Base de dados : LILACS
Pesquisa : D01.935 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 10 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 10 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-777239
Autor: ALGARNI, Amnah Abdullah; LIPPERT, Frank; HARA, Anderson Takeo.
Título: Efficacy of stannous, fluoride and their their combination in dentin erosion prevention in vitro
Fonte: Braz. oral res. (Online);29(1):1-5, 2015. ilus.
Idioma: en.
Resumo: The aim of this study was to compare the protective effects of solutions containing stannous (Sn), fluoride (F) and their combination in the prevention of dentin erosion. Forty bovine root dentin specimens (4’4’2 mm3) were prepared and randomly assigned to 4 groups (n = 10): SnCl2(800 ppm/6.7 mM Sn), NaF (250 ppm/13 mM F), NaF/SnCl2 (800 ppm/6.7 mM Sn; 250 ppm/13 mM F), and deionized water (DIW) as a negative control. An acquired pellicle was formed on dentin samples by incubation in clarified, pooled, stimulated human saliva for 24 hours. The specimens were subjected to 5 daily cycles, each consisting of 5 of min demineralization (0.3%/15.6 mM citric acid, pH 2.6, 6’/day) and 60 min of re-mineralization in clarified human saliva. Thirty minutes after the 1st, 3rd and 5th demineralization episodes of each day, the specimens were treated with one of the test solutions for 2 min. Surface loss was measured via optical profilometry. Mixed-model ANOVA followed by Tukey’s test were used for the statistical analysis. Sn, F, and their combination significantly reduced the dentin surface loss by 23%, 36%, and 60% compared with DIW, respectively. All groups were significantly different (p < 0.05). The combination of Sn and F significantly reduced the amount of dentin surface loss compared with all other groups. The F group also significantly reduced surface loss compared with Sn and DIW, followed by the Sn group, which showed significantly greater protection compared with the DIW control. The daily use of a combined fluoride and stannous solution is promising for preventing dentin erosion.
Descritores: Cariostáticos/uso terapêutico
Dentina/efeitos dos fármacos
Fluoreto de Sódio/uso terapêutico
Compostos de Estanho/uso terapêutico
Fluoretos de Estanho/uso terapêutico
Erosão Dentária/prevenção & controle
-Combinação de Medicamentos
Distribuição Aleatória
Reprodutibilidade dos Testes
Saliva/química
Propriedades de Superfície/efeitos dos fármacos
Fatores de Tempo
Limites: Animais
Bovinos
Seres Humanos
Tipo de Publ: Estudos de Avaliação
Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 10 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-646725
Autor: Cekic, Betul; Muftuler, Fazilet Zumrut Biber; Kilcar, Ayfer Yurt; Gunay, Necati; Sakarya, Serhan; Unak, Perihan.
Título: Anti toxic effect of broccoli extract on stannous dichloride toxicity / Efeito antitóxico do extrato de brócolis na toxicidade do dicloreto de estanho
Fonte: Acta cir. bras;27(9):606-610, Sept. 2012. ilus, tab.
Idioma: en.
Projeto: Ege University.
Resumo: PURPOSE: Since Technetium-99m (99mTc) has favorable physical and chemical characteristics, it is widely used radioisotope in Nuclear Medicine. However, stannous dichloride (SnCl2) has been widely used as a reducing agent in labeling procedure of pharmaceutical with radionuclide, it has been realized that SnCl2 have genotoxic and cytotoxic effects on biological systems. In previous studies, it has been shown that some herbal extract can reduce genotoxic and cytotoxic effects of SnCl2. In the present study, it is aimed to evaluate the effect of the broccoli extract on the survival of E. coli ATCC 25922 strain against to toxic effects of SnCl2. METHODS: Broccoli was extracted with methanol extraction. HPLC and TLC analysis of broccoli extract were performed. Then antitoxicity and dose response assays were performed on bacterial strain. RESULTS: The broccoli extract had dose dependent protective effect against SnCl2 toxic effect on E. coli. CONCLUSIONS: The consumption of broccoli may alter the stannous dichloride toxicity. Broccoli extract may use as a new protective strategies against the toxic effect of SnCl2 on patients who were taken 99mTc radiopharmaceuticals.

OBJETIVO: Em face de suas características físico-químicas, o Tecnécio-99m (99mTc) é um radiofármaco amplamente utilizado na Medicina Nuclear. Todavia, o dicloreto de estanho (SnCl2) tem sido largamente aplicado como um agente redutor no procedimento farmacêutico de marcação com radionuclídeos. Constatou-se que o SnCl2 apresenta efeitos genotóxicos e citotóxicos nos sistemas biológicos. Em estudos prévios, foi demonstrado que alguns extratos de ervas podem reduzir tais efeitos. O estudo atual objetivou avaliar os efeitos do extrato de brócolis na sobrevida da cepa E. coli ATCC 25922, exposta ao efeito tóxico do SnCl2. MÉTODOS: O extrato de brócolis foi obtido mediante extração com metanol. Analises com HPLC e TLC foram efetuadas. Avaliou-se a antitoxicidade e realizou-se um ensaio dose-resposta para uma cepa de bactérias. RESULTADOS: O extrato de brócolis mostrou um efeito protetor dose dependente para os efeitos tóxicos do SnCl2 sobre a E. coli. CONCLUSÕES: O consumo de brócolis pode alterar a toxicidade do dicloreto de estanho. O extrato de brócolis pode ser utilizado como uma nova estratégia para proteção de pacientes contra os efeitos tóxicos do SnCl2, nos quais foi administrado o radiofármaco Tecnécio-99m.
Descritores: Brassica/química
Escherichia coli/efeitos dos fármacos
Extratos Vegetais/farmacologia
Compostos Radiofarmacêuticos/toxicidade
Tecnécio/toxicidade
Compostos de Estanho/toxicidade
-Cromatografia em Camada Delgada
Compostos Radiofarmacêuticos/antagonistas & inibidores
Compostos de Estanho/antagonistas & inibidores
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 10 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-583251
Autor: Motta, Ellen Serri da.
Título: Participação de enzimas de reparo por excisão de bases na restauração de lesões induzidas pela associação da radiação ultravioleta A e cloreto estanoso em Escherichia coli / Participation of repair enzyme for base excision in lesions restoration induced by the combination of A ultraviolet radiation and stannous chloride in Escherichia coli.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2010. 152 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Faculdade de Ciências Médicas para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: O cloreto estanoso (SnCI2) e a radiação ultravioleta A (UVA) são agentes que lesam diversas estruturas celulares, inclusive o DNA, principalmente pela geração de espécies reativas de oxigênio. O objetivo deste trabalho foi estudar a mutagênese e o reparo das lesões produzidas pela combinação do UVA, na condição de pré-iluminação, com o SnCI2. Avaliou-se a ação de enzimas do reparo por excisão de bases (BER), em Escherichia coli (E. coli), por eletroforese em gel alcalino de agarose e sobrevivência bacteriana. Também se estudou a indução do sistema SoxRS pelo cromoteste, e a mutagênese pelo teste de Ames. De acordo com os resultados: i)o UVA induziu quebras no DNA das cepas testadas e os mutantes fpg-nfo e fpg apresentaram maior retardo no reparo das lesões; ii) o SnCI2 induziu mais quebras que o UVA e os mutantes nfo e fpg mostraram maior dificuldade em reparar as lesões; iii) o UVA+SnCI2 provocou mais quebras que o SnCI2 e os mutantes nfo e fpg também apresentaram maior lentidão no reparo das lesões; iv) o UVA não inativou as cepas testadas; v) as cepas nfo e fpg foram as mais sensíveis ao SnCI2; vi) o UVA+SnCI2 provocou maior letalidade em todas as cepas testadas, em relação ao SnCI2, e os mutantes nfo e fpg também foram os mais sensíveis ao tratamento com ambos os agentes; vii) a transformação dos mutantes nfo com o plasmídio pBW21 (nfo+) e dos mutantes fpg com o plasmídio pFPG (fpg+) aumentou a sobrevivência das cepas aos tratamentos com SnCI2 e UVA+SnCI2; viii) o SnCI2 induziu o sistema SoxRS; ix) o SnCI2, UVA e UVA+SnCI2 não induziram mutagênese; x) o reparo das lesões parece ser preferencialmente realizado pelas proteínas Fpg e Nfo.

Stannous chloride (SnCI2) and ultraviolet radiation A (UVA) are able to induce lesions in different cellular structures, including DNA, manly through ROS generation. The aim of this work was to study the mutagenesis and repair of lesions induced by the association of UVA (pre treatment) with SnCI2. It was evaluated the action of base excision repair (BER) enzymes in Escherichia coli (E. coli) by alkaline gel electrophoresis and bacterial survival. It was also evaluated the SoxRS system induction by chromotest and mutagenesis through the Ames test. According to the results: i) UVA induced DNA strand breaks in all strains and fpg-nfo and fpg mutants showed greater delay in the repair of lesions; ii) SnCI2 induced more breaks than UVA and nfo and fpg mutants showed more difficult to repair the damage; iii) UVA + SnCI2 caused more breaks than the SnCI2 and nfo and fpg mutants also showed a slowest repair of injuries; iv) UVA did not inactivate any bacterial strains tested; v) nfo and fpg strains were more sensitive to SnCI2; vi) UVA + SnCI2 caused higher mortality in all strains tested, when compared to SnCI2, and, again, nfo and fpg mutants were the most sensitives to the treatment with both agents; vii) the transformation of nfo mutant with the plasmid pBW21 (nfo+) and fpg mutants with plasmid pFPG (fpg+) increased the survival of the strains to SnCI2 and UVA + SnCI2 treatments; viii) SnCI2 was able to induce SoxRS system; ix) SnCI2, UVA + SnCI2 and UVA did not induce mutagenesis; x) damage repair seems to be preferentially performed by Fpg and Nfo proteins.
Descritores: Compostos de Estanho/farmacologia
Compostos de Estanho/toxicidade
Dano ao DNA/genética
Enzimas Reparadoras do DNA/genética
Escherichia coli
Escherichia coli/efeitos da radiação
Escherichia coli/genética
Reparo do DNA/genética
Testes de Mutagenicidade/métodos
Raios Ultravioleta
-Recombinação Genética
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR1365.1 - Biblioteca Biomédica A - CB/A
BR1365.1


  4 / 10 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-553764
Autor: Basso, T. S; Pungartnik, C; Brendel, M.
Título: Low productivity of ribonucleotide reductase in Saccharomyces cerevisiae increases sensitivity to stannous chloride
Fonte: Genet. mol. res. (Online);7(1):1-6, Jan. 2008. ilus.
Idioma: en.
Resumo: Ribonucleotide reductase (RNR) of the yeast Saccharomyces cerevisiae is a tetrameric protein complex, consisting of two large and two small subunits. The small subunits Y2 and Y4 form a heterodimer and are encoded by yeast genes RNR2 and RNR4, respectively. Loss of Y4 in yeast mutant rnr4delta can be compensated for by up-regulated expression of Y2, and the formation of a small subunit Y2Y2 homodimer that allows for a partially functional RNR. However, rnr4delta mutants exhibit slower growth than wild-type (WT) cells and are sensitive to many mutagens, amongst them UVC and photo-activated mono- and bi-functional psoralens. Cells of the haploid rnr4delta mutant also show a 3- to 4-fold higher sensitivity to the oxidative stress-inducing chemical stannous chloride than those of the isogenic WT. Both strains acquired increased resistance to SnCl2 with age of culture, i.e., 24-h cultures were more sensitive than cells grown for 2, 3, 4, and 5 days in liquid culture. However, the sensitivity factor of three to four (WT/mutant) did not change significantly. Cultures of the rnr4delta mutant in stationary phase of growth always showed higher frequency of budding cells (budding index around 0.5) than those of the corresponding WT (budding index <0.1), pointing to a delay of mitosis/cytokinesis.
Descritores: Compostos de Estanho/toxicidade
Genes Fúngicos/genética
Mutagênicos/toxicidade
Ribonucleotídeo Redutases/genética
Saccharomyces cerevisiae/enzimologia
-Sobrevivência Celular
Dimerização
Haploidia
Mutação
RNA Fúngico/biossíntese
Ribonucleotídeo Redutases/química
Saccharomycetales
Sensibilidade e Especificidade
Saccharomyces cerevisiae/citologia
Saccharomyces cerevisiae/genética
Fatores de Tempo
Responsável: BR26.1 - Biblioteca Central


  5 / 10 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Bernardo-Filho, Mario
Texto completo
Id: lil-524890
Autor: Souza, Raphael S S; Almeida, Marcela C; Manoel, Cristiano V; Santos-Filho, Sebastião D; Fonseca, Adenilson S; Bernardo-Filho, Mario.
Título: Biological effects of an aqueous extract of Salix alba on the survival of Escherichia coli AB1157 cultures submitted to the action of stannous chloride
Fonte: Biol. Res;42(2):199-203, 2009. ilus.
Idioma: en.
Resumo: Stannous chloride (SnC12) is used in nuclear medicine as a reducing agent to obtain technetium-99m-radiopharmaceuticals. It have been reported that natural products might reduce the genotoxic and cytotoxic effects related to SnC12. This work evaluated the biological effects of an aqueous extract of Salix alba on the survival of Escherichia coli (E. coli) AB1157 (wild type) cultures submitted to the action of SnC12. E. coli AB1157 cultures (exponential growth phase) were collected by centrifugation, washed and resuspended in 0.9 percentNaCl. Samples were incubated in water bath shaker with: (a) SnC12 (25mg/ml), (b)Salix alba extract(11.6mg/ml) and (c)SnC12(25mg/ml) + Salix alba extract (11.6mg/ml). Incubation with 0.9 percent NaCl was also carried out (control). At 60 min intervals, aliquots were withdrawn, diluted, spread onto Petri dishes with solid LB medium and incubated overnight. The colonies formed were counted and the survival fractions calculated. The extract was not able to protect the E. coli cultures against the lesive action of SnC12. The extract also did not interfere with the survival of the cultures. It suggested that the substances present in the Salix alba aqueous extract did not interfere strongly with cellular metabolism and did not alter the survival fractions of E. coli AB 1157. It is speculated that this extract cannot interfere with the generation of free radicals, the possible main agent responsible for SnC12 lesive action.
Descritores: Escherichia coli/efeitos dos fármacos
Extratos Vegetais/farmacologia
Salix/química
Compostos de Estanho/toxicidade
-Fatores de Tempo
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 10 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-414645
Autor: Holanda, Cecília Maria Carvalho Xavier; Leite, Rodrigo Carvalho Holanda; Catanho, Maria Teresa Jansem; Souza, Grace Maria Lima; Bernardo Filho, Mário.
Título: The effect of glucantime™ on the labeling of blood constituents with technetium-99m
Fonte: Acta cir. bras;20(supl.1):126-130, 2005. tab.
Idioma: en.
Resumo: OBJETIVO: A marcação de hemácias sangüíneas (C) com 99mTc é muito utilizada nos procedimentos diagnósticos na medicina nuclear. Drogas podem alterar este método de marcação e modificar a biodisponibilidade de radiofármacos. Neste trabalho, foi avaliada a influência de glucantime na marcação de elementos sangüíneos com 99mTc. MÉTODOS: Sangue foi retirado de ratos e incubado com glucantime. Adicionou-se cloreto estanoso e 99mTc. Após centrifugação, plasma (P) e (C) foram isolados. Amostras de P e C foram precipitadas com TCA 5 por cento, centrifugadas e separadas em frações solúveis (FS) e insolúveis (FI). Os percentuais de atividade total injetada (por cento ATI) em C, FI-P e FI-C foram calculados (p<0,05). RESULTADOS: O %ATI em C diminuiu, em relação ao controle, nas seguintes concentrações de glucantime (6,25 por cento;12,5 por cento; 25 por cento; 50 por cento; 100por cento), respectivamente: 94,06±1,29 (controle) para 77,15±2,79; para 76,68±1,88; para 75,15±2,79; para 72,64±4,40 e para 63,05±3,84. Em FI-C, o %ATI diminuiu, em relação ao controle, em todas as concentrações de glucantime (3,125 por cento; 6,25 por cento; 12, 5 por cento; 25 por cento; 50 por cento; 100 por cento), respectivamente: 93,34±1,18 (controle) para 78,81±2,76; para 74,76±4,82; para 74,02±5,32; para 64,35±4,82; para 62,81±1,97 e para 54,55±3,58. CONCLUSÕES: Este efeito provavelmente foi devido a produtos presentes nesta droga que podem se complexar com íons (Sn+2 e 99mTcO-4) ou ter um efeito direto ou indireto na concentração intracelular do íon estanoso.
Descritores: Eritrócitos
Meglumina/farmacologia
Compostos Organometálicos/farmacologia
Compostos Radiofarmacêuticos/farmacocinética
Tecnécio/farmacocinética
-Proteínas Sanguíneas/metabolismo
Eritrócitos/efeitos dos fármacos
Marcação por Isótopo
Meglumina/sangue
Compostos Organometálicos/sangue
Compostos Radiofarmacêuticos/sangue
Estatísticas não Paramétricas
Tecnécio/sangue
Compostos de Estanho/sangue
Compostos de Estanho
Distribuição Tecidual/efeitos da radiação
Limites: Animais
Masculino
Ratos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 10 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Bernardo-Filho, Mario
Texto completo
Id: lil-414644
Autor: Santos-Filho, Sebastião David; Bernardo-Filho, Mario.
Título: Efeito de um extrato de Hipérico (Hypericum perforatum) na marcação in vitro de elementos sangüíneos com tecnécio-99m e na biodisponibilidade do radiofármaco pertecnetato de sódio em ratos Wistar / Effect of Hypericum perforatum extract on in vitro labelling of blood elements with technetium-99m and on biodisponibility of sodium pertecnetate in Wistar rats
Fonte: Acta cir. bras;20(supl.1):121-125, 2005.
Idioma: pt.
Resumo: OBJETIVO: Avaliar o efeito de um extrato de hipérico (Hypericum perforatum) na marcação de elementos sanguíneos com tecnécio-99m (99mTc) e na biodisponibilidade do radiofármaco pertecnetato de sódio em ratos Wistar. MÉTODOS: Sangue (heparinizado) de ratos Wistar é incubado com um extrato de hipérico, com cloreto estanoso e a seguir com Tc-99m, como pertecnetato de sódio (99mTcO4Na). Plasma (P) e células (CS) são isolados por centrifugação. Amostras de P e CS também são precipitadas com ácido tricloroacético 5 por cento, e separadas as frações solúveis (FS-P e FS-CS) e insolúveis (FI-P e FI-CS). Para a análise da biodistribuição, 0,3 mL do radiofármaco 99mTcO4Na foi administrada em ratos Wistar que receberam por gavagem extrato ou salina (NaCl 0,9 por cento) por 15 dias. Após 10 minutos os animais foram sacrificados e os órgãos isolados para contagem da atividade radioativa. RESULTADOS: O extrato de hipérico reduziu de forma significativa (P<0,05) a por centoATI ligada às células, à fração insolúvel celular e à fração insolúvel do plasma. A biodistribuição foi diminuída significativamente (P<0,01) no osso, no músculo e na tireóide. No pâncreas o percentual de radioatividade aumentou significativamente (P<0,05). CONCLUSÃO: No extrato vegetal estudado podem existir substâncias que oxidariam o íon estanoso, reduzindo a fixação do 99mTc às hemácias e proteínas plasmáticas e celulares. Da mesma forma poderiam produzir alterações metabólicas com conseqüente influência na captação do radiofármaco pertecnetato de sódio no osso, músculo, pâncreas e tireóide.
Descritores: Eritrócitos
Hypericum/química
Compostos Radiofarmacêuticos/farmacocinética
/farmacocinética
SODIUM PERTECHNETATE TC ACETOIN DEHYDROGENASEM/farmacocinética
-Disponibilidade Biológica
Osso e Ossos/metabolismo
Eritrócitos/metabolismo
Marcação por Isótopo
Músculos/metabolismo
Pâncreas/metabolismo
Extratos Vegetais/farmacologia
Distribuição Tecidual
Glândula Tireoide/metabolismo
Compostos de Estanho/sangue
Limites: Animais
Masculino
Ratos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 10 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-350275
Autor: Sarpa, Marcia.
Título: Avaliação da toxicidade pré-natal do trifenil hidróxido de estanho (TPTH) em camundongos / Evaluation of the prenatal toxicology of the terphenil tin hidroxides (TPTH) in mice.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2003. xix, 88 p. tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Escola Nacional de Saúde Pública para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: O grupo de compostos organoestanhosos inclui uma variedade de químicos amplamente empregados na agricultura e na indústria em geral. Os triorganoestanhosos são biologicamente mais ativos e são largamente usados como biocidas. Compostos trifenil de estanho em adição com compostos tributil de estnho são usados como algicidas, moluscicidas e como preservativo da madeira. O objetivo deste estudo foi avaliar o potencial embriofeto-tóxico do trifenil hidróxido de estanho (TPTH) em camundongos. Camundongos Swiss Webster (FIOCRUZ) foram acasalados, sendo considerado dia ´0` de gravidez as 24 horas que se seguiram à confirmação do cruzamento pela presença do plug vaginal. As fêmeas grávidas foram tratadas com doses de 0; 3,75; 7,5; 15 e 30 mg TPTH/kg de peso corpóreo/dia por entubação gástrica nos dias 6-17 de gravidez. O grupo controle recebeu apenas o veículo (óleo de milho). No dia 18, as fêmeas foram submetidas à cesariana sendo registrado o número de fetos vivos, mortos e reabsorções. Os fetos foram pesados, sendo ½ de cada ninhada fixada em Bouin para análise de vísceras e a ½ restante diafanizada e corada (alizarina red S) para avaliação de esqueleto. Morreram 01 mãe tratada com 3,75 mg/kg, 01 com 15mg/kg e 02 com 30mg/kg. Drástica redução de peso materno foi notada a partir de 15mg/kg, mas a análise do ganho de peso durante todo o período de gravidez (dia 0-18), descontado o peso do útero, indicou que o TPTH causou consistentemente toxicidade materna a partir de 7,5mg/kg. Um aumento de reabsorções foi notado nas doses de 15 e 30mg TPTH/kg. Não houve alteração do número de sítios de implantação. A partir de 15mg/kg, o TPTH causou evidente redução do peso corpóreo fetal. Sinais de malformações viscerais, tais como alterações de timo, testículos e útero, foram evidentes a partir de 7,5mg/kg. Sinais de retardo de ossificação (pobremente calcificado, osso não calcificado e esponjoso) e uma alta incidência de malformações de esqueleto foram observadas a partir da dose de 3,75 mg TPTH/kg. Estes achados indicam que o TPTH foi tóxico para a mãe a partir da dose de 7,5mg/kg e embriofeto-tóxico a partir da dose 3,75 mg TPTH/kg; apontando para uma certa seletividade dos efeitos adversos sobre o desenvolvimento embriofetal.
Descritores: Hidróxidos/toxicidade
Camundongos
Compostos de Terfenil
Compostos de Estanho
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública
BR526.1; R615.3, S246a


  9 / 10 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-283020
Autor: Mattos, José Carlos Pelielo de.
Título: Genotoxidade do íon estanoso e sua associação ao DNA / Stannous ion genotoxic and ist association of DNA.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2000. 83 p. tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Centro Biomédico. Instituto de Biologia Roberto Alcantara Gomes para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: O estanho é um agente químico de uso amplamente difundido nos mais diferentes setores da atividade humana, podendo ser encontrado, por exemplo, em preparações biocidas; como conservante em refrigerantes; na composição de cremes dentais e enxagüantes orais (como veiculador de flúor); como agente anticorrosivo na cobertura de outros metais em embalagens metálicas contendo alimentos e na pigmentação de tintas especiais. Na forma de cloreto estanoso (SnCl2), este agente é utilizado como agente redutor do Tecnécio 99m para a obtenção de radiofármacos e outras moléculas de interesse biológico. Uma vez que a literatura apresenta vários efeitos biológicos indesejáveis atribuídos ao SnCl2, este trabalho teve por objetivo avaliar a sua atividade genotóxica, bem como a ação antioxidante de algumas substâncias naturais (cartilagem e boldina), através do bloqueio das lesões produzidas por este sal em plasmídeos e células bacterianas, com o fim de estudar a ação do íon estanoso sobre o DNA. O emprego das técnicas de análise de sobrevivência bacteriana, capacidade transformante, eletroforese em gel de agarose, espectrofotometria de luz ultravioleta e de absorção atômica, reveram que: i) O cloreto estanoso provoca lesões, mediadas pela produção de espécies reativas de oxigênio, tanto in vivo quanto in vitro; ii) os danos induzidos pelo SnCl2 provocam diminuição da capacidade transformante do plamídeo pUC9.1; iii) o número de lesões formadas no DNS é diretamente proporcional ao tempo de incubação com SnCl2; iv)o íon estanoso é capaz de se associar à molécula de DNA, induzindo a geração de espécies reativas de oxigênio próximo ao local de ligação, promovendo modificações na estrutura da macromolécula; v) essa associação parece acarretar um ataque preferencial às bases nitrogenadas, fato que poderia estar associado a uma potencialidade mutagênica do estanho
Descritores: Compostos Orgânicos de Estanho/efeitos adversos
DNA
Espécies Reativas de Oxigênio
Radicais Livres/efeitos adversos
Radical Hidroxila/efeitos adversos
Óxido Nítrico/efeitos adversos
Peróxido de Hidrogênio/efeitos adversos
Superóxidos/efeitos adversos
Compostos de Estanho/efeitos adversos
Estanho/efeitos adversos
Responsável: BR1365.1 - Biblioteca Biomédica A - CB/A
BR1365.1; T577.3, M444


  10 / 10 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Araújo, Adriano Caldeira de
Id: lil-191250
Autor: Araújo, Adriano Caldeira de; Dantas, Flávio J. S; Moraes, Milton Ozório; Felzenszwalb, Israel; Bernardo Filho, Mario.
Título: Stannous chloride participates in the generation of reactive oxygen species
Fonte: Ciênc. cult. (Säo Paulo);48(1/2):109-13, Jan.-Apr. 1996. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: A genotoxic potentiality to stannous salts has been reported. The relevance of these data is due to the wide application of this metal in our society. The biological effect of these salts might depend on the physicochemical conditions and the route of their administration. There are situations in which stannous salts can be directly administered to human beings endovenously and there is not doubt about their absorption into the body. The disparate and largely unexplained differences suggest that stannous salts as a simple poisoning and/or a remarkable genotoxic agent might be a fertile field for additional investigation. Reactive oxygen species scavengers and metal ion chelators can abolish, at least in part, the effect of stannous salts. This suggests that the generation of free radicals by the reducing agent is involved in the biological effect induced by this metal.
Descritores: Espécies Reativas de Oxigênio
Compostos de Estanho/toxicidade
-Eletroforese em Gel de Ágar
Escherichia coli/efeitos dos fármacos
Escherichia coli/genética
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde