Base de dados : LILACS
Pesquisa : D02.241.223.100.050.500.968 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 12 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 2 ir para página        

  1 / 12 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-667538
Autor: Amaral, A V C; Chaves, N S T; Silva, L A F; Fleury, L F F; Menezes, L B; Lima, F G; Lima, A M V.
Título: Estudo clínico e histológico das pálpebras e conjuntiva hígidas submetidas ao tratamento tópico com soluções anestésicas em coelhos / Clinical and histological evaluation of healthy eyelid and conjunctiva subject to local treatment with anesthetic solutions in rabbits
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;65(1):67-74, fev. 2013. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Avaliaram-se as apresentações comerciais de colírios anestésicos aplicados em 63 coelhos da raça Nova Zelândia, distribuídos em três grupos (G1, G2 e G3) de 21 animais cada e que receberam instilação de uma gota em cada olho seis vezes ao dia. Os animais do G1 foram tratados com colírio de cloridrato de proparacaína a 0,5%; os do G2, com colírio de cloridrato de tetracaína a 1% associado à fenilefrina a 0,1%; e os do G3, com solução fisiológica. Cada grupo foi subdividido em três subgrupos com sete animais cada, os quais foram tratados por três, sete e 15 dias. No final de cada tratamento, dois animais de cada subgrupo foram sacrificados para exame histológico de fragmentos retirados da conjuntiva, da terceira pálpebra e das pálpebras. Observou-se, ao exame clínico, episclerite em graus diversos em 100% dos animais do G1, no terceiro, sétimo e 15º dia, e em apenas 17,8% nos do G2, nestes mesmos dias. Ao exame microscópico, observaram-se aumento do número de células califormes, proliferação de folículos linfoides, aumento do número de eosinófilos e aumento do espaço intersticial nas pálpebras dos animais do G1. Pôde-se concluir que o colírio de tetracaína a 1% associado à fenilefrina a 0,1% promoveu maior toxicidade à conjuntiva ocular e às pálpebras de coelhos quando comparado ao colírio de proparacaína a 0,5%.

This work aimed to evaluate commercial presentations of anesthetic eye drops in sixty three New Zealand rabbits which were separated equally in three groups (G1, G2 and G3). The G1 group was treated with 0.5% proparacaine chloridrate eye drop, G2 group with 1% tetracaine chloridrate associated with 0.1% phenylephrine eye drop and G3 group with 0.9% physiologic solution eye drop. All of them received one drop in each eye six times a day. Each group was subdivided into three subgroups (seven rabbits), which are treated for 3, 7 and 15 days. At the end of each treatment, two animals in each subgroup were subject to euthanasia, for the purpose of conjunctiva, eyelids and third eyelids histological evaluation. At the clinical exam, different grades of episcleritis were found in all rabbits in G2 group and only in 17.8% of the rabbits in G1 group. Eye and eyelid histologic evaluation of G2 group revealed an upgrade of goblet cells and eosinophil number, lymphoid follicle proliferation and increase of interstitial space in the eyelids. We could conclude that 1% tetracaine associated with 0.1% phenylephrine eye drop caused more eyelid and ocular conjunctiva toxicity than 0.5% proparacaine eye drop.
Descritores: Adjuvantes Anestésicos/análise
Coelhos/anatomia & histologia
Soluções Oftálmicas/análise
Soluções Oftálmicas/química
Tetracaína/análise
Tetracaína/história
-Blefarite/diagnóstico
Blefarite/veterinária
Limites: Animais
Coelhos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  2 / 12 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-569859
Autor: Burbano Salazar, Manuel Alberto; Rios, Hector Fabio.
Título: Anestesia troncular al nervio maxilar superior: Técnica de Carrea: descripción de la técnica / Nerve block anesthesia nerve maxilla: Carrea technique: description of technique
Fonte: Rev. Estomat;8(1):41-46, dic. 1999. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Se ha realizado una revisión de las diferentes soluciones anestésicas, sus propiedades usos, ventajas y desventajas. Se describe la técnica anestésica aplicada al Nervio Maxilar Superior utilizando como vía de acceso el Agujero Palatino Posterior mediante la cual se realiza una infiltración conductiva de la Fosa Pterigomaxilar. Se proponen algunas indicaciones, contraindicaciones y se dan algunas recomendaciones para su uso.

It was realized a revision about different anesthetic solutions, their properties, their uses as well as advantages and disadvantages. It is described to the Superior Maxillary Nerve anesthethic tecnique using the posterior palatine forame as the access way, performing a conductive infiltration in to the Pterigopalatine fossa. Some indications and contraindications are proposed and some recommendations for their use are given.
Descritores: Anestesia
Nervo Maxilar
-Amidas
Endodontia
Procaína
Tetracaína
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: CO331 - Escuela de Odontologia


  3 / 12 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Alves, Milton Ruiz
Id: lil-267809
Autor: Medeiros, Fabricio Witzel de; Alves, Milton Ruiz; Cresta, Fernando Betty; Jose, Newton Kara.
Título: Influencia do uso topico de tetracaina e proparacaina na reparacao de defeito epitelial corneano / Effects of tetracaine and proparacaine on re-epitthelization of the cornea
Fonte: Rev. med. (Säo Paulo);78(6):512-7, set.-out. 1999. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: O uso topico de solucoes contendo anestesicos e normalmente associado ao aparecimento de uma serie de fenomenos toxicos ao epitelio da cornea. Seu uso vem sendo proposto em algumas situacoes em especial apos a ceratectomia fotorretrativa...
Descritores: Doenças da Córnea/terapia
Epitélio Anterior/patologia
Tetracaína/uso terapêutico
-Anestésicos Locais/administração & dosagem
Anestésicos Locais/uso terapêutico
Cicatrização
Estudos Prospectivos
Coelhos
Limites: Animais
Coelhos
Responsável: BR66.1 - Divisão de Biblioteca e Documentação


  4 / 12 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-236105
Autor: Pectroianu, Andy; Weinberg, Júlio.
Título: Influence of antibiotics on the mechanical responses of guinea-pig ileum to acetycholine and histamine
Fonte: Acta cir. bras;13(3):145-7, jul.-set. 1998. tab.
Idioma: en.
Resumo: The side effects of antibiotics have been extensively described during the last decades, however, their role on digestive motility must be better investigated. Following a line research, the influence of penicillin, chloranfenicol tetracycline and gentamicine on longitudinal snooth muscle response to acetylcholine and histamine were studied on guinea-pig ileum. There were no differences between the responses before and after the addition of each antibiotic. Further investigations must be performed in order to find a possible influence of antibiotics on digestive motility.
Descritores: Acetilcolina/farmacologia
Antibacterianos/agonistas
Motilidade Gastrointestinal/efeitos dos fármacos
Histamina/farmacologia
Íleo/efeitos dos fármacos
-Cloranfenicol/farmacologia
Gentamicinas/farmacologia
Cobaias
Penicilinas/farmacologia
Tetracaína/farmacologia
Limites: Animais
Feminino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 12 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-193828
Autor: Medici, Walter.
Título: Anestesia espinal en pediatría / Spinal anesthesia in children
Fonte: Rev. argent. anestesiol;53(supl):64-7, sept. 1995.
Idioma: es.
Resumo: La reincorporación de la anestesia raquídea en recien nacidos y lactantes en la práctica diaria se debe a varios factores. Los más importantes creemos es la nueva patología derivada de la asistencia respiratoria mecánica del recien nacido y un mejor conocimiento de la anatomía, fisiología y fisiopatología tanto del sistema nervioso como de la acción de los anestésicos locales en este grupo etario. Se determinan en el presente trabajo las indicaciones, contraindicaciones, complicaciones, dosis y drogas utilizadas.
Descritores: Anestesia por Condução
Anestesia por Condução/efeitos adversos
Anestesia por Condução
Raquianestesia/efeitos adversos
Raquianestesia
Raquianestesia/estatística & dados numéricos
Sistema Nervoso/anatomia & histologia
Sistema Nervoso/fisiologia
Sistema Nervoso/fisiopatologia
-Anestésicos Locais/administração & dosagem
Bupivacaína/administração & dosagem
Lidocaína/administração & dosagem
Tetracaína/administração & dosagem
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Lactente
Pré-Escolar
Responsável: AR1.1 - Biblioteca Rafael Herrera Vegas


  6 / 12 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Castiglia, Yara M. M
Id: lil-189086
Autor: Ganem, Eliana M; Castiglia, Yara M. M; Grossi, Paulo S. T; Ragazzo, Reinaldo.
Título: Hiperdosagem de tetracaína após uso tópico na mucosa nasal: relato de caso / Tetracaine systemic toxicity following topical instillation on the nasal mucosa: case report
Fonte: Rev. bras. anestesiol;46(4):282-4, jul.-ago. 1996.
Idioma: pt.
Descritores: Administração Tópica
Anestesia Local/efeitos adversos
Mucosa Nasal/efeitos dos fármacos
Tetracaína/administração & dosagem
Tetracaína/toxicidade
Limites: Seres Humanos
Masculino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR14.1 - Biblioteca Central


  7 / 12 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Souza, Silvia Regina de
Id: lil-123796
Autor: Nascimento, Ari Bassi do; Rezende, Dione de; Souza, Silvia Regina de; Florenzano, Anna Paula.
Título: Papel do gosto e do cheiro no controle do comportamento alimentar de ratos privados e näo privados / Effects of taste and smell in control of food behavior in privated and non privated rats
Fonte: Semina;11(2):101-7, jun. 1990. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Neste experimento utilizou-se como sujeitos 24 ratos wistar que foram divididos em 4 grupos: näo-privados e privados de 25,50 e 75% da quantidade de raçäo diariamente, com 6 sujeitos em cada grupo. Os ratos receberam diariamente, durante 20 min, uma proveta contendo "leite condensado". Durante as 5 sessöes de linha de base registrou-se a quantidade de soluçäo ingerida pelos sujeitos dos 4 grupos. Na sexta sessäo administrou-se tetracaína (anestésico tópico) na boca e no nariz de todos os ratos e mediu-se a ingestäo de "leite condensado". Os resultados mostraram que o consumo de soluçäo do grupo controle caiu 50% em relaçäo à linha de base. Nos grupos privados, a supressäo da ingestäo parece ter sido dependente do grau de privaçäo a que os ratos foram submetidos. Mas o grupo privado de 75% de raçäo diariamente näo apresentou nenhuma reduçäo da ingestäo. Isso sugere que sob uma condiçäo de privaçäo severa, os efeitos do gosto e do cheiro exercem pouco ou nenhum controle sobre o comportamento alimentar. Esses resultados sugerem que o comportamento alimentar pode ser mediado por mecanismos regulatórios e hedônicos. Esses últimos parecem estar ausentes no caso de uma privaçäo severa
Descritores: Comportamento Apetitivo
Comportamento Animal
Olfato
Paladar
-Tetracaína
Limites: Ratos
Animais
Responsável: BR16.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde


  8 / 12 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Romäo, Erasmo
Rodrigues, Maria de Lourdes Veronese
Id: lil-82711
Autor: Romäo, Erasmo; Lauretti Filho, Argemiro; Souza, Nivaldo Vieira de; Rodrigues, Maria de Lourdes Veronese.
Título: Lesäo corneana grave produzida por anestésico tópico / Grave corneal lesion produced by topical anesthetic
Fonte: Rev. bras. oftalmol;48(4):255-7, ago. 1989. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Os autores apresentam o caso de um paciente que teve graves lesöes corneanas pelo uso de tetracaina tópica. Recomendam que colírios anestésicos sejam fornecidos só com receita médica
Descritores: Anestésicos Locais/efeitos adversos
Doenças da Córnea/induzido quimicamente
Tetracaína/efeitos adversos
-Automedicação/efeitos adversos
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR734.1 - Biblioteca Central Cesar Lattes - BCCL


  9 / 12 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-65923
Autor: Fuente A., María Quina de la; Luzio C., Sandra; Ferres Garrido, Alvaro; Guerrero A., Sergio.
Título: Estudio comparativo de la acción anestésica tópica de Bupivacaína, Etidocaína y Tetracaína / Comparative study of the topical anesthetic action of Bupivacaine, Etidocaine and Tetracaine
Fonte: Rev. Fac. Odontol. Univ. Chile;4(1):20-4, ene.-jun. 1986. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Los anestésicos locales Bupivacaína y Etidocaína, aunque poseen una gran actividad y prolongada duración de su efecto, no tienen aplicación clínica como anestésicos de uso tópico. En esta investigación se estudia comparativamente con Tetracaína, la capacidad de estas sustancias de bloquear los impulsos sensitivos que se generan en la superficie corneal. Se utilizó el test de inhibición de reflejo corneal en el conejo, método que permite determinar tanto la duración como la intensidad del efecto anestésico tópico. Los resultados confirmaron observaciones previas y mostraron que Bupivacaína y Etidocaína bloquean la vía aferente de este reflejo con concentraciones milimolares y su actividad fue semejante a la de Tetracaína. La duración del efecto máximo (anestesia completa) varió entre 22 y 24 minutos, mientras que la depresión parcial del reflejo corneal se prolongó 80 a 100. Estos resultados sugieren que Bupivacaína y Etidocaína ejercen una potente acción anestésica sobre las superficies mucosas y por consiguiente, es necesario su estudio clínico en la mucosa bucal
Descritores: Bupivacaína/farmacologia
Etidocaína/farmacologia
Tetracaína/farmacologia
-Anestésicos Locais/farmacologia
Piscadela/efeitos dos fármacos
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  10 / 12 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-63149
Autor: Imbeloni, Luiz Eduardo; Iepsen, C. G; Maia, C. P.
Título: Anestesia subaracnóide para RTU de próstata: tetracaína comparada com bupivacaína / Spinal anesthesia: tetracaine versus bupivacaine in transurethral resection of the prostate
Fonte: Rev. bras. anestesiol;38(3):185-8, maio-jun. 1988. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Bupivacaína 0,5% em glicose 8% foi comparada com tetracaína 1% em glicose 10%, em anestesia espinhal para cirurgias urológicas em posiçäo de litotomia. Näo houve diferença significativa em relaçäo ao nível máximo de bloqueio sensitivo, tempo de latência e duraçäo de açäo da anestesia. O início do bloqueio motor dos membros inferiores foi significativamente menor com a tetracaína. O bloqueio motor completo das extremidades inferiores desenvolveu-se mais rapidamente no grupo da tetracaína. A anestesia espinhal com 15 mg de tetracaína ou 15 mg de bupivacaína hiperbárica proporciona analgesia satisfatoria para ressecçäo transuretral de próstata
Descritores: Anestesia por Condução
Raquianestesia
Bupivacaína
Prostatectomia
Tetracaína
-Espaço Subaracnóideo
Limites: Idoso
Seres Humanos
Masculino
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR14.1 - Biblioteca Central



página 1 de 2 ir para página        
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde