Base de dados : LILACS
Pesquisa : D02.065.884.725 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 16 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 2 ir para página        

  1 / 16 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1129486
Autor: Rezende, R. S; Eurides, D; Alves, E. G. L; Venturini, G. C; Alves, R. N; Felipe, R. L.
Título: Análise ultraestrutural do colágeno de feridas cutâneas de coelhos tratadas com plasma rico em plaquetas de equino / Ultrastructural analysis of the collagen of rabbit skin wounds treated with platelet-rich equine plasma
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);72(3):827-835, May-June, 2020. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: O colágeno é sintetizado e segregado no espaço extracelular e organizados em fibrilas estriadas de acordo com o tipo de tecido. Utilizaram-se 24 coelhos brancos da raça Nova Zelândia, com idade de 12 meses e com 3,0kg de peso corporal, para avaliar a porcentagem de colágeno das feridas cutâneas tratadas com plasma rico em plaquetas de equino e pomada contendo gentamicina, sulfanilamida, sulfadiazina, ureia e vitamina A. Os animais foram separados em quatro grupos de igual número e submetidos à remoção de pele na região das linhas médias dorsal torácica (feridas tratadas) e lombar (feridas controle). As feridas torácicas foram tratadas com plasma rico em plaqueta de equino e pomada contendo gentamicina, sulfanilamida, sulfadiazina, ureia e vitamina A, e as do grupo controle somente com a pomada. Dos animais do grupo I, foi coletado tecido cutâneo, para a avaliação histológica e a ultraestrutural, com três dias de pós-operatório; dos animais do grupo II, com sete dias; do grupo III, com 14 dias; e do grupo IV, com 21 dias. Decorrido o período de avaliação de cada grupo, foi coletado fragmento de pele para avaliação da porcentagem de colágeno, bem como do diâmetro e da densidade da fibrila de colágeno por microscopia eletrônica de transmissão. O tratamento com PRP de equino associado à aplicação tópica da pomada mostrou-se eficaz na maturação das fibrilas colágenas e na antecipação do processo cicatricial.(AU)

Collagen is synthesized and secreted into the extracellular space and organized into striated fibrils according to the tissue type. This study evaluated the concentration of collagen in rabbit skin wounds treated with equine platelet-rich plasma (PRP) and ointment containing gentamicin, sulfanilamide, sulfadiazine, urea, and vitamin A. Twenty-four New Zealand white rabbits aged 2 to 12 months and weighing 3.0kg were included. The animals were allocated equally into four groups and the skin was removed from the thoracic dorsal midline (treated wound) and lumbar (control wound) regions. The thoracic wounds were treated with equine PRP and ointment containing gentamicin, sulfanilamide, sulfadiazine, urea, and vitamin A, and the control group was treated with the ointment alone. For histological and ultrastructural assessment, cutaneous tissue was collected on postoperative days 3 (group I), 7 (group II), 14 (group III), and 21 (group IV). After the evaluation period, in each group, a skin fragment was collected for analysis of the collagen concentration, as well as the collagen fibril diameter and density by transmission electron microscopy. The results indicated that treatment with equine PRP combined with topical application of the ointment was effective in facilitating the maturation of collagen fibrils and the wound healing process.(AU)
Descritores: Cicatrização/fisiologia
Ferimentos e Lesões/reabilitação
Ferimentos e Lesões/veterinária
Colágeno/ultraestrutura
Plasma Rico em Plaquetas
-Sulfadiazina/administração & dosagem
Sulfanilamidas/administração & dosagem
Ureia/administração & dosagem
Vitamina A/administração & dosagem
Gentamicinas/administração & dosagem
Cavalos
Limites: Animais
Coelhos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  2 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-838153
Autor: Cibils Aguirre, R; Gamboa, M; Calcarami, J. R.
Título: Dos casos de pleuresía purulenta a estreptococos curadas con sulfanilamidas / Two cases of purulent pleurisy to streptococci cured with sulfanilamides
Fonte: Arch. argent. pediatr;113(6):370-385, dic. 2015.
Idioma: es.
Descritores: Pleurisia
-Streptococcus
Sulfanilamidas
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Artigo Histórico
Responsável: AR94.1 - Centro de Información Pediatrica


  3 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Rodrigues, Alfredo José
Texto completo
Id: lil-540498
Autor: Reis, Graziela Saraiva; Augusto, Viviane dos Santos; Souza, Maria Eliza Jordani de; Baldo, Caroline Floreoto; Rodrigues, Alfredo José; Evora, Paulo Roberto Barbosa.
Título: Exhaled breath condensate collection for nitrite dosage: a safe and low cost adaptation / Coleta do condensado do ar exalado pulmonar para a dosagem de nitrito: Uma adaptação segura e barata
Fonte: Acta cir. bras;25(2):206-213, Mar.-Apr. 2010. graf, tab.
Idioma: en.
Resumo: Purpose: Standardization of a simple and low cost technique of exhaled breath condensate (EBC) collection to measure nitrite. Methods: Two devices were mounted in polystyrene boxes filled either with crushed ice/salt crystals or dry ice/crushed ice. Blood samples were stored at -70º C for posterior nitrite dosages by chemiluminescence and the Griess reaction. Results: a) The use of crushed ice/dry ice or salt revealed sufficient EBC room air collection, but was not efficient for patients under ventilation support; b) the method using crushed ice/salt collected greater EBC volumes, but the nitrite concentrations were not proportional to the volume collected; c) The EBC nitrite values were higher in the surgical group using both methods; d) In the surgical group the nasal clip use diminished the EBC nitrite concentrations in both methods. Conclusions: The exhaled breath condensate (EBC) methodology collection was efficient on room air breathing. Either cooling methods provided successful EBC collections showing that it is possible to diminish costs, and, amongst the two used methods, the one using crushed ice/salt crystals revealed better efficiency compared to the dry ice method.

Objetivo: Padronizar técnica simples e barata de coleta do condensado do ar exalado pulmonar (CEP) para medir nitrito. Métodos: Dois dispositivos foram montados em caixas de isopor e preenchidos com gelo picado/sal grosso ou gelo picado/gelo seco. Amostras de sangue foram armazenadas a -70º C para dosagem de nitrito por quimiluminescência e pela reação de Griess. Resultados: a) a utilização de gelo picado/gelo seco ou sal foi eficiente para a coleta em respiração espontânea, mas ineficiente durante ventilação mecânica; b) o método gelo picado/sal coletou volumes maiores, sem aumento proporcional do nitrito; c) os valores do nitrito foram mais elevados no grupo cirúrgico utilizando os dois métodos; d) no grupo cirúrgico com clipe nasal ocorreu diminuição do nitrito em ambos os métodos. Conclusões: A metodologia do condensado do ar exalado pulmonar (CEP) foi eficiente na coleta respirando em ar ambiente. Os dois métodos de congelamento foram eficientes mostrando que é possível diminuir os custos, e, entre os dois métodos utilizados, o uso de gelo picado/sal mostrou melhor eficiência quanto ao volume da coleta do CEP em comparação com o uso de gelo seco.
Descritores: Testes Respiratórios/métodos
Nitritos/análise
-Biomarcadores/análise
Testes Respiratórios/instrumentação
Estudos de Casos e Controles
Custos e Análise de Custo
Etilenodiaminas
Luminescência
Sulfanilamidas
Limites: Adulto
Idoso
Feminino
Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Estudo de Validação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Cunha, F. Q
Texto completo
Id: lil-425785
Autor: Siebra, M. X; Santos, M. A; Almeida, T. L. P; Leite, A. C. R. M; Cunha, F. Q; Rocha, F. A. C.
Título: Evidence for the participation of nitric oxide in pemphigus
Fonte: Braz. j. med. biol. res = Rev. bras. pesqui. méd. biol;39(5):671-675, May 2006. ilus, graf.
Idioma: en.
Projeto: CAPES.
Resumo: Pemphigus is an inflammatory autoimmune disorder of the skin. Nitric oxide (NO) is an inflammatory mediator linked to a variety of physiological and pathophysiological phenomena that include skin tumors, psoriasis, urticaria, and atopic dermatitis. Inflammatory cells present in pemphigus lesions are important sources of NO production. We investigated whether NO is involved in pemphigus. A prospective cohort study was conducted at the Dermatology Service of the Hospital Universitário Walter Cantídio of the Federal University of Ceará. All patients seen at the outpatient clinic between August 2000 and July 2001, with a clinically and histologically confirmed diagnosis of pemphigus were included. The median age was 42.5 years (range: 12-69 years) with a male to female ratio of 3:2. Total serum nitrite levels, used as a marker for NO production, were determined by the Griess reaction. Skin biopsies from pemphigus and breast surgery (control) patients were used for the detection of the inducible NO synthase (iNOS) by immunohistochemistry. Twenty-two (22) patients with pemphigus and eight (8) controls who did not differ in demographic characteristics were included. Total serum nitrite levels were significantly higher (>7 æmol/L) in pemphigus patients compared to controls (<6 æmol/L), regardless of the severity of the clinical activity of pemphigus (P < 0.0001). All pemphigus biopsies presented increased immunostaining for iNOS that was not detected in normal skin samples. These data are the first to demonstrate that pemphigus patients display increased serum NO levels that are associated with increased iNOS expression in the affected skin.
Descritores: Óxido Nítrico Sintase Tipo II/metabolismo
Óxido Nítrico/metabolismo
Pênfigo/enzimologia
-Biomarcadores/sangue
Estudos de Casos e Controles
Estudos de Coortes
Etilenodiaminas
Imuno-Histoquímica
Nitratos/sangue
Nitritos/sangue
Estudos Prospectivos
Pênfigo/etiologia
Índice de Gravidade de Doença
Sulfanilamidas
Limites: Adolescente
Adulto
Idoso
Criança
Feminino
Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-162826
Autor: Silva, Maria Rosário Rodrigues.
Título: Açäo da anfotericina B e Levamisole em camundongos albinos inoculados com Paracoccidioidomicose Brasiliensis / Study on anphotericin B and levamisole in albino mice inoculated with paracoccidioides brasiliensis
Fonte: Rev. patol. trop;11(3):173-217, set.-dez. 1982. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Paracoccidioidomicose experimental, em camundongos albinos de 3-4 semanas de idade. Inoculaçäo de 0,5 ml de suspensäo, contendo 1x10(devada a sexta potência) células/ml de Paracoccidioides brasiliensis e tratamento com anfotericina B (1 mg/Kg) em doses diárias; com levamisole (3 mg/Kg) administrada em intervalos de 15 dias e em séries de uma dose por dia, em três dias consecutivos; e com anfotericina B e levamisole associadas, de maneira a cobrir o período de 50, 80 e 95 dias para necrópsia. Estudo comparativo do quadro histológico de fígado e baço, com ênfase em granulomas, parasitas, células de Küpffer, células gigantes, reaçäo linforreticular, folículos e amioloidose. O animal revela-se satisftório, como modelo experimetnal, porém de uso limitado, devido ao fenômeno de auto-cura. Isoladamente, anfotericina B é menos eficiente do que quando em associaçöes com levamisole, para a reduçäo do número de parasitas. Animais com amiloidose esplênica apresentam alto número de parasitas. O quadro reativo revela qe a açäo de levamisole, isolada ou combinadamente com anforicina B, induz aumento de defesa com notável incremento da açäo de células fagocitárias
Descritores: Anfotericina B/uso terapêutico
Levamisol/uso terapêutico
Paracoccidioidomicose/etiologia
Paracoccidioidomicose/imunologia
Paracoccidioidomicose/terapia
-Adjuvantes Imunológicos
Formação de Anticorpos
Testes de Fixação de Complemento
Imunidade Celular
Imunodifusão
Paracoccidioides
Streptomyces
Sulfacetamida
Sulfadiazina
Sulfadimetoxina
Sulfametoxipiridazina
Sulfanilamidas
Sulfatiazóis
Limites: Animais
Responsável: BR584.1 - Biblioteca Central BSCAN


  6 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Valle, Antonio Carlos Francesconi do
Wanke, Bodo
Id: lil-126493
Autor: Valle, Antônio Carlos Francesconi do; Wanke, Bodo; Wanke, Nurimar C. F; Lima, Nizio dos Santos; Perez, Maurício.
Título: Tratamento da paracoccidioidomicose: estudo retrospectivo de 500 casos. II - Avaliaçäo dos resultados terapêuticos com sulfanilamídicos, anfotericina B, associaçäo sulfametoxazol/trimetoprim, cetoconazol e miconazol / Treatment of paracoccidioidomycosis; retrospective: retrospective study of 500 cases. II - Evaluation of therapeutic results with sulfonamides, amphotericin B, ketoconazole and miconazole
Fonte: An. bras. dermatol;68(1):65-70, jan.-fev. 1993. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Säo analisados rretrospectivamente 500 pacientes com paracoccidioidomicose antendidos no Hospital Evandro Chagas da Fundaçäo Oswaldo Cruz, Rio de janeiro, no período de 1960 a 1986. Os resultados ao término do tratamento com o emprego dos sulganilamídicos, anfotericina B, associaçäo sulfametoxazol/trimetoprim, cetoconazol e miconazol mostraram eficácia semelhante. A sulfamidoterapia curou a doença, principalmente da forma clínica tipo adulto; a anfotericina B, eficaz em todas as formas clínicas da doença, mostrou-se comparativamente melhor quando complementadas com sulfanilamídicos ou imidazólico do que a aplicaçäo isolada. A associaçäo sulfametoxazol/trimetoprim cura a doença, mas näo foi útil nos casos resistentes aos sulfamídicos. O cetoconazol foi eficáz, inclusive em casos resistentes aos outros tratamentos; encontramos os piores resultados na forma clínica tipo juvenil e o miconazol cura a doença na forma clínica tipo adulto. As drogas foram bem toleradas mas em todos os casos tratados com a anfotericina B ocorreram efeitos cerebrais
Descritores: Combinação de Medicamentos
Miconazol/uso terapêutico
Paracoccidioidomicose/tratamento farmacológico
Sulfanilamidas/uso terapêutico
-Estudos Retrospectivos
Sulfanilamidas/farmacologia
Responsável: BR11.1 - Biblioteca


  7 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Bacheschi, Luiz Alberto
Id: lil-92759
Autor: Nobrega, J. P. S.
Título: Micoses do sistema nervoso: diagnostico e tratamento / Mycosis of nervous system: diagnosis and treatment
Fonte: In: Nitrini, Ricardo; Spina Franca, Antonio; Scaff, Milberto; Bacheschi, Luiz Alberto; Assis, L. M; Canelas, Horario Martins. Condutas em neurologia. s.l, Clinica Neurologica HC/FMUSP, 1989. p.30-2.
Idioma: pt.
Descritores: Aspergillus fumigatus/patogenicidade
Blastomyces/patogenicidade
Candida albicans/patogenicidade
Sistema Nervoso Central/fisiopatologia
Coccidioides/patogenicidade
Cryptococcus/patogenicidade
Histoplasma/patogenicidade
Micoses/líquido cefalorraquidiano
Micoses/diagnóstico
Micoses/imunologia
Micoses/terapia
Paracoccidioides/patogenicidade
Phycomyces/patogenicidade
-Anfotericina B/uso terapêutico
Criptococose/diagnóstico
Flucitosina/uso terapêutico
Imidazóis/uso terapêutico
Micoses/etiologia
Micoses/fisiopatologia
Espectroscopia de Ressonância Magnética/métodos
Sulfanilamidas/uso terapêutico
Tomografia Computadorizada por Raios X
Limites: Humanos
Responsável: BR66.1 - Divisão de Biblioteca e Documentação
BR1.1/2069.08; BR66.1/WL100*C753*USP-6.29.00.00-1


  8 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-73019
Autor: Ribeiro, Angela Maria A.
Título: Sulfamidas / Sulfamides
Fonte: In: Auto, Hélvio J. Farias; Constant, José Maria. Antibióticos e quimioterápicos. s.l, Universidade Federal de Alagoas, 1987. p.179-85.
Idioma: pt.
Descritores: Sulfanilamidas/metabolismo
-Química
Responsável: BR1.1 - BIREME
BR1.1/1022.23


  9 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Wanke, Bodo
Id: lil-67590
Autor: Wanke, Bodo.
Título: Quimioterapia das micoses profundas
Fonte: Ars cvrandi;21(10):76, 79-82, nov.-dez. 1988. tab.
Idioma: pt.
Resumo: As doenças humanas causadas por fungos patogênicos säo classificados em quatro grupos naturais: micose superficiais, cutâneas, subcutâneas e sistêmicas. A expressäo micoses profundas designa o agrupamento de doenças que englobam as micoses subcutâneas, as micoses sistêmicas e as micoses oportunistas de localizaçäo subcutânea e sistêmica. O trabalho a seguir apresenta um estudo dos principais antifúngicos e antibióticos empregados no controle das micoses
Descritores: Micoses/tratamento farmacológico
-Anfotericina B/uso terapêutico
Flucitosina/uso terapêutico
Iodetos/uso terapêutico
Cetoconazol/uso terapêutico
Sulfanilamidas/uso terapêutico
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 16 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-47960
Autor: Fernández, María; Paredes, Leonardo; Castillo, Marcela; Donoso S., Archibaldo.
Título: Nocardiosis: aspectos clínicos y bacteriológicos; experiencia en 16 casos / Nocardiosis: clinic and bacteriologial aspects; report of 16 cases
Fonte: Rev. méd. Chile;115(11):1053-60, nov. 1987. tab.
Idioma: es.
Descritores: Nocardiose/tratamento farmacológico
-Nocardiose/cirurgia
Nocardia/isolamento & purificação
Sulfanilamidas/uso terapêutico
Limites: Criança
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central



página 1 de 2 ir para página        
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde