Base de dados : LILACS
Pesquisa : D02.522.818.830 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 31 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 4 ir para página            

  1 / 31 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-916531
Autor: Scuotto, Frederico; Voss, Themissa Helena; Paul, Luiz Carlos; Fenelon, Guilherme; Figueiredo, Márcio Jansen de Oliveira.
Título: Arritmias na sala de emergência e UTI. Taquicardias de QRS estreito: fundamentos para a abordagem / Arrythmias in the emergency room and ICU Narrow QRS rachycardias: bases for clinical approach
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;28(3):276-285, jul.-ago. 2018. tab, ilus, graf.
Idioma: en; pt.
Resumo: As taquicardias de QRS estreito apresentam origem supraventricular. O histórico clínico, exame físico e eletrocardiograma na sala de emergência constituem-se nas principais ferramentas para o tratamento do quadro. As taquicardias que apresentam instabilidade hemodinâmica devem ser, imediatamente, revertidas através de cardioversão elétrica sincronizada. Aquelas que se apresentam como estáveis hemodinamicamente podem, se regulares, ser tratadas através de manobras vagais ou através do uso de fármacos endovenosos. Se irregulares, podem caracterizar fibrilação e flutter atrial, sendo, então, avaliados a duração do episódio e o risco de tromboembolismo para determinar não apenas a necessidade de anticoagulação, mas também a estratégia para tratamento do quadro, seja através do controle da frequência cardíaca ou do controle do ritmo, este último podendo ser alcançado através do uso de fármacos (propafenona oral ou amiodarona endovenosa) ou da cardioversão elétrica sincronizada. Dessa forma, o papel do clínico na sala de emergência é fundamental para garantir a condução adequada dos episódios de taquicardia supraventricular, especialmente, na prevenção ou pronta intervenção em caso de deterioração hemodinâmica relacionada ao quadro

Narrow QRS tachycardias are supraventricular in origin. The clinical history, physical exam, and electrocardiogram in the emergency room are the main tools used to manage this condition. Tachycardias that present haemodynamic instability must be promptly reverted through synchronized electrical cardioversion. Those that present haemodynamic stability may be treated with vagal maneuvers or intravenous drugs. If irregular, they may take the form of atrial fibrillation or atrial flutter, and in this case, the duration of the episode and the thromboembolic risk are evaluated to determine not only the need for anticoagulation, but also the treatment strategy, whether through heart rate or rhythm control. The latter may be achieved through the use of drugs (oral propafenone or intravenous amiodarone) or synchronized electrical cardioversion. The role of the clinician in the emergency room is therefore fundamental in ensuring adequate conduct of episodes of supraventricular tachycardia, especially in prevention or prompt intervention in case of haemodynamic deterioration related to the condition
Descritores: Arritmias Cardíacas/diagnóstico
Terapêutica
Taquicardia Supraventricular/diagnóstico por imagem
Emergências
-Fibrilação Atrial
Propafenona/efeitos adversos
Propafenona/uso terapêutico
Bloqueio de Ramo/diagnóstico
Cardioversão Elétrica/métodos
Diagnóstico por Imagem/métodos
Heparina/efeitos adversos
Heparina/uso terapêutico
Verapamil/efeitos adversos
Verapamil/uso terapêutico
Adenosina/efeitos adversos
Adenosina/uso terapêutico
Prevalência
Eletrocardiografia/métodos
Amiodarona/uso terapêutico
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  2 / 31 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-831560
Autor: Pimenta, João; Curimbaba, Jefferson; Valente, Nery.
Título: Abordagem das arritmias na Doença de Chagas Crônica / Approach of arrhythmias in chronic Chagas Disease
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;26(4):253-260, out.-dez.2016.
Idioma: pt.
Resumo: As arritmias na cardiopatia chagásica (CCH) são responsáveis por incapacitação física e morte em indivíduos adultos em faixa etária precoce e produtiva, decorrendo daí a necessidade de sua abordagem criteriosa e, às vezes, mais agressiva para se obter controle completo. As arritmias cardíacas mais encontradas na CCH são as bradiarritmias e as taquicardias. Entre as bradicardias estão as alterações sinoatriais e os bloqueios atrioventriculares, cujo tratamento padrão é o emprego de implante de marcapasso definitivo. Entre as taquiarritmias, encontram-se as supraventriculares ­ extrassístoles atriais, taquicardia atrial ectópica, "flutter" atrial e fibrilação atrial ­ que provocam morbidades como progressão para disfunção ventricular esquerda e fenômenos tromboembólicos, e as ventriculares, cujo desfecho pode ser a morte súbita instantânea. A abordagem deve ser, inicialmente, por meio de eletrocardiograma de 12 derivações, pela gravação ambulatorial (Holter), ecocardiograma, teste ergométrico, e por fim, o estudo eletrofisiológico e a ressonância nuclear magnética. O tratamento farmacológico pode ser conduzido com o uso dos fármacos existentes em nosso mercado, como amiodarona, propafenona e sotalol. O tratamento invasivo, pode consistir em ablação por cateter, embora com resultados ainda abaixo de índices confortadores, devido à possibilidade de recidivas. O uso de cardiodesfibrilador implantável é a última alternativa, que também tem suas limitações

Arrhythmias in Chagas cardiomyopathy (CCM) are responsible for physical disability and death in adults in early and productive age group, from which arises the need for a judicious and sometimes more aggressive approach to achieve the complete control. The arrhythmias most common in CCM are bradyarrhythmias and tachycardias. Among the bradycardias are the sinoatrial changes and atrioventricular blocks, whose standard treatment is the use of permanent pacemaker implantation. Among tachyarrhythmias are the supraventricular ones - atrial extrasystoles, ectopic atrial tachycardia, atrial flutter and atrial fibrillation - causing morbidity and progression of left ventricular dysfunction and thromboembolic events, and the ventricular ones, whose outcome can be the instantaneous sudden death. The approach should be initially through 12-lead electrocardiogram, by ambulatory ECG recording (Holter), echocardiogram, stress testing, and finally the electrophysiological study and magnetic resonance imaging. Pharmacological treatment can be conducted with the use of marketed drugs such as amiodarone, propafenone and sotalol. The invasive treatment may consist of catheter ablation, although the results are still below comforting rates due to the possibility of recurrence. The use of implantable cardioverter defibrillator is the last alternative, which also has its limitations
Descritores: Arritmias Cardíacas/fisiopatologia
Cardiomiopatia Chagásica/reabilitação
Disfunção Ventricular/terapia
-Sotalol/farmacologia
Propafenona/farmacologia
Ecocardiografia
Espectroscopia de Ressonância Magnética
Eletrocardiografia Ambulatorial/métodos
Teste de Esforço
Amiodarona/farmacologia
Limites: Humanos
Adolescente
Adulto
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  3 / 31 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-888038
Autor: Gil, Julio; Marmelo, Bruno; Abreu, Luís; Antunes, Hugo; Santos, Luís Ferreira dos; Cabral, José Costa.
Título: Propafenone Overdose: From Cardiogenic Shock to Brugada Pattern / Intoxicação por Propafenona: desde Choque Cardiogénico a Padrão de Brugada
Fonte: Arq. bras. cardiol;110(3):292-294, Mar. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Descritores: Choque Cardiogênico/induzido quimicamente
Propafenona/envenenamento
Síndrome de Brugada/induzido quimicamente
Overdose de Drogas/complicações
Antiarrítmicos/envenenamento
-Choque Cardiogênico/fisiopatologia
Eletrocardiografia
Síndrome de Brugada/fisiopatologia
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 31 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-661432
Autor: Dejo Bustios, Hugo A; Franco Salazar, Guillermo.
Título: Contribución al conocimiento y difusión de la onda J / Contribution to the knowledge and dissemination of the J wave
Fonte: Rev. peru. cardiol. (Lima);37(2/3):108-114, mayo-dic. 2011. ilus.
Idioma: es.
Descritores: Eletrocardiografia
Propafenona/administração & dosagem
Propafenona/uso terapêutico
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Idoso de 80 Anos ou mais
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca


  5 / 31 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-981745
Autor: Martins, José Luís; Ferreira, Raquel; Viana, Jesus; Santos, José.
Título: Brugada Pattern, Brugada Phenocopy, what to think? / Brugada Pattern, Brugada Phenocopy, o que pensar?
Fonte: Int. j. cardiovasc. sci. (Impr.);32(1):91-94, jan.-fev. 2019. ilus.
Idioma: en.
Descritores: Morte Súbita Cardíaca
Síndrome de Brugada/genética
-Suicídio
Propafenona/uso terapêutico
Doenças Cardiovasculares
Morte Súbita Cardíaca
Eletrocardiografia/métodos
Overdose de Drogas
Antiarrítmicos/uso terapêutico
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  6 / 31 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-971574
Autor: Chokr, Muhieddine Omar; Hardy, Carina Abigail; Scanavacca, Maurício Ibrahim.
Título: Fibrilação atrial / Atrial fibrillation
Fonte: In: Kalil Filho, Roberto; Fuster, Valetim; Albuquerque, Cícero Piva de. Medicina cardiovascular reduzindo o impacto das doenças / Cardiovascular medicine reducing the impact of diseases. São Paulo, Atheneu, 2016. p.887-913.
Idioma: pt.
Descritores: Fibrilação Atrial/complicações
Doenças Cardiovasculares/etiologia
-Fatores de Risco
Propafenona/farmacologia
Sotalol/farmacologia
Anticoagulantes/efeitos adversos
Ablação por Cateter/métodos
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Livro-Texto
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt
BR44.1


  7 / 31 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: biblio-935558
Autor: D' Avila, André Luiz Buchele(org).
Título: Arritmias: perguntas e respostas: v. 2 tratamento.
Fonte: São Paulo-SP; Lemos editorial; 2010. 31 p.
Idioma: pt.
Descritores: Arritmias Cardíacas/diagnóstico
Fibrilação Atrial/diagnóstico
-Propafenona
Propafenona/administração & dosagem
Propafenona/efeitos adversos
Limites: Masculino
Feminino
Humanos
Responsável: BR276.2 - Biblioteca Doutor Orlando Costa
BR276.2; 616.12-008.318, D259a, F, AG


  8 / 31 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-827215
Autor: Pedrazzoli Jr, José; Sverdloff, Carlos Eduardo; Galvinas, Paulo; Pastre, Katia; Manzon, Carolina Sommer; Pinto, Guilherme Araújo.
Título: Bioequivalência de cloridrato de propafenona 300mg em comprimido revestido em administração pós-prandial em adultos saudáveis / Bioequivalence of propafenone hydrochloride 300mg film coated tablets in healthy adults
Fonte: Rev. Soc. Bras. Clín. Méd;14(4):212-216, 2016.
Idioma: pt.
Resumo: OBJETIVO: Avaliar a bioequivalência de duas formulações de cloridrato de propafenona 300mg em comprimido revestido.MÉTODOS: Estudo randomizado, cruzado, aberto, com dois tratamentos, duas sequências e quatro períodos com 60 participantes sadios de ambos os sexos. Os voluntários foram internados em quatro oportunidades durante 24 horas; em cada período, os sujeitos receberam a formulação teste ou a formulação referência, em regime pós-prandial. Foram coletadas 23 amostras de sangue após administração da droga para determinação plasmática da propafenona. Para quantificação da droga, foi utilizada técnica de cromatografia líquida acoplada à espectrometria de massas sequencial. RESULTADOS: As formulações foram consideradas clinicamente bem toleradas. A concentração máxima e a área sob a curva de zero a 36 horas foram comparadas: a média geométrica da razão entre as formulações teste e referência para concentração máxima foi de 110,16%, com intervalo de confiança de 99,44% a 122,04% e coeficiente de variação de 33,95%. A média geométrica da razão entre as formulações teste e referência para a área sob a curva de zero a 36 horas foi de 107,92%, com intervalo de confiança de 99,58% a 116,96% e coeficiente de variação de 26,39%. A média geométrica da razão entre o medicamento teste e referência para área sob a curva de zero ao infinito foi de 107,12%, com intervalo de confiança de de 99,11% a 115,78% e coeficiente de variação de 25,48%. CONCLUSÃO: As formulações teste e referência foram estatisticamente bioequivalentes, de acordo com sua taxa e extensão de absorção.

OBJECTIVE: To evaluate the bioequivalence of two 300mg profanone hydrochloride coated tablets. METHODS: Randomized, cross-over, openstudy, with two treatments, two sequences, and four periods with 60 healthy participants of both genders. The volunteers were admitted in four opportunities over 24 hours; on each period, the subjects received a test formulation, or a reference formulation, in a postprandial administration. Twenty-three samples of blood were collected after oral administration of the drug for determining plasma level of propafenone. Liquid chromatography-mass spectrometry was used for quantifying propafenone. RESULTS: The formulations were considered clinically well tolerated. The maximum concentration and the area under the curve from zero to 36 hours were compared: the geometric mean of the ratio between the test and reference formulations for maximum concentration was 110.16%, with confidence interval of 99.44% - 122.04%), coefficient of variation of 33.95%. The geometric mean of the ratio between the test and reference formulations for the area under the curve of zero to 36 hours was 107.92%, with confidence interval of 99.58% - 116.96%, and coefficient of variation of 26.39%. The geometric mean of the ratio between the formulations for area under the curve of zero to infinitum as 107.12% with confidence interval of 99.11% - 115.78%),and coefficient of variation of 25.48%. CONCLUSION: According to the rate and extension of absorption, the test and reference formulations are statistically bioequivalent.
Descritores: Antiarrítmicos
Período Pós-Prandial/efeitos dos fármacos
Propafenona/administração & dosagem
Propafenona/farmacocinética
-Sangue
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR1610.9 - Regional São Paulo


  9 / 31 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-767320
Autor: Pucci, João Paulo Velasco; Galvão Filho, Silas dos Santos; Vasconcelos, José Tarcísio Medeiros de; Batista, Rafael Cardoso Jung; Dorticos, Jorge Raul Castro; Papelbaum, Bruno; Duarte, Carlos Eduardo.
Título: Falha de estimulação ventricular por variação aguda do limiar de comando induzida pela propafenona em portadora de marcapasso definitivo: relato de caso / Ventricular stimulation failure due to acute propafenone-induced command threshold variation in a patient with permanent pacemaker: case report
Fonte: RELAMPA, Rev. Lat.-Am. Marcapasso Arritm;27(1):49-52, jan.-mar.2014.
Idioma: pt.
Resumo: Relata-se o caso de uma paciente que, durante troca do gerador do marcapasso definitivo, foi tratada com propafenona após desenvolver fibrilação atrial no período intraoperatório. Os limiares eram moderadamente aumentados no pré-operatório, entretanto, estáveis. Horas após a administração de 600 mg de propafenona, a paciente apresentou síncope justificada pela perda de comando ventricular. A avaliação do dispositivo mostrava perda de captura por aumento do limiar ventricular medido em 5,0V/0,6 ms, corrigida por estimulação com energia máxima de saída do gerador. No dia seguinte, após nova avaliação, o limiar havia retornado ao valor previamente aferido e a energia de saída do gerador diminuiu, mantendo-se estável após seis meses de seguimento...

This is the case report of a patient who was treated with propafenone during the exchange of a permanent pacemaker generator, after the development of atrial fibrillation during the procedure. The thresholds were moderately increased in the preoperative period, however, they were stable. Hours after the administration of 600 mg of propafenone, the patient had a syncope which was explained by the loss of ventricular command. The evaluation of the device showed there was loss of capture due to the ventricular threshold increase, which as measured as 5.0V/0.6 ms and was adjusted by stimulation with maximum outlet energy of the generator. On the following day, after a new assessment, the values had returned to normal, the generator outlet energy decreased, and remained stable after six months of follow-up...
Descritores: Estimulação Cardíaca Artificial/métodos
Fibrilação Atrial/diagnóstico
-Creatina/sangue
Eletrocardiografia
Seguimentos
Propafenona/administração & dosagem
Fatores de Tempo
Limites: Humanos
Idoso
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  10 / 31 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-754415
Autor: Melo Neto, Jônatas; Armaganijan, Luciana Vidal; Moreira, Dalmo Antônio Ribeiro.
Título: Interações medicamentosas em cardiologia: Fármacos antiárritmicos / Drugs interactions in cardiology: Antiarrhythmics drugs
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;23(3):33-40, jul.-set.2013.
Idioma: pt.
Resumo: As arritmias cardíacas são geradas por diferentes mecanismoseletrofisiológicos que atuam isoladamente ou interagem entresi para a formação e condução do impulso anormal. Com baseno conhecimento da eletrofisiologia celular e dos mecanismosgeradores de arritmias, diversos fármacos antiarrítmicos foramdesenvolvidos com objetivo de propiciar terapias cada vez maiseficazes e seguras. A necessidade de se agrupar os antiarrítmicos deacordo com seu mecanismo de ação e efeitos no impulsocardíaco, resultou na classificação de Vaughan- Williams que,apesar de amplamente difundida, não contempla algumasmedicações classicamente utilizadas como antiarrítmicos, taiscomo a adenosina e os digitálicos. Os antiarrítmicos são, emgeral, metabolizados pelo fígado por meio dos citocromos.Fármacos que interagem no mesmo sítio de ação em que sãometabolizados podem resultar em potencialização ou inibiçãodos efeitos antiarrítmicos. A redução ou o aumento do nívelsérico do antiarrítmico causado pelo fármaco utilizado concomitantemente,em decorrência da alteração na velocidade demetabolização, da redução na absorção ou somatório de efeitos,pode aumentar o potencial para efeitos colaterais deletérios eefeitos pró-arrítmicos e resultar em efeitos tóxicos potencialmentegraves. O objetivo deste capítulo é revisar os diversosmecanismos de interação medicamentosa que podem ocorrerenvolvendo as classes de antiarrítmicos...

Cardiac arrhythrnias are generated by different electrophysiologicalmechanisms that act alone or interact for the formation andconduction of the abnormal impulse. Based on the knowledge ofcellular electrophysiology and arrhythmia mechanisms, severalantiarrhythrnics were developed in order to provide therapiesincreasingly effective and safe. The need of grouping the antiarrhythmicagents according to their mechanism of action andeffects on cardiac impulse have led to the development of theVaughan- Williams c1assification. Although widespread used,this c1assification does not include some drugs c1assically usedas antiarrhythmics such as adenosine and digitalis.Antiarrhythmic agents are generaUy metabolized by the livervia the cytochrome. Drugs that interact at the same site of actionthat are metabolized may result in potentiation or inhibition ofantiarrhythmic effects. The reduction or increase in serum levelscaused by antiarrhythmic drug used concomitantly, due to thechange in the metabolism, reduction in absorption or summationeffects may increase the potential for deleterious side effects andproarrhythmic effects and result in potentiaUy serious toxic effects.The purpose of this chapter is to review the variousmechanisms of drug interactions that may occur involving theantiarrhythmic drugs...
Descritores: Antiarrítmicos/farmacologia
Arritmias Cardíacas/diagnóstico
Arritmias Cardíacas/tratamento farmacológico
Arritmias Cardíacas/terapia
Interações Medicamentosas
-Adenosina/antagonistas & inibidores
Antagonistas Adrenérgicos beta/efeitos adversos
Digoxina/agonistas
Eletrocardiografia
Propafenona/agonistas
Quinidina/agonistas
Limites: Humanos
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt



página 1 de 4 ir para página            
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde