Base de dados : LILACS
Pesquisa : D02.241.081.337.502 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 23 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 3 ir para página          

  1 / 23 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-764766
Autor: Santos, Riane Moreira; Leite, Ceci Ribeiro; Monteiro, Fábio de Oliveira; Abreu, Mariana Boechat de; Lessa, Daniel Augusto Barroso; Justen dos Santos, Orlei.
Título: Electrocardiographic evaluation of healthy dogs treated with ophthalmic solution of timolol maleate 0.5%: preliminary study / Avaliação eletrocardiográfica de cães clinicamente hígidos sob tratamento com solução oftálmica de maleato de timolol 0.5%: estudo preliminar
Fonte: Braz. j. vet. res. anim. sci;52(2):112-119, 20150000. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Timolol maleate 0.5% is a drug recommended for glaucoma treatment in dogs. After administration, it is absorbed to systemic circulation and being an antagonist of beta adrenergic receptors it has important systemic side effects on cardiac electrical conduction. The present study evaluated the modification caused by ophthalmic timolol 0.5% in the electrocardiogram. Six clinically normal dogs were selected to participate in two different ophthalmic treatments: in the first one, a placebo (hypromellose 0.5%) was used and in the second one, timolol 0.5% was administered. Each solution was applied twice a day, for 14 days. The electrocardiographic parameters were measured in times: zero, 10, 60, 120, 240, 360 and 720 min after ocular solution instillation in first, seventh and 14th days of each treatment. The differences found in electrocardiogram were more evident between 120 and 240 min after instillation of timolol 0.5% when compared with placebo treatment. The rhythm was irregular, with sinus arrhythmia and sinus bradycardia moments. The RR and PR intervals lengthen notoriously (p 0.05) from the first day of timolol administration, and are more expressive in the 14th day of treatment. The QT interval demonstrated a few changes, just lengthening noticeably (p 0.05) in the 14th day of timolol application. The QTc interval did not show expressive change. Despite the changes in the electrocardiogram, no clinical manifestation related to beta-adrenoceptor antagonists were observed. One must consider, however, that the animals studied were healthy and thus, clinical signs could result from the changes implied by the use of timolol in animals with pre-existing heart disease. Therefore, cardiac assessment of patients prior to prescription of ophthalmic timolol is recommended.

O maleato de timolol 0,5% é um fármaco recomendado para tratamento de glaucoma em cães. Após instilação, e absorvido para a circulação sistêmica e por ser um antagonista beta-adrenérgico pode promover efeitos colaterais sistêmicos importantes sobre a condução elétrica cardíaca. No presente estudo, foi avaliada a alteração causada pelo timolol 0,5% oftálmico no eletrocardiograma. Foram selecionados seis cães hígidos para participar de dois tratamentos oftálmicos diferentes: no primeiro foi instilado placebo (hipromelose 0,5%) e no segundo utilizou-se timolol 0,5%. O colírio foi instilado a cada 12 horas por 14 dias. Os parâmetros eletrocardiográficos foram mensurados nos tempos: zero, 10, 60, 120, 240, 360 e 720 minutos após instilação da solução ocular nos dias primeiro, sétimo e décimo quarto de cada tratamento. As alterações eletrocardiográficas foram mais evidentes entre 120 e 240 minutos pós-instilação de timolol 0,5% quando comparado com o tratamento placebo. O ritmo foi irregular, com momentos de arritmia sinusal e bradicardia sinusal. Os intervalos RR e PR prolongaram significativamente (p 0,05) desde o primeiro dia de instilação de timolol, sendo o prolongamento mais expressivo no décimo quarto dia de tratamento. O intervalo QT demonstrou pouca variação, apenas prolongando significativamente (p 0,05) no décimo quarto dia de aplicação de timolol. O intervalo QTc não demonstrou alteração significativa (p > 0,05). Apesar das alterações encontradas, não foram observadas manifestações clínicas relacionadas ao timolol nos animais estudados. Deve-se considerar, porém, que os animais em questão eram hígidos e, portanto, as alterações decorrentes do uso do timolol em animais com cardiopatias preexistentes poderiam promover sinais clínicos, sendo recomendada a avaliação cardíaca de pacientes previamente à prescrição do timolol oftálmico.
Descritores: Cães/fisiologia
Efeitos Colaterais e Reações Adversas Relacionados a Medicamentos
Eletrocardiografia/veterinária
Maleatos/administração & dosagem
Timolol/administração & dosagem
-Doenças Cardiovasculares
Glaucoma
Limites: Animais
Cães
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  2 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-586029
Autor: Troca, Valéria Barros Pereira Barbosa; Fernandes, Karen Barros Parron; Terrile, Amélia Elena; Marcucci, Maria Cristina; Andrade, Flaviana Bombarda de; Wang, Linda.
Título: Effect of green propolis addition to physical mechanical properties of glass ionomer cements
Fonte: J. appl. oral sci;19(2):100-105, May-Apr. 2011. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: OBJECTIVE: This study investigated the mechanical properties of glass ionomer cements (GICs) combined with propolis as a natural antimicrobial substance. MATERIAL AND METHODS: Typifed green propolis, as an ethanolic extract (EEP) or in the lyophilized form (powder), was incorporated to specimens of Ketac Fil Plus, ChemFlex and Ketac Molar Easymix GICs. For each test, 8 specimens of each material were prepared. For water sorption and solubility tests, specimens were subjected to dehydration, hydration and redehydration cycles until a constant mass was obtained for each step. Measurements were recorded using a digital balance of 10-4 g precision. For the diametral tensile strength test, specimens were tested in a universal test machine at 0.5 mm/min crosshead speed after 24 h storage in deionized water. Data were evaluated by one-way ANOVA and Tukey's tests (p<0.05). RESULTS: The addition of propolis to GIC clearly increased water sorption compared to pure material. Solubility was material-dependent and was not clearly evident. For the diametral tensile strength test, association with propolis altered negatively only Chemfex. CONCLUSION: It may be concluded that incorporation of propolis to GICs alters some properties in a material-dependent condition.
Descritores: Cimentos de Ionômeros de Vidro/química
Própole/química
-Análise de Variância
Anti-Infecciosos/química
Teste de Materiais
Maleatos/química
Solubilidade
Resistência à Tração
Fatores de Tempo
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-486500
Autor: Milhem, Manar M; Al-Hiyasat, Ahmad S; Darmani, Homa.
Título: Toxicity Testing of Restorative Dental Materials Using Brine Shrimp Larvae (Artemia salina)
Fonte: J. appl. oral sci;16(4):297-301, July-Aug. 2008. graf.
Idioma: en.
Resumo: This study investigated the effect of extracts of different composites, glass ionomer cement (GIC)s and compomers on the viability of brine shrimp larvae. Ethanolic extracts of four dental composites (Z-100; Solitaire 2; Filtek P60 and Synergy), a conventional GIC (Ketac-Fil), a resin-modified glass ionomer cement (Vitremer), two compomers (F2000; Dyract AP), and a flowable compomer (Dyract Flow) were prepared from each material. Following evaporation of the ethanol, the extracts were resuspended in distilled water, which was then used to test the effects on the viability of brine shrimp larvae. For the composites, the extract of Synergy was the least toxic (88 percent viability) followed by the extracts of Solitaire 2, Z100 and P60 (75 percent, 67.5 percent and 50 percent viability, respectively). One-way ANOVA revealed highly significant differences between the resin composite materials (p<0.001). Follow-up comparison between the composite groups by Tukey's pairwise multiple-comparison test (á =0.05) showed that the extract of Synergy was significantly less toxic than the extracts of all the other materials except that of Solitaire 2. The compomers showed 100 percent lethality, while the percentage of viable larvae for the extracts of Ketac-Fil, and Vitremer were 32.3 percent, and 37.0 percent, respectively. One-way ANOVA revealed highly significant differences between the groups of materials (p<0.001). Follow-up comparison between the groups by Tukey's test (á = 0.05) showed that the toxic effect of the extracts of the compomers were significantly greater than that of Ketac-Fil, and Vitremer. The differences in the toxic effects of Vitremer and Ketac-Fil were not statistically significant. In conclusion, the toxicity of composite materials varied according to their chemical composition. Compomers were the most lethal materials to brine shrimp larvae followed by GICs and then composites.
Descritores: Artemia/efeitos dos fármacos
Compômeros/toxicidade
Resinas Compostas/toxicidade
Cimentos de Ionômeros de Vidro/toxicidade
Maleatos/toxicidade
-INHIBITORY CONCENTRATION ACADEMIES AND INSTITUTES
Larva/efeitos dos fármacos
Teste de Materiais
Limites: Animais
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR28.1 - Serviço de Biblioteca e Documentação Professor Doutor Antônio Gabriel Atta


  4 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-474470
Autor: Silva, Kélio Garcia; Pedrini, Denise; Delbem, Alberto Carlos Botazzo; Cannon, Mark.
Título: Microhardness and fluoride release of restorative materials in different storage media
Fonte: Braz. dent. j;18(4):309-313, 2007. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: This study evaluated the surface microhardness and fluoride release of 5 restorative materials - Ketac-Fil Plus, Vitremer, Fuji II LC, Freedom and Fluorofil - in two storage media: distilled/deionized water and a pH-cycling (pH 4.6). Twelve specimens of each material, were fabricated and the initial surface microhardness (ISM) was determined in a Shimadzu HMV-2000 microhardness tester (static load Knoop). The specimens were submitted to 6- or 18-h cycles in the tested media. The solutions were refreshed at the end of each cycle. All solutions were stored for further analysis. After 15-day storage, the final surface microhardness (FSM) and fluoride release were measured. Fluoride dose was measured with a fluoride-specific electrode (Orion 9609-BN) and digital ion analyzer (Orion 720 A). The variables ISM, FSM and fluoride release were analyzed statistically by analysis of variance and Tukey's test (p<0.05). There was significant difference in FSM between the storage media for Vitremer (pH 4.6 = 40.2 ± 1.5; water = 42.6 ± 1.4), Ketac-Fil Plus (pH 4.6 = 73.4 ± 2.7; water = 58.2 ± 1.3) and Fluorofil (pH 4.6 = 44.3 ± 1.8; water = 38.4 ± 1.0). Ketac-Fil Plus (9.9 ± 18.0) and Fluorofil (4.4 ± 1.3) presented higher fluoride release in water, whereas Vitremer (7.4 ± 7.1), Fuji II LC (5.7 ± 4.7) and Freedom (2.1 ± 1.7) had higher fluoride release at pH 4.6. Microhardness and fluoride release of the tested restorative materials varied according to the storage medium.

Este estudo avaliou as propriedades de microdureza de superfície e liberação de flúor de 5 materiais restauradores (Ketac-Fil Plus, Vitremer, Fuji II LC, Freedom e Fluorofil) em dois meios de imersão: água destilada/deionizada e modelo de ciclagem de pH (4,6). Doze corpos-de-prova de cada material foram confeccionados e tiveram a microdureza de superfície inicial (MSI) determinada utilizando o microdurômetro Shimadzu HMV-2000 Micro Hardness Tester (carga estática Knoop). Os corpos-de-prova foram submetidos a ciclos de 6 e 18 h para os dois meios de imersão. A cada final de ciclo as soluções foram substituídas e armazenadas. Após 15 dias de imersão, a microdureza de superfície final (MSF) e a liberação de flúor foram determinadas. A dosagem de flúor foi feita com um eletrodo específico combinado para íon flúor (9609 BN - Orion) e analisador de íons digital (Orion 720 A). As variáveis MSI, MSF e liberação de flúor foram submetidas à análise de variância e teste de Tukey (p<0,05). Houve diferença estatisticamente significante na MSF entre os meios de imersão para o Vitremer (pH 4,6 = 40,2 ± 1,5; água = 42,6 ± 1,4), Ketac-Fil Plus (pH 4,6 = 73,4 ± 2,7; água = 58,2 ± 1,3) e Fluorofil (pH 4,6 = 44,3 ± 1,8; água = 38,4 ± 1,0). O Ketac-Fil Plus (9,9 ± 18,0) e o Fluorofil (4,4 ± 1,3) liberaram mais flúor na água; o Vitremer (7,4 ± 7,1), Fuji II LC (5,7 ± 4,7) e o Freedom (2,1 ± 1,7) no pH 4,6. A microdureza e liberação de flúor dos materiais restauradores estudados variaram de acordo com o meio de imersão.
Descritores: Cariostáticos/química
Materiais Dentários/química
Fluoretos/química
-Acetatos/química
Tampões (Química)
Cálcio/química
Compômeros/química
Resinas Compostas/química
Difusão
Cimentos de Ionômeros de Vidro/química
Dureza
Concentração de Íons de Hidrogênio
Eletrodos Íon-Seletivos
Teste de Materiais
Maleatos/química
Fósforo/química
Resinas Sintéticas/química
Propriedades de Superfície
Trometamina/química
Água/química
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-467980
Autor: Pires, Juliana Rico; Rossa Junior, Carlos; Pizzolitto, Antonio Carlos.
Título: In vitro antimicrobial efficiency of a mouthwash containing triclosan/gantrez and sodium bicarbonate
Fonte: Braz. oral res;21(4):342-347, 2007. tab.
Idioma: en.
Projeto: FUNDUNESP; . FAPESP.
Resumo: Several antiseptic substances have been used as adjuncts to routine mechanical procedures of oral hygiene, based on their antimicrobial effects. The objective of this study was to assess in vitro the antimicrobial efficiency of a mouthwash containing Triclosan/Gantrez and sodium bicarbonate in comparison to both positive and negative controls. Standard strain samples of Escherichia coli, Pseudomonas aeruginosa, Actinomyces viscosus and Bacillus subtilis were used. Samples of Streptococcus mutans and Gram-negative bacilli were collected from 20 volunteers (10 with a clinically healthy periodontium and 10 presenting biofilm-associated gingivitis). Evaluation of the antimicrobial activity was performed by determining the minimal inhibitory concentration (MIC). The results indicated that the test solution inhibited the growth of both Gram-negative and Gram-positive microorganisms from the volunteers' saliva as well as that of the standard strains at the MIC dilution of 1:20, whereas the MIC dilution of 0.12 percent chlorhexidine against the same bacteria was 1:80. Thus, even though the tested mouthrinse solution presented an in-vitro antimicrobial activity superior to that of a placebo, it was inferior to that of chlorhexidine.

Diversas substâncias antisépticas têm sido utilizadas como adjuntos aos procedimentos mecânicos rotineiros de higiene oral, com base em seus efeitos antimicrobianos. O objetivo deste estudo foi avaliar, in vitro, a eficiência antimicrobiana de um enxaguatório bucal contendo Triclosan/Gantrez e bicarbonato de sódio, em comparação a controles positivos e negativos. Linhagens padrão de Escherichia coli, Pseudomonas aeruginosa, Actinomyces viscosus e Bacillus subtilis foram utilizadas. Amostras de Streptococcus mutans e Bacilos Gram-negativos foram coletadas de 20 voluntários (10 com um periodonto clinicamente saudável e 10 com gengivite associada à presença de biofilme). A avaliação da atividade antimicrobiana foi realizada pela determinação da Concentração Inibitória Mínima (CIM). Os resultados mostraram que a solução teste inibiu o crescimento de microrganismos Gram-negativos e Gram-positivos da saliva dos voluntários, bem como das linhagens padrão na CIM de 1:20, enquanto que a CIM da diluição de clorexidina 0.12 por cento contra as mesmas bactérias foi de 1:80. Desta forma, apesar de o enxaguatório bucal testado apresentar atividade antimicrobiana in vitro superior à do placebo, esta foi inferior à da Clorexidina.
Descritores: Anti-Infecciosos Locais/farmacologia
Bactérias Gram-Negativas/efeitos dos fármacos
Bactérias Gram-Positivas/efeitos dos fármacos
Antissépticos Bucais/farmacologia
Adesivos Teciduais/farmacologia
Triclosan/farmacologia
-Clorexidina/farmacologia
Maleatos/farmacologia
Placebos
Polivinil/farmacologia
Bicarbonato de Sódio/farmacologia
Limites: Adulto
Feminino
Seres Humanos
Masculino
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Brandt, Carlos Teixeira
Id: lil-427850
Autor: Barretto, Caroline Amorim; Rêgo, Patrícia; Santos, Rodrigo Almeida Vieira; Toscano, Daniela; Brandt, Carlos Teixeira; Dantas, Ronaldo Rodrigues.
Título: Função pulmonar em portadores de esquistossomose mansõnica hepatoesplênica, usuários de colírio de timolol a 0,5por cento / Lung function of bearers of hepatosplenic Schistosomiasis mansoni, users of 0,5por centotimolol eyedrop
Fonte: An. Fac. Med. Univ. Fed. Pernamb;49(2):83-85, 2004. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo do presente estudo foi analisar os parâmetros da função pulmonar em usuários de colírio de timolol 0,5 por cento, portadores de equistossomose mansônica hepatoesplênica (EMH). Foi avaliada a capacidade respioratória, pela espirometria, em três grupos: Grupo I Sete portadores de EMH usuários de timolol a 0,5por cento; Grupo II - 10 portadores de EMH não usuários de timolol; e Grupo III - 9 pacientes glaucomatosos usuário de timolol a 0,5 por cento. Dos espirogramas realizados, no Grupo I - 5 pacientes (71,4por cento) apresentaram padrão obstrutivo pulmonar e 2 (28,6por cento) padrão restritivo; No Grupo II - 3 (30,0por cento) pacientes foram considerados normais, 5 (50,0por cento) apresentaram padrão obstrutivo pulmonar e 2 (20,0por cento) padrão restritivo; e no Grupo III - 8 (88,9por cento) foram considerados normais, enquanto um (11,1por cento) apresentou padrão obstrutivo. Houve uma associação significante entre portadores de EMH e a presença de alterações da função pulmonar, independentemente do uso de colírio de timolol a 0,5por cento. A assocoiação significante entre EMH e as alterações dos parâmetros da função pulmonar, independentemente do uso de colírio de timonolol a 05por cento, emprestam suporte à conduta sistemática de avaliação da capacidade respiratória destes pacientes, antes do início da medicação; assim como a realização de exame clínico minucioso, para avaliar a real possibilidade de uso da mesma
Descritores: Testes de Função Respiratória
Esquistossomose mansoni
Timolol
-Grupos Controle
Glaucoma
Maleatos
Pobreza
Esplenectomia
Limites: Adulto
Meia-Idade
Masculino
Feminino
Seres Humanos
Responsável: BR9.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde Profa. Susana Schimidt


  7 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Corona, Silmara Aparecida Milori
Borsatto, Maria Cristina
Texto completo
Id: lil-415741
Autor: Corona, Silmara Aparecida Milori; Borsatto, Maria Cristina; Rocha, Renata Andréa Salvitti de Sá; Palma-Dibb, Regina Guenka.
Título: Microleakage on class V glass ionomer restorations after cavity preparation with aluminum oxide air abrasion
Fonte: Braz. dent. j;16(1):35-38, Jan.-Apr. 2005. tab.
Idioma: en.
Resumo: Este estudo in vitro avaliou a microinfiltração marginal em cavidades classe V preparadas com jato de óxido de alumínio e restauradas com diferentes sistemas ionôméricos. As cavidades foram preparadas nas superfícies vestibular e lingual de 15 terceiros molares hígidos e foram divididas em três grupos com 10 cavidades cada um. Os seguintes materiais foram utilizados: no grupo I, cimento de ionômero de vidro convencional (Ketac Fil) e nos grupo II e III, cimentos de ionômero de vidro modificado por monômeros resinosos (Vitremer e Fuji II LC, respectivamente). O preparo cavitário foi realizado por meio da aplicação do jato de óxido de alumínio (Kreativ Mach 4.1; New Image), com partículas de 27,5 µm. Após a restauração das cavidades, os dentes foram armazenados durante 24 h em água destilada a 37ºC, polidos e então submetido a termociclagem (500 ciclos), imersos em Rodamina B a 0,2% por 24 h, incluídos e seccionados. A análise da microinfiltração marginal foi realizada por meio de um microscópio óptico acoplado a uma câmera e a um computador. As imagens obtidas foram digitalizadas e analisadas utilizando um software que permite uma análise quantitativa padronizada da microinfiltração, em milímetros. As médias (%) obtidas foram: oclusal - I: 25,76 mais ou menos 34,35; II: 20,00 mais ou menos 42,16; III: 28,25 mais ou menos 41,67; cervical I: 23,72 mais ou menos 41,84; II: 44,22 mais ou menos 49,69; III: 39,27 mais ou menos 50,74. Os dados foram submetidos à análise estatística, utilizando os testes de Kruskall-Wallis e Wilcoxon. Não houve diferença estatisticamente significante (p>0.05) entre os materiais testados nem entre as margens oclusal e cervical. Conclui-se que em cavidades classe V preparadas com ar abrasão e restauradas com cimentos de ionômero de vidro convencional e modificados por monômeros resinosos não houve completo vedamento marginal.
Descritores: Abrasão Dental por Ar
Preparo da Cavidade Dentária/métodos
Infiltração Dentária/etiologia
Restauração Dentária Permanente/efeitos adversos
Cimentos de Ionômeros de Vidro
-Óxido de Alumínio
Abrasão Dental por Ar/métodos
Resinas Compostas/química
Adaptação Marginal Dentária
Cimentos de Ionômeros de Vidro/química
Processamento de Imagem Assistida por Computador
Maleatos
Dente Molar
Resinas Sintéticas/química
Estatísticas não Paramétricas
Gravação em Vídeo
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-413409
Autor: Rodrigues, José Augusto; Marchi, Giselle Maria; Serra, Mônica Campos; Hara, Anderson Takeo.
Título: Visual evaluation of in vitro cariostatic effect of restorative materials associated with dentifrices
Fonte: Braz. dent. j;16(2):112-118, maio-ago. 2005. ilus, tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar, in vitro, o efeito cariostático de 6 materiais restauradores contendo ou não flúor (Fuji II LC, F-2000, Degufil Mineral, Sure Fil and Z-250) associados à aplicação de dentifrícios (fluoretado e não-fluoretado; Sensodyne Fórmula Original and Sensodyne Sodium Bicarbonate) em esmalte dental humano. Cavidades classe V foram preparadas no esmalte de 240 fragmentos dentais, aleatoriamente divididos em 12 grupos (6 materiais e 2 dentifrícios). Após serem restauradas as cavidades, os fragmentos foram submetidos a ciclos térmicos e de desmineralização e remineralização, simulando um alto desafio cariogênico. Sobre os fragmentos restaurados, ainda, foram aplicados dentifrícios contendo ou não flúor, 5 min por dia. As diferenças no desenvolvimento de lesões experimentais de cárie adjacente às restaurações foram avaliadas por 5 examinadores calibrados, através de inspeção visual, atribuindo-se escores de 0 a 3. Os resultados foram avaliados pelo teste de Kruskal-Wallis seguido pelo teste de comparações múltiplas (a=0,05). Quando associados ao dentifrício fluoretado, os materiais restauradores não diferiram entre si em relação ao potencial cariostático (p>0,05). Quando os materiais foram utilizados em associação com o dentifrício não-fluoretado o Ketac-Fil apresentou o maior potencial cariostático, seguido pelo Fuji II LC e pelos demais materiais. O Ketac-Fil foi o único material que não diferiu significativamente quando associado com o dentifrício com ou sem flúor. Sob as condições experimentais do estudo, a associação dos materiais restauradores ao dentifrício fluoretado resultou em uma maior ação cariostática, exceto para o cimento de ionômero de vidro convencional, que não diferiu com a aplicação dos dentifrícios.
Descritores: Cariostáticos/química
Restauração Dentária Permanente
Materiais Dentários/química
Dentifrícios/química
Fluoretos/química
-Bis-Fenol A-Glicidil Metacrilato/química
Compômeros/química
Resinas Compostas/química
Difusão
Combinação de Medicamentos
Preparo da Cavidade Dentária/classificação
Cimentos Dentários/química
Esmalte Dentário/efeitos dos fármacos
Etanol/química
Cimentos de Ionômeros de Vidro/química
Concentração de Íons de Hidrogênio
Teste de Materiais
Maleatos/química
Metacrilatos/química
Nitratos/química
Fosfatos/química
Ácidos Polimetacrílicos/química
Resinas Sintéticas/química
Método Simples-Cego
Remineralização Dentária
Desmineralização do Dente/fisiopatologia
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
ARANA-CHAVEZ, Victor Elias
Texto completo
Id: lil-356706
Autor: Fava, Marcelo; Myaki, Silvio Issáo; Arana-Chavez, Victor Elias; Fava-de-Moraes, Flavio.
Título: Effects of a non-rinse conditioner on the enamel of primary teeth
Fonte: Braz. dent. j;14(3):168-171, 2003. ilus.
Idioma: en.
Resumo: O objetivo deste estudo in vitro foi de avaliar ao microscópio eletrônico de varredura os aspectos morfológicos do esmalte de dentes decíduos após condicionamento com ácido fosfórico a 36 por cento ou com um agente condicionador não lavável. Foram selecionados 10 dentes decíduos anteriores esfoliados naturalmente. As amostras sofreram limpeza coronária com pasta de pedra-pomes e água, em baixa-velocidade. O condicionamento foi realizado no esmalte da face vestibular. Os espécimes foram divididos em dois grupos: G1 (n=10): condicionamento com ácido fosfórico a 36 por cento na forma de gel - Conditioner 36 (Dentsply) durante 20 segundos, seguidos de lavagem com água durante 15 segundos; G2 (n=10): condicionamento com NRC - Non Rinse Conditioner (Dentsply) durante 20 segundos, seguidos de secagem com ar durante 15 segundos. As amostras foram desidratadas, montadas em bases metálicas e cobertas com ouro para análise ao microscópio eletrônico de varredura (Jeol JSM 6.100). A análise da eletromicrografias revelou que ambos os agentes condicionadores foram efetivos para condicionar o esmalte de dentes decíduos, causando microporosidades mas com melhor resultado quando utilizou-se o ácido fosfórico a 36 por cento na forma de gel.
Descritores: Ataque Ácido Dentário/métodos
Esmalte Dentário/efeitos dos fármacos
Maleatos/farmacologia
Dente Decíduo/efeitos dos fármacos
-Ar
Profilaxia Dentária
Solubilidade do Esmalte Dentário/efeitos dos fármacos
Esmalte Dentário/ultraestrutura
Materiais Dentários/farmacologia
Teste de Materiais
Microscopia Eletrônica de Varredura
Porosidade
Ácidos Fosfóricos/farmacologia
Dente Decíduo/ultraestrutura
Água
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Ensaio Clínico Controlado
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 23 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-347424
Autor: Pedrini, Denise; Delbem, Alberto Carlos Botazzo; França, Juliana Gomes Macedo de; Machado, Thiago de Medeiros.
Título: Fluoride release by restorative materials before and after a topical application of fluoride gel
Fonte: Pesqui. odontol. bras;17(2):137-141, Apr.-Jun. 2003. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: FAPESP.
Resumo: The release of fluoride from restorative materials (Vitremer, Ketac-Fil, Fuji II LC and Freedom) was evaluated during two 15-day periods, before and after a topical application of acidulated phosphate fluoride gel (APF). For each material, 6 specimens were made, which were immersed in 2 ml of deionized water. The fluoride concentration dosages in the solutions were read at intervals of 24 hours for 15 days. After this period, the specimens of each material received treatment with APF gel for 4 minutes and the fluoride released was analyzed at 24-hour intervals during the following 15 days. The analysis of variance and the Tukey test (p < 0.05) showed that the total mean fluoride released during the initial 15 days was greater for Vitremer and Ketac-Fil and lower for Fuji II LC and Freedom; and in the final 15 days there was a difference in release readings, with the greatest value for Vitremer, followed by Fuji II LC, Ketac-Fil and Freedom. The comparison of the results between the 1st day and the 16th day (after gel application) showed a greater fluoride release on the 16th day for Vitremer, Fuji II LC and Freedom and was equal for Ketac-Fil. Although all the materials evaluated gained fluoride with the application of APF, the data suggest that the resin-modified ionomers are more efficient in releasing fluoride to the medium than the other materials
Descritores: Fluoreto de Fosfato Acidulado/química
Restauração Dentária Permanente
Materiais Dentários/química
-Administração Tópica
Fluoreto de Fosfato Acidulado/administração & dosagem
Fluoreto de Fosfato Acidulado/análise
Cariostáticos/química
Resinas Compostas/química
Géis
Cimentos de Ionômeros de Vidro/química
Maleatos/química
Resinas Sintéticas/química
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 3 ir para página          
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde