Base de dados : LILACS
Pesquisa : D02.455.326.271.665.202.495.818.500 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 144 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 15 ir para página                         

  1 / 144 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-667417
Autor: Piccoli, Fábio de Simone.
Título: Identificação de potenciais marcadores de resposta terapêutica para o tumor de Wilms através de microarray usando plataforma de cDNA contendo genes pertencentes à via do ácido retinóico / Identification of molecular markers as predictors of adverse outcome in Wilms' tumors using cDNA microarray platforms including retinoic acid related genes.
Fonte: São Paulo; s.n; 2010. 142 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Fundação Antônio Prudente para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: O tumor de Wilms (TW) é a neoplasia renal maligna mais freqüente na população pediátrica e apresenta atualmente, altos índices de cura mesmo para os casos de doença metastática, mostrando que estes tumores são, na maioria das vezes, sensíveis ao tratamento. Entretanto, cerca de 20% dos pacientes são refratários aos esquemas terapêuticos disponíveis, sendo a resistência quimioterápica a principal responsável pelas falhas terapêuticas. Neste sentido, os atuais protocolos terapêuticos têm sido desenhados com o objetivo de reduzir o tratamento e, com isso, os riscos de complicações secundárias para os pacientes que cursam com bom prognóstico, restringindo as terapias mais intensas ao pequeno grupo de maus respondedores. Para isto, a identificação de pacientes potencialmente bons e maus respondedores ao tratamento quimioterápico no momento do diagnóstico torna-se de grande importância por permitir uma estratificação destes indivíduos em grupos de risco de falha terapêutica e, com isso, o desenvolvimento de um tratamento mais individualizado. Dentre os tipos histológicos que compõem o TW, o componente blastematoso é o que melhor se aplica ao estudo da resposta terapêutica uma vez que é responsável pelo potencial invasivo destes tumores e pode ser tanto sensível quanto resistente à quimioterapia. No entanto, existem poucos estudos moleculares sobre a resposta terapêutica dos TW enfocando o componente blastematoso isoladamente. Estudos têm mostrado um importante envolvimento de genes relacionados ao processo de diferenciação celular e à sensibilidade ao Ácido Retinóico (AR) nos TW, o que aponta para uma possível utilização do AR no tratamento destes tumores. Desta maneira, este projeto teve como objetivo ampliar a busca por genes diferencialmente expressos em amostras de TW de componente blastematoso com diferentes perfis de resposta terapêutica, dando ênfase ao perfil de expressão de genes envolvidos com o metabolismo do AR. ...
Descritores: Tretinoína
Análise de Sequência com Séries de Oligonucleotídeos
Perfilação da Expressão Gênica
Evolução Clínica
Tumor de Wilms
Limites: Humanos
Criança
Responsável: BR30.1 - Biblioteca
BR30.1


  2 / 144 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1057195
Autor: Yener, Yesín; YerLikaya, Fátima Hümeyra.
Título: Acrylamide reduces plasma antioxidant vitamin levels in rats due to increased oxidative damage / Acrilamida reduz os níveis de vitamina antioxidante no plasma em ratos devido ao aumento do dano oxidativo
Fonte: Rev. Nutr. (Online);33:e180232, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective Acrylamide is a potentially neurotoxic and carcinogenic chemical and naturally creates during the heating process of carbohydrate-rich foods, such as potato chips and breakfast cereals. Acrylamide might be ingested by people via consuming food that contains it. Therefore, we investigated the effect of acrylamidegiven orally to male and female rats on plasma retinoic acid and α-tocopherol and serum sialic acid and malondialdehyde levels. Method A total of 50 Wistar rats were used (25 female and 25 male, three-four weeks old). The rats of each sex were given 2 and 5mg/kg/day acrylamide via drinking water for 90 days. At the end of the treatment, the animals were euthanized by cervical dislocation. Blood specimens were collected through cardiac puncture, and serum and plasma samples were analysed using the high-performance liquid chromatography technique with a Ultraviolet detector. Results The analysis of the plasma and serum samples revealed that serum sialic acid and malondialdehyde levels in both sexes given 5mg/kg/day acrylamide were significantly increased, and the serum sialic acid levels were higher in female rats given 2mg/kg/day acrylamide. The plasma retinoic acid and α-tocopherol levels significantly decreased in both sexes given only the highest dose. Conclusion The results show that acrylamide causes an increase in oxidative stress and leads to a decrease in the levels of retinoic acid and α-tocopherol which play a role in the defense mechanism against this stress.

RESUMO Objetivo A acrilamida é um químico potencialmente neurotóxico e carcinogênico, sendo naturalmente criada durante o processo de aquecimento de alimentos ricos em carboidratos, como batatas fritas e cereais matinais. Dado que o composto pode ser ingerido através do consumo de alimentos, o presente trabalho teve por objetivo investigar o seu efeito, quando administrado oralmente a ratos, medindo-se os níveis plasmáticos de ácido retinoico e α-tocoferol, bem como os níveis séricos de ácido siálico e malondialdeído Métodos Foram utilizados cinquenta ratos Wistar, sendo metade de cada sexo, com idade entre três e quatro semanas. Os animais foram divididos em dois grupos, os quais receberam diferentes doses diárias de acrilamida, via água potável, durante noventa dias: o primeiro ingeriu 2mg/kg/dia; e o segundo, 5mg/kg/dia. Ao final do tratamento, os animais foram eutanasiados por meio de luxação cervical. Amostras de sangue foram coletadas através de punção cardíaca, assim como amostras de soro e plasma foram medidas usando-se a técnica de cromatografia líquida de alta performance com detector de Ultravioleta. Resultados A análise das amostras de plasma e soro revelou que os níveis de ácido siálico e malondialdeído, em ratos de ambos os sexos tratados com acrilamida de 5mg/kg/dia, foram significativamente aumentados, ao passo que os níveis séricos de ácido siálico foram maiores em ratas tratadas com 2mg/kg/dia de acrilamida. Já os níveis plasmáticos de ácido retinoico e α-tocoferol diminuíram significativamente em ratos de ambos os sexos, quando tratados com a dose mais elevada.Concl Conclusão Os resultados mostram que a acrilamida causa um aumento no estresse oxidativo e leva a uma diminuição nos níveis de ácido retinoico e α-tocoferol, que desempenham um papel no mecanismo de defesa contra esse estresse.
Descritores: Acrilamida
-Tretinoína
Biomarcadores
Ratos Wistar
Estresse Oxidativo
Ácido N-Acetilneuramínico
Tocoferóis
Malondialdeído
Limites: Animais
Ratos
Tipo de Publ: Ensaio Clínico
Responsável: BR13.3 - Biblioteca das Faculdades de Odontologia e Nutrição


  3 / 144 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-472301
Autor: Costa, Sílvia Lima; Riche, Danielle; Fages, Christiane; Rochette-Egly, Cecilé; Tardy, Marcienne.
Título: Efeitos in vitro do ácido retinóico em células de glioblastoma / Effects in vitro of the retinoic acid in glioblastoma cells
Fonte: Rev. Ciênc. Méd. Biol. (Impr.) = J. med. biol. sci;1(1):49-60, jul.-dez. 2002. ilus, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Os gliomas malignos são tumores muito infiltrantes, cujas células proliferam rapidamente, e apresentam um prognóstico muito reservado. Neste estudo, investigamos o efeito em potencial do ácido retinóico (AR) sobre a linhagem de células de glioblastoma multiforme humano GL-15. A exposição a uma única dose de AR (1-10 mM) inibiu a proliferação celular, induziu uma diferenciação transitória e, finalmente, conduziu estas células à apoptose. Observamos que as células GL-15 expressam os isotipos dos RARs a, b e g, e que as isoformas RARa1/2, RARb2 e RARg2 são induzidas pelo AR. Estes resultados sugerem que a relação entre a expressão das diferentes isoformas de RARs pode ser um elemento fundamental para a indução seja de uma diferenciação completa, seja de apoptose das células de glioblastoma, e que o uso de ligantes específicos a cada isotipo de receptor pode vir a ser um elemento importante para terapias futuras de gliomas.
Descritores: Apoptose
Glioma
Técnicas In Vitro
Retinoblastoma
Tretinoína
Limites: Humanos
Responsável: BR337.1 - Biblioteca


  4 / 144 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-943722
Autor: Vianna, Danielle Tavares.
Título: Mecanismos Moleculares subjacentes à Morte Precoce e à Resistência ao ATRA na Leucemia Promielocítica Aguda / [Molecular Mechanisms Underlying Early Death and Resistance to ATRA in Acute Promyelocytic Leukemia].
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2015. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Apesar do sucesso da terapia com Ácido All-Trans Retinóico (ATRA) nos pacientes portadores de leucemia promielocítica aguda (LPA), ainda existem questões clínicas relevantes a serem solucionadas. A morte precoce é um evento que acomete até 30% dos pacientes recém-diagnosticados com LPA, assim como a recidiva da doença pode ser vista em cerca de » dos pacientes. Dessa forma, possíveis mecanismos moleculares subjacentes a esses eventos têm sido investigados. A presença da mutação FLT3-ITD ao diagnóstico parece estar relacionada à maior incidência de desfechos clínicos desfavoráveis, sobretudo morte precoce. Recentes trabalhos têm associado mutações no gene FLT3 à coagulopatia – principal causa de morte na indução nos pacientes com LPA. Todavia, a forte associação da mutação FLT3-ITD com valores mais altos de leucometria ao diagnóstico (≥ 10.000 x103/mm3) – classicamente um marcador de mau prognóstico – tem dificultado a análise precisa do papel preditivo da mutação FLT3-ITD nesta população. Adicionalmente, possíveis mecanismos de resistência celular ao processo de diferenciação induzido pelo ATRA poderiam estar relacionados à pior evolução clínica. Escassos estudos têm apontado que mutações pontuais no domínio de ligação do ATRA no gene RARα detectadas no momento de recaída estão relacionadas à resistência secundária ao ATRA. Entretanto, essas mutações não foram amplamente investigadas em casos de pacientes que evoluíram com morte precoce – como possível causa de resistência primária ao ATRA. Além disso, o valor preditivo da carga do transcrito PML-RARα detectada ao diagnóstico e em diferentes fases do tratamento ainda é incerto na evolução clínica desses pacientes, sobretudo na população pediátrica...

Despite the success of therapy with All-Trans Retinoic Acid (ATRA) in patientswith acute promyelocytic leukemia (APL), there are still relevant clinical issues to be resolved. Early death is an event that affects up to 30% of newly diagnosed patients with APL, as well as the recurrence of the disease can be seen in about a quarter of patients. Therefore, molecular mechanisms underlying these events have beeninvestigated. The presence of the FLT3-ITD mutation at diagnosis appears to berelated to a higher incidence of adverse clinical outcomes, especially early death. Recent studies have associated mutations in the FLT3 gene with coagulopathy - leading cause of death in the induction in patients with APL. However, the strong association of FLT3-ITD mutation with higher values of white blood cell count at diagnosis (≥ 10,000 x103 / mm3) - classically a worse prognostic marker - has made itdifficult to accurately analyze the predictive role of FLT3-ITD mutation in this population. In addition, possible mechanisms of resistance to the process of differentiation induced by ATRA could be related to worse clinical outcome. Few studies have shown that mutations in the ATRA-binding domain in the RARα gene detected in relapse time are related to secondary resistance to ATRA. However, these changes have not been widely investigated in cases of patients who developed early death - as a possible cause of primary resistance to ATRA. In addition, the predictive value of the load of PML-RARα transcript detected at diagnosis and atdifferent stages of treatment is uncertain in outcome of these patients, especially in children...
Descritores: Tretinoína
Mortalidade Prematura
Leucemia Promielocítica Aguda
Mutação
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR440.1 - Biblioteca Geraldo Matos de Sá . Hospital do Câncer I
BR440.1


  5 / 144 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-838058
Autor: Magalhães, Geraldo Magela; Rodrigues, Dulcilea Ferraz; Oliveira Júnior, Edmundo Rocha de; Ferreira, Fernanda Arêas Alves.
Título: Tretinoin peeling: when a reaction is greater than expected
Fonte: An. bras. dermatol;92(2):291-292, Mar.-Apr. 2017. graf.
Idioma: en.
Descritores: Pele/efeitos dos fármacos
Tretinoína/efeitos adversos
Abrasão Química/efeitos adversos
Vesícula/induzido quimicamente
Ceratolíticos/efeitos adversos
-Fatores de Tempo
Testes do Emplastro
Vesícula/tratamento farmacológico
Resultado do Tratamento
Eritema/induzido quimicamente
Eritema/tratamento farmacológico
Face
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Carta
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 144 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-983735
Autor: Dias, Pedro Colli Rocha; Miola, Anna Carolina; Miot, Helio Amante.
Título: Successful management of chronic refractory onycholysis by partial nail avulsion followed by topical tretinoin
Fonte: An. bras. dermatol;94(1):118-119, Jan.-Feb. 2019. graf.
Idioma: en.
Descritores: Tretinoína/uso terapêutico
Onicólise/cirurgia
Onicólise/tratamento farmacológico
Ceratolíticos/uso terapêutico
-Administração Cutânea
Doença Crônica
Resultado do Tratamento
Limites: Humanos
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Carta
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 144 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-838051
Autor: Kartal, Demet; Yaşar, Mehmet; Kartal, Levent; Özcan, Ibrahim; Borlu, Murat.
Título: Effects of isotretinoin on the olfactory function in patients with acne
Fonte: An. bras. dermatol;92(2):191-195, Mar.-Apr. 2017. graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract: Background: Isotretinoin is a synthetic analog of vitamin A. Recent studies support a role for retinoic acid in the recovery of olfactory function following injury in mice. Objective: This study aimed at determining the effect of isotretinoin on olfactory function in patients who have acne and are otherwise healthy. Methods: Forty-five patients (aged 25-40 years) with acne were included in the study. All patients underwent a rhinological examination. Olfactory function was assessed by the Sniffin' Sticks Test. The test was assessed at baseline and in the third month of isotretinoin treatment. Results: Isotretinoin improved the performance of patients in the olfactory test. The SST score increased from 8.7±1.09 to 9.5±1.19 (p<0.001), prevalence of hyposmia decreased from 40% to 24% and normosmia increased from 60% to 75% (p=0.059). The percentage of patients whose olfactory function was categorized as "good" increased from 6% to 21.3%. This increase was statistically significant (p<0.05). Study limitations: Absence of a control group is one of the limitations of this study. Also, we did not evaluate patients with smell test after stopping isotretinoin treatment. Conclusion: We examined the effect of systemic isotretinoin on olfactory function. It can be concluded from the present investigation that isotretinoin therapy improves the sense of smell.
Descritores: Olfato/efeitos dos fármacos
Tretinoína/uso terapêutico
Isotretinoína/uso terapêutico
Acne Vulgar/tratamento farmacológico
-Tretinoína/farmacologia
Isotretinoína/farmacologia
Estudos Prospectivos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 144 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-886957
Autor: Sumita, Juliana Mayumi; Leonardi, Gislaine Ricci; Bagatin, Ediléia.
Título: Tretinoin peel: a critical view
Fonte: An. bras. dermatol;92(3):363-366, May-June 2017.
Idioma: en.
Resumo: Abstract The tretinoin peel, also known as retinoic acid peel, is a superficial peeling often performed in dermatological clinics in Brazil. The first study on this was published in 2001, by Cuce et al., as a treatment option for melasma. Since then, other studies have reported its applicability with reasonable methodology, although without a consistent scientific background and consensus. Topical tretinoin is used for the treatment of various dermatoses such as acne, melasma, scars, skin aging and non-melanoma skin cancer. The identification of retinoids cellular receptors was reported in 1987, but a direct cause-effect relation has not been established. This article reviews studies evaluating the use of topical tretinoin as agent for superficial chemical peel. Most of them have shown benefits in the treatment of melasma and skin aging. A better quality methodology in the study design, considering indication and intervention is indispensable regarding concentration, vehicle and treatment regimen (interval and number of applications). Additionally, more controlled and randomized studies comparing the treatment with tretinoin cream versus its use as a peeling agent, mainly for melasma and photoaging, are necessary.
Descritores: Dermatopatias/tratamento farmacológico
Tretinoína/administração & dosagem
Envelhecimento da Pele/efeitos dos fármacos
Abrasão Química/métodos
Ceratolíticos/administração & dosagem
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 144 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-670612
Autor: Fragoso, Yara Dadalti; Campos, Niklas Söderberg; Tenrreiro, Breno Faria; Guillen, Fernanda Jussio.
Título: Systematic review of the literature on vitamin A and memory / Revisão sistemática da literatura sobre vitamina A e memória
Fonte: Dement. neuropsychol;6(4), oct.-dec. 2012.
Idioma: en.
Resumo: Over the last 30 years, a variety of studies reporting the effects of vitamin A on memory havebeen published. Objective: To perform a rigorous systematic review of the literature on vitamin A and memory in order toorganize evidence-based data on the subject. Methods: Four authors carried out the systematic review in accordance withstrict guidelines. The terms ?vitamin A? OR ?retinol? OR ?retinoic acid? AND ?memory? OR ?cognition? OR ?Alzheimer? weresearched in virtually all medical research databases. Results: From 236 studies containing the key words, 44 were selectedfor this review, numbering 10 reviews and 34 original articles. Most studies used animal models for studying vitamin Aand cognition. Birds, mice and rats were more frequently employed whereas human studies accounted for only two reportson brain tissue from autopsies and one on the role of isotretinoin in cognition among individuals taking this medicationto treat acne. Conclusion: Vitamin A may be an important and viable complement in the treatment and prevention ofAlzheimer?s disease. Clinical trials are imperative and, at present, there is no evidence-based data to recommend vitaminA supplementation for the prevention or treatment of Alzheimer?s disease.

Uma variedade de artigos relatando efeitos da vitamina A na memória foram publicados nos últimos30 anos. Objetivo: Realizar uma revisão sistemática rigorosa da literatura sobre vitamina A e memória, visando organizar osdados com base em evidência. Métodos: Quatro autores realizaram a revisão sistemática de acordo com recomendaçõesespecíficas para tal. Os termos ?vitamin A? OR ?retinol? OR ?retinoic acid? AND ?memory? OR ?cognition? OR ?Alzheimer?foram utilizados na pesquisa de praticamente todas as bases de dados de publicações médicas. Resultados: Dos 236artigos contendo as palavras específicas de busca, 44 foram selecionados para esta revisão, sendo10 revisões e 34 artigosoriginais. A maioria dos estudos utilizou modelos animais para avaliar vitamina A e cognição. Pássaros, camundongos e ratosforam mais frequentemente utilizados, enquanto estudos com humanos foram apenas dois relatando dados de necrópsia decérebro humano e um sobre o papel da isotretinoína na cognição de indivíduos que estavam usando esta medicação paratratar acne. Conclusão: Vitamina A pode ser um complemento importante e viável no tratamento e prevenção da doença deAlzheimer. Estudos clínicos são imperativos e, no momento, não existe evidência científica que recomende suplementaçãode vitamina A na prevenção ou tratamento da doença de Alzheimer.
Descritores: Tretinoína
Vitamina A
Cognição
Doença de Alzheimer
Memória
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR15.3 - Biblioteca Emília Bustamante


  10 / 144 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1001561
Autor: Tinoco, Letícia Márcia da Silva; Silva, Flávia Lidiane Oliveira da; Ferreira, Lucas Antônio Miranda; Leite, Elaine Amaral; Carneiro, Guilherme.
Título: Hyaluronic acid-coated nanoemulsions loaded with a hydrophobic ion pair of all-trans retinoic acid for improving the anticancer activity
Fonte: Braz. J. Pharm. Sci. (Online);54(4):e17361, 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: All-trans retinoic acid (ATRA) has been studied for the treatment of cancer, including leukemia and breast cancer. This work aims to develop nanoemulsions (NE) loaded with a hydrophobic ion pair (HIP) of all-trans retinoic acid (ATRA) and a lipophilic amine, stearylamine (SA), and coated with hyaluronic acid (HA) to enhance anticancer activity and reducing toxicity. Blank NE was prepared by spontaneous emulsification and optimized prior to HIP incorporation. NE-ATRA was electrostatically coated with different concentrations of HA. Incorporation of ATRA-SA led to monodisperse NE with small size (129 ± 2 nm; IP 0.18 ± 0.005) and positive zeta potential (35.7 ± 1.0 mV). After coating with 0.5 mg/mL HA solution, the mean diameter slightly increased to 158 ± 5 nm and zeta potential became negative (-19.7 ± 1.2 mV). As expected, high encapsulation efficiency (near 100%) was obtained, confirmed by polarized light microscopy and infrared analysis. Formulations remained stable over 60 days and release of ATRA from NE was delayed after the hydrophilic HA-coating. HA-coated NE-ATRA was more cytotoxic than free ATRA for MDA-MB-231 and MCF-7 breast cancer cell lines, especially in the CD44 overexpressing cells. Blank coated formulations showed no cytotoxicity. These findings suggest that this easily-made HA-coated NE-ATRA formulation is a promising alternative for parenteral administration, thus improving the breast cancer therapy with this drug.
Descritores: Tretinoína/análise
Neoplasias da Mama/tratamento farmacológico
-Preparações Farmacêuticas/análise
Química Farmacêutica
Ácido Hialurônico
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto das Químicas



página 1 de 15 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde