Base de dados : LILACS
Pesquisa : D02.886.030.896 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 4 [refinar]
Mostrando: 1 .. 4   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 4 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-390570
Autor: Ketzer, Bernardo Mazzini; Feldman, Andre; Grabarz, Rony; Abuhab, Abrão; Luca, Fabio Augusto de; Abdo, Emílio.
Título: Análise da preservação do miocardio após administração de N-2 meercaptopropionilglicina / Analysis of myocardiocardial preservation after B2-mercaptopropionylglicin administration in an experimental model of ischemy and reperfusion in dogs
Fonte: Rev. med. (Säo Paulo);83(1/2):33-37, 2004. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: As doenças cardiovasculares representam a principal causa de morbi-mortalidade da atualidade, sendo a doença arterial coronariana seu maior expoente...
Descritores: Modelos Animais de Doenças
Infarto do Miocárdio/fisiopatologia
-Antioxidantes/uso terapêutico
Cães
Isquemia/terapia
Reperfusão Miocárdica/métodos
Tiopronina/farmacologia
Limites: Animais
Cães
Responsável: BR66.1 - Divisão de Biblioteca e Documentação


  2 / 4 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Abdo, Emilio Elias
Id: lil-228056
Autor: Abdo, Emilio Elias; Machado, Marcel Cerqueira Cesar; Coelho, Ana Maria de Mendonca; Sampietre, Sandra Nassa; Leite, Katia Ramos Moreira; Molan, Nilza Aparecida Trindade; Pinotti, Henrique Walter.
Título: Efeito do antioxidante N2-mercaptopropionilglicina (N2-MPG) na pancreatite aguda experimental / N2-Mercaptopropionylglycine (N2 MPG) in experimental acute pancreatitis
Fonte: Rev. Hosp. Clin. Fac. Med. Univ. Säo Paulo;53(4):169-73, jul.-ago. 1998. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: O N2-Mercaptopropionilglicina (MPG) e um potente antioxidante na inibicao da producao de xantina-oxidase. O objetivo deste trabalho foi analisar se este efeito antioxidante poderia propiciar menor agressao do tecido pancreatico na Pancreatite Aguda (PA) induzida por dois processos: dose supramaxima de ceruleina e injecao de taurocolato de sodio a 2,5 por cento no ducto biliopancreatico do rato. Trinta e seis ratos machos Wistar (220-270 g) foram divididos em 2 grupos (G): GI-animais previamente tratados com antioxidante (MPG: 100 mg/kg) 10 minutos antes da inducao da PA e GII-animais sem tratamento previo. Os animais destes dois grupos foram submetidos a PA com dose supramaxima de ceruleina (2 doses de 20ug/kg) e PA com taurocolato onde vinte e seis ratos foram divididos em dois grupos (G): GIII-ratos tratados com MPG 10 minutos antes da PA e GIV-animais sem tratamento previo...
Descritores: Pancreatite/induzido quimicamente
Tiopronina/uso terapêutico
-Doença Aguda
Antioxidantes/uso terapêutico
Permeabilidade Capilar/efeitos dos fármacos
Radicais Livres
Pancreatite/terapia
Ratos Wistar
Limites: Animais
Ratos
Masculino
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR66.1 - Divisão de Biblioteca e Documentação


  3 / 4 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Abdo, Emilio Elias
Id: lil-224965
Autor: Abdo, Emilio Elias; Monzani, Simone Degasperi; Lowen, Marcia; De Luca, Fabio Augusto; Taha, Mohamed I. A; De Luca Neto, Persio; Suaki, Hamilton Edward; Assad, Rodrigo Luppino.
Título: Analise do efeito protetor do N2-mercaptopropionilglicina durante a isquemia-reperfusao de lobo hepatico: estudo experimental em caes e ratos / Protective effect analysis of N-mercaptopropionylglycine during of reperfusion ischemia of hepatic lobe: experimental study in dogs and rats
Fonte: Rev. med. (Säo Paulo);77(2):67-86, mar.-abr. 1998. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Um potente inibidor da sintese de radicais superoxidos, a N2-Mercaptopropionilglicina (N2-MPG), principalmente radicais hidroxila (OH), foi testado como agente preventivo na degradacao metabolica e estrutural do parenquima hepatico no processo de isquemia/reperfusao testando a hipotese de participacao significativa da superoxidacao na necrose do figado. Para tanto foram utilizados 22 ratos e 22 caes, distribuidos em dois grupos. Grupo I com administracao de solucao salina 0,9 por cento e Grupo II (GII) com administracao de N2-MPG. As amostras foram submetidas a estudo laboratorial, radiologico, anatomopatologico e estatistico. Os resultados revelaram uma elevacao das transaminases significativamente menor nos animais tratados com N2-MPG...
Descritores: Circulação Hepática
Tiopronina/efeitos adversos
Traumatismo por Reperfusão/metabolismo
-Antioxidantes/metabolismo
Cuidados Pré-Operatórios/métodos
Fígado/patologia
Radicais Livres/farmacocinética
Traumatismo por Reperfusão/fisiopatologia
Limites: Animais
Gatos
Cães
Masculino
Responsável: BR66.1 - Divisão de Biblioteca e Documentação


  4 / 4 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-126000
Autor: Fontana, Carlos; Komatsu, Carlos Alberto; Pigozzi, Emilio; Gemperli, Rolf; Ferreira, Marcus Castro.
Título: O uso de MPG na protecao da lesao pos-reperfusao do retalho epigastrico em ilha: estudo experimental em rato / The use of N2 mercaptopropionylglycine in the protection of epigastric skin flaps post reperfusion injury: experimental study in rats
Fonte: Rev. Hosp. Clin. Fac. Med. Univ. Säo Paulo;47(6):264-8, nov.-dez. 1992. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Os autores usaram um removedor de radicais livres, a droga N2-Mercaptopropionilglicina (MPG), na protecao de retalhos epigastricos em ilha de ratos submetidos a um periodo de isquemia seguido de reperfusao. Em 60 ratos Wistar, pesando entre 310 e 380g, foi dissecado um retalho epigastrico de 3,5 x 6 cm a direita do animal. Usando clamps microvasculares obtiveram oclusao da veia epigastrica por cinco horas, a arteria epigastrica por 21 horas ou da arteria e da veia epigastricas por oito horas. Os animais receberam solucao de MPG na concentracao de 100 mg/ml, ou equivalente volume de solucao fisiologica, por via endovenosa, divididas em duas doses iguais, sendo a primeira injetada previamente a elevacao do retalho e a segunda dez minutos antes da retirada dos clamps e consequente reperfusao do retalho. as areas de viabilidade e necrose resultantes foram lidas no setimo dia apos reperfusao do retalho. Os autores concluiram que a droga mostrou ter um efeito protetor dos tecidos dos danos por reperfusao nos tres tipos de oclusao vascular, aumentando significativamente a taxa de sobrevida dos retalhos, quando comparados com os retalhos cujos animais receberam apenas a solucao de cloreto de sodio.
Descritores: Sobrevivência de Tecidos
Tiopronina/uso terapêutico
Traumatismo por Reperfusão/terapia
-Microcirculação
Microcirurgia
Retalhos Cirúrgicos
Limites: Ratos
Animais
Masculino
Feminino
Responsável: BR66.1 - Divisão de Biblioteca e Documentação



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde