Base de dados : LILACS
Pesquisa : D02.241.444 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 9 [refinar]
Mostrando: 1 .. 9   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 9 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1048843
Autor: Rosa, Danielle Medina; Nóbrega, Lúcia Helena Pereira; Mauli, Márcia Maria; Lima, Gislaine Piccolo de; Spiassi, Ariane; Meneguetti, Adriana Maria.
Título: Physical and chemical properties of an oxisol after maize cropping on rotation with leguminous plants / Propriedades físicas e químicas de um latossolo ver melho durante o cultivo do milho após rotação com plantas leguminosas
Fonte: Biosci. j. (Online);35(4):1120-1130, july/aug. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Crop rotation has been a daily management to ensure viability of no-tillage system; however, it is few accepted and practiced by farmers. Thus, this study aims to establish a crop rotation scheme in soil quality. Consequently, cover crops of dwarf mucuna, pigeon pea dwarf, sun hemp and maize were cropped in 2010 under no-tillage system. Soil properties were determined prior their beginning, after the management of cover crops and maize harvest. Results were submitted to ANOVA and averages were compared. The macroporosity and total porosity answered to the adopted management with some variation. So, cover crops need much time to express their potential, mainly related to the physical characteristics of the studied soil. Chemical properties are susceptible to this management since higher changes were observed after management with cover crops. This crop rotation in a long term may allow the maintenance of soil quality because it avoids losses of nutrients and carbon

A rotação de culturas é ação básica para garantir a viabilidade do sistema plantio direto, porém, é pouco aceita e praticada pelos agricultores. Assim, este trabalho teve por objetivo estabelecer o esquema de rotação de culturas sobre a qualidade do solo. Para isso, sob sistema plantio direto, foramimplantadas, em 2010, as plantas de cobertura mucuna anã, feijão guandu anão, crotalaria juncea, e a cultura do milho. As propriedades do solo foram determinadas anteriormente à implantação, após o manejo da cobertura vegetal e após a colheita do milho. Os resultados encontrados foram submetidos à análise de variância e a comparação de médias. As plantas de cobertura podem precisar de mais tempo para que expressem seu potencial, principalmente relacionado às características físicas do solo, embora tenha sido observada variação da porosidade total e macroporosidade. As propriedades químicas são sensíveis ao manejo empregado, já que maiores alterações foram observadas após o manejo com as plantas de cobertura. Mesmo que não possibilite aumento significativo no teor de C no solo, o uso desta rotação, em longo prazo, poderá permitir a manutenção da qualidade do solo, evitando perdas de nutrientes e carbono
Descritores: Zea mays
Rotação de Cultivos
Crotalaria
Cajanus
Mucuna
Substâncias Húmicas
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  2 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-964870
Autor: Soares, Paula Fernanda Chaves; Zuchello, Fernando; Anjos, Lúcia Helena Cunha dos; Pereira, Marcos Gervasio; Oliveira, Ana Paula Pessim de.
Título: Soil attributes and c and n variation in histosols under different agricultural usages in the state of Rio de Janeiro, Brazil / Atributos edáficos e variação de c e n em organossolos sob diferentes usos agrícolas no estado do Rio de Janeiro, Brasil
Fonte: Biosci. j. (Online);31(5):1349-1362, sept./oct. 2015.
Idioma: en.
Resumo: Histosols are a natural reservoir of C in the soil, and their drainage followed by other farming practices leads to subsidence and soil organic matter transformations. The objective of this study was to evaluate the influence of use and management of Histosols, by means of: characterizing chemical and physical properties, and the content of SOM and humic fractions; and quantifying C and N stocks. In addition, to obtain preliminary data on greenhouse gas emissions (CO2, N2O) in Histosol areas with different agricultural practices. Three areas were selected with similar soil and environment, two in Macaé municipality, under pasture, and with bean annual crop rotation, and the third in Santa Cruz, Rio de Janeiro city, cultivated with cassava (Manihot esculenta). The attributes evaluated were: physical - bulk density (BD), particle density (Dp), organic matter density (OMD), mineral matter (MM), mineral residue (MR), aggregate stability; and chemical - pH, exchangeable cations, soil organic matter (SOM), carbon in the humin (HUM-C), humic acid (HAF-C) and fulvic acid (FAF-C) fractions; stocks of C and N; and flux of CO2 and N2O. In general, the area cultivated with cassava had the highest values for exchangeable cations, as a result of fertilizer and soil management practices. The cassava site showed the highest values of BD and Dp; total volume of pores; MM, MR and OMD and higher degree of transformation of SOM; indicating higher alteration of Histosols properties under this usage. In all sites, the C levels indicated dominance of humin fraction. The SOM and C and N stocks were highest in the pasture, indicating preservation of organic matter, with values from 115.92 to 99.35Mg ha-1 of C e 8.35 to 4.45 Mg ha-1 for N. The values of CO2-C flux were within the range proposed by the IPCC, where the highest emission was 0.09 Mg CO2 ha-1 day-1 in the pasture site. The values of N2O-N flux were lower than proposed by the IPCC, with the highest value (270 g N2O-N m-2 day-1) in the area under beans (crop rotation). In general, the multivariate analyses discriminated the sites and the pasture was the usage that least affected the Histosols properties.

Os Organossolos são reservatório natural de C no solo e sua drenagem seguida por práticas agrícolas leva a subsidência e transformações na matéria orgânica do solo. O objetivo do estudo é avaliar a influencia do uso e manejo de Organossolos, através da: caracterização de propriedades químicas e físicas, conteudo de matéria orgânica do solo e frações húmicas; e quantificação de estoques de C e N. Ainda, obter dados preliminares sobre emissão de gases de efeito estufa (CO2, N2O) em áreas de Organossolos com diferentes usos agrícolas. Foram selecionadas três áreas com solos e ambientes semelhantes, duas no município de Macaé, sob pastagem e feijão com rotação de lavouras, e a terceira em Santa Cruz na cidade do Rio de Janeiro, com mandioca (Manihot esculenta). Os atributos avaliados foram: físicos - densidade do solo (Ds), densidade de partículas (Dp), densidade de matéria orgânica (DMO), material mineral (MM), resíduo mineral (RM), estabilidade de agregados; químicos - pH, cátions trocáveis, matéria orgânica do solo (MOS), carbono nas frações humina (HUM-C), ácido húmico (FAH-C) e ácido fúlvico (FAF-C); estoques de C e N; e fluxo de CO2 e N2O. A área de mandioca apresentou maiores valores de cátions trocáveis como resultado das práticas de adubação e manejo do solo. A área de mandioca apresentou Ds e Dp, volume total de poros, e valores de MM e RM e DMO mais elevados, e maior grau de transformação da matéria orgânica, indicando maior alteração das propriedades do Organossolo com esse uso. Em todas as áreas, os teores de C indicaram predomínio da humina. Os valores de MOS e estoques de C e N foram maiores na pastagem, indicando melhor preservação da matéria orgânica, com valores variando de 115,92-99,35Mg ha-1 de C e 8,35-4,45 Mg ha-1para N. Os valores de fluxo de CO2 estão de acordo com o IPCC, sendo o mais elevado de 0,09 mg de CO2 ha-1 dia- 1 na pastagem. Para N2O os fluxos foram menores que o proposto pelo IPCC, com o maior valor de 270 g N2O -N m-2 dia-1 na área com feijão. Em geral, a análise multivariada discriminou as áreas e a pastagem foi o uso que menos afetou as propriedades dos Organossolos.
Descritores: Solo
Dióxido de Carbono
Pastagens
Gases de Efeito Estufa
Matéria Orgânica
Substâncias Húmicas
-Manihot
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  3 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-727027
Autor: Tavares, Rose Luiza Moraes; Nahas, Ely.
Título: Humic fractions of forest, pasture and maize crop soils resulting from microbial activity
Fonte: Braz. j. microbiol;45(3):963-969, July-Sept. 2014. tab.
Idioma: en.
Resumo: Humic substances result from the degradation of biopolymers of organic residues in the soil due to microbial activity. The objective of this study was to evaluate the influence of three different ecosystems: forest, pasture and maize crop on the formation of soil humic substances relating to their biological and chemical attributes. Microbial biomass carbon (MBC), microbial respiratory activity, nitrification potential, total organic carbon, soluble carbon, humic and fulvic acid fractions and the rate and degree of humification were determined. Organic carbon and soluble carbon contents decreased in the order: forest > pasture > maize; humic and fulvic acids decreased in the order forest > pasture=maize. The MBC and respiratory activity were not influenced by the ecosystems; however, the nitrification potential was higher in the forest than in other soils. The rate and degree of humification were higher in maize soil indicating greater humification of organic matter in this system. All attributes studied decreased significantly with increasing soil depth, with the exception of the rate and degree of humification. Significant and positive correlations were found between humic and fulvic acids contents with MBC, microbial respiration and nitrification potential, suggesting the microbial influence on the differential formation of humic substances of the different ecosystems.
Descritores: Bactérias/crescimento & desenvolvimento
Bactérias/metabolismo
Substâncias Húmicas/análise
Microbiologia do Solo
Solo/química
-Agricultura
Carbono/análise
Florestas
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-727020
Autor: Valero, Nelson; Gómez, Liliana; Pantoja, Manuel; Ramírez, Ramiro.
Título: Production of humic substances through coal-solubilizing bacteria
Fonte: Braz. j. microbiol;45(3):911-918, July-Sept. 2014. ilus, graf.
Idioma: en.
Resumo: In this paper, the production of humic substances (HS) through the bacterial solubilization of low rank coal (LRC) was evaluated. The evaluation was carried out by 19 bacterial strains isolated in microenvironments with high contents of coal wastes. The biotransformed LRC and the HS produced were quantified in vitro in a liquid growth medium. The humic acids (HA) obtained from the most active bacterial strain were characterized via elemental composition (C, H, N, O), IR analyses, and the E4/E6 ratio; they were then compared with the HA extracted chemically using NaOH. There was LRC biotransformation ranged from 25 to 37%, and HS production ranged from 127 to 3100 mg.L-1. More activity was detected in the isolated strains of Bacillus mycoides, Microbacterium sp, Acinetobacter sp, and Enterobacter aerogenes. The HA produced by B. mycoides had an IR spectrum and an E4/E6 ratio similar to those of the HA extracted with NAOH, but their elemental composition and their degree of aromatic condensation was different. Results suggest that these bacteria can be used to exploit the LRC resulting from coal mining activities and thus produce HS in order to improve the content of humified organic matter in soils.
Descritores: Bactérias/metabolismo
Carvão Mineral
Substâncias Húmicas/análise
-Biotransformação
Bactérias/isolamento & purificação
Elementos
Microbiologia Ambiental
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-445776
Autor: De Julio, Marcelo; Neves, Eduardo Fausto de Almeida; Trofino, Julio Cesar; Di Bernardo, Luiz.
Título: Emprego do reagente de fenton como agente coagulante na remoção de substâncias húmicas de água por meio da flotação por ar dissolvido e filtração / Fenton's reagent as coagulant agent on removing humic substances from water through dissolved air flotation and filtration
Fonte: Eng. sanit. ambient;11(3):260-268, jul.-set. 2006. graf, tab.
Idioma: pt.
Projeto: FAPESP; . CNPq.
Resumo: O reagente de Fenton foi empregado como agente coagulante no tratamento de água com cor verdadeira elevada (100 ± 5 uH) causada pela introdução de substâncias húmicas extraídas de turfa, empregando-se a flotação por ar dissolvido. Otimizou-se o par de valores dosagem de coagulante x pH de coagulação para posterior construção dos diagramas de coagulação, obtendo-se eficiências de remoção de cor aparente pouco superiores a 60 por cento. Procurou-se simular um tratamento em ciclo completo, realizando-se ensaio de filtração em areia após flotação, obtendo-se efluente de excelente qualidade, apresentando cor aparente, turbidez e absorvância a 253,7 nm remanescentes menores ou iguais a 2 uH, 0,40 uT e 0,009 cm-1, respectivamente, e ferro total residual < 0,005 mg/L e COD < 0,001 mg/L.

Fenton's reagent was used as coagulant agent to treat water with high true color (100 ± 5 HU) caused by the introduction of humic substances extracted from peat, using dissolved air flotation. The pair value of coagulant dosage x coagulation pH was optimized to posterior construction of coagulation diagrams, reaching apparent color removal efficiency slightly superior to 60 percent. It was tried to simulate a treatment with complete cycle, carrying out an experiment with sand filtration after flotation, obtaining an effluent with excellent quality, presenting remnant apparent color, turbidity and absorbance of 253.7 nm less or equal to 2 HU, 0.40 TU and 0.009 cm-1, respectively, and residual total iron< 0.005 mg/L and DOC < 0.001 mg/L.
Descritores: Coagulantes (Tratamento da Água)
Água Potável
Flotação
Substâncias Húmicas
Oxidantes
Qualidade da Água
Purificação da Água
Responsável: BR559.1 - Centro de Informação e Documentação em Saúde


  6 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-430200
Autor: Tangerino, Edson Pereira; Di Bernardo, Luiz.
Título: Remoção de substâncias húmicas por meio da oxidação com ozônio e peróxido de hidrogênio e FiME / Removal of humic substances by means of oxidation with ozone and hydrogen peroxide and FiME
Fonte: Eng. sanit. ambient;10(4):290-298, out.-dez. 2005. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: A filtração em múltiplas etapas (FiME) se apresenta como uma alternativa para realizar o tratamento de água de comunidades de pequeno porte, entretanto, a eficiência quanto à remoção de cor verdadeira associada ao carbono orgânico dissolvido (COD) ou às substâncias húmicas, tem sido questionada ou relatada como baixa. A presente pesquisa avaliou a remoção de substâncias húmicas na FiME com pré-oxidação, com ozônio e peróxido de hidrogênio, utilizando para essa avaliação parâmetros indiretos como cor verdadeira, absorvância UV (254 nm) e COD. Foram realizados cinco ensaios, utilizando quatro filtros lentos, sendo dois com camada de carvão ativado granular (CAG). Foram ensaiadas várias alternativas de pré-oxidação com ozônio e peróxido de hidrogênio. Foram obtidos bons resultados, tendo como principal conclusão que os filtros lentos com CAG, precedidos de oxidação com ozônio e depois peróxido de hidrogênio, apresentaram remoção média de cor verdadeira de 64 por cento, mas que o peróxido de hidrogênio afeta o desenvolvimento da camada biológica, interferindo no desenvolvimento da perda de carga, na remoção de turbidez, na remoção de coliformes e na remoção de substâncias húmicas.
Descritores: Substâncias Húmicas
Peróxido de Hidrogênio
Oxidação
Ozônio
Filtros de Areia
Filtração Lenta
Substâncias Húmicas
Purificação da Água/métodos
Desinfecção da Água
Tipo de Publ: Estudos de Avaliação
Responsável: BR559.1 - Centro de Informação e Documentação em Saúde


  7 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-415869
Autor: Campos, Sandro Xavier; Di Bernardo, Luiz; Vieira, Eny M.
Título: Influência das características das substâncias húmicas na eficiência da coagulação com sulfato de alumínio / The influence of humic substances characteristics on the coagulation efficiency using aluminum sulfate
Fonte: Eng. sanit. ambient;10(3):194-199, jul.-set. 2005. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Neste trabalho foi estudada a influência das características das substâncias húmicas (SH), em especial a massa molar das moléculas, na eficiência da coagulação com o uso do sulfato de alumínio. Utilizando-se de água proveniente de poço profundo, foram preparadas quatro águas de estudo, todas com cor verdadeira de aproximadamente 100 uH. As SH foram extraídas de turfa e fracionadas em massas molares: i) SH filtradas em membranas de 0,45 æm; ii) SH filtradas em membranas de 0,45 æm e maiores que 100 kDa, iii) SH com moléculas entre 30 e 100 kDa; iv) SH com moléculas menores do que 30 kDa. Verificou-se que quanto maior a massa molar das SH maior foi a eficiência de remoção da cor aparente, com as menores dosagens de coagulante.O pH de coagulação ótimo, esteve entre 6,0 e 7,0, para todas as águas de estudo. Os estudos da porcentagem de ácido húmico (AH) e ácido fúlvico (AF) presentes em cada fração de diferente massa molar mostraram que quanto maior foi à porcentagem de AF presente, maior foi à dosagem de coagulante exigida para se obter os melhores resultados de remoção da cor aparente.
Descritores: Sulfato de Alumínio
Coagulação (Tratamento da Água)
Substâncias Húmicas
Cor da Água
Purificação da Água
Tipo de Publ: Estudos de Avaliação
Responsável: BR559.1 - Centro de Informação e Documentação em Saúde


  8 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Rezende, Maria Olímpia de O
Id: lil-198303
Autor: Londgraf, Maria Diva; Rezende, Maria Olímpia de O.
Título: Physicochemical characterization of humic acid extracted from vermicomposting obtained by animal manure
Fonte: Ciênc. cult. (Säo Paulo);49(1/2):117-20, jan.-abr. 1997. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Humic acid extracted from vermicomposting (VHA), originated by animal manure and treated with Eisenia foetida or Lumbricus rubellus, was chemically characterized concernings its elemental composition, cation exchange capacity, carboxylic and phenolic acidity, molar absorption by UV-Vis spectroscopy, and main functional groups by FTIR spectrometry. Vermicompost is the stabilized product from vermicomposting. The isolated VHA was compared to other humic acid samples extracted from peat and from different soils. VHA presented a high nitrogen content. Due to low cost, large amount of raw material, and favorable climatic condiditons, vermicomposting may become a good alternative to produce fertilizers in Brazil.
Descritores: Substâncias Húmicas/química
Indústria de Fertilizantes
-Fertilizantes
Criação de Minhocas
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 9 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Andrade, Wilson de Oliveira
Id: lil-198297
Autor: Wagener, Angela de Luca; Andrade, Wilson de Oliveira.
Título: On the binding capacity of peat to several metal ions of environmental and economic concern
Fonte: Ciênc. cult. (Säo Paulo);49(1/2):48-53, jan.-abr. 1997. ilus, tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: A series of experiments was performed to characterize the metal binding properties of peat from the Jacarepagu bog and to provide basic knowledge on the sorption process. The kinetics of sorption was fast characterized by relaxation times, on the average, less than 60 min. Erichment factors taken at half saturation level ranged from 400 for zinc and cadmiun to > 2800 for gold. The results indicate that the peat from Jacarepagu can be an interesting option for the expensive conventional materials applied to recover metal ions from waste and poor mining waters.
Descritores: Solo/análise
-Substâncias Húmicas/química
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde