Base de dados : LILACS
Pesquisa : D01.695.635 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 37 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 4 ir para página            

  1 / 37 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-263087
Autor: Bricarello, Liliana Paulo; Goulart, Rita Maria Monteiro.
Título: O papel dos minerais em lactentes e crianças / The role of minerals in infants and children
Fonte: Pediatr. mod;35(9):747-50, set. 1999. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O trabalho trata da importância da suplementaçäo de minerais na infância , estudando em particular cálcio, fósforo, magnésio, ferro, zinco e iodo suas funçöes no organismo, fontes naturais e consequências da deficiência desses na alimentaçäo infantil
Descritores: Minerais na Dieta
Ferro na Dieta
Deficiência de Magnésio
Cálcio na Dieta
Fósforo na Dieta
Nutrição do Lactente
Fenômenos Fisiológicos da Nutrição do Lactente
Limites: Seres Humanos
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Responsável: BR11.1 - Biblioteca


  2 / 37 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-847237
Autor: Brito, Antônia Caroline Diniz; França, Ana Karina Teixeira Cunha; Hortegal, Elane Viana; Dias, Raimunda Sheila Carneiro; Costa, Rayanna Cadilhe de Oliveira; Lima, Denisy Pinto.
Título: Conhecimento de hiperfosfatemia e quelante de fósforo em hemodialíticos / Knowledge about hyperphosphatemia and phosphate binder at hemodialysis
Fonte: Braspen J;31(4):322-328, out.-dez. 2016.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: O controle do fósforo sérico é um desafio no tratamento de pacientes em hemodiálise. A orientação dietética e o uso adequado de quelantes são a base do tratamento e seu sucesso depende essencialmente da habilidade do paciente em entender e aderir ao plano dietético e ao uso dos quelantes. Objetivo: Avaliar o conhecimento sobre hiperfosfatemia e uso de quelantes de fósforo de pacientes em hemodiálise. Método: Estudo transversal que avaliou 74 pacientes em hemodiálise, por meio de questionário preestabelecido sobre conhecimento da hiperfosfatemia, uso de quelantes, alimentos ricos em fósforo, e aspectos relacionados ao tratamento da hiperfosfatemia. Os parâmetros laboratoriais Kt/V, níveis séricos de paratormônio (PTH), fósforo (P), cálcio (Ca) e produto cálcio/fósforo (CaxP) foram identificados. Os dados foram apresentados como porcentagens ou média e desvio padrão. Para avaliação dos fatores associados à hiperfosfatemia, utilizou-se a regressão de Poisson, adotando nível de significância adotado de 5%. Resultados: Cerca de 40,3% dos pacientes faziam uso de quelantes de fósforo, 36,6% apresentavam níveis séricos de PTH elevados, 36% de hiperfosfatemia e 28% estavam com o produto Ca x P inadequado. A maioria conhecia os efeitos da hiperfosfatemia (52%) e sua relação causal com a alimentação (82,2%), sendo capazes de identificar os alimentos ricos em fósforo (60%). O uso de quelantes junto às refeições foi apontado por 88% dos pacientes. O insucesso no tratamento da hiperfosfatemia foi atribuído ao consumo de dieta rica em fósforo por 70,9% dos pacientes. Conclusão: A maioria dos pacientes possuía conhecimento sobre a hiperfosfatemia, contudo, apresentou baixa adesão às recomendações dietéticas.(AU)

Introduction: The control of serum phosphorus is a challenge in the treatment of hemodialysis patients. Dietary guidance and the proper use of chelating agents are the mainstay of treatment, its success depends primarily on the patient's ability to understand and adhere to the dietary plan and the use of chelators. Objective: To assess the knowledge of hyperphosphatemia and use of phosphate binders in hemodialysis patients treated. Methods: A cross-sectional study evaluated 74 patients in hemodialysis, through preestablished questionnaire on knowledge of hyperphosphatemia, use of binders, phosphorus-rich foods, and aspects related to the treatment of hyperphosphatemia. The laboratory parameters Kt / V, serum levels of parathyroid hormone (PTH), phosphorus (P), calcium (Ca) and product calcium / phosphorus (Ca x P) were identified. The data were presented as percentages or means and standard deviations. To evaluate the factors associated with hyperphosphatemia were used Poisson regression, with a level of significance of 5%. Results: About 40.3% of patientes made use of phosphorus binders, 36.6% had elevated serum PTH, 36% of hyperphosphatemia and 28% had inadequate Ca x P product. Most knew the effects of hyperphosphatemia (52%) and their causal relationship with food (82.2%), being able to identify foods rich in phosphorus (60%). The use of binders with meals was reported by 88% of patients. The failure in the treatment of hyperphosphatemia has been attributed to the consumption of a diet rich in phosphorus by 70.9% of patients. Conclusion: Most patients had knowledge of hyperphosphatemia, however showed poor adherence to dietary recommendations.(AU)
Descritores: Quelantes/uso terapêutico
Educação em Saúde
Fósforo na Dieta/uso terapêutico
Diálise Renal
Hiperfosfatemia
-Estudos Transversais/instrumentação
Inquéritos e Questionários
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Estudos de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 37 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-832502
Autor: Premaor, Melissa Orlandin; Brondani, Juliana Ebling.
Título: Nutrição e saúde óssea: a importância do cálcio, fósforo, magnésio e proteínas / Nutrition and bone health: the importance of calcium, phosphorus, magnesium and protein
Fonte: Rev. AMRIGS;60(3):253-263, jul.-set. 2016. ilus, tab.
Idioma: fr.
Resumo: A osteoporose é uma doença silenciosa que afeta, especialmente, as mulheres na pós-menopausa, e suas principais consequências são as fraturas. Medidas não farmacológicas, tais como uma nutrição adequada, podem ajudar a manter a massa óssea, retardando o aparecimento da osteoporose. Nessa revisão, será abordada a importância da nutrição adequada nesta fase da vida, com ênfase para o cálcio, fósforo, magnésio e proteínas. Tanto uma baixa ingestão desses nutrientes quanto um excesso de cálcio e fosforo parecem estar associados a um risco maior de fraturas. Uma dieta balanceada pode vir a diminuir o impacto do envelhecimento na saúde óssea(AU)

Osteoporosis is a silent disease that affects especially women after menopause, and its main consequences are the fractures. Non-pharmacological measures, such as proper nutrition, can help maintain bone mass delaying the onset of osteoporosis. Here the authors review the importance of proper nutrition at this stage of life, with emphasis on calcium, phosphorus, magnesium and protein. Both a low intake of these nutrients and an excess of calcium and phosphorus seem to be associated with an increased risk of fractures. A balanced diet can come to lessen the impact of aging on bone health(AU)
Descritores: Osteoporose Pós-Menopausa
Recomendações Nutricionais
-Cálcio na Dieta
Proteínas na Dieta
Fraturas Ósseas/prevenção & controle
Fósforo na Dieta
Limites: Seres Humanos
Feminino
Meia-Idade
Idoso
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR18.1 - Biblioteca FAMED/HCPA


  4 / 37 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: lil-761784
Autor: Rodrigues, Juliana Dantas; Cruz, Mércia Santos; Paixão, Adriano Nascimento.
Título: Uma análise da prevenção do câncer de mama no Brasil / An analysis of breast cancer prevention in Brazil
Fonte: Ciênc. saúde coletiva;20(10):3163-3176, Out. 2015. tab.
Idioma: pt.
Resumo: ResumoA presente pesquisa se propõe a estudar as inter-relações entre a prevenção do câncer de mama e os fatores socioeconômicos, demográficos, comportamentais, regionais e de saúde na determinação da frequência temporal à busca por prevenção via realização de mamografias e exames de mama no Brasil. A partir das informações do suplemento de saúde da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, de 2008, foi construída uma amostra que contempla apenas mulheres com mais de 40 anos de idade. Para o atendimento do objetivo proposto, faz-se uso da estimação do modelo logit, ordenado de chances proporcionais parciais, que indicaram como principais resultados: i) melhores condições socioeconômicas, residir nas regiões mais desenvolvidas do país, uma composição familiar que inclua filhos, apresentar uma boa autoavaliação da própria saúde e já ter sido diagnosticada com algum tipo de câncer, desenham o perfil da mulher que mais se previne contra o câncer de mama, tanto em relação à procura por mamografia, como a uma maior demanda por exame de mama realizado por médico ou enfermeiro e; ii) os resultados apontam ainda para o fato de que grande parte das entrevistadas realizaram os exames em questão há pelo menos um ano, ou nunca passaram por tais procedimentos.

AbstractThis research sets out to study the interrelationship between breast cancer prevention and the socioeconomic, demographic, behavioral, regional and health factors in determining the temporal frequency of tests for prevention by performing mammograms and breast exams in Brazil. Based on the information of the health supplement of the National Sampling Survey of Domiciles of 2008, a sample that includes only women over age 40 was created. To achieve the desired goal, the estimate of the ordered logit model is used to establish partial proportional odds, which revealed the main results as follows. Women with a good socioeconomic status, living in the more developed regions of the country, family structure including children, making a good self-assessment of health and having been diagnosed with some type of cancer in the past. This is the profile of women who are best at preventing breast cancer, both in relation to the demand for mammograms and to a greater demand for breast exam performed by a doctor or a nurse. The results also point to the fact that the majority of those interviewed had either had the tests in question within the previous year, or had never been exposed to such procedures.
Descritores: Cálcio na Dieta/análise
Proteínas na Dieta/análise
Manipulação de Alimentos/métodos
Temperatura Alta
Fósforo na Dieta/análise
Diálise Renal
-Análise de Alimentos
Hospitais
Carne/análise
Necessidades Nutricionais
Insuficiência Renal Crônica/terapia
Limites: Animais
Seres Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 37 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-759381
Autor: Bomjardim, Henrique A; Oliveira, Carlos M C; Silveira, José Alcides S; Silva, Natália S; Duarte, Marcos D; Faial, Kelson C F; Brito, Marilene F; Barbosa, José D.
Título: Deficiências minerais em vacas em lactação da bacia leiteira do município de Rondon do Pará, estado do Pará / Mineral deficiencies in lactating cows from the dairy basin of Rondon do Pará, Brazil
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;35(5):409-416, May 2015. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Realizou-se um estudo das deficiências minerais em vacas em lactação de rebanhos leiteiros pertencentes a 13 propriedades da bacia leiteira do município de Rondon do Pará, estado do Pará. Foram determinados os níveis de fósforo (P) no osso, e os níveis de cobre (Cu), cobalto (Co), selênio (Se) e zinco (Zn) no fígado de 47 vacas leiteiras no 2º terço da lactação. Estas amostras foram coletadas por meio de biópsias realizadas no terço superior da 12a costela do lado direito e no bordo caudal do lobo caudado do fígado, respectivamente. Os rebanhos eram formados por animais mestiços (Holandes x Zebu), mantidos em sistema de produção extensivo em pastos de Brachiaria brizantha cv Marandu e recebiam suplementação mineral. A mistura mineral em 12 propriedades era do tipo comercial, dita "completa", acrescida de quantidades de NaCl acima do recomendado pelos fabricantes em dez propriedades. Em sete propriedades as misturas minerais eram fornecidas em cochos sem cobertura e em oito, o fornecimento da mistura mineral não era realizado diariamente. Em 11 propriedades, havia históricos clínicos condizentes com deficiências minerais nos rebanhos. Nessas fazendas a retenção de placenta e a osteofagia foram as alterações mais relatadas. Após as análises minerais observou-se deficiência de P em cinco propriedades, de Co em três propriedades, de Se em nove propriedades e de Zn em dez propriedades. Conclui-se que ocorre a deficiência de P, Co, Se e Zn; a suplementação mineral realizada na maioria das propriedades não atendeu as exigências diárias de P, Se e Co, baseadas no consumo estimado de 30 g de NaCl/animal/dia; os cochos pouco adequados ou inadequados para a suplementação, assim como o fornecimento inconstante das misturas minerais possivelmente contribuíram para a deficiência de um ou mais minerais.

A study of mineral deficiencies was performed in lactating cows from dairy herds belonging to 13 farms of Rondon do Pará, state of Pará, Brazil. We determined the levels of phosphorus (P) in the bone and levels of copper (Cu), cobalt (Co), selenium (Se) and zinc (Zn) in the liver of 47 dairy cows in lactation 2. The samples were collected by means of biopsies taken on the top third of the 12th rib of the right side and the caudal edge of the caudate liver lobe, respectively. The herds were composed of crossbred (Holstein x Zebu) cattle, kept in extensive production system on Brachiaria brizantha cv. Marandu pasture and received mineral supplementation. The mineral mixture on 12 farms were commercial type, called "full" and the owners added a quantity of salt above the manufacturer's recommendations on ten farms. The mineral mixtures were provided in troughs without covering on seven farms and on other eight, providing of the mineral mix was not performed daily. On 11 farms there were clinical histories consistent with mineral deficiencies in livestock, and placenta retention and osteophagia were the most frequently reported ones. The results of chemical analysis showed deficiency of P on five farms, of Co on three farms, of Se on nine farms and of Zn on ten farms. It is concluded that the mineral supplementation performed on the farms do not supply the daily demands of P, Se and Co, based on the estimated daily consumption of 30g of NaCl per animal; the little adequate or inadequate troughs for proper supplementation, as well as inconstant supply of mineral mixtures contribute to the deficiency of one or more minerals.
Descritores: Fósforo na Dieta/análise
Fósforo na Dieta
Lactação
Deficiência de Minerais
Placenta Retida/diagnóstico
Placenta Retida/veterinária
-Biópsia/veterinária
Fenômenos Fisiológicos da Nutrição do Lactente
Limites: Animais
Feminino
Bovinos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  6 / 37 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Souza, Wanderley de
Texto completo
Id: lil-741615
Autor: Miranda, Farlen José Bebber; Souza, Diogo Benchimol de; Frazão-Teixeira, Edwards; Oliveira, Fábio Conceição de; Melo, João Cardoso de; Mariano, Carlos Magno Anselmo; Albernaz, Antonio Peixoto; Carvalho, Eulógio Carlos Queiróz de; Oliveira, Francisco Carlos Rodrigues de; Souza, Wanderley de; DaMatta, Renato Augusto.
Título: Experimental infection with the Toxoplasma gondii ME-49 strain in the Brazilian BR-1 mini pig is a suitable animal model for human toxoplasmosis
Fonte: Mem. Inst. Oswaldo Cruz;110(1):95-100, 03/02/2015. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Toxoplasma gondii causes toxoplasmosis, a worldwide disease. Experimentation with pigs is necessary for the development of new therapeutic approaches to human diseases. BR-1 mini pigs were intramuscularly infected with T. gondii with tachyzoites (RH strain) or orally infected with cysts (ME-49 strain). Haematology and serum biochemistry were analysed and buffy coat cells were inoculated in mice to determine tachyzoite circulation. No alterations were observed in erythrocyte and platelet values; however, band neutrophils increased seven days after infection with ME-49. Serology of the mice inoculated with pig blood leucocytes revealed circulating ME-49 or RH strain tachyzoites in the pigs' peripheral blood at two and seven or nine days post-infection. The tachyzoites were also directly observed in blood smears from the infected pigs outside and inside leucocytes for longer periods. Alanine-aminotransferase was high at days 21 and 32 in the RH infected pigs. After 90 days, the pigs were euthanised and their tissue samples were processed and inoculated into mice. The mice serology revealed the presence of parasites in the hearts, ileums and mesenteric lymph nodes of the pigs. Additionally, cysts in the mice were only observed after pig heart tissue inoculation. The infected pigs presented similar human outcomes with relatively low pathogenicity and the BR-1 mini pig model infected with ME-49 is suitable to monitor experimental toxoplasmosis.
Descritores: Cálcio na Dieta/análise
Chenopodium quinoa/química
Qualidade dos Alimentos
Inspeção de Alimentos/métodos
Ferro na Dieta/análise
Fósforo na Dieta/análise
Sementes/química
-Calibragem
Fenômenos Químicos
Chile
Gorduras na Dieta/análise
Fibras na Dieta/análise
Proteínas na Dieta/análise
Tecnologia de Fibra Óptica
Análise dos Mínimos Quadrados
Valor Nutritivo
Proteínas de Plantas/análise
Especificidade da Espécie
Espectroscopia de Luz Próxima ao Infravermelho
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Estudos de Validação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 37 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-722555
Autor: Diemer, O; Boscolo, W. R; Signor, A. A; Klein, S; Feiden, A.
Título: Fósforo na alimentação de pacus criados em tanques-rede / Phosphorus in the feeding of pacus reared in net-cages
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;66(4):1243-1250, 08/2014. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Avaliaram-se o desempenho zootécnico, as características da carcaça, as características hematológicas e bioquímicas, a composição química e também a qualidade da água na criação de pacus Piaractus mesopotamicus em tanques-rede em reservatório e alimentados com dietas que continham diferentes quantidades de fósforo total. Foram utilizados 3.000 peixes, distribuídos em um delineamento inteiramente ao acaso, com cinco tratamentos e quatro repetições em 20 tanques-rede, sendo a unidade experimental composta por um tanque com 150 peixes. Os tratamentos foram constituídos por cinco dietas, elaboradas de modo a conterem quantidades de fósforo total de 6,0; 7,5; 9,0; 10,5 e 12,0g/kg por meio da suplementação de fosfato bicálcico. A quantidade de 6,0 a 12,0g/kg de fósforo total na ração pode ser utilizada na alimentação de pacus criados em tanques-rede, sem que haja comprometimento do desempenho dos animais, e pode-se recomendar, comercialmente, 6,0g/kg de fósforo total em dietas para pacus...

The aim of this study was to evaluate the zootechnical performance, carcass characteristics, hematologic and biochemical characteristics, chemical composition and water quality in the rearing of pacus Piaractus mesopotamicus in cages in the reservoir fed with diets containing different total phosphorus quantities. A total of 3,000 fish allotted to a completely randomized design were used with five treatments and four replications in 20 cages, and the experimental unit consisted of a tank with 150 fish. The treatments were formed by five diets made to contain total phosphurus quantities of 6.0; 7.5; 9.0; 10.5 and 12.0g/kg through supplementation of dicalcium phosphate. The quantities of 6.0 to 12.0g/kg of total phosphurus can be used in the feeding of pacus reared in cages without compromising the animals' performance and the use of 6.0 g/kg total phosphorus in diets for pacus can be commercially recommended...
Descritores: Ração Animal
Characidae/crescimento & desenvolvimento
Characidae/metabolismo
Fósforo na Dieta/administração & dosagem
Qualidade da Água
-Fenômenos Fisiológicos da Nutrição Animal
Pesqueiros
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  8 / 37 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Venezuela
Texto completo
Id: lil-710613
Autor: Castro-González, María Isabel; Maafs-Rodríguez, Ana Gabriela; Pérez-Gil Romo, Fernando.
Título: Evaluación de diez especies de pescado para su inclusión como parte de la dieta renal, por su contenido de proteína, fósforo y ácidos grasos
Fonte: Arch. latinoam. nutr;62(2):127-136, jun. 2012. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: Debido a la complejidad de la enfermedad renal, su tratamiento nutrimental es complicado y muchos alimentos se encuentran restringidos, entre ellos el pescado, por su contenido de fósforo. El objetivo del presente estudio fue cuantificar en el filete de diez especies de pescado, de consumo cotidiano en México: (Cyprinus carpio carpio, Ophichthus rex, Symphurus elongatus, Eucinostomus entomelas, Chirostoma patzcuaro, Bairdiella chrysoura, Salmo salar, Oreochromis urolepis hornorum, Sphyraena guachancho, Istiophorus albicans), el contenido de fósforo (P), proteína (Pr), colesterol, sodio, potasio, vitaminas D3 y E y ácidos grasos n-3 (EPA+DHA); para identificar, aquellos pescados que podrían ser incluidos en la dieta renal. Los análisis se realizaron de acuerdo a las técnicas del AOAC. Con los resultados se calcularon las relaciones entre los nutrimentos benéficos (EPA+DHA, vitaminas) y limitantes (Pr, P, colesterol). Los valores de proteína variaron entre 16.5 y 33.5g/100g de filete; el pescado con mayor contenido de fósforo fue Salmo salar y con menor Symphurus elongatus. La cantidad de EPA+DHA varió desde 79.64mg/100g hasta 1,381.53mg/100g. Tomando en cuenta la relación P/g de Pr recomendada para pacientes renales, todas las especies analizadas exceptuando Salmo salar, Ophichthus rex y Istiophorus albicans pueden ser incluidas en la dieta dependiendo de la etapa de la enfermedad. Considerando la relación entre P/EPA+DHA, las especies recomendadas para el paciente renal son Symphurus elongatus, Bairdiella chrysoura, y Sphyraena guachancho.

Evaluation of ten fish species to be included as part of renal diet, due to their protein, phosphorus and fatty acids content. Because renal disease is highly complex, its nutritional treatment is complicated and many foods are restricted, including fish because its phosphorus content. The aim of the present study was to analyze ten fillet fish species, commonly consumed in Mexico (Cyprinus carpio carpio, Ophichthus rex, Symphurus elongatus, Eucinostomus entomelas, Chirostoma patzcuaro, Bairdiella chrysoura, Salmo salar, Oreochromis urolepis hornorum, Sphyraena guachancho, Istiophorus albicans), to determine their phosphorus (P), protein (Pr), cholesterol, sodium, potassium, vitamins D3 and E, and n-3 PUFA (EPA+DHA) according to the AOAC techniques, in order to identify which species could be included in renal diet; particularly because of their risk:benefit relations (calculated with those results). Protein values ranged from 16.5 to 33.5g/100g of fillet; the specie with the highest phosphorus contest was Salmo salar, and with the lowest, Symphurus elongatus. EPA+DHA quantity ranged from 79.64mg/100g to 1,381.53mg/100g. Considering de P/Pr relation recommended to renal patients, all analyzed species (except Salmo salar, Ophichthus rex and Istiophorus albicans) could be included in their diet. As for the P/EPA+DHA relation, the species most recommended to renal patients are Symphurus elongatus, Bairdiella chrysoura and Sphyraena guachancho.
Descritores: Proteínas na Dieta/análise
Peixes
Ácidos Graxos/análise
Nefropatias/dietoterapia
Fósforo na Dieta/análise
-Colesterol/análise
Ácidos Docosa-Hexaenoicos/análise
Ácido Eicosapentaenoico/análise
Valor Nutritivo
Potássio/análise
Medição de Risco
Sódio/análise
Vitaminas/análise
Limites: Animais
Responsável: VE1.1 - Biblioteca Humberto Garcia Arocha


  9 / 37 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-700240
Autor: Puchulu, María Bernardita; Giménez, Mariana; Viollaz, Rocío; Ganduglia, Mercedes; Amore Pérez, Melisa; Texido, Laura.
Título: Fuentes de fósforo, aditivos alimentarios y Enfermedad Renal Crónica / Sources of phosphorus, food additives
Fonte: Diaeta (B. Aires);31(145):22-30, jul.-sept. 2013.
Idioma: es.
Resumo: La hiperfosfatemia en la Enfermedad Renal Crónica está asociada a enfermedad ósea y a incremento del riesgo de morbilidad y mortalidad cardiovascular. Su tratamiento consiste en la disminución de la absorción intestinal del fósforo a través de una dieta controlada, el uso de quelantes y la eliminación del fósforo a través de la diálisis. Existen tres fuentes básicas de fósforo dietético: el fósforo orgánico se encuentra naturalmente en los alimentos fuentes de proteínas. El fósforo proveniente de los alimentos de origen vegetal se encuentra en forma de ácido fítico cuya biodisponibilidad es de menos del 50%. El fósforo inorgánico es el componente principal de aditivos alimentarios y altamente biodisponible. Las sales de fosfato presentan numerosas aplicaciones en la industria alimentaria. Se ha elaborado un glosario de aditivos admitidos por el Código Alimentario Argentino para su adición en los alimentos industrializados. Según la legislación, no es obligatoria la inclusión del fósforo en las etiquetas nutricionales, por lo que es decisión de la industria su información. Resulta útil el conocimiento del número INS. El fósforo añadido durante el procesamiento alimentario es una importante fuente del mineral por su magnitud y su elevada biodisponibilidad. Es precisa la incorporación del fósforo en la Información nutricional de los rótulos alimentarios con el objetivo de un mejor control de la fosfatemia, sin afectar la ingesta proteica de los pacientes. Se recomienda implementar estrategias educativas para ayudar a los pacientes a identificar los aditivos con fósforo en los alimentos. El consejo nutricional debería hacer énfasis en el consumo de alimentos naturales como base de la alimentación diaria. La inclusión del fosforo total en la información nutricional ayudaría a mejorar la estimación del aporte de fósforo de la dieta
Descritores: Doença Crônica
Aditivos Alimentares
Rim
Fósforo na Dieta
Responsável: AR489.1 - Biblioteca


  10 / 37 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-667557
Autor: Viana, J M; Brustolini, P C; Silva, F C O; Saraiva, A; Donzele, J L; Oliveira, R F M; Ferreira, A S; Santos, F A; Paula, E.
Título: Níveis de fósforo disponível em dietas para suínos dos 15 aos 30kg / Available phosphorus levels in diets for pigs from 15 to 30kg
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;65(1):203-212, fev. 2013. graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Avaliou-se a suplementação de dietas com fósforo disponível (Pd) para suínos selecionados para deposição de carne, utilizando-se 100 leitões com média de peso inicial de 15,03±0,33kg, distribuídos em delineamento de blocos ao acaso, com cinco tratamentos, cinco repetições e quatro animais por unidade experimental. Os tratamentos foram dieta basal sem suplementação de fosfato bicálcico e outras quatro dietas obtidas pela suplementação da dieta basal com fosfato bicálcico, resultando em cinco concentrações de Pd, 0,106; 0,221; 0,310; 0,406; e 0,493%. As porcentagens de Pd influenciaram o consumo diário de ração, que aumentou de forma linear. O ganho de peso diário aumentou e a conversão alimentar melhorou de forma quadrática até a suplementação máxima de 0,450 e 0,390% de Pd, respectivamente. Não houve efeito da suplementação das dietas sobre a resistência óssea. As porcentagens de Pd influenciaram de forma quadrática os teores de cálcio e de fósforo nos ossos, que aumentaram até a adição máxima de 0,388 e 0,369% de Pd, respectivamente. Não houve efeito da porcentagem de Pd sobre o teor de cinza óssea. Suínos dos 15 aos 30kg exigem maior concentração de Pd para máximo ganho de peso (0,450% ou 5,33g/dia) e melhor conversão alimentar (0,390% ou 4,52g/dia) em relação às recomendações atuais.

The supplementation of diets with available phosphorus (aP) for pigs selected for meat deposition was evaluated, using 100 commercial hybrid piglets, 50 castrated males and 50 females, with average initial weight of 15.03±0.33kg allotted in a randomized block design with five treatments, five replicates, and four pigs, 2 males and 2 females per experimental unit. The treatments were a basal diet and other four diets obtained through basal diet supplementation with dicalcium phosphate to obtain five aP concentrations, 0.106, 0.221, 0.310, 0,406, and 0.493%. The percentages of aP influenced daily feed intake, which increased linearly. Daily weight gain increased and feed conversion improved quadratically up to 0.450 and 0.390% maximum responses. There was no effect of diet supplementation on bone strength. The percentages of aP influenced the calcium and phosphorus contents in the bones, which increased quadratically up to 0.388 and 0.369% maximum responses, respectively. There was no effect of aP percentage in the bone ashe content. Pigs from 15 to 30kg require greater amount of aP in the diet for maximal weight gain (0.450% or 5.33g/d) and greatest feed conversion (0.390% or 4.52g/d) compared to current requirements.
Descritores: Fósforo na Dieta/administração & dosagem
Fósforo na Dieta/análise
Osso e Ossos/química
-Melhoramento Genético
Suínos/metabolismo
Suplementos Nutricionais/análise
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice



página 1 de 4 ir para página            
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde