Base de dados : LILACS
Pesquisa : D02.241.755 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 9 [refinar]
Mostrando: 1 .. 9   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 9 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-965022
Autor: Liguori, Tácia T. A; Melchert, Alessandra; Takahira, Regina K; Ramos, Paulo R. R; Padovani, Carlos R; Barretti, Pasqual; Guimarães-Okamoto, Priscylla T. C.
Título: Randomized controlled clinical trial of ketoanalogues supplementation in dogs with chronic kidney disease / Estudo clínico randomizado controlado da suplementação de cetoanálogos em cães com doença renal crônica
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;38(3):489-495, mar. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: The objective was to verify the effectiveness of ketoanalogues in dogs with Chronic Kidney Disease (CKD) stage 3. Controlled randomized clinical trial was performed with twenty dogs with CKD stage 3. Animals were subjected to: Group 1 (control): conventional therapy (CT) for CKD; Group 2: CT and 60mg/kg, OA, q48h of keto-supplementa; Group 3, CT and 60mg/kg, OA, q24h of keto-supplementa; and Group 4, CT and 120mg/kg, OA, q12h of keto-supplementa. All dogs received canine renal diet. Animals were evaluated at the beginning of therapy and after 15 and 30 days. Complete blood count (CBC), serum urea, creatinine, phosphorus, calcium, potassium and sodium and urine protein/creatinine (UPC) ratio were analyzed. The use of ketoanalogues in dogs with CKD stage 3 during the period of 30 days showed no efficacy, in any of the studies dosages, to improve signs and symptoms of the disease, improve the values of CBC, reduce serum urea and creatinine, normalize electrolytes or reduce UPC. It is concluded that the use of ketoanalogues does not impact the clinical outcomes in dogs with CKD stage 3.(AU)

O objetivo foi de verificar a eficácia da suplementação com cetoanálogos em cães com Doença Renal Crônica (DRC) grau 3. Um ensaio clínico controlado e randomizado foi realizado com 20 cães com DRC grau 3. Os animais foram divididos em 4 grupos: grupo 1 (controle): terapia convencional (TC) para DRC; grupo 2: TC e 60mg/kg, VO, q48h de cetoanálogoa; grupo 3: TC e 60mg/kg, VO, q24h de cetoanálogoa; e grupo 4, TC e 120mg/kg, VO, q12h de cetoanálogoa. Todos os cães receberam ração renal para cães. Os animais foram avaliados no início da terapia e após 15 e 30 dias. Hemograma completo, ureia, creatinina, fósforo, cálcio, potássio e sódio séricos e a razão proteína creatinina (RPC) urinária foram analisados. Foi verificado que o uso dos cetoanálogos em cães com DRC grau 3 durante 30 dias não mostrou eficácia, em nenhuma das dosagens utilizadas, em melhorar os sinais clínicos e sintomatologia da doença, os valores do hemograma e ureia e creatinina séricos, normalizar eletrólitos e reduzir RPC. Concluiu-se que o uso de cetoanálogos não impacta na melhora de sintomatologia clínica em cães com CKD grau 3. Como esse parece ser o primeiro ensaio clínico sobre cetoanálogos em cães com CKD, mais estudos podem ser necessários com maior acompanhamento e maiores grupos.(AU)
Descritores: Cães/anormalidades
Insuficiência Renal Crônica/veterinária
Estudo Clínico
Aminoácidos Essenciais/administração & dosagem
Cetoácidos/administração & dosagem
Limites: Animais
Cães
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  2 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-726839
Autor: Mesa Herrera, Natalia Regina; Carmona Carmona, Cristian Andrés; Burgos Herrera, Luis Carlos.
Título: Pruebas bioquímicas para la detección de metabolitos producidos en los errores innatos del metabolismo / Biochemical tests for the detection of metabolites produced in inborn errors of metabolism / Provas bioquímicas para a detecção de metabólitos produzidos nos erros inatos do metabolismo
Fonte: Iatreia;27(4):417-427, oct.-dic. 2014. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: Los errores innatos del metabolismo (EIM) son más de 550 enfermedades en las que se presenta una deficiencia o ausencia de proteínas con actividad enzimática, transportadora, receptora o estructural. Cada una de estas enfermedades es rara, pero su gran variedad hace que, consideradas en conjunto, sean la principal patología neonatal. Para la detección de los metabolitos producidos en los EIM se pueden utilizar pruebas cualitativas. Su utilidad radica en que son muy rápidas y de fácil acceso, y en que sirven como pruebas presuntivas para proceder a hacer exámenes más especializados o para enfocar el diagnóstico. Teniendo en cuenta su importancia para un diagnóstico temprano de los EIM, el objetivo del presente artículo es describir el funcionamiento de las pruebas bioquímicas de resorcinol, dinitrofenilhidrazina, nitrosonaftol, nitroprusiato y Hoesch, haciendo énfasis en los metabolitos que detectan.

Inborn errors of metabolism (IEM) are more than 550 diseases in which there is a deficiency or absence of proteins with enzymatic, transporter, receptor or structural activity. Individually these diseases are rare, but because of their wide variety they are, considered together, the largest neonatal disease. To detect metabolites produced in IEM qualitative tests can be used. They are easily accessible and fast to carry out, and serve as presumptive elements before proceeding to more specialized tests or to focus diagnosis. Given their importance for the early diagnosis of IEM, this article aims to describe the functioning of the following biochemical tests: dinitrophenylhydrazine, resorcinol, nitrosonaphtol, nitroprusside and Hoesch, emphasizing in the metabolites that they detect.

Os erros inatos do metabolismo (EIM) são mais de 550 doenças nas que se apresenta uma deficiência ou ausência de proteínas com atividade enzimática, transportadora, receptora ou estrutural. Cada uma destas doenças é rara, mas sua grande variedade faz que, consideradas em conjunto, sejam a principal patologia neonatal. Para a detecção dos metabólitos produzidos nos EIM se podem utilizar provas qualitativas. Sua utilidade radica em que são muito rápidas e de fácil acesso, e em que servem como provas presuntivas para proceder a fazer exames mais especializados ou para enfocar o diagnóstico. Tendo em conta sua importância para um diagnóstico precoce dos EIM, o objetivo do presente artigo é descrever o funcionamento das provas bioquímicas de resorcinol, dinitrofenilhidrazina, nitrosonaftol, nitroprusiato e Hoesch, fazendo ênfases nos metabólitos que detectam.
Descritores: Dinitrofenóis
Frutose
Cetoácidos
Erros Inatos do Metabolismo
Nitroprussiato/química
Porfobilinogênio
Resorcinóis/química
Tirosina
Limites: Humanos
Recém-Nascido
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: CO56.1 - Biblioteca


  3 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-637140
Autor: Gómez-Castro, Juan Fernando; Espinosa-García, Eugenia; Barrera, Luis Alejandro; Echeverry, Olga Y.
Título: Enfermedad de orina en jarabe de arce: mejoría clínica asociada a detección precoz y manejo oportuno. Reporte de caso y revisión de literature / Doença de urina em xarope de arce: melhoria clínica relacionada á detecção precoce e manejo oportuno. Reporte de caso e revisão de literatura / Maple syrup urinary disease: clinical improvement associated with early detection and management. Case report and literature review
Fonte: Rev. MED;16(1):99-105, jun. 2008. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: La enfermedad de orina en jarabe de arce es un error innato del metabolismo de los cetoácidos de cadena ramificada, cuya acumulación produce una encefalopatía neonatal grave y que de no ser diagnosticada y tratada de forma precoz y oportuna, lleva invariablemente a la aparición de secuelas neurológicas permanentes y a un posterior desenlace letal. El presente artículo busca, mediante la descripción de un caso clínico sucedido en el Hospital Militar Central de Bogotá, hacer una revisión de la literatura acerca de la enfermedad, resaltando los mecanismos fisiopatológicos, la detección por diferentes pruebas de laboratorio, así como las estrategias de manejo, demostrando que gracias a los progresos realizados en su comprensión y enfoque, actualmente se puede hablar de evitar la mortalidad, alcanzando en muchos casos, una sobrevida a largo plazo sin mayores secuelas neurológicas, todo ello con un manejo interdisciplinario que logre un control metabólico adecuado...

Maple syrup urine disease is an inborn error of the metabolism of branched chain keto-acids whose accumulation produces a serious neonatal encephalopathy, which if not diagnosed and treated in a precocious and opportune way, will invariably lead to the appearance of permanent neurological impairments and an ulterior lethal outcome. The present article intends, by means of the description of a clinical case which occurred at the Hospital Militar Central, to perform a review of the existent literature on this disease, to revise its fisiopathological mechanisms as well as its detection using different laboratory tests and the different care strategies, to demonstrate that, thanks to the progress achieved in its understanding and focus, at the present moment we can speak of avoiding mortality, accomplishing in many cases long term survival without important neurological consequences, all by means of an interdisciplinary approach that achieves an appropriate metabolic control...

A doença de urina em xarope de arce é um erro inato do metabolismo dos cetoácidos de corrente ramificada, cuja acumulação produz uma encefalopatia neonatal grave e que de não ser diagnosticada e tratada de forma precoce e oportuna, leva invariavelmente à aparição de seqüelas neurológicas permanentes e a um posterior desenlace letal. O presente artigo procura, mediante a descrição de um caso clínico sucedido no Hospital Militar Central de Bogotá, fazer uma revisão da literatura a respeito da doença, ressaltando os mecanismos fisiopatológicos, a detecção por diferentes provas de laboratório, bem como as estratégias de tratamento, demonstrando que graças aos progressos realizados em seu entendimento e enfoque, atualmente se pode falar de evitar a mortalidade, atingindo em muitos casos, uma sobrevida em longo prazo sem maiores seqüelas neurológicas, tudo isso com um manejo interdisciplinares que consiga um controle metabólico adequado...
Descritores: Cetoácidos/urina
Erros Inatos do Metabolismo/diagnóstico
Erros Inatos do Metabolismo/epidemiologia
Erros Inatos do Metabolismo/urina
Cetoácidos
Erros Inatos do Metabolismo
Limites: Recém-Nascido
Tipo de Publ: Guia de Prática Clínica
Responsável: CO87.1 - Biblioteca Médica


  4 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-419226
Autor: Feiten, Simone Flach.
Título: Dieta hipoprotéica suplementada com cetoácidos em pacientes com insuficiência renal crônica / Low protein diet supplemented with ketoacids in chronic renal insufficiency patients.
Fonte: São Paulo; s.n; 2004. [66] p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal de São Paulo. Escola Paulista de Medicina. Curso de Nutrição para obtenção do grau de Mestre.
Descritores: Dieta com Restrição de Proteínas
Cetoácidos
Estado Nutricional
Insuficiência Renal Crônica
Responsável: BR1.2 - Biblioteca Central
BR1.2; 8452


  5 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Cuppari, Lilian
Texto completo
Id: lil-365201
Autor: Feiten, Simone Flach; Draibe, Sérgio Antônio; Cuppari, Lilian.
Título: Dieta hipoprotéica suplementada com cetoácidos em pacientes com insuficiência renal crônica / Low protein diet supplemented with ketoacids in patients with chronic renal failure
Fonte: Nutrire Rev. Soc. Bras. Aliment. Nutr;26:91-107, dez. 2003.
Idioma: pt.
Resumo: Dietas com restrição protéica são prescritas para pacientes com Insuficiência Renal Crônica (IRC) com o objetivo de aliviar a sintomatologia urêmica, retardar a progressão da IRC e melhorar as complicações metabólicas decorrentes da doença. O interesse dos efeitos potenciais da restrição protéica sobre o estado nutricional e sobre o desfecho clínico de pacientes com IRC vem crescendo. A dieta hipoprotéica suplementada com uma mistura de cetoácidos e aminoácidos essenciais parece melhorar os sintomas urêmicos, as alterações metabólicas, corrigir a proteinúria ao mesmo tempo que promove manutenção de estado nutricional adequado. Este artigo tem como objetivo fazer uma revisão de literatura sobre o efeito da dieta hipoprotéica suplementada com cetoácidos e aminoácidos essenciais nas diferentes condições clínicas e metabólicas da IRC
Descritores: Aminoácidos Essenciais
Dieta com Restrição de Proteínas
Insuficiência Renal Crônica/dietoterapia
Cetoácidos
-Ciências da Nutrição
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto das Químicas


  6 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-302975
Autor: Blas Macedo, Jorge; Nava Muñoz, Salvador.
Título: Utilidad de la brecha aniónica en la práctia clínica / Usefulness of anion gap in the clinical practice
Fonte: Med. interna Méx;16(3):145-151, mayo-jun. 2000. tab.
Idioma: es.
Resumo: En este articulo se revisa lo mas relevante acerca de la brecha aniónica. En el suero equivale a las concentraciones de Na-(Cl+HCO3), siendo el valor de referencia 12 ñ 4mmol/ L; sin embargo, recientemente, como resultado de modificaciones en la técnica para medir el cloro sérico, el valor normal para la brecha aniónica disminuyó a 10 ñ 4 mmol/L. Se resalta la importancia diagnóstica de una brecha aniónica aumentada en el paciente con acidosis metabólica, asi como el uso de la brecha aniónica en la detección de estados ácido-base mixtos. Aunque la brecha aniónica no es una variable específica, su medición resulta útil en la evaluación de desequilibrio ácido-base. La brecha aniónica es fácil de calcular y continúa siendo una herramienta diagnóstica útil, siempre que se identifiquen sus limitaciones.
Descritores: Acidose
Desequilíbrio Ácido-Base/diagnóstico
Medicina Clínica/métodos
Metabolismo
-Alcalose
Cetoácidos/metabolismo
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: MX1.1 - CENIDSP - Centro de Información para Decisiones en Salud Pública


  7 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-175335
Autor: Ayala, Aquiles.
Título: Complicaciones agudas de la diabetes mellitus: fisiopatología y tratamiento / Acute complications of diabetes mellitus: physiopathology and treatment
Fonte: Gac. méd. Méx;126(5):385-91, sept.-oct. 1990. ilus, tab.
Idioma: es.
Descritores: Acidose Láctica/etiologia
Cetoácidos/efeitos adversos
Cetoácidos/metabolismo
Coma Diabético/etiologia
Coma Diabético/fisiopatologia
Diabetes Mellitus/complicações
Diabetes Mellitus/fisiopatologia
Diabetes Mellitus/terapia
Coma Hiperglicêmico Hiperosmolar não Cetótico/etiologia
Coma Hiperglicêmico Hiperosmolar não Cetótico/fisiopatologia
Insulina/metabolismo
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: MX1.1 - CENIDSP - Centro de Información para Decisiones en Salud Pública


  8 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-84105
Autor: Hernandez Casiss, Carlos; Cure Cure, Carlos.
Título: Cetoacidosis diabetica / Diabetic ketoacidosis
Fonte: Salud UNINORTE;4/5(1):63-71, abr. 1988. tab.
Idioma: es.
Resumo: La cetoacidosis diabetica es una entidad que mal manejada ofrece una alta morbi-mortalidad.En este articulo de revision se presenta un analisis de los eventos fisiopatologicos que se desarrollan durante su ocurrencia, y se esboza un esquema de tratamiento que comprende el calculo de las perdidas y de los requerimientos basales de liquidos y electrolitos de acuerdo al grado de dshidratacion; reposicion de liquidos y electrolitos en las primeras ocho horas y en las restantes dieciseis horas del dia; manejo de la insulinoterapia durante la fase de hiperglicemia, cuando la glicemia es menor de 250 mg/dl, cuando se inicia la via oral y el cambio de insulina corriente a la insulina NPH. El manejo de interpretacion de los examenes de laboratorio y finalmente se hace un recuento de los errores mas frecuentes en le tratamiento de la cetoacidosis
Descritores: Diabetes Mellitus
Cetoácidos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: CO47.1 - Centro de Documentación


  9 / 9 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-67244
Autor: Vianna, Ronaldo; Maia, Francisco; Freire, Evandro Costa da Silva; Vieira, Orlando Marques; Perrotta, Umberto; Joppert Filho, Wigand.
Título: Terapia economizadora de proteínas no pós-operatório: efeitos experimentais do alfa-ceto-isocaproato / Postoperative protein sparing therapy: effects of alpha-keto-isocaproate
Fonte: Arq. bras. med;63(2):155-8, mar.-abr. 1989. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Os autores avaliaram experimentalmente em coelhos, os efeitos da infusäo do alfa-ceto-isocaproato na excreçäo urinária de nitrogênio no pós-operatório. A pesquisa foi realizada em três grupos de oito animais que após serem submetidos à laparotomia com manipulaçäo das alças intestinais, receberam no pós-operatório soluçäo salina, glicose a 5% e uma soluçäo contendo 1 mg/Kg de alfa-ceto-isocaproato. A quantificaçäo da perda urinária de nitrogênio pelo método Kjeldahl mostrou-se significativamente menor no grupo que recebeu o isocaproato quando comparada com os grupos salina e glicose. Com base nos dados da experimentaçäo os autores concluíram que o isocaproato apresenta um efeito de poupança de proteína refletido por uma excreçäo urinária de nitrogênio menor que quando se faz infusäo de soluçäo salina e glicose a 5% no pós-operatório
Descritores: Cetoácidos/administração & dosagem
Nitrogênio/urina
-Cuidados Pós-Operatórios
Limites: Coelhos
Animais
Responsável: BR11.1 - Biblioteca



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde