Base de dados : LILACS
Pesquisa : D02.033.100.291 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 38 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 4 ir para página            

  1 / 38 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-901935
Autor: Menêses, Amanda Gomes de; Reis, Paula Elaine Diniz dos; Guerra, Eliete Neves Silva; Canto, Graziela De Luca; Ferreira, Elaine Barros.
Título: Use of trolamine to prevent and treat acute radiation dermatitis: a systematic review and meta-analysis / Uso de trolamina para prevenção e tratamento da radiodermatite aguda: revisão sistemática e meta-análise / Uso de trolamina para prevención y tratamiento de radiodermatitis aguda: revisión sistemática y meta-análisis
Fonte: Rev. latinoam. enferm. (Online);26:e2929, 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: to evaluate the effects of trolamine in the prevention or treatment of radiation dermatitis. Method: systematic review and meta-analysis. Detailed individual search strategies for Cinahl, Cochrane Library Central, LILACS, PubMed, and Web of Science were developed in January 2016. A manual search was also performed to find additional references. A grey literature search was executed by using Google Scholar. Two researchers independently read the titles and abstracts from every cross-reference. The risk of bias of the included studies was analyzed by the Cochrane Collaboration Risk of Bias Tool. The quality of evidence and grading of strength of recommendations was assessed using Grades of Recommendation, Assessment, Development and Evaluation (GRADE). Results: seven controlled clinical trials were identified. The controls used were calendula, placebo, institutional preference / usual care, Aquaphor®, RadiaCare™, and Lipiderm™. The studies were pooled using frequency of events and risk ratio with 95% confidence intervals, in subgroups according to radiation dermatitis graduation. Conclusion: based on the studies included in this review, trolamine cannot be considered as a standardized product to prevent or treat radiation dermatitis in patients with breast and head and neck cancer.

RESUMO Objetivo: avaliar os efeitos da trolamina na prevenção ou no tratamento da radiodermatite. Método: revisão sistemática e meta-análise. Em janeiro de 2016, foram desenvolvidas estratégias detalhadas de busca individual para Cinahl, Cochrane Library Central, LILACS, PubMed e Web of Science. Também foram realizadas buscas manuais para encontrar referências adicionais. Se utilizou Google Scholar para buscar a literatura cinzenta. Dois investigadores leram os títulos e resumos de cada referência cruzada de forma independente. O risco de viés dos estudos incluídos foi analisado com a ferramenta Cochrane Collaboration Risk of Bias Tool. A qualidade das evidências e a classificação da força das recomendações foram avaliadas mediante os Grades of Recommendation, Assessment, Development and Evaluation (GRADE). Resultados: foram identificados sete ensaios clínicos controlados. Os controles utilizados foram calêndula, placebo, preferência institucional / atenção padrão, Aquaphor®, RadiaCare™ e Lipiderm™. Os estudos foram agrupados utilizando a frequência de eventos e o índice de risco com intervalos de confiança de 95% em subgrupos, de acordo com a graduação da radiodermatite. Conclusão: com base nos estudos incluídos nesta revisão, a trolamina não pode ser considerada um produto padronizado para a prevenção ou o tratamento da radiodermatite em pacientes com câncer de mama e cabeça e pescoço.

RESUMEN Objetivo: evaluar los efectos de la trolamina en la prevención o el tratamiento de la radiodermatitis. Método: revisión sistemática y meta-análisis. En enero de 2016 se desarrollaron estrategias detalladas de búsqueda individual para Cinahl, Cochrane Library Central, LILACS, PubMed y Web of Science. También se realizaron búsquedas manuales para encontrar referencias adicionales. Se utilizó Google Scholar para buscar literatura gris. Dos investigadores leyeron los títulos y los resúmenes de cada referencia cruzada independientemente. El riesgo de sesgo de los estudios incluidos fue analizado por la herramienta Cochrane Collaboration Risk of Bias Tool. La calidad de la evidencia y la clasificación de la fuerza de las recomendaciones se evaluó mediante los Grades of Recommendation, Assessment, Development and Evaluation (GRADE). Resultados: se identificaron siete ensayos clínicos controlados. Los controles utilizados fueron caléndula, placebo, preferencia institucional / atención habitual, Aquaphor®, RadiaCare™ y Lipiderm™. Los estudios se agruparon utilizando la frecuencia de eventos y la razón de riesgo con intervalos de confianza del 95%, en subgrupos según la graduación de radiodermatitis. Conclusión: con base en los estudios incluidos en esta revisión, la trolamina no puede considerarse un producto estandarizado para prevenir o tratar la radiodermatitis en pacientes con cáncer de mama y cabeza y cuello.
Descritores: Radiodermatite/prevenção & controle
Radiodermatite/tratamento farmacológico
-Doença Aguda
Etanolaminas/uso terapêutico
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 38 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-901956
Autor: Menêses, Amanda Gomes de; Reis, Paula Elaine Diniz dos; Guerra, Eliete Neves Silva; Canto, Graziela De Luca; Ferreira, Elaine Barros.
Título: Use of trolamine to prevent and treat acute radiation dermatitis: a systematic review and meta-analysis / Uso de trolamina para prevenção e tratamento da radiodermatite aguda: revisão sistemática e meta-análise / Uso de trolamina para prevención y tratamiento de radiodermatitis aguda: revisión sistemática y meta-análisis
Fonte: Rev. latinoam. enferm. (Online);26:e2929, 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: to evaluate the effects of trolamine in the prevention or treatment of radiation dermatitis. Method: systematic review and meta-analysis. Detailed individual search strategies for Cinahl, Cochrane Library Central, LILACS, PubMed, and Web of Science were developed in January 2016. A manual search was also performed to find additional references. A grey literature search was executed by using Google Scholar. Two researchers independently read the titles and abstracts from every cross-reference. The risk of bias of the included studies was analyzed by the Cochrane Collaboration Risk of Bias Tool. The quality of evidence and grading of strength of recommendations was assessed using Grades of Recommendation, Assessment, Development and Evaluation (GRADE). Results: seven controlled clinical trials were identified. The controls used were calendula, placebo, institutional preference / usual care, Aquaphor®, RadiaCare™, and Lipiderm™. The studies were pooled using frequency of events and risk ratio with 95% confidence intervals, in subgroups according to radiation dermatitis graduation. Conclusion: based on the studies included in this review, trolamine cannot be considered as a standardized product to prevent or treat radiation dermatitis in patients with breast and head and neck cancer.

RESUMO Objetivo: avaliar os efeitos da trolamina na prevenção ou no tratamento da radiodermatite. Método: revisão sistemática e meta-análise. Em janeiro de 2016, foram desenvolvidas estratégias detalhadas de busca individual para Cinahl, Cochrane Library Central, LILACS, PubMed e Web of Science. Também foram realizadas buscas manuais para encontrar referências adicionais. Se utilizou Google Scholar para buscar a literatura cinzenta. Dois investigadores leram os títulos e resumos de cada referência cruzada de forma independente. O risco de viés dos estudos incluídos foi analisado com a ferramenta Cochrane Collaboration Risk of Bias Tool. A qualidade das evidências e a classificação da força das recomendações foram avaliadas mediante os Grades of Recommendation, Assessment, Development and Evaluation (GRADE). Resultados: foram identificados sete ensaios clínicos controlados. Os controles utilizados foram calêndula, placebo, preferência institucional / atenção padrão, Aquaphor®, RadiaCare™ e Lipiderm™. Os estudos foram agrupados utilizando a frequência de eventos e o índice de risco com intervalos de confiança de 95% em subgrupos, de acordo com a graduação da radiodermatite. Conclusão: com base nos estudos incluídos nesta revisão, a trolamina não pode ser considerada um produto padronizado para a prevenção ou o tratamento da radiodermatite em pacientes com câncer de mama e cabeça e pescoço.

RESUMEN Objetivo: evaluar los efectos de la trolamina en la prevención o el tratamiento de la radiodermatitis. Método: revisión sistemática y meta-análisis. En enero de 2016 se desarrollaron estrategias detalladas de búsqueda individual para Cinahl, Cochrane Library Central, LILACS, PubMed y Web of Science. También se realizaron búsquedas manuales para encontrar referencias adicionales. Se utilizó Google Scholar para buscar literatura gris. Dos investigadores leyeron los títulos y los resúmenes de cada referencia cruzada independientemente. El riesgo de sesgo de los estudios incluidos fue analizado por la herramienta Cochrane Collaboration Risk of Bias Tool. La calidad de la evidencia y la clasificación de la fuerza de las recomendaciones se evaluó mediante los Grades of Recommendation, Assessment, Development and Evaluation (GRADE). Resultados: se identificaron siete ensayos clínicos controlados. Los controles utilizados fueron caléndula, placebo, preferencia institucional / atención habitual, Aquaphor®, RadiaCare™ y Lipiderm™. Los estudios se agruparon utilizando la frecuencia de eventos y la razón de riesgo con intervalos de confianza del 95%, en subgrupos según la graduación de radiodermatitis. Conclusión: con base en los estudios incluidos en esta revisión, la trolamina no puede considerarse un producto estandarizado para prevenir o tratar la radiodermatitis en pacientes con cáncer de mama y cabeza y cuello.
Descritores: Radiodermatite/prevenção & controle
Radiodermatite/tratamento farmacológico
Etanolaminas/uso terapêutico
-Doença Aguda
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Metanálise
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 38 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: lil-797011
Autor: Paumgartten, Francisco José Roma.
Título: Phosphoethanolamine: anticancer pill bandwagon effect / Fosfoetanolamina: surfando na onda da pílula do câncer / Fosfoetanolamina: la píldora anticáncer y su efecto arrastre
Fonte: Cad. saúde pública = Rep. public health;32(10):e00135316, Oct. 2016.
Idioma: en.
Descritores: Drogas em Investigação
Etanolaminas/administração & dosagem
Legislação de Medicamentos
Neoplasias/tratamento farmacológico
-Brasil
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 38 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-746625
Autor: Franco, Rafael Marques; Guimaraes, Marcos Duarte; Moreira, Bruno Lima; Bitencourt, Almir Galvão Vieira; Hochhegger, Bruno; Marchiori, Edson.
Título: Enhancing survival with early surgical resection of endobronchial metastasis in a follow-up of ovarian carcinoma / Melhorando a sobrevida com ressecção cirúrgica precoce de metástase endobrônquica no seguimento de um carcinoma ovariano
Fonte: Radiol. bras;48(2):130-130, Mar-Apr/2015. graf.
Idioma: en.
Descritores: Etanolaminas/metabolismo
Monoéster Fosfórico Hidrolases/metabolismo
Fosforilcolina/metabolismo
-Linhagem Celular Tumoral
Metais/metabolismo
Osteossarcoma
Monoéster Fosfórico Hidrolases/isolamento & purificação
Proteínas Recombinantes/química
Proteínas Recombinantes/isolamento & purificação
Proteínas Recombinantes/metabolismo
Especificidade por Substrato
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 38 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-741736
Autor: Erdil, Nevzat; Kaynak, Murat; Dönmez, Köksal; Disli, Olcay Murat; Battaloglu, Bektas.
Título: Nebivolol in preventing atrial fibrillation following coronary surgery in patients over 60 years of age / Nebivolol na prevenção da fibrilação atrial após a cirurgia coronária em pacientes acima de 60 anos de idade
Fonte: Rev. bras. cir. cardiovasc;29(4):581-587, Oct-Dec/2014. tab.
Idioma: en.
Resumo: Objective: Postoperative atrial fibrillation is a common complication after cardiac surgery, with an incidence as high as 20-50%. Increased age is associated with a significant increase in postoperative atrial fibrillation risk. This common complication is associated with higher morbidity and mortality rates. The aim of this study was to assess the efficacy of nebivolol in preventing atrial fibrillation following coronary artery bypass surgery in patients over 60 years of age. Methods: In this prospective randomized study, 200 patients who were candidates for elective coronary artery bypass surgery were divided into two groups. The first group was administered with nebivolol and the second group was administered with metoprolol. Treatment was initiated four days prior to surgery, and patients were monitored for atrial fibrillation until discharge. Forty-one patients recieved 50 mg metoprolol succinate daily, which was initiated minimum 4 days before surgery. Results: Demographic data were similar in both groups. The incidence of postoperative atrial fibrillation in both groups was similar, with no significant difference being identified [n=20 (20%); n=18 (18%), P=0.718; respectively]. There were not any mortality at both groups during study. Inotropic agent requirement at ICU was similar for both groups [n=12 (12%), n=18 (18%), P=0.32]. Conclusion: We compared the effectiveness of nebivolol and metoprolol in decreasing the incidence of postoperative atrial fibrillation, and determined that nebivolol was as effective as metoprolol in preventing postoperative atrial fibrillation at patients. Nebivolol may be the drug of choice due to its effects, especially after elective coronary artery bypass surgery. .

Objetivo: Pós-operatório fibrilação atrial é uma complicação comum após a cirurgia cardíaca, com uma incidência tão elevada quanto 20-50%. O aumento da idade está associado com elevação significativa no risco de pós-operatório da fibrilação atrial. Esta complicação comum é associada com taxas de morbidade e mortalidade. O objetivo deste estudo foi avaliar a eficácia do nebivolol na prevenção da fibrilação atrial após cirurgia de revascularização do miocárdio de pacientes acima de 60 anos de idade. Métodos: Neste estudo prospectivo e randomizado, duzentos pacientes candidatos à cirurgia de revascularização do miocárdio foram divididos em dois grupos. O primeiro grupo foi administrado com nebivolol e o segundo grupo, com metoprolol. O tratamento foi iniciado quatro dias antes da cirurgia, e os pacientes foram monitorados para fibrilação atrial até a alta. Quarenta e um pacientes receberam 50 mg de sucinato de metoprolol diário, que foi iniciado, no mínimo, 4 dias antes da cirurgia. Resultados: Os dados demográficos foram semelhantes nos dois grupos. A incidência de fibrilação atrial pós-operatória em ambos os grupos foi semelhante, com nenhuma diferença significativa sendo identificado [n=20 (20%); n=18 (18%), P=0,718; respectivamente]. Não houve mortalidade em ambos os grupos durante o estudo. A necessidade de agente inotrópico em UTI foi semelhante nos dois grupos [n=12 pessoas (12%), n=18 (18%), P=0,32]. Conclusão: Nós comparamos a eficácia do nebivolol e metoprolol na diminuição da incidência de fibrilação atrial no pós-operatório, e verificamos que nebivolol foi tão eficaz como metoprolol na prevenção de fibrilação atrial no pós-operatório em pacientes. Nebivolol pode ser a droga de escolha devido aos seus efeitos, especialmente depois da cirurgia revascularização do miocárdio. .
Descritores: Antagonistas de Receptores Adrenérgicos beta 1/uso terapêutico
Fibrilação Atrial/prevenção & controle
Benzopiranos/uso terapêutico
Ponte de Artéria Coronária/efeitos adversos
Etanolaminas/uso terapêutico
Metoprolol/uso terapêutico
Complicações Pós-Operatórias/prevenção & controle
-Fatores Etários
Antiarrítmicos/uso terapêutico
Fibrilação Atrial/tratamento farmacológico
Nebivolol
Período Pós-Operatório
Estudos Prospectivos
Complicações Pós-Operatórias/tratamento farmacológico
Reprodutibilidade dos Testes
Fatores de Risco
Estatísticas não Paramétricas
Resultado do Tratamento
Limites: Idoso
Feminino
Seres Humanos
Masculino
Meia-Idade
Tipo de Publ: Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 38 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-732555
Autor: Antilla, Marti; Castro, Fábio; Cruz, Álvaro; Rubin, Adalberto; Rosário, Nelson; Stelmach, Rafael.
Título: Efficacy and safety of the single-capsule combination of fluticasone/formoterol in patients with persistent asthma: a non-inferiority trial / Eficácia e segurança da associação fluticasona/formoterol em cápsula única em pacientes com asma persistente: estudo de não inferioridade
Fonte: J. bras. pneumol;40(6):599-608, Nov-Dec/2014. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: OBJECTIVE: Fluticasone and formoterol are effective in the treatment of asthma. When a corticosteroid alone fails to control asthma, combination therapy is the treatment of choice. The objective of this study was to compare the efficacy and safety of formulations containing budesonide/formoterol (BUD/FOR), fluticasone alone (FLU), and the single-capsule combination of fluticasone/formoterol (FLU/FOR) on lung function in patients with mild-to-moderate persistent asthma. METHODS: This was a randomized, multicenter, open phase III trial conducted in Brazil. The primary efficacy analysis was the assessment of non-inferiority between FLU/FOR and BUD/FOR combinations regarding FEV1 (in L) at the final visit. The secondary analyses were PEF, level of asthma control, serum cortisol levels, frequency of adverse events, adherence to treatment, and appropriate inhaler use. RESULTS: We randomized 243 patients to three groups: FLU/FOR (n = 79), BUD/FOR (n = 83), and FLU (n = 81). In terms of the mean FEV1 after 12 weeks of treatment, the difference between the FLU/FOR and BUD/FOR groups was 0.22 L (95% CI: −0.06 to 0.49), whereas the difference between the FLU/FOR and FLU groups was 0.26 L (95% CI: −0.002 to 0.52). Non-inferiority was demonstrated by the difference between the lower limits of the two 95% CIs (−0.06 vs. −0.002). The level of asthma control and PEF were significantly greater in the FLU/FOR and BUD/FOR groups than in the FLU group. There were no significant differences among the groups regarding patient adherence, patient inhaler use, or safety profile of the formulations. CONCLUSIONS: The single-capsule combination of FLU/FOR showed non-inferiority to the BUD/FOR and FLU formulations regarding efficacy and ...

OBJETIVO: A fluticasona e o formoterol são efetivos no tratamento da asma. A terapia combinada é o tratamento de escolha quando o corticosteroide isolado não controla a asma. O objetivo deste estudo foi comparar a eficácia e segurança de formulações contendo budesonida/formoterol (BUD/FOR), fluticasona (FLU) e fluticasona/formoterol (FLU/FOR) em cápsula única sobre a função pulmonar em pacientes com asma persistente leve e moderada. MÉTODOS: Estudo de fase III multicêntrico brasileiro, aleatorizado e aberto. A análise primária de eficácia foi a avaliação de não inferioridade da combinação FLU/FOR perante a combinação BUD/FOR em relação ao VEF1 (em L) na visita final. As análises secundárias foram PFE, nível de controle da asma, nível de cortisol sérico, frequência de eventos adversos, aderência ao tratamento e uso adequado do inalador. RESULTADOS: Foram randomizados 243 pacientes nos grupos FLU/FOR (n = 79), BUD/FOR (n = 83) e FLU (n = 81). Após 12 semanas de tratamento, a média da diferença do VEF1 foi de 0,22 L (IC95%: −0,06 a 0,49) entre os grupos FLU/FOR e BUD/FOR e de 0,26 L (IC95%: −0,002 a 0,52) entre os grupos FLU/FOR e FLU. A não inferioridade ficou demonstrada pela diferença de limite inferior do IC95% (−0,06 vs. −0,002). O nível de controle da asma e o PFE foram significativamente maiores nos grupos FLU/FOR e BUD/FOR em comparação com o grupo FLU. Não houve diferenças significativas em relação a adesão, uso do inalador e perfil de segurança entre os grupos. CONCLUSÕES: ...
Descritores: Androstadienos/administração & dosagem
Asma/tratamento farmacológico
Broncodilatadores/administração & dosagem
Budesonida/administração & dosagem
Etanolaminas/administração & dosagem
-Administração por Inalação
Brasil
Cápsulas
Combinação de Medicamentos
Inaladores de Pó Seco
Fluticasona
Fumarato de Formoterol
Resultado do Tratamento
Limites: Adulto
Feminino
Seres Humanos
Masculino
Tipo de Publ: Ensaio Clínico Fase III
Estudo Multicêntrico
Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 38 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-721013
Autor: Vaz-de-Melo, Renan Oliveira; Giollo-Júnior, Luiz Tadeu; Martinelli, Débora Dada; Moreno-Júnior, Heitor; Mota-Gomes, Marco Antônio; Cipullo, José Paulo; Yugar-Toledo, Juan Carlos; Vilela-Martin, José Fernando.
Título: Nebivolol reduces central blood pressure in stage I hypertensive patients: experimental single cohort study / Nebivolol reduz pressão arterial central em pacientes hipertensos estágio I: estudo experimental de coorte única
Fonte: Säo Paulo med. j;132(5):290-296, 08/2014. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Torrent-Brazil.
Resumo: CONTEXT AND OBJECTIVES: Assessment of central blood pressure (BP) has grown substantially over recent years because evidence has shown that central BP is more relevant to cardiovascular outcomes than peripheral BP. Thus, different classes of antihypertensive drugs have different effects on central BP despite similar reductions in brachial BP. The aim of this study was to investigate the effect of nebivolol, a β-blocker with vasodilator properties, on the biochemical and hemodynamic parameters of hypertensive patients. DESIGN AND SETTING: Experimental single cohort study conducted in the outpatient clinic of a university hospital. METHODS: Twenty-six patients were recruited. All of them underwent biochemical and hemodynamic evaluation (BP, heart rate (HR), central BP and augmentation index) before and after 3 months of using nebivolol. RESULTS: 88.5% of the patients were male; their mean age was 49.7 ± 9.3 years and most of them were overweight (29.6 ± 3.1 kg/m2) with large abdominal waist (102.1 ± 7.2 cm). There were significant decreases in peripheral systolic BP (P = 0.0020), diastolic BP (P = 0.0049), HR (P < 0.0001) and central BP (129.9 ± 12.3 versus 122.3 ± 10.3 mmHg; P = 0.0083) after treatment, in comparison with the baseline values. There was no statistical difference in the augmentation index or in the biochemical parameters, from before to after the treatment. CONCLUSIONS: Nebivolol use seems to be associated with significant reduction of central BP in stage I hypertensive patients, in addition to reductions in brachial systolic and diastolic BP. .

CONTEXTO E OBJETIVOS: A avaliação da pressão arterial central (PAc) tem crescido substancialmente nos últimos anos porque as evidências mostraram que PAc central é mais relevante para os desfechos cardiovasculares do que pressão arterial (PA) periférica. Assim, diferentes classes de anti-hipertensivos têm efeitos diferentes sobre PAc apesar de reduções semelhantes na PA braquial. O objetivo foi investigar o efeito do nebivolol, β-bloqueador com propriedades vasodilatadoras, nos parâmetros bioquímicos e hemodinâmicos de pacientes hipertensos. TIPO DE ESTUDO E LOCAL: Estudo de coorte única experimental realizado em ambulatório de hospital universitário. MÉTODOS: Todos os 26 pacientes recrutados foram submetidos à avaliação bioquímica e hemodinâmica (PA, frequência cardíaca, FC, PAc, augmentation index) antes e após três meses usando nebivolol. RESULTADOS: 88,5% dos indivíduos eram do sexo masculino, com média de idade de 49,7 ± 9,3 anos, predominância de sobrepeso (29,6 ± 3,1 kg/m2) e aumento da cintura abdominal (102,1 ± 7,2 cm). Houve diminuição significativa da PA sistólica periférica (P = 0,0020) e diastólica (P = 0,0049), da FC (P < 0,0001) e da PAc (129,9 ± 12,3 x 122,3 ± 10,3 mmHg, P = 0,0083) após o tratamento em comparação aos valores basais. Não houve diferença no augmentation index, nem nos parâmetros bioquímicos antes e após o período de tratamento. CONCLUSÕES: O uso de nebivolol parece estar associado à redução significativa da PAc em hipertensos estágio 1, além da redução da pressão sistólica e diastólica braquial. .
Descritores: Antagonistas de Receptores Adrenérgicos beta 1/uso terapêutico
Anti-Hipertensivos/uso terapêutico
Benzopiranos/uso terapêutico
Pressão Sanguínea/efeitos dos fármacos
Etanolaminas/uso terapêutico
Hipertensão/tratamento farmacológico
-Artéria Braquial/efeitos dos fármacos
Estudos de Coortes
Seguimentos
Frequência Cardíaca
Pacientes Ambulatoriais
Análise de Onda de Pulso
Limites: Adulto
Feminino
Seres Humanos
Masculino
Meia-Idade
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 38 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-697149
Autor: Vreden, Stephen GS; Jitan, Jeetendra K; Bansie, Rakesh D; Adhin, Malti R.
Título: Evidence of an increased incidence of day 3 parasitaemia in Suriname: an indicator of the emerging resistance of Plasmodium falciparum to artemether
Fonte: Mem. Inst. Oswaldo Cruz;108(8):968-973, 6/dez. 2013. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: The emerging resistance to artemisinin derivatives that has been reported in South-East Asia led us to assess the efficacy of artemether-lumefantrine as the first line therapy for uncomplicated Plasmodium falciparum infections in Suriname. This drug assessment was performed according to the recommendations of the World Health Organization in 2011. The decreasing number of malaria cases in Suriname, which are currently limited to migrating populations and gold miners, precludes any conclusions on artemether efficacy because adequate numbers of patients with 28-day follow-up data are difficult to obtain. Therefore, a comparison of day 3 parasitaemia in a 2011 study and in a 2005/2006 study was used to detect the emergence of resistance to artemether. The prevalence of day 3 parasitaemia was assessed in a study in 2011 and was compared to that in a study in 2005/2006. The same protocol was used in both studies and artemether-lumefantrine was the study drug. Of 48 evaluable patients in 2011, 15 (31%) still had parasitaemia on day 3 compared to one (2%) out of 45 evaluable patients in 2005/2006. Overall, 11 evaluable patients in the 2011 study who were followed up until day 28 had negative slides and similar findings were obtained in all 38 evaluable patients in the 2005/2006 study. The significantly increased incidence of parasite persistence on day 3 may be an indication of emerging resistance to artemether.
Descritores: Antimaláricos/uso terapêutico
Artemisininas/uso terapêutico
Resistência a Medicamentos
Etanolaminas/uso terapêutico
Fluorenos/uso terapêutico
Malária Falciparum/parasitologia
Parasitemia
Plasmodium falciparum/efeitos dos fármacos
-Combinação de Medicamentos
Incidência
Malária Falciparum/tratamento farmacológico
Malária Falciparum/epidemiologia
Parasitemia/epidemiologia
Suriname/epidemiologia
Limites: Adolescente
Adulto
Criança
Pré-Escolar
Feminino
Seres Humanos
Masculino
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Research Support, U.S. Gov't, Non-P.H.S.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 38 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-661076
Autor: De la Hoz Restrepo, Fernando; Porras Ramírez, Alexandra; Rico Mendoza, Alejandro; Córdoba, Freddy; Rojas, Diana Patricia.
Título: Artesunate + amodiaquine versus artemether-lumefantrine for the treatment of uncomplicated Plasmodium falciparum malaria in the Colombian Pacific region: a noninferiority trial / Artesunato + amodiaquina versus artemether-limefantrina para o tratamento da malaria não complicada por Plamodium falciparum no Pacifico Colombiano: um estudo de não inferioridade
Fonte: Rev. Soc. Bras. Med. Trop;45(6):732-738, Nov.-Dec. 2012. mapas, tab.
Idioma: en.
Resumo: INTRODUCTION: In Colombia, there are no published studies for the treatment of uncomplicated Plasmodium falciparum malaria comparing artemisinin combination therapies. Hence, it is intended to demonstrate the non-inferior efficacy/safety profiles of artesunate + amodiaquine versus artemether-lumefantrine treatments. METHODS: A randomized, controlled, open-label, noninferiority (Δ≤5%) clinical trial was performed in adults with uncomplicated P. falciparum malaria using the 28‑day World Health Organization validated design/definitions. Patients were randomized 1:1 to either oral artesunate + amodiaquine or artemether-lumefantrine. The primary efficacy endpoint: adequate clinical and parasitological response; secondary endpoints: - treatment failures defined per the World Health Organization. Safety: assessed through adverse events. RESULTS: A total of 105 patients was included in each group: zero censored observations. Mean (95%CI - Confidence interval) adequate clinical and parasitological response rates: 100% for artesunate + amodiaquine and 99% for artemether-lumefantrine; the noninferiority criteria was met (Δ=1.7%). There was one late parasitological therapeutic failure (1%; artemether-lumefantrine group), typified by polymerase chain reaction as the MAD20 MSP1 allele. The fever clearance time (artesunate + amodiaquine group) was significantly shorter (p=0.002). Respectively, abdominal pain for artesunate + amodiaquine and artemether-lumefantrine was 1.9% and 3.8% at baseline (p=0.68) and 1% and 13.3% after treatment (p<0.001). CONCLUSIONS: Uncomplicated P. falciparum malaria treatment with artesunate + amodiaquine is noninferior to the artemether-lumefantrine standard treatment. The efficacy/safety profiles grant further studies in this and similar populations.

INTRODUÇÃO: Na Colômbia não existem estudos publicados sobre o tratamento da malária não complicada por Plasmodium falciparum comparando as terapias combinadas com artemisinina. Destarte, quer se demonstrar a não inferioridade dos perfis de eficácia/segurança dos tratamentos com artesunato+amodiaquina versus artemeter-lumefantrina. MÉTODOS: Foi realizado um estudo clínico de não inferioridade (∆≤5%), aleatório, controlado, aberto, em adultos com malária não complicada por P. falciparum usando o desenho validado de 28 dias e os desenhos validados/definidos pela Organização Mundial da Saúde. Os pacientes foram aleatorizados (1:1) para ambos artesunato+amodiaquina ou artemeter-lumefantrina orais. Critérios primários de eficácia: resposta clínica e parasitológica adequada; Criterios de eficácia secundários: as falhas de tratamento definidos pela Organização Mundial da Saúde. A segurança: avaliada através de eventos adversos. RESULTADOS: Foram incursos 105 pacientes em cada grupo: zero observações censuradas. As taxas médias da resposta clínica e parasitológica adequada (95% IC - intervalo de confiança): 100% para artesunato+amodiaquina e 99% para artemeter-lumefantrina; atingiu-se o critério de não inferioridade (∆=1.7%). Houve uma falha terapêutica parasitológica tardia (1%; grupo artemeter-lumefantrina), caracterizada mediante reação em cadeia da polimerase como o alelo MAD20 MSP1. Tempo de remissão da febre (grupo artesunato+amodiaquina), foi significativamente mais curto (p=0.002). Dor abdominal, para artesunato+amodiaquina e artemeter-lumefantrina, respectivamente, 1.9% e 3.8% (p=0.68) na linha de base, 1% e 13.3% pós-tratamento (p<0.001). CONCLUSÕES: O tratamento com artesunato+amodiaquina da malária não complicada por P. falciparum é não inferior ao tratamento normal com artemeter-lumefantrina. Os perfis de eficácia/segurança justificam estudos adicionais nesta e outras populações semelhantes.
Descritores: Amodiaquina/administração & dosagem
Antimaláricos/administração & dosagem
Artemisininas/administração & dosagem
Etanolaminas/administração & dosagem
Fluorenos/administração & dosagem
Malária Falciparum/tratamento farmacológico
-Amodiaquina/efeitos adversos
Antimaláricos/efeitos adversos
Artemisininas/efeitos adversos
Colômbia
Combinação de Medicamentos
Quimioterapia Combinada/métodos
Etanolaminas/efeitos adversos
Fluorenos/efeitos adversos
Resultado do Tratamento
Limites: Adulto
Feminino
Seres Humanos
Masculino
Tipo de Publ: Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 38 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-660565
Autor: Andrade-Lima, Marina; Pereira, Luiz Fernando Ferreira; Fernandes, Ana Luisa Godoy.
Título: Equivalência farmacêutica da formulação combinada de budesonida e formoterol em cápsula única com dispositivo inalador de pó / Pharmaceutical equivalence of the combination formulation of budesonide and formoterol in a single capsule with a dry powder inhaler
Fonte: J. bras. pneumol;38(6):748-756, nov.-dez. 2012. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: OBJETIVO: Avaliar a equivalência farmacêutica da formulação teste (associação fixa de budesonida e fumarato de formoterol em cápsula única dispensada com o dispositivo Aerocaps®) em relação a uma formulação referência (budesonida e fumarato de formoterol em duas cápsulas distintas dispensadas com o dispositivo Aerolizer®). MÉTODOS: Estudo in vitro no qual foram realizadas identificação/quantificação dos ingredientes ativos por HPCL e determinação da uniformidade da dose liberada e da distribuição aerodinâmica das partículas das formulações teste e referência. RESULTADOS: Na formulação teste, o teor de budesonida e de formoterol foi de 111,0% e 103,8%, respectivamente, enquanto esse foi de 110,5% e 104,5% na formulação referência. Na formulação teste, a uniformidade das doses de budesonida e de formoterol foi de 293,2 µg e 10,2 µg, respectivamente, enquanto essa foi de 353,0 µg e 11,1 µg na formulação referência. Esses resultados estão dentro da faixa recomendada para esse tipo de formulação (75-125% da dose rotulada). A fração de partículas finas (< 5 µm) para budesonida e formoterol foi de, respectivamente, 45% e 56% na formulação teste e de 54% e 52% na formulação referência. CONCLUSÕES: As formulações teste e referência apresentaram níveis de ingredientes ativos, uniformidade de doses e diâmetros aerodinâmicos apropriados ao uso com seus respectivos dispositivos inalatórios de pó.

OBJECTIVE: To evaluate the pharmaceutical equivalence of a test formulation (fixed-dose combination of budesonide and formoterol fumarate in a single capsule dispensed in an Aerocaps® inhaler) in relation to a reference formulation (budesonide and formoterol fumarate in two separate capsules dispensed in an Aerolizer® inhaler). METHODS: This was an in vitro study in which we performed the identification/quantification of the active ingredients by HPLC and determined dose uniformity and aerodynamic particle size distribution in the test and reference formulations. RESULTS: In the test formulation, the content of budesonide and formoterol was 111.0% and 103.8%, respectively, compared with 110.5% and 104.5%, respectively, in the reference formulation. In the test formulation, dose uniformity regarding budesonide and formoterol was 293.2 µg and 10.2 µg, respectively, whereas it was 353.0 µg and 11.1 µg in the reference formulation. These values are within the recommended range for this type of formulation (75-125% of the labeled dose). The fine particle fraction (< 5 µm) for budesonide and formoterol was 45% and 56%, respectively, in the test formulation and 54% and 52%, respectively, in the reference formulation. CONCLUSIONS: For both of the formulations tested, the levels of active ingredients, dose uniformity, and aerodynamic diameters were suitable for use with the respective dry powder inhalers.
Descritores: Asma/tratamento farmacológico
Broncodilatadores/administração & dosagem
Budesonida/farmacocinética
Inaladores de Pó Seco
Etanolaminas/farmacocinética
-Administração por Inalação
Asma/metabolismo
Budesonida/administração & dosagem
Cápsulas
Cromatografia Líquida de Alta Pressão
Combinação de Medicamentos
Sistemas de Liberação de Medicamentos
Etanolaminas/administração & dosagem
Tamanho da Partícula
Controle de Qualidade
Equivalência Terapêutica
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 4 ir para página            
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde