, será uma contribuição de grande valia para a sociedade da região. Este trabalho teve o objetivo de caracterizar e avaliar o potencial de diferentes etnovariedades (ETNs) por meio de descritores agronômicos e minerais dos seus frutos. O Experimento foi conduzido na Estação Experimental de Hortaliças do INPA, em Manaus, em solo Podzólico vermelho-amarelo, álico, textura arenosa e de baixa fertilidade. Adotou-se um delineamento experimental de blocos ao acaso, com 28 tratamentos (as ETNs) em quatro repetições. Os seguintes descritores agronômicos e minerais dos frutos foram avaliados: forma dos frutos, número de frutos, comprimento do fruto, largura do fruto, peso médio do fruto, espessura da polpa, potássio, zinco, manganês, sódio, ferro, magnésio e cálcio. As análises de variância detectaram diferenças significativas entre as etnovariedades para todos os caracteres. As 28 ETNs puderam ser classificadas em nove formatos diferentes de frutos. As plantas produziram em média 4 a 89 frutos, variando em peso de 18,5 a 301 g. Entre os micro-elementos analisados a concentração de ferro variou de 97,3 a 352,7 mg em 100g da polpa in natura. Destacou-se em conteúdo deste elemento, a ETN3, originária de Barcelos (AM). Entre os macro-elementos, o potássio (variando entre 54,6 a 563,5 mg em 100g da polpa in natura) apresentou maior concentração nas 28 ETNs avaliadas. A ETN9, originária de Lábrea (AM), foi a que produziu os frutos mais ricos nesse elemento. De maneira geral, as ETNs estudadas apresentam variabilidade genética ampla para ser explorada em programa de melhoramento do cubiu.
Descritores: Solanaceae
Melhoramento Genético
Frutas
Minerais
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  6 / 266 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: lil-708906
Autor: Ossa Giraldo, Ana Claudia; Gómez Gallego, Diana Maryory; Espinal Correa, Claudia Elena.
Título: Asbesto en Colombia: un enemigo silencioso / Asbestos in Colombia: A silent enemy
Fonte: Iatreia;27(1):53-62, ene.-mar. 2014. tab.
Idioma: es.
Resumo: El asbesto es un grupo de minerales no metálicos fibrosos, compuestos de silicatos de doble cadena que poseen gran resistencia a la tensión y la degradación química y conductividad térmica baja. A pesar de la evidencia experimental y poblacional de que dichos minerales son agentes cancerígenos y de su reconocimiento como tales por la Organización Mundial de la Salud, aún se los sigue usando en muchos países, Colombia incluida, a costa de la salud de los trabajadores, lo que se ha convertido en un problema mundial por el desarrollo de enfermedades asociadas a estos minerales en individuos expuestos. En este artículo se hace una revisión sobre el asbesto, las enfermedades asociadas a él y la normatividad mundial y colombiana frente al mismo; además, se plantea la conveniencia de evaluar la utilidad de la monitorización genética como complemento para el seguimiento de los individuos expuestos, que permita mejorar la vigilancia en nuestro país del desarrollo de cáncer de pulmón, mesotelioma y otras enfermedades asociadas con el asbesto.

Asbestos is a group of fibrous non-metallic minerals, composed of double chain silicates, that shows high resistance to tension and chemical degradation and low thermal conductivity. Despite being recognized as carcinogenic agents by the World Health Organization (WHO), based on experimental evidences and population studies, asbestos are still used in many countries at the expense of the health of workers. This has become a worldwide problem associated with the increase of asbestos-related diseases in exposed persons. In this article, we review asbestos and their associated diseases; the use, exposure and existing regulations on asbestos both in Colombia and in other countries. Finally, we raise the possibility of evaluating the usefulness of genetic monitoring in addition to following-up exposed individuals. This would enable a better surveillance in our country with respect to lung cancer, mesothelioma and other asbestos-related diseases.
Descritores: Asbestos/efeitos adversos
Asbestos/toxicidade
Carcinógenos
Minerais/efeitos adversos
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: CO56.1 - Biblioteca


  7 / 266 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-968961
Autor: Mahwish, Mahwish; Saeed, Farhan; Nisa, Mahr un; Nadeem, Muhammad Tahir.
Título: Minerals and phytochemical analysis of bitter melon fruits and its components in some indigenous and exotic cultivars / Análise fitoquímica e de minerais de frutos de melão amargo e seus componentes em alguns cultivares indígenas e exóticos
Fonte: Biosci. j. (Online);34(6):1622-1631, nov.-dec. 2018. graf, tab.
Idioma: en.
Resumo: The present study was designed to compare the mineral contents and phytochemicals in fruits of some indigenous and exoticbitter melon cultivars. Skin, flesh, seeds and whole fruit of each cultivar were dried at room temperature and ground to fine powder which was packed separately in air-tight plastic jars for analysis. The data revealed that all the cultivars possessed appreciable amount of minerals. Indigenous cultivars possessed higher mineral contents than the exotic cultivars. Black King was found to be desirable cultivar with high amount of potassium, phosphorous, magnesium, calcium, iron and zinc with values of 258.83, 92.92, 46.74, 48.42, 3.90 and 1.78 mg/100g, respectively. Among fruit parts, flesh portion was rich in potassium, phosphorous, magnesium, sodium and calcium followed by skin and seed. The seeds possessed relatively high amount of iron (4.44 mg/100g) and zinc (2.80 mg/100g). On the whole, flesh part of Black King is predominated in mineral profile while least quantity was observed in the seeds of Noor. All the cultivars possessed same types of phytochemicals although may vary in their abundance. Phenols, flavanoids, saponins and ascorbic acid were present in abundance in skin and flesh while seeds were found rich in alkaloids and glycoalkaloid. The variations in the chemical composition in fruit and components due to changes in agro-climatic conditions suggest that there is scope for developing cultivars to be grown in wide range of agronomic, climatic and geographic conditions with no effect on its nutrient and phytochemical profile.

O presente estudo foi projetado para comparar os teores de minerais e fitoquímicos em frutos de alguns cultivares indígenas e exóticos de melão amargo. Casca, polpa, sementes e frutos inteiros de cada cultivar foram secos à temperatura ambiente e moídos até obter-se um pó fino que foi embalado separadamente em frascos de plástico hermeticamente fechados para análise. Os dados revelaram que todos os cultivares possuíam quantidade apreciável de minerais. Cultivares indígenas possuíam maior conteúdo mineral que os cultivares exóticos. Descobriu-se que o Black King foi o cultivar desejável com alta quantidade de potássio, fósforo, magnésio, cálcio, ferro e zinco com valores de 258.83, 92.92, 46.74, 48.42, 3.90 e 1.78 mg/100g, respectivamente. Entre as partes das frutas, a polpa era mais rica em potássio, fósforo, magnésio, sódio e cálcio, seguida pela casca e pela semente. As sementes possuíam quantidades relativamente elevadas de ferro (4.44 mg/100g) e zinco (2.80 mg/100g). No geral, na polpa do Black King predomina o perfil mineral, enquanto uma menor quantidade foi observada nas sementes de Noor. Todos os cultivares possuíam os mesmos tipos de fitoquímicos, embora possam variar em sua abundância. Fenóis, flavonóides, saponinas e ácido ascórbico estavam presentes em abundância na casca e na polpa enquanto as sementes eram ricas em alcalóides e glicoalcalóides. As variações na composição química de frutos e componentes devido a mudanças nas condições agroclimáticas sugerem que há espaço para o desenvolvimento de cultivares a serem cultivadas em ampla escala de condições agronômicas, climáticas e geográficas, sem efeito no seu perfil nutricional e fitoquímico.
Descritores: Momordica charantia
Compostos Fitoquímicos
Minerais
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  8 / 266 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Yuyama, Lucia K. O
Aguiar, Jaime P. L
Yuyama, Kaoru
Vasconcellos, Marina B. A
Texto completo
Id: lil-474442
Autor: Yuyama, Lúcia K. O; Macedo, Sonja H. M; Aguiar, Jaime P. L; S. Filho, Danilo; Yuyama, Kaoru; Fávaro, Déborah I. T; Vasconcellos, Marina B. A.
Título: Quantificação de macro e micro nutrientes em algumas etnovariedades de cubiu (Solanum sessiliflorum Dunal) / Macro and micro nutrients quantification of some cubiu ethnovarieties (Solanum sessiliflorum Dunal)
Fonte: Acta amaz;37(3):425-430, 2007. tab.
Idioma: pt.
Projeto: INPA; . CNPq.
Resumo: Considerando a ampla variabilidade genética de cubiu (Solanum sessiliflorum Dunal), quantificaram-se os macro e micro-nutrientes, objetivando a ampliação da tabela de composição química de alimentos típicos da região amazônica. Os frutos provenientes da Estação Experimental de Hortaliças Alejo von der Pahlen (EEH) do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), localizados no km 14 da Rodovia AM 010 em Manaus, AM, foram processados no Laboratório de Alimentos e Nutrição do INPA. Avaliaram-se oito etnovariedades de cubiu identificados como: 2 I, 3 I, 6, 7, 12, 14, 17, 29 I e III em estádio de maturação comercial. Os teores de elementos minerais foram quantificados pela técnica de Ativação por Nêutrons Instrumental e a fibra alimentar pelo método enzímico-gravimétrico. Os resultados demonstram ser o cubiu um fruto com baixo conteúdo energético (média de 33 kcal), com conteúdo de fibra alimentar total na ordem de 1,6 por cento. Em relação aos macros elementos minerais, a etnovariedade 6, apresentou a maior concentração em potássio (513,5±3,1mg), cálcio (18,9±0,6mg) e a etnovariedade 2 I em Fe (564,4±58,1µg) e Cr (99,3±8,3µg). A menor concentração foi constatada na etnovariedade 12 para os elementos K (229,0±4,5mg), Na (53,7±5,5µg) e Zn (89,3±4,7µg). Apesar das variações em relação as diferentes etno variedades e conseqüentemente concentrações em elementos minerais, o cubiu, pode estar contribuindo para atingir as recomendações desses nutrientes.

Considering the wide genetic variability of cubiu (Solanum sessiliflorum Dunal), its chemical composition was quantified in order to contribute to the chemical composition table of typical Amazonian foods. The cubiu fruit was collected at Alejo von der Pahlen (EEH) experimental station from National Research Institute of Amazonia (INPA). Eight ethno varieties of cubiu identified as 2 I, 3 I, 6, 7, 12, 14, 17, 29 I and III were analyzed. All samples used were ripe. The mineral content was determined by Neutron Activation Analysis technique and alimentary fiber by the enzymatic-gravimetric method. The results showed that cubiu is a hypo caloric food source (mean of 33 kcal and total fiber of about 1.6 percent). Regarding macronutrients, ethnovariety 6 showed high potassium (513.5 ± 3.1 mg) and calcium (18.8 ± 0.6 mg) concentration. Ethnovariety 21, had high Fe (564 ± 58 µg) and Cr (99 ± 8 µg) concentrations. Low concentrations of K (229.0 ± 4.5 mg), Na (53.7 ± 5.5 µg) and Zn (89.3 ± 4.7 µg) were found for ethnovariety 12. Although the cubiu fruit presents great variation of its mineral contents due to different ethnovarieties, it could still contribute as a diet supplement to reach the minimum nutrient requirements for the Amazonian population.
Descritores: Análise por Ativação
Solanum
Minerais
Análise de Ativação de Nêutrons
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  9 / 266 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-482503
Autor: Minervino, Antonio Humberto Hamad; Cardoso, Elyzabeth da Cruz; Ortolani, Enrico Lippi.
Título: Características do sistema produtivo da pecuária no município de Santarém, Pará / Characterization of cattle production systems in Santarém, Pará, Brazil
Fonte: Acta amaz;38(1):11-16, 2008. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Com o objetivo de identificar as principais falhas no sistema de produção que limitam a pecuária em Santarém, Pará, foram entrevistados, ao acaso, 21 pecuaristas (90,5 por cento de corte - cria, recria e engorda; 9,5 por cento de leite), proprietários de 10 por cento da população de bovinos do município. 71,4 por cento das propriedades tinham currais para manejo do gado, entretanto apenas 38,1 por cento possuíam balança e 23,8 por cento tronco de contenção. A Brachiaria brizantha estava presente em todas as fazendas, sendo usada exclusivamente em 42,9 por cento das propriedades. A disseminação de plantas invasoras (61,9 por cento) foi considerada a principal dificuldade no manejo das pastagens. Constatou-se que 76,2 por cento dos pecuaristas utilizam misturas minerais com macro e micro-elementos, geralmente de formulações comerciais, enquanto que 19 por cento utilizam apenas sal comum, enriquecido com micro-elementos. A concentração de fósforo (P) na mistura mineral estava abaixo do recomendado para bovinos de corte em 76,9 por cento das propriedades e apenas 19 por cento das propriedades possuía cochos para suplementação mineral adequada.

With the objective of identifying the main problems of cattle nutrition in the production systems of Santarém, Pará, Brazil, ranchers in different regions of the municipality and who owned 10 percent of the municipality's animals were interviewed at random. The ranchers raised mostly beef cattle; only 9.5 percent had dairy cattle. The infrastructure conditions are inappropriate; only 23.8 percent of the ranches have adequate facilities for beef cattle management and 61.9 percent of the ranchers do not consider weight control. Weed invasion was considered the main problem of the pastures (61.9 percent). The most common forage was Brachiaria brizantha, used exclusively in 42.9 percent of the ranches. 76.2 percent of the ranchers used a complete mineral supplement, with macro and micro elements, while 19 percent used only salt (NaCl) with micro elements; the other 5 percent did not use mineral supplements at all. The phosphorus concentration in the mineral supplement at 76.9 percent of the ranches was less than the minimum level suggested for beef cattle and only 19 percent of the ranches had appropriate mineral feeders.
Descritores: Fósforo
Bovinos
Pastagens
Suplementos Nutricionais
Minerais
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  10 / 266 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1139533
Autor: Oliveira, Carla Maria; Teixeira, Hugo; Alves, Sandra Maria; Pina, Maria Fátima.
Título: Regional drinking water composition effects on hip fracture risk: a spatial analysis of nationwide hospital admissions in Portugal, from 2000 to 2010 / Efeitos da composição regional da água potável no risco de fratura do fêmur: uma análise espacial das admissões hospitalares em Portugal, de 2000 a 2010
Fonte: Saúde Soc;29(2):e200094, 2020. graf.
Idioma: en.
Projeto: Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT/MEC); . FEDER.
Resumo: Abstract Geographical variation on hip fractures (HF) may be related to the geographical variation of drinking water composition (DWC); minerals in drinking water may contribute to its fragility. We aim to investigate the effects of DWC on HF risk in Portugal (2000-2010). From National Hospital Discharge Register we selected admissions of patients aged ≥50 years, diagnosed with HF caused by low/moderate energy traumas. Water components and characteristics were selected at the municipality level. A spatial generalized additive model with a negative binomial distribution as a link function was used to estimate the association of HF with variations in DWC. There were 96,905HF (77.3% in women). The spatial pattern of HF risk was attenuated after being adjusted for water parameters. Results show an indirect association between calcium, magnesium, and iron and HF risk but no clear relation between aluminum, cadmium, fluoride, manganese, or color and HF risk. Regarding pH, the 6.7pH and 7pH interval seems to pose a lower risk. Different dose-response relationships were identified. The increase of calcium, magnesium, and iron values in DWC seems to reduce regional HF risk. Long-term exposure to water parameters, even within the regulatory limits, might increase the regional HF risk.

Resumo A variabilidade espacial existente na fratura do colo do fêmur (FCF) pode estar relacionada com a variabilidade geográfica da composição da água para consumo (CAC), devido à ação dos minerais na fragilidade óssea. O objetivo do artigo foi investigar o efeito da CAC no risco de FCF em Portugal (2000-2010). Do registo nacional de altas hospitalares, foram selecionadas todas as admissões em indivíduos ≥50, com diagnóstico de FCF causado por trauma de baixo/moderado impacto. Os componentes e características da água foram usados ao nível do município. Um modelo espacial aditivo generalizado, com a distribuição binomial negativa como função de ligação, foi usado para estimar a associação de FCF e as variações da CAC. Foram selecionadas 96.905 FCF (77,3% em mulheres). O padrão espacial de risco de FCF foi atenuado após ser ajustado pelos parâmetros da CAC. Os resultados mostraram uma associação indireta com cálcio, magnésio e ferro. No entanto, com alumínio, cádmio, fluoreto, manganês e cor, a associação com o risco não foi clara. O intervalo de pH de 6,7 a 7 parece apresentar um menor risco. Foram identificadas diferentes dose-resposta. O aumento do cálcio, magnésio e ferro na CAC parece reduzir o risco regional de FCF. Uma exposição a longo prazo, mesmo obedecendo aos limites impostos por lei, parece aumentar o risco regional de FCF.
Descritores: Osteogênese Imperfeita
Água Potável
Qualidade da Água
Fraturas do Fêmur
Minerais
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência



página 1 de 27 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde