Base de dados : LILACS
Pesquisa : D02.455.426.559.847.117.600 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 19 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 2 ir para página        

  1 / 19 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-697330
Autor: Gurgel, Jose Alves; Lima-Junior, Roberto Cesar Pereira; Rabelo, Cristiano Oliveira; Pessoa, Breno Bezerra Gomes Pinho; Brito, Gerly Anne Castro; Ribeiro, Ronaldo Albuquerque.
Título: Amitriptyline, clomipramine, and maprotiline attenuate the inflammatory response by inhibiting neutrophil migration and mast cell degranulation
Fonte: Rev. bras. psiquiatr;35(4):387-392, Oct-Dec/2013. graf.
Idioma: en.
Resumo: Objective: Despite the recognized anti-inflammatory potential of heterocyclic antidepressants, the mechanisms concerning their modulating effects are not completely known. Thus, we evaluated the anti-inflammatory effect of amitriptyline, clomipramine, and maprotiline and the possible modulating properties of these drugs on neutrophil migration and mast cell degranulation. Methods: The hind paw edema and air-pouch models of inflammation were used. Male Wistar rats were treated with saline, amitriptyline, clomipramine or maprotiline (10, 30, or 90 mg/kg, per os [p.o.]) 1 h before the injection of carrageenan (300 μg/0.1 mL/paw) or dextran (500 μg/0.1 mL/paw). Then, edema formation was measured hourly. Neutrophil migration to carrageenan (500 μg/pouch) and N-formyl-methionyl-leucyl-phenylalanine (fMLP) (10-6 M/mL/pouch) was also investigated in 6-day-old air-pouch cavities. Compound 48/80-induced mast cell degranulation was assessed in the mesenteric tissues of antidepressant-treated rats. Results: All tested antidepressants prevented both carrageenan- and dextran-induced edema. The anti-inflammatory effect of these drugs partially depends on the modulation of neutrophil migration, since they significantly counteracted the chemotactic response of both carrageenan and fMLP (p < 0.01). Furthermore, amitriptyline, clomipramine and maprotiline inhibited compound 48/80-induced mast cell degranulation (p < 0.001). Conclusions: These results suggest an important anti-inflammatory role of heterocyclic antidepressants, which is dependent on the modulation of neutrophil migration and mast cell stabilization. .
Descritores: Amitriptilina/farmacologia
Anti-Inflamatórios/farmacologia
Degranulação Celular/efeitos dos fármacos
Clomipramina/farmacologia
Maprotilina/farmacologia
Mastócitos/efeitos dos fármacos
Infiltração de Neutrófilos/efeitos dos fármacos
-Carragenina/efeitos adversos
Movimento Celular/efeitos dos fármacos
Modelos Animais de Doenças
Edema/induzido quimicamente
Mastócitos/fisiologia
Ratos Wistar
Limites: Animais
Masculino
Ratos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 19 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: lil-665876
Autor: Spasojevic, Natasa; Jovanovic, Predrag; Dronjak, Sladjana.
Título: Maprotiline treatment differentially influences cardiac β -adrenoreceptors expression under normal and stress conditions
Fonte: Braz. j. pharm. sci;48(4):793-799, Oct.-Dec. 2012. ilus.
Idioma: en.
Projeto: Republic of Serbia. Ministry of Education and Science.
Resumo: Alterations in cardiac function were observed in antidepressants treated patients and published in several clinical reports. These detected changes could be either a consequence of the treatment or of depression itself, which has already been proved to be a risk factor in heart diseases. In order to determine a possible influence of chronic treatment with norepinephrinergic reuptake inhibitor, maprotiline, on the heart, we investigated gene expression of cardiac β-adrenoceptors both in controls and in animals with signs of depression. The rats were divided into two groups, unstressed controls and those exposed to chronic unpredictable mild stress (CUMS). The groups were further divided into two subgroups, one receiving daily intraperitoneal injections of vehicle (sterile water) and another one maprotiline (10 mg/kg) for four weeks. Tissue samples were collected after the last application. Gene expression of cardiac β1- and β2-adrenoceptor was determined using Real-time RT-PCR analysis. Our results show that in control animals expression of both adrenoreceptors was decreased in the right atria after 4 weeks of maprotiline application. Contrary, the same treatment led to a significant increase in expression of cardiac β1-adrenoceptor in the stressed rats, with no change in the characteristics of β2-adrenoceptor. Our findings might reflect the that molecular mechanisms are underlying factors involved in the development of cardiovascular diseases linked with antidepressant treatment.

Vários relatórios clínicos observaram alterações de funcionamento cardíaco de pacientes depressivos que foram tratados com os antidepressivos. As alterações detectadas podem ser consequência do tratamento ou, por outro lado, da depressão que, como se tem provado, é um fator de risco no caso de doenças cardíacas. De modo a determinar a possível influência de tratamento crônico com o inibidor da recaptação de norepinefrina, maprotilina, no coração, foi investigada a expressão do gene aos receptores β-adrenérgicos cardíacos dos animais em grupos de controle e em grupos com sinais de depressão. Os ratos foram divididos em grupos de controle não estressados e os grupos de ratos submetidos ao estresse crônico moderado imprevisível (CUMS). Os grupos foram, ainda, divididos em dois subgrupos, que, durante quatro semanas, diariamente receberam injeções intraperitoneais de placebo (água estéril) ou de maprotilina (10 mg/kg). As amostras de tecido foram coletadas após a última aplicação. A expressão do gene aos receptores adrenérgicos β1 e β2 foi determinada utilizando a análise PCR quantitativa em tempo real (RT-PCR). Os nossos resultados demonstram a diminuição de expressão dos ambos os receptores adrenérgicos no átrio direito dos animais do grupo de controle depois de quatro semanas de aplicação de maprotilina. Em contraste, o mesmo tratamento conduziu ao aumento significativo na expressão do receptor β1-adrenérgico no coração dos ratos estressados, sem qualquer alteração nas características do receptor β2-adrenérgico. Estes resultados podem refletir os mecanismos moleculares envolvidos no desenvolvimento de doenças cardiovasculares associadas ao tratamento com os antidepressivos.
Descritores: Antidepressivos/classificação
Maprotilina
Receptores Adrenérgicos/análise
-Doenças Cardiovasculares/classificação
Depressão
Expressão Gênica
Limites: Ratos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 19 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-581521
Autor: Hajhashemi, Valiollah; Amin, Bahareh.
Título: Effect of glibenclamide on antinociceptive effects of antidepressants of different classes
Fonte: Clinics;66(2):321-325, 2011. graf.
Idioma: en.
Resumo: OBJECTIVES: The purpose of this work was to determine whether the intraperitoneal administration of glibenclamide as a K ATP channel blocker could have an effect on the antinociceptive effects of antidepressants with different mechanisms of action. METHODS: Three antidepressant drugs, amitriptyline as a dual-action, nonselective inhibitor of noradrenaline and a serotonin reuptake inhibitor, fluvoxamine as a selective serotonin reuptake inhibitor and maprotiline as a selective noradrenaline reuptake inhibitor, were selected, and the effect of glibenclamide on their antinociceptive activities was assessed in male Swiss mice (25-30 g) using a formalin test. DISCUSSION: None of the drugs affected acute nociceptive responses during the first phase. Amitriptyline (5, 10 mg/ kg), maprotiline (10, 20 mg/kg) and fluvoxamine (20 and 30 mg/kg) effectively inhibited pain induction caused by the second phase of the formalin test. Glibenclamide (5 mg/kg) alone did not alter licking behaviors based on a comparison with the control group. However, the pretreatment of animals with glibenclamide (10 and 15 mg/kg) partially reversed the antinociceptive effects of fluvoxamine but not those of maprotiline. In addition, the highest dose of glibenclamide (15 mg/kg) partially prevented the analgesic effect of amitriptyline. CONCLUSION: Therefore, it seems that adenosine triphosphate-dependent potassium channels have a major role in the analgesic activity of amitriptyline and fluvoxamine.
Descritores: Analgésicos/uso terapêutico
Antidepressivos/uso terapêutico
Glibureto/farmacologia
Medição da Dor/efeitos dos fármacos
Bloqueadores dos Canais de Potássio/farmacologia
Canais de Potássio/efeitos dos fármacos
-Análise de Variância
Amitriptilina/uso terapêutico
Interações Medicamentosas
Fluvoxamina/uso terapêutico
Modelos Animais
Maprotilina/uso terapêutico
Dor/induzido quimicamente
Dor/tratamento farmacológico
Distribuição Aleatória
Limites: Animais
Masculino
Camundongos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 19 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Moreno, Ricardo Alberto
Id: lil-328349
Autor: Moreno, Ricardo Alberto.
Título: Antidepressivos / Antidepressants
Fonte: RBM rev. bras. med;57(4):249:254:256-251-254-256, abr. 2000. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Os medicamentos antidepressivos tornaram a depressäo um problema médico com elevado potencial tratavel. Nas últimas décadas houve um grande avanço na pesquisa e novos compostos surgiram. Os antidepressivos de primeira geraçäo tiveram seu uso limitado devido a tolerabilidade e toxicidade. Os novos compostos, embora mais seguros, näo se mostraram superiores aos antidepressivos tradicionais. Neste artigo o autor revisa a farmacologia e as indicaçöes dos antidepressivos, assim como as indicaçöes e a eficácia diferencial entre os compostos clássicos e de nova geraçäo(au)
Descritores: Antidepressivos
Depressão/tratamento farmacológico
-Serotoninérgicos/uso terapêutico
Amitriptilina
Monoaminas Biogênicas
Bupropiona
Clomipramina
Desipramina
Doxepina
Imipramina
Inibidores de Captação de Serotonina/uso terapêutico
Maprotilina
Limites: Humanos
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  5 / 19 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-296483
Autor: I, Fu Lee.
Título: Transtornos afetivos / Affective upheavals
Fonte: Rev. bras. psiquiatr;22(supl.2):SII24-SII27, dez. 2000.
Idioma: pt.
Descritores: Amitriptilina/administração & dosagem
Imipramina/administração & dosagem
Maprotilina/administração & dosagem
Transtornos do Humor/diagnóstico
Transtornos do Humor/terapia
Nortriptilina/administração & dosagem
Transtorno Distímico/terapia
-Ácido Valproico/administração & dosagem
Carbamazepina/administração & dosagem
Citalopram/administração & dosagem
Fluoxetina/administração & dosagem
Carbonato de Lítio/administração & dosagem
Sertralina/administração & dosagem
Limites: Humanos
Criança
Adolescente
Responsável: BR396.3 - Biblioteca Setorial Umuarama


  6 / 19 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-200258
Autor: Meza, José Modesto.
Título: Estudio retrospectivo de veintidos años de uso clínico de maprotilina / Retrospective study of a twenty years of clinical use of maprotiline
Fonte: Rev. méd. hondur;64(4):159-62, oct.-dic. 1996.
Idioma: es.
Resumo: El autor hace un estudio retrospectivo de múltiples casos de depresión tratados con maprotilina (ludiomil). Utiliza la clasificación nosológica de Paul Kielholz y hace un estudio sobre dicho medicamento
Descritores: Antidepressivos
Antidepressivos/uso terapêutico
Maprotilina
Maprotilina/uso terapêutico
-Depressão/terapia
Responsável: HN1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  7 / 19 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-198225
Autor: Lima, Pedro Antônio Schmidt do Prado.
Título: Dosagem plasmática e metabolismo dos antidepressivos tricíclicos / Plasma measurement and metabolism of tricyclic antidepressant drugs
Fonte: J. bras. psiquiatr;40(suppl.1):28S-31S, set. 1991. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Neste artigo é exposto sucintamente aspectos do metabolismo dos antidepressivos tricíclicos (desmetilaçao e hipdroxilaçao) que devem ser levados em conta na interpretaçao das dosagens plasmáticas e efeitos clínicos destes medicamentos
Descritores: Amitriptilina/farmacocinética
Antidepressivos Tricíclicos/farmacologia
Antidepressivos Tricíclicos/metabolismo
Clomipramina/farmacocinética
Desipramina/farmacocinética
Doxepina/farmacocinética
Imipramina/farmacocinética
Maprotilina/farmacocinética
Mianserina/farmacocinética
Nortriptilina/farmacocinética
Protriptilina/farmacocinética
Viloxazina/farmacocinética
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR14.1 - Biblioteca Central


  8 / 19 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-193693
Autor: Hojaij, C. R.
Título: Tratamento ambulatorial de depressöes resistentes: infusöes venosas de antidepressivos / Ambulatory treatment of resistant depression by venous infusions of antidepressive agents
Fonte: Psiquiatr. biol;3(1):7-13, mar. 1995. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Infusöes venosas de antidepressivos é utilizada como técnica de tratamento de Depressöes resistentes, em regime ambulatorial. Em estudo aberto com 33 pacientes, procura-se verificar a eficácia e tolerância do tratamento com infusöes. Duas substâncias, clomipramina (preferentemente serotoninérgica) e Maprotilina (noradrenérgica), säo utilizadas no estudo. Modificaçäo da técnica usual, com aumento do tempo de perfusäo, e cuidados clínicos, possibilitam a aplicaçäo em regime extra-hospitalar. Os resultados indicam evoluçäo favorável em mais de 80 por cento dos casos, com baixo nível de efeitos colaterais. Seguimento de um ano é considerado.
Descritores: Assistência Ambulatorial
Antidepressivos Tricíclicos/uso terapêutico
Clomipramina/uso terapêutico
Transtorno Depressivo/tratamento farmacológico
Maprotilina/uso terapêutico
-Antidepressivos Tricíclicos/administração & dosagem
Clomipramina/administração & dosagem
Infusões Intravenosas
Maprotilina/administração & dosagem
Resultado do Tratamento
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 19 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-106976
Autor: Dajas, Federico; Nin, Alvaro; Martínez, Susana.
Título: Perfil clínico y psicopatológico de pacientes deprimidas que responden al tratamiento con maprotilina / Clinical and psychopathologic profile of depressed patients responding to treatment with Maprotiline
Fonte: Rev. psiquiatr. Urug;52(308):79-88, abr.-jun.1987. ilus, tab.
Idioma: es.
Descritores: Transtorno Depressivo/tratamento farmacológico
Maprotilina
-Maprotilina/farmacologia
Maprotilina/uso terapêutico
Responsável: UY1.1 - BINAME - Biblioteca Nacional de Medicina


  10 / 19 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-83371
Autor: Romillon, Frederic.
Título: Sono, depressao e maprotilina / Sleep, depression and maprotiline
Fonte: Inf. psiquiatr;9(1):22-3, jan.-mar. 1990. ilus.
Idioma: pt.
Descritores: Depressão/tratamento farmacológico
Transtornos do Sono-Vigília/tratamento farmacológico
Maprotilina/uso terapêutico
Fases do Sono/efeitos dos fármacos
-Depressão/complicações
Transtornos do Sono-Vigília/etiologia
Eletroencefalografia
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 2 ir para página        
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde