Base de dados : LILACS
Pesquisa : D01.837.700 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 70 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 7 ir para página                  

  1 / 70 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-757427
Autor: Stella, João Paulo Fragomeni; Oliveira, Andrea Becker; Nojima, Lincoln Issamu; Marquezan, Mariana.
Título: Four chemical methods of porcelain conditioning and their influence over bond strength and surface integrity
Fonte: Dental press j. orthod. (Impr.);20(4):51-56, July-Aug. 2015. tab, ilus.
Idioma: en.
Resumo: OBJECTIVE: To assess four different chemical surface conditioning methods for ceramic material before bracket bonding, and their impact on shear bond strength and surface integrity at debonding.METHODS: Four experimental groups (n = 13) were set up according to the ceramic conditioning method: G1 = 37% phosphoric acid etching followed by silane application; G2 = 37% liquid phosphoric acid etching, no rinsing, followed by silane application; G3 = 10% hydrofluoric acid etching alone; and G4 = 10% hydrofluoric acid etching followed by silane application. After surface conditioning, metal brackets were bonded to porcelain by means of the Transbond XP system (3M Unitek). Samples were submitted to shear bond strength tests in a universal testing machine and the surfaces were later assessed with a microscope under 8 X magnification. ANOVA/Tukey tests were performed to establish the difference between groups (α= 5%).RESULTS: The highest shear bond strength values were found in groups G3 and G4 (22.01 ± 2.15 MPa and 22.83 ± 3.32 Mpa, respectively), followed by G1 (16.42 ± 3.61 MPa) and G2 (9.29 ± 1.95 MPa). As regards surface evaluation after bracket debonding, the use of liquid phosphoric acid followed by silane application (G2) produced the least damage to porcelain. When hydrofluoric acid and silane were applied, the risk of ceramic fracture increased.CONCLUSIONS: Acceptable levels of bond strength for clinical use were reached by all methods tested; however, liquid phosphoric acid etching followed by silane application (G2) resulted in the least damage to the ceramic surface.

OBJETIVO: avaliar quatro métodos de condicionamento químico da superfície cerâmica, previamente à colagem de braquetes, e seu impacto sobre a resistência ao cisalhamento e a integridade da superfície ao descolamento.MÉTODOS: quatro grupos experimentais (n = 13) foram delineados de acordo com o método de condicionamento da superfície cerâmica empregado: G1 = ácido fosfórico a 37%, seguido da aplicação de silano; G2 = ácido fosfórico líquido a 37%, seguido da aplicação de silano sem lavagem prévia do ácido; G3 = ácido fluorídrico a 10%; e G4 = ácido fluorídrico a 10%, seguido da aplicação de silano. Após o condicionamento da superfície, braquetes metálicos foram colados à porcelana utilizando-se o sistema Transbond XP (3M Unitek). As amostras foram submetidas a ensaios de resistência ao cisalhamento, em máquina de ensaio universal, e as superfícies cerâmicas foram posteriormente avaliadas em microscópio, com magnitude de 8X. Testes ANOVA/Tukey foram realizados para verificar-se a diferença entre os grupos (α = 5%).RESULTADOS: os maiores valores de resistência ao cisalhamento foram encontrados nos grupos G3 e G4 (22,01 ± 2,15MPa e 22,83 ± 3,32Mpa, respectivamente), seguidos por G1 (16,42 ± 3,61MPa) e G2 (9,29 ± 1,95MPa). Quanto à avaliação da superfície após a descolagem do braquete, a utilização de ácido fosfórico líquido seguido da aplicação de silano, sem lavagem do ácido (G2), produziu menores danos à porcelana. Quando ácido fluorídrico e silano foram aplicados, o risco de fraturar a cerâmica aumentou.CONCLUSÕES: níveis aceitáveis de resistência de união para uso clínico foram alcançados por todos os métodos testados. No entanto, o condicionamento com ácido fosfórico líquido, seguido da aplicação de silano (G2), resultou em menor dano à superfície cerâmica.
Descritores: Condicionamento Ácido do Dente/métodos
Colagem Dentária
Braquetes Ortodônticos
Porcelana Dentária/química
-Ácidos Fosfóricos/química
Silanos/química
Estresse Mecânico
Propriedades de Superfície
Teste de Materiais
Desenho de Aparelho Ortodôntico
Descolagem Dentária/métodos
Compostos de Potássio/química
Resinas Compostas/química
Cimentos de Resina/química
Ligas Dentárias/química
Resistência ao Cisalhamento
Análise do Estresse Dentário/instrumentação
Silicatos de Alumínio/química
Ácido Fluorídrico/química
Microscopia
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 70 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Lanza, Lincoln Dias
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1118401
Autor: Lanza, Marcos Daniel Septímio; Silveira, Renata Assis; Costa, Hoany Vieira; Souza, Eduardo Lemos de; Peixoto, Rogeli Tibúrcio Ribeiro da Cunha; Lanza, Lincoln Dias.
Título: Resistência de união de primers/silanos em superfície de cêramica vítrea / Novel silane/primers bond strength in glass ceramics surface
Fonte: J. Health Biol. Sci. (Online);8(1):1-7, 20200101. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: investigar a resistência de união por cisalhamento de diferentes soluções contendo silano e primer na superfície de Dissilicato de Lítio (IPS e.maxCAD, Ivoclar-Vivadent). Metodologia: 78 blocos cerâmicos foram incluídos em resina acrílica, polidos e lavados em ultra-som por 10 minutos. Os espécimes foram divididos em dois grupos de acordo com tratamento de superfície: Superfície Polida (PS); Ácido Hidro-Fluorídrico 9,5% - 20s (HF). Cada grupo foi dividido em três subgrupos (n = 13), de acordo com o tipo de silano: silano tradicional (Porcelain Prime, Inc. Bisco); mistura de silano e resina (KerrSilane, Kerr); mistura de silano e adesivo universal (Single-bond Universal, 3M Espe). Os espécimes foram montados em um dispositivo padrão para teste de cisalhamento (UltradentBonding Assembly), cimentados com cimento resinoso dual (Duolink Universal™, Bisco Inc.) e foto-polimerizados por 20s. As amostras foram testadas após 24 horas e 90 dias de armazenamento em água destilada a 47°C. Os dados foram analisados por 2-Way Anova e Teste de Tukey (α=5%). Resultados: em geral, os valores de resistência adesiva do silano tradicional foram, estatisticamente, mais elevados do que os outros tipos de silanos. O armazenamento afetou, significativamente, a força de adesão para a maioria dos grupos (p <0,001). O grupo PS apresentou menores valores de resistência adesiva, independentemente da variável (silano vs armazenamento). Conclusões: adequada resistência adesiva pode ser obtida com silanos tradicionais após o pré-tratamento de superfície com ácido HF

Objective: To investigate the efficacy of "new silanes / primer" in the Lithium Disilicate surface (IPS e.maxCAD, IvoclarVivadent-) by means of adhesive shear bond strength test. Methodology: A total of 78 ceramic blocks were embedded in acrylic resin, polished and washed in ultrasound for 10 minutes. The specimens were divided into two groups according to surface treatment: Polished Surface (PS); Hydrofluoric acid 9,5% - 20s (HF). Each group was divided into three sub-groups (n = 13) according to the type of silane used: traditional silane (Porcelain Prime Bisco, Inc.); mixture of silane and resin (Kerr Silane, Kerr); mixture of silane and universal adhesive (Single-bond Universal, 3M Espe). The specimens were mounted on a standard device for shear test (Ultradent Bonding Assembly), cemented with dual resin cement (Duolink Universal ™, Bisco Inc.) and photo-polymerised for 20s. The samples were tested after 24 hours and 90 days of storage in distilled water at 47°C. Data were analyzed by 2-way ANOVA and Tukey Test (α = 5%). Results: In general, the adhesive strength value of traditional silanewas significantly higher than other types of silanes. The storage significantly affects the bond strength (bond) for most groups (p <0.001). The PS group showed lower bond strength values, independent of the variable (silane vs. storage). Conclusions: Suitable adhesive strength can be obtained with traditional silanes, combined with the pre-treatment surface with HF acid.
Descritores: Silanos
-Cimentos de Resina
Responsável: BR1780.2


  3 / 70 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1119698
Autor: Sousa, Samuel Eleutério Paiva.
Título: Avaliação do efeito de diferentes tratamentos de superfície e tipo de material adesivo na resistência de união de reparo de resina bulk fill envelhecida / The effect of different surface treatments and adhesive material on bond strength of aged bulk fill resin composite repair.
Fonte: São Paulo; s.n; 20200000. 77 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Odontologia para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: O objetivo do presente estudo foi avaliar o efeito da asperização com ponta diamantada e o jateamento com óxido de alumínio (Al2O3) como tratamentos de superfície e diferentes protocolos adesivos, associados ou não ao uso do silano, no reparo da resina composta do tipo bulk fill envelhecida. Cento e cinquenta discos (10 mm x 1,2 mm) de resina composta foram fabricados utilizando a resina composta FiltekTM One Bulk Fill (3M ESPE) e fotoativados durante 20 s, utilizando o equipamento fotopolimerizador de LED (Valo, Ultradent Product Inc. South Jordan, EUA), com a emitância de 1200 mW/cm2. A superfície de todos os corpos de prova foi padronizada com uma sequência de lixas e então submetida a um processo de envelhecimento acelerado utilizando uma ciclagem térmica com um total de 5.000 ciclos, com banhos de 5°C e 55°C e tempo de imersão de 30s. Os corpos de prova foram divididos de acordo com o tratamento de superfície a ser realizado: sem tratamento (ST), asperização com ponta diamantada de granulação fina (A) e jateamento com partículas de Al2O3 (J). Em seguida, dentro de cada grupo, os corpos de prova foram aleatoriamente distribuídos em 5 subgrupos de acordo com o protocolo adesivo a ser realizado: sem adesivo (SA), Adper Single Bond 2 (SB), Single Bond Universal (SBU), Silano + Adper Single Bond 2 (S+SB) e silano (S), totalizando 15 grupos experimentais (n=10). Após a realização dos tratamentos de superfície e protocolos adesivos, foram confeccionados três cilindros de resina (1,0 mm de diâmetro e 1,0 mm de altura) utilizando a mesma resina composta bulk fill, os mesmos parâmetros e equipamento fotopolimerizador, para simular o reparo. Os corpos de prova foram armazenados por um período de 24 horas em água deionizada em estufa à 37°C e então submetidos ao teste de resistência de união ao microcisalhamento em máquina de ensaio universal com velocidade de 1 mm/min. A área da falha foi analisada com auxílio de um microscópio digital (50x de aumento) para determinação do padrão de fratura. Os dados obtidos foram analisados estatisticamente pelo teste Análise de Variância (ANOVA) a dois fatores e em seguida empregado o teste de Tukey (?=0,05). Os valores de resistência de união dos grupos que não receberam tratamento de superfície, independente do protocolo adesivo utilizado, foram inferiores e diferentes estatisticamente daqueles que foram submetidos aos tratamentos de superfície com ponta diamantada ou jateamento (p < 0,001). Quando realizada a asperização ou o jateamento o único protocolo adesivo a se diferenciar dos demais, com resultados estatisticamente inferiores foi o protocolo sem adesivo (SA) (p < 0,001). Não houve diferença estatística entre os grupos A/SB, A/SBU, A/S+SB e A/S e entre os grupos J/SB, J/SBU, JS+SB e J/S. O grupo J/SBU apresentou maiores valores de resistência de união que o grupo A/SBU (p < 0,001). Falhas coesivas no substrato envelhecido e mistas foram os padrões de fratura mais frequentes quando foi realizado o tratamento da superfície, enquanto falhas adesivas foi o padrão mais comum quando não foi realizado tratamento de superfície. Conclui-se que os tratamentos de superfície com ponta diamantada ou jateamento com Al2O3 melhoram os valores de resistência de união em um reparo de resina composta do tipo bulk fill e quando associados a utilização de qualquer um dos sistemas adesivos estudados, combinado ou não ao uso do silano, promovem uma boa resistência de união. A utilização do SBU resulta em um maior valor de resistência de união quando aplicado em superfícies tratadas com jateamento com Al2O3.
Descritores: Silanos
Resinas Compostas
Responsável: BR97.1 - Serviço de Documentação Odontológica


  4 / 70 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Sinhoreti, Mário Alexandre Coelho
Consani, Simonides
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1049253
Autor: Favarão, Jamille; Zanini, Maurício Matté; Guarda, Guilherme Bottene; Mendonça, Marcio José; Sinhoreti, Mário Alexandre Coelho; Consani, Simonides; Sicoli, Eliseu Augusto.
Título: Effect of commercial silanes on bond strength of resin cement to lithium disilicate ceramic / Efeito de silanos comerciais na resistência de união do cimento resinoso à cerâmica de dissilicato de lítio
Fonte: Biosci. j. (Online);36(1):310-315, jan./feb. 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: The aim of this study was to evaluate the effect of different commercial silanes on microshear bond strength of resin cement to lithium disilicate ceramic. Twenty ceramic samples with 10 mm in length, 10 mm wide and 3 mm in thickness were fabricated, etched with 10% hydrofluoric acid for 20 seconds, and divided into 5 groups, according to the commercial silane applied: G1- RelyX Ceramic Primer (3M ESPE), G2- Angelus Silane, G3- Prosil (FGM), G4- Dentsply Silane (Dentsply) and G5- Bis-Silane (Bisco). Silanes were applied in accordance to manufacturers' recommendations. Addition silicone molds with 1 mm in thickness, 10 mm in diameter and 3 perforations with 1 mm in diameter each one, were placed on ceramic and filled with the resin cement RelyX ARC (3M ESPE) in all groups. Light activation was performed with LED Bluephase G2 (Ivoclar Vivadent) at 1200 mW/cm2, for 30 seconds. Samples were maintained in 100% humidity at 37°C for 24 hours and submitted to microshear test. The data (MPa) were submitted to one-way ANOVA and Tukey test (α=0.05). The results obtained for each group were: G1: 22.39±2.99; G2: 23.35±4.08; G3: 26.05±5.46; G4: 18.56±4.09; G5: 25.26±4.10. Statistical analysis showed significantly lower microshear bond strength for G4. Fracture pattern analysis showed predominance of adhesive failures in G1 and G2. G3 and G5 presented higher percentage of cohesive failures in ceramic, and G4 showed mixed, adhesive and cohesive fractures with similar percentages. It was concluded that different silanes showed influence on the lithium disilicate ceramic ­ resin cement bond strength

O objetivo neste estudo foi avaliar o efeito de diferentes silanos comerciais na resistência de união ao microcisalhamento do cimento resinoso à cerâmica de dissilicato de lítio. Foram confeccionadas 20 amostras de cerâmica (10mm de comprimento, 10mm de largura e 3mm de espessura), condicionadas com ácido fluorídrico a 10% por 20 segundos e divididas em 5 grupos, de acordo com o silano aplicado: G1- RelyX Ceramic Primer (3M ESPE), G2- Silano Angelus, G3-Prosil (FGM), G4- Silano Dentsply e G5-Bis-Silane (Bisco). Matrizes de silicone por adição (1 mm de espessura, 10 mm de diâmetro e 3 perfurações com 1 mm de diâmetro) foram colocadas sobre a cerâmica e preenchidas com cimento resinoso RelyX ARC (3M ESPE). A fotoativação foi realizada com LED Bluephase G2 (Ivoclar Vivadent) a 1200 mW/cm2, por 30 segundos. As amostras foram mantidas em 100% de umidade a 37°C por 24 horas e submetidas ao teste de microcisalhamento. Os dados (MPa) (G1: 22,39+2,99; G2: 23,35+4,08; G3: 26,05+5,46; G4: 18,56+ 4,09; G5: 25,26+4,10) foram submetidos a análise de variância e ao teste de Tukey (p<0,05). A análise estatística mostrou valor de resistência de união significantemente menor para G4. A análise do padrão de fratura mostrou predominância de falha adesiva para G1 e G2. G3 e G5 apresentaram maior porcentagem de falha coesiva em cerâmica, e o G4 apresentou fraturas mista, adesiva e coesiva em igual porcentagem. Concluiu-se que os diferentes silanos apresentaram influência na resistência de união do cimento resinoso à cerâmica de dissilicato de lítio
Descritores: Silanos
Cerâmica
Cimentos Dentários
Resistência ao Cisalhamento
Lítio
-Cimento de Silicato
Cimentação
Cimentos de Resina
Porcelana Dentária
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  5 / 70 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1007116
Autor: Carvajal, Estefanny.
Título: Irrigación del conducto radicular y tratamiento de superficie de pernos de fibra, previo a la cementación: revisión de tema / Root canal irrigation and fiber post treatments, before cementation: subject review
Fonte: Acta odontol. Colomb. (En linea);9(1):97-108, 2019.
Idioma: es.
Resumo: Introducción: el tratamiento endodóntico es muy solicitado para preservar las piezas dentales, así como la utilización de pernos de fibra cuando el remanente coronario no es el adecuado para recibir una prótesis coronaria, permitiendo de esta manera reconstruir el muñón dental para la posterior colocación de la restauración definitiva. Objetivo: identificar tanto el tratamiento de superficie de pernos de fibra como el irrigante radicular idóneos para conseguir una cementación adecuada; así como conocer cuál es el tratamiento de superficie que produce menos desintegración de las fibras del perno de fibra. Materiales y métodos: se incluyeron 47 artículos publicados en inglés, durante los últimos 20 años, teniendo en cuenta que los mismos se obtuvieron hasta octubre del 2018. Conclusiones: previa la cementación de pernos sean estos de fibra o de cuarzo es indispensable realizar tratamiento de superficie para así mejorar la adhesión, estos pueden ser químicos o físicos, los que ofrecen mejor resultado sin alterar de manera significativa la estructura del mismo es el enarenado con partículas de diamante sintéticas de 1-3 µm seguido de silanización y dentro de los químicos H2O2 al 10% por 1 min seguido de silano. Para obtener mejores resultados se debe accionar el silano a una temperatura de 80°C. En cuanto a protocolos de irrigación depende del sistema de cementación que se vaya a emplear EDTA 18% + Hipoclorito de sodio al 5,25% o EDTA 18% + clorhexidina al 2% cuando se va emplear un cemento autoadhesivo y NaOCl al 11% cuando se utilice el acondicionamiento ácido de lavado y secado.

Introduction: nowadays the aim is to keep the dental organ in function as long as possible, in many cases the endodontic treatment is used to preserve the dental pieces; and the use of fiber post when the coronary remnant is not adequate to receive a crown prosthesis, allowing us in these cases rebuilt the thoot for the subsequent placement of the final restoration. Objective: to identify wich is the better surface treatment of fiber post and the root irrigator for adequate cementation; as well as know, which is the surface treatment that produces less fibers' disintegration of the fiber post. Materials and methods: it were included 47 articles published in English, during the last 20 years, considering that they were obtained until October 2018. Conclusions: Before posts cementation are these fiber or quartz it is indispensable to carry out the surface pretreatment to increase adhesion, the same ones that can be chemical or physical within these that offer the best result it is the sanded with particles of diamond synthetic of 1-3 µm followed by silanization and with 10% H2O2 for 1min followed by silane. For better results silane must be dryed at a temperature of 80 °C. And for irrigation protocols depends of the cementing system to be used EDTA 18% + sodium hypochlorite 5.25% or EDTA 18% + 2% chlorhexidine when a self-adhesive cement is to be used and 11% NaOCl when washing and drying acid conditioning is used.
Descritores: Irrigantes do Canal Radicular
Cimentação
-Silanos
Hipoclorito de Sódio
Ácido Edético
Revestimento para Fundição Odontológica
Vidro
Reabilitação Bucal
Responsável: CO136.1 - Biblioteca


  6 / 70 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1008217
Autor: Moro, André Fábio Vasconcelos.
Título: Efeito da aplicação adicional de silano a um sistema adesivo universal sobre a resistência de união entre uma cerâmica reforçada por dissilicato de lítio e uma resina composta / Effect of adittional silane application to a universal adhesive system on the bond strength between a lithium disilicate ceramic and a composite resin.
Fonte: Rio de janeiro; s.n; 2016. 81 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Faculdade de Odontologia para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: O objetivo deste estudo foi avaliar, por meio de ensaio de resistência ao microcisalhamento, o efeito da aplicação adicional de silano a um sistema adesivo universal na interface adesiva entre uma cerâmica reforçada por dissilicato de lítio e uma resina composta. Duzentos discos de IPS e.max Press/Ivoclar Vivadent (13x3mm) foram confeccionados, receberam acabamento com lixas de carbeto de silício (220-600) e limpeza com ácido fosfórico 37% (30s) imediatamente antes da aplicação do agente silano ou sistema adesivo. Sobre cada disco, foram confeccionados cinco cilindros de resina, o que totalizou mil cilindros de resina. O tratamento aplicado à superfície de cerâmica, anterior à inserção de resina foi realizada de acordo com cada um destes grupos: G1: 20s de ácido fluorídrico (HF) + silano (S) + Adper Single Bond 2/3M ESPE (SB); G2: 20s HF + S + Single Bond Universal/3M ESPE (U); G3: 20s HF + U; G4: 20s HF + S + Single Bond Universal misturado ao Otimizador para Cimentação/3M ESPE (OPC); G5: 20s HF + OPC; G6: S + SB; G7: S + U; G8: U; G9: S + OPC; G10: OPC. Os grupos G11 até o G20 receberam os mesmos tratamentos de superfície, mas foram submetidos à termociclagem de 10.000 ciclos. Os grupos G1 ao G10 foram levados à máquina de ensaio universal EMIC para o teste de microcisalhamento, enquanto os grupos G11 ao G20 foram submetidos à ciclagem térmica com banhos de 20s alternados em temperatura de 5ºC e 55ºC, para depois serem levados para o microcisalhamento. A análise estatística foi realizada através de análise de variância (ANOVA dois fatores), com nível de confiança de 95% (p=0,000) seguido pelo teste Post Hoc de Tukey. Os resultados demonstraram que todos os grupos condicionados por HF obtiveram valores de resistência de união significativamente mais elevados, enquanto a termociclagem apenas provocou diferença significativa entre os grupos de mesmo tratamento de superfície sem condicionamento prévio com HF e entre G1 e G11. O modo de fratura avaliado por microscopia ótica, microscopia eletrônica de varredura e a análise dos elementos químicos por EDS demonstrou o total de 24,3% de fraturas mistas; 74,5% de fraturas adesivas e 1,2% de fraturas coesivas. Pode-se concluir que a aplicação adicional prévia de silano aumentou a resistência de união entre o adesivo universal e a cerâmica e que o condicionamento com ácido fluorídrico foi fator determinante para obtenção de resultados mais altos, principalmente após a termociclagem.

The aim of this study was to evaluate, through a microshear bond strength test, the effect of an additional silane application before a universal adhesive system on the interface between a lithium disilicate ceramic system and a flowable resin. Two hundred IPS e.max Press/Ivoclar Vivadent discs (13x3mm) were made, abraded with sandpaper silicon carbide (220-600) and cleaned with 37% phosphoric acid (30s) immediatelly before application of silane agent or adhesive system. On each disc five resin cylinders were built, which summarized one thousand cylinders. The treatment applied to the ceramic surface previous to the resin insertion was performed according to each of these groups: G1: 20s hydrofluoric acid (HF) + silane (S) + Single Bond 2 / 3M ESPE (SB); G2: 20s HF + S + Single Bond Universal / 3M ESPE (U); G3: 20s HF + U; G4: 20s HF + S + Single Bond Universal mixed with Dual Cure Activator / 3M ESPE (OPC); G5: 20s HF + OPC; G6: S + SB; G7: S + U; G8: U; G9: S + OPC; G10: OPC. The groups from G11 to G20received the same surface treatment, but they were submitted to 10.000 thermal cycles. The G1 to G10 were taken to the universal testing machine EMIC for microshear test, while the G11 to G20 were subjected to thermal cycling with alternating baths of 20s at 5°C and 55°C temperature, and then were submitted to the microshear test. The statistical analysis was done with ANOVA with 95% confidence level (p = 0.000) and Tukey's post-hoc test. The results showed that all groups etched with HF had significantly higher bond strength values while thermocycling only caused significant difference between groups of the same surface treatment without prior etching with HF and between G1 and G11 groups. The fracture mode evaluated by optical microscopy, scanning electron microscopy and analysis of chemical elements by EDS demonstrated total of 24.3% of mixed fractures; 74.5% adhesive fractures and 1.2% of cohesive fractures. It can be concluded that the additional prior silane application increased the bond strength between the universal adhesive and ceramics, besides the etching with hydrofluoric acid was determining factor for obtaining higher results, especially after thermal cycling.
Descritores: Silanos
Cerâmica
Cimentação
Resinas Compostas
Cimentos Dentários
Resistência ao Cisalhamento
-Teste de Materiais
Análise de Variância
Materiais Dentários
Responsável: BR1366.1 - Biblioteca Biomédica B - CB/B (Odontologia e Enfermagem)
BR1366.1; 616.314, M867, TO761


  7 / 70 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-986885
Autor: Cedillo Valencia, José de Jesús; Solano González, Alejandra Celeste.
Título: Monobond Etch & Prime, primer acondicionador monocomponente que permite el grabado y la silanización de las superficies cerámicas en un solo paso / Monobond Etch & Prime, first single bottle conditioner for one step etching and silanization of ceramic surfaces
Fonte: Rev. ADM = ADM;75(6):358-369, nov.-dic. 2018. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Las propiedades mecánicas de los materiales, han hecho que la técnica de cementación de las carillas sea tan cambiante y tan estudiada. Esta técnica ha sido modifi cada basados en investigaciones de diversos estudios clínicos. Lo cambiante de la técnica, no solamente es para el substrato del órgano dental, sino también para el material de la cerámica elegida. Esto confunde al clínico al estar modifi cando los procedimientos de cementación. En años recientes, como resultado del rápido progreso en la tecnología CAD/CAM, existe una gran cantidad de nuevas cerámicas y materiales híbridos en el mercado odontológico, esto se refl eja en benefi cios para los pacientes, al poder seleccionar distintas clases de materiales restaurativos. A su vez, las indicaciones se han expandido, esto hace que se incremente la difi cultad para los clínicos y ceramistas para mantenerse actualizados en la selección del material, lo que es más importante en los protocolos correctos de adhesión para el tratamiento en distintas superfi cies. En este artículo, se presenta el reporte de un caso clínico a nueve meses de seguimiento con la fi nalidad de evaluar la efi cacia del nuevo acondicionador monocomponente, para grabar y silanizar en un solo paso para Disilicato de Litio (DL), el nuevo Monobond Etch & Prime (MBEP) en el mismo frasco contiene la cantidad sufi ciente de ácido acondicionador y silano. Esto simplifi ca los procedimientos de adhesión, reduciendo no sólo el número de pasos, sino también el tiempo de trabajo (AU)

The mechanical properties of the materials have made the technique of veneer cementation, so changing and so studied. This technique has been modifi ed due to several clinical studies; especially in investigations that have been carried out in this respect. The changes made in the cementation technique, have not been only for the substrate of the dental organ, but also for the chosen ceramic material. This confuses the clinician by modifying the cementing procedures. In recent years, as a result of the rapid progress in CAD/CAM technology, a large number of new ceramics and hybrid materials, have been introduced into the dental market. This is refl ected in benefi t to the patients, because we have more opportunities to off er diff erent kinds of restorative materials; and at the same time, their indications have expanded, but this, increases the diffi culty for clinicians and ceramists to stay up-to-date on material selection, and the most important in the correct adhesion protocols for the treatment of diff erent surfaces. This paper presents, a nine months clinical case report to evaluate the effi cacy of the new monocomponent conditioner, for etching and silanizing in a single step the Lithium Disilicate (LD), the new Monobond Etch & Prime (MBEP), contains in the same bottle suffi cient amount of conditioning acid and silane. This simplifi es the adhesion procedures by reducing, not only the number of steps but also the working time (AU)
Descritores: Silanos
Condicionamento Ácido do Dente
Cerâmica
Adesivos Dentinários
-Ácidos Fosfóricos
Cimento de Silicato
Propriedades de Superfície
Preparo do Dente
Facetas Dentárias
Estética Dentária
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Responsável: AR29.1 - Biblioteca


  8 / 70 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-870231
Autor: Feitosa, Fernanda Alves.
Título: Efeitos de lasers de alta potência na superfície de cerâmicas vítreas de dissilicato de lítio e sua resistência de união à dentina humana / Effects of high power laser irradiation on lithium di-silicate glass ceramic surface and bond strength to human dentin.
Fonte: São José dos Campos; s.n; 2016. 93 p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Instituto de Ciência e Tecnologia de São José dos Campos para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: O objetivo desse estudo foi avaliar a eficiência da irradiação com lasers de alta potência e a influência da aplicação do silano previa ou posteriormente à irradiação com os lasers na resistência de união entre cerâmica vítrea de dissilicato de lítio, cimento resinoso e dentina humana. Foram confeccionados 50 espécimes tronco cônicos de cerâmica (n=10), divididos aleatoriamente em 5 grupos: 1- Controle Condicionamento com ácido hidrofluorídrico 10% por 1 min e aplicação do silano; 2- Er:YAG – irradiação com laser Er:YAG (200 mJ e 10 Hz), seguido do condicionamento com ácido hidrofluorídrico 10% por 1 min e aplicação do silano; 3- Silano + Er:YAG – Condicionamento com ácido hidrofluorídrico 10% por 1 min, aplicação do silano e irradiação com laser Er:YAG nos mesmo parâmetros do grupo anterior; 4- Nd:YAG – irradiação com laser Nd:YAG (120 mJ e 10 Hz), seguido de condicionamento com ácido hidrofluorídrico 10% por 1 min e aplicação do silano, 5- Silano + Nd:YAG -Condicionamento com ácido hidrofluorídrico 10% por 1 min, aplicação do silano e irradiação com laser Nd:YAG nos mesmo parâmetros do grupo anterior. Após os tratamentos os espécimes cerâmicos foram cimentados com cimento resinoso de presa dual à superfície de dentina de 50 molares humanos incluídos em resina acrílica ativada quimicamente. Após armazenamento por 24 h foi realizado o ensaio de tração em máquina de ensaios universais com célula de carga de 10 KgF e velocidade constante de 1mm/min. Os dados obtidos foram submetidos à ANOVA 2-fatores e teste de Dunnet (α=5%). A análise dos padrões de fratura foram analisadas em estereomicroscopio. Adicionalmente foram confeccionados 15 espécimes em cerâmica no formato cilíndrico, submetidos aos mesmo tratamentos dos grupos anteriores (n=3) e utilizados para análise do ângulo de contato e análise em microscópio eletrônico de varredura. O teste de Dunnet mostrou diferenças significativas entre o grupo controle (9,42 ± 2,27 MPa) e os grupos Er (19,25 ± 3,7 MPa)...

The aim of this study was to evaluate the efficiency of irradiation with high-power lasers and the influence of silane application before or after irradiation with lasers on the bond strength between lithium disilicate glass-ceramic, resin cement and human dentin. Fiftytruncated-cones ceramic specimens (n=10) were randomly divided into 5 groups: Control- etching with hydrofluoric acid 10% for 1 min and application of silane; 2- Er -Er:YAG laser irradiation (200 mJ and 10 Hz), followed by etching with hydrofluoric acid 10% for 1 min and application of silane; 3- Sil + Er - etching with hydrofluoric acid 10%for 1 min, silane application and irradiation with Er: YAG laser in the same parameters as the previous group; 4- Nd:YAG laser - irradiation with Nd: YAG laser (120 mJ and 10 Hz), followed by etching with hydrofluoric acid 10% for 1 min and application of thesilane, 5- Sil + Nd- Etching with hydrofluoric acid 10% for 1 min, silane application and irradiation with Nd: YAG laser on the same parameters as the previous group. After treatment, the ceramic specimens were cemented with dual cure resin cement to the dentin of 50 human molars included in acrylic resin. After storage for 24 h it wassubmitted to tensile test in a universal testing machine with 10 kgf load cell andconstant speed of 1 mm/min. Data were submitted to ANOVA 2-way and Dunnet test (α = 5%). The analysis of fracture patterns were analyzed in stereomicroscope. In addition were made 15 ceramic specimens in cylindrical shape, subjected to the sametreatment of the above groups (n = 3) and used for analysis of the contact angle analysis and scanning electron microscope. The Dunnet test showed significant differences between Control group (9.42 ± 2.27 MPa) and Er group (19.25 ± 3.7 MPa) and Sil + Er (14.11 ± 4.11 MPa). ANOVA 2-way (p <5%) for Laser Type (p <0.0001) and Technical of Silanization (p = 0.0002) showed significant differences for bothfactors, but not for their interactio...
Descritores: Cerâmica
Lasers
Silanos
Responsável: BR243.1 - Serviço Técnico de Biblioteca e Documentação
BR243.1; D, F329e


  9 / 70 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-867706
Autor: Feitosa, Fernanda Alves.
Título: Efeitos de lasers de alta potência na superfície de cerâmicas vítreas de dissilicato de lítio e sua resistência de união à dentina humana / Effects of high power laser irradiation on lithium di-silicate glass ceramic surface and bond strength to human dentin.
Fonte: São José dos Campos; s.n; 2016. 93 p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a UNESP- Univ Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Instituto de Ciência e Tecnologia de São José dos Campos para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: O objetivo desse estudo foi avaliar a eficiência da irradiação com lasers de alta potência e a influência da aplicação do silano previa ou posteriormente à irradiação com os lasers na resistência de união entre cerâmica vítrea de dissilicato de lítio, cimento resinoso e dentina humana. Foram confeccionados 50 espécimes tronco cônicos de cerâmica (n=10), divididos aleatoriamente em 5 grupos: 1- Controle Condicionamento com ácido hidrofluorídrico 10% por 1 min e aplicação do silano; 2- Er:YAG – irradiação com laser Er:YAG (200 mJ e 10 Hz), seguido do condicionamento com ácido hidrofluorídrico 10% por 1 min e aplicação do silano; 3- Silano + Er:YAG – Condicionamento com ácido hidrofluorídrico 10% por 1 min, aplicação do silano e irradiação com laser Er:YAG nos mesmo parâmetros do grupo anterior; 4- Nd:YAG – irradiação com laser Nd:YAG (120 mJ e 10 Hz), seguido de condicionamento com ácido hidrofluorídrico 10% por 1 min e aplicação do silano, 5- Silano + Nd:YAG -Condicionamento com ácido hidrofluorídrico 10% por 1 min, aplicação do silano e irradiação com laser Nd:YAG nos mesmo parâmetros do grupo anterior. Após os tratamentos os espécimes cerâmicos foram cimentados com cimento resinoso de presa dual à superfície de dentina de 50 molares humanos incluídos em resina acrílica ativada quimicamente. Após armazenamento por 24 h foi realizado o ensaio de tração em máquina de ensaios universais com célula de carga de 10 KgF e velocidade constante de 1mm/min. Os dados obtidos foram submetidos à ANOVA 2-fatores e teste de Dunnet (α=5%). A análise dos padrões de fratura foram analisadas em estereomicroscopio. Adicionalmente foram confeccionados 15 espécimes em cerâmica no formato cilíndrico, submetidos aos mesmo tratamentos dos grupos anteriores (n=3) e utilizados para análise do ângulo de contato e análise em microscópio eletrônico de varredura. O teste de Dunnet mostrou diferenças significativas entre o grupo controle (9,42 ± 2,27 MPa) e os grupos Er (19,25 ± 3,7 MPa) e ...

The aim of this study was to evaluate the efficiency of irradiation with high-power lasers and the influence of silane application before or after irradiation with lasers on the bond strength between lithium disilicate glass-ceramic, resin cement and human dentin. Fiftytruncated-cones ceramic specimens (n=10) were randomly divided into 5 groups: Control- etching with hydrofluoric acid 10% for 1 min and application of silane; 2- Er -Er:YAG laser irradiation (200 mJ and 10 Hz), followed by etching with hydrofluoric acid 10% for 1 min and application of silane; 3- Sil + Er - etching with hydrofluoric acid 10%for 1 min, silane application and irradiation with Er: YAG laser in the same parameters as the previous group; 4- Nd:YAG laser - irradiation with Nd: YAG laser (120 mJ and 10 Hz), followed by etching with hydrofluoric acid 10% for 1 min and application of thesilane, 5- Sil + Nd- Etching with hydrofluoric acid 10% for 1 min, silane application and irradiation with Nd: YAG laser on the same parameters as the previous group. After treatment, the ceramic specimens were cemented with dual cure resin cement to the dentin of 50 human molars included in acrylic resin. After storage for 24 h it wassubmitted to tensile test in a universal testing machine with 10 kgf load cell andconstant speed of 1 mm/min. Data were submitted to ANOVA 2-way and Dunnet test (α = 5%). The analysis of fracture patterns were analyzed in stereomicroscope. In addition were made 15 ceramic specimens in cylindrical shape, subjected to the sametreatment of the above groups (n = 3) and used for analysis of the contact angle analysis and scanning electron microscope. The Dunnet test showed significant differences between Control group (9.42 ± 2.27 MPa) and Er group (19.25 ± 3.7 MPa) and Sil + Er (14.11 ± 4.11 MPa). ANOVA 2-way (p <5%) for Laser Type (p <0.0001) and Technical of Silanization (p = 0.0002) showed significant differences for bothfactors, but not for their interaction. ...
Descritores: Cerâmica
Lasers
Silanos
Responsável: BR243.1 - Serviço Técnico de Biblioteca e Documentação
BR243.1; D, F329e


  10 / 70 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-866984
Autor: Peixoto, Leticia Monteiro.
Título: Efeito da temperatura de secagem de dois tipos de silano e da supressão ou redução do tempo de condicionamento com ácido hidrofluorídrico na resistência de união entre uma cerâmica de dissilicato de lítio e um cimento resinoso / Effect of drying temperature of two silan types and elimination or reduction of conditioning hydrofluoridric acid time with the bond strenght between a lithium disilicate ceramic and a resin cement.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2012. 105 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Faculdade de Odontologia para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Este estudo avaliou o efeito de diferentes métodos de silanização e aplicação do ácido hidrofluorídrico (HF) sobre a resistência à microtração de uma cerâmica de dissilicato de lítio a um cimento resinoso. Quarenta blocos de IPS e.max Press /Ivoclar Vivadent (5x5x6mm) foram cimentados a blocos de resina Z250/3M ESPE (5x5x6mm) usando o cimento resinoso RelyX ARC/3M ESPE de acordo com os seguintes métodos de tratamento superficial: G1: 20s de ácido fluorídrico (HF) + silano não hidrolisado Primer-Activactor/Dentsply (SNH) seco à temperatura ambiente; G2: 20s HF + silano pré-hidrolisado RelyX Ceramic-Primer/3M ESPE (SPH) seco à temperatura ambiente; G3: 10s HF + SNH seco com ar quente (50oC-2min); G4: 10sHF + SPH seco com ar quente (50oC-2min); G5: sem ácido, SNH seco com ar quente (50oC-2min); G6: sem ácido, SPH seco com ar quente (50oC-2min); G7: sem ácido, SNH seco à temperatura ambiente; G8: sem ácido, SPH seco à temperatura ambiente. Antes de cada método de silanização, os blocos cerâmicos receberam acabamento com lixas de carbeto de silício (220-600) e limpeza com ácido fosfórico 37% (1min). A cimentação foi realizada com carga vertical de 1kg por 10min. Os conjuntos de cerâmica/cimento/resina foram armazenados em água destilada (37ºC) por 24 horas e depois seccionados em máquina de corte Isomet 1000 a fim de obter palitos (n = 40) de ± 1mm2 de área da seção transversal, que foram submetidos ao teste de microtração em máquina de ensaio universal Emic (v = 0,5mm/min). O modo de fratura foi avaliado em microscópio eletrônico de varredura. A análise estatística foi realizada utilizando ANOVA / Dunnett (p-valor = 0,000). As médias MPa e desvio padrão foram: G1-21,5 (8,9) BC; G2-30,5 (7,2) A; G3-19.4 (9.1) BC; G4-24,0 (9,0) B; G5-8.1 (3.2) D; G6 -18,0 (6,2) C; G7-7.8 (2,6) D; G8-6.3 (2,5) D. Grupos 2, 3, 4 e 6 não tiveram falhas prematuras...

This study devaluated the effect of different types of silanization and hydrofluoric acid on the microtensile bond strength of a lithium dissilicate ceramic system. Forty IPS e.max Press /Ivoclar Vivadent blocks (5x5x6mm) were cemented to Z250/3M ESPE resin blocks (5x5x6mm) using RelyX ARC/3M ESPE resin-cement according to the following silanization methods: G1: 20s hydrofluoric acid (HF) + non-hydrolyzed silane Primer-Activactor/Dentsply (NHS) dried at room temperature; G2: 20sHF + pre-hydrolyzed silane RelyX Ceramic-Primer/3M ESPE (PHS) dried at room temperature; G3: 10sHF + NHS dried with hot air (50oC-2min); G4: 10sHF + PHS + hot air; G5: NHS + hot air; G6: PHS + hot air; G7: NHS dried at room temperature; G8: PHS dried at room temperature. Before each silanization method, all ceramic blocks were abraded with SiC grit papers (220-600) and cleaned with 37% phosphoric acid (1min). The cementation was made with vertical load of 01 kg for 10 min. After cementation procedure, all ceramic/ciment/resin blocks were stored in distilled water (37oC) for 24h before being cut to obtain stick-shapped specimens (n=45) of approximately 1mm2 cross-sectional area for microtensile test (v=0.5mm/min). Statistical analysis was performed using ANOVA/Dunnett (p-value = 0,000). The mean MPa(SD) values were: G1-21.5(8.9)BC; G2-30.5(7.2)A; G3-19.4(9.1)BC; G4-24.0(9.0)B; G5-8.1(3.2)D; G6-18.0(6.2)C; G7-7.8(2.6)D; G8-6.3(2.5)D. Groups 2, 3, 4 and 6 had no sticks premature fail against groups 1, 5, 7 and 8, that had 2.2, 44.4, 75.6 and 33.3% of sticks premature fails, respectively. As the correlation coefficient was statistically significant, -0.736 (p-value = 0.000), it could be argued that as the percentage of premature...
Descritores: Ácido Fluorídrico/efeitos adversos
Cerâmica
Cimentos de Resina
Autocura de Resinas Dentárias
Silanos/química
-Adesividade
Análise de Variância
Microscopia Eletrônica de Varredura
Propriedades de Superfície
Responsável: BR1366.1 - Biblioteca Biomédica B - CB/B (Odontologia e Enfermagem)
BR1366.1; 616.314, P379, TO704



página 1 de 7 ir para página                  
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde