Base de dados : LILACS
Pesquisa : D02.491.203.425 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 2 [refinar]
Mostrando: 1 .. 2   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 2 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-867837
Autor: Estrêla, Renata Pereira.
Título: Atividade antimicrobiana da carbodiimida (EDC) sobre microorganismos presentes em lesões cariosas / Antimicrobial activity of carbodiimide (EDC) against caries-related microorganisms.
Fonte: Araraquara; s.n; 2014. 90 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Odontologia de Araraquara para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Tem sido demonstrado que a carbodiimida (EDC) apresenta notável potencial inibidor de proteases (MMPs) e de melhorar as propriedades mecânicas do colágeno quando aplicada sobre a dentina desmineralizada. Entretanto, não existem informações a respeito de sua ação antimicrobiana sobre microrganismos comumente encontrados em lesões de cárie ou mesmo após a sua remoção. Objetivo: Investigar a atividade antimicrobiana do EDC em diferentes concentrações sobre microrganismos presentes em cavidades cariosas. Métodos: Soluções de EDC foram preparadas e testadas contra S. mutans e sobrinus, L. acidophilus e Candida albicans. Inicialmente, foi utilizado o teste de difusão em ágar, no qual discos de papel filtro foram impregnados com EDC 2, 1, 0,5, 0,3 ou 0,1 mol/L, clorexidina 0,12%, nistatina 1% ou tampão Sorensen pH 6,2 (n=6). Em seguida, foi determinada a concentração inibitória mínima (CIM) e bactericida mínima (CBM) do EDC sobre L. acidophilus em suspensão planctônica (n=9), por meio de turvamento. Por fim, a atividade do EDC (de 0,01 à 2 mol/L) sobre L. acidophilus em biofilme monoespécie foi definida por meio do ensaio de XTT (n=6). Os dados foram submetidos aos testes estatísticos de ANOVA e Tukey ou Mann-Whitney (p<0,05). Resultados: No teste de difusão em ágar, nenhuma atividade antimicrobiana foi observada para EDC nas concentrações de 0,1 e 0,3 mol/L, assim como para o grupo controle. EDC 0,5, 1 e 2 mol/L exerceu efeito antimicrobiano apenas sobre L. acidophilus. A CIM do EDC foi de 0,01 mol/L e a CBM foi de 0,03 mol/L. Todas as concentrações de EDC igual ou superiores a 0,05 mol/L foram capazes de reduzir significantemente o metabolismo do biofilme formado por L. acidophilus. Essa redução variou de 84,2 para 0,05 mol/L até 93,4% para 2 mol/L. Conclusão: O EDC apresentou atividade antimicrobiana apenas contra L. acidophilus reduzindo significantemente o crescimento deste microrganismo quando em suspensão...
Descritores: Antibacterianos
Etildimetilaminopropil Carbodi-Imida
Lactobacillus acidophilus
Responsável: BR39.2 - Biblioteca Professora Maria Dilma de Oliveira Gonçalves
BR39.2, E82a. 2193


  2 / 2 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-748942
Autor: Song, Chun-Li; Li, Qian; Yu, Yun-Peng; Wang, Guan; Wang, Jin-Peng; Lu, Yang; Zhang, Ji-Chang; Diao, Hong-Ying; Liu, Jian-Gen; Liu, Yi-Hang; Liu, Jia; Li, Ying; Cai, Dan; Liu, Bin.
Título: Study of novel coating strategy for coronary stents: simutaneous coating of VEGF and anti- CD34 antibody / Estudo da nova estratégia de revestimento para stents coronários: revestimento simultâneo de VEGF e anticorpo anti-CD34
Fonte: Rev. bras. cir. cardiovasc = Braz. j. cardiovasc. surg. (impr.);30(2):159-163, Mar-Apr/2015. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: National Natural Science Foundation of China; . National Outstanding Youth Science Fund; . National Natural Science Foundation of Jilin Province; . National Natural Science Foundation of Jilin Province; . Jilin Industrial Technology Research and Development; . Science and Technology Development Planning Project of Jilin Province; . Scientific Research Planning Project of the Education Department of Jilin Province.
Resumo: Abstract Introduction: Intravascular coronary stenting has been used in the treatment of coronary artery disease (CAD), with a major limitation of in-stent restenosis (ISR). The 316 stainless steel has been widely used for coronary stents. In this study, we developed a novel coating method to reduce ISR by simultaneously coating vascular endothelial growth factor (VEGF) and anti-CD34 antibody on 316L stainless steel. Methods: Round 316L stainless steel sheets in the D-H group were polymerized with compounds generated from condensation reaction of dopamine and heparin using N-(3-dimethylaminopropyl)-N'-ethylcarbodiimide (EDC) and N-hydroxysuccinimide (NHS). Sixteen sheets from the D-H group were further immersed into 1ug/ml VEGF165 and 3mg/ml heparin sodium one after another for 10 times, and named as the D-(H-V)10 group. Eight sheets from the D-(H-V)10 group were coated with anti-CD34 antibody and termed as the D-(H-V)10-A group. Immunofluorescence assay and ELISA were used to evaluate whether the 316L stainless steel disks were successfully coated with VEGF and anti-CD34 antibody. Results: The results of immunofluorescence assay and ELISA showed that VEGF could be detected in the D-(H-V)10 and D-(H-V)10-A group, suggesting the steel sheets were successfully covered with VEGF. Anti-CD34 antibody could only be observed in the D-(H-V)10-A group, which was the only group coated with CD34 antibody. Both results suggested that the 316L stainless steel sheets were successfully coated with VEGF and anti-CD34 antibody. Conclusion: Our study developed a method to simultaneously coat VEGF and anti-CD34 antibody to stainless metal steel. This research serves as a fundamental role for a novel coating strategy. .

Resumo Introdução: O stent coronário intravascular tem sido utilizado no tratamento de doença arterial coronária, com uma maior limitação de restenose intra-stent (RIS). O aço inoxidável 316 tem sido amplamente utilizado para stents. Neste estudo, foi desenvolvido um novo método de revestimento para reduzir a RIS para revestir simultaneamente o fator de crescimento endotelial vascular (VEGF) e anti-CD34 em aço inoxidável 316L. Métodos: Placas de aço inoxidável 316L redondas no grupo DH foram polimerizadas com compostos gerados a partir da reacção de condensação de dopamina e heparina utilizando N- (3-dimetilaminopropil) -N'-etilcarbodiimida (EDC) e N-hidroxissuccinimida (NHS). Dezesseis folhas a partir do grupo DH foram ainda imersas em 1 ug/ml de VEGF 165 e 3 mg/ml de heparina sódica, um após outro por 10 vezes, sendo denominado como o grupo D-(HV)10. Oito folhas de D-(HV)10 foram revestidas com anticorpo anti-CD34 e denominado como grupo D-(HV)10-A. Testes de imunofluorescência e ELISA foram usados para avaliar se os discos de aço inoxidável 316L foram revestidos com sucesso com VEGF e anticorpo anti-CD34. Resultados: Os resultados dos testes de imunofluorescência e ELISA mostraram que o VEGF pôde ser detectado nos grupos D-(HV)10 e D-(HV)10-A, evidenciando que as chapas de aço foram cobertas com VEGF com sucesso. O anticorpo anti-CD34 podia apenas ser observado no grupo D-(HV)10-A, o único grupo revestido com anticorpo CD34. Ambos os resultados sugerem que as chapas de aço inoxidável 316L foram revestidas com sucesso com VEGF e anticorpo anti-CD34. Conclusão: Nosso estudo desenvolveu um método para revestir simultaneamente VEGF e anti-CD34 de aço inoxidável. Esta pesquisa tem um papel fundamental para a nova estratégia de revestimento. .
Descritores: /química
ANTIGENS, CDABORTION, THERAPEUTIC/química
/imunologia
ANTIGENS, CDABORTION, THERAPEUTIC/imunologia
Materiais Revestidos Biocompatíveis/química
Stents Farmacológicos
Aço Inoxidável/química
Fator A de Crescimento do Endotélio Vascular/química
-Reestenose Coronária/prevenção & controle
Ensaio de Imunoadsorção Enzimática
Etildimetilaminopropil Carbodi-Imida/química
Imunofluorescência
Teste de Materiais
Reprodutibilidade dos Testes
Soroalbumina Bovina
Fatores de Tempo
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde