Base de dados : LILACS
Pesquisa : D02.065.064.294 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 4 [refinar]
Mostrando: 1 .. 4   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 4 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: lil-733343
Autor: Gayet, Cecilia; Gutiérrez, Juan Pablo.
Título: Calendario de inicio sexual en México: Comparación entre encuestas nacionales y tendencias en el tiempo / Sexual debut in Mexico: a comparison of household national surveys
Fonte: Salud pública Méx;56(6):638-647, nov.-dic. 2014. tab.
Idioma: es.
Resumo: Objetivo. Estimar el calendario de inicio sexual en México y sus tendencias a partir de encuestas poblacionales. Material y métodos. Se analizaron cinco cohortes de nacimiento con cuatro encuestas nacionales (Encuesta Nacional de Salud 2000, Encuesta Nacional de la Dinámica Demográfica 2009, Encuesta Nacional de Juventud 2010 y Encuesta Nacional de Salud y Nutrición 2012) y se identificaron las proporciones de individuos que iniciaron actividad sexual antes de los 16 y antes de los 20 años. Resultados. Las distintas encuestas son, en general, consistentes, pero difieren entre ellas en algunas cohortes. En las cohortes más jóvenes, se identificó una proporción algo mayor de individuos que iniciaron antes de los 20 años; no se advierten cambios en el inicio sexual antes de los 16 años. Conclusiones. La falta de grandes cambios en la edad de inicio de vida sexual con tendencia al adelanto del calendario en México llama a fortalecer la educación sexual integral y la oferta de servicios de salud sexual y reproductiva accesibles a los adolescentes.

Objective. To estimate calendar of sexual debut in Mexico and its trends using national representative household surveys. Materials and methods. Analysis of five birth cohorts extracted from four national population based household surveys in Mexico (National Health Survey 2000, National Survey on Demographic Dynamics 2009, National Youth Survey 2010, and National Health & Nutrition Survey 2012), using as outcome the proportion of individuals that reported sexual debut before the age of 16 and before the age of 20. Results. Overall, the four analyzed surveys produce consistent results, although some differences were found. While a larger proportion among younger cohorts reported sexual debut before the age of 20, that was not the case for sexual debut before 16 years. Conclusions. While data seems to reflect a relative stable age of sexual debut in Mexico, there is a recent trend to prepone sexual initiation that highlights the need to strengthen comprehensive sexual education and the supply of sexual & reproductive health services that are accessible and friendly to adolescents thus responding to the growing demand from this age group.
Descritores: Anti-Inflamatórios não Esteroides/farmacologia
Benzenoacetamidas
beta-Ciclodextrinas
Ciclodextrinas/farmacologia
Ácidos Hidroxâmicos/farmacologia
Ibuprofeno/farmacologia
-Anti-Inflamatórios não Esteroides/síntese química
Ciclodextrinas/química
Modelos Animais de Doenças
Combinação de Medicamentos
Mucosa Gástrica/efeitos dos fármacos
Ácidos Hidroxâmicos/química
Inflamação/tratamento farmacológico
Contração Muscular/efeitos dos fármacos
Medição da Dor/efeitos dos fármacos
Estereoisomerismo
Limites: Animais
Feminino
Masculino
Camundongos
Ratos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 4 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Budó, Maria de Lourdes Denardin
Texto completo
Id: lil-732806
Autor: Pinto, Bruna Knob; Muniz, Rosani Manfrin; Schwartz, Eda; Budó, Maria de Lourdes Denardin; Lange, Rita Maria HeckI, Celmira.
Título: Identidade do homem resiliente no contexto de adoecer por câncer de próstata: uma perspectiva cultural / Identity of the resilient man in the context of ill with prostate cancer: a cultural perspective / Identidad del hombre resiliente en el contexto al enfermar por cáncer de próstata: una perspectiva cultural
Fonte: Rev. bras. enferm;67(6):942-948, Nov-Dec/2014.
Idioma: pt.
Resumo: O estudo objetivou conhecer o contexto do homem resiliente ao adoecer por câncer de próstata. Trata-se de um estudo de caso etnográfico realizado com dois homens sobreviventes ao câncer de próstata, com alto grau de resiliência. Os dados foram coletados no domicílio, no período de abril e maio de 2012, por meio da entrevista semiestruturada em profundidade, de observação participante e do ecomapa. Pela análise dos dados construíram-se duas unidades de sentido: "Identidade do homem resiliente: contextualizando os informantes" e "O homem resiliente descobrindo-se doente". Apreende-se que a identidade de ser homem resiliente, para estes informantes, foi marcada pela diferença histórica e cultural que permeou as suas ações, no processo de adoecimento por câncer de próstata. Considera-se importante que os enfermeiros atentem para os aspectos culturais da saúde do homem, para que este possa sentir-se parte integrante do processo de cura, tornando-se sujeito ativo frente à própria saúde.

The study aimed to understand the context of resilient man when ill with prostate cancer. This is an ethnographic case study conducted with two prostate cancer survival men with a high degree of resilience. The data was collected on their places, in 2012 April and May, using semi-structured in-depth interviews, participant observation and ecomap. For the data analysis, it was built two units of meaning: "Identity of the resilient man: contextualizing the informants" and "The resilient man finding himself ill". It was noticed that the identity of being a resilient man, to these informants, was marked by historical and cultural difference which permeated their actions in the process of being ill with prostate cancer. It is important that nurses pay attention to the cultural aspects of human health, so that they can feel part of the healing process, becoming an active subject facing their own health.

El estudio enfocó conocer el contexto del hombre resiliente al enfermar por cáncer de próstata. Se trata de un estudio de caso etnográfico realizado con dos hombres sobrevivientes al cáncer de próstata con alto grado de resiliencia. Los datos fueron recogidos en el domicilio, en el período de abril y mayo de 2012, por medio de entrevista semiestructurada en profundidad, observación participante y ecomapa. Por el análisis de los datos, se construyeron dos unidades de sentido: "Identidad del hombre resiliente: contextualizando a los informantes" y "El hombre resiliente descubriéndose enfermo". Se comprende que la identidad de ser hombre resiliente, para estos informantes, fue marcada por la diferencia histórica y cultural que hicieron permeables sus acciones en el proceso de enfermar por cáncer de próstata. Se considera importante que los enfermeros estén atentos a los aspectos culturales de la salud del hombre, para que este se pueda sentir parte integrante del proceso de cura, tornándose sujeto activo frente a la propia salud.
Descritores: Anti-Inflamatórios/efeitos adversos
Benzenoacetamidas
Erupção por Droga/etiologia
Ácidos Hidroxâmicos/efeitos adversos
Cetoprofeno/efeitos adversos
-Anti-Inflamatórios/imunologia
Reações Cruzadas/imunologia
Ácidos Hidroxâmicos/imunologia
Cetoprofeno/imunologia
Testes do Emplastro/métodos
Limites: Seres Humanos
Feminino
Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 4 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-732247
Autor: Ortiz, Fernanda Ruffo; Tomazoni, Fernanda; Oliveira, Marta Dutra Machado; Piovesan, Chaiana; Mendes, Fausto; Ardenghi, Thiago M..
Título: Toothache, Associated Factors, and Its Impact on Oral Health-Related Quality of Life (OHRQoL) in Preschool Children
Fonte: Braz. dent. j;25(6):546-553, Nov-Dec/2014. tab.
Idioma: en.
Resumo: The aim of this study was to assess the prevalence of toothache, associated factors and impact of this condition on the Child Oral Health Related Quality of Life (COHRQoL) in preschoolers. The study was carried out in Santa Maria, Brazil, during the National Children's Vaccination Day, and 534 children aged 0 to 5 years were included. Clinical variables included dental caries and dental trauma. A questionnaire was responded by the parents and provided information about several socioeconomic indicators, dental service use and toothache. Toothache was collected by the question: "Has your child ever had a toothache - Yes or no?". Data on COHRQoL were assessed using the Brazilian version of the Early Childhood Oral Health Impact Scale (ECOHIS). Multivariable Logistic regression models were performed to assess the association between the predictor variables and outcomes. The prevalence of toothache was 10.11% (95% CI: 7.55% - 12.68%). Older children had a higher chance of presenting dental pain (OR 2.72; 95% CI: 1.01 - 7.56), as well as children with caries experience (OR 3.43; 95% CI: 1.81 - 6.52). Moreover, children who had not visited the dental service in the last 6 months were less likely to present toothache (OR 0.51; 95% CI: 0.28 - 0.95). The presence of dental pain negatively affects the COHRQoL; those with toothache presented a higher chance of having higher impact on the total scores of ECOHIS (OR 4.18; 95% CI: 1.76 - 9.95) than those without toothache. Similar observation was found for the child section of the questionnaire (OR 5.54; 95% CI: 2.15 - 14.24). Toothache negatively affects COHRQoL and is associated with caries experience, age and use of dental service.

O objetivo deste estudo foi avaliar a prevalência de dor dentaria, os fatores associados e seu impacto na qualidade de vida relacionada a saúde bucal de crianças pré-escolares. Esse estudo foi realizado em Santa Maria, Brasil, durante o dia nacional de vacinação infantil, e 534 crianças de 0 a 5 anos foram incluídas. As variáveis clinicas incluídas foram carie dental e traumatismo dentário. Um questionário foi respondido pelos pais, fornecendo informações sobre as condições socioeconômicas, uso de serviços odontológicos e dor dentaria. Dor de dente foi coletada através da pergunta: "Seu filho já teve dor de dente - Sim ou Não?". Os dados sobre qualidade de vida relacionada a saúde bucal foram obtidos através da versão brasileira do questionário "Early Childhood Oral Health Impact Scale" (ECOHIS). Modelos multivariáveis de regressão logística foram utilizados para avaliar a associação entre as variáveis preditoras e os desfechos. A prevalência de dor dentaria foi 10,11% (95% IC: 7,55% - 12,68%). Crianças mais velhas apresentaram uma maior chance de ter tido dor dentaria (OR 2,72; 95% IC: 1,01 - 7,56), assim como crianças com experiência de carie (OR 3,43; 95% IC: 1,81 - 6,52). Além disso, as crianças que não tinham visitado o dentista nos últimos 6 meses foram menos propensas a apresentar dor dentária (OR 0,51; 95% IC: 0,28 - 0,95). A presença de dor dentária afeta negativamente a qualidade de vida relacionada a saúde bucal das crianças; aquelas que tiveram dor de dente apresentaram uma maior chance de ter piores impactos nos escores totais do ECOHIS (OR 4,18; 95% IC: 1,76 - 9,95) quando comparadas àquelas que não tiveram dor dentária. O mesmo se pode observar para a seção do questionário correspondente aos impactos na criança (OR 5,54; 95% IC: 2,15 - 14,24. Dor dentaria afeta negativamente a qualidade de vida relacionada a saúde bucal e esta associada com experiência de carie, idade e uso de serviços odontológicos.
Descritores: Anti-Inflamatórios não Esteroides/análise
Benzenoacetamidas
Ácidos Hidroxâmicos/análise
-Anti-Inflamatórios não Esteroides/síntese química
Fenômenos Químicos
Química
Cromatografia Líquida de Alta Pressão
Ácidos Hidroxâmicos/síntese química
Espectroscopia de Ressonância Magnética
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 4 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-505331
Autor: Carvalho, Adriana Vasconcellos de.
Título: Atividade in vitro de derivados pirazolil benzenossulfonamidas contra Leishmania (Leishmania) amazonensis / In vitro evaluation of the activity of pyrazolyl benzenesulphonamide derivatives against Leishmania (Leishmania) amazonensis.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2008. xviii,108 p. ilus, tab, graf, mapas.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Instituto Oswaldo Cruz para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Leishmaniose é um conjunto de doenças infecciosas causadas pelo parasito do gênero Leishmania. Estima-se atualmente que cerca de 12 milhões de pessoas estão infectadas, e que 59 mil morram a cada ano. Não existe cura ou vacina para essa doença. Existem cerca de 25 compostos leishmanicidas, porém poucos são utilizadas em humanos, muitos são tóxicos, caros e requerem longo período de tratamento, o que indica a necessidade do desenvolvimento de novas terapias. Derivados de azóis podem inibir a síntese de ergosterol do parasito, e sulfonamidas têm atividade contra bactérias, vírus e células tumorais, além de potencial anti-inflamatório. O objetivo do presente estudo foi analisar, comparativamente, a atividade de 07 derivados pirazolil benzenossulfonamidas sobre promastigotas e amastigotas axênicas de Leishmania (Leishmania) amazonensis, avaliando ainda a citotoxicidade e a produção de óxido nítrico de células hospedeiras expostas a estes compostos. Devido a semelhança química, o cetoconazol foi utilizado como droga de referência. As drogas foram testadas em uma ampla faixa de concentração (320 a 0,15ug/mL). Quanto à atividade em 24h, os derivados N-{4-cloro-2-[1-(tolueno-4-sulfonil)1H-pirazol-3-il]fenil}-4- metil-benzenossulfonamida (III), N-[2-(1-benzenossulfonil-1H-pirazol-3-il)-4-cloro-fenil]-benzenossulfonamida (VIII) e N-[2[(1-benzenossulfonil-1H-pirazol-3-il)-6-metil-fenil]-benzenossulfonamida (X) foram os que apresentaram superior atividade sobre logarítmica; já para os parasitos de fase logarítmica tardia, os derivados (VIII), N-[2-(1-benzenossulfonil-1H-pirazol-3-il)-4-bromo-fenil]-benzenossulfonamida (IX) e (X) foram os que demonstraram maior eficácia. Contra as formas amastigotas axênicas, os compostos mais ativos foram os N-[4-bromo-2-[1-(tolueno-4-sulfonil)1H-pirazol-3-il]-fenil}-4-metil-benzenossulfonamida (I), (IX) e (X). O derivado (X) merece maior atenção, pois ainda apresentou menores valores de IC50, em comparação...
Descritores: Azóis
Benzenoacetamidas
Técnicas In Vitro
Leishmania
Leishmaniose
Óxido Nítrico
-Brasil/epidemiologia
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas
BR15.1



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde