Base de dados : LILACS
Pesquisa : D01.695.525 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 15 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 2 ir para página        

  1 / 15 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-841182
Autor: CARDOSO, Kelly Antonieta Oliveira Rodrigues de Faria; ZARPELLON, Driellen Christine; MADRUGA, Camila Ferreira Leite; RODRIGUES, José Augusto; ARRAIS, Cesar Augusto Galvão.
Título: Effects of radiant exposure values using second and third generation light curing units on the degree of conversion of a lucirin-based resin composite
Fonte: J. appl. oral sci;25(2):140-146, Mar.-Apr. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: FAPESP.
Resumo: Abstract Alternative photoinitiators with different absorption wavelengths have been used in resin composites (RCs), so it is crucial to evaluate the effectiveness of light-curing units (LCUs) on these products. Objective Using Fourier transform infrared analysis (FTIR) in vitro, the effects of varying radiant exposure (RE) values generated by second and third generation LED LCUs on the degree of conversion (DC) and maximum rate of polymerization (Rpmax) of an experimental Lucirin TPO-based RC were evaluated. Material and Methods 1 mm or 2 mm thick silicon molds were positioned on a horizontal attenuated total reflectance (ATR) unit attached to an infrared spectroscope. The RC was inserted into the molds and exposed to varying REs (18, 36 and 56 J/cm2) using second (Radii Plus, SDI) and third generation LED LCUs (Bluephase G2/Ivoclar Vivadent) or a quartz tungsten based LCU (Optilux 501/SDS Kerr). FTIR spectra (n=7) were recorded for 10 min (1 spectrum/s, 16 scans/spectrum, resolution 4 cm-1) immediately after their application to the ATR. The DC was calculated using standard techniques for observing changes in aliphatic to aromatic peak ratios both prior to, and 10 min after curing, as well as during each 1 second interval. DC and Rpmax data were analyzed using 3-way ANOVA and Tukey’s post-hoc test (p=0.05). Results No significant difference in DC or Rpmax was observed between the 1 mm or 2 mm thick specimens when RE values were delivered by Optilux 501 or when the 1 mm thick composites were exposed to light emitted by Bluephase G2, which in turn promoted a lower DC when 18 J/cm2 (13 s) were delivered to the 2 mm thick specimens. Radii Plus promoted DC and Rpmax values close to zero under most conditions, while the delivery of 56 J/cm2 (40 s) resulted in low DC values. Conclusions The third generation LCU provided an optimal polymerization of Lucirin TPO-based RC under most tested conditions, whereas the second generation LED-curing unit was useless regardless of the RE.
Descritores: Fosfinas/efeitos da radiação
Resinas Compostas/efeitos da radiação
Cura Luminosa de Adesivos Dentários/métodos
Luzes de Cura Dentária
-Doses de Radiação
Valores de Referência
Fatores de Tempo
Teste de Materiais
Reprodutibilidade dos Testes
Análise de Variância
Espectroscopia de Infravermelho com Transformada de Fourier
Transição de Fase
Fotoiniciadores Dentários/química
Polimerização/efeitos da radiação
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 15 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-750437
Autor: Docampo, Patricia C; Spera, Marina; Voitzuk, Ana P.
Título: Serie de casos de intoxicación fatal por ingesta intencional de fosfuro de aluminio: case reports with fatal evolution / Aluminium phosphide poisonings: case reports with fatal evolution
Fonte: Acta toxicol. argent;22(3):136-140, dic. 2014. tab.
Idioma: es.
Resumo: El fosfuro de aluminio (AlP) es un plaguicida fumigante de bajo costo, cuyo único uso permitido es el control de plagas en granos almacenados. En contacto con la humedad del aire libera gas fosfina (PH3), altamente tóxico, inflamable y explosivo, pero que se disipa rápidamente. En todas las presentaciones, 3 g de la formulación genera 1 g de gas fosfina. La exposición a 1000 ppm durante 30 minutos es fatal. Presentamos una serie de casos de intoxicación severa por ingesta intencional de fosfuro de aluminio, con desenlace fatal, con el objetivo de asesorar e informar sobre los mecanismos de intoxicación y el manejo adecuado del paciente intoxicado.

Aluminium phosphide (AlP) is a fumigant pesticide inexpensive; whose only permitted use is for stored grain pest control. On contact with moisty air, it releases phosphine gas (PH3), highly toxic, flammable and explosive, but that quickly dissipates. For all presentations, a 3 g formulation generates 1 g of phosphine gas. Exposure to 1000 ppm for 30 minutes is lethal. We present a series of cases of severe poisoning with AlP, in order to advise and inform on the mechanisms of toxicity and proper management of the poisoned patient.
Descritores: Compostos de Alumínio/envenenamento
Fosfinas/envenenamento
Envenenamento/diagnóstico
-Argentina/epidemiologia
Inseticidas Organofosforados/estatística & dados numéricos
Praguicidas/toxicidade
Envenenamento/tratamento farmacológico
Envenenamento/mortalidade
Suicídio/estatística & dados numéricos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: AR1.2 - Instituto de Investigaciónes Epidemiológicas


  3 / 15 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-540940
Autor: Pimentel, Marco A G; Faroni, Lêda R D'A; Silva, Felipe H da; Batista, Maurílio D; Guedes, Raul N C.
Título: Spread of phosphine resistance among brazilian populations of three species of stored product insects
Fonte: Neotrop. entomol;39(1):101-107, Jan.-Feb. 2010. ilus, tab.
Idioma: en.
Projeto: National Council of Scientific and Technological Development.
Resumo: The resistance to fumigant insecticides in stored-products insects is often recorded. Several factors influence the evolution of insecticide resistance. Among these, the frequency of applications and the migration of resistant populations are of primary importance for the stored-product insects. The aim of this study was to characterize the spectrum and investigate the status of phosphine resistance in Brazil, in 13 populations of the Coleoptera Tribolium castaneum Herbst (Tenebrionidae), ten populations of Rhyzopertha dominica (Fabr.) (Bostrichidae), and eight populations of Oryzaephilus surinamensis (L.) (Silvanidae). The pattern of resistance dispersion in the populations of these species was also verified. The bioassays for the detection of phosphine resistance followed the FAO standard method. To test the influence of migration in the evolution of the phosphine resistance, the difference of mortality in the discriminating concentration and the geographical distance among each pair wise combination of collection sites were correlated. None of the populations exhibited mortality above 90 percent in the discriminating concentration, for the three species. Mortality in the discriminating concentration increased with the geographical distance for R.dominica and O.surinamensis. However, no significant linear response was observed among the variables for T.castaneum populations. These results suggest that the dispersion of insects and the local selection are relevant in the evolution of the phosphine resistance in populations of R.dominica and O.surinamensis. In contrast, grain trade and local selection are probably the factors that determine the evolution of the phosphine resistance in populations of T. castaneum.
Descritores: Besouros
Grão Comestível/parasitologia
Inseticidas
Fosfinas
-Brasil
Resistência a Inseticidas
Limites: Animais
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 15 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-516253
Autor: Rocha, Sandra Regina Alves.
Título: Intoxicação por fosfina / Phosphine poisoning.
Fonte: Niterói; UFF; 1995. 33 p.
Idioma: pt.
Resumo: Neste trabalho, a autora faz uma revisão bibliográfica sobre intoxicação por fosfeto de alimínio (AIP), um fumigante sólido amplamente usado na preservação de grãos. O fosfeto de alumínio é um veneno sistêmico e seus efeitos tóxicos são provenientes do gás fosfina que é liberado quando o AIP entra em contato com a umidade do ar e/ou grãos. São descritas as principais fontes de exposição, a ação e os efeitos tóxicos no organismo, o quadro clínico da intoxicação, o tratamento, o controle e a prevenção da mesma...
Descritores: Fosfinas/envenenamento
Exposição Ocupacional
Saúde do Trabalhador
Medicina do Trabalho
Riscos Ocupacionais
Envenenamento
Limites: Humanos
Responsável: BR408.1 - Biblioteca da Faculdade de Medicina - BFM
BR408.1 M 615.925071 R672 1995


  5 / 15 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-408589
Autor: Proyecto Plaguicidas Bolivia.
Título: Fumigantes / Fumigants
Fonte: In: Proyecto Plaguicidas Bolivia. Diagnóstico, tratamiento y prevención de intoxicaciones agudas por plaguicidas. La Paz, CARE, s.f. p.113-125.
Idioma: es.
Resumo: Los plaguicidas conocidas como fumigantes se utilizan para el control de plagas en recintos cerrados, dada la alta volatilidad de la mayoria de estos producos.(au)
Descritores: Brometos
Cianetos
Fosfinas
-Bolívia
Envenenamento
Responsável: BO2.1 - Centro de Información y Documentación
BO2.1; WA240 P969d


  6 / 15 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-305562
Autor: Oliveira, Jorge do V; Castro, M. Fernanda P. M. de; Athié, Ivânia; Dias, Ingrid.
Título: Determinação da porcentagem de fosfina obtida de produtos comerciais utilizados para fumigação na agricultura e em grãos armazenados / Phosphine generation by commercial fumigation products
Fonte: Rev. bras. toxicol;14(2):13-16, dez. 2001. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Foram quantificadas por cromatografia gasosa com detector de fotometria de chama (FPD) as porcentagens do gás fosfina gerado de vários produtos comerciais utilizados para fumigação na agricultura e em grãos armazenados. A fosfina padrão e aquela obtida dos produtos comerciais foram recolhidas separadaemte em tubos coletores e diluídas em dessecadores hermeticamente fechados. Com seringas aproriadas para gases foram retirados volumes da mistura de ar mais fosfina dos dessecadores e injetados em cromatógrafo. As áreas obtidas da fosfina proveniente do padrão e dos produtos comerciais foram comparadas no cálculo da concentração do gás
Descritores: Pragas da Agricultura
Grão Comestível
Fumigação
Fosfinas
Vigilância de Produtos Comercializados
-Cromatografia Gasosa
Fotometria
Responsável: BR275.1 - Biblioteca


  7 / 15 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-280132
Autor: Castro, Maria Fernada P. P. M. de; Pacheco, Ivânia Athié.
Título: Utilizaçäo de fosfina fumigante no controle de fungos naturalmente presentes em arroz em casca armazenado / Utilization of phosphine fumigant for the control of fungi naturally present in stored paddy rice (oryza sativa, l.)
Fonte: Rev. microbiol;26(3):230-5, set. 1995. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo: Arroz em casca, recém-colhido, comatividades de água iniciais de 0,84 e 0,90 (equivalentes a 16,0 e 19,1 (por cento) de teor de umidade em base úmida, respectivamnte), foi exposto a 0,0;0,5;1,0 e 1,5 mg/L de fosfina (PH3) por 7 e 14 dias, a 28 graus C. As concentraçöes do fumigante foram determinadas após cadda período de exposiçäo. A flora fúngica foi verificada antes e após todos os tratamentos utilizando-se o método do plaqueamento direto dos gräos sobre dois emios de cultura. Os resultados mostraram um decréscimo de gräos infectados com o aumento da concentraçäo do fumigante. Em todos os tratamentois observouse um melhor controle dos fungos de campo na U.R. de 92 (por cento) e dos fungos de armazenamento na U.R. de 85 (por cento). A concetraçäo de 0,5 mg/L de fosfina, provavelmente, foi suficiente para controlar o desenvolvimento de Eurotium spp em ambas umidades relativas. Existe a possibilidade de que as concentraçöes de 1,0 e 1,5 mg/L tenham sido eficientes no controle de fungos de armazenamento, nos dois períodos de exposiçäo e nas duas umidades relativas estudadas. A menor percentagem de infecçäo dos gräos por fungos foi obtida na concentraçäo de 1,5 mg/L, na U.R. mais elevada. O período de proteçäo oferecido pelo fumigante foi relacionado com a concentraçäo aplicada (au)
Descritores: Grão Comestível
Oryza
Fosfinas
Responsável: BR734.1 - Biblioteca Central Cesar Lattes - BCCL


  8 / 15 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-280102
Autor: Valentini, Sílvia R. T; Gomes, Renato A. R; Verdade, Scheilla B; Athié, Ivânia; Castro, M. Fernanda P. P. M.
Título: Eficiência de lonas de PVC e polietileno para fumigaçäo de gräos com fosfina / Efficiency of PVC and polyethylene sheets in the fumigation of grain with phosphine
Fonte: Colet. Inst. Tecnol. Alimentos;26(2):155-60, jul.-dez. 1996. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: O presente trabalho teve por objetivo a avaliaçäo comparativa entre lonas de PVC e de polietileno quanto à permeabilidade ao fumigante fosfina e eficiência como material de vedaçäo para o expurgo de gräos. Para a avaliaçäo da permeabilidade as lonas de PVC e polietileno foram submetidas a teste de campo, em condiçöes ambientais, e a teste de laboratório. No teste de campo cada tipo de lona foi utilizado como material de cobertura para quatro pilhas de milho ensacado. O fumigante foi aplicado na forma de tabletes de modo a se obter concentraçäo aproximada de 3g de fosfina/metro cúbico. Durante período de exposiçäo de 14 dias foram feitas determinaçöes diárias de concentraçäo do gás, utilizando-se o método condutimétrico. No teste de laboratório foram montados recipientes herméticos compostos por dois tubos de PVC rígidos conectados entre si por uma junta. Na interface dos tubos foram colocados os discos das lonas em teste. Após a aplicaçäo de fosfina na dose correspondente a 3g/metro cúbico, os recipientes foram mantidos sob temperatura e umidade relativa controladas, 25ºC e 70 por cento respectivamente, por dez dias. Durante este período foram feitas determinaçöes diárias da concentraçäo do gás pelo método condutimétrico. Simultaneamente foi realizado teste de eficiência de expurgo, utilizando-se insetos adultos suscetíveis à fosfina de Sitophilus oryzae ( L. ) e Rhyzopertha dominica ( Fabr. ), adotando-se a mesma metodologia do teste de campo. O tempo de exposiçäo foi de sete dias, ao final do qual procedeu-se à abertura das lonas para contagem e avaliaçäo dos insetos. No teste de permeabilidade em campo a lona de PVC apresentou maior capacidade de retençäo de fosfina do que a lona de polietileno. Em testes de laboratório, as lonas de PVC e de polietileno apresentaram o mesmo nível de permeabilidade a fosfina. No teste de eficiência de expurgo as lonas de PVC e polietileno mantiveram a concentraçäo de fosfina no interior da pilha em níveis e tempo suficientes para o controle total dos insetos adultos suscetíveis sw S. oryzae e R. dominica
Descritores: Fumigação
Estatísticas de Serviços de Saúde
Inseticidas
Fosfinas
Polietilenos
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR734.1 - Biblioteca Central Cesar Lattes - BCCL


  9 / 15 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-243649
Autor: Programa Internacional de Seguridad de las Sustancias Químicas (PISSQ).
Título: Fosfina y fosfuros metálicos seleccionados / Fosfina and selected metallic fosfuros.
Fonte: Metepec; Organización Panamericana de la Salud. Centro Panamericano de Ecología Humana y Salud; 1993. 36 p. tab. (OPS. Guía para la Salud y la Seguridad, 28).
Idioma: es.
Descritores: Impactos na Saúde
Fosfinas/efeitos adversos
Fosfinas/toxicidade
Substâncias Tóxicas
-Primeiros Socorros
Medidas de Segurança
Responsável: CR3.1 - CRID - Centro Regional de Información sobre Desastres para América Latina y el Caribe
CR3.1, DES


  10 / 15 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-173273
Autor: Reyes V., Paulina; Zapico G., Alvaro; Cartagena S., Claudia; Verdejo, Ulises; Concha, Luciana.
Título: Intoxicación por fosfina de aluminio / Aluminium phosphine intoxication
Fonte: Bol. Hosp. Viña del Mar;51(1):37-9, 1995.
Idioma: es.
Resumo: Se revisa la literatura existente sobre intoxicaciones por fosfuros de hidrógeno, a consecuencia de un caso clínico tratado en la UCI de adultos del hospital Gustavo Fricke, en Diciembre de 1993. Se analiza el manejo, tratamiento y pronóstico de éstas, a partir de las cuales se proponen algunas medidas preventivas
Descritores: Fosfinas/envenenamento
-Intoxicação por Gás/terapia
Suicídio
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: CL2.1 - Biblioteca de Medicina



página 1 de 2 ir para página        
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde