Base de dados : LILACS
Pesquisa : D02.241.223.100.400.880.400 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 7 [refinar]
Mostrando: 1 .. 7   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 7 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1040236
Autor: Selistre, Luciano da Silva; Cochat, Pierre; Rech, Dener lizot; Parant, François; Souza, Vandréa Carla de; Dubourg, Laurence.
Título: Association between glomerular filtration rate (measured by high-performance liquid chromatography with iohexol) and plasma oxalate / Associação entre taxa de filtração glomerular (medida por cromatografia liquida de alto desempenho com iohexol) e oxalato plasmático
Fonte: J. bras. nefrol;40(1):73-76, Jan.-Mar. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Introduction: Secondary hyperoxalemia is a multifactorial disease that affects several organs and tissues in patients with native or transplanted kidneys. Plasma oxalate may increase during renal failure because it is cleared from the body by the kidneys. However, there is scarce evidence about the association between glomerular filtration rate and plasma oxalate, especially in the early stages of chronic kidney disease (CKD). Methods: A case series focuses on the description of variations in clinical presentation. A pilot study was conducted using a cross-sectional analysis with 72 subjects. The glomerular filtration rate (GFR) and plasma oxalate levels were measured for all patients. Results: Median (IQR) GFR was 70.50 [39.0; 91.0] mL/min/1.73 m2. Plasma oxalate was < 5.0 µmol/L in all patients with a GFR > 30 mL/min/1.73m2. Among the 14 patients with severe CKD (GFR < 30 mL/min/1.73 m2) only 4 patients showed a slightly increased plasma oxalate level (between 6 and 12 µmol/L). Conclusion: In non-primary hyperoxaluria, plasma oxalate concentration increases when GFR < 30mL/min/1.73 m2 and, in our opinion, values greater than 5 µmol/L with a GFR > 30 mL/min/1.73 m2 are suggestive of primary hyperoxaluria. Further studies are necessary to confirm plasma oxalate increase in patients with low GFR levels (< 30mL/min/1.73 m2).

RESUMO Introdução: A hiperoxalemia secundária é uma doença multifatorial que afeta vários órgãos e tecidos em pacientes com rins nativos ou transplantados. O oxalato plasmático pode aumentar durante a insuficiência renal porque é eliminado do corpo pelos rins. No entanto, há evidências escassas sobre a associação entre taxa de filtração glomerular e oxalato plasmático, especialmente nos estágios iniciais da doença renal crônica (DRC). Métodos: uma casuística centrada na descrição das variações na apresentação clínica. Foi realizado um estudo piloto a partir da análise transversal com 72 indivíduos. As taxas de filtração glomerular (TFG) e os níveis plasmáticos de oxalato foram medidos para todos os pacientes. Resultados: A TFG mediana (IIQ) foi de 70,50 [39,0; 91,0] mL/min/1,73 m2. O nível plasmático de oxalato foi < 5,0 µmol/L em todos os pacientes com TFG > 30 mL/min/1,73 m2. Entre os 14 pacientes com DRC grave (TFG < 30 mL/min/1,73 m2), apenas quatro apresentaram ligeiro aumento do nível plasmático de oxalato (entre 6 e 12 µmol/L). Conclusão: Na hiperoxalúria não primária, a concentração plasmática de oxalato aumenta quando TFG < 30 mL/min/1,73 m2 e, em nossa opinião, valores superiores a 5 µmol/L com TFG > 30 mL/min/1,73 m2 sugerem presença de hiperoxalúria primária. Estudos adicionais são necessários para confirmar o aumento do oxalato plasmático em pacientes com níveis baixos de TFG (< 30 mL/min/1,73 m2).
Descritores: Oxalatos/sangue
Iohexol/metabolismo
Cromatografia Líquida de Alta Pressão
Insuficiência Renal Crônica/fisiopatologia
Insuficiência Renal Crônica/sangue
Taxa de Filtração Glomerular
-Projetos Piloto
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Barbosa, Dulce Aparecida
Cabral, Ivone Evangelista
Texto completo
Id: lil-756536
Autor: Egry, Emiko Yoshikawa; Barbosa, Dulce Aparecida; Cabral, Ivone Evangelista.
Título: As diversas faces da Integridade em Pesquisa: por uma Enfermagem íntegra! / The many sides of Research Integrity: For Integrity in Nursing! / Los diferentes rostros de la Integridad en Investigación: ¡por una Enfermería íntegra!
Fonte: Rev. bras. enferm;68(3):375-377, maio-jun. 2015.
Idioma: pt.
Descritores: Aorta Abdominal
Meios de Contraste
Iodo/administração & dosagem
Iodo/sangue
Fígado
Veia Porta
Tomografia Computadorizada por Raios X/métodos
-Meios de Contraste/administração & dosagem
Meios de Contraste/metabolismo
Relação Dose-Resposta a Droga
Iohexol/administração & dosagem
Iohexol/análogos & derivados
Iohexol/metabolismo
Estudos Prospectivos
Reprodutibilidade dos Testes
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Estudo Comparativo
Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-656826
Autor: Chicaíza-Becerra, Liliana Alejandra; García-Molina, Mario; Gamboa, Óscar.
Título: Cost-effectiveness of iso- versus low-osmolality contrast media in outpatients with high risk of contrast medium-induced nephropathy / Costo-efectividad de medios de contraste isoosmolales e hiposmolales en pacientes con alto riesgo de nefropatía inducida por medio de contraste
Fonte: Biomédica (Bogotá);32(2):182-188, abr.-jun. 2012. ilus.
Idioma: en.
Resumo: Introduction. Contrast media can cause acute renal failure by direct toxic effects on the tubular cells and kidney ischemia. Diabetics and hospitalized patients have a greater risk of developing contrast-induced nephropathy than the general population. Objective. The cost effectiveness of iso and low-osmolality contrast media was assessed in high risk outpatients. Materials and methods. The analysis was based on a systematic literature review comparing the nephrotoxic effects of iso- to low-osmolality contrast media. Only direct costs were considered; these were obtained from the official tariff manual. Incremental cost-effectiveness ratios, efficiency curves and acceptability curves were calculated. Univariate sensitivity analyses were performed for costs and effects, as well as probabilistic analyses. Zero and 3% discounts were applied to results. The cost-effectiveness threshold was equal to the per capita GDP per life-year gained. Results. Alternatives with Iopamidol and Iodixanol are preferable to the others, because both reduce risk of contrast-induced nephropathy and are less costly. The incremental cost-effectiveness of the Iodixanol alternative compared to the Iopamidol alternative is US$ 14,660 per additional life year gained; this is more than twice the threshold. Conclusion. The low-osmolality contrast medium, Iopamidol, appears to be cost-effective when compared with Iohexol or other low-osmolality contrast media (Iopromide, Iobitridol, Iomeprol, Iopentol and Ioxilan) in contrast-induced nephropathy, high-risk outpatients. The choice of the iso-osmolality contrast medium, Iodixanol, depends on its cost per vial and on the willingness to pay.

Introducción. Los medios de contraste pueden provocar falla renal aguda por toxicidad directa sobre las células tubulares e isquemia medular renal. Los pacientes diabéticos y los hospitalizados presentan mayor riesgo de desarrollar nefropatía inducida por medios de contraste que la población general. Objetivo. Establecer el costo-efectividad de los medios de contraste isosmolales e hiposmolales en pacientes con alto riesgo. Materiales and métodos. El análisis se basó en una revisión sistemática de la literatura científica, comparando los efectos nefrotóxicos de los medios isosmolales e hipoosmolales. Se consideraron sólo los costos directos, obtenidos del manual tarifario. Se calcularon las tasas del incremento del costo-efectividad, las curvas de eficiencia y de aceptabilidad. Se hicieron análisis univariados de sensibilidad para costos y efectos, así como probabilísticos. Se aplicaron tasas de descuento de 0 y 3 % a los resultados. Se usó como umbral de costo-efectividad por año de vida ganado, el producto interno bruto per cápita. Resultados. Las alternativas con Iopamidol y Iodixanol dominan a las demás porque reducen el riesgo de nefropatía inducida por contraste a un menor costo. La razón del incremento del costo-efectividad del iodixanol comparado con el iopamidol es de US$ 14.660 por año de vida ganado que más que duplica el umbral. Conclusión. El medio de baja osmolalidad, iopamidol, parece ser costo-efectivo comparado con iohexol u otros medios hiposmolares (iopromide, iobitridol, iomeprol, iopentol y ioxilan), en pacientes con alto riesgo de nefropatía inducida por contraste. La elección del medio hiposmolar, depende de la disponibilidad a pagar o del costo por ampolleta.
Descritores: Lesão Renal Aguda/induzido quimicamente
Meios de Contraste/economia
-Lesão Renal Aguda/epidemiologia
Lesão Renal Aguda/prevenção & controle
Lesão Renal Aguda/terapia
Análise Custo-Benefício
Colômbia/epidemiologia
Meios de Contraste/efeitos adversos
Meios de Contraste/química
Árvores de Decisões
Custos de Medicamentos/estatística & dados numéricos
Gastos em Saúde
Hospitalização/economia
Reembolso de Seguro de Saúde/economia
Iohexol/efeitos adversos
Iohexol/análogos & derivados
Iohexol/química
Iohexol/economia
Iopamidol/efeitos adversos
Iopamidol/química
Iopamidol/economia
Tempo de Internação/economia
Programas Nacionais de Saúde/economia
Concentração Osmolar
Pacientes Ambulatoriais
Risco
Diálise Renal/economia
Diálise Renal
Ácidos Tri-Iodobenzoicos/efeitos adversos
Ácidos Tri-Iodobenzoicos/química
Ácidos Tri-Iodobenzoicos/economia
Limites: Idoso
Feminino
Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Research Support, Non-U.S. Gov't
Revisão
Responsável: CO332 - Facultad de Medicina


  4 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-461637
Autor: Kirsztajn, Gianna Mastroianni.
Título: Avaliação do ritmo de filtração glomerular / Assessment of glomerular filtration rate
Fonte: J. bras. patol. med. lab;43(4):257-264, ago. 2007. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A medida do ritmo de filtração glomerular (RFG) é a prova laboratorial mais utilizada na avaliação da função renal. Para tanto, usam-se marcadores indiretos, como as determinações de creatinina e cistatina C no sangue, ou procede-se à determinação do RFG propriamente dito, com indicadores como inulina; contrastes iodados, marcados ou não; e outras substâncias. O exame mais solicitado para avaliação do RFG no laboratório de patologia clínica é a dosagem da creatinina sérica. Em algumas condições, entretanto, o resultado encontrado da creatinina sérica deve ser corrigido (através da utilização de fórmulas que levam em consideração características próprias do indivíduo) para ser devidamente interpretado. De fato, a inulina ainda é vista como marcador ideal de filtração glomerular, mas seu uso não se destina à prática clínica, de modo que ainda hoje persiste a busca por testes adequados para uso rotineiro.

Glomerular filtration rate (GFR) determination is the most frequently used laboratorial test to evaluate renal function. Indirect markers as blood determination of creatinine and cystatin C are used with this purpose, as well as the direct determination of GFR, with indicators like inulin; iodated contrasts, radioactive or not; and others. Serum creatinine is the test that is most commonly performed in order to evaluate GFR in the clinical pathology laboratory. However, in some conditions, aiming at the adequate interpretation of the test, the result of serum creatinine must be corrected (by using formulas that include individual characteristics of the subjects). In fact, inulin is still seen as the ideal marker of glomerular filtration, but its use is not directed to clinical practice; then the search for appropriate tests for routine use continues.
Descritores: Cistatinas/imunologia
Cistatinas
Creatinina/imunologia
Creatinina
Taxa de Filtração Glomerular/imunologia
-Ácido Iotalâmico/farmacocinética
Inulina/farmacocinética
Iohexol/farmacocinética
Taxa de Depuração Metabólica/fisiologia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR14.1 - Biblioteca Central


  5 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-417673
Autor: Nishimori, Celina Tie; Nunes, Newton; Leite, Alessandra Valeiro; Paula, Danielli Parrilha de; Rezende, Márlis Langenegger de; Souza, Almir Pereira de; Santos, Paulo Sérgio Patto dos.
Título: Propofol ou sevofluorano sobre variáveis hemodinâmicas em cães submetidos à administração subaracnóidea de iohexol / Propofol or sevoflurane upon hemodynamic variables in dogs submitted to subarachnoid administration of iohexol
Fonte: Ciênc. rural;35(6):1345-1350, nov.-dez. 2005. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Avaliaram-se os efeitos do propofol ou sevofluorano sobre variáveis hemodinâmicas, em cães submetidos à mielografia. Para tanto, utilizaram-se trinta animais distribuídos em dois grupos de igual número, denominados GP e GS. Os animais do GP receberam propofol (10mg kg-1) por via intravenosa para intubação orotraqueal, e imediatamente após, administrou-se continuamente, por meio de bomba de infusão, propofol (0,55 ± 0,15mg kg-1 min-1). Decorridos 30 minutos, foi colhido liquor na cisterna magna e o meio de contraste iohexol foi injetado. No GS empregou-se a mesma metodologia adotada para o GP, utilizando indução anestésica pela administração de sevofluorano a 2,5 CAM, com o uso de máscara naso-oral vedada e manutenção com 1,5 CAM. As variáveis estudadas foram freqüência cardíaca (FC), pressões arteriais sistólica, diastólica e média (PAS, PAD e PAM, respectivamente), débito cardíaco (DC), volume sistólico (VS), pressão venosa central (PVC), freqüência respiratória (f), concentração de dióxido de carbono ao final da expiração (ETCO2) e saturação de oxihemoglobina (SpO2). As mensurações das variáveis foram realizadas imediatamente após a colheita do liquor (M1), logo após a aplicação de iohexol (M2), seguida das demais em intervalos de 10 minutos, durante uma hora. Utilizazou-se a Análise de Variância (ANOVA) seguida pelo teste F como métodos estatísticos, considerando p<0,05. Houve redução da pressão arterial em ambos os grupos, sendo menos intensa no grupo que recebeu propofol. No GS, observou-se redução da FC e aumento do DC e do VS. Referente a ETCO2 as médias do GP foram superiores às do GS. Os resultados obtidos permitiram concluir que tanto o propofol como o sevofluorano não promovem alterações hemodinâmicas que comprometam a técnica de mielografia.
Descritores: Anestesia
Cães
Iohexol
Mielografia
Propofol
Limites: Animais
Responsável: BR409.1 - Biblioteca


  6 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-231562
Autor: Ramírez Núñez, Alfredo.
Título: Consideraciones en relación a medios de contraste yodados y su aplicación en cardiología intervencional / Considerations in relation to iodine contrast medium and it use in interventional cardiology
Fonte: Cardiol. clín;13(2):66-8, mayo-ago. 1996. tab.
Idioma: es.
Descritores: Meios de Contraste
Radiografia Intervencionista/métodos
-Hemodinâmica
Iohexol/farmacocinética
Iopamidol/farmacocinética
Limites: Humanos
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  7 / 7 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-92494
Autor: Vieira, Marcelo Vasconcellos; Miranda, Gabriel Tamaio F. de; Abreu, Armando de.
Título: Mielografia com pacientes ambulatoriais / Outpatients myelography
Fonte: Rev. bras. ortop;25(10):337-40, out. 1990. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Foi realizado um estudo prospectivo em 187 pacientes que se submeteram a mielografia lombar no Hospital Independência de Porto Alegre, usando 10ml de iohexol (240mg I/ml), com a finalidade de determinar a possibilidade desse exame ser realizado a nível ambulatorial com total segurança para o paciente. Apenas dois pacientes tiveram que ser readmitidos no hospital devido à severidade dos efeitos colaterais, os quais foram reorientados e permaneceram em observaçäo recebendo medicaçäo sintomática por 48h. A mielografia lombar em pacientes ambulatoriais é um procedimento seguro desde que seja feita uma seleçäo de pacientes, um aconselhamento adequado e que exista fácil acesso a socorro médico a nível hospitalar para qualquer problema que se seguir ao exame, resultando numa considerável economia no custo do exame mielográfico
Descritores: Assistência Ambulatorial
Mielografia
-Idoso de 80 Anos ou mais
Iohexol
Iohexol/efeitos adversos
Estudos Prospectivos
Limites: Humanos
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Masculino
Feminino
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde