Base de dados : LILACS
Pesquisa : D02.241.081.251.869.791 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 7 [refinar]
Mostrando: 1 .. 7   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 7 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1132606
Autor: Jimenez-Garcia, Lesly; Celis-Aguilar, Erika; Díaz-Pavón, Gaudencio; Muñoz Estrada, Victor; Castro-Urquizo, Ángel; Hernández-Castillo, Nemiliztli; Amaro-Flores, Ernesto.
Título: Efficacy of topical clotrimazole vs. topical tolnaftate in the treatment of otomycosis. A randomized controlled clinical trial / Eficácia do clotrimazol tópico versus tolnaftato tópico no tratamento da otomicose: um ensaio clínico controlado randomizado
Fonte: Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.);86(3):300-307, May-June 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Introduction: Otomycosis, an infection of the ear canal by fungi, is prevalent in hot and humid weather. Nevertheless, there is not sufficient evidence for the effectiveness of different topical antifungal treatments. Tolnaftate, is a topical antifungal agent described to be effective in the treatment of otomycosis. Currently there are not sufficient studies that prove its efficacy. Objectives: To compare the efficacy of clotrimazole and tolnaftate administration in the treatment of otomycosis. Material and methods: A controlled, randomized and open clinical trial included patients diagnosed with fungal external otitis who were treated with topical antifungals, randomized into two treatment groups: (1) clotrimazole cream; (2) tolnaftate solution. They were microscopically evaluated at one and two weeks of treatment to determine resolution of disease. Recurrence and complications were recorded. Demographic and clinical variables were collected and analyzed. Follow-up and final outcomes (absence of infection) were compared between groups. Results: Forty eight patients were included, 28 in the clotrimazole group and 20 in the tolnaftate group. Spring was the weather most commonly associated with otomycosis, while otic manipulation was the risk factor more common in both groups. Predominant symptoms were itching and otic fullness. Aspergillus niger organism was isolated most frequently. Treatment with clotrimazole resulted in 75% resolution vs 45% resolution with treatment with tolnaftate at one week of treatment (p = 0.007). The Tolnaftate treatment group demonstrated higher recurrence rates and treatment failures, 20% and 15% respectively. Conclusions: Clotrimazole cream treatment is more effective than tolnaftate for uncomplicated otomycosis. More studies are needed to corroborate our results.

Resumo Introdução: Otomicose, uma infecção fúngica do canal auditivo externo, é prevalente em climas quentes e úmidos. No entanto, a literatura não apresenta evidências suficientes sobre os diferentes tratamentos antifúngicos tópicos. O tolnaftato é um antifúngico tópico descrito como eficaz no tratamento da otomicose; entretanto, sua eficácia não está suficientemente comprovada. Objetivo: Comparar a eficácia do uso de clotrimazol e tolnaftato no tratamento da otomicose. Material e método: Ensaio clínico controlado e randomizado; incluiu pacientes diagnosticados com otite externa fúngica tratados com antifúngicos tópicos, randomizados em dois grupos de tratamento: 1) clotrimazole (creme); 2) solução de tolnaftato. Eles foram avaliados microscopicamente uma e duas semanas após o início do tratamento para avaliar a resolução da doença. Recorrência e intercorrências foram registradas; além disso, as variáveis demográficas e clínicas foram coletadas e analisadas. Os dados do acompanhamento e desfechos finais (ausência de infecção) foram comparados entre os grupos. Resultados: O estudo incluiu 48 pacientes, 28 dos quais foram alocados ao grupo clotrimazole e 20 ao grupo tolnaftato. A primavera foi a estação mais comum; a manipulação foi o fator de risco mais comum em ambos os grupos. Os sintomas mais comuns foram coceira e plenitude auricular. Aspergillus niger foi o micro-organismo mais comumente isolado. Após uma semana, o tratamento com clotrimazol apresentou uma taxa de resolução de 75% vs. 45% com o tratamento com tolnaftato (p = 0,007). O tratamento com tolnaftato apresentou maiores taxas de recidiva e falhas: 20% e 15%, respectivamente. Conclusões: Em casos de otomicose não complicada, o uso de clotrimazol (creme) é mais eficaz do que o de tolnaftato. Mais estudos são necessários para corroborar os presentes resultados.
Descritores: Tolnaftato/administração & dosagem
Clotrimazol/administração & dosagem
Otomicose/tratamento farmacológico
Antifúngicos/administração & dosagem
-Resultado do Tratamento
Otomicose/microbiologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-316498
Autor: Mimica, Lycia Mara Jenné; Miranda, Maura Aparecida Lopes; Murça, Maria Aparecida Soares; Santana, Carlos Henrique.
Título: Estudo comparativo in vitro entre a associaçäo de valerato de betametasona, sulfato de gentamicina, tolnaftato e clioquinol versus outros compostos nas cepas bacterianas e fúngicas mais freqüêntes nos meios comunitário e hospitalar / In vitrto comparative study between the association of betamethasone valerato, gentamicin sulfate, tolnaftate and clioquinol versus other medications on frequent bacterials and fungicals samples from communitary and hospitalar environment
Fonte: RBM rev. bras. med;59(8):601-603, ago. 2002. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A freqüência das infecçöes associadas fúngico-bacterianas cutâneas é um achado muito freqüênte na prática clínica diária. Devido a isso, o encontro de um produto eficiente para resolver essas dermatoses, economicamente viável e com uma comodidade de aplicaçäo é um desafio para os médicos no mundo inteiro. No corrente estudo, verificamos que a eficácia "in vitro" da associaçäo de valerato de betametasona, sulfato de gentamicina, tolnaftato e clioquinol em 20 cepas de Candida spp., Trichophytun spp., Streptococcus pyogenes, Staphylococcus aureus, Acinetobacter sp.,Escherichia coli, Pseudomonas aeruginosa e Pseudomonas aeruginosa resistente variou de 95 a 100 porcento, sendo maior e mais abrangente do que outros produtos antimicrobianos usados freqüêntemente em nosso mercado. Podemos considerar essa associaçäo uma alternativa eficaz no tratamento de infecçöes cutâneas com associaçäo de bactérias e fungos.(au)
Descritores: Anti-Infecciosos/uso terapêutico
Infecções Bacterianas/tratamento farmacológico
-Valerato de Betametasona
Clioquinol
Quimioterapia Combinada
Gentamicinas
Infecções Cutâneas Estafilocócicas/tratamento farmacológico
Tolnaftato
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  3 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-207131
Autor: Zaror C., Luis; Moreno Vivanco, María Isabel; Hering S., Mónica; Siegmund González, Inés; Norambuena Maulén, Luis.
Título: Micetomas por microsporum canis: caso clínico / Mycetomas by microsporum canis: report of one case
Fonte: Rev. méd. Chile;125(8):922-6, ago. 1997. ilus.
Idioma: es.
Resumo: We report and eight years old boy presenting with a pyogenic granuloma of the scalp, generalized alopecia, descamative plates in the neck, trunk and limbs and nail involvement. Cultures for fungus of all these lesions disclosed Microspore canis. The patient was treated with oral griseofulvin, miconazole and topical tolnaftate. Five years later and after several incomplete treatments, the patient returns with a fistulous mass of 12 x 8 cm in the dorsal area whose culture revealed Microspore canis. The mass was excised and oral ketoconazole was indicated. After three months of follow up, the patient was lost from control
Descritores: Microsporum/patogenicidade
Micetoma/microbiologia
-Alopecia/microbiologia
Cloxacilina/uso terapêutico
Gentamicinas/uso terapêutico
Granuloma Piogênico/cirurgia
Griseofulvina/uso terapêutico
Miconazol/uso terapêutico
Micetoma/terapia
Tolnaftato/uso terapêutico
Limites: Humanos
Masculino
Criança
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  4 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-47931
Autor: Machado Pinto, Jackson; Laborne, Maria Sílvia.
Título: Uso do creme de oxiconazol a 1% no tratamento de dermatofitoses / Use of 1% oxiconazole cream in the treatment of dermatophytosis
Fonte: Folha méd;95(5/6):381-4, nov.-dez. 1987. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Vinte e oito pacientes com diagnóstico clínico e laboratorial de dermatofitose foram aleatoriamente divididos em dois grupos. Um grupo foi tratado com creme de oxiconazol a 1%. O outro grupo foi tratado com creme de tolnaftato. A medicaçäo em ambos os grupos foi aplicada duas vezes ao dia por 40 dias. Em uma segunda fase foram estudados 19 pacientes com diagnóstico clínico e laboratorial de dermatofitose, tratados com uma única aplicaçäo diária de creme de oxiconazol a 1% por 40 dias. O creme de oxiconazol a 1% foi täo eficaz quanto o creme de tolnaftato e causou menor incidência de efeitos colaterais. uma única aplicaçäo diária de creme de oxiconazol a 1% levou à cura micológica em 94,7% dos pacientes após 40 dias
Descritores: Dermatomicoses
Imidazóis/uso terapêutico
Tolnaftato/uso terapêutico
Limites: Criança
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-26151
Autor: Raggio X.
Título: Estudio comparativo de la actividad de un nuevo antimicotico, tolciclato, en pitiriasis versicolor. / Comparative study of the activity of a new antimycotic, tolciclate, in pityriasis versicolor
Fonte: Bol. micol;2(1):5-9, 1984.
Idioma: es.
Resumo: Se analizo la actividad de un nuevo antimicotico - tolciclato- en 56 pacientes portadores de pitiriasis versicolor, comparando su actividad con tolnaftato en una experiencia de doble ciego. Para este objeto, 28 pacientes fueron tratados con tolnaftato al 1% dos veces al dia y 28 pacientes recibieron tolciclato en solucion al 1% durante un periodo de cuatro semanas Los criterios de evaluacion tomaron en cuenta la negativizacion de los examenes micologicos descritos y la mejoria de la sintomatologia clinica (pigmentacion -descamacion y prurito). Los resultados obtenidos demuestran que a la segunda semana de tratamiento, el 92,5% de los pacientes que recibieron tolciclato tuvieron examenes micologicos negativos, en comparacion con el 64% de los pacientes tratados con tolnaftato.Esta diferencia resulta ser estadisticamente significativa (P < 0.05).Al termino de la investigacion todos los pacientes habian mejorado con ambos esquemas de tratamiento, demostrando tolciclato ser mas rapido en su accion.Ambos medicamentos fueron bien tolerados, y solamente se registro como efecto colateral prurito intenso en un paciente que recibio tolciclato y que obligo a suspender el tratamient
Descritores: Tiocarbamatos
Tinha Versicolor
Tolnaftato
Limites: Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-16554
Autor: Zaror, L; Otth, L; Pinedo, M.
Título: Susceptibilidad "in vitro" de dermatofitos frente a griseofulvina y tolnaftato de sodio. / In vitro susceptibility of dermatophytes to griseofulvin and sodium tolnaflate
Fonte: Bol. micol;1(2):56-9, 1983.
Idioma: es.
Resumo: Se ha informado acerca de una evolucion de la susceptibilidad de griseofulvina frente a dermatofitos. Por otra parte, desconociendo el comportamiento de las cepas de estos hongos aislados en nuestro medio, como tambien frente al tolnaftato de sodio se estudian las C.I.M. de estas drogas por el metodo de Chmel Louria. Se comparan estos dos antifungicos, ya que muchas veces se utilizan como un tratamiento combinado. El 97,5% de las cepas estudiadas fue sensible a una concentracion igual o inferior a 10 microgramos por ml. de griseofulvina y el 96,6% a 0,16 microgramos por ml de Tolnaftato de sodio. El 97,5% de las cepas estudiadas fue sensible a una concentracion igual o inferior a 10 microgramos de griseofulvina y el 96,6% los es frente a 0,16 microgramos o menos de tolnaftato de sodi
Descritores: Arthrodermataceae
Griseofulvina
Técnicas In Vitro
Resistência Microbiana a Medicamentos
Tolnaftato
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 7 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-11442
Autor: Macotela Ruiz, E.
Título: Dermatofitosis, diagnostico y tratamiento. / Dermatophytes, diagnosis and treatment
Fonte: Rev. méd. IMSS;19(5):577-8, 1981.
Idioma: es.
Descritores: Arthrodermataceae
Miconazol
Tolnaftato
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde