Base de dados : LILACS
Pesquisa : D02.455.326.271.665.202.868.500 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 10 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 10 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-881642
Autor: de Faria, Ana Paula Cabral; Moreno Júnior, Heitor.
Título: Extrato de tomate e os carotenoides licopenos e luteína melhoram a função endotelial e atenuam a inflamação pela via de sinalização do NF-kB em células endoteliais / Tomato extract and the carotenoids lycopene and lutein improve endothelial function and attenuate inflammatory NF-kB signaling in endothelial cells
Fonte: Rev. bras. hipertens;20(3):148-149, jul.-set.2013.
Idioma: pt.
Descritores: Carotenoides
Células Endoteliais
Luteína
Tipo de Publ: Comentário
Responsável: BR26.1 - Biblioteca Central


  2 / 10 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-742465
Autor: Peixoto, Fernanda Marques; Borguini, Renata Galhardo; Machado, Allien Monique Rosa; Gôuvea, Ana Cristina Miranda Senna; Pacheco, Sidney; Godoy, Ronoel Luiz de Oliveira.
Título: Teor de carotenoides em nutricosméticos: análise da adequação e qualidade do produto / Carotenoids content in nutricosmetics products: evaluation of product adequacy and quality
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;72(3):249-254, 2013. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo deste trabalho foi verificar a adequação dos nutricosméticos contendo carotenoides em sua formulação em relação aos teores de β-caroteno, luteína, licopeno e zeaxantina, considerando-se as quantidades declaradas pelos fabricantes. Dezenove nutricosméticos foram adquiridos no comércio varejista do município do Rio de Janeiro, em 2012. Duas metodologias de extração foram aplicadas,variando-se de acordo com o tipo de invólucro (cápsula), veículos (excipientes) e carotenoides presentes.A quantificação e determinação do perfil de carotenoides nas amostras foram realizadas por cromatografialíquida de alta eficiência (CLAE) com método validado e acreditado. Quatro amostras das 19 analisadas estavam dentro dos limites estabelecidos pelas Boas Práticas de Fabricação (90 a 110 %). As demais amostras revelaram conteúdo inadequado de carotenoides e, consequentemente, falhas no controle de qualidade para a produção dos nutricosméticos. Desta forma, esta pesquisa demonstra que este setor deve ser objeto de atenção especial da vigilância sanitária, com necessidade de estabelecer legislação específica para regulamentar a fabricação, a rotulagem e a propaganda destes produtos.

The present study analyzed the nutricosmetics adequacy referring to the carotenoids contents, such asβ-carotene, lutein, lycopene and zeaxanthin, and these findings were compared with the contents declaredby the manufacturers. Nineteen carotenoids-containing nutricosmetics were purchased at retail marketin Rio de Janeiro city in 2012. Two methodologies of extraction were used according to the type of shell(capsules), carriers (excipients) and carotenoids. Quantification and determination of carotenoids profilewere performed in a High Performed Liquid Chromatograph (HPLC) with validated and accreditedmethodology. Of 19 analyzed samples, four were within the limits established by the Good ManufacturingPractice specification (90 to 110 %), and the others were out of this range, revealing an inadequacy inthe carotenoids contents and failures in the quality control of nutricosmetics production. This studydemonstrated that the nutricosmetics production sector should receive a special attention from the healthsurveillance, and it needs a specific legislation to regulate the manufacture, labeling and advertising ofthese products.
Descritores: beta Caroteno
Carotenoides
Luteína
Suplementos Nutricionais/análise
-Brasil
Cromatografia Líquida
Controle de Qualidade
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  3 / 10 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Muccioli, Cristina
Texto completo
Id: lil-723834
Autor: Vianna, Lucas Monferrari Monteiro; Cohen, Marcos J.; Muccioli, Cristina; Lima, Acácio; Sousa-Martins, Diogo; Maia, Maurício; Belfort Jr, Rubens.
Título: Efficacy of a lutein-based dye (PhacodyneTM) for visualizing anterior capsulorhexis during cataract surgery by phacoemulsification / Eficácia de corante à base de luteína (PhacodyneTM) para observação da capsulorrexis anterior em cirurgia de facoemulsificação
Fonte: Arq. bras. oftalmol;77(3):173-177, May-Jun/2014. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Purpose: To evaluate the efficacy and safety of a novel lutein-based dye for the anterior capsulorhexis during phacoemulsification in cataract surgery in humans. Methods: Twenty-five eyes from 25 patients were operated by 25 different surgeons who performed continuous circular capsulorhexis (CCC) guided by a lutein-based dye (PhacodyneTM) during cataract surgery by phacoemulsification. A questionnaire assessed the surgeon's opinion regarding the efficacy of the dye. Follow-up examinations were performed at 1, 7, and 30 days post-surgery. Eyes were evaluated by full ophthalmic examination, corneal topography/pachymetry, and corneal endothelial cell count. Results: As revealed by the answers to the questionnaire, the dye facilitated the CCC procedure in all eyes. Baseline nuclear cataract classification (according to the Lens Opacities Classification System III; LOCS III) was 3.24 (± 1.12). Preoperative BCVA (logMAR) was 0.89 ± 0.59 and improved to 0.23 ± 0.22 on day 30 after surgery. The intraocular pressure (IOP) remained stable and the inflammatory reaction subsided in all cases within the first 7 days after surgery. The pre-operative values of corneal pachymetry and IOP were similar to those found on follow-up day 30. Loss in endothelial cell number was similar to earlier reports. Conclusion: PhacodyneTM was efficient when used for anterior capsulorhexis during cataract surgery by phacoemulsification and showed no signs of toxicity or side effects during the 30-day follow-up period. .

Objetivos: Avaliar a eficácia e eficiência de um novo corante à base de luteína para coloração da cápsula anterior durante cirurgia de facoemulsificação em humanos. Métodos: Vinte e cinco olhos de 25 pacientes foram operados por 25 cirurgiões diferentes que realizaram capsulorrexis circular contínua e facoemulsificação após coloração da cápsula anterior com corante à base de luteína. Um questionário avaliou a opinião dos cirurgiões sobre a eficácia do corante. Exames pós-operatórios foram realizados nos dias 1, 7 e 30 por meio de exame oftalmológico completo, topografia/ paquimetria e contagem de células endoteliais. Resultados: De acordo com o questionário aplicado, o corante facilitou a cirurgia em todos os olhos. A classificação da catarata de acordo com o LOCS III foi de 3,24 ± 1,12. A acuidade visual pré-operatória com melhor correção foi de 0,89 ± 0,59 (logMAR), passando a 0,23 ± 0,22 no pós-operatório. A pressão intraocular (PIO) permaneceu estável e houve reação de câmara leve que desapareceu em todos os casos durante os primeiros 7 dias de pós-operatório. Não houve significância estatística comparando a paquimetria e PIO pré e pós-operatórios. Conclusão: O novo corante se mostrou eficiente e sem sinais de toxicidade ou efeitos adversos, após 30 dias, quando usado para auxiliar a cirurgia de facoemulsificação. .
Descritores: Cápsula Anterior do Cristalino/cirurgia
Capsulorrexe/métodos
Corantes
Luteína
Facoemulsificação/métodos
Azul Tripano
-Cápsula Anterior do Cristalino/efeitos dos fármacos
Contagem de Células
Paquimetria Corneana
Células Endoteliais
Pressão Intraocular
Estudos Prospectivos
Reprodutibilidade dos Testes
Inquéritos e Questionários
Fatores de Tempo
Resultado do Tratamento
Limites: Feminino
Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 10 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: lil-676819
Autor: Pongcharoen, Sutatip; Warnnissorn, Prateep; Lertkajornsin, Ongart; Limpeanchob, Nanteetip; Sutheerawattananonda, Manote.
Título: Protective effect of silk lutein on ultraviolet B-irradiated human keratinocytes
Fonte: Biol. Res;46(1):39-45, 2013. ilus.
Idioma: en.
Resumo: Carotenoids are efficient antioxidants that are of great importance for human health. Lutein and zeaxanthin are carotinoids present in high concentrations in the human retina which are involved in the photoprotection of the human eye. Lutein may also protect the skin from ultraviolet (UV)-induced damage. The present study investigated the protective effect of lutein extracted from yellow silk cocoons of Bombyx mori on human keratinocytes against UVB irradiation. A human keratinocyte cell line and primary human keratinocytes were used to investigate the UVB protection effects of silk lutein and plant lutein. Silk lutein showed no cytotoxicity to keratinocytes. Treatment with silk lutein prior to UVB irradiation enhanced cell viability and cell proliferation, and reduced cell apoptosis. The protective effects of silk lutein may be superior to those of plant lutein. Silk lutein may have a benefit for protection of keratinocytes against UVB-irradiation.
Descritores: Queratinócitos/efeitos da radiação
Luteína/farmacologia
Protetores contra Radiação/farmacologia
Seda/química
Raios Ultravioleta/efeitos adversos
-Apoptose/efeitos dos fármacos
Apoptose/efeitos da radiação
Bombyx/metabolismo
Linhagem Celular
Proliferação de Células/efeitos dos fármacos
Proliferação de Células/efeitos da radiação
Sobrevivência Celular/efeitos da radiação
FLUORESCEIN-ABDOMEN-ISOTHIOCYANATE
Prepúcio do Pênis/efeitos da radiação
Luteína/isolamento & purificação
Cultura Primária de Células
Protetores contra Radiação/isolamento & purificação
Limites: Animais
Humanos
Masculino
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  5 / 10 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-645915
Autor: Maguiña, Miriam.
Título: Nuevos sustratos en fórmulas maternizadas / New substrates in formulas maternizadas
Fonte: ReNut;2(4):170-171, abr.-jun. 2008. tab.
Idioma: es.
Descritores: Ácidos Graxos Essenciais
Alimentos Formulados
Luteína
Limites: Humanos
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca


  6 / 10 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: lil-592071
Autor: Dagatti, María Susana; Bertola Compagnucci, Agustina; Pezzotto, Stella Maris.
Título: Hábitos alimentarios y riesgo de cancer de piel no melanoma / Diet and risk of non melanoma skin cancer
Fonte: Rev. chil. nutr;38(1):15-21, mar. 2011. tab.
Idioma: es.
Resumo: A case-control study was carried out in order to analyze the association between diet and risk of non melanoma skin cancer -basal cell carcinoma (BCC) and squamous cell carcinoma (SCC), with adjustments for demographic, anthropometric and phenotypic characteristics, sunburns history, skin cancerfamily history, sun-exposure history and skin sensitivity to sun exposure. A full-body skin examination was performed. Dietary data were obtained applying a standardized semi-quantitative questionnaire of consumption frequency. Cases (n=27; age: 65,5+15,1 years) and controls (n=37; age: 63,9+12,3 years) were attended at the same facilities. A decreased risk ofBCC and SCC tumors (Adjusted Odd Ratio=0.10; IC 95 percent= 0.02-0.63; p=0.01) was found for high intakes of green leafy vegetables (more than 40 gr/day). However, results obtained for fruits, cruciferous, vitamin A and carotene-rich vegetables and other vegetables were not statistically significant.

Mediante un diseño de casos y controles se evaluó si la dieta habitual modifica el riesgo de desarrollar cáncer de piel no melanoma: carcinomas basocelulares y carcinomas espinocelulares. En la consulta se consignaron datos demográficos, características fenotípicas y antropométricas, antecedentes de quemadura solar, antecedentes familiares de cáncer de piel y hábitos de exposición solar, y se realizó un exhaustivo examen físico cutáneo. La dieta fue evaluada por cuestionarios semi-cuantitativos de frecuencia de consumo. Se estudiaron 27 casos (edad: 65,5±15,1 años) y 37 controles (63,9±12,3) que asistieron a las mismas instituciones por otras patologías. La ingesta alta de vegetales de hojas verdes (más de 40 g/d) actuaría como factor protector (Odd Ratio ajustado= 0,10; IC 95 por ciento= 0,02-0,63; p=0,01), modificando el efecto negativo de la exposición solar. En cambio, los resultados obtenidos para frutas, crucíferas, vegetales ricos en vitamina A y carotenos y otros vegetales no resultaron estadísticamente significativos.
Descritores: Carcinoma Basocelular/prevenção & controle
Carcinoma de Células Escamosas/prevenção & controle
Comportamento Alimentar
Neoplasias Cutâneas/dietoterapia
Neoplasias Cutâneas/epidemiologia
Neoplasias Cutâneas/prevenção & controle
-Ácido Ascórbico/uso terapêutico
Ácido Fólico/uso terapêutico
Luteína/uso terapêutico
Fatores de Risco
Queimadura Solar
Vitamina E/uso terapêutico
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: CL334.1 - Biblioteca UBO


  7 / 10 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-536784
Autor: Canovas, Renata; Cypel, Marcela; Farah, Michel Eid; Belfort Júnior, Rubens.
Título: Pigmentos maculares / Macular pigments
Fonte: Arq. bras. oftalmol;72(6):839-844, Nov.-Dec. 2009. tab, ilus, graf.
Idioma: pt.
Resumo: A luteína e a zeaxantina são pigmentos amarelos que se localizam na mácula. Devido à sua localização, diminuem e filtram a quantidade de luz principalmente azul que chega aos fotorreceptores, atuam como antioxidantes e podem melhorar a qualidade visual. Esta é uma revisão do seu mecanismo de incorporação, ação, possíveis aplicações e conhecimento científico a respeito.

Lutein and Zeaxanthin are yellow pigments located at the macula. Because of your location macular pigments decrease and filter the amount of blue light that reach photoreceptors, protect the outer retina from oxidative stress and may improve the vision quality. This is a review regarding incorporation mechanism, function and knowledge update.
Descritores: Macula Lutea/química
Epitélio Pigmentado Ocular/química
-Luteína/fisiologia
Xantofilas/fisiologia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 10 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Stringheta, Paulo César
Id: lil-481526
Autor: Nachtigall, Aline Manke; Stringheta, Paulo Cesar; Fidelis, Priscila Cardoso; Nachtigall, Fabiane Manke.
Título: Determinação do teor de luteína em hortaliças / Determination of lutein content in vegetables
Fonte: Bol. Centro Pesqui. Process. Aliment;25(2):181-192, jul.-ago. 2007. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo do presente trabalho foi avaliar o teor de lutepina em algumas hortaliças comumente consumidas no estado de Minas Gerais (Brasil), visando fornecer dados para que a população possa conhecer as melhores fontes desse carotenóide. A extração do pigmento foi realizada com acetona, etanol, hexano e tetraidrofurano, por 24 h. Após a extração realizou-se a saponificação com KOH etanólico 10 por cento para eliminar impurezas, como clorofila e ácidos graxos. O teor de lutepina nas hortaliças foi determinado por medidas espetrofotométricas e confirmado por cromatografia a líquido de alta eficiência (CLAE). Pelos resultados obtidos, a acetona foi o solvente mais efetivo para a extração do pigmento. O hexano não se mostrou eficiente para extração d vegetais frescos nssas condições. Couve, rúcula, agrião, mostarda, acelga, espinafre, azedinho e brócolis constituem fotnes ricas em luteína. Deve-se ressaltar o elevado teor desse carotenóide no lobrobô (também conhecido como orapro-nobis) na serralha, no almeirão e na taioba, vegetais nõa-convencionais e de consumo regionalizado.
Descritores: Carotenoides
Luteína
Plantas
Responsável: BR16.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde


  9 / 10 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-446375
Autor: Nunes, Itaciara Larroza; Mercadante, Adriana Zerlotti.
Título: Vantagens e desvantagens das colunas C18 e C30 para a separação de carotenóides por CLAE / Advantages and disadvantages of C18 and C30 columns for HPLC separation of carotenoids
Fonte: RBCF, Rev. bras. ciênc. farm. (Impr.);42(4):539-546, out.-dez. 2006. graf, tab.
Idioma: pt.
Projeto: FAPESP.
Resumo: Estudos têm demonstrado uma alta associação entre ingestão ou nível plasmático de carotenóides e a diminuição do risco ou proteção contra algumas doenças. Estes fatos, bem como a elevada suscetibilidade destes compostos à luz e calor, com formação de isômeros cis, os quais apresentam menor atividade biológica, torna importante o desenvolvimento de sistemas que permitam a separação destes carotenóides em alimentos. Neste trabalho foi avaliada a separação de isômeros geométricos de licopeno, e dos isômeros de posição luteína e zeaxantina, por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE), utilizando colunas C18 (monomérica, 4 mm, 300 x 3,9 mm) e C30 (polimérica, 3 mm, 250 x 4,6 mm) e diferentes fases móveis, tanto com eluição isocrática como com gradiente. Os carotenóides foram identificados através das características espectrais e co-cromatografia com padrões. As melhores condições cromatográficas foram obtidas em coluna C30 com temperatura de 33 °C, eluição isocrática a 1 mL/min e fase móvel com metanol (0,1 por cento trietilamina)/éter metil-terc-butílico (50:50) para separar isômeros de licopeno e (95:5) para luteína e zeaxantina. Entretanto, para análise quantitativa, é necessário verificar a repetibilidade da área dos picos na coluna C30. Além disso, a coluna C18 monomérica pode ser empregada para separar luteína e zeaxantina.

Several studies have demonstrated a high association between dietary intake or plasma levels of carotenoids and the decrease of risk or the protection against some diseases. Taking this into consideration, as well as the high susceptibility of these compounds to light and heat, leading to the formation of cis isomers with lower biological activity, it is important to develop systems that allow the separation of such compounds in foods. This work evaluated the separation of the geometric isomers of lycopene and of the position isomers, lutein and zeaxanthin, by high performance liquid chromatography (HPLC) using C18 (monomeric, 4 mm, 300 x 3.9 mm) and C30 (polymeric 3 mm, 250 x 4.6 mm) columns and many different mobile phases, with either isocratic or gradient elution. The carotenoids were identified by their spectral characteristics and co-chromatography with standards. The best chromatographic conditions were achieved with the C30 column, temperature set at 33 °C and as mobile phase an isocratic elution of methanol (0.1 percent triethylamine)/tert-butyl methyl ether (50:50) to separate lycopene isomers and (95:5) for lutein and zeaxanthin, both at 1 mL/min. However, for quantitative analysis, it is necessary to evaluate the peak area repeatability on the C30 column. In addition, the monomeric C18 column can be employed for separation of lutein and zeaxanthin.
Descritores: Carotenoides
Tecnologia de Alimentos
Luteína
-Cromatografia Líquida/métodos
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto das Químicas


  10 / 10 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-118350
Autor: Romero L., Lia A; Fragoso C., Marcela; Auró de O., Ana; Ocampo C., Luis.
Título: Efecto pigmentante de la cantaxantina y la capsantina en el pez japonés (Carassius auratus) / Cantaxantine and capsantine pigment effect in the japanese fish Carassius auratus
Fonte: Vet. Méx;23(1):67-8, ene.-mar. 1992.
Idioma: es.
Descritores: Peixes
Luteína/efeitos adversos
Luteína/farmacocinética
Pigmentação da Pele
Coloração e Rotulagem/estatística & dados numéricos
Limites: Animais
Tipo de Publ: Ensaio Clínico
Estudo Comparativo
Responsável: MX1.1 - CENIDSP - Centro de Información para Decisiones en Salud Pública



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde