Base de dados : LILACS
Pesquisa : D02.455.426.559.389.097 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 7 [refinar]
Mostrando: 1 .. 7   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 7 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-888179
Autor: Capelanes, Nelson Chamma; Diniz, André Vasconcellos; Magalhães, Érika Pacheco; Marques, Karise de Oliveira.
Título: Comparisons of retinal nerve fiber layer thickness changes after macular hole surgery / Comparação nas alterações da espessura da camada de fibras nervosas retinianas após cirurgia de buraco macular
Fonte: Arq. bras. oftalmol;81(1):37-41, Jan.-Feb. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Purpose: To compare postoperative changes in retinal nerve fiber layer thickness in patients with macular holes treated with vitrectomy with Brilliant Blue-assisted internal limiting membrane peeling. Methods: Twenty-two eyes of 20 patients with macular holes were studied. Each eye was selected to undergo Brilliant Blue-assisted internal limiting membrane peeling. The circumferential retinal nerve fiber layer thickness was determined using spectral domain optical coherence tomography preoperatively and 2 months postoperatively. Mean overall and sectoral retinal nerve fiber layer thicknesses were obtained for each patient. Results: There was no statistically significant difference (p≥0.05) between the pre- and post-treatment measurements in relation to each CFN variable, i.e., on average, pre-treatment measures were the same as post-treatment measures. Furthermore, despite the differences between the pre- and post-treatment measures always being positive (pre-post >0), they are not statistically significant. Conclusions: This study showed no significant decrease in retinal nerve fiber layer thickness measurements after macular holes surgery, regardless of age or sex.

RESUMO Objetivo: Comparar as alterações pós-operatórias na espessura da camada de fibras nervosas da retina em pacientes com buracos maculares submetidos à vitrectomia via pars-plana associada à remoção de membrana limitante interna. Métodos: Foram estudados 22 olhos de 20 pacientes consecutivos diagnosticados com buraco macular. Todos os pacientes foram submetidos à vitrectomia via pars-plana e remoção de membrana limitante interna corada com azul brilhante. A espessura da camada de fibras nervosas da retina em região peripapilar foi determinada por tomografia de coerência óptica de domínio espectral antes e 2 meses após a cirurgia. As espessuras totais e espessuras setoriais da camada de fibras nervosas da retina foram obtidas para cada paciente. Resultados: Os resultados mostram que não existe diferença estatisticamente significativa (p≥0,05) entre as medidas pré e pós-operatórias em relação a cada uma das variáveis. Conclusão: Este estudo não demonstrou diminuição significativa nas medidas da espessura da camada de fibras nervosas retinianas após a cirurgia de buraco macular, independente da faixa etária ou sexo.
Descritores: Retina/patologia
Retina/diagnóstico por imagem
Perfurações Retinianas/cirurgia
Vitrectomia/métodos
Fibras Nervosas/patologia
-Período Pós-Operatório
Valores de Referência
Retina/cirurgia
Fatores de Tempo
Benzenossulfonatos
Estudos Retrospectivos
Resultado do Tratamento
Tomografia de Coerência Óptica/métodos
Corantes
Período Pré-Operatório
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1038688
Autor: Brasil, Oswaldo Ferreira Moura; Gonçalves, Mariana Batista; Muralha, Felipe; Navarro, Rodrigo M; Alves, Bruno de Queiroz; Kawamuro, Mariana; Badaró, Emmerson; Maia, Mauricio.
Título: New perspectives on macular hole surgery at three years of follow-up / Novas perspectivas em cirurgia de buraco macular com de 3 anos de seguimento
Fonte: Arq. bras. oftalmol;82(6):481-487, Nov.-Dec. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Universidade Federal de São Paulo.
Resumo: ABSTRACT Purpose: The aim of this study was to determine the functional and anatomical success rates as well as the safety of sutureless combined surgery involving vitreous base removal and internal limiting membrane peeling after Brilliant Blue G (0.5 mg/mL) staining for the management of idiopathic macular holes after three years. Methods: Forty-six eyes of 46 patients with an idiopathic macular hole were enrolled in this retrospective study. The inclusion criteria were macular holes with a minimum linear diameter below 1,500 mm, 0.05 or better decimal best-corrected visual acuity and duration of symptoms less than two years. The exclusion criteria included pregnancy, optic nerve atrophy, advanced glaucoma, and other chronic ocular diseases. The surgical procedure included internal limiting membrane peeling after Brilliant Blue G (0.5 mg/mL) staining, along with C3F8 tamponade and face-down positioning for three days postoperatively. Ophthalmologic examinations and optical coherence tomography were performed at 1 and 7 days and 1, 6, 12, 24, and 36 months postoperatively. If no anatomic closure of the macular holes occurred within the first month, the area of the internal limiting membrane peeling was enlarged in a second procedure. Multiple logistic regression and chi-squared tests were used for data analyses, and p-values of <0.05 were considered significant. Results: Out of 46 eyes with a preoperative idiopathic macular hole, anatomic closure was achieved in 42 (91.3%) after one procedure and in 45 (97.8%) after an additional surgery. The median postoperative best-corrected visual acuity improvement was 0.378 (range: 0.050-0.900) decimal. None of the patients experienced macular hole reopening, surgery-related complications, or ocular complications related to the dye. Conclusion: Combined surgery including vitreous base removal and internal limiting membrane peeling after staining with Brilliant Blue G (0.5 mg/mL) for the management of idiopathic macular holes resulted in adequate staining, best-corrected visual acuity improvement, and macular hole closure with no signs of ocular toxicity at the three-year follow-up examination.

RESUMO Objetivo: Determinar, após 3 anos de seguimento, as taxas de sucesso funcional e anatômico e a segurança da cirurgia combinada sem sutura, incluindo remoção da base vítrea e da membrana limitante interna após coloração com azul brilhante (0,5 mg/ml) para o manejo de buracos maculares idiopáticos. Métodos: Quarenta e seis olhos de 46 pacientes com buraco macular idiopático foram incluídos neste estudo retrospectivo. Os critérios de inclusão foram: buraco macular com diâmetro linear mínimo menor que 1500 micrômetros, acuidade visual com melhor correção de 0,05 decimal ou melhor e tempo de sintomas menor que 2 anos. Os critérios de exclusão foram gravidez, atrofia do nervo óptico, glaucoma avançado ou outra doença ocular crônica. A técnica cirúrgica incluiu a remoção da membrana limitante interna após coloração com Azul Brilhante 0,5 mg/ml, tamponamento com C3F8 posicionamento em prona ção durante 3 dias de pós-operatório. O seguimento foi realizado por exame oftalmológico e Tomografia de Coerência Óptica no 1 e 7 dias, 1, 6, 12, 24 e 36 meses de pós-operatório. Se o fechamento anatômico do buraco macular não fosse atingido na visita de um mês, realizava-se um segundo procedimento no qual a área do peeling da membrana limitante interna era ampliada. Para análise estatística, foram utilizados testes de regressão logística múltipla e Qui-quadrado. Valores de p menores que 0.05 foram considerados estatisticamente significativos. Resultados: Dos 46 olhos com buraco macular idiopático, 42 (91,3%) obtiveram fechamento do buraco macular após um procedimento cirúrgico e 45 (97,8%) após uma cirurgia adicional. A média de melhora da acuidade visual com melhor correção no pós-operatório foi de 0.378 (0.050-0.900) decimal. Não foram observados: reabertura do buraco macular, complicações relacionadas ao procedimento cirúrgico ou complicações relacionadas ao corante. Conclusão: A cirurgia combinada sem sutura que incluiu remoção da base vítrea e remoção membrana limitante interna após coloração com Azul Brilhante (0,5 mg/ml) para o tratamento de buracos maculares idiopáticos foi realizada com adequada capacidade de coloração, melhora da acuidade visual e fechamento do buraco macular sem sinais de toxicidade ocular no seguimento de 3 anos.
Descritores: Perfurações Retinianas/cirurgia
Vitrectomia/métodos
-Período Pós-Operatório
Valores de Referência
Benzenossulfonatos
Acuidade Visual
Estudos Retrospectivos
Seguimentos
Resultado do Tratamento
Injeções Intraoculares
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-661632
Autor: Méndez A., Luis; Kattan T., Eduardo; Godoy S., Jaime; Ivanovic-Zuvic S., Danisa; Giglio J., Andrés; Revello P., Javier; Díaz P., Luis; Barrera M., Francisco.
Título: Sorafenib en carcinoma hepatocelular avanzado / Sorafenib in advanced hepatocellular carcinoma
Fonte: Gastroenterol. latinoam;23(1):41-43, ene.-mar.2012. tab.
Idioma: es.
Descritores: Antineoplásicos/uso terapêutico
Benzenossulfonatos/uso terapêutico
Carcinoma Hepatocelular/tratamento farmacológico
Neoplasias Hepáticas/tratamento farmacológico
Piridinas/uso terapêutico
-Progressão da Doença
Análise de Sobrevida
Limites: Humanos
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  4 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-549124
Autor: Campos, Rodrigo; Castillo, Octavio; Vidal-Mora, Ivar.
Título: Terapia anti-angiogénica en el manejo del cáncer renal de células claras metastásico / Antiangiogenic therapy in metastatic clear cell renal cancer
Fonte: Rev. chil. urol;73(3):184-190, 2008. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Con la aparición de la terapia anti-angiogénica hace algunos años y dado a sus promisorios resultados en el manejo del cáncer renal metastático, nuestra intención es presentar una puesta al día sobre este tema, realizando para tal efecto una revisión bibliográfica completa de los trabajos mas relevantes usando como fuente la base de datos PUBMED (1996-2007) sobre la terapia antiangiogenica en el manejo del cáncer renal metastásico. El siguiente artículo hace hincapié sobre la fisiopatología de la génesis del cáncer renal y de la acción de los agentes anti-angiogénicos, los resultados de las series clínicas publicadas, las características de los agentes anti-angiogénicos y algunos enfoques terapéuticos en los cuales podrían tener un rol en el futuro.

We present an update of the molecular targeted therapy in advanced renal cell carcinoma due to their promising results. We make a complete revision in PUBMED database (1996-2007) of the most relevant studies in molecular targeted therapy for the management of metastasis renal cell carcinoma. The emphasis was done in the physiopathology of renal cell carcinoma and molecular targeted therapy, the results of clinical trials, the characteristics of these drugs and their role in future directions.
Descritores: Benzenossulfonatos/uso terapêutico
Carcinoma de Células Renais/tratamento farmacológico
Inibidores da Angiogênese/uso terapêutico
Neoplasias Renais/tratamento farmacológico
Pirróis/uso terapêutico
-Quimioterapia Adjuvante
Carcinoma de Células Renais/fisiopatologia
Carcinoma de Células Renais/secundário
Indóis/uso terapêutico
Neoplasias Renais/fisiopatologia
Neoplasias Renais/secundário
Piridinas/uso terapêutico
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: CL10.1 - Biblioteca Biomédica


  5 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-537057
Autor: Romagnoli, Serena; Moretti, Sonia; Voce, Pasquale; Puxeddu, Efisio.
Título: Targeted molecular therapies in thyroid carcinoma: [review] / Terapias moleculares direcionadas em câncer de tireoide: [revisão]
Fonte: Arq. bras. endocrinol. metab;53(9):1061-1073, dez. 2009. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: Thyroid cancer incidence has significantly increased in the last three decades and many patients seek medical attention for its treatment every year. Among follicular cell-derived tumors, the majority are differentiated thyroid carcinomas (DTC), whose prognosis is very good with only 15 percent of the cases presenting disease persistence or recurrence after initial treatment. Medullary thyroid carcinoma has a worse prognosis, especially in patients with diffused cancers at the time of initial surgery. Traditional treatment options for persistent or recurrent disease include additional surgery, radioiodine treatment and TSH-suppression in DTC patients; external beam radiotherapy, and cytotoxic chemotherapy, often have low efficacy and many patients with advanced disease ultimately die. In the last two decades many of the molecular events involved in cancer formation have been uncovered. This knowledge has prompted the development of novel therapeutic strategies mainly based on the inhibition of key molecular mediators of the tumorigenic process. In particular the class of small-molecule tyrosine kinase inhibitors was enriched by many compounds that have reached clinical trials and in some cases have had approval for clinical use in specific cancers. Many of these compounds entered clinical trials also for locally advanced or metastatic thyroid carcinomas showing very promising results.

O câncer de tireoide tem aumentado significativamente nas últimas três décadas e muitos pacientes têm buscado cuidados médicos para o tratamento a cada ano. Entre os tumores derivados de células foliculares, a maioria é carcinoma diferenciado de tireoide (CDT), cujo prognóstico é muito bom, em que somente em 15 por cento dos casos a doença é persistente ou recorrente após o tratamento inicial. O carcinoma medular de tireoide tem um prognóstico pior, especialmente em pacientes com câncer difuso no momento da cirurgia inicial. As opções no tratamento tradicional para a doença persistente ou recorrente incluem cirurgia adicional, radioiodoterapia e supressão de TSH em pacientes CDT; a radioterapia externa e a quimioterapia citotóxica apresentam com frequência uma baixa eficácia e muitos pacientes com doença avançada não sobrevivem. Nas últimas duas décadas, muitos dos eventos envolvidos na formação do câncer tornaram-se conhecidos. Esse conhecimento possibilitou o desenvolvimento de novas estratégias terapêuticas, baseadas principalmente na inibição de mediador molecularchave no processo tumorigênico. Em particular, a classe das pequenas moléculas inibidoras de tirosina-quinase foi enriquecida por muitos compostos investigados em estudos clínicos e alguns casos foram aprovados para uso clínico em tipos específicos de câncer. Muitos desses compostos foram aplicados em estudos clínicos de câncer de tireoide com extensa invasão local ou metástase, mostrando resultados muito promissores.
Descritores: Antineoplásicos/uso terapêutico
Carcinoma Medular/tratamento farmacológico
Carcinoma Papilar/tratamento farmacológico
Inibidores de Proteínas Quinases/uso terapêutico
Neoplasias da Glândula Tireoide/tratamento farmacológico
-Benzenossulfonatos/uso terapêutico
Carcinoma Medular/genética
Carcinoma Papilar/genética
Imidazóis/uso terapêutico
Indazóis/uso terapêutico
Indóis/uso terapêutico
Niacinamida/análogos & derivados
Niacinamida/uso terapêutico
Piperidinas/uso terapêutico
Inibidores de Proteínas Quinases/classificação
Piridinas/uso terapêutico
Pirróis/uso terapêutico
Quinazolinas/uso terapêutico
Neoplasias da Glândula Tireoide/genética
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-349519
Autor: Carballo, Mariel G; Rodríguez, N. Andrea; Peralta, Nora B; Cabalier, Elisa D. de.
Título: Aplicación de la técnica de fluorescencia directa en el diagnóstico de las micosis superficiales / Aplication of technical of direct fluorescense in diagnosis of superficial
Fonte: Rev. Fac. Cienc. Méd. (Córdoba);59(1):57-61, 2002. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Los materiales obtenidos por raspado de lesiones de pacientes con micosis superficiales y observados al Examen Microscópico Directo (EMD) en 40 x con OHK al 40 y calor, resulta satisfactorio para la detección e identificación de los organismos infectantes basados en sus características morfológicas. Este examen requiere habilidad y experiencia del operador debido a eu los elementos micóticos no son característicos o se encuentran en muy baja concentración. En este estudio realizamos la técnica de Fluorescencia Directa Blancocalcofluor conjuntamente con el EMD con OHK al 40 y calor. Para ello se analizaron 100 muestras obtenidas por raspado de piel lampiña, pequeños y grandes pliegues y uñas (pies y manos). Encontramos un porcentaje menor de EMD positivos (+) con OHK AL 40 y calor que con la técnica de Blancocalcofluor, (84 y 90 respectivamente). En este último se observaron mayor cantidad de elementos fúngicos (hifas, macro y microconidias), visualizándose nítidamente las características morfológicas de estos elementos
Descritores: Benzenossulfonatos
Dermatomicoses
Corantes Fluorescentes
Fungos
Microscopia de Fluorescência
-Benzenossulfonatos
Dermatomicoses
Fungos
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 7 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Bombonatti, Paulo Edson
Id: lil-187475
Autor: Bombonatti, Paulo Edson; Santini, José Marcondes; Pellizzer, Antônio Joaquim; Santos, José Fortunato Ferreira.
Título: Influência do alquil benzeno sulfonato de sódio a 11 por cento na adaptaçäo de dois revestimentos sobre uma cera para fundiçäo / Wetting effects of alky benzene sodium sulphonate at 11 per cents on inlay wax-investments combinations
Fonte: Rev. odontol. UNESP;12(1/2):129-32, jan.-dez. 1983. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Verificou-se o efeito do tratamento superficial do modelo de cera com o alquil benzeno sulfonato de sódio a 11 por cento na adaptaçäo de 2 revestimentos, um à base de cristobalita e outro, de quartzo. O método utilizado foi o da mensuraçäo do ângulo de contacto formado entre a cera e os revestimentos, estando a superfície da cera antes da inclusäo, tratada com detergente e deixada molhada, e, tratada, porém seca. O ângulo formado foi avaliado através de um microscópio de mensuraçäo Carl Zeiss com dispositivo apropriado. Verificou-se que o alquil benzeno sulfonato de sódio a 11 por cento, melhora a adaptaçäo do revestimento à base de quartzo, porém näo interfere na do revestimento à base de cristobalita, e que näo há superioridade de um método de tratamento sobre o outro, isto é, estando a superfície da cera molhada ou seca
Descritores: Moldagem de Cera para Incrustações/administração & dosagem
Moldagem de Cera para Incrustações/análise
Revestimento para Fundição Odontológica/análise
-Benzenossulfonatos/administração & dosagem
Benzenossulfonatos/efeitos adversos
Responsável: BR186.1 - Biblioteca Honório Monteiro



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde